Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Halleluya 2013 reunirá 23 atrações nacionais e internacionais

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NIJOUt7ow1s&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A Comunidade Católica Shalom dará entrevista coletiva, às 8h30min desta quarta-feira, no Condomínio Espiritual Fazenda Uirapuru (Bairro Castelão). Segundo assessor de imprensa Vanderlúcio de Souza, para falar sobre o Halleluya 2013.

Neste ano, o festival católico ocorrerá de 17 a 21 próximos, no Condomínio Espiritual, devendo contar com 23 atrações nacionais e internacionais. O Halleluya, uma espécie de “Fortal dos católicos”, chegará como uma preparação à Jornada Mundial da Juventude.

 

ProUni 2013 – Prazo de matrícula para selecionados da primeira chamada está terminando

“Hoje (8) é o último dia para os candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) comprovarem as informações prestadas no momento da inscrição e providenciar a matrícula na instituição de educação superior. Em alguns casos, há seleção própria da faculdade ou universidade. A lista dos pré-selecionados foi divulgada no último domingo (30) e pode ser consultada no site do ProUni. O resultado da segunda chamada está previsto para 16 de julho. O estudante terá de 16 a 22 do mesmo mês para comprovar as informações e providenciar a matrícula. Caso fique fora das duas chamadas e pretenda integrar a lista de espera, o candidato terá de fazer a adesão, pela internet, de 26 a 29 de julho.

Criado em 2005, o ProUni oferece bolsas de estudos no ensino superior em instituições particulares a estudantes do ensino médio da rede pública. Também são atendidos bolsistas integrais da rede particular. As bolsas integrais são para os estudantes com renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, são destinadas aos candidatos com renda bruta familiar de até três salários mínimos por pessoa.”

(Agência Brasil)

Onde estão os verdadeiros vândalos?

107 2

Com o título “Eles, os vândalos”, eis artigo do jornalista Felipe Araújo, veiculado no O POVO desta segunda-feira. Ele questiona, num cenário onde gente de peso da política nacional como Renan Calheiros e Henrique Alves foram pegos usando jatinho para interesses particulares, onde estariam os verdadeiros vândalos que a grande imprensa preferia apontar durante as manifestações de rua. Confira:

boa parte da crônica e da classe política teve enorme dificuldade em lidar com os recentes protestos pelo País não só em função de suas reivindicações difusas. Mas também por ter de encarar uma alteridade igualmente difusa em seu perfil. Um dos maiores pesadelos do homem moderno decidiu ir às ruas: o outro. E não havia um rosto disponível. Nem mesmo a tradição sebastianista de nossa cultura se fez valer: não havia salvadores nem mártires à mão.

Havia anarquistas de diversos matizes e aproveitadores de diferentes origens. Mas havia (e há), sobretudo, o estudante que passou a ter um novo padrão de exigência em relação ao País, a partir da melhora de sua própria condição de vida. O adolescente que experimentou as ruas e a discussão política pela primeira vez. O jovem da periferia, em seu desabafo violento contra a mesma polícia e a mesma institucionalidade que lhe esculacham diariamente nas sombras do tal estado de direito. 

Entre tantos outros.

Desse caldo heterogêneo, emergiu a figura do “vândalo”, da “minoria baderneira”, apanágio de certa cobertura midiática ao lidar com essa alteridade sem rosto. A mesma cobertura que não consegue enxergar como tal outros vândalos cuja atuação está na raiz de todo esse “excesso” represado até então. Vândalos como Renan Calheiros e Henrique Eduardo Alves, presidentes do Poder Legislativo, despudorados ao fazer turismo em aviões da FAB. Como Garibaldi Alves, ministro igualmente surpreendido custeando seu lazer com recursos públicos. E até, ora vejam, vândalos como Joaquim Barbosa, constrangedoramente flagrado em seus passeios às custas do erário – num dos quais renovou o afeto com o amigo Luciano Huck, apresentador global que é, ora vejam também, patrão de seu filho.

Nos últimos dias, o melhor jornalismo não foi aquele que correu apavorado da anomia dos “vândalos” de rua e se refugiou na comodidade de um imaginário institucionalizado e preconceituoso. O melhor jornalismo tem sido aquele que vem dando um rosto aos verdadeiros vândalos em atividade no País.

* Felipe Araújo

felipearaujo@opovo.com.br
Editor-chefe do Núcleo de Cultura e Entretenimento.

Mais da metade dos aliados não vê Dilma Rousseff como grande líder

dilaaam

”Para além do derretimento da popularidade de Dilma Rousseff atestado pelo Datafolha, pesquisas que chegaram ao Palácio do Planalto no auge dos protestos mostraram dados ainda mais preocupantes aos aliados da presidente. Um levantamento do Ipsos Public Affairs entregue a parlamentares do PT e do PMDB mostrou que 55% dos entrevistados disseram não considerar Dilma Rousseff uma grande líder.

Realizado entre 20 e 21 de junho, a pesquisa revelou ainda que 80% dos entrevistados consideravam que a “presidente precisava agir rápido e não só declarar intenções”.

Questionados sobre a avaliação do primeiro pronunciamento de Dilma em cadeia nacional, em 21 de junho, 46% dos entrevistados disseram que “Dilma fez um discurso pensando apenas na eleição de 2014”.
Passadas as trapalhadas dessa semana, com o plebiscito da reforma política praticamente sepultado – e o governo insistindo em um discurso fantasioso –, aliados de Dilma temem que as próximas pesquisas sejam ainda mais aterradoras.”

(Coluna Radar Veja Online)

Inflação – Estimativa para este ano cai para 5,81%

“A inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 5,81%, este ano. A previsão anterior era 5,87%. Essas estimativas são resultado de pesquisa do Banco Central (BC) feita com instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos. Para 2014, a projeção subiu pela segunda semana consecutiva, ao passar de 5,88% para 5,90%.

As estimativas estão distantes do centro da meta de inflação, de 4,5%, e abaixo do limite superior de 6,5%. É função do BC fazer com que a inflação convirja para o centro da meta. Um dos instrumentos usados pelo Banco Central para influenciar a atividade econômica e calibrar a inflação é a taxa básica de juros, a Selic. Para as instituições financeiras, ao final deste ano, essa taxa estará em 9,25% ao ano.

Amanhã (9) e quarta-feira, o Comitê de Política Monetária (Copom) do BC, que define a Selic, fará a quinta reunião do ano. A expectativa das instituições financeiras é que o Copom volte a elevar a Selic em 0,5 ponto percentual. Atualmente, a taxa básica está em 8% ao ano. Neste ano, o BC elevou a Selic em 0,25 ponto percentual em abril, e em 0,5 ponto percentual em maio. Ao final de 2014, a expectativa é que a Selic também esteja em 9,25% ao ano.”

(Agência Brasil)

Ypióca tem novo gerente de Relações Corporativas

newton

A YPIÓCA tem novo gerente de Relações Corporativas da empresa. Assumiu o advogado Newton AssunçãoFormado em Direito, Newton possui pós-graduação em Direito Empresarial e MBA pela Fundação Getúlio Vargas e Ohio University, EUA. Traz na bagagem uma ampla experiência na área jurídica e de relações corporativas nacional e internacionalmente, tendo ocupado antes da Ypióca, função semelhante na multinacional Del Monte por 13 anos.

Ele terá como principal desafio conduzir a estratégia institucional de expansão do grupo no Ceará. A YPIÓCA, bom lembrar, foi adquirida em agosto de 2012 pela DIAGEO, líder mundial na produção e distribuição de bebidas alcoólicas premium.

Congresso só entra de férias se aprovar LDO 2014, alerta líder do PT na Câmara

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wMAL10Fb4z4&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A presidente Dilma Rouseff (PT) lançará, nesta tarde de segunda-feira, o Pacto Nacional pela Saúde com promessa de investimentos maciços no setor. O ato, que ocorrerá no Palácio do Planalto, reunirá governadores e prefeitos.

O líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, informou que , além de uma pauta que atenda à população – caso desse Pacto pela Saúde, deve o Congresso Nacional cumprir suas obrigações. Uma delas é aprovar nesta semana a Lei de Diretrizes Orçamentárias. Sem a aprovação da LDO 2014, o Congresso  não entrará de recesso.

Projeção para crescimento da economia do País tem oitava semana de queda

“A projeção de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) para o crescimento da economia caiu pela oitava semana seguida. Desta vez, a estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – passou, neste ano, de 2,40% para 2,34%. Para 2014, também houve redução na estimativa, pela terceira semana consecutiva, de 3% para 2,8%.

A estimativa para a expansão da produção industrial foi ajustada de 2,49% para 2,34%, este ano, e de 3,2% para 3%, em 2014. A projeção das instituições financeiras para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB segue em 35% para este e o próximo ano.

A expectativa para a cotação do dólar subiu de R$ 2,15 para R$ 2,20, ao fim de 2013, e de R$ 2,20 para R$ 2,22, ao fim de 2014.”

(Agência Brasil)

Papa Francisco ganhará recepção de R$ 1 milhão no Rio de Janeiro

108 2

papa francisco

“A recepção para o Papa Francisco no Palácio Guanabara, no próximo dia 22, vai custar cerca de R$ 1 milhão aos cofres do governo do Rio de Janeiro.

Uma reunião na semana passada acertou s detalhes do encontro, que terá a presidente Dilma Rousseff, 25 ministros (se fossem os 39 a conta certamente subiria…), Renan Calheiros, Fernando Collor e José Sarney entre os 700 convidados.

Do orçamento da festa consta também uma pequena reforma no Salão Nobre do Guanabara que, no ano passado, passou por uma ampla restauração.

(Coluna Radar – Veja Online)

Secretário da Saúde do Ceará está confiante no Pacto Nacional pela Saúde

83 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=NqkHDy6zsTg&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O secretário da Saúde do Ceará, Arruda Bastos, está otimista quanto ao Pacto Nacional pela Saúde que a presidente Dilma Rousseff lançará nesta tarde de segunda-feira. O ato contará com a presença de governadores e prefeitos. Aruda Bastos aproveita para informar como está a mobilização pelo projeto de iniciativa popular que quer garantir 10% da receita corrente bruta da União para a saúde.

Arruda Bastos, em conversa com o Blog, também falou sobre os projetos da pasta na construção de novos hospitais.

Receita Federal libera consulta ao segundo lote de restituições nesta 2ª feira

“A Receita Federal libera, nesta segunda-feira, a partir das 9 horas, a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2013. O dinheiro será depositado no banco no próximo dia 15. Ao todo, são sete lotes regulares. O último está previsto para 16 de dezembro. O calendário de restituição está no Ato Declaratório 3 da Receita Federal, publicado no Diário Oficial da União.

O contribuinte que não recebeu a restituição deve procurar o extrato no site da Receita para verificar por que caiu na malha fina. As pessoas que identificarem algum erro devem enviar a chamada declaração retificadora. O extrato da declaração é disponibilizado no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) onde se encontram outras informações relativas ao Imposto de Renda.

Para utilizar o e-CAC é necessário usar o código de acesso gerado na própria página da Receita ou o certificado digital emitido por autoridade habilitada. Para gerar o código, o contribuinte precisará informar o número do recibo de entrega das declarações de Imposto de Renda dos dois últimos exercícios. Com o código, o contribuinte pode fazer a autorregularização caso encontre algum erro.”

(Agência Brasil)

Secretária da Saúde de Fortaleza otimista com Pacto Nacional pela Saúde

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=wFT3EFhrfrE&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

A presidente Dilma Rousseff vai lançar, nesta segunda-feira, em Brasília, o Pacto Nacional pela Saúde com promessa de liberação de recursos para investimentos no setor, atendendo a pleitos de governos e prefeituras. A secretária da Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, embarcou nesta madrugada para o ato.]

Socorro Martins conversou com o Blog e adiantou o que espera desse Pacto Nacional pela Saúde. Ela também informou sobre ações que vem tocando no momento à frente da pasta.

Dilma lança plano que prevê contratação de médicos estrangeiros

103 2

“Com objetivo de criar uma agenda positiva, a presidente Dilma lança hoje o Plano Nacional pela Saúde – Mais Hospitais, Mais Médicos, Mais Formação. Mais que um reforço na área da saúde, a ideia é que o recrutamento de profissionais estrangeiros seja um poderoso trunfo eleitoral para Dilma, candidata à reeleição, e para o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que quer concorrer ao governo de São Paulo, em 2014. A medida atende a reivindicação da Frente Nacional dos Prefeitos. Não por acaso, será lançada justamente na semana da Marcha dos Prefeitos. Para os municípios, será uma mão na roda: é uma tentativa de cobrir, sem custos, um buraco assistencial.

A mão de obra será toda financiada pelo Governo Federal. São R$ 10 mil mensais. A expectativa é de que sejam 10 mil médicos. Quando o programa estiver em vigor, as prefeituras vão economizar R$ 1,2 bi por ano.

Apesar da empolgação do governo, a proposta de convocar médicos estrangeiros provocou a ira das entidades médicas, que acham a medida inócua, oportunista e eleitoreira. Argumenta-se que o problema no País não é a falta de médicos, mas sua distribuição inadequada. Segundo o Conselho Federal de Medicina, a estratégia trará uma medicina de segunda para os cidadãos mais pobres.

(Com Agência Estado)

Consulta de liberação do IRPF sai nesta segunda-feira

A Receita Federal libera,nesta segunda-feira (8), a consulta ao segundo lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2013. O dinheiro será depositado no banco no próximo dia 15. Ao todo, são sete lotes regulares. O último está previsto para 16 de dezembro. O calendário de restituição está no Ato Declaratório 3 da Receita Federal, publicado no Diário Oficial da União.

O contribuinte que não recebeu a restituição deve procurar o extrato no site da Receita para verificar por que caiu na malha fina. As pessoas que identificarem algum erro devem enviar a chamada declaração retificadora. O extrato da declaração é disponibilizado no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC) onde se encontram outras informações relativas ao imposto de renda.

Para utilizar o e-CAC é necessário usar o código de acesso gerado na própria página da Receita ou o certificado digital emitido por autoridade habilitada. Para gerar o código, o contribuinte precisará informar o número do recibo de entrega das declarações de Imposto de Renda dos dois últimos exercícios.

Com o código, o contribuinte pode fazer a autorregularização caso encontre algum erro. O tamanho dos lotes depende das disponibilidades do Tesouro Nacional. No segundo lote, o valor liberado chega a R$ 1,3 bilhão destinados a pouco mais de 1 milhão de contribuintes que declararam Imposto de Renda em 2013, tendo por base o ano-calendário de 2012.

O valor está acrescido da taxa Selic de maio a julho deste ano, totalizando 2,21% de correção. Com a liberação do segundo lote, sobe para R$ 4,03 bilhões o valor total pago até agora. O número de contribuintes incluídos nos dois lotes subiu para 2,9 milhões.

Para saber se a declaração foi liberada, a pessoa deverá acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smarthphones que usam os sistemas operacionais Android e iOS, que facilitam a consulta.

(Agência Brasil)

Brasil pede explicações aos Estados Unidos sobre espionagem eletrônica

O governo do Brasil pediu explicações aos Estados Unidos (EUA) sobre a espionagem das comunicações de cidadãos brasileiros pela Agência Nacional de Segurança daquele país (NSA, na sigla em inglês). De acordo com o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, os esclarecimentos foram solicitados por meio da Embaixada do Brasil em Washington e, ainda, ao embaixador dos EUA no Brasil.

O ministro disse que o Itamaraty recebeu com “grave preocupação” a notícia de que contatos eletrônicos e telefônicos de seus cidadãos estariam sendo monitorados. Patriota deu as declarações em Paraty, no Rio de Janeiro, onde está sendo realizada a 11ª Festa Literária Internacional (Flip).

Segundo Antônio Patriota, o governo brasileiro lançará iniciativas na Organização das Nações Unidas (ONU) pelo estabelecimento de normas claras de comportamento para os países quanto à privacidade das comunicações dos cidadãos e a preservação da soberania dos demais Estados. O Itamaraty pretende ainda pedir à União Internacional de Telecomunicações (UIT), em Genebra, na Suíça, o aperfeiçoamento de regras multilaterais sobre segurança das telecomunicações.

O escândalo sobre o monitoramento das comunicações privadas de cidadãos e empresas de dentro e de fora do país pelo governo dos EUA veio à tona após o ex-técnico em segurança digital da CIA (agência de inteligência norte-americana), Edward Snowden, revelar a prática. Os dados eram vigiados por meio do Prism, programa de vigilância eletrônica altamente secreto mantido pela NSA. Uma reportagem do jornal O Globo deste domingo revelou que as comunicações do Brasil estavam entre os focos prioritários de monitoramento.

Depois das revelações, Snowden teve o passaporte cancelado pelo governo norte-americano. Ele pediu asilo político a 21 países. Até o momento, Bolívia, Venezuela e Nicarágua se ofereceram para receber o ex-agente.

(Agência Brasil)

Troca da bandeira atrai adultos e crianças à Praça dos Três Poderes

bandeira

Adultos e crianças curiosos para ver o desfile, os uniformes e a apresentação musical das Forças Armadas reuniram-se neste domingo (7), na Praça dos Três Poderes, para acompanhar a tradicional cerimônia da troca da Bandeira, realizada todo primeiro domingo do mês na capital federal. A cada mês, a solenidade é coordenada por uma das três forças militares e por um estado. Neste mês, os responsáveis pela substituição foram a Força Aérea Brasileira (FAB) e o governo do Distrito Federal.

Para pessoas como o servidor público Marcos Gonzaga Lima, de 42 anos, a cerimônia é importante por incutir noções de civismo nos mais jovens. Marcos levantou cedo para levar os sobrinhos Jamile, de 6 anos; Gabriele, de 12, Vitor, de 14, e Marcos, também de 14, para assistir à solenidade. “É o momento de deixar nascer esse espírito de patriotismo”, comentou.

O mastro com a bandeira nacional na Praça dos Três Poderes tem 100 metros de altura e é formado por 24 hastes dispostas em círculo que convergem no topo. Elas simbolizam a convergência dos poderes e de todas as unidades da Federação. A bandeira nacional hasteada no mastro deve medir 186 metros quadrados. Durante a cerimônia de substituição, é executado o Hino da Bandeira.

(Agência Brasil)

DETALHE – O secretário de Turismo de Fortaleza, Salmito Filho, está acertando com o Exército a troca periódica da Bandeira Nacional na Beira Mar. As solenidades devem ocorrer após a conclusão das obras de urbanização do espigão da Praia do Náutico.

Câmara deve votar nesta semana projeto que destina royalties do petróleo à saúde e educação

A Câmara dos Deputados deve votar nesta semana a proposta sobre os recursos da exploração do petróleo para a educação e saúde. O Senado adianta apenas que, no ano que vem, serão destinados aos dois setores R$ 4 bilhões vindos dos royalties pagos pela exploração do petróleo nos três campos em atividade no país, de acordo com o projeto de lei aprovado pela Casa. Já técnicos da Câmara dos Deputados calcularam que a proposta aprovada pelos senadores resultaria na redução de R$ 170,9 bilhões no repasse para as áreas, dos quase R$ 280 bilhões previstos pelo projeto aprovado nesta Casa do Legislativo.

O governo anunciou que vai negociar com os deputados para que seja aprovado o texto do Senado. Parlamentares se articulam e os deputados decidem se aprovam ou rejeitam o projeto na forma em que veio do Senado. Entidades civis estão se mobilizando para pressionar o Congresso por mais recursos na educação.

Segundo relatório da Consultoria de Recursos Minerais, Hídricos e Energéticos da Câmara dos Deputados, de autoria do consultor Paulo César Ribeiro Lima, de 2013 a 2022, pelo substitutivo do Senado, as receitas adicionais para saúde e educação com a exploração de petróleo chegariam a R$ 108,1 bilhões, enquanto, com a proposta da Câmara, somariam de R$ 261,4 bilhões a R$ 279 bilhões, “sem conservadorismo”, como especifica a nota técnica da Casa. Com as alterações, os recursos da educação serão reduzidos de R$ 209,3 bilhões para R$ 97,4 bilhões, e os recursos da saúde cairão de R$ 69,7 bilhões para R$ 10,7 bilhões – tomadas as previsões não conservadoras.

(Agência Brasil)

Dilma nega reforma ministerial

A presidente Dilma Rousseff negou nesse sábado (6) a intenção de fazer uma reforma ministerial. Em nota oficial, a presidente reafirmou que espera dos ministros empenho nos cinco pactos firmados com governadores e prefeitos.

“O que espero de meus ministros é empenho nos cinco pactos firmados com os governadores e prefeitos de capital: responsabilidade fiscal para garantir a estabilidade da economia e o controle da inflação; reforma política com plebiscito; melhoria profunda nos serviços públicos de saúde; pacto nacional da mobilidade urbana que permita um salto de qualidade no transporte público; e destinação dos royalties do petróleo para educação.

Dilma destaca ainda que dos ministros quer “determinação para manter o Brasil no caminho do crescimento, da inclusão social, da geração de emprego e renda e da estabilidade econômica”.

A presidente se reuniu com os ministros Aloizio Mercadante (Educação), José Eduardo Cardozo (Justiça), Fernando Pimentel (Indústria e Comércio) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil) no Palácio da Alvorada. O assunto da reunião não foi divulgado.

(Agência Brasil)

Transporte público ruim afeta a saúde, educação e cultura da população, dizem especialistas

mobilidade urbana

Os efeitos negativos de um transporte público caro e de má qualidade não estão restritos à questão da mobilidade urbana. Prejudicam também outras áreas vitais para a vida do cidadão, como saúde, educação, finanças e cultura. Especialistas e integrantes do Movimento Passe Livre (MPL) consultados pela Agência Brasil avaliam que a mobilidade urbana está diretamente relacionada à qualidade de vida, além de ser um dos maiores causadores de estresse da vida das pessoas.

“É um trauma para todo mundo. Principalmente para quem fica em pé, duas horas, crucificado, com alguém tentando pegar bolsa, apalpar. Não é à toa que as pessoas estão preferindo usar motocicletas, mesmo que isso represente risco a própria integridade física por causa dos acidentes, e não é à toa que essas manifestações conseguiram tantas adesões”, disse à Agência Brasil o doutor em Políticas de Transporte pela Universidade Dortmund, na Alemanha e professor do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília (UnB), Joaquim Aragão.

As manifestações citadas pelo especialista foram iniciadas pelo MPL em São Paulo. O movimento tem, como um de seus interlocutores, o professor de História Lucas Monteiro. “Defendemos Tarifa Zero porque, além de ser a única forma de as pessoas terem acesso à cidade, o transporte público beneficia áreas vitais como saúde e educação. Por isso já imaginávamos que nossa luta se espalharia pelo país, mas não que iria alcançar a dimensão que alcançou”, disse à Agência Brasil.

De acordo com o representante do MPL, o incentivo ao uso de transportes individuais causa também problemas como aumento da poluição e do número de atropelamentos, o que resulta em mais gastos e problemas para a saúde pública. Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2010, 42.844 pessoas morreram nas estradas e ruas do país. Deste total, 10.820 acidentes envolveram motos. No mesmo ano, o gasto total do Sistema Único de Saúde (SUS) com acidentes de trânsito foi R$ 187 milhões. Só com internação de motociclistas foram gastos R$ 85,5 milhões.

Além disso, acrescenta Monteiro, diversos tratamentos de saúde deixam de ser feitos porque os pacientes não têm condições de pagar pelo deslocamento. E o problema relacionado à falta de condições para custear os transportes também afeta o direto e a qualidade da educação.

“Frequentei muitas escolas públicas. É comum alunos faltarem aulas por não terem dinheiro para ir à escola. Além do mais, direito à educação não está restrito a apenas ir à escola ou ao banco escolar. Os estudantes precisam ter acesso à cultura, a visitar museus. E, sem circular, não há como ter acesso a isso. A grande maioria não vai ao centro da cidade, museus, centros culturais para complementar sua formação”, disse Monteiro.

Segundo Aragão, dificuldades para mobilidade urbana afetam diretamente o rendimento escolar de jovens e crianças, que ficam cansados e com o sono sacrificado. “É um fator a mais a prejudicar o rendimento, além da qualidade de instalações do ensino público. Da mesma forma, afeta também a evasão escolar, a formação de profissionais e a produtividade do país”, disse o especialista.

“A mobilidade bloqueia inclusive a vida social do cidadão de baixa renda, que fica sem acesso a entretenimento, cultura e lazer. Estes são privilégios das pessoas motorizadas. Uma família de quatro pessoas que queira se deslocar da periferia até um parque no centro da cidade gastará R$24, caso a passagem unitária custe R$3. Para quem recebe salário mínimo, isso é impossível”, disse.

Arquiteto, urbanista e especialista em transporte público, Jaime Lerner diz que por trás das manifestações iniciadas pelo MPL está o descrédito nas políticas públicas e a falta de respostas à sociedade, sobre os diversos serviços públicos prestados a ela. “E tudo fica mais fácil em todas as áreas quando se tem um bom transporte público”, disse o ex-prefeito de Curitiba (PR).

Muitas das mobilidades anunciadas sequer estudaram a própria cidade, avalia Lerner. Segundo ele, é importante entender a cidade como um sistema de estrutura de vida, trabalho, movimento e mobilidade. No fundo, acrescenta, falta decisão política, e, em geral, essas decisões são voltadas para soluções mais caras.

“O Brasil é rápido em fazer coisa errada e demora em fazer a coisa certa”, disse. “Sustentabilidade é equação entre o que você poupa e o que você desperdiça. Portanto, se tiver de se deslocar por distâncias cada vez maiores, é óbvio que a coisa não vai funcionar”.

(Agência Brasil)

Matrículas para o Sisu terminam na terça-feira

Termina na próxima terça-feira (9) o prazo de matrícula para os estudantes que foram selecionados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Os estudantes devem ficar atentos ao local e horário marcado pelas instituições que fizeram a convocação. Se perder esse prazo, os alunos que foram selecionados pela nota que obtiveram no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), perdem também a vaga.

As informações sobre a seleção da segunda chamada foram divulgadas no último dia 1º e podem ser conferidas no site do programa. Essa é a segunda edição do ano do Sisu. Mais de 788 mil pessoas se inscreveram para disputar vagas em uma das 54 instituições públicas de ensino superior integradas ao sistema.

Foram oferecidas 39,7 mil vagas em 1.179 cursos. As matrículas de candidatos selecionados na primeira chamada terminou no dia 25 de julho. Os estudantes puderam fazer até duas opções de curso, por isso, o número de inscrições superou 1,5 milhão. Mais de 653 mil inscrições foram feitas no Nordeste, o que corresponde a 42,7% do total. A segunda região com o maior volume de inscrições foi o Sudeste, com 628,7 mil registros (41,2%).

Os estudantes que não forem convocados em nenhuma das chamadas podem entrar na lista de espera até o dia 12 de julho. O candidato deve acessar o site do Sisu e, no boletim, clicar no botão que confirma o interesse em participar da lista de espera. As convocações da lista de espera começam no dia 17, caso haja vaga não preenchida.

(Agência Brasil)