Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Inflação para a terceira idade fica em 0,46% no terceiro trimestre

“O Índice de Preços ao Consumidor da Terceira Idade (IPC-3i), que mede a variação da cesta de consumo de pessoas com mais de 60 anos de idade, teve inflação de 0,46% no terceiro trimestre deste ano. A taxa é inferior à observada no segundo trimestre deste ano, que havia sido 1,7%. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), em 12 meses, o IPC-3i acumula inflação de 6,7%, taxa inferior aos 6,9% registrados pelo Índice de Preços ao Consumidor Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas etárias.

A queda da taxa do segundo para o terceiro trimestre deste ano foi puxada pelas oito classes de despesa que compõem o IPC-3i. A principal contribuição veio dos alimentos que passaram de uma inflação de 1,31% no segundo trimestre para uma deflação (queda de preços) de 0,62% no terceiro trimestre. O item que mais aliviou o bolso dos consumidores da terceira idade foram as hortaliças e legumes, que registraram queda de preços de 25,29% no terceiro trimestre deste ano.”

(Agência Brasil)

Eleições 2014 – Ibope e Datafolha divulgarão pesquisas sobre disputa presidencial

317 4

eleições 2014 debate globo dilma x aécio

Na quarta-feira, serão divulgadas mais duas pesquisas presidenciais no Jornal Nacional: uma do Ibope e uma do Datafolha. Ambas pegarão a onda de boas notícias da campanha de Aécio Neves, com a série de apoios importantes que recebeu nos últimos dias.

A do Datafolha, feita com 9 260 entrevistados, será realizada entre terça-feira e quarta-feira. A do Ibope, que ouvirá 3 010 eleitores, começou a ser feita na sexta-feira e terminará na quarta-feira. Ambas pegarão também alguma repercussão do debate de terça-feira à noite na Band.

A propósito: o Ibope decidiu que não fará mais pesquisas de boca de urna. Nem neste segundo turno nem nas próximas eleições. O Datafolha já não faz desde 2006.

Ebola – Resultado do segundo exame será divulgado nesta 2ª feira

“O resultado definitivo do exame que vai confirmar ou descartar o primeiro caso de ebola no Brasil deve ser divulgado hoje (13) pelo Ministério da Saúde. Ontem (12), foi colhida a segunda amostra de sangue do paciente suspeito. O material está sendo analisado no Instituto Evandro Chagas, em Belém, que pertence à Secretaria de Vigilância em Saúde, do Ministério da Saúde.

O primeiro exame das amostras deu negativo para infecção pelo vírus. O resultado foi divulgado sábado (11) pelo Ministério da Saúde.

O caso do paciente com suspeita de infecção por ebola foi notificado em Cascavel (PR) na última quinta-feira (9). Souleymane Bah, de 47 anos, veio da Guiné para o Brasil, passando pelo Marrocos.”

(Agência Brasil)

Sérgio Novais acredita no fim do PT após eleições

149 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=0Q_KLOrNYs8&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente do PSB no Ceará, Sérgio Novais, viajou nesta madrugada de segunda-feira (13) para Brasília, onde participará da eleição da nova executiva nacional do partido, que deverá eleger Carlos Siqueira presidente.

O dirigente nacional interino Roberto Amaral, apoiador da reeleição da presidente Dilma Rousseff, não vai estar presente à votação que elegerá os 30 novos integrantes da executiva, que incluira Sérgio Novais.

Novais acredita que, após a eleição do 2º turno à Presidência da República, dia 26 próximo, o PT deverá se esfacelar em todo o País, pois o partido traiu a confiança da população.

Especialistas acham improvável que suspeita de ebola se confirme

Considerando a estabilidade do quadro, no qual se encontra o paciente com suspeita de ebola internado nessa sexta-feira (10) no Instituto Evandro Chagas, especialistas consideram improvável que seja um caso da doença. “Do ponto de vista clínico é improvável que seja ebola, mas o procedimento do Ministério da Saúde está correto em investigar o caso, já que o paciente teve febre e esteve em um país onde está havendo a epidemia”, avaliou o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Érico Arruda, enfatizando que não se pode descartar a possibilidade de ser uma nova versão da doença.

Normalmente, entre cinco e 21 dias depois da contaminação, os pacientes com o vírus apresentam os sintomas. “Inicialmente, após o contato e a infecção pelo ebola, o principal sintoma é a febre, que pode vir associada a dor no corpo, de cabeça, nos músculos, de garganta e também náuseas, vômitos e diarreia. Conforme o tempo passa, a pessoa vai tendo sangramentos, que vão desde sangramentos cutâneos, oral, intestinal, podendo dessa forma levar o paciente ao óbito”, explicou a infectologista Naira Bicudo.

No caso do homem de 47 anos que chegou da Guiné ao Brasil, o paciente só apresentou febre no 20º dia depois de sair do país de origem, de onde veio ao Brasil como refugiado político. Segundo o ministro da Saúde, Arthur Chioro, o paciente não teve febre, vômito, diarreia e nenhuma outra queixa desde que foi internado.

(Agência Brasil)

Fortaleza será sede de evento nacional de cerimonial

Fortaleza será a sede, no período de 5 a 7 de novembro, no Ideal Clube, da maior maratona de cursos de cerimonial do Brasil. É a Semana do Cerimonial, que terá a presença do professor Marcelo Pinheiro, cerimonialista, pesquisador e presidente do Sindicato dos Cerimonialistas e Mestres de Cerimônia do Brasil.

A Semana do Cerimonial oferecerá nove cursos em três dias, com temas atuais, de acordo com organizadores, impactam na atuação de cada profissional no mercado e e atualizam sobre as novas tendências e conceitos no setor de eventos.

Quem é?

Marcelo Pinheiro é organizador da Convenção Nacional do Cerimonial que acontece anualmente em Brasília, autor de seis livros sobre Cerimonial e professor de cursos de graduação e pós-graduação no Brasil e no Exterior.

SERVIÇO

Mais informações no site portaldocerimonial.com.br.

Fortaleza é sede de Simpósio Internacional de Cristalografia

Fortaleza receberá 150 pesquisadores que participarão, a partir das 19 horas deste domingo, no Ponta Mar Hotel, do Simpósio Internacional de Cristalografia – 100 Anos de História. A coordenação é do professor José Marcos Sasaki, do Departamento de Física da Universidade Federal do Ceará. 

Este será o primeiro simpósio sobre cristalografia realizado no Nordeste e reunirá profissionais e estudantes que atuam na área de caracterização de materiais por difração de raios X, elétrons e nêutrons, como também em todas as áreas que utilizam as técnicas de difração. No Brasil, além do Ceará, só estão previstos eventos desse tipo em São Paulo.

O encontro trará respeitados pesquisadores internacionais como o professor André Authier (Université Pierre et Marie Curie, França), Robert von Dreele (Argonne National Laboratory, EUA), Laurence D. Marks (Northwestern University, EUA), Massimo Altarelli (European X-Ray Free-Electron Laser Facility, Alemanha) e Yvonne P. Mascarenhas (Instituto de Física, da Universidade de São Carlos e USP).

Cristalografia

O Simpósio celebra o aniversário de 100 anos da entrega do Prêmio Nobel ao cientista Max von Laue por seu trabalho sobre difração de raios x em cristais. O trabalho abriu caminho para a moderna cristalografia, técnica que permite produzir a imagem tridimensional da estrutura atômica de um cristal e, com isso, entender a estrutura da matéria em nível atômico ou molecular e suas propriedades.

Em pouco tempo esse conhecimento revolucionou, além da física e da química de estado sólido, a microbiologia, com a descoberta da estrutura do DNA, e culminou no desenvolvimento de computadores e no desenvolvimento de novos materiais e drogas químicas (fármacos). A cristalografia tem sido aplicada também em áreas como a mineralogia, setor agroalimentar e no desenvolvimento da “química verde”.

(Site da UFC)

Sai portaria regulamentando auxílio-moradia para membros do Ministério Público da União

mroadidi

“A portaria que regulamenta a concessão de auxílio-moradia aos integrantes do Ministério Público da União (MPU) está publicada na edição de hoje (10) do Diário Oficial da União. Na última terça-feira (7), o Conselho Nacional do Ministério Público regulamentou o pagamento do auxílio-moradia aos integrantes do MPU em atividade. De acordo com a portaria, o auxílio-moradia é devido a todo membro do MPU em atividade, desde que não haja imóvel funcional disponível na localidade de sua lotação ou efetiva residência, em caso de autorização para residência fora da sede da unidade. O auxílio pode ser pago inclusive aos integrantes que tenham residência própria. 

O valor do auxílio-moradia será fixado por ato do procurador-geral da República e não poderá ser maior que o que é pago aos ministros do Supremo Tribunal Federal, R$ 4.377,73. A portaria estabelece que o auxílio não será devido, ou cessará, se o beneficiado que se aposentar ou estiver em disponibilidade decorrente de sanção disciplinar, nem ao integrante do MPU que estiver afastado ou licenciado, sem receber subsídio, nem quando o cônjuge ou companheiro dele ocupar imóvel funcional ou receber auxílio-moradia na mesma localidade.

A portaria entra em vigor na data da publicação, com efeitos financeiros retroativos a 15 de setembro de 2014, observada a disponibilidade orçamentária e financeira.”

(Agência Brasil)

Seguro-desemprego poderá ser requerido pela internet a partir do ano que vem

“A partir de abril do ano que vem, os empregadores só poderão preencher o requerimento do seguro-desemprego e de comunicação de dispensa de trabalhadores por meio do aplicativo Empregado Web. O aplicativo está disponível no Portal Mais Emprego, do Ministério do Trabalho. A determinação está em resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador, publicada na edição de hoje (10) do Diário Oficial da União.

Até 31 de março, os formulários de requerimento de seguro-desemprego e comunicação de dispensa impressos em gráficas ainda serão aceitos na rede de atendimento do Ministério do Trabalho. O aplicativo permite o preenchimento do requerimento de seguro-desemprego e comunicação de dispensa de forma individual ou coletiva, mediante arquivo de dados.”

(Agência Brasil)

Hospitais universitários receberão R$ 6,4 milhões

“A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) autorizou o repasse de R$ 6.454.716,46 para hospitais universitários federais vinculados ao Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF). O repasse está em portaria publicada hoje (10) no Diário Oficial da União.

O montante destina-se ao financiamento da aquisição de insumos odontológicos, oftalmológicos e serviços correlatos. Serão beneficiados 27 hospitais. A lista e o montante destinado a cada um deles estão disponibilizados no Diário Oficial.

A portaria estabelece que as unidades gestoras beneficiárias encaminhem à Ebserh, em até 60 dias após o encerramento do exercício financeiro de 2014, relatório gerencial detalhando a aplicação dos recursos e os resultados alcançados, segundo o modelo disponibilizado no Sistema de Informação para Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (SisRehuf).”

(Agência Brasil)

Escola Superior da Magistratura debaterá Reforma Política

mnarilcuo

Com a participação do jurista Mário Lúcio Quintão, a Escola Superior da Magistratura do Ceará (Esmec) realizará, a partir das 17 horas da próxima segunda-feira, em seu auditório, um debate sobre “Reforma Política”. Não é necessário fazer inscrição, segundo organizadores.

Mário Quintão é Doutor em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais, professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, consultor da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), vice-presidente da Comissão de Estudos Constitucionais do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Conselheiro Federal da OAB e membro do Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAMG).

Entre livros publicados: Teoria do estado: introdução; Teoria do Estado: o substrato clássico e os novos paradigmas como pré-compreensão para o Direito Constitucional; Direitos fundamentais e direito comunitário: por uma metódica de direitos fundamentais aplicada às normas comunitárias; Mercosul Direitos Humanos, Globalização e Soberania; e O direito agrário na constituição.

JBS, OAS e Grupo Vale lideram doações para deputados federais eleitos

Três dezenas de grupos empresariais doaram 63% do dinheiro recebido de empresas pelos deputados federais eleitos no domingo. A concentração dos doadores fica evidente em levantamento feito pela Transparência Brasil. Por enquanto, a JBS é o maior financiador dos parlamentares eleitos.

As novas bancadas do PTB, do PP e do PR foram as principais beneficiadas. Além da JBS, só outros dois grupos doaram mais do que R$ 10 milhões: OAS e Grupo Vale. O prazo final para a contabilidade definitiva das candidaturas só sai em novembro.

(Estadão)

 

Danilo Forte é relator da emenda que altera repasses do FPM pela renda per capita

danilfore 

Nesta semana O deputado federal Danilo Forte (PMDB) foi designado, nesta semana, na Comissão de Constituição e Justiça, relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 428/2014. A matéria, de autoria do deputado Vitor Penido(DEM-MG), aumenta os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e estabelece critérios de repartição da parte aumentada, para beneficiar principalmente os municípios mais pobres e necessitados de recursos.

Pela proposta, o aumento do percentual atual de 23,5% para 25,5% do FPM, teria um direcionamento prioritário de 1,25% dos 2% adicionais propostos para os municípios com menor receita per capita orçamentária mensal, além de propor um limite menor de gastos dos municípios com pessoal, hoje definidos em 60%.

A PEC, segundo Vitor Penido, visa garantir que nenhum município brasileiro apresente receita orçamentária per capita mensal inferior a R$ 110,00. Dessa forma, haveria uma base mínima de recursos a ser destinadas aos municípios, instituída por lei.

Feira Internacional de Artesanato deve movimentar até R$ 1 milhão em negócios

A Feira Internacional de Artesanato e Cultura (Mundial Art), que será aberta a partir das 15 horas desta sexta-feira, no Centro de Eventos, terá produtos de artesanato, cultura e gastronomia de 22 países e 16 estados brasileiros. Segundo a Associação do Bem Estar dos Artesãos Cearenses, organizadora, e a coordenadora Lemácia Muniz, a previsão de público para esta edição é de 30 mil visitantes.

Há clima de otimismo também nas estimativas de negócios. Os expositores esperam uma movimentação financeira em torno de R$ 900 mil a R$ 1 milhão, considerando as vendas, a geração de mais de 250 empregos diretos e indiretos e locação de espaço. A feira vai se estender até o próximo dia 19.

Sérgio Machado pode ser demitido da Transpetro

224 1

sérgio machado

A presidente Dilma Rousseff não descarta demitir o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, filiado ao PMDB, cujo nome apareceu nas denúncias feitas pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa, sobre propina e negócios da Petrobras.

A Transpetro é subsidiária da estatal.

Paulo Roberto disse à Justiça, em delação premiada, ter recebido de Sérgio Machado R$ 500 mil, dinheiro que seria referente a licitação de navios pela Transpetro para a área de abastecimento.

(Com Agências)

O problema não são as pesquisas, mas a forma do uso e divulgação

177 1

Com o título “Sem margem para erro”, eis o artigo de Demétrio Andrade, jornalista e sociólogo. Ele aborda e faz a defesa das pesquisas, mas observa: o problema não são as pesquisas, mas a forma como são interpretada e divulgadas. Confira:

Não espere ler um artigo atacando os institutos de pesquisa, por conta dos diversos erros cometidos por eles neste 1º turno. Pelo contrário. Podem me chamar de inocente, mas eu acredito em pesquisas de opinião. Trabalho com elas desde os 19 anos. Já fui pesquisador de campo, checador e analista de instrumentos qualitativos e quantitativos. O problema não são os resultados aferidos, mas a forma como elas são interpretadas, divulgadas e como fazem uso dos números.

Pesquisas são importantes para qualquer atividade que se faça nos dias de hoje. O mercado exige precisão na tomada de decisões. Na política, não poderia ser diferente. Qualquer estrategista ou marqueteiro meia boca sabe que não pode prescindir delas. Ao mesmo tempo, porém, deve-se saber ponderar seus resultados a partir da conjuntura. Os institutos, por sua vez, dependem de credibilidade para sobreviver. As acusações de alterações de resultados são difíceis de se aceitar no limite do razoável, por conta desta necessidade.

Pesquisas são resultados de momento. Numa sociedade onde decisões são tomadas na velocidade da luz, onde se exige que façamos vinte coisas ao mesmo tempo, a tendência comum é fazermos leituras apressadas. A pesquisa eleitoral é uma fotografia, um corte espacial reduzido de um processo em movimento. A boa leitura só é possível se conseguirmos examinar o contexto no qual ela foi realizada. As causas e os efeitos dos números só podem ser corretamente mensuradas com uma análise minuciosa da conjuntura. Caso contrário, os números falarão por si mesmos e, para o desenho da melhor estratégia, isso fica longe de um cenário ideal.

Fica evidente que o sistema político brasileiro precisa de aperfeiçoamento. E que, cada vez mais, fatores externos à política estão influenciando os eleitores. Os excessos do uso do poder econômico são evidentes e fazem diferença. Votos, candidaturas e campanhas têm preço – por sinal cada vez maiores. Essa interferência financeira pode estar ditando mudanças ocorridas no dia da votação e não captadas pelos institutos.

A boca da urna – inclusive com um esquema profissional de compra de votos –, por exemplo, pode alterar o voto de quem não tem convicção em suas decisões ou que acha que pode tirar proveito imediato da sua condição de eleitor trocando seu sufrágio por dinheiro. Talvez, as pessoas que votam estimuladas pela compensação econômica sequer lembrem em quem votaram. Talvez tenham vergonha de admitir tal relação e acabam por reproduzir o “esquecimento” aos pesquisadores.

Outra explicação pertinente é o nível da abstenção – cada vez mais significativo – registrado nos últimos pleitos, sempre superando a casa dos 20%. É provável que muitos eleitores que votariam num determinado candidato sequer tenham ido à urna, ou por não terem condições de deslocamento ou por pura falta de interesse e motivação. Isso também irá causar distorções no resultado final do levantamento.

A imprensa, por sua vez, escolhe os dados que vai divulgar – ou que vai priorizar quando da veiculação. Desta forma, pode acontecer de um elemento – índice de rejeição de um candidato, diferenças entre votos válidos, percentuais do viés espontâneo, dentre outros – considerado secundário pelos editores possa já constar da pesquisa e não ser aproveitado na matéria, ou aparecer sem destaque.

O fato é que o eleitor brasileiro parece estar gostando de contradizer institutos e causar surpresas na reta final. A mim me parece, pequisas à parte, que tal dinâmica é fruto de um contexto onde eleitores tomam decisões de última hora, sendo refratários à discussão ideológica ou mesmo não suficientemente esclarecidos da importância da política, ou pelo menos da eleição, já que aquela escolha pode mudar – e muito – seu destino pelos próximos anos. Não adianta colocar a culpa nas pesquisas. Afinal, quem cometerá ou não o erro é o próprio eleitor.

* Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Emprego na indústria registra quinto recuo consecutivo em agosto

“Pessoal ocupado na indústria caiu 0,4% na passagem de julho para agosto deste ano, na quinta redução consecutiva do emprego industrial. O setor acumula perda de 2,9% no período. Os dados foram divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em sua Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes).

Na comparação com agosto do ano passado, a queda nos postos de trabalho foi 3,6%. Quatorze das 18 atividades industriais pesquisadas pelo IBGE tiveram recuo no pessoal ocupado assalariado nesse tipo de comparação, com destaque para as indústrias de meios de transporte (-7,5%), de produtos de metal (-7,9%), de calçados e couro (-9%) e de máquinas e equipamentos (-5,5%).

Quatro setores tiveram aumento dos postos de trabalho e evitaram uma queda maior do emprego na indústria. Os principais impactos positivos vieram dos setores de minerais não-metálicos (com alta de 1,1%) e de produtos químicos (1%).

Entre os locais, houve recuo em 13 dos 14 pesquisados. São Paulo contribuiu para a redução dos postos de trabalho, com queda de 4,8%, seguido por Paraná (-5,2%), Rio Grande do Sul (-4,7%), Minas Gerais (-3,3%) e regiões Norte e Centro-Oeste (-2,2%). Nos acumulados do ano e do período de 12 meses, as perdas de postos de trabalho são 2,7% e 2,4%, respectivamente.”

(Agência Brasil)

Mauro Benevides fica sem mandato, mas não perde o prestígio

maurobenevidedss

“A roda política às vezes gira em favor, às vezes gira em desfavor. A gente tem de conviver com a orientação dos ventos políticos. Esse nos surpreendeu!’, afirma Mauro Benevides (PMDB), que não conseguiu se reeleger deputado federal.

Mauro, ex-presidente do Congresso e que está na política desde 1955, ficou como primeiro suplente de sua coligação. Aquele que também foi o vice-presidente da Assembleia Nacional Constituinte de 1988, já passou por igual situação na época em que Juraci Magalhães era o prefeito de Fortaleza.

Naquela ocasião, no entanto, Juraci recrutou Marcelo Teixeira, eleito deputado federal , para assumir a então Secretaria Municipal de Obras abrindo vez para Mauro.

Há expectativas de que isso possa ocorrer de novo. Caso Eunício (PMDB) ganhe, no que poderia convocar algum parlamentar. A propósito, Mauro já está retomando o engajamento na campanha de segundo turno no Estado.

Mas é sempre bom lembrar que Mauro também tem trânsito livre pelas bandas dos Ferreira Gomes, que bancam Camilo Santana para o Governo.

No Exterior, Aécio teve 49% dos votos; Marina, 26% e Dilma, 17%

“Cerca de 132,7 mil brasileiros que moram no exterior votaram no último domingo (5), segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O candidato Aécio Neves (PSDB) foi o mais votado em quatro continentes: Ásia, Europa, América e Oceania. Já a candidata Marina Silva (PSB) venceu na África. Ao todo, Aécio teve 65.713 votos (49,5%), Marina teve 34.527 (26%) e Dilma 24.353 (18,3%).

Na Europa, o país em que o candidato do PSDB teve mais votos foi Portugal, onde 3.722 eleitores votaram nele. O tucano também teve votação expressiva na Grã-Bretanha, onde teve 2.573 votos e na Alemanha, onde recebeu 2.340 votos. Em Portugal, Marina recebeu 2.507 votos, e na Suíça, 1.996 votos. Dilma recebeu 2.795 votos em Portugal e, na Itália, 1.626.

Na Ásia, Aécio ficou à frente dos concorrentes em 16 países e sua votação mais expressiva foi no Japão, onde está a maior comunidade brasileira, com 12.155 votos. Ele totalizou 13.439 votos no continente. Marina, que teve 5.319 votos na Ásia, também teve a melhor votação no Japão, com 4.889 votos. Dilma teve 3.103 votos no continente asiático, 2.207 deles no Japão.

Em toda a América, Aécio teve 32.817 votos, mais de 21 mil deles nos Estados Unidos. Entre os países do Mercosul, o candidato tucano teve 3.845 votos. Marina teve 14.910 votos em toda a América, 9.91l nos Estados Unidos. Entre os brasileiros nos países do Mercosul, ela obteve 1.158 votos. Dilma somou 9.945 votos na América, sendo 3.969 nos Estados Unidos e 2.635 no Mercosul.

Na África, Marina Silva somou 323 votos. Dilma ficou em segundo lugar com 304 votos entre os brasileiros no continente. Aécio Neves teve 268 votos. Na Oceania, Aécio teve 867 votos, Marina 316 e Dilma 164.”

(Agência Brasil)