Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Eunício diz que pedirá votos pró-Dilma, mas abre palanque para Aécio e Pastor Everaldo

124 1

eunicioooo

O candidato a governador pelo PMDB, Eunício Oliveira, deu entrevista a Rádio Tribuna Band News, nesta manhã de quinta-feira. Ele voltou a afirmar que o Ceará registra hoje “muitos problemas na Saúde, na Segurança Pública, na  Educação, na Infraestrutura”, o que exigirá um  choque de gestão

Eunício chegou a criticar o setor da Saúde. Ele disse que o secretário estadual Ciro Gomes, irmão do governador Cid Gomes, não entende do setor. Também lamentou que o ministro Francisco Teixeira, indicado para a pasta da integração Nacional pelo Pros, esteja emperrando a construção de açude em Crateús.

O postulante garantiu que vai votar em Dilma Rousseff para presidente, mas que em seu palanque o candidato ao Senado, Tasso Jereissati, poderá pedir votos para Aécio Neves. Até o PSC, que integra sua coligação, poderá pedir voto para Pastor Everaldo.

(Com Blog do Lauriberto Braga)

A Copa, a elite preconceituosa, a mídia e a falta de Reforma Política

Com o título “A Copa do Mundo e nossa elite reacionária”, eis artigo do jornalista e radialista Francisco Bezerra. Ele traz o certame para o debate, pós-goleada histórica sofrida pelo Brasil (7 a 1, da Alemanha), fala da elite conservadora e da falta que faz uma reforma política no País. Confira:

“A pátria é nos lugares onde a alma está acorrentada.” Voltaire, filósofo francês.

As ofensas a Dilma na abertura da Copa e no jogo em que o Brasil foi desclassificado pela Alemanha, em pleno mineirão com goleada histórica, ainda ressoam nos ouvidos dos brasileiros educados, hospitaleiros, alegres e festeiros como uma agressão asselvajada. Ainda ecoa por este imenso território pátrio o vozerio da velha imprensa amaldiçoando a competição entre nações que ocorre a cada 4 anos. A floresta amazônica, a mata atlântica, o cerrado, o pantanal, a caatinga, os pampas são testemunhas da campanha infame contra a Copa.

Não contra a Copa em si. Mas pelo fato de que para nossa elite grotesca, burlesca, bufona, caricata o campeonato entre seleções se dá em pleno governo do PT e perjurar o governo do PT – governo que me abstenho de fazer juízo de valor para garantir isenção ao artigo -, é tarefa cívica, patriótica para os “bens nascidos”. Assim como foram as campanhas difamantes contra Getúlio, Juscelino e Jango.

Para estes estamentos, pouco importa que o sucesso na organização de um evento que mexe com o planeta inteiro possa alavancar a autoestima de um povo que ainda traz na alma a insígnia da dor da escravidão. Traz no DNA as marcas indeléveis das desigualdades sociais, da exploração, da espoliação. Amarga em solo pátrio a desventura migratória por conta dos desequilíbrios regionais.

O fosso entre quem tem muito e quem não tem nada é muito largo. E que elite é esta que tem como principal característica o entreguismo desbragado e o preconceito atávico? Nós temos a elite intelectual que se encontra nas academias e que pensa o hoje e o amanhã de um país sobre vários prismas. A outra elite, a econômica, só olha para o próprio umbigo, é preconceituosa e reacionária. Para ela, o país são os seus interesses mesquinhos. A pátria é o acúmulo de capital que ergue fortunas colossais e deixa milhões de brasileiros na mais absoluta miséria.

É pertinente a análise de fundo do jornalista Bepe Damasco. Diz ele: “A história do Brasil mostra que sempre que governos populares ousam reduzir a vergonhosa desigualdade social brasileira a mídia não mede esforços para desgastá-los e, se possível, derrubá-los, recorrendo a campanhas sistemáticas para taxá-los de corruptos. foi assim com o “mar de lama” que levou Vargas a dar um tiro no peito.” Bepe continua: “Foi assim na campanha para impedir a posse de Jango, em 1961. Foi assim no golpe civil-militar de 1964. Foi assim com Lula. Tem sido assim com Dilma. Só que esse moralismo udenista é seletivo. Só serve como instrumento de luta política contra a esquerda e seus aliados. Já em relação a denúncias envolvendo políticos e partidos de sua preferência, os barões da mídia se calam, como no escândalo do metrô e dos trens de São Paulo.

E por que o monopólio midiático se opõe à reforma política, mesmo sabendo tratar-se do remédio mais eficaz para combater a corrupção ?” Por fim, o brilhante jornalista sentencia: “Todos se lembram que, no auge das manifestações de junho do ano passado, a presidenta Dilma enviou à Câmara dos Deputados um projeto de reforma política, com plebiscito e Constituinte exclusiva. Rapidamente a aliança entre a maioria conservadora do Congresso nacional e o pig cuidou de sepultar a mensagem da presidenta. Os deputados deixaram claro que até aceitavam, num futuro incerto e não sabido, examinar um projeto de reforma política. Desde que sob o controle absoluto deles e, sobretudo, sem participação popular, sem povo.” Faço da dele a minha análise.

Diário Oficial da União publica mudanças no Programa Nacional de Habitação Urbana

“O Diário Oficial da União publica hoje (10) em quase seis páginas Medida Provisória (MP) com modificações, entre outras coisas, nas regras do Programa Nacional de Habitação Urbana e do Fundo Garantidor de Habitação Popular (FGHab) no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida. Por meio da MP, o FGHab concederá garantia para até 2 milhões de financiamentos imobiliários contratados exclusivamente no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Além dessa alteração, a MP traz também o retorno do Programa Reintegra, reivindicado pelos empresários industriais e que permite o ressarcimento de parte do valor exportado de produtos manufaturados, iniciativa anunciado em junho pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. Na ocasião, Mantega informou que o programa passará a ser permanente, com o percentual de devolução a ser fixado a cada ano.

Outro assunto tratado na MP é a reabertura do Programa de Refinanciamento de Dívidas Tributárias de Contribuintes com a União (Refis). Entre as mudanças, o governo passou a permitir que o contribuinte com parcelamento que contenha débitos de natureza tributária, vencidos até 31 de dezembro de 2013, perante a Secretaria da Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional poderá, mediante requerimento, utilizar créditos próprios de prejuízos fiscais e de base de cálculo negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido, apurados até 31 de dezembro de 2013 e declarados até 30 de junho de 2014, para a quitação antecipada dos débitos parcelados.

Outra decisão do governo, já conhecida desde 16 de junho, é a que dá incentivo para pequenas e médias empresas no mercado de capitais. A novidade foi anunciada em São Paulo, pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega.”

(Agência Brasil)

IBGE – Produção industrial cai em sete locais pesquisados

“Sete dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística tiveram queda na produção industrial na passagem de abril para maio deste ano. Segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional, divulgada hoje (10), a maior queda foi observada no Amazonas (9,7%), seguido da Bahia (6,8%) e da Região Nordeste (4,5%), cujos estados são analisados em conjunto.

Também registraram queda o Rio de Janeiro (1,6%), o Espírito Santo (1,4%), o Rio Grande do Sul (1%) e Pernambuco (0,2%). Na média nacional, houve uma queda de 0,6%. Sete estados tiveram alta na produção e contribuíram para evitar uma queda maior da indústria: São Paulo (com alta de 1%), Pará (4,2%), Goiás (2,1%), Ceará (1,2%), Paraná (1,1%), Minas Gerais (0,5%) e Santa Catarina (0,3%).

Ainda apresentaram redução na produção industrial, Minas Gerais (4,1%), Paraná (3,7%), São Paulo (3,6%) e Região Nordeste (2,1%). Santa Catarina teve estabilidade, enquanto seis estados tiveram alta: Pará (36,3%), Goiás (4,2%), Pernambuco (1,7%), Ceará (1,1%), Mato Grosso (0,9%) e Espírito Santo (0,3%).”

(Agência Brasil)

Com aposentadoria adiada, Joaquim Barbosa pede férias do STF

Joaquim Barbosa, o presidente do Supremo Tribunal Federal, resolveu tirar férias. Marcou o descanso para o período de 14 a 31 deste mês, segundo informação da assessoria de imprensa da Corte. Neste período, quem ficará no plantão, para decisões urgentes em ações no STF, será o vice-presidente, o ministro Ricardo Lewandowski.

Durante todo o mês de julho, os ministros tiram férias, mas o presidente fica responsável pelos processos em tramitação. Joaquim Barbosa havia anunciado sua aposentadoria para junho, mas decidiu adiar a saída para o dia 6 de agosto.

(Com Agências)

Padre Airton Freire reúne arquitetos para receber projeto de creche em Maracanaú

peaidrtonfreire

Padre Airton Freire, idealizador da Fundação Terra, receberá, às 14h30min desta sexta-feira, os 27 arquitetos que fazem parte, voluntariamente, do Projeto Arquitetando Sonhos. A iniciativa, fruto da parceria com a Magis Incorporações, prevê a ambientação dos espaços da Creche Pleno Viver, que atende crianças de quatro meses a três anos e 11 meses, da Comunidade Alto Alegre II, em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza.

No encontro, a ser realizado na própria entidade, os arquitetos apresentarão o projeto arquitetônico da creche, que irá receber mais de 136 crianças. A conclusão da obra está prevista para o fim deste semestre.

PF do Ceará vai apresentar aeronave operacional que será utilizado no BRICS

A Policia Federal vai apresentar à imprensa, às 11 horas desta quinta-feira, no heliponto do Marina Park Hotel , o helicóptero operacional da Coordenação de Aviação Operacional CAOP da PF que será utilizado, em estreita colaboração com os demais órgãos de segurança pública, Federais e do Estado do Ceará, e ainda Forças Militares, durante a VI Conferência de Cúpula do BRICS, que ocorrerá entre os dias 14 e 15 deste mês, no Centro de Eventos.

O helicóptero operacional AS 355N, Esquilo Bi-Turbina, possui capacidade homologada de até cinco passageiros e um piloto. Nas operações policiais empregam-se dois pilotos e no mínimo um Operador Aerotático. Essa aeronave está homologada para voo por instrumentos, otimizando sua utilização mesmo com adversidade climática , por se tratar de aeronave com dois motores.

Topa uma meditação da lua cheia?

Esta informação é do site da UFC:
No próximo sábado (12), a edição de julho da Meditação da Lua Cheia será realizada a partir das 20 horas, no jardim interno da Reitoria da Universidade Federal do Ceará . A iniciativa da organização internacional Arte de Viver é realizada simultaneamente, em 15 cidades brasileiras e, em Fortaleza, ocorre em parceria com o Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (UFC). A prática é conduzida pela Profª Lúcia Rejane Barontini, vice-diretora do Iefes e coordenadora regional da Arte de Viver. É gratuita e aberta ao público.
Rejane Barotini esclarece que não é necessário o participante ter experiência prévia, pois a meditação é guiada, o que facilita a prática para iniciantes. É necessário apenas comparecer com roupas leves e confortáveis. O Iefes disponibiliza colchonetes para a prática, mas, se preferirem, as pessoas podem levar canga, tapete de ioga, manta ou toalha para sentar.
SEM ESTRESSE E COM BEM-ESTAR – Com doutorado em Educação pela UFC e formação em terapias corporais alternativas e ioga no Brasil, na Itália e na Índia, a Profª Rejane Barontini ministra as disciplinas Práticas Integrativas, Ioga e Meditação e Educação no Curso de Educação Física da UFC.  Ela ressalta como a prática da meditação contribui para a “diminuição do estresse e de doenças como hipertensão arterial, depressão, insônia, problemas digestivos, dores de cabeça e dores articulares”. Acrescenta que meditação tem sido estudada “do ponto de vista da neurociência, explorando os benefícios dela sobre o cérebro e a imunidade”.
Os alunos praticantes relatam que a meditação “traz um estado diferenciado para a mente, de mais calma, tranquilidade, maior foco e concentração”, diz. A Profª Rejane justifica a realização da prática em noite de lua cheia lembrando que “a lua tem efeito muito específico nas marés e em toda a água do planeta, e o nosso corpo é 70% de água. Uma grande oportunidade de mergulhar no silêncio do seu Ser”.
SERVIÇO
Reitoria da UFC – Avenida da Universidade, 2853 – Benfica.

Pesca ilegal da lagosta é tema de audiência pública

O Instituto Terramar promoverá nesta quinta-feira, a partir das 9 horas, uma audiência pública para discutir a situação das embarcações pesqueiras atuantes na produção de tilápia, lagosta e camarão no Brasil. O encontro ocorrerá no CVT M. Dias Branco.

Segundo René Schärer, fundador do Instituto Terramar e militante da causa, serão discutidas a pesca ilegal e a arbitrariedade na utilização do manzuá, equipamento indicado para pescaria.

De acordo com René Schärer, a pesca ilegal ocorre não apenas no período de defeso (entre dezembro e maio, quando a pesca é proibida), mas também nas outras épocas do ano.

SERVIÇO

CVT M. Dias Branco – Rua Vicente de Castro, s/n, Mucuripe.

Maracanaú abre nesta 5ª feira seu X São João

avioes

“Aviões do Forró” entre as atrações desse evento.

Começa nesta quinta-feira o X São João de Maracanaú. O evento contará com atrações musicais e um festival de quadrilhas que reunirá pelo menos 80 grupos juninos no “Quadrilhódromo” da Cidade Junina. A animação terá início ás 19 horas, com abertura oficial a cargo do prefeito Firmo Camurça (PR). Os shows terão início às 22 horas.

Confira a programação

11 de julho: Garota Safada e Luís Marcelo e Gabriel

12 de julho: Solteirões do forró e Lagosta Bronzeada

17 de julho: Aviões do Forró, Forró dos Amigos e Iohannes
18 de julho: Léo Santana, Forró Real e Pé de Ouro

19 de julho: Simone e Simaria (As Coleguinhas), Bonde do Brasil e Forró do Movimento

Festival de Quadrilhas:

10 a 15 de julho: Concurso Cearense Adulto e Infantil de Quadrilhas Juninas
10 e 11 de julho: Quadrilhas Juninas da Terceira Idade

16 a 18 de julho: XXVIII Festival de Quadrilhas Juninas de Maracanaú
19 e 20 de julho: Concurso Nacional de Quadrilhas Juninas.

SERVIÇO

O evento será realizado até 20 de julho, sempre a partir das 19 horas, na Cidade Junina (Avenida I, Jereissati – entre o Instituto Federal do Ceará e o Feira Center Shopping).

Falido Banco Santos devolve R$ 81 milhões para o Tribunal de Justiça de Goiás

“O falido Banco Santos transferiu R$ 81 milhões ao Tribunal de Justiça de Goiás após decisão que o obrigou a devolver recursos públicos goianos que estavam bloqueados. O repasse foi feito na última segunda-feira (7/7), de acordo com a Procuradoria Geral do Estado de Goiás. O valor está ligado a uma aplicação de recursos financeiros feita no banco pelo Fundo Especial de Reaparelhamento e Modernização do Poder Judiciário (Fundesp) entre 2003 e 2004.

Após o Banco Central ter decretado a intervenção e a liquidação extrajudicial da instituição, os valores foram bloqueados — em setembro de 2005. O estado procurou então a Justiça de São Paulo, e a Câmara Reservada à Falência e Recuperação avaliou em março que “os bens públicos de uso comum do povo e os de uso especial são inalienáveis”.

Embora o artigo 645 do Código Civil permita a transferência do domínio da coisa emprestada ao mutuário (no caso, o Banco Santos), o desembargador relator Lino Machado entendeu que a destinação especial do dinheiro aplicado pelo estado de Goiás em Certificados de Depósitos Bancários (CDBs) proibia a perda da sua propriedade.

O desembargador apontou que a massa falida não poderia usar recursos públicos para pagamento de credores privados, pois os valores depositados não perderam a característica de bem público. O valor do investimento era de R$ 71 milhões, mas chegou a R$ 120 milhões com correção monetária. Segundo a PGE de Goiás, todo o prejuízo foi reparado, pois R$ 39 milhões já haviam sido transferidos anteriormente.”

(Consulto Jurídico)

VAMOS NÓS – E por aqui, o falido Banco Santos já devolveu tudo o que foi aplicado, de forma questionável pela Prefeitura de Fortaleza, na época da gestão do falecido Juraci Magalhães? A última informação é que Mário Mamede, então presidente do Instituto de Previdência do Município (IPM), órgão envolvido na operação, conseguiu recuperar alguma coisa.

Bolsa Família – Prazo para acompanhamento de saúde termina nesta 6ª feira

145 1

bolsa familia

“Famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família com crianças até 7 anos de idade ou gestantes, que não foram atendidas em Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou em casa pela equipe da Saúde da Família, neste primeiro semestre, devem procurar as unidades de saúde do município até esta sexta-feira (11). Das 14,1 milhões de famílias que participam do programa, 11,5 milhões têm o perfil de acompanhamento da condicionalidade de saúde.

Nesse processo são verificados o calendário de vacinação das crianças, o peso e a altura para a avaliação nutricional e o acompanhamento do pré-natal das gestantes. As famílias devem levar o cartão do Bolsa Família ou o cartão de saúde. De acordo com a assessora do Departamento de Condicionalidades do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Juliana Agatte, a condicionalidade responsabiliza o poder público a ofertar o serviço de saúde para as famílias, em especial aquelas em situação de pobreza e em vulnerabilidade e risco social.

A gestão do acompanhamento das condicionalidades na área da saúde é de responsabilidade do Ministério da Saúde e realizada pelas equipes de saúde dos municípios e dos estados, com o apoio do MDS. O resultado do acompanhamento é registrado no Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família na Saúde uma vez por semestre. As condicionalidades — de saúde e educação — são os compromissos assumidos tanto pelas famílias beneficiárias do Bolsa Família quanto pelo poder público para ampliar o acesso dessas famílias a seus direitos sociais básicos.”

(Site do MDS)

Eleições 2014 – Presidenciáveis camuflam bens milionários para o TSE

118 3

Da Coluna Esplanada, de Leandro Mazzini, no O POVO Online:

Não é crime eleitoral – o imóvel pode ser declarado pelo valor de compra de anos atrás – mas o valor dos bens dos três principais candidatos a presidente da República é muito maior que o declarado ao TSE. Uma prova de que dão uma banana para a Receita Federal, que pretendem comandar, e camuflam dos eleitores o belo patrimônio que possuem. Para citar apenas três exemplos, Aécio Neves, Eduardo Campos e Dilma Rousseff subvalorizaram em milhões de reais três imóveis que têm.

Beira da praia..
Campos declarou por R$ 60 mil um apartamento no belo condomínio Candeias II à beira da praia em Jaboatão. Um apartamento simples está anunciado lá a R$ 700 mil.

Solar das Rousseff
Em Belo Horizonte, a presidente Dilma tem um apartamento no conhecido Ed. Solar. O declarou por R$ 118.611 , mas no mercado um pequeno ali sai por mais de R$ 300 mil.

Lá de cima
Quase à beira da praia, no Leblon, Aécio registrou uma cobertura na famosa Av. Epitácio Pessoa a.. R$ 109.550. Piada, só se for o metro quadrado.

Safra 2014 – Nova estimativa indica produção 2,3% superior ao alcançado ano passado

“A sexta estimativa da safra nacional de cereais, leguminosas e oleaginosas deste ano deverá ser de 192,5 milhões de toneladas, com crescimento de 2,3% em relação a safra do ano passado de 188,2 milhões de toneladas. Os dados fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de junho, divulgado hoje (9), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o IBGE houve um pequeno crescimento de 0,1% nas estimativas de junho, comparativamente a maio.

Os números divulgados indicam que houve crescimento de 6,6% na estimativa da área a ser colhida em 2014, que chegará a 56,3 milhões de hectares, contra os 52,9 milhões da área colhida no ano passado e 0,2% em relação a maio. Os destaques nas estimativas divulgadas ficou por conta de três produtos: arroz, milho e soja, que somados, representaram 91% da produção nacional e responderam por 85,1% da área a ser colhida.”

(Agência Brasil)

Fortaleza precisa de um plano de urbanização à altura do seu tamanho

Com o título “Fim de festa”, eis artigo do professor José Borzacchiello, que pode ser conferido no O POVO desta quarta-feira. Ele fala sobre Fortaleza pós-Copa. Ou seja, com o fim da maquiagem e inicio da campanha eleitoral, os problemas urbanos retornarão à cena com maior visibilidade. 

Os jogos da Copa do Mundo em Fortaleza projetaram a cidade e o Ceará e permitiram a construção de olhares, depoimentos e imagens positivas do modo cearense de ser e de fazer. Esse saldo positivo deve ser tratado com muito cuidado. Nem tudo é o que parece. Com o fim da Copa e início da campanha eleitoral, a maquiagem que transfigurou a cidade no período da competição se desmancha e os problemas urbanos retornam à cena com maior visibilidade. O que fica, certamente, é a certeza que o cearense continua simpático e hospitaleiro, tendo recebido muitos elogios de brasileiros de vários estados e povos de várias nacionalidades. Aos poucos, os vestígios da festa desaparecerão. No palanque ela será sempre lembrada com imagens lindas. Não faltarão aquelas da Fan Fest, do aterrinho e as que consagraram Fortaleza como o epicentro do nacionalismo com a capela do hino nacional que empolgou os jogadores na Copa das Confederações e acabou se repetindo na Copa, em todos os estádios onde nossa seleção jogou. Também estará no palanque a cobrança pelas obras que não foram realizadas e as incompletas do plano de mobilidade urbana. Questionarão também, a inadequação de políticas de remoção da população das áreas atingidas pelas obras.

Passada a Copa, espera-se que os candidatos contemplem, em suas plataformas políticas, uma ampla e séria discussão sobre a cidade e o urbano no Ceará. É urgente que se pense em Fortaleza e sua região metropolitana, considerando sua forte concentração demográfica, seu potencial econômico e as múltiplas atividades ai desenvolvidas. Desde o Planefor, a região metropolitana de Fortaleza tem sido esquecida. Esta apresenta um nível de complexidade a ser esmiuçado pelos pesquisadores, políticos e planejadores. Fortaleza firma-se fortemente no cenário metropolitano, ampliando seu raio de influência direta e incorporando novas funções. Seu crescimento acelerado interfere sobremaneira no território à sua volta, provocando a expansão da malha viária, de infra-estrutura, de equipamentos e serviços, nem sempre concebidos e executados a partir de um plano de gestão.

Fortaleza é muito importante no cenário urbano brasileiro, entretanto, não possui uma urbanização à altura de seu tamanho demográfico e de seu peso funcional. Quando comparada com outras praças de porte idêntico, sua importância comercial e de polo de prestação de serviços se destaca. Não se pode negligenciar seu território metropolitano que contém quinze cidades e uma multiplicidade de atividades como distrito e corredor industrial, complexo porto/industrial, aterro sanitário, reservatórios e estações de tratamento de água para abastecimento de Fortaleza, potencial paisagístico e importantes polos turísticos ligados ao mar, às serras e ao sertão. Isso e muito mais vem à tona quando se discute sucessão política no Ceará. É fim de uma festa e começo de outra.

* José Borzacchiello

borza@secrel.com.br

Geógrafo e professor da UFC.

Aumento do FPM – Danilo Forte cobra pressão dos prefeitos

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=FHyncdP_WJc&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Comissão Especial do Congresso que trata sobre a emenda constitucional que aumenta em 2% o repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) continua em banho-maria. Segundo o deputado federal Danilo Forte (PMDB), relator da matéria, porque o governo federal não tem interesse.

A emenda deve ser votada na Comissão Especial do FPM terça-feira próxima, segundo prevê Danilo Forte, a partir de um trabalho de pressão dos prefeitos. A ordem é garantir quorum para a votação do parecer do peemedebista.

Ministro diz que transposição terá celeridade neste período de pouca chuva

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=QhAZc_lcZwY[/youtube]

O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, afirmou, nesta quarta-feira, que o projeto da transposição das águas do rio São Francisco deve ganhar maior celeridade neste restante do ano. Isso, porque acabou a greve dos operários no lote do empreendimento que cruza a Região do Cariri cearense, houve aumento do número de trabalhadores para 11.500 e a chuva, que pouco ocorre neste período do ano, embora “seja sempre bem-vinda”, não vai atrapalhar o andamento das obras.

A ordem agora, de acordo com o ministro, é acelerar o cronograma do projeto, dentro da meta estipulada pelo governo federal de concluir a transposição até fim de 2015.

Francisco Teixeira, indagado sobre a perspectiva de que a seca possa perdurar no Nordeste, afirmou que o quadro causa preocupação. ‘Tenho 30 anos trabalhando na área hídrica e nunca vi uma seca perdurar três anos como estamos vendo”, acentuou o ministro, observando que o governo federal trabalha para garantir o abastecimento de água e, como ação preventiva, financia adutoras,

Sobre o nível dos reservatórios do Nordeste, Francisco Teixeira reconheceu que a situação é de preocupação e que já há vários municípios “racionalizando” o uso da água. Ele observou que em 2012 o nível de acumulo nos açudes era de 62%. Ano passado, caiu para 42% e, neste ano, atingiu percentual variando entre 30 e 32 por cento. “É preciso uma gestão eficaz das reservas”, disse o ministro.