Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Uma prévia sobre o rumo eleitoral de Marina

153 1

Com o título “Crônica de uma crítica anunciada”, eis artigo do publicitário  escritor Ricardo Alcântara. Ele comenta a expectativa em torno do apoio que Marina silva anunciará neste segundo turno de disputa presidencial e prevê que ela será alvo de muita, muita crítica em qualquer posição que adotar. Confira:

PSDB e PT são como aqueles irmãos que, mesmo criados na mesma família (a resistência democrática, no caso), não se bicam, mas se toleram porque dividem participação nos negócios da família (a hegemonia da disputa política).

Em quase nada se entendem, a não ser na defesa dos interesses comuns no lucrativo empreendimento familiar (o monopólio das oportunidades de governo mediante a polarização eleitoral). Sim, porque aí, não mexa: eles se unirão.

Quem, no Brasil, ouse fazer o que Marina Silva tentou já por duas vezes, receberá o que ela recebeu quando demonstrou condições de vitória: pancadaria sem fim dos irmãos, sócios e desafetos, ameaçados em seu status de partidos preferenciais.

Agora, a candidata se prepara para receber, sem que seu nome mais esteja em disputa, outra saraivada de críticas e cobranças, quando deverá anunciar sua posição e da sua frente partidária diante do quadro objetivo do segundo turno.

Qualquer posição que aquela tessitura partidária venha a adotar, ela será alvo de severas reprovações de alguma parte, e todas recairão com maior força sobre a pessoa que personificou o projeto da via alternativa: Marina Silva – ela, de novo!

Se Marina e sua aliança mais uma vez se abstiver – considerando que o desgaste ético e doutrinário dos percursos de ambos gera uma impossibilidade de conciliação pragmática – será tingida pelo traço desonroso, e cômodo, da omissão.

Mas se a escolha recaísse em um apoio a Dilma, seria ignorar no limite do cinismo a rasteira e desonesta campanha de difamação movida contra ela. Aí, provavelmente, Marina se arriscaria a perder o maior dos apreços: o de seus mais fieis eleitores.

Pois faça ela o que já se aguarda (apoiar Aécio Neves) e a virulência vista até agora terá sido um breve ensaio: o que antes fora desconstrução, será então sucedida por uma demolição, pois de limites o petismo nada entende quando se desespera.

Não há nada definido, ainda. Percebe-se uma maior inclinação pelo apoio ao candidato tucano mediante compromissos programáticos bem definidos. Mas, seja lá qual for a decisão, Marina estará novamente na berlinda. Já está acostumada.

Enfim, o pau vai cantar. Afinal, como ousa ela se meter no meio de uma briga entre irmãos que não se entendem sobre quase nada, mas defendem com o mesmo ímpeto seus interesses como bloco acionista majoritário da democracia brasileira?

* Ricardo Alcântara,

Publicitário e escritor.

Empreendimento turístico cearense ganha espaço no Salão Imobiliário de Libsoa

A Incorporadora Diagonal está participando do Salão Imobiliário de Lisboa, que ocorre na capital portuguesa até domingo. O evento faz parte da Feira Internacional de Lisboa.

A Diagonal que ali está sendo representada pelo superintendente, Carlos Fiuza, e pelo diretor comercial, João Ximenes Fiuza, apresenta no evento o empreendimento VG Sun, que está sendo erguido na Praia do Cumbuco (Caucaia), em parceria como o grupo de hotéis Vila Galé.

diagmnoll

Bancada do PMDB vai anunciar apoio a Aécio

287 7

danilo forte deputado

A bancada do PMDB na Câmara vai anunciar, nesta tarde de quarta-feira, em Brasília, apoio à candidatura do tucano Aécio Neves à presidência da República. A informação é do deputado federal Danilo Forte (PMDB), acrescentando que o anúncio ocorrerá durante encontro com o Aécio, marcado para o Memorial JK.

“A maioria da bancada apoiará Aécio porque nós queremos que o Brasil retome a rota do crescimento econômico. Queremos que as reformas fundamentais exigidas pela população sejam viabilizadas”, explica para o Blog o parlamentar.

Danilo lembra que uma de suas sugestões, em se tratando de Nordeste, foi acatada pelo tucano Aécio Neves: aumentar o valor do Bolsa Família quando de períodos de seca na região para ajudar o homem do campo a comprar água e não depender da água de carro-pipa.

Para Danilo Forte,  o Brasil precisa mudar seu rumo e o PT provou, na prática, que não sabe administrar. “O PT esvaziou o Dnocs, esvaziou a Sudene e causou prejuízos à Petrobras. Só não esvaziou o BNB, porque, com muita pressão política, conseguimos aumentar o capital social do banco”, acentua o peemedebista.

VAMOS NÓS – E como fica a situação de Michel Temer, que é o vice da Dilma?

A lembrança do pastor da cidadania

Com o título “Dom Aloísio: 90 anos do seu nascimento”, eis artigo do médico e escritor Marcelo Gurgel. Ele expõe um pouco da trajetória do ex-arcebispo de Fortaleza, que marcou sua vida por atos e gestos em defesa dos direitos humanos. Confira:

Foi muito oportuna a nota do jornalista Eliomar de Lima, na sua Coluna Vertical, no O Povo de 8/10/2014, anunciando que, se vivo estivesse, o Cardeal Aloísio Lorscheider hoje completaria 90 anos, ao tempo em que trouxe à baila, para as devidas reflexões,em um momento eleitoral, como o ora atravessado, uma frase cunhada pelo eminente religioso: “Quem gasta muito em campanha ou já roubou ou vai roubar”.

Há quase sete anos, em 23 de dezembro de 2007, partiu deste mundo menor, aos 83 anos de idade, sua eminência Dom Aloísio Lorscheider, deixando um grande vácuo no tecido social brasileiro, mercê da sua sapiência e da capacidade conciliatória, por ser um interlocutor e mediador por excelência em conflitos sociais e políticos.

Nascido em Linha Geraldo, perto de Estrela, no Rio Grande do Sul, em 8 de outubro de 1924, em uma família de origem tedesca, recebeu o nome civil Leo Arlindo, e, portanto, estaria chegando, agora, ao contingente de nonagenários, se ainda permanecesse em nosso convívio.

Dom Aloísio, que exerceu o seu pastoreio na Arquidiocese de Fortaleza por mais de vinte e dois anos, foi, inegavelmente, uma personalidade marcante na história brasileira, e cearense em especial, por suas realizações, como religioso e cidadão singular, granjeando o respeito nacional e internacional.

A proposição do diploma de doutor honoris causa, para Dom Aloísio, Cardeal Lorscheider apresentada ao Conselho Universitário da Universidade Estadual do Ceará (UECE), em 15 de junho de 2004, foi acolhida por unanimidade entre os membros do egrégio conselho.

Quando da outorga dessa láurea, em 25 de janeiro de 2005, Dom Lorscheider confessou à assistência que aquela honraria o tocava, no intimo do coração. Além de ter sido o proponente, coube-nos o dignificante encargo de fazer a saudação ao recipiendário, via peça oratória elaborada com o esmero de experimentado ourives.

A memória de Dom Aloísio é reverenciada por vários autores, seus biógrafos, dentre os quais nos incluímos com dois livros que traçam sua trajetória de vida.

* Marcelo Gurgel Carlos da Silva,

Médico integrante da SMSL.

O Dom da Saudade

186 1

omaloisio

Se vivo estivesse hoje, o Cardeal Aloísio Lorscheider completaria 90 anos.

Para matar saudades, uma frase dele para reflexões nestes tempos de campanha eleitoral: “Quem gasta muito em campanha ou já roubou ou vai roubar.”

Moroni Torgan vai se engajar à campanha de Aécio Neves

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=FxnBYRhufz8&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O presidente regional do DEM, Moroni Torgan, também o deputado federal mais votado do Ceará (277.774 votos), vai se engajar à campanha do candidato a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves. Nesta madrugada de quarta-feira, Moroni viajou para Brasília onde, além de reunião do seu partido sobre balanço do pleito deste ano, terá encontro com Aécio para fechar participação em campanha.

Sobre a sua atuação como parlamentar a partir de fevereiro, Moroni Torgan avisou que vai luta por mudança na legislação que trata sobre dosimetria de penas em crimes que envolvem menores.

Receita Federal abre consulta ao quinto lote de restituições do IR nesta 4ª feira

A Receita Federal abrirá, a partir das 9 horas desta quarta-feria, consulta ao quinto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2014 (ano-base 2013). Também será liberada a consulta a lotes residuais das declarações de 2013 a 2008 (anos-base 2012 a 2007).

No total, 2.031.834 contribuintes receberão R$ 2,2 bilhões. Em relação ao exercício de 2013, a Receita pagará R$ 2,113 bilhões a 2.001.743 pessoas físicas, com correção de 5,42%, correspondente à variação da taxa Selic (juros básicos da economia) entre maio e outubro deste ano.

SERVIÇO

A consulta também poderá ser feita pelo telefone 146 ou por meio de tablets e smartphones com os sistemas iOS (Apple) ou Android. O dinheiro será depositado no próximo dia 15 nas contas informadas nas declarações. 

CNJ regulamenta auxílio-moradia para juízes federais e estaduais

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) regulamentou o pagamento de auxílio-moradia para juízes federais e estaduais. De acordo com a resolução aprovada nessa terça-feira (7) pelo plenário do conselho, o benefício não poderá ser maior do que o valor pago aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), R$ 4.377,73. De acordo com a norma, o benefício não será pago a magistrados aposentados e nos casos em que o tribunal coloque residência oficial à disposição do juiz.

A regulamentação pelo CNJ foi feita após liminar (decisão provisória) do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF). Em setembro, Fux determinou o pagamento do benefício com base na Lei Orgânica da Magistratura. Conforme o Artigo 65, além dos salários, os juízes podem receber vantagens, como ajuda de custo para moradia nas cidades onde não há residência oficial à disposição.

A liminar é resultado de ações da Associação dos Magistrados Brasileiros e Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho. As entidades alegaram que o benefício não é pago pela Justiça Federal, apesar de ser garantido pela lei.

A Advocacia-Geral da União (AGU) recorreu ao Supremo para evitar o pagamento do auxílio. Entende que o pagamento é ilegal e terá impacto de R$ 350 milhões por ano nas contas públicas. O recurso da AGU será julgado pela ministra Rosa Weber.”

(Agência Brasil)

Aécio Neves garante que não morre de amores por reeleição e defende mandato de 5 anos

aecionevve

“O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse hoje (7), durante encontro com trabalhadores da construção civil, que sua proposta de governo está aberta a novas contribuições. Perguntado sobre a expectativa de ter apoio de Marina Silva no segundo turno das eleições, Aécio reafirmou que vê convergências importantes entre seu programa de governo e o dela, mas ressaltou que é preciso respeitar o tempo e as discussões internas de cada partido. Candidata do PSB à Presidência, Marina ficou em terceiro lugar no primeiro turno.

“É uma questão que não depende de mim. Temos que respeitar cada um daqueles que se posicionaram em outra direção no primeiro turno. O segundo turno é o momento das convergências, das aproximações. Vamos aguardar com respeito a movimentação dos candidatos”, disse Aécio.

No encontro com os trabalhadores, o candidato defendeu mandato de cinco anos, sem reeleição, para todos os cargos públicos, proposta também defendida por Marina. Segundo Aécio, trata-se de uma questão que precisa ser discutida no Congresso Nacional. “Não estamos falando do fim da reeleição para presidente da República apenas. Estamos falando da reeleição de governadores e prefeitos, então, é preciso haver um entendimento no Congresso Nacional.”

Para Aécio, cinco anos é um bom tempo para o mandato. Ele destacou que, apesar de ser filiado ao mesmo partido do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, um dos responsáveis por colocar em pauta o tema da reeleição, que acabou sendo implantada, o período em que ela foi adotada foi uma experiência que pode ser mudada. O candidato não respondeu, entretanto, se abriria mão da reeleição, no caso de ser vitorioso no segundo turno.

“É uma questão para ser discutida. Não morro de amores pela reeleição, mas estamos falando em tese, em projetos para o Brasil. Defendo a coincidência dos mandatos, e isso, obviamente, envolve outras negociações com prefeitos, governadores e parlamentares. Não é uma decisão unilateral de um candidato à Presidência da República”, afirmou.”

(Agência Brasil)

 

Dilma inicia campanha de segundo turno pelo Nordeste. Ceará não está no roteiro

226 2

Danilo_Dilma

Dilma, em um de seus giros pelo Ceará, cumprimentada por Danilo Forte (PMDB).

“A candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, começa amanhã (8) um roteiro por pelo menos quatro capitais do Nordeste na campanha para o segundo turno das eleições. Dilma teve quase 60% dos votos da Região Nordeste no primeiro turno, com vitória em todos os estados, à exceção de Pernambuco, onde ficou atrás da candidata do PSB, Marina Silva. O estado é o berço político do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente aéreo em agosto, durante a campanha presidencial.

A candidata petista inicia a viagem por João Pessoa, onde se reunirá amanhã (8) à noite, em ato político, com prefeitos e líderes políticos paraibanos. Na quinta-feira (9), Dilma tem agenda em Salvador, onde também se reunirá com prefeitos, líderes políticos e apoiadores de sua campanha, entre eles, o atual governador, Jaques Wagner, e o governador eleito, Rui Costa, ambos do PT. Após o encontro, a candidata participará de uma caminhada que terminará na Igreja de Nosso Senhor do Bonfim, tradicional ponto turístico da capital baiana.

De Salvador, Dilma seguirá para Aracaju, onde participará de ato político com apoiadores. Da capital sergipana, Dilma irá a Maceió para encontros com líderes e prefeitos que apoiam sua reeleição.

Além do Nordeste, a agenda de viagens de Dilma na primeira semana de campanha do segundo turno ainda inclui idas a Belo Horizonte, na sexta-feira (10), e ao Rio Grande do Sul e a Santa Catarina no sábado (11). Em seguida, a campanha de Dilma deverá concentrar esforços em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, onde a candidata à reeleição foi derrotada pelo candidato do PSDB, Aécio Neves, no primeiro turno por uma diferença de mais de 4 milhões de votos.”

(Agência Brasil)

 

Marina deve apoiar Aécio Neves

AÉCIO-E-MARINA

“Marina Silva (PSB), terceira colocada na disputa presidencial, decidiu apoiar Aécio Neves no 2.º turno da eleição presidencial. Quer, porém, que o tucano inclua em seu programa de governo causas defendidas por ela nas áreas educacionais e de meio ambiente. A ideia da ex-ministra é fazer o anúncio de um “acordo programático”. Esse apoio seria costurado a partir de itens convergentes nos programas dos dois, como o fim da reeleição e a reforma tributária.

Conforme informou a colunista Sonia Racy no portal estadão.com.br, o que está em discussão, agora, é se a adesão de Marina ocorrerá com o PSB ou se será uma manifestação da Rede Sustentabilidade, grupo político da ex-ministra abrigado no partido que foi presidido por Eduardo Campos, morto em agosto.

Marina diz que não quer condicionar sua decisão a cargos, o que ela define como “velha política”. O caminho da “nova política” é pedir um compromisso formal de pontos do programa de governo anunciado pelo PSB em agosto. O discurso é semelhante ao adotado um ano atrás, quando Marina se filiou ao PSB de Campos, e meses depois, ao anunciar ser vice na chapa então encabeçada pelo ex-governador.

Marina defende itens como a manutenção das conquistas socioeconômicas dos governos Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, a inclusão da sustentabilidade na agenda e a garantia de aumento de produção do agronegócio sem riscos à floresta amazônica.”

(Com Agência Estado)

Eliane Novais critica gestão estadual, mas avisa: PSB só anuncia sobre apoios na 5ª feira

226 4

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=gDj4_LRcVlU[/youtube]

A candidata derrotada do PSB ao Governo do Ceará, Eliane Novais, seguiu para Brasília, nesta tarde de terça-feira, onde participará de reunião do partido. Hora de decidir qual o rumo do PSB em termos de apoio no Ceará e na disputa presidencial.

Eliane Novais não quis adiantar resultado, observando que sairá de reunião nesta quarta-feira, mas não dispensou classificar o governo estadual de “prepotente”. O anúncio oficial do PSB cearense será anunciado na manhã de quinta-feira, durante coletiva de Eliane na Assembleia Legislativa.

 

STF julgará nesta 4ª feira a chamada desaposentação

O Supremo Tribunal Federal marcou para esta quarta-feira o julgamento que definirá a situação de quem se aposenta, volta a trabalhar e, depois, pede um recálculo de sua aposentadoria a partir das novas contribuições — a chamada desaposentação. Trata-se de um dos casos mais importantes no Judiciário envolvendo a Previdência Social.

A Advocacia-Geral da União (AGU) estima impacto de R$ 69 bilhões no sistema previdenciário, a longo prazo, se o STF der ganho de causa aos aposentados. Como o recurso será julgado pelo mecanismo da repercussão geral, a decisão valerá de parâmetro para milhares de ações semelhantes em curso nos demais tribunais.

O relator é o ministro Luís Roberto Barroso. As informações são do jornal Valor Econômico.”

(Valor Econômico))

União deve indenizar homem que teve veículo vendido em leilão

“Levar um bem furtado a leilão, mesmo depois que uma pessoa comprova ser a proprietária, gera danos moral e material e, portanto, o dever de indenizar. Esse foi o entendimento da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região ao condenar a União a pagar R$ 45 mil a um homem que teve o caminhão leiloado pela Receita Federal. O autor alegava que teve seu veículo furtado em 1983, na cidade de São Paulo.

O caminhão foi apreendido por policiais federais quatro anos depois, tendo sido alvo de processo administrativo fiscal. O proprietário relatou que apresentou defesa depois que foi intimado, mas continuou sem o veículo. Quando ele conseguiu decisão na Justiça de Mato Grosso do Sul determinando a liberação, em 1990, o bem já havia sido leiloado pela Receita. O homem cobrou então indenização por dano material, no valor de R$ 30 mil, e pelo valor que deixou de lucrar desde a determinação do juízo.

A União contestou o pedido, alegando que o autor não se manifestou no prazo no procedimento administrativo, e disse que não caberia ressarcimento, pois o ente público agiu de forma lícita, conforme princípio da estrita legalidade. Em primeira instância, o processo foi considerado já prescrito, pois a venda ocorreu em 1989 e a ação só foi apresentada em 1998, ultrapassando os cinco anos fixados em lei. Já o relator do caso no TRF-3, desembargador Nery Júnior, afirmou que o dono do caminhão interrompeu o prazo prescricional quando propôs ação na Justiça para conseguir o patrimônio de volta.

O desembargador também reconheceu os danos sofridos pelo autor, mesmo sem prova específica. “O dano moral experimentado pelo apelante, consistente na frustração pelas inúmeras tentativas de reaver o seu bem, comprado com trabalho árduo, por certo causou angústia e consternação, que dispensa a prova de efetivo prejuízo, obrigação de reparar o dano dele decorrente, cumprindo a obrigação de indenizar”, afirmou Nery Júnior. A decisão foi unânime. Com informações da Assessoria de Comunicação do TRF-3.”

(Consultor Jurídico)

OAB-CE lança segunda edição do Prêmio de Jornalismo

mauricovieira

Esta informação é para turma da mídia local:

A OAB do Ceará inscreve, até 7 de novembro, para a segunda edição do Prêmio de Jornalismo Luís Cruz de Vasconcelos. Jornalistas que tiverem trabalhos publicados na mídia impressa e online ou veiculados em emissoras de rádio e televisão entre 1° de agosto de 2013 e 31 de outubro deste ano podem participar.

Neste ano, segundo Mauricio Vieira, assessor de imprensa da Ordem, o tema do prêmio é Morosidade do Judiciário: atentado à cidadania e objetiva estimular o debate sobre a temática do Direito associada ao viés da Justiça Social. São cinco categorias: Impresso (Jornal e Revista), Fotografia, Rádio, Televisão e Internet. Serão distribuídos R$ 34 mil em prêmios, além de certificados. A premiação ocorrerá em dezembro.

SERVIÇO 

O regulamento e a ficha de inscrição estão disponíveis no site da OAB-CE (www.oabce.org.br) e devem ser encaminhadas à Coordenadoria de Comunicação da Secional (Rua Lívio Barreto, 668, Dionísio Torres, 60130-110).

(Foto – Paulo MOsKa )

Passageiros que vão à Justiça conseguem derrubar taxa de remarcação de passagens

aeroporto

Passageiros têm ido à Justiça para derrubar taxas de cancelamento e de remarcação de voo cobrados pelas companhias aéreas, principalmente nas passagens promocionais, mais baratas.

Levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo identificou 43 decisões de primeira instância no Tribunal de Justiça de São Paulo em 2013 e 2014 — 30 foram favoráveis aos passageiros e 13, às empresas aéreas.

Os juízes que decidiram a favor dos passageiros veem abuso das empresas aéreas e as obrigam a devolver o valor da multa, corrigido; as decisões a favor das companhias sustentam que as regras são claras e que o consumidor, ao comprar a passagem, concorda com as penalidades.

Ibope e Datafolha com pesquisas no forno

318 3

eleições 2014 debate globo dilma x aécio

Confirmado o segundo turno entre Aécio Neves e Dilma Rousseff, Datafolha e Ibope já querem saber quais são as intenções do eleitor brasileiro para a parte final da corrida presidencial. Os dois institutos de pesquisa registraram seus novos levantamentos já no sábado, véspera da votação. Entre as perguntas, o eleitor será questionado sobre quem Marina Silva deve apoiar no segundo turno.

O Ibope recebeu R$ 255.850,00 da Globo para entrevistar 3.010 eleitores entre amanhã e quinta-feira, dia 9, quando os números serão divulgados. Já o Datafolha vai a campo um dia depois, nesta quarta-feira, para fazer 2 884 entrevistas. O resultado do novo levantamento, feito em parceria com a Globo, também será conhecido na quinta-feira.

Serão as primeiras pesquisas depois do péssimo desempenho dos principais institutos neste primeiro turno.

(Coluna Radar, da Veja Online)

Um cenário favorável a Dilma

210 6

Com o título “Números em profusão”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista da UFC e aposentado do BNB. Ele analisa o cenário da troca de apoios neste segundo turno da disputa presidencial e, em especial, os votos pró-Marina Silva. Confira:

Mesmo com a vitória insofismável da presidente Dilma Rousseff no primeiro turno (vantagem de 8.370.242 votos), os analistas globais já “decretaram” que os votos da candidata Marina Silva, no primeiro turno (22,1 milhões), deverão migrar para o candidato Aécio Neves e, assim a eleição será decidida a favor do tucano, no segundo turno (como se Marina Silva tivesse carisma ou poder de transferir tudo para quem decidir apoiar).

Se houvesse a preocupação de pelo menos analisar e comparar com imparcialidade os números atuais com as da eleição passada, veriam que naquela oportunidade os 19.6 milhões de votos da mesma Marina Silva não foram agregados na totalidade aos votos obtidos pelo candidato José Serra, no segundo turno, e que decidia a eleição com Dilma Rousseff.

Assim, enquanto Serra subiu de 33,1 milhões de votos para 43,7 milhões (10,6 milhões), quase que na mesma proporção a candidata Dilma Rousseff saltou de 47,6 milhões para 55,7 milhões (8,1 milhões), gerando uma diferença de 12,04 milhões para a candidata Dilma, ao final da contenda (ante os 14.5 milhões do primeiro turno).

Observa-se que a votação de Aécio, agora no primeiro turno (34,8 milhões ou 33,55%), praticamente se assemelha à votação de Serra naquela oportunidade (33,1 milhões ou 32,61%), embora caiba destacar que a votação de Dilma Rousseff, na época, foi de 47,6 milhões (46,1%) e, agora, tenha sido 43,2 milhões (41,59%), resultando que a diferença pró-Dilma no primeiro turno tenha oscilado negativamente de cerca de 14,5 milhões para 8,3 milhões, agora (em razão da votação paulistana).

No mais, Dilma Rousseff venceu em 15 estados da federação (inclusive na terra de Aécio Neves, Minas Gerais, no Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul), Aécio Neves em 10 estados e Marina Silva em 2.

Há que se destacar, ainda, que tivemos a omissão de impressionantes 38.797.556 eleitores ou 29,03%, a saber: se abstiveram de votar (27.698.475 ou 19,39%), anularam o voto (6.678.592 ou 5,80%) ou o deixaram em branco (4.420.489 ou 3,84%). Segundo os famigerados institutos de pesquisa, aqui a candidata Dilma Roussef foi a mais prejudicada, e se houver um retorno de parte deles ela colherá dividendos.

Enfim, se não surgir alguma novidade capaz de produzir efeitos devastadores, nada que um ajuste bem dado e uma maior participação da militância (principalmente em São Paulo) garantirão a permanência da atual ocupante do Planalto. Afinal, no cara-a-cara (debate) entre os dois candidatos, não poderá ser olvidado a comparação entre os dois modelos de governo em confronto: o do desenvolvimento inclusivo, onde se prioriza a redistribuição de renda, via inclusão social e a remoção das desigualdades sociais (Dilma Rousseff) e aquele excludente, que entrega de mão beijada ao mercado, via capital financeiro, o gerir da economia (Aécio Neves).

Restaria a pergunta: pelos grosseiros e clamorosos erros cometidos (inclusive na “boca de urna”), os diversos institutos de pesquisa (que já anunciam novos dados a partir de amanhã), merecerão alguma credibilidade ou capazes serão de induzir o voto do eleitorado, a partir de agora?

* José Nilton Mariano Saraiva,

Economista da UFC e aposentado do Banco do Nordeste do Brasil.

CPMI da Petrobras aguarda resposta do STF sobre acesso á delação do ex-diretor

“Com a homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) do acordo de delação premiada entre o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, e o Ministério Público Federal, o presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), aguarda a resposta do ministro Teori Zavascki sobre o novo pedido de acesso às informações prestadas por Costa enviado ontem (7) àquela Corte.

No documento, Vital do Rêgo repetiu os argumentos já apresentados na primeira tentativa em setembro, como o de que a obtenção dos depoimentos é fundamental para o desenvolvimento dos trabalhos de investigação. Para o senador, não há mais motivos para impedir o compartilhamento do material. “Entendo que ao final da homologação da delação premiada, criamos um fato jurídico perfeito. A homologação passa a existir. Se ela existe, ela tem que estar nos autos [da Operação Lava Jato]. Estando nos autos, teremos acesso”, disse Vital.

Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro, apresentou indícios de envolvimento de autoridades, incluindo parlamentares, em irregularidades na Petrobras, investigadas pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal.

Os procuradores da República no Paraná avaliam, agora, se fecham acordo de delação premiada com o doleiro Alberto Youssef, outro personagem nas denúncias de corrupção na Petrobras. Youssef está preso em Curitiba e também manifestou interesse em colaborar com as investigações em troca de redução de penal numa eventual condenação.

Nesta quarta-feira, a CPMI retoma as atividades com o depoimento da ex-contadora do doleiro, Meire Poza. As perguntas serão feitas com base no material enviado pela 13ª Vara Federal em Curitiba, que traz a íntegra do depoimento prestado por Meire Poza ao juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato.”

(Agência Brasil)