Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Projeto Metrofor – TCU ainda cobra correção de irregularidades nas obras

cid dilma metrofor

Trecho foi recentemente entregue por Cid e Dilma Rousseff.

“Nova fiscalização do Tribunal de Contas da União (TCU) nas obras de implantação da Linha Sul do Metrô de Fortaleza aponta que não foram adotadas medidas para correção de irregularidades identificadas anteriormente. Segundo o ministro-relator, Raimundo Carreiro, a empresa responsável pelos serviços prestados “persiste” no desrespeito aos limites relativos a supressões e acréscimos de serviços estabelecidos inicialmente em contrato.

De acordo com o TCU, as razões que motivaram a auditoria foram “a reincidência dessas irregularidades e a falta de solução de outras que originaram superfaturamento na obra” e recomendaram a retenção parcial de pagamentos. A obra do Metrofor teve participação das empresas acusadas de formação de cartel nas obras do metrô de São Paulo. O TCU comunicou à Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional que ainda não foram implementadas integralmente pelo órgão gestor as medidas indicadas pelo TCU e que não foram detectados novos indícios de irregularidades. Uma cópia do acórdão foi encaminhado para a empresa responsável pela obra.

As obras de implantação do trecho sul estão localizadas entre o centro de manutenção, próximo da estação Vila das Flores, e a estação Chico da Silva. O projeto completo do metrô de Fortaleza prevê a construção das Linhas Sul, Oeste, Leste e dos ramais de Maranguape e Parangaba/Mucuripe. Após terminada, a obra deverá atender passageiros dos municípios de Caucaia, Maracanaú, Pacatuba e Guaiúba.

(POVO Online com TCU)

Programa Mais Médicos e nossa incapacidade de lidar com o outro

89 2

Com o título “O fantasma brasileiro não usa jaleco”, eis artigo do jornalista Felipe Araújo, editor-chefe de Cultura e Entretenimento do O POVO. Ele fala sobre a polêmica em torno do Programa Mais Médicos. Confira:

Alguns dos melhores seres humanos que conheço são médicos. São amigos, parentes ou interlocutores na relação paciente-terapeuta que personificam exemplos de vocação e comprometimento. Também conheço outros tantos que não são dignos de usar um jaleco. São “doutores” formados – na universidade e, sobretudo, em casa – sem nenhum lastro humanitário, que veem a profissão apenas como um patamar de status financeiro (e também moral); e que têm muito menos vocação para a medicina do que para o comércio.

Entre uns e outros, há os que são contra o programa Mais Médicos. E defendem sua posição com argumentos razoáveis – a precariedade na relação com as prefeituras, a falta de uma carreira de estado e de condições de trabalho em muitos locais (vide a situação atual do HGF) etc.

Outros tantos são a favor. E defendem o projeto com argumentos igualmente produtivos – a medicina tem de ser mais humanizada; o programa não se propõe a resolver o problema da saúde brasileira como um todo, mas atenuar dramas localizados (e urgentes); a categoria não pode usar seu prestígio como instrumento de barganha de mercado etc.

Portanto, ser contra ou a favor do projeto não os torna mais ou menos exemplares. Apenas os transforma em interlocutores com perspectivas diferentes sobre o problema.

Mas há quem queira fazer do debate democrático um embate xenófobo. Há quem queira envenenar, com ódio, intolerância e falso moralismo, o que poderia ser uma rica dialética. Entre esses, estão médicos, mas também sindicalistas, políticos e jornalistas, arautos de um efervescente caldo de preconceito que resultou em episódios deploráveis como a hostilidade aos médicos cubanos em Fortaleza.

Esse me parece o fantasma mais perigoso para o Brasil. Não os médicos cubanos. E também não o corporativismo dos médicos brasileiros. Mas nossa incapacidade de lidar com o outro. Alimentada pela voz dos que só sabem cultivar desinformação e estupidez. Esses são os piores seres humanos que conheço.

* Felipe Araújo,

felipearaujo@opovo.com.br 
Editor-chefe de Cultura e Entretenimento do O POVO.

Projeção para inflação deste ano é de 5,83%

“A projeção de instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), este ano, subiu de 5,80% para 5,83%. Para 2014, a estimativa foi mantida em 5,84%. As projeções são de pesquisa feita pelo Banco Central (BC), o boletim Focus, divulgado semanalmente. As projeções estão distante do centro da meta de inflação, de 4,5%, e abaixo do limite superior de 6,5%. É função do BC fazer com que a inflação convirja para o centro da meta.

Um dos instrumentos usados pelo Banco Central para influenciar a atividade econômica e, por consequência, a inflação, é a taxa básica de juros, a Selic. Para as instituições financeiras, ao final deste ano, essa taxa estará em 9,5% ao ano. No último dia 28, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC decidiu elevar a Selic para 9% ao ano. Para o final de 2014, a expectativa para a taxa Selic passou de 9,5% para 9,75% ao ano.

A pesquisa do BC também traz a mediana (que desconsidera os extremos nas projeções) das expectativas para a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que foi ajustada de 4,37% para 4,38% este ano e mantida em 5,27% em 2014.”

(Agência Brasil)

Fortaleza é sede de encontro de presidentes de tribunais de contas

ubiratanaguiar

Ubiratan Aguiar dará palestra no evento.

Fortaleza será sede quinta e sexta-feira próximas de assembleia geral dos presidentes dos Tribunais de Contas de todo o País. O encontro faz parte da comemorações dos 40 anos do Instituto Rui Barbosa, da entidade, e ocorrerá no Seara Praia Hotel, sob a organização do TCE juntamente com  o Instituto. Participarão conselheiros, auditores e procuradores de contas, além de servidores da área de controle externo.

Durante a Assembleia Geral, nesta quinta-feira, às 9h30min, serão apreciados o Novo Estatuto do Instituto Rui Barbosa, o Novo Estatuto Eleitoral e a Prestação de Contas do Exercício de 2012. Às 15 horas dessa data, após a abertura oficial do evento, o Instituto Rui Barbosa irá homenagear Tribunais de Contas e personalidades que contribuíram durante estes 40 anos para essa Associação Civil de Estudos e Pesquisas dos Tribunais de Contas.

Em seguida, será lançada a Plataforma de Educação a Distância do IRB, com aula Inaugural a ser proferida pelo ex-presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Ubiratan Aguiar. Ele abordará o tema “Os Desafios do Controle Externo: uma Visão para o Futuro.”

UFC abre intercâmbio com Universidade Federal do Cariri

Terminando, nesta segunda-feira, o prazo de inscrições para os bolsistas de extensão da UFC que quiserem participar de um programa de intercâmbio com a Universidade Federal do Cariri (UFCA), a ser realizado entre os dias 25 e 28 deste mês.

Exige-se do aluno ser bolsista de extensão dos cursos de Administração, Agronomia, Biblioteconomia, Design, Engenharias Civil, Mecânica e Metalúrgica, Filosofia, Jornalismo, Medicina e Música; ser indicado pelo coordenador do projeto; e enviar o formulário de inscrição para o e-mail prexufc@gmail.com.

Eduardo Campos ganha espaços até no Financial Times

84 1

cidd

Campos pode enfrentar Dilma e Cid pode dar adeus ao PSB.

Eduardo Campos foi recentemente citado pelo jornal inglês Financial Times como a maior ameaça a Dilma em 2014. Ele é a maior novidade no quadro, mas seu jogo político é o mesmo dos outros. Diferente é o jogo de Marina. E diferentemente dela, ele não cresceu com a onda de protestos. Apenas preservou-se, contendo a exposição. Até agora, não firmou alianças nítidas e tem problemas no pró prio partido.

Ao saber de seu jantar com Aécio Neves, o governador do Ceará, Cid Gomes, protestou contra a hipótese de ver o PSB transformado em linha auxiliar do PSDB. Ele e o irmão Ciro, que defendem o apoio a Dilma, podem deixar o partido em outubro, como fizeram em 2004, quando o PPS optou pela oposição ao governo Lula, do qual Ciro era ministro.

O maior ativo de Campos hoje é a simpatia do empresariado, que, na hora H, pisará em duas canoas: a da presidente e a do adversário mais competitivo. Claro que é cedo para Campos que, no fim do ano, deve romper com o governo para começar o ano com postura mais agressiva.

(Coluna Tereza Cruvinel/Foto – Arquivo)

Analista do mercado financeiro estimam crescimento de 2,32% da economia para este ano

“A projeção de analistas do mercado financeiro para o crescimento da economia subiu, este ano. De acordo com a pesquisa do Banco Central (BC) a instituições financeiras, a estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) passou de 2,20% para 2,32%. Já a projeção para 2014 caiu, de 2,40% para 2,30%. Na última sexta-feira (30), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a economia brasileira cresceu 1,5% no segundo trimestre deste ano, em relação ao período anterior. Nos primeiros três meses do ano, o PIB cresceu 0,6% em relação ao trimestre anterior.

A estimativa das instituições financeiras para a expansão da produção industrial foi mantida em 2,11%, este ano, e ajustada de 2,90% para 3%, em 2014. A projeção das instituições financeiras para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB foi mantida em 35%, este ano, e ajustada de 34,70% para 34,85%, no próximo ano.

A previsão das instituições financeiras para o saldo negativo em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior) foi mantida em US$ 77 bilhões este ano e passou de US$ 78,55 bilhões para US$ 78,90 bilhões, em 2014. A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 60 bilhões tanto para 2013 quanto para o próximo ano.”

(Agência Brasil)

Cúpula do G20 deve apresentar medidas para incentivar a economia mundial

“Às vésperas da chegada dos chefes de Estado e de Governo para a Cúpula do G20 (as 20 maiores economias mundiais) em São Petersburgo (Rússia), os vice-ministros da Fazenda e representantes do grupo negociam os principais pontos abordados na declaração final. A reunião dos líderes está marcada para os dias 5 e 6, e a presidenta Dilma Rousseff participará. O objetivo é que no texto sejam incluídos incentivos à economia, como geração de emprego e renda, e medidas que possam ser executadas a curto prazo.

A Rússia está no comando do G20 até 2014, quando entregará a presidência para a Austrália. Integram o G20 os seguintes países: a Alemanha, Argentina, Arábia Saudita, Austrália, o Brasil, Canadá, a Coreia do Sul, os Estados Unidos,a China, França, Índia, Indonésia, Itália, o Japão, México, Reino Unido, a Rússia, Turquia, África do Sul e União Europeia. O Brics, bloco que engloba os países industrializados e as economias emergentes (o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul) reúne 90% do Produto Bruto Global, 80% do comércio mundial e dois terços da população do planeta.

A ideia é que o chamado Plano de São Petersburgo, a declaração final assinada pelos chefes de Estado e Governo, sirva como base para os acordos do G20, definindo regulações financeiras a curto prazo e medidas para dar mais fôlego à economia mundial. O texto deverá incluir compromissos firmados pelo G20, já consagrados em reuniões multilaterais, e estímulos para a geração de emprego, segundo autoridades russas. Para incluir os pontos na declaração, é preciso haver consenso.”

(Agência Brasil com Prensa Latina)

DNOCS – Reestruturação em debate no Recife para fechamento de proposta

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RncfBSlzJms&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O projeto de reestruturação do DNOCS está sendo debatido, nesta manhã de segunda-feira, no Recife, pelos servidores da autarquia no estado pernambucano. O encontro é comandado pelo deputado federal Pedro Eugênio (PT), coordenador da bancada nordestina e conta com a participação do deputado federal cearense Eudes Xavier.

Antes de embarca, nesta madrugada, Eudes Xavier falou sobre o andamento do projeto de reestruturação, que deve se transformar em Medida Provisória a ser remetida para o Congresso. Isso, ainda dependendo de conversa com o Ministério do Planejamento.

Programa Mais Médicos – Profissionais lotados em Fortaleza ganham recepção festiva

A Secretaria Municipal da Saúde está realizando, nesta segunda-feira, o acolhimento aos profissionais do Programa Mais Médicos do Governo Federal. A SMS recebe 26 médicos que serão lotados em postos de saúde das regionais V e III. O evento acontece na Palhoça do Movimento de Saúde Mental Comunitária do Bom Jardim. O secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro, participa do evento.

A programação conta com um café-da-manhã musical – com a participação do artista local Sávio Leão, e com a dinâmica “Corredor do Cuidador”, por meio do grupo Cirandas da Vida. O secretário da Regional V, Ramon Oliveira, e a coordenadora da Regional de Saúde, Rosélia Mesquita, expõem o contexto e os desafios da Regional V, área que
receberá a maior parte dos médicos. A atividade prossegue com a participação dos gestores dos postos de saúde que acolherão os profissionais lotados em suas unidades.

Ao meio-dia será oferecido um almoço e, às 13h30min, a programação será finalizada com uma reunião sobre a
organização do sistema de saúde com foco na atenção primária. Os médicos que trabalharão em Fortaleza (todos brasileiros) são oriundos de cursos de medicina de Cuba e dos estados do Acre, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rondônia, São Paulo e Tocantins.

Voo da TAM é atingido por turbulência e faz pouso de emergência em Fortaleza

480 10

arirbus

Atualizada às 11h50min

Um avião Airbus, da TAM Linhas Aéreas – voo 8065, que cumpria a rota Madrid-São Paulo, fez pouso de emergência, por volta de 1h50min desta madrugada de segunda-feira, no Aeroporto Internacional Pinto Martins. O pouso foi para prestar atendimento a passageiros e comissários de bordo que sofreram fraturas e luxações em razão de forte turbulência enfrentada pela aeronave quando sobrevoava o Atlântico.

>> Veja galeria de fotos

Duas ambulâncias do SAMU foram mobilizadas para levar nove passageiros e três comissários de bordo a hospitais da cidade. Os passageiros foram encaminhados para o Instituto Dr. José Frota (Centro), onde se submeteram a exames de raio X e receberam o atendimento. Sete foram liberados e dois ainda permanecem no IJF. A tripulação foi levada a outros hospitais de Fortaleza. A aeronave estava com mais de 200 passageiros.

A equipe de terra da TAM não quis falar sobre o assunto, mas segundo o passageiro Pedro Luís, de São Paulo, a turbulência “foi muito forte e causou pânico dentro da aeronave”. Entre os atendidos, estão brasileiros e estrangeiros. Há espanhol, polonês e colombiano.

filtazma

Enorme fila do Airbus da TAM ocupou espaços do saguão.

Os passageiros da TAM foram acomodados em voos de São Paulo ao longo desta segunda-feira. Alguns foram levados para o hotel. A maioria deve deixar a Capital na parte da tarde, às 13h30min, no mesmo avião que sofreu a turbulência.  Já os passageiros atendidos no IJF-Centro devem ser liberados também ao longo do dia.

A aeronave não prosseguiu a rota em razão da redução do número de comissários de bordo, informou um funcionário da Infraero que pediu reservas. Em voos internacionais, são recrutados de oito a 10 comissários de bordo.

(Fotos – Paulo MOska)

Luizianne Lins volta a ser sondada para cargo federal

76 5

luizianne_lins

“A presidente estadual do PT, Luizianne Lins, terá reunião hoje com seu grupo político e, mais precisamente, com o candidato a presidente do partido em Fortaleza, Elmano de Freitas. Hora de retomar contatos políticos de olho no Processo de Eleição Direta (PED), marcado para novembro.

Luizianne, que retorna também como professora do Curso de Comunicação Social da UFC após férias no Rio – com direito a elaborar projeto de mestrado, segundo assessores petistas, comunicará ao grupo convite para assumir cadeira no Conselho de Administração do Banco do Brasil.

Seria a forma de manter um braço político no Governo Dilma, sem precisar se afastar da vida política no Estado. Ela, no entanto, evita falar sobre o tema, mas conversará com seu grupo.

(Coluna Vertical, do O POVO)

FHC aprova aliança Aécio-Campos

106 1

SAO PAULO/SP 05/09/2006 - 16:00 H - FHC / ENTREVISTA - VARIEDADES JT - Entrevista com ex Presidente da Republica, Fernando Henrique Cardoso em seu escritorio no Instituto.

“O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou ser favorável à formação de palanques duplos entre o PSDB e o PSB nas próximas eleições. A declaração foi feita em evento da militância negra do PSDB. Indagado sobre possível acordo pré-eleitoral entre o presidente do PSDB, Aécio Neves, e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), o ex-presidente disse: “Se for feito um acordo nesse sentido, sou favorável”.

FHC disse ainda não estar informado sobre pacto e afirmou que a candidatura de Campos seria positiva para o país. “Não sei se o Eduardo Campos será candidato, ele ainda não confirmou. Eu gostaria que ele fosse. Gostaria porque precisamos ter vários pontos de vista no Brasil. Ele foi um bom governador e gosto dele. Mas não posso deduzir daí que eles (Aécio e Campos) fizeram um pacto”.

O ex-presidente também falou sobre a possibilidade de realização de prévias com a participação de José Serra. “Serra está buscando espaço para ele e a gente tem que entender isso. Vamos ver quem tem maioria. Se for o caso, faz-se uma prévia. Mas o Serra ainda não disse que é candidato”, afirmou.

FHC disse que a maioria do partido tem se manifestado a favor de Aécio. “Nesse momento a maioria do partido se inclina pelo Aécio Neves”. Questionado se a busca de Serra racharia o PSDB, o ex-presidente disse que “um partido maduro não racha assim, porque alguém tem uma aspiração e o outro também tem. Há mecanismos democráticos de solução, não tem que rachar nada”.

O ex-presidente defendeu conversas inclusive com Marina Silva, da Rede, e criticou o PT. “Acho lamentável que o Brasil tenha ficado, por força do petismo, nessa posição de não conversar com o outro, como se o outro fosse inimigo. Isso é muito antidemocrático”, argumentou. Sobre o fato de o Governo estar comemorando o resultado do PIB divulgado ontem, FHC afirmou: “Eu também comemoro. Qual é o brasileiro que não fica feliz quando melhora? Está tão ruim, tem que melhorar um pouco”.

(Com Agências)

Dilma foi alvo de espionagem, diz Fantástico

60 1

dilmaband

“Reportagem do Fantástico, da TV Globo, exibida na noite deste domingo afirma que as comunicações da presidente Dilma Rousseff foram alvo de espionagem por parte da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos. A acusação foi baseada em um documento secreto obtido pelo jornalista americano Glenn Greenwald, do jornal inglês The Guardian. Greenwald foi um dos primeiros a revelar o sistemático esquema de espionagem eletrônica da agência americana e do governo Obama delatado pelo ex-analista da NSA Edward Snowden. O jornalista é namorado do brasileiro David Miranda, que foi detido no mês passado em Londres, quando transportava papéis entregues por Snowden. Greenwald disse que o material sobre a vigilância ao governo brasileiro também foi repassado a ele pelo ex-analista.

Segundo a reportagem exibida no programa, o nome de Dilma aparece em uma apresentação interna para funcionários da NSA chamada “Filtragem inteligente de dados: estudo de caso do México e do Brasil”. De acordo com o documento, o objetivo do monitoramento ao Brasil seria “melhorar a compreensão dos métodos de comunicação e dos interlocutores da presidente”. Também há menção ao presidente do México, Enrique Peña Nieto, como alvo de vigilância. Datada de 20 de junho de 2012, quando Peña Nieto ainda era candidato, a apresentação mostra mensagens de texto interceptadas do celular do futuro presidente. Nelas, ele aparece especulando quais seriam os seus ministros caso viesse a ser eleito.

No caso de Dilma, o documento não indica o conteúdo de qualquer conversa ou texto que eventualmente tenha sido alvo de bisbilhotagem. Os trechos que citam a presidente mostram apenas organogramas de sua rede de assessores – que aparecem com os nomes apagados. A apresentação detalha que a coleta de dados para espionar os governantes seria feita pelo monitoramento de números de telefone, e-mails e IP (a identificação do computador).”

(Veja)

Folha fala sobre transporte de médicos, por via aérea, para Hospital de Sobral

101 2

folhha

Eis matéria da Folha de São Paulo desta segunda-feira:

Obra de R$ 227 milhões do governo do Ceará, inaugurada com um show de R$ 650 mil de Ivete Sangalo, o hospital regional de Sobral paga táxi aéreo para médicos de Fortaleza atenderem no local. Faltam médicos em Sobral, e o governo Cid Gomes (PSB) não consegue contratar profissionais que morem na cidade, terceira maior do Ceará.

Levar médicos para regiões fora dos grandes centros é o objetivo do programa Mais Médicos, do governo Dilma. A situação do hospital cearense exemplifica o quão difícil pode ser essa tarefa. Aviões saem de Fortaleza até quatro dias por semana levando médicos para Sobral, (a 232 km de distância). Os voos são feitos em táxi aéreo.

O HRN (Hospital Regional Norte) começou a funcionar em fevereiro, na cidade que é berço político do governador Cid e de seu irmão Ciro Gomes. Esteve no centro de polêmica pelo show de Ivete Sangalo na inauguração, cujo custo foi questionado pelo Ministério Público de Contas.

O instituto que administra a unidade não informou quantos médicos são transportados por semana.

Banco do Brics pode ser criado em Fortaleza

“Autoridades brasileiras cobram a aprovação final para novas instituições multilaterais dos Brics – formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O objetivo é que um banco de desenvolvimento e um fundo de emergência sejam criados em 2014, segundo fontes ouvidas pela agência Dow Jones.

Uma reunião dos líderes dos Brics na próxima semana em São Petersburgo, na Rússia, pode mostrar se será possível uma aprovação para a criação desses órgãos em um outro encontro, marcado para o próximo ano em Fortaleza (Ceará).

De acordo com duas fontes brasileiras ouvidas pela Dow Jones, o fundo será formado utilizando as reservas dos bancos centrais dos países-membros. A China contribuiria com US$ 41 bilhões, Brasil, Rússia e Índia ajudariam com US$ 18 bilhões cada e a África do Sul participaria com US$ 5 bilhões. Os Brics também estão trabalhando na criação de um banco de desenvolvimento com capital de US$ 50 bilhões, que emprestaria recursos para projetos específicos.

(Agência Estado)

José Guimarães avisa: apoia Francisco Diniz para que o PT ganhe dimensão estadual

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=gVT07TcfA7U&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) está otimista não somente quanto a vitória de Francisco de Assis Diniz para presidir o PT cearense, mas para fazer com que a legenda se descentralize, indo para o Interior.

José Guimarães, em conversa com o Blog, não quis, no entanto, fazer críticas à atual administração do PT, sob comando da ex-prefeito Luizianne Lins.

Morales diz que Dilma desconhecia acusações contra senador boliviano

O presidente da Bolívia, Evo Morales, disse nesse sábado (31), em La Paz, que a presidenta Dilma Rousseff não tinha conhecimento dos processos judiciais a que o senador oposicionista Roger Pinto Molina responde no país. Morales anunciou que uma comissão, formada por vários ministros, virá ao Brasil com documentos sobre as ações que Pinto Molina enfrenta em sua terra natal.

A viagem já teria sido, inclusive, combinada com Dilma durante encontro no Suriname, por ocasião da cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). Virão ao Brasil os ministros bolivianos do Governo, da Transparência, da Anticorrupção e da Justiça, além de um representante do Ministério Público.

Morales disse ainda que a presidenta brasileira não tinha informações sobre Pinto Molina, “não por culpa dela”, e ressaltou que “é uma obrigação, com base em acordos internacionais, com base na convenção das Nações Unidas, todos os governos contribuírem na luta contra a corrupção”.

Há uma semana, Pinto Molina deixou a embaixada brasileira em La Paz, onde ficou asilado por cerca de um ano e meio, e veio para o Brasil com a ajuda do diplomata Eduardo Saboia, que assumiu a responsabilidade pela operação de retirada do parlamentar da Bolívia. Mesmo com as autoridades bolivianas afirmando que as relações entre o Brasil e a Bolívia não foram afetadas, o caso provocou uma crise diplomática que resultou na demissão do então ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, substituído pelo embaixador Luiz Alberto Figueiredo Machado, que assumiu quarta-feira (28) o comando da pasta.

(Agência Brasil)