Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Circo Moscow vai à Associação Peter Pan

O Circo Moscow fará, na próxima quinta-feira, uma apresentação de 35 minutos para a criançada assistida pela Associação Peter Pan  (APP). A apresentação ocorrerá às 9 horas, na sede da entidade. 

O Circo Moscow é dirigido pela trapezista russa Natalia Chalima e é formado por elenco de artistas argentinos. Com mais de 60 anos de existência, o circo está em Fortaleza para apresentar o espetáculo “O Maestro”.

 

Especialistas estimam menos oscilação do dólar em 2014

A taxa de câmbio deve oscilar menos em 2014 do que em 2013. Para o professor de finanças do Ibemec, Gilberto Braga, o dólar deu sinais de que se estabilizou entre R$ 2,35 a R$ 2,45. “Deve flutuar ao longo do ano nesse intervalo”, projeta. O professor diz que o dólar nesse patamar contribui para manter a inflação alta no país. “O dólar alto gera pressão de custos já que a economia é muito indexada [aumento de preços atrelado ao dólar, por exemplo]”, disse. O professor cita exemplos de produtos que são elevados com o aumento da cotação do dólar: petróleo, outros insumos, e até serviços, como pagamento de patentes no exterior.

Braga lembra que somente para os exportadores o dólar alto é bom. “Favorece apenas o setor. O que poderia ajudar de verdade os exportadores seria uma melhora definitiva nas condições de comércio internacional”, acrescenta.

Também para a professora de economia da Fundação Getulio Vargas, Virene Matesco, o dólar no atual patamar estimula muito a inflação e beneficia somente as exportações. Segundo ela, o ideal para o setor exportador seria que o país tivesse melhores condições de infraestrutura e logística. “O Brasil não tem competitividade de logística, de infraestrutura. Com isso, o custo de exportação é muito alto. Já que não faz a lição de casa, melhorando a logística e a infraestrutura, tem que ficar buscando do câmbio a competitividade das exportações”, enfatiza.

De acordo com a perspectiva de Virene, o BC não vai deixar o dólar oscilar muito acima de R$ 2,35. Além disso, ela acredita que o mercado financeiro há havia “precificado” o efeito do fim da política de estímulos à economia dos Estados Unidos no Brasil.”

(Agência Brasil)

O Bolsa Família contribui para fortalecer a economia dos municípios?

Com o título “Bolsa Família”, eis artigo do arquiteto e petista Joaquim Cartaxo. Ele destaca estudo do IPECE que revela a importância do programa do governo federal para a redução da pobreza e fortalecimento da economia nos municípios do Ceará. Confira:

Estudo do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) examinou as transferências de receita do Governo Federal oriundas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Programa Bolsa Família (PBF) no Ceará, de 2009 a 2012. O PBF faz repasse direto para as famílias cadastradas no programa com o objetivo de combater a pobreza; o FPM transfere recursos para financiamento de atividades das prefeituras previstas no orçamento municipal.

A análise anotou que mais de 44% da população do Estado se beneficiam do PBF; do total das transferências de receita realizadas pelo Governo Federal, o PBF equivaleu a 48,52% do FPM em 2009; percentual que se elevou para 56,43% em 2012.

Tais dados demonstram que ainda estamos diante do desafio de superar a pobreza, apesar do Ceará haver reduzido a extrema pobreza severamente. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informa que as pessoas com renda domiciliar per capita abaixo de R$ 70 somavam 22,2% da população do Estado em 2001; esse percentual diminuiu para 8,5% em 2012. 

Houve também diminuição acentuada no índice de pobreza (pessoas com renda familiar abaixo de R$ 140), nesse período, segundo o Ipece: o percentual de 48,7% em 2001 foi reduzido 

para 21,2% em 2012.

É inegável a contribuição do PBF na redução desses percentuais, a partir do acesso à renda que cria oportunidades de elevação do padrão de bem-estar e redução de vulnerabilidades sociais. Acesso, todavia, vinculado à obrigatoriedade das famílias manterem seus filhos na escola.

Em suma: o PBF é um programa de desenvolvimento local com base no binômio renda-educação e o objetivo de superar a pobreza a curto e longo prazos. Sublinhe-se que a renda repassada à população mais pobre contribui para o fortalecimento da economia do município, que faz gerar emprego, mais renda bem como melhorar da condições de vida e trabalho da população em geral.

Joaquim Cartaxo

cartaxo@hurb.com.br

Arquiteto urbanista e secretario de formação política do PT/CE.

PP do Ceará fecha com nome que Cid Gomes indicar para o Governo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=w_ZyPlcn6Og&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O Partido Progressista do Ceara fechou questão: vai apoiar o nome que o governador Cid Gomes (Pros), indicar para sua sucessão ano que vem. Quem garante é o deputado federal Paulo Henrique Lustosa, lembrando que isso é parte da parceria nacional que o PP fechou o PROS no Congresso.

O parlamentar aproveitou para avaliar a fala da presidente Dilma Rousseff, em cadeia de rádio e tevê nessa noite de domingo. Paulo Henrique Lustosa avalia que um dos desafios da presidente para 2014 é tentar controlar a inflação e impulsionar o crescimento da economia.

Guimarães é o entrevistado da TV O POVO

O líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, será o entrevistado, desta segunda-feira, a partir das 22 horas, na TV O POVO e na TV Assembleia, do programa Jogo Político.

Na atração, apresentada pelo jornalista Fábio Campos, o parlamentar fará um balanço sobre as ações da bancada cearense neste 2013.

José Guimarães ainda vai divulgar quanto o Ceará garantiu em matéria de Orçamento da União 2014 e, claro, abordar eleição 2014, onde o nome dele está no páreo para disputar o Senado.

Bancos fecham nesta terça-feira e dia 1ª de janeiro

“As agências bancárias vão fechar nesta terça-feira (31), assim como no dia 1º de janeiro, de acordo com Federação Brasileira de Bancos (Febraban).  A federação lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão usar os canais alternativos de atendimento para fazer operações bancárias, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).

As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que vencerem no período em que os bancos ficarão fechados poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).

CORREIOS

As agências dos Correios estarão fechadas neste 31 de dezembro. Atendimento só pelo telefone 30030100 (Capitais como Fortaleza e Regiões Metropolitanas). Demais localidades será pelo 0800 7257282.

(Com Agência Brasil)

Inflação de 2014 deve superar índice deste ano

“A inflação no próximo ano vai superar a de 2013, de acordo com projeções de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC). A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) para este ano é 5,73%, após duas altas consecutivas na expectativa. Para 2014, a projeção é 5,98%, na terceira alta seguida. No ano passado, a inflação ficou em 5,84%.

Essas projeções, atualizadas todas as semanas, estão acima do centro da meta de inflação, de 4,5%, e abaixo do limite superior de 6,5%. É função do BC fazer com que a inflação convirja para o centro da meta.

Entretanto, no dia 20, ao divulgar o Relatório de Inflação, o diretor de Política Econômica do Banco Central, Carlos Hamilton Araújo, disse que o cenário mais provável da instituição não aponta a inflação no centro da meta em 2013 e nos próximos anos. “O cenário mais provável não aponta essa convergência, o que não implica que não seja possível. São coisas distintas. A convergência pode se tornar mais provável mais adiante, na medida em que a economia começar a responder às ações que foram tomadas”, acrescentou.”

(Agência Brasil)

Magistrados vão lutar por diretas já para presidente de tribunais em 2014

135 2

A Associação Brasileira dos Magistrados fechou um projeto de luta para 2014. Segundo o presidente eleito da Associação Cearense dos Magistrados, juiz Antônio Araújo, que tomará posse em dia 31 de janeiro, a ordem é pressionar o Congresso Nacional por eleições diretas no âmbito do Poder Judiciário.

Ele informa que há duas emendas nesse sentido em tramitação: uma na Câmara dos Deputados e outra no Senado. Essas PECs querem diretas para presidentes dos tribunais de justiça e dos tribunais regionais do trabalho. O magistrado não entende por que o Judiciário não adota diretas, já que faz parte do regime democrático adotado no Brasil.

Hoje as nomeações são por listas endossadas ao final pelo Executivo. Realmente, bem que as passeatas poderiam incluir essa proposta na pauta das ruas.

Confira o vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=tSqlredaYuU[/youtube]

TSE – Empresas devem registrar pesquisas eleitorais a partir de 1º de janeiro

“A partir de 1º de janeiro, entidades ou empresas que fizerem pesquisas eleitorais devem registrar as informações previstas, conforme prevê calendário eleitoral de 2014. No Tribunal Superior Eleitoral devem ser registradas apenas as pesquisas de candidatos a presidente da República. Os levantamentos sobre os cargos de governador, senador, deputado federal, deputado estadual e distrital serão registrados nos tribunais regionais eleitorais.

exigência foi aprovada no último dia 17 de dezembro, quando o  pleno do TSE aprovou seis resoluções gerais para 2014. O advogado eleitoral Dyogo Crosara explica que o objetivo deste registro é dar publicidade às informações prestadas e permitir a fiscalização pelos partidos e pelo Ministério Público Eleitoral.

Ainda de acordo com o calendário eleitoral, a partir de 1º de janeiro fica proibida a distribuição gratuita de benefícios por parte da Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior. Além disso, estarão vedados os programas sociais executados por entidade nominalmente vinculada a candidato ou mantida por ele, ainda que autorizados em lei ou em execução orçamentária no exercício anterior.”

(Agência Brasil)

Refis da Crise – Prazo de adesão termina nesta segunda-feira

“Os contribuintes com dívidas vencidas até novembro de 2008 têm até hoje (30) para pedir adesão à reabertura do parcelamento especial conhecido como Refis da Crise. Os débitos com a União podem ser pagos à vista ou parcelados em até 180 meses (15 anos) com desconto nas multas e nos juros. A renegociação abrange tanto pessoas físicas como empresas.
Os devedores precisarão quitar a primeira parcela até hoje para não serem excluídos do programa. Quem pagar a dívida à vista terá abatimento de 100% nas multas e de 45% nos juros. A redução diminui conforme o número de parcelas, chegando a 60% nas multas e 35% nos juros para quem optar pelo parcelamento em 180 vezes.

Criado em 2009, o Refis da Crise abrange a renegociação de dívidas com a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Neste ano, o programa foi reaberto, mas não podem ser refinanciados débitos parcelados na primeira fase do Refis. O parcelamento pode ser requerido nas páginas da Receita Federal e da PGFN.”

(Agência Brasil)

Ministro faz balanço do apoio aos desabrigados pelas chuvas do Espírito Santo

133 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ijXhgOsJll4[/youtube]

O ministro interino da Integração Nacional, Francisco Teixeira, seguiu para Brasília, nesta madrugada de segunda-feira, para comandar ultima reunião do ano com a equipe. Ele disse que passará o Réveillon na Capital cearense.

Francisco Teixeira, antes do embarque, conversou com o Blog e falou sobre as providências que a Defesa Civil, ligada ao Ministério da Integração Nacional, vem adotando com relação aos desabrigados pelas chuvas de Minas e, em especial, o Espírito Santo.

Governo disponibilizará portal para cidadão monitorar programas sociais

84 1

“O governo federal disponibilizará, em janeiro, um portal que vai permitir à população monitorar os programas sociais – é o mesmo instrumento usado pela presidenta Dilma Rousseff e pela Casa Civil para fiscalizar as ações. Segundo a chefe da Casa Civil, ministra Gleisi Hoffmann, dos cerca de 40 programas monitorados atualmente, com mapas referenciados, três estarão no portal a partir do próximo mês: Mais Médicos, Minha Casa, Minha Vida e Desastres Naturais.

“Queremos esses programas disponíveis agora em janeiro porque é importante a população nos ajudar a fiscalizar e acompanhar os programas”, disse Gleisi hoje (27), durante café da manhã oferecido aos jornalistas no Palácio do Planalto. A ministra ressaltou que muitos dados estão no Portal da Transparência e no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), mas nem sempre de uma forma gerencial, que permita à população ajudar na fiscalização.

O sistema disponibilizado traz um mapa do país com pontos marcados em cada município onde os programas são executados e dá uma visão geral na qual o cidadão poderá selecionar um local para mais detalhamento. Segundo Gleisi, no Programa Mais Médicos, será possível obter o número de profissionais com nome e dados de cada um, bem como do tutor responsável, além de um mapa com a localização da unidade de saúde onde eles atendem. As informações são atualizadas a cada envio de profissionais.”

(Agência Brasil)

Governo Central registra superavit recorde

“O Governo Central (Banco Central, Previdência Social e Tesouro Nacional) registrou resultado recorde, com superávit de R$ 28,8 bilhões em novembro. No acumulado do ano, o resultado chega a R$ 62,4 bilhões, o que corresponde a alta de 3,7% na comparação com o registrado no mesmo período de 2012, quando ficou em R$ 60,204 bilhões.

O superávit primário é a economia de recursos para pagar os juros da dívida pública. O esforço fiscal permite a redução, no médio e no longo prazos, do endividamento do governo.

O resultado de novembro também é muito maior do que o registrado em outubro, quando ficou em R$ 5,6 bilhões. A meta ajustada para o Governo Central é de economizar R$ 73 bilhões em 2013. Ou seja, o governo precisa de mais R$ 10,582 bilhões para cumprir o que estabeleceu.”

(Agência Brasil)

 

Inadimplência de empresas cresce 2,3% em novembro

A inadimplência das empresas cresceu 2,3% em novembro em relação a outubro, segundo pesquisa da Serasa Experian divulgada hoje (27). Em comparação com o mesmo mês de 2012, a alta foi 6,7%. No acumulado de janeiro a novembro, a elevação chegou a 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre os fatores que contribuíram para o aumento da inadimplência estão os aumentos consecutivos das taxas de juros, que elevaram os custos das empresas. A desaceleração da economia e as oscilações da taxa de câmbio também foram apontadas pela Serasa como elementos que dificultaram às pessoas jurídicas honrar os compromissos.

No acumulado de janeiro a novembro, as dívidas com bancos apresentaram valor médio de R$ 5,3 mil, alta de 0,6% em comparação com o mesmo período de 2012. As dívidas não bancárias (lojas, prestadoras de serviço, telefonia etc) representaram, em média, R$ 814,11 no acumulado dos primeiros 11 meses do ano, crescimento de 6,6% em relação ao mesmo período do ano passado.”

(Agência Brasil)

O futuro profissional de José Dirceu

Essa é da Coluna Radar, da Veja online:

Depois da pirotécnica tentativa de trabalhar num encrencado hotel, o pedido para cuidar da biblioteca do advogado José Gerardo Grossi é um tiro final. Se não der certo, José Dirceu vai baixar a bola.

O que sua defesa planeja a partir daí, em caso de insucesso, é entrar com um pedido para Dirceu na Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso. E trabalhar onde a Vara de Execuções Penais indicar, ganhando salário-mínimo.