Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Copa 204 – A decretação do estado de defesa no País e os protestos

162 2

Com o título “Poucos dias da Copa do Mundo e o clima de insatisfação cresce”, eis artigo de Carlos Henrique Abrão, desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele coloca em debate a possibilidade de se ter no País a decretação do estado de defesa. Isso, se a onda de manifestações em torno da Copa vier a se radicalizar. Confira:

O jornal espanhol El País afirma que o descontentamento dos brasileiros atinge mais de 70% e em 2015, se não houver uma forte mudança, e completa reviravolta, estaremos descendo ladeira abaixo, com forte recessão acompanhada de inflação, notadamente de preços administrativos. Pipocam greves em todos os setores, e o governo precisa urgentemente se mobilizar para mostrar eficiência, vigor e cumprimento da Lei.

Haveria alguma possibilidade de se decretar o estado de defesa? Em tese, não se descarta a hipótese, permeada na plasticidade do artigo 136 da Constituição Federal.
Vigoraria por trinta dias e teria o propósito de restabelecer a ordem pública ou a paz social, com ameaça à instabilidade institucional ou eventuais calamidades.

Noutro giro, o uso de mais de 150 mil homens na cobertura da Copa do Mundo coloca em risco a segurança da população de um modo geral, e os barulhos começam a ser sentidos de imediato.

Na Europa, a crise radicalizou e a direita assumiu importante papel nas últimas eleições.
A América Latina tem um viés pró-esquerda, mas, no fundo, também se compromete e provoca um esgarçamento do tecido social, com o aspecto da moeda corroída, dos gastos públicos descontrolados e o que está por vir no dia seguinte.

Medida excepcional, o estado de defesa poderá ser adotado como paradigma de colocar um basta aos incontáveis movimentos que se espalham pelo Brasil, ninguém desacredita da força democrática, mas o viés da anarquia é tamanho que merece ser restaurado no sentido de garantir confiança aos estrangeiros que já chegam, as delegações de fora e, principalmente, à população brasileira.

Envelhecida a Constituição Federal de 1988, precisa, rapidamente, passar por uma microrreforma nas suas pilastras, ela foi essencial na redemocratização do país, mas não se mostrou à altura de muitas outras coisas, e nosso parlamento precisa ter a coragem de enfrentar essa questão.

Essas inquietações significam que a representatividade política está esfacelada, não há partidos políticos, mas sim um agregado de pessoas, cuja maioria não enxerga além do próprio interesse, tamanha a corrupção e as falhas institucionais para o seu combate.

A gota d’água foi, sem sombra de dúvida, a gastança com a construção de mega obras, as quais, encerrado o espetáculo, ficarão sem muita finalidade, até em Estados nos quais sequer existem clubes de futebol para a serventia dos gramados.

Bilhões foram jogados ralo afora, com a intensa presença do Estado Brasileiro, é certo que houve uma significativa melhora nos aeroportos, nas vias, e demais obras de infraestrutura, mas devemos repensar e refletir se temos condições de realizar os jogos olímpicos.

Emoldurado o retrato que não é animador, conforme os noticiários estrangeiros, resta-nos defender a soberania e, se preciso for, aplicar a Constituição Federal para a garantia da ordem pública e da paz em geral.

* Carlos Henrique Abrão,

Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Datafolha – Felipão tem aprovaçaõ de 68% dos torcedores

felipao

“O técnico Luiz Felipe Scolari é o treinador da seleção brasileira que vai enfrentar uma Copa do Mundo com maior aprovação nos últimos anos, de acordo com pesquisa Datafolha. O instituto realiza a pesquisa desde 2002, ano em que Felipão também era técnico da equipe canarinho, e desde então o percentual de 68% de aprovação para o trabalho do técnico é o maior registrado antes da bola rolar no Mundial.

Apenas 2% dos entrevistados consideraram o trabalho do gaúcho ruim ou péssimo. Em 2002, Felipão tinha apenas 37 de aprovação antes do início da Copa. Na época, ele enfrentava desconfiança da torcida por não ter convocado Romário. Após o primeiro jogo no Mundial, a moral do treinador melhorou e passou para 51%, mesmo assim abaixo do resultado apresentado esse ano.

A aprovação de Felipão ainda é maior do que a de Carlos Alberto Parreira no Mundial de 2006. Parreira, que já tinha conquistado o título em 1994, chegou a competição com 62% de aprovação e acabou sendo desclassificado nas quartas-de-final contra a França.”

(A Tarde)

Investidores reduzem projeção de crescimento da economia para 2014

“Investidores e analistas do mercado financeiro reduzem mais uma vez a projeção do crescimento da economia para 2014. A nova projeção, agora, é 1,44%, segundo dados coletados pelo Banco Central e publicados no boletim Focus. O resultado é inferior ao divulgado na semana passada, de 1,5%. A produção industrial ficou com estimativas nada animadoras, com 0,96% no ano ante o apurado na última pesquisa, 1,24%.

Não houve alteração na previsão de inflação alta, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que se manteve em 6,47% , perto do limite superior da meta de 6,5%. Permaneceram também inalteradas as projeções de câmbio, R$ 2,33, e da taxa básica de juros (Selic), em 11%.

No setor externo, o déficit em conta-corrente, um dos principais indicadores, foi mantido em US$ 80 bilhões, com o saldo da balança comercial em US$ 2,25 bilhões ante os US$ 3 divulgados na semana passada. O investimento estrangeiro direto, na percepção do mercado, deve atingir este ano US$ 60 bilhões.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 – UFC altera calendário da segunda chapada da lista de espera

Essa é do site da UFC:

Com a realização da Copa do Mundo de Futebol no Brasil, o calendário universitário teve modificações e a segunda convocação da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) pela UFC ocorrerá na primeira semana do semestre letivo 2014.2.

Em nota, a Pró-Reitoria de Graduação da UFC explica que “a nova data permitirá a inclusão de possíveis vagas não confirmadas presencialmente nos dias 24 e 25 de julho”. E que “as eventuais vagas disponíveis para reposição ainda serão ocupadas por candidatos do banco de suplentes, seguindo-se a ordem de classificação”.

Outro esclarecimento é que a UFC não participa da segunda edição de 2014 do SiSU 2014/2, cujas inscrições foram iniciadas no último dia 2. Como no ano passado, todas as vagas da Instituição, tanto para o primeiro quanto para o segundo semestre letivo, foram ofertadas na primeira edição do SiSU (SiSU 2014/1).

Eleições 2014 – PSC faz reunião com presidenciável Pastor Everaldo para decidir rumos no Ceará

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=7uTxbz9sk0E[/youtube]

O PSC do Ceará vai ter encontro, nesta segunda-feira, no Recife, com o presidente nacional do partido, o também presidenciável pastor Everaldo Pereira. Segundo o presidente estadual da legenda, vereador Wellington Saboya, o objetivo é expor o quaro local da sucessão no Ceará e ouvir orientações do Pastor Everaldo.

Wellington Saboya revela que o PSC está dividido, com alguns setores simpáticos a Eunício Oliveira (PMDB), Roberto Pessoa (PR) e esperando endossar o nome que o Pros do governador Cid Gomes escolher. Particularmente, Saboya torce pelo apoio a um nome do governador, por ser parceiro na administração do prefeito de Fortaleza., Roberto Cláudio (Pros).

Copa 2014 – Congresso votará mudanças na Lei do Simples Nacional, diz José Pimentel

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=wtcP-WJFLXY[/youtube]

Mesmo em clima de Copa 2014, os parlamentares federais vão ter trabalho até quarta-feira, segundo informou, nesta segunda-feira, o líder do Governo no Congresso, senador José Pimentel (PT).

Uma série de matérias constam na agenda da Câmara e do Senado, segundo José Pimentel, que destaca como prioridade o projeto que faz mudanças na Lei do Simples Nacional. Pimentel adiantou algumas dessas mudanças.

Revalida 2014 – Inscrições começam nesta 2ª feira

“Começam hoje (9) as inscrições para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) e vão até o dia 24. A primeira fase será no dia 20 de julho e a segunda, nos dias 27 e 28 de setembro. Para fazer a inscrição, os candidatos à revalidação do diploma devem obter o código de identificação e a senha na página do exame na internet. Além de ser brasileiro ou estrangeiro em situação legal no Brasil, também deve ter o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e diploma médico autenticado por autoridade consular brasileira e expedido por instituição de educação superior estrangeira reconhecida no país de origem.

A primeira fase é composta de prova objetiva, que será aplicada das 8 às 13 horas, com 110 questões de múltipla escolha e outra, discursiva, aplicada no mesmo dia, das 15 às 18 horas, com cinco itens. O valor da taxa de inscrição, nessa etapa, é R$ 100. Os participantes pode fazer o exame em Rio Branco (AC), Manaus (AM), Fortaleza (CE), Salvador (BA), no Rio de Janeiro (RJ), em São Paulo (SP), Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Brasília (DF) e Campo Grande (MS).

Poderão participar da segunda etapa apenas os aprovados na fase anterior. Os participantes serão avaliados quanto a habilidades clínicas em situações reais de atendimento médico. A prova será somente em Brasília. A taxa de inscrição será R$ 300,00.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 – Acusado de pedofilia é mandado de volta aos EUA, no aeroporto do Rio

A Justiça brasileira foi avisada pela Polícia norte-americana que um homem condenado por pedofilia, nos Estados Unidos, estaria vindo ao Brasil para os jogos da Copa. Na manhã deste sábado (7), o suspeito foi detido no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro, e mandado de volta ao país de origem.

A ação da Justiça brasileira é respaldada pela portaria 876/2014 interministerial, que prevê que estrangeiros condenados por crimes relacionados à exploração sexual de crianças e adolescentes ou à pornografia infanto-juvenil sejam impedidos de entrar no Brasil.

(com agências)

2015 não será ano fácil para a economia

Do Blog de Ilimar Franco, do O Globo desta sexta-feira:

O debate que tem permeado as reuniões internas do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do governo é a preocupação com 2015. A avaliação geral dos conselheiros é a de que, se a presidente Dilma se reeleger, ela se manterá no cargo com enorme desgaste e com um clima de desconfiança quanto à política econômica.

Se Aécio Neves (PSDB) ou Eduardo Campos (PSB) ganhar a eleição, na análise de integrantes do Conselhão, terão que tomar medidas fiscais não anunciadas na campanha, gerando insatisfação. A vitória da oposição reanimará movimentos sociais com atuação calma nos governos dos PT, criando um ambiente difícil.

Copa 2014 – Ministro do Turismo diz que País está preparado para receber visitantes

“A seis dias da Copa do Mundo, o ministro do Turismo, Vinicius Lages, disse hoje (6), em Brasília, que o país está preparado para receber o turista, apesar de obras inacabadas em aeroportos e de mobilidade urbana. “Infelizmente ainda temos algumas obras inacabadas, de mobilidade, aeroportos e infraestrutura, mas isso não atrapalha a realização da Copa. O Brasil nunca teve uma infraestrutura tão boa e ampla quanto tem hoje. O país está preparado para receber o turista.”

Segundo estimativa do ministério, 600 mil turistas estrangeiros de 186 países e 3,1 milhões de turistas nacionais devem circular pelo país durante o Mundial. Os gastos dos turistas devem injetar R$ 6,7 bilhões na economia.”

(Agência Brasil)

Ceará entre estados que registraram em março crescimento da produção industrial

“A queda de 0,3% no ritmo da produção industrial nacional na passagem de março para abril, série com ajuste sazonal, reflete redução no ritmo da atividade da indústria em sete dos 14 locais envolvidos na Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional (PIM/PF Regional), divulgada hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Exerceram influências mais significativas na queda da atividade da indústria, o Rio de Janeiro, onde a produção chegou a cair 4,2%, e o Rio Grande do Sul, onde a queda foi 3,0%.

Os dois estados apresentaram a segunda taxa negativa consecutiva, com o Rio de Janeiro acumulando no período queda de 5,2%, e o Rio Grande do Sul, de 6,4%. Também registraram quedas intensas e superiores à média nacional de 0,3%, Minas Gerais e Pernambuco (ambos com -1,8%), Santa Catarina (-1,6%), o Amazonas (-1,6%) e o Paraná (-0,4%).

Por outro lado, o Espírito Santo (4,7%) e Goiás (4,1%) registraram as maiores expansões nesse mês, com o primeiro acumulando ganho de 7,3% em dois meses de taxas positivas consecutivas, e o segundo avançando 10,1% nos três últimos meses. São Paulo (1,7%), a Bahia (0,9%), o Pará (0,8%), Ceará (0,6%) e a Região Nordeste (0,6%) também tiveram crescimento da produção em abril de 2014.”

(Agência Brasil)

Diretor-geral do DNOCS vai deixar o cargo

187 4

emersonfernandes

O diretor-geral do DNOCS, Emerson Fernandes, vai deixar o cargo. Ele está sendo convocado por seu líder político, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB/RN), para assumir o comando da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Codern) no governo de Rosalba Ciarlini. Não há mais detalhes sobre essa estratégia política, mas o fato está gerando protesto e revolta entre servidores da autarquia.

Segundo Zita Timbó, engenheira que integra o grupo de trabalho pela reestruturação do DNOCS, a categoria não quer que Emerson Fernandes deixe o órgão. Eles temem que a luta pró-reestruturação do departamento, que durou meses e hoje está bem encaminhada no âmbito do Ministério do Planejamento, volte à estaca zero.

Na próxima segunda-feira, haverá uma manifestação em frente ao DNOCS intitulado “Fica Emerson!”

A Copa e o debate desqualificado sobre o País

154 2

Com o título “O que a Copa tem a ver com consciência política?”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda Copa, manifestações e um debate desqualificado sobre os problemas do País. Confira:

Desde o ano passado acompanho com interesse os protestos ocorridos em diversas cidades do Brasil. Os manifestantes usaram a Copa das Confederações para dar visibilidade às suas ações. E querem fazer o mesmo durante a Copa do Mundo. O sucesso destas iniciativas fizeram com que a oposição tirasse a cabeça de dentro d´água e os discursos contrários ao governo do PT ganhassem alguma força. Mais do que isso: é comum observar debates em diversos ambientes sociais vinculando “consciência política” a uma necessária posição contrária à realização da Copa no Brasil. Nada mais falso.

Desde o tempo que o marxismo rasteiro classificava religião como “ópio do povo” não se via um debate tão desqualificado. Tratar futebol como coisa de “gente alienada” é discurso de radical idealista, sem pé na realidade. Uma coisa nada tem a ver com outra. Nem do ponto de vista ideológico – porque sua crença política não aumenta ou diminui porque você torce um determinado time ou gosta de um esporte – e nem no aspecto eleitoral – até porque Copa não ajuda governo nenhum a ganhar ou perder um pleito.

A audiência voltada para o Brasil durante a Copa está estimada em 3,6 bilhões de pessoas. Nenhum investimento publicitário do mundo cobriria uma divulgação tão intensa. Nem todos os gastos com o evento calculados até aqui. Focando somente no turismo, se somente 2% destas pessoas vierem ao Brasil formarão um público de 72 milhões de visitantes. Para se ter uma ideia, isso é 12 vezes mais que a média anual – 6 milhões – de turistas que visitam nosso país. Só durante o evento, o turismo gerará R$ 9,4 bilhões.

A Copa do Mundo é um cartão de visitas que não tem preço. Como se diz no popular, “o risco que corre o pau, corre o machado”. Podemos passar para o mundo uma imagem positiva, ressaltando nossas riquezas naturais, diversidade cultural e a hospitalidade do nosso povo. De outra forma, podemos vender uma impressão de uma ambiência antipática, rancorosa e insegura, decorrente de possíveis manifestações. Repare: elas podem até serem legítimas, mas seriam somente inconvenientes para o atual momento.

Não canso de dizer que problemas sociais e estruturais existem do Brasil independente da Copa. E reivindicar melhorias é tarefa que não precisa de Copa para se concretizar. Mas lançar-se em protestos sem objetivo por puro modismo e para demonstrar lucidez política é patético. Colocar-se contra a Copa, sem reconhecer a importância de um evento disputado a tapa pelos maiores países do mundo demonstra pobreza de espírito e cretinice intelectual. Aliás, como disse um aluno meu, Roberto Félix, se perder Copa fosse sinônimo de desenvolvimento social, o Brasil devia estar bem melhor, pois essa será a 20ª edição e nós só ganhamos cinco.

A Copa é uma vitória brasileira. As obras de mobilidade serão entregues, mesmo depois do evento, mas por causa dele. São R$ 33 bilhões de investimentos em infraestrutura e os gastos com estádios somam cerca de 15% deste valor. O legado também é imaterial: coloca o Brasil noutro patamar, mostrando ao mundo a capacidade de realização do nosso povo. O gigante pode acordar quando quiser. Mas agora, é melhor tirar um cochilo.

* Demétrio Andrade,
Jornalista e sociólogo.

Datafolha – Dilma tem 34%, Aécio, 19% e Campos, 7%

A presidente Dilma Rousseff teria hoje 34% das intenções de voto na corrida presidencial. Em relação a maio, data da última pesquisa, ela variou de 37% para 34%. Desde fevereiro, já caiu dez pontos percentuais. Apontado como o principal adversário da petista, o senador Aécio Neves (MG), pré-candidato do PSDB à Presidência, tem 19%, um ponto a menos do que no mês passado. É o que diz pesquisa Datafolha divulgada, nesta sexta-feira, no jornal Folha de São Paulo.

Na terceira posição, segundo o levantamento, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) com 7%. Campos despencou quatro pontos e aparece em situação de empate técnico com o Pastor Everaldo Pereira (PSC), que tem 4%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

A nova mostra aponta crescimento no número de eleitores que não sabem em quem votar, de 8% para 13%. Notórios 17% dos entrevistados afirmam que pretendem votar nulo, em branco ou em nenhum dos candidatos apresentados.
Segundo a publicação, o Datafolha entrevistou 4.337 pessoas entre terça e quinta desta semana em 207 municípios.

Inflação desacelera em maio e fecha mês em 0,46%

“A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do governo e que serve de balizamento para as metas inflacionárias fixadas pelo Banco Central, desacelerou em maio e fechou o mês com alta de 0,46%, ficando 0,21 ponto percentual abaixo da taxa registrada no mês de abril (0,67%). Em maio do ano passado o IPCA acusou variou 0,37%.

Com a alta de maio, a inflação acumulada nos primeiros cinco meses do ano está em 3,33%. O resultado é 0,45 ponto percentual maior que a inflação registrada (2,88%) no mesmo período de 2013. Com o resultado de maio, a inflação acumulada nos últimos 12 meses (taxa anualizada) ficou em 6,37%, também superior aos 6,28% relativos aos 12 meses anteriores.

Os dados do IPCA foram divulgados hoje (06), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram influenciados pela queda nos preços do item Alimentação e Bebidas, que recuou de 1,19% para 0,58%, entre abril e maio, apresentando desaceleração no ritmo da alta. Os números indicam ainda que, enquanto os alimentos consumidos em casa caíram de 1,52% para 0,41%, entre abril e maio, a alimentação fora de casa subiu de 0,57% para 0,91%.”

(Agência Brasil)

PSDB do Ceará faz encontro fechado sobre Mídias Digitais

xicgrziano

O PSDB está realizando, nesta manhã de sexta-feira, encontro fechado para militantes do partido. No evento, a cúpula tucana de Fortaleza e do Estado e a presença do único deputado federal da sigla, Raimundo Gomes de Matos.

O encontro ocorre na Faculdades Integradas da Grande Fortaleza (Bairro João XXIII) e conta com palestra do coordenador de Mídias Digitais da futura campanha do presidenciável Aécio Neves, Xico Graziano.

Projeto sobre o piso nacional dos vigilantes será debatido em Fortaleza

eudesxxavier

Fortaleza será sede de um debate sobre o piso nacional dos vigilantes. A iniciativa é do deputado federal Eudes Xavier (PT), membro da Comissão Especial responsável por emitir parecer ao Projeto de Lei 4238/12, que dispõe sobre o tema. Segundo Eudes, a ordem é trazer para a capital cearense integrantes da comissão para debater o assunto com o maior número possível de profissionais da área.

O deputado Eudes Xavier também está convidando para o encontro lideranças das centrais sindicais. O projeto de lei 4238/12, sobre o piso nacional dos vigilantes, busca alterar a Lei 7.102/83. A Comissão Especial é presidida pelo deputado Laércio Oliveira (SDD/SE) e tem como relator o deputado Nelson Pelegrino (PT/BA). O deputado Eudes Xavier é membro titular da Comissão. 

O PL prevê três faixas de piso salarial conforme graus de responsabilidade e de risco profissional na atividade desenvolvida: R$ 800,00 para grau mínimo, R$ 950,00 para grau médio e R$ 1.100,00 para grau máximo. O texto atribui a negociações coletivas a responsabilidade pela classificação das atividades e dos profissionais sujeitos aos diversos graus de risco e responsabilidades, em função das condições específicas em que o trabalho é realizado.

ProUni – Lista de cursos já está à disposição

“Os candidatos a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem, a partir de hoje (6), consultar a lista de cursos e instituições que participam do programa, na internet. As inscrições começam na semana que vem. É preciso estar atento porque o prazo de inscrição foi reduzido de cinco para três dias, do dia 9 ao dia 11, na página do ProUni.

Nesta edição, são oferecidas 115.101 bolsas em cursos de graduação de instituições privadas. Dessas, 73.601 são integrais e 41.500, parciais. Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.

O candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota 0 na redação. Quem se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para concorrer a vagas em instituições públicas, também pode se candidatar ao ProUni.

Veja abaixo o cronograma do ProUni:

Inscrições: de 9 a 11 de junho
Resultado da 1ª chamada: 15 de junho
Comprovação de informações: de 16 a 24 de junho
Resultado da 2ª chamada: 4 de julho
Comprovação de informações: de 4 a 11 de julho
Adesão à lista de espera: 21 e 22 de julho
Comprovação de informações dos candidatos em lista de espera: 29 e 30 de julho.

(Agência Brasil)