Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Carro novo mais caro a partir de janeiro

MANTEGA

Nem só de polêmica com o governador Cid Gomes (PROS) sobre nível de endividamento estadual vive o  ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele descartou manter as atuais alíquotas reduzidas do Imposto sobre Produtos Industriais (IPI) para os automóveis. O imposto vai subir gradativamente a partir de janeiro, até retornar aos níveis pré-crise.

“Não haverá volta atrás na questão do IPI. Ele vai subir mesmo”, afirmou Mantega, que não especificou de quanto seria o aumento nos primeiros meses.

Segundo o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, o aumento do IPI preocupa a entidade porque a alta dos preços pode significar redução das vendas. O setor afirma ter gerado, com IPI reduzido, mais de 10 mil empregos diretos entre maio de 2012 e novembro de 2013.

(Com Agência Estado)

Cresce número de "cheque voador" no País

“Os brasileiros tiveram mais dificuldades para honrar os pagamentos feitos com cheques, em novembro, segundo aponta o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. O percentual em relação ao total de documentos emitidos atingiu 2% ante 1,96% de cheques devolvidos em outubro último. A taxa também foi superior à registrada em novembro do ano passado (1,96%).

De janeiro a novembro, o índice foi mantido estável em 2,1%. Na avaliação dos economistas da Serasa Experian, essa elevação da inadimplência com cheques é efeito dos sucessivos aumentos das taxas de juros, além do período de maior concentração das compras para as festas de final de ano.

A Região Norte foi a que apresentou o percentual mais elevado de cheques devolvidos, com 4,38% ante 4,27%. Em sentido oposto, a Região Sudeste teve o menor índice da pesquisa com 1,51% ante 1,49%. Por estado, Roraima é o estado campeão dos cheques sem fundo com 11,42% ante 10,88%. Na outra extremidade da lista, São Paulo aparece com a inadimplência mais baixa.”

(Agência Brasil)

Morre artista plástica Heloísa Juaçaba

jucaba

Morreu, nessa noite de terça-feira, a pintora, escultora, tapeceira e desenhista Heloísa Juaçaba (87). O velório ocorre na Funerária Ternura onde, às 14h30min, será celebrada missa de corpo presente. Segundo familiares, o enterro de Heloísa Juaçaba, que teve morte natural, está marcado para as 16 horas, no Cemitério São João Batista.

Heloísa iniciou sua carreira artística nos anos 50 na Sociedade Cearense de Artes Plásticas (Scap), tendo sido responsável por vasta produção artística que cruza linguagens com a pintura, a escultura e o desenho. Na sua obra fez referências à cultura nordestina. A artista morreu na própria residência.

Ufa! CCJ da Câmara aprova pedido de cassação de Natan Donadon

“A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou hoje (17), por unanimidade, parecer que nega o recurso apresentado pelo deputado Natan Donadon (sem partido-RO) contra decisão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, no fim de novembro, que recomendou a cassação do mandato do parlamentar por quebra de decoro.

O recurso, rejeitado pelo relator do processo, deputado Sergio Zveiter (PSB-RJ), na última sexta-feira (13), foi submetido à votação no colegiado onde obteve a maioria dos votos pela cassação. Por 46 votos a favor e nenhum contra, os deputados seguiram o parecer do relator e negaram o recurso. O processo agora vai para a Mesa Diretora da Câmara e, em seguida, para o plenário, que deverá decidir se cassa o mandato de Donadon.

No recurso, apresentado no dia 9 deste mês, a defesa argumentou que o deputado estaria sendo punido duas vezes pelo mesmo delito, uma vez que a Câmara já havia apreciado pedido anterior de cassação de Donadon, que na ocasião foi absolvido.”

(Agência Brasil)

Deputado quer punir "assédio por metas"

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HWV6AcnIzjY&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Depois de casos de assédio sexual e assédio moral, eis que agora deve surgir legislação para combater um novo tipo de assédio: o de metas, por parte de empresas e, em especial, por segmentos financeiros como os bancos.

O deputado federal Artur Bruno (PT) está entrando com projeto de lei com objetivo de tipicar e definir penas para o assédio por metas.

Código Pena – Comissão do Senado aprova relatório

“A comissão especial do Senado criada para atualizar o Código Penal aprovou hoje (17) o relatório do senador Pedro Taques (PDT-MT). Para chegar a um entendimento, a proposta, apresentada por Taques na semana passada, passou por algumas modificações – a principal delas tira da proposta temas que tratam de identidade sexual, assunto que, segundo os senadores, vai precisar ser discutido com mais calma.

O crime de infanticídio também foi retirado da proposta. O texto aprovado mantém a redação do código atual, que fala em homicídio “sob a influência do estado puerperal”, que são casos de depressão pós-parto, com pena de dois a seis anos de prisão.

A comissão preferiu não fazer mudanças em temas polêmicos. Não foi acatado pelo relator, por exemplo, o dispositivo que poderia descriminalizar o porte de entorpecentes para uso pessoal, como sugerido pela comissão de juristas que elaborou o anteprojeto. Prevaleceu a regra atual, que tipifica o porte como crime, embora sem previsão de pena. Pela lei em vigor hoje, cabe ao juiz, depois de analisar os fatos, definir se a pessoa é usuária ou traficante.”

(Agência Brasil)

 

Lobby opera em Brasília pela derrubada do veto presidencial à lei das emancipações

netonunes

A esperança é a última que morre para quem pensa em emancipar distritos.

O deputado estadual Neto Nunes (PMDB), que preside a Comissão de Emancipação de Divisas da Assembleia Legislativa, integra lobby que tenta derrubar veto presidencial a essa matéria.

O parlamentar está em Brasília, numa luta que, segundo explica, é para garantir que se prevaleça o “direito” dos legislativos estaduais voltarem a emancipar distritos.

No ceará, segundo Neto  Nunes, há 20 distritos em condições de virar município. Ele citou como exemplo Jurema, em Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza), e Lima Campos, em Icó, reduto eleitoral de sua família. 

Conab promoverá dois leilões de venda de arroz

“A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) realizará, nesta quarta-feira (18), dois leilões de venda de arroz em casca, à granel. O primeiro (aviso 235) é para 6.847 toneladas do produto. Já o aviso 236 ofertará mais de 63.245 t. Juntos serão ofertadas mais de 70 mil toneladas de arroz. O cereal é oriundo das safras anteriores, inclusive a de 2008/09.

As operações terão início às 9 hroas e ocorrerão por meio do Sistema Eletrônico de Comercialização da Conab (SEC).

Além de estarem devidamente cadastrados perante a Bolsa por meio da qual pretendam realizar a operação, os interessados devem se encontrar em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (SIRCOI).

(Com Conab)

Receita deflagra operação contra sonegação. Ceará está entre alvos

“A Receita Federal e a Polícia Federal deflagraram hoje (terça-feira, 17) a Operação Salt, com o objetivo de combater organização criminosa suspeita de fraudar o Fisco. Salt, palavra da língua inglesa que significa sal, faz referência ao principal ramo de atividades do grupo investigado. Os dois órgãos buscam apurar, por meio da Operação Salt, os indícios de crimes de sonegação fiscal, falsidade ideológica, apropriação indébita de receita previdenciária, formação de quadrilha, fraude e lavagem de dinheiro.

A Receita informou também que participam da operação 38 servidores da Receita Federal e 86 policiais federais nos estados do Rio Grande do Norte, Ceará e Paraíba, onde são cumpridos 21 mandados de busca e apreensão em residências e em empresas ligadas à organização criminosa.

A fraude, informou a Receita, consistiria na mobilização de “laranjas”, pessoas utilizadas dar aparência de legalidade a atividades que contrariam a lei. Segundo as investigações, os “laranjas” ocupavam cargos na direção e na composição acionária das empresas. Eram também utilizados em operações de compra e criação de empresas que só existem no papel, conhecidas como paper companies.”

(Agência Brasil)

Cid deve inaugurar Eixão das Águas em 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Bl3SKrqnHs8&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O secretário estadual dos Recursos Hídricos, César Pinheiro, anuncia: o projeto Eixão das Águas deve ser inaugurado no fim do Governo Cid Gomes. O projeto só está agora em alguns detalhes finais relacionados a energia para bombeamento de água.

César Pinheiro trata desse projeto no Ministério da Integração Nacional, bem como cobra recursos do projeto Cinturão das Águas.

Confederação Nacional do Comércio prevê Natal de menos consumo

“As famílias brasileiras devem gastar menos este Natal, prevê a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). A CNC divulgou hoje (17) previsão de queda de 6,1% nas vendas em 2013 em relação ao ano passado. Na comparação com novembro, o índice que mede a Intenção de Consumo das Famílias subiu 0,9%.

De acordo com a CNC, as famílias estão menos otimistas este Natal. Devem deixar de comprar preocupadas com aumento do custo do crédito e da inflação. Crescimento menor do salários também contribui para redução da projeção de compras, acrescentou a Divisão Econômica da CNC.

Na comparação anual, caíram todos os indicadores que medem a Intenção de Consumo das Famílias (ICF). Os maiores recuos foram na intenção de comprar a prazo (11,9%), bens duráveis (11,5%) e em relação à perspectiva profissional (6,1%). Também diminuiu índice de consumo atual (6%).”

(Agência Brasil)

Ministério da Integração Nacional vai liberar pacote de adutoras para o Ceará

fracnscitsxieira
Da Coluna Vertical, do O POVO desta terça-feira:
 

Um pacote de adutoras – com pelo menos dez, é o que o Ministério da Integração Nacional promete liberar, ainda neste ano, para o Governo do Ceará. A promessa é do ministro interino Francisco Teixeira, sem adiantar valores. Ele disse que acerta os detalhes finais com o Governo e que esse pacote integra os benefícios previstos pela União dentro do chamado PAC da Seca.

Esse conjunto de obras é uma reivindicação antiga do governador, de acordo com Teixeira. “Não é obra nova, mas uma reivindicação feita pelo Estado e que vínhamos estudando”, explicou ele. Indagado se estaria preparado para continuar na pasta dentro da cota de Cid Gomes, preferiu observar: só pensa em realizar bem seu trabalho, pois essa questão fica para a presidente Dilma Rousseff.

Teixeira, no entanto, destacou que termina o ano com saldo positivo. Entre os itens, a retomada das obras da transposição São Francisco.

Orçamento Geral da União 2013 pode ser votado ainda nesta semana

“O relatório final da Lei Orçamentária Anual (LOA) 9/13, entregue nessa segunda-feira (16) pelo deputado Miguel Corrêa (PT-MG), deve ser votado ainda nesta semana na Comissão de Orçamento e no plenário do Congresso Nacional. O texto eleva o investimento público em R$ 900 milhões, em 2014, e mantém despesas com pessoal. O salário mínimo, previsto para entrar em vigor a partir de 1º de janeiro, é R$ 722,90.

O investimento do orçamento fiscal e da seguridade social sobe de R$ 74,6 bilhões, previsto na proposta original encaminhada pelo Executivo, para R$ 75,7 bilhões, um aumento de 1,4%. Para o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) serão destinados R$ 61,8 bilhões em investimentos. Os indicadores econômicos usados pelo relator para compor o texto final do Orçamento são os do relatório de reestimativa da receita, aprovado em novembro.

A despesa com pessoal manteve os R$ 242 bilhões previstos no projeto do Executivo, com aumento de R$ 15,4 milhões proposto pelo relator. O valor incorpora os reajustes negociados pelo Executivo em agosto de 2012, que estão sendo aplicados em três anos, até 2015. No total, os reajustes consumirão R$ 15,74 bilhões em 2014, dos quais R$ 3,2 bilhões irão para novos cargos, empregos e funções.”

(Agência Brasil)

Prêmio Delmiro Gouveia 2013 – Grupo M. Dias Branco é a maior empresa do Ceará

ivenss

Sérgio Machado (Transpetro), Ivens e Odorico Monteiro (MS).

Terminou, nas primeiras horas desta terça-feira, no Lulla’s Plazza, a festa de entrega do Prêmio Delmiro Gouveia 2013, uma iniciativa do Grupo de Comunicação O POVO e da Fundação Demócrito Rocha, em parceria com o Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (IBEF) e Associação dos Profissionais do Mercado de Capitais do Nordeste (Apimec).  A festa, comandada pela presidente do Grupo, jornalista Luciana Dummar, em sua 13ª edição, destacou as melhores e maiores empresas do Estado.

Pelo segundo ano consecutivo, a M. Dias Branco foi eleita a maior empresa do Ceará. Desde 2001, quando o prêmio foi instituído, a cearense M. Dias Branco, líder nacional nos mercados de massas e biscoitos, figura entre as cinco maiores empresas do Estado. A presidente do Grupo O POVO de Comunicação, Luciana Dummar, disse no seu discurso de abertura que “credibilidade” e “transparência” são as palavras que marcam o Delmiro Gouveia. “Montamos o maior banco de dados das empresas cearenses”, acentuou Luciana sobre o ranking baseado nos desempenhos econômico e social das empresas.

Oito vezes eleita a Maior Empresa do Ceará, a Coelce ficou na segunda colocação nesta edição. Nas categorias Melhores em Desempenho Econômico-Financeiro, venceram as empresas Arte Produções (com faturamento até R$ 90 milhões) e Grendene (com faturamento acima de R$ 90 milhões).

Nas categorias Melhores em Desempenho Social, as vencedoras foram: SJ Administração de Imóveis (com faturamento até R$ 90 milhões), e Unimed Fortaleza (com faturamento acima de R$ 90 milhões). Maior cooperativa de saúde das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a Unimed Fortaleza recebe o prêmio pela sétima vez.

Piloto que trabalhava no Ceará morre em queda de aeronave em Teresina

aviaon

Um avião monomotor caiu na pista do Aeroporto Petrônio Portela, em Teresina, no Piauí, e pegou fogo no início da noite desta segunda-feira (16). As quatro pessoas que estavam na aeronave morreram carbonizadas.

O instrutor de voo, o mineiro Rodrigo Viana, do Aeroclube do Ceará, estava dando aulas práticas para três alunos, todos piauienses. O avião, identificado como um monomotor Cessna 172, do Aeroclube do Ceará, estava em Teresina desde o início do ano.

Seis viaturas do Corpo de Bombeiros foram até o local para controlar as chamas. O aeroporto ficou totalmente interditado por conta do fato. A causa do acidente ainda não foi divulgada.

(Site CNEWS/Foto G1 Teresina)

Cid culpa Mantega por nota baixa do Ceará no item capacidade de endividamento

94 1

O governador Cid Gomes (PROS) deixou a solenidade dos 60 anos de fundação do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), nesta manhã de segunda-feira, no Centro de Eventos, visivelmente chateado com o ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Cid teria creditado ao ministro o fato de o Estado do Ceará ter ficado com nota “D” no item situação financeira em temos de capacidade de endividamento externo, o que saiu em matéria da Folha de São Paulo.

“Isso foi plantado por Guido Mantega!”, reagiu assim o governador, ao ser indagado por jornalistas. Ele disse que vai pedir retratação. Cid não chegou a participar de toda a solenidade do TCM.

Cid e problemas no "grande salto" prometido

133 5

Com o título “Do ‘grande salto’ ao passo seguinte”, eis artigo do publicitário e poeta Ricardo Alcântara. Ele aborda pesquisa que aprova a gestão do governador Cid Gomes, considerando dados pífios para quem apregoa ter feito em sete anos o dobro do que Tasso Jereissati fez em 12 anos. Confira:

Já vi governo mal assessorado embarcar em canoa furada de pesquisa. O furo não estava nos índices, mas na leitura oferecida sobre eles – generosa para o ego do governante e ainda mais conveniente para a estratégia da deslealdade em curso.

Vamos por partes. Quando uma pesquisa oferece um índice de aprovação de governo, isto não quer dizer que os cidadãos estejam, necessariamente, de todo satisfeitos com ele. O dado, por si, não define um estado qualitativo, de entusiasmo.

O que na maior parte o dado indica – o cruzamento com outros é que determinará o percentual de aprovação efetiva – é que o cidadão considera haver no governo, face às circunstâncias, operosidade no enfrentamento dos problemas, o que é bom.

Explico melhor: índices genéricos de aprovação afirmam, mais do que adesão de massa, um estado de boa compreensão sobre a relação intencional: é o saldo entre esforço e dificuldade, propósito e circunstância, que está sendo (bem) medido ali.

Assim, é compreensível que o governo Cid Gomes, tão criticado por resultados pífios em Segurança, conte com aprovação – moderada ou decidida – de metade dos cearenses: o resultado é uma ponderação entre desempenho e circunstância.

O dado imediato mais revelador sobre a adesão ao governo é o percentual que o define como “ótimo”: ali está o cidadão que pede a palavra quando o governo é criticado nas rodas de bate-papo, que é onde a inclinação potencial se multiplica.

No caso do Ceará, pesquisa recente (Ibope) revela, no item, índice modesto para um governador que alega ter feito em sete anos o dobro do que foi realizado em doze por quem ele considera(va) “o maior político vivo do Ceará”. Conta esquisita.

Não supera a faixa de 5%, o percentual “ótimo” de cearenses que reconhecem o “grande salto” que Cid Gomes imagina ter dado no estado. Se for mesmo para comparar, o fato é: Tasso Jereissati fechou o sétimo ano com o dobro mais dois.

Como não era homem de consensos, mas forte de temperamento e excludente nos métodos, o ex-governador obtinha, por outro lado, índice mais elevado de rejeição do que o indicado agora para um governo que não tem o PT nos calcanhares.

Se o governador está tão convicto de que realiza extraordinária obra, há muito a ser avaliado: em 26 anos (1987-2013), não recordo pesquisa que tenha colocado uma gestão cearense em décimo lugar na avaliação dos governadores brasileiros.

Os cinco mandatos do ciclo tucano – Tasso, Ciro, Tasso, Tasso e Lúcio – nunca frequentaram a faixa intermediária da lista: estavam sempre entre os cinco melhor avaliados. Mas talvez incomode ao governador investigar as razões de tudo isso…

O que muito favorece a Cid Gomes na perspectiva de sua sucessão é que, baseado numa margem ampla de aceitação (aprovação moderada), e poderosos apoios eleitorais, seu candidato é potencialmente favorito em quadro semelhante ao atual.

Digo em “quadro semelhante ao atual” porque 2014 é movediço: a Copa do Mundo, já se viu, poderá acionar forças a princípio antagônicas, de ufanismo e indignação, combinadas numa equação ainda não formulada pela realidade. Até lá, veremos.

Como não se sabe ainda a direção e a força dos ventos adiante, ninguém deveria se julgar de fato seguro sem bom calado e quilha profunda. Quem prometeu o “grande salto” ficará satisfeito se der pelo menos um passo adiante, fazendo o sucessor.

* Ricardo Alcântara, 

Publicitário e poeta.

Hospital Infantil Albert Sabin vai integrar Rede Universitária de Telemedicina

albert abin
Serão inaugurados, na próxima quarta-feira, dois novos núcleos da Rede Universitária de Telemedicina (Rute), projeto coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e integrado ao programa Telessaúde Brasil Redes. Os beneficiados serão o Hospital Federal de Bonsucesso (HFB), no Rio de Janeiro, e o Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS). 
A iniciativa possibilitará o desenvolvimento da educação e da pesquisa, além de facilitar a atenção à saúde no país, estimular a gestão e os procedimentos de avaliação à distância. A cerimônia de inauguração conjunta, prevista para as 10 horas (horário de Brasília), terá início no Hospital Federal de Bonsucesso e será transmitida por videoconferência para que os núcleos da Rute já existentes e convidados participem em tempo real.