Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Índice do aluguel sobe para 5,66%

“O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) encerrou janeiro com alta acumulada de 5,66%, ante uma variação em dezembro de 5,51%, puxada, principalmente, por um avanço dos preços no setor da construção civil. No entanto, entre dezembro e janeiro, houve leve recuo no ritmo de correções com o IGP-M passando de 0,60% para 0,48%.

O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da fundação Getulio Vargas (FGV) é calculado mensalmente pela FGV e é divulgado no final de cada mês de referência. Os dados mostram  que de janeiro de 2013 a igual mês deste ano, apenas um dos três componentes do IGP-M teve elevação acima da média: o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) com aumento de 8,39%. Neste índice, são levados em conta as variações de preços de materiais, equipamentos e serviços bem como da mão de obra.”

(Agência Brasil)

Cúpula do Pros cobra participação de Cid e Ciro no debate sobre reforma ministerial

142 1

A cúpula do Pros cobrou na quarta-feira (29) do governador Cid Gomes (Ceará) participação na discussão sobre a reforma ministerial da presidente Dilma Rousseff. A reação ocorre após congressistas ouvirem de interlocutores do Planalto que o Pros seria contemplado na mudança no primeiro escalão do governo com a indicação feita pelos irmãos Gomes. Aliados de Dilma, o governador e Ciro Gomes, atual secretário de Saúde do governo do Ceará, abandonaram o PSB no ano passado depois do partido decidir lançar Eduardo Campos à Presidência.

Numa reunião na sede do partido em Brasília, líderes do Pros pediram maior debate sobre o espaço do Pros na Esplanada. “Nós chamamos o Cid para tentar afinar o discurso. Estão dizendo que [ministério] é do Pros, mas indicado pelos Gomes”, afirmou o líder do Pros na Câmara, Givaldo Carimbão (AL). “Quando a Dilma chamar [para discutir a reforma], a gente coloca o nome”, completou.

(Folha de S.Paulo – Márcio Falcão)

Presidente do PP indicar novo titular do Ministério das Cidades

Essa é da Coluna Radar, da Veja Online:

Quem indicará para Dilma o nome do novo ministro das Cidades será o presidente do PP.

A frase é do próprio comandante do partido, Ciro Nogueira, que deve ser chamado por Dilma Rousseff para conversar amanhã ou sexta-feira.

Ciro diz que qualquer nome que tenha sido indicado a Dilma não é para ser levado a sério: “É lobby. Quem indicará sou eu e não abro mão disso.”

Dívida Pública federal bate recorde em 2013

“Influenciada pelas emissões para ajudar bancos oficiais, a Dívida Pública Federal (DPF) cresceu 5,8% em 2013 e fechou o ano em nível recorde. De acordo com dados divulgados hoje (29) pelo secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, a DPF fechou o mês passado em R$ 2,123 trilhões, com alta de R$ 11,6 bilhões em relação ao estoque registrado no fim de 2012. Apenas em relação a novembro, o aumento correspondeu a 2,58%.

Em dezembro, a dívida pública mobiliária – em títulos públicos – interna subiu 2,83%, passando de R$ 1,972 trilhão em novembro para R$ 2,028 trilhões no mês passado. Isso ocorreu porque, em dezembro, o Tesouro emitiu R$ 37,2 bilhões em títulos a mais do que resgatou. Além disso, reconheceu R$ 18,75 bilhões em juros. O reconhecimento ocorre porque a correção que o Tesouro se compromete a pagar aos investidores é incorporada gradualmente ao valor devido.

A dívida pública externa, no entanto, caminhou na direção oposta e caiu 2,61% de novembro para dezembro, de R$ 97,22 bilhões para R$ 94,68 bilhões. A queda ocorreu apesar da alta de 0,76% do dólar no mês passado.

Esse foi o terceiro mês consecutivo em que a DPF ultrapassou o nível de R$ 2 trilhões. Em dezembro do ano passado, o estoque havia ficado acima desse valor, mas caiu nos meses seguintes e oscilou em torno de R$ 1,9 trilhão durante boa parte do ano. Mesmo assim, o estoque da Dívida Pública Federal encerrou 2013 dentro da faixa de R$ 2,1 trilhões a R$ 2,24 trilhões estabelecida pelo Plano Anual de Financiamento (PAF).”

(Agência Brasil)

Consumo de gás natural cresceu 17,8% no País em 2013

“O consumo de gás natural no país cresceu 17,8% em 2013 comparado aos 12 meses de 2012, com a média diária de consumo passando de 57 milhões para 67,2 milhões de metros cúbicos (m³). Os dados foram divulgados hoje (29) pela Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado (Abegás) com base em estudos que apontam que o crescimento foi puxado, principalmente, pelo segmento de geração elétrica, que chegou a subir 64,5% entre um ano e outro.

Com a alta, o segmento já ocupa a segunda posição no ranking dos maiores consumidores, com diferença de 6,5% em relação ao consumo industrial, setor que continua na liderança do consumo do produto.O segmento que mais aumentou a participação no volume nacional foi o de geração elétrica. Sem considerar o crescimento do setor elétrico, o consumo de gás natural em 2013 registrou retração de 0,4%, indicando estabilidade na demanda do mercado não térmico. Na avaliação da Abegás, o mercado não térmico está altamente dependente do mercado térmico.”

(Agência Brasil)

MDS promove seminário em comemoração aos 10 anos de programa social

No Ano Internacional da Agricultura Familiar (2014), o governo federal vai comemorar os 10 anos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Para celebrar, segundo a assessoria de imprensa do MDS, haverá um seminário internacional. O evento ocorrerá no próximo dia 4, em Brasília, e irá reunir comitivas de oito países da América Latina e cinco da África, além de parceiros, representantes de organizações internacionais, agricultores e autoridades em segurança alimentar e nutricional.  
A ministra Tereza Campello (MDS) e o ministro Pepe Vargas (MDA) estarão presentes nesse seminário, que também exibirá vídeos com as falas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o brasileiro José Graziano da Silva. Ao final do evento, os convidados serão brindados com um coquetel elaborado pela c hef de cozinha carioca Tereza Corção, famosa por cozinhar com alimentos orgânicos cultivados por agricultores familiares. Os quitutes oferecidos serão à base de inhame produzido no município de Viçosa (AL), pela agricultora Luciene da Silva Santos e sua família.

Inácio fará prestação de contas sob olhares da cúpula do PCdoB e sonhando com reeleição

328 2

lucianasantos

A deputada federal Luciana Santos, vice-presidente nacional do PCdoB, estará nesta quinta-feira em Fortaleza. Ela vem participar do ato de prestação de contas que o senador Inácio Arruda (PCdoB) fará dos seus sete anos de mandato como senador. O ato ocorrerá a partir das 19h30min, no Mercado dos Pinhões.

Luciana e vários outros parlamentares,  além de lideranças populares e sindicais, eleitores e amigos prestigiarão o evento, segundo informa para o Blog a assessoria de imprensa do PCdoB.

Inácio vai apresentar as ações e projetos realizados durante seu mandato mas, principalmente, dar maior visibilidade a um sonho seu: tentar a reeleição.

Eunício conversa com Lula até 6ª feira

eunicioliveira

O senador Eunício Oliveira (PMDB) terá conversa com o ex-presidente Lula até sexta-feira, em São Paulo. Hora de discutir sucessão  estadual, informa sua assessoria.

Uma certeza: Eunício vai dizer que quer mesmo ser candidato a governador com apoio do PT e chancela do governador Cid Gomes (Pros).

Há peemedebistas próximos a Eunício Oliveira garantindo que ele pode disputar até sem o apoio de Cid Gomes.

Será? Vamos aguardar os prazos eleitorais.

Augusto Borges lança livro nesta 5ª feira

augustoborgesd

O radialista Augusto Borges, que comemora 64 anos de carreira, lançará nesta quinta-feira, a partir das 19 horas, no Iate Clube, o livro “Então Eu Conto”. Conhecido atualmente como o comunicador mais antigo vivo e trabalhando, ele apresenta em 475 páginas um pouco de sua trajetória no rádio e na televisão, o que se confunde com a história da radiodifusão no Estado.

Augusto Borges relembra grandes momentos vividos, entre casos, fatos, coisas, estórias (que até se tornaram histórias) no decorrer de mais de seis décadas. Claro que fala do padrinho Paulo Cabral, diretor da pioneira Ceará Rádio Clube, empresa na qual iniciou sua vida profissional no fim da década de 1940, quando se submeteu a realizar o primeiro teste, lendo alguns textos publicitários.

“Nem vara verde tremia tanto quanto eu.”, diz Augusto sobre sua primeira experiência com o microfone. O pior, segundo ele mesmo, foi receber o veredito, no qual escutou que ainda não estava pronto para ser locutor, pois sua voz nem era de menino nem de adulto. “Foi um tiro na minha moleira”, diz brincando com o fato.

Depois de fan fest, fan walk, agora querem o fan protest

Essa é do Blog de Ilimar Franco, do O Globo:

O governo pode criar áreas delimitadas para a realização de protestos na Copa. A proposta foi levada à presidente Dilma pelo Ministério da Defesa. E será um dos temas da reunião de amanhã no Planalto.

Integrantes do governo justificam: não há tempo para suprir o despreparo da polícia nem há espaço para dissuadir os manifestantes. O “Fan Protest” não terá telão nem o glamour das “Fan Fest”.

TV O POVO é finalista de prêmio de jornalismo da Sociedade Brasileira de Urologia

tvopovo

A TV O POVO, mais uma vez, é finalista de um prêmio nacional de Jornalismo. Trata-se do prêmio “A sexualidade do brasileiro nas entrelinhas”, uma promoção da Pfizer e da Sociedade Brasileira de Urologia.

Mirelle Costa, Marina Alcântara, Emanuel Bruno Nogueira, Cesar Ceppi, Fabrício Araújo e José Valdenor são os autores da matéria “Disfunção erétil pelo olhar do casal”.

Dessa vez, é a fase eliminatória, que ocorre na forma de voto popular. Quem quiser votar, é só clicar aqui e preencher os dados: http://www.premiosexualidade.com.br/juriPopular.aspx

CNI faz sondagem que aponta desaquecimento na indústria da construção civil

“Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta desaquecimento em diversos indicadores de atividade da indústria da construção. Entre os obstáculos para o setor está a dificuldade de acesso ao crédito. De acordo com a Sondagem Indústria da Construção divulgada hoje (29), o nível de atividade da indústria da construção brasileira alcançou 44,5 pontos e o número de empregados no setor ficou em 45,2 pontos no último mês de dezembro. Esses indicadores podem variar de 0 a 100 pontos. Pontuações inferiores a 50 pontos são consideradas retração.

Com o desempenho retraído, a utilização da capacidade de operação das empresas – variável que mede o percentual do volume de recursos utilizado no mês , mão de obra e maquinário – diminuiu de 70% em novembro para 69% em dezembro. É, de acordo com a entidade, a segunda queda consecutiva do indicador e o pior desempenho do setor desde 2010.

Quadro financeiro

A situação financeira, no entanto, foi considerada satisfatória no quarto trimestre, apesar de levemente abaixo dos 50 pontos, com 49,8 pontos. Há também otimismo com o futuro. Em janeiro, o indicador de expectativas para os próximos seis meses, em relação ao nível de atividade, ficou em 57,7 pontos, e o de expectativa com referência a novos empreendimentos e serviços atingiu 58,4 pontos. Melhoraram, também, as perspectivas sobre a compra de insumos e matérias-primas (56,6 pontos) e de evolução do número de empregados (56,6 pontos).

O indicador de acesso ao crédito fechou o quarto trimestre em 41,9 pontos, revelando dificuldade de obtenção de financiamentos. Na média anual, esse indicador ficou em 43,2 pontos, índice menor do que os 47,6 pontos de 2012 e os 50,4 pontos de 2010.

Outro ponto de insatisfação do empresariado foi a margem de lucro operacional que, no quarto trimestre, ficou em 46,6 pontos. No mesmo período, o indicador de preço dos insumos e matérias-primas alcançou 60,7 pontos, revelando aumento. A pesquisa aponta, como principais problemas, a elevada carga tributária (48,2% das respostas), a falta de trabalhador qualificado (44,5%) e o alto custo da mão de obra (25%).

A Sondagem Indústria da Construção foi feita entre os dias 6 e 16 de janeiro. Foram ouvidas 463 empresas. Destas, 144 de pequeno porte, 203 de médio porte e 116 de grande porte.”

(Agência Brasil)

Arena Castelão ganha certificação de sustentabilidade

arenacastelao

A Arena Castelão foi citada, nesta quarta-feira, no site da FIFA como exemplo de sustentabilidade. O estádio ganhou o certificado LEED, elaborado nos EUA, por apresentar técnicas de apoio ao meio ambiente na obra. Aparece como a única arena de Copa do Mundo a ter esse certificado.
O secretário extraordinário da Copa, Ferruccio Feitosa, vai apresentar o certificado à imprensa e outras ações de sustentabilidade na próxima semana.
* Confira no site da FIFA
 

Txa de desemprego em Fortaleza recuou em 2013, segundo o Dieese

A taxa de desemprego ficou, praticamente, estável ao longo do ano passado, ao atingir 10,3% ante 10,4%, em 2012, no conjunto das seis regiões metropolitanas abrangidas pela Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), a cargo da Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Fundação Seade) e Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O total de desempregados foi estimado em 2,148 milhões de pessoas, o que significa 3 mil a menos em relação ao ano anterior (variação negativa de 0,1%). O nível de ocupação oscilou em 0,4% com a criação, no período, de 78 mil vagas, número acima da quantidade de novos concorrentes a uma das vagas (75 mil), o que permitiu uma diminuição de 3 mil no volume de desempregados.

A taxa de desemprego teve comportamento diferenciado de acordo com a região. Houve recuo em Fortaleza (de 8,9% para 8%); em Porto Alegre (de 7% para 6,4%) e São Paulo (de 10,9% para 10,4%. Nas três restantes ocorreram avanços: Recife ( de 12% para 13%); Salvador ( de 17,7% para 18,3% e Belo Horizonte ( de 5,1% para 6,9%). Os setores que mais geraram postos de trabalho foram o comércio e reparação de veículos automotores e motocicletas com a abertura de 88 mil vagas, alta de 2,5%, seguida do setor de construção com 17 mil ofertas, aumento de 1,2%; serviços com 6 mil, o que representou estabilidade e indústria de transformação que cortou 33 mil vagas, uma queda de 1,1%.

Unesco – Taxa mundial de analfabetismo entre adultos cai 1% em 11 anos

“Entre 2000 e 2011, a taxa de analfabetismo mundial entre adultos caiu 1%. O número de adultos analfabetos em 2011 era 774 milhões e a projeção é que até 2015 esse número caia para 743 milhões. Os dados são do 11° Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, divulgado hoje (29) pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

Segundo o documento, dez países respondem por 72% da população mundial de analfabetos, entre eles o Brasil, a Índia, China e Etiópia. Dados de 2011 mostram que no ranking dos dez países com o maior número de adultos analfabetos, o Brasil ocupa a oitava posição.

A taxa de analfabetismo entre pessoas com 15 anos ou mais no Brasil é 8,6%, totalizando 12,9 milhões de brasileiros, de acordo com dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011. Para cumprir o compromisso assumido no Acordo de Dacar (Senegal), o Brasil deve chegar a 2015 com taxa de analfabetismo de 6,7%.”

(Agência Brasil)

Secretário alerta: termina sexta-feira o prazo de adesão ao Garantia Safra

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=muFysY7dTBk[/youtube]

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Ceará, Nelson Martins, confirmou, nesta quarta-feira, remanejamento de recursos do Projeto São José III na ordem de US$ 30 milhões para projetos de abastecimento d’água. A ordem é enfrentar a seca braba do Interior. Ele viajou para Brasília nesta madrugada, onde tratará da burocracia desse remanejamento financeiro.

Na agenda de Nelson Martins, também audiência no Ministério da Integração Nacional sobre o Projeto “Água para Todos”.

O secretario do Desenvolvimento Agrário  aproveitou para lembrar aos agricultores atingidos pela estiagem: termina sexta-feira o prazo para adesão ao Programa Garantia Safra, que assegura ajuda de R$ 850,00 em cinco parcelas.

Banco do Brasil financia projetos voltados para a acessibilidade

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quarta-feira:
O Banco do Brasil (BB) está com uma linha de crédito especial voltada para acessibilidade. O banco financiará projetos arquitetônicos, reforma e material de construção, com o objetivo de adaptação de imóvel residencial para pessoas com deficiência. A portaria número 604, publicada no final do ano passado, prevê também o empréstimo para a compra de cadeira elevadora para domicílios, cadeira de rodas anfíbia, cadeira de roda escaladora, coletes ortopédicos e cama hospitalar.
A iniciativa é parte do Plano Nacional da Pessoa com Deficiência, do Governo Federal. O valor máximo de financiamento é de R$ 15 mil para projetos arquitetônicos, R$ 10 mil para serviços de mão de obra e R$ 15 mil para material de construção. Um bom negócio se não tiver o dedo eleitoreiro em época de sucessão presidencial.

Missa lembrará primeiro ano de saudade do Padre Haroldo Coelho

padreharoldo

Neste sábado, o primeiro aniversário da morte de Padre Haroldo Coelho será lembrado com missa. A partir das 17h30min, na Paróquia de São Francisco (Bairro Jacarecanga). O ato litúrgico será concelebrada pelo padre Marco Passerini.

Padre Haroldo, bom lembrar, sempre marcou sua trajetória não apenas no campo religioso, como na política partidária. Em 1986, foi candidato a governador pelo PT. Morreu como militante do PSOL.  

 

Sisu 2014 – Mais de 2,3 milhões de candidatos

“Na manhã de hoje (10), último dia de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), o número de candidatos chegou a 2.316.938, segundo balanço do Ministério da Educação com registros feitos até as 10 horas. O prazo para que os estudantes concorram a uma vaga na educação superior pública por meio do Sisu será encerrado às 23h59 de hoje. O balanço do MEC mostra que cerca de 46% dos 5 milhões de estudantes que fizeram o Enem de 2013 já se inscreveram no Sisu. Pode concorrer às vagas do Sisu quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e não tirou 0 na redação.

Ao se inscrever no site do Sisu, o candidato pode marcar duas opções de curso, por ordem de preferência e, até o encerramento do prazo, pode modificar as opções de curso. Na primeira edição deste ano, o sistema oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de educação superior.

Na reta final de inscrições, professores dão dicas de como aproveitar melhor o Sisu, indicando que é importante escolher um curso com o qual se tenha afinidade para não correr o risco de abandoná-lo futuramente. Lembram ainda que, quem não conseguir a vaga desejada, mesmo na segunda chamada, ainda poderá participar da segunda edição anual do Sisu, no próximo semestre.”

(Agência Brasil)