Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

2015 não será ano fácil para a economia

Do Blog de Ilimar Franco, do O Globo desta sexta-feira:

O debate que tem permeado as reuniões internas do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do governo é a preocupação com 2015. A avaliação geral dos conselheiros é a de que, se a presidente Dilma se reeleger, ela se manterá no cargo com enorme desgaste e com um clima de desconfiança quanto à política econômica.

Se Aécio Neves (PSDB) ou Eduardo Campos (PSB) ganhar a eleição, na análise de integrantes do Conselhão, terão que tomar medidas fiscais não anunciadas na campanha, gerando insatisfação. A vitória da oposição reanimará movimentos sociais com atuação calma nos governos dos PT, criando um ambiente difícil.

Copa 2014 – Ministro do Turismo diz que País está preparado para receber visitantes

“A seis dias da Copa do Mundo, o ministro do Turismo, Vinicius Lages, disse hoje (6), em Brasília, que o país está preparado para receber o turista, apesar de obras inacabadas em aeroportos e de mobilidade urbana. “Infelizmente ainda temos algumas obras inacabadas, de mobilidade, aeroportos e infraestrutura, mas isso não atrapalha a realização da Copa. O Brasil nunca teve uma infraestrutura tão boa e ampla quanto tem hoje. O país está preparado para receber o turista.”

Segundo estimativa do ministério, 600 mil turistas estrangeiros de 186 países e 3,1 milhões de turistas nacionais devem circular pelo país durante o Mundial. Os gastos dos turistas devem injetar R$ 6,7 bilhões na economia.”

(Agência Brasil)

Ceará entre estados que registraram em março crescimento da produção industrial

“A queda de 0,3% no ritmo da produção industrial nacional na passagem de março para abril, série com ajuste sazonal, reflete redução no ritmo da atividade da indústria em sete dos 14 locais envolvidos na Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física Regional (PIM/PF Regional), divulgada hoje (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Exerceram influências mais significativas na queda da atividade da indústria, o Rio de Janeiro, onde a produção chegou a cair 4,2%, e o Rio Grande do Sul, onde a queda foi 3,0%.

Os dois estados apresentaram a segunda taxa negativa consecutiva, com o Rio de Janeiro acumulando no período queda de 5,2%, e o Rio Grande do Sul, de 6,4%. Também registraram quedas intensas e superiores à média nacional de 0,3%, Minas Gerais e Pernambuco (ambos com -1,8%), Santa Catarina (-1,6%), o Amazonas (-1,6%) e o Paraná (-0,4%).

Por outro lado, o Espírito Santo (4,7%) e Goiás (4,1%) registraram as maiores expansões nesse mês, com o primeiro acumulando ganho de 7,3% em dois meses de taxas positivas consecutivas, e o segundo avançando 10,1% nos três últimos meses. São Paulo (1,7%), a Bahia (0,9%), o Pará (0,8%), Ceará (0,6%) e a Região Nordeste (0,6%) também tiveram crescimento da produção em abril de 2014.”

(Agência Brasil)

Diretor-geral do DNOCS vai deixar o cargo

189 4

emersonfernandes

O diretor-geral do DNOCS, Emerson Fernandes, vai deixar o cargo. Ele está sendo convocado por seu líder político, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves (PMDB/RN), para assumir o comando da Companhia de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte (Codern) no governo de Rosalba Ciarlini. Não há mais detalhes sobre essa estratégia política, mas o fato está gerando protesto e revolta entre servidores da autarquia.

Segundo Zita Timbó, engenheira que integra o grupo de trabalho pela reestruturação do DNOCS, a categoria não quer que Emerson Fernandes deixe o órgão. Eles temem que a luta pró-reestruturação do departamento, que durou meses e hoje está bem encaminhada no âmbito do Ministério do Planejamento, volte à estaca zero.

Na próxima segunda-feira, haverá uma manifestação em frente ao DNOCS intitulado “Fica Emerson!”

A Copa e o debate desqualificado sobre o País

155 2

Com o título “O que a Copa tem a ver com consciência política?”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda Copa, manifestações e um debate desqualificado sobre os problemas do País. Confira:

Desde o ano passado acompanho com interesse os protestos ocorridos em diversas cidades do Brasil. Os manifestantes usaram a Copa das Confederações para dar visibilidade às suas ações. E querem fazer o mesmo durante a Copa do Mundo. O sucesso destas iniciativas fizeram com que a oposição tirasse a cabeça de dentro d´água e os discursos contrários ao governo do PT ganhassem alguma força. Mais do que isso: é comum observar debates em diversos ambientes sociais vinculando “consciência política” a uma necessária posição contrária à realização da Copa no Brasil. Nada mais falso.

Desde o tempo que o marxismo rasteiro classificava religião como “ópio do povo” não se via um debate tão desqualificado. Tratar futebol como coisa de “gente alienada” é discurso de radical idealista, sem pé na realidade. Uma coisa nada tem a ver com outra. Nem do ponto de vista ideológico – porque sua crença política não aumenta ou diminui porque você torce um determinado time ou gosta de um esporte – e nem no aspecto eleitoral – até porque Copa não ajuda governo nenhum a ganhar ou perder um pleito.

A audiência voltada para o Brasil durante a Copa está estimada em 3,6 bilhões de pessoas. Nenhum investimento publicitário do mundo cobriria uma divulgação tão intensa. Nem todos os gastos com o evento calculados até aqui. Focando somente no turismo, se somente 2% destas pessoas vierem ao Brasil formarão um público de 72 milhões de visitantes. Para se ter uma ideia, isso é 12 vezes mais que a média anual – 6 milhões – de turistas que visitam nosso país. Só durante o evento, o turismo gerará R$ 9,4 bilhões.

A Copa do Mundo é um cartão de visitas que não tem preço. Como se diz no popular, “o risco que corre o pau, corre o machado”. Podemos passar para o mundo uma imagem positiva, ressaltando nossas riquezas naturais, diversidade cultural e a hospitalidade do nosso povo. De outra forma, podemos vender uma impressão de uma ambiência antipática, rancorosa e insegura, decorrente de possíveis manifestações. Repare: elas podem até serem legítimas, mas seriam somente inconvenientes para o atual momento.

Não canso de dizer que problemas sociais e estruturais existem do Brasil independente da Copa. E reivindicar melhorias é tarefa que não precisa de Copa para se concretizar. Mas lançar-se em protestos sem objetivo por puro modismo e para demonstrar lucidez política é patético. Colocar-se contra a Copa, sem reconhecer a importância de um evento disputado a tapa pelos maiores países do mundo demonstra pobreza de espírito e cretinice intelectual. Aliás, como disse um aluno meu, Roberto Félix, se perder Copa fosse sinônimo de desenvolvimento social, o Brasil devia estar bem melhor, pois essa será a 20ª edição e nós só ganhamos cinco.

A Copa é uma vitória brasileira. As obras de mobilidade serão entregues, mesmo depois do evento, mas por causa dele. São R$ 33 bilhões de investimentos em infraestrutura e os gastos com estádios somam cerca de 15% deste valor. O legado também é imaterial: coloca o Brasil noutro patamar, mostrando ao mundo a capacidade de realização do nosso povo. O gigante pode acordar quando quiser. Mas agora, é melhor tirar um cochilo.

* Demétrio Andrade,
Jornalista e sociólogo.

Datafolha – Dilma tem 34%, Aécio, 19% e Campos, 7%

A presidente Dilma Rousseff teria hoje 34% das intenções de voto na corrida presidencial. Em relação a maio, data da última pesquisa, ela variou de 37% para 34%. Desde fevereiro, já caiu dez pontos percentuais. Apontado como o principal adversário da petista, o senador Aécio Neves (MG), pré-candidato do PSDB à Presidência, tem 19%, um ponto a menos do que no mês passado. É o que diz pesquisa Datafolha divulgada, nesta sexta-feira, no jornal Folha de São Paulo.

Na terceira posição, segundo o levantamento, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) com 7%. Campos despencou quatro pontos e aparece em situação de empate técnico com o Pastor Everaldo Pereira (PSC), que tem 4%. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para mais ou para menos.

A nova mostra aponta crescimento no número de eleitores que não sabem em quem votar, de 8% para 13%. Notórios 17% dos entrevistados afirmam que pretendem votar nulo, em branco ou em nenhum dos candidatos apresentados.
Segundo a publicação, o Datafolha entrevistou 4.337 pessoas entre terça e quinta desta semana em 207 municípios.

Inflação desacelera em maio e fecha mês em 0,46%

“A inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do governo e que serve de balizamento para as metas inflacionárias fixadas pelo Banco Central, desacelerou em maio e fechou o mês com alta de 0,46%, ficando 0,21 ponto percentual abaixo da taxa registrada no mês de abril (0,67%). Em maio do ano passado o IPCA acusou variou 0,37%.

Com a alta de maio, a inflação acumulada nos primeiros cinco meses do ano está em 3,33%. O resultado é 0,45 ponto percentual maior que a inflação registrada (2,88%) no mesmo período de 2013. Com o resultado de maio, a inflação acumulada nos últimos 12 meses (taxa anualizada) ficou em 6,37%, também superior aos 6,28% relativos aos 12 meses anteriores.

Os dados do IPCA foram divulgados hoje (06), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e foram influenciados pela queda nos preços do item Alimentação e Bebidas, que recuou de 1,19% para 0,58%, entre abril e maio, apresentando desaceleração no ritmo da alta. Os números indicam ainda que, enquanto os alimentos consumidos em casa caíram de 1,52% para 0,41%, entre abril e maio, a alimentação fora de casa subiu de 0,57% para 0,91%.”

(Agência Brasil)

PSDB do Ceará faz encontro fechado sobre Mídias Digitais

xicgrziano

O PSDB está realizando, nesta manhã de sexta-feira, encontro fechado para militantes do partido. No evento, a cúpula tucana de Fortaleza e do Estado e a presença do único deputado federal da sigla, Raimundo Gomes de Matos.

O encontro ocorre na Faculdades Integradas da Grande Fortaleza (Bairro João XXIII) e conta com palestra do coordenador de Mídias Digitais da futura campanha do presidenciável Aécio Neves, Xico Graziano.

Projeto sobre o piso nacional dos vigilantes será debatido em Fortaleza

eudesxxavier

Fortaleza será sede de um debate sobre o piso nacional dos vigilantes. A iniciativa é do deputado federal Eudes Xavier (PT), membro da Comissão Especial responsável por emitir parecer ao Projeto de Lei 4238/12, que dispõe sobre o tema. Segundo Eudes, a ordem é trazer para a capital cearense integrantes da comissão para debater o assunto com o maior número possível de profissionais da área.

O deputado Eudes Xavier também está convidando para o encontro lideranças das centrais sindicais. O projeto de lei 4238/12, sobre o piso nacional dos vigilantes, busca alterar a Lei 7.102/83. A Comissão Especial é presidida pelo deputado Laércio Oliveira (SDD/SE) e tem como relator o deputado Nelson Pelegrino (PT/BA). O deputado Eudes Xavier é membro titular da Comissão. 

O PL prevê três faixas de piso salarial conforme graus de responsabilidade e de risco profissional na atividade desenvolvida: R$ 800,00 para grau mínimo, R$ 950,00 para grau médio e R$ 1.100,00 para grau máximo. O texto atribui a negociações coletivas a responsabilidade pela classificação das atividades e dos profissionais sujeitos aos diversos graus de risco e responsabilidades, em função das condições específicas em que o trabalho é realizado.

ProUni – Lista de cursos já está à disposição

“Os candidatos a bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) podem, a partir de hoje (6), consultar a lista de cursos e instituições que participam do programa, na internet. As inscrições começam na semana que vem. É preciso estar atento porque o prazo de inscrição foi reduzido de cinco para três dias, do dia 9 ao dia 11, na página do ProUni.

Nesta edição, são oferecidas 115.101 bolsas em cursos de graduação de instituições privadas. Dessas, 73.601 são integrais e 41.500, parciais. Podem concorrer às bolsas do ProUni os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral.

Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa.

O candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota 0 na redação. Quem se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para concorrer a vagas em instituições públicas, também pode se candidatar ao ProUni.

Veja abaixo o cronograma do ProUni:

Inscrições: de 9 a 11 de junho
Resultado da 1ª chamada: 15 de junho
Comprovação de informações: de 16 a 24 de junho
Resultado da 2ª chamada: 4 de julho
Comprovação de informações: de 4 a 11 de julho
Adesão à lista de espera: 21 e 22 de julho
Comprovação de informações dos candidatos em lista de espera: 29 e 30 de julho.

(Agência Brasil)

Professor Felipe Aquino é atração no I Congresso de Formação Católica do Nordeste

felioeaquino
 
O escritor e professor Felipe Aquino ministra palestra no fim de semana em Fortaleza. Ele participa do I Congresso de Formação Católica, promovido pela Comunidade Família em Missão e a Comunidade Católica Missionária Um Novo Caminho. Será realizado neste sábado e domingo, no Romanos Hotéis e Eventos (Messejana), em Fortaleza.
O público-alvo é formado por fundadores, coordenadores e participantes de grupos de oração, além de padres e diocesanos de toda a Região Nordeste. O evento tem como objetivo ser um aprofundamento sobre a fé católica, servindo como um grande auxílio na evangelização dos povos.
O evento começa na manhã de sábado, 7, e termina ao meio-dia de domingo, 8 de junho, dia em que a Igreja Católica celebra a festa de Pentecostes. Serão seis palestras de aprofundamento sobre a História da Igreja.
PERFIL
O palestrante, professor Felipe Aquino, é autor de 78 livros publicados pelas editoras Cléofas, Loyola e Canção Nova, além de ser apresentador de programas de rádio e TV na Rede Canção Nova. Ele é conhecido por sempre abordar temas baseados na doutrina católica e sabe transmitir os ensinamentos da Igreja de maneira objetiva e compreensível, conquistando cada vez mais o respeito e admiração do público.
SERVIÇO
Mais informações: (85) 8950.9275(85) 9721.3260
Ingressos: R$ 50 (até dia 7/6)
Pontos de venda: Farmácias Dose Certa e Comunidade Um Novo Caminho (Rua Dom Expedito Lopes, 1949, Aldeota).
DETALHE – Toda a renda será revertida para a construção de novas casas de evangelização da Comunidade Família em Missão e da Comunidade Um Novo Caminho.

Presidente da ANS confere inauguração de núcleo de saúde da Unimed Ceará

andre-longo

O presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), André Longo, participará nesta sexta-feira, da solenidade de inauguração do novo espaço do Núcleo de Atenção Integral à Saúde da Unimed Ceará. O ato está  marcado para as 11 horas, na Rua Nogueira Acioli, 925, Aldeota. A cerimônia terá à frente o presidente da Unimed Ceará, Darival Bringel.

O novo espaço é um anexo da própria sede da Unimed Ceará, direcionado aos clientes que aderem aos serviços de Promoção à Saúde oferecidos pela operadora. O local consiste em um ambiente com recepção, três consultórios, auditório, salas para equipes de saúde e sala de convivência para descanso ou lazer dos colaboradores.

(Foto – Hudson Pontes)

Silas Malafaia vence parada contra gays

silas-malafalia-bravo-01

Silas Malafaia, pastor evangélico, acaba de vencer uma batalha no Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro. Em 2011, movimentos gays pediram a cassação do seu registro profissional de psicólogo por práticas homofóbicas. O Conselho não aceitou a acusação.

Os advogados contratados por Malafaia centraram a defesa em dois pontos: o pastor tem o livre arbítrio para emitir opiniões e, em nenhum momento, o faz na condição de psicólogo.

(Coluna Radar, da Veja Online)

capss

DETALHE – Esse caso lembra o episódio recente envolvendo Natália Rios, psicóloga que coordena os CAPs de Fortaleza. Ela usou sua página no Facebook para insinuar que a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), usaria drogas. Luizianne entrou com representação contra Natália no Conselho Federal de Psicologia.

Evaristo Nogueira quer Mota vestindo a camisa do “Vovô” neste centenário

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2TLeUrVpU4U[/youtube]

Evaristo Nogueira, um dos competentes narradores do Timão da Rádio O POVO/CBN, comenta par ao Blog a paradinha do Brasileirão por conta da Copa. Mas ele deixa uma torcida no ar:  quer ver Mota novamente vestindo a camisa do Ceará Sporting Clube. De preferência, botando Bill na reserva. Será?

Dilma depende do hexa?

220 6

Com o título “Especulações (ou constatações?) sobre a eleição presidencial de 2014”, eis artigo de Thiago Costa Cartaxo Melo, especialista em Análise Política e relações Institucionais pela UnB. Cearense radicado em Brasília, Thiago pede espaços e analisa um cenário que promete muitas surpresas. Confira: 

A possibilidade de a presidente Dilma Rousseff vencer as eleições deste ano é grande devido à falta de uma candidatura de oposição capaz de aglutinar os diversos segmentos, de estilos políticos diferentes, insatisfeitos com o seu governo.

Ambos os candidatos de oposição possuem fragilidades que podem ser decisivas na manutenção de Dilma no poder. Aécio Neves (PSDB) carrega, além da herança peessedebista (para muitos, negativa), o estilo “mauricinho”, bon vivant, atrelado ao “sei como fazer”; típico perfil que rememora Collor antes da derrocada. Eduardo Campos (PSB), por outro lado, sustenta a imagem de segurança e experiência, mas com um ponto crucial e negativo: o desconhecimento de sua trajetória política por parcela expressiva do eleitorado nacional.

Em um primeiro momento, a dispersão de votos pode desfavorecer Dilma, levando-a ao segundo turno. Porém, essa dispersão demonstra, em teoria, que não há uma candidatura capaz de agregar os insatisfeitos com o governo, principalmente por questões ideológicas.

É evidente que os apoiadores e simpatizantes de Marina Silva são, em sua maioria, contrários ao estilo de governar do PSDB; tanto é que Marina “liberou” seu eleitorado na votação do segundo turno das eleições de 2010, não cedendo à vontade do PSDB de concretizar uma aliança com o PV. Além disso, o PSB, a partir de 1989, coligou-se a partidos com perfis ditos “de esquerda” (como PT e PCdoB); o rompimento do PSB com o PT, por exemplo, ocorreu devido ao fortalecimento da legenda nas últimas eleições e ao desejo de uma candidatura própria, praticamente com a anuência de Lula em conversas nos bastidores com Campos. Em um provável segundo turno, a falta de sintonia entre PSDB e PSB contará a favor de Dilma.

Outro ponto em destaque é o retrospecto das candidaturas à reeleição. Desde a aprovação da emeda da reeleição (EC nº 16/97), os candidatos à recondução à presidência venceram seus pleitos. Mesmo contando com apenas dois exemplos recentes, as reeleições de FHC e Lula demonstram que, quem detém o controle da máquina administrativa, possui vantagem nas disputas eleitorais independente da disparidade de perfis. Somam-se, ainda, as amplas coligações partidárias dos candidatos à reeleição e o reflexo no tempo do horário eleitoral, tornando a disputa desfavorável às candidaturas de oposição.

Porém, como eleição é semelhante a jogo de futebol, favoritismo nem sempre ganha jogo. Há, por parte da população brasileira, uma clara insatisfação com os políticos tradicionais e com o “jogo sujo” do poder. O combate à corrupção é uma bandeira que está nas ruas e o PT está maculado com a repercussão da condenação dos réus no caso do mensalão petista e o recente caso que veio à tona de superfaturamento na compra de uma refinaria em Pasadena, nos EUA, pela Petrobras.

Tudo dependerá dos conchavos políticos e da repercussão relacionada à corrupção, contando com um componente extracampo: a Copa do Mundo no Brasil. A conquista do hexa ou fracasso da seleção brasileira pode representar aos marqueteiros políticos o empurrão que faltava para uma vitória ou derrota de Dilma Rousseff.

* Thiago da Costa Cartaxo Melo,
Especialista em Análise Política e Relações Institucionais pela Universidade de Brasília (UnB).

Justiça condena empresa que obrigava promotor de vendas a se fantasiar

“A 8ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho indeferiu Recurso de Revista e condenou a operadora Claro e a empresa PJIS, do setor de telefonia e informática, a pagar indenização de R$ 2 mil, por danos morais, a um promotor de vendas que era obrigado a se fantasiar, com perucas, nariz de palhaço e pinturas, durante campanhas para aumentar vendas de chips e planos da operadora. Segundo a corte, a conduta, por si só, gera dano moral.

Segundo os autos, a atividade dos promotores de vendas era acompanhada por um supervisor, que dizia aos funcionários: “Se você não quiser [usar a fantasia], tem quem queira usar”. A PJIS sustentou que o autor da ação sabia das condições do trabalho e não era obrigado a usar os adereços. Argumentou ainda que as fantasias não causam danos à honra, à imagem e à dignidade.

A 4ª Vara do Trabalho de Campina Grande (PB) condenou a empregadora à indenização por danos morais. O Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região confirmou a sentença e afirmou não haver provas de que o promotor foi informado, na contratação, de que teria de usar a fantasia, o que evidencia a ausência de expresso consentimento.

Ao negar o Recurso de Revista, o relator da matéria no TST, desembargador convocado João Pedro Silvestrin, afirmou que “o TRT da 13ª Região concluiu que referida conduta acarreta dano à moral do trabalhador por si só, bastando, para tanto, a comprovação da prática lesiva denunciada. O TST, por seu turno, vem se posicionando em idêntico sentido”.

(Site do TST)