Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

XIII Feira da Música 2014 – Lançamento ocorrerá nesta 4ª feira

ffffff

A XIII Feira da Música será lançada às 10 horas desta quarta-feira, com programação que se estenderá até sexta-feira, no Dragão do Mar.

Nessa fase, cursos e oficinas para formação de técnicos na área do entretenimento ocorrerão com a participação de especialistas de renome nacional.

A Feira da Música ocorrerá mesmo de 8 a 11 de outubro próximo, também no Dragão.

FA7 promove palestra sobre Gestão de Projetos

O Instituto FA7 promoverá, a partir das 19 horas desta segunda-feira, uma palestra sobre o tema “Gestão e Gerência de Projetos: um enfoque de crescimento pessoal e organizacional”. O conferencista é Ricardo Soares, consultor e coach empresarial atuante em grandes empresas como Petrobras, Queiroz Galvão, Shell do Brasil, entre outras.

O evento faz parte da programação que marca o início da próxima turma do MBA Gestão de Projetos da Instituição, com aulas começando já no próximo dia 22.

A palestra será realizada no Instituto FA7, com entrada gratuita.

Camilo Santana vai ao CIC expor propostas

camilo guaiúba

O candidato a governador pelo PT/Pros, Camilo Santana, é o convidado desta segunda-feira do ciclo de debates promovido pelo Centro Industrial do Ceará (CIC). O ciclo ocorrerá a partir das 18h30min, no auditório do quinto andar da sede da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec).

Atendendo a convite do presidente do CIC, José Dias de Vasconcelos Filho, Camilo vai expor suas propostas para a área industrial principalmente e ouvir também sugestões do empresariado.

“É tradição da entidade em realizar esse tipo de encontro político como forma de contribuir para a discussão de planos de governo e ações políticas”, diz o presidente do Centro Industrial do Ceará.

(Foto – Divulgação)

Vem aí o XV Festival do Escargot e Frutos do Mar

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=2-0q4nynwkM[/youtube]

Vem aí o XV Festival de Escargot e Frutos do Mar. Na praia da Taíba (São Gonçalo do Amarante), de 29 a 31 deste mês, com gastronomia variada, oficinas de culinária e shows como os de Marina Lima e Lenine.

O secretário municipal do Turismo, Marcus Borges, em conversa com o Blog, deu todos os detalhes do evento.

Anvisa baixa resolução suspendendo venda de lote de medicamento para verminose

“Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (18) no Diário Oficial da União suspende a distribuição, o comércio e uso, em todo o território nacional, do lote 130886 (val.: 08/2015) do produto Mebendazol 20mg/ml, suspensão oral 30ml, fabricado pela empresa Mariol Industrial Ltda.

De acordo com o texto, laudo emitido pelo Instituto Adolfo Lutz apontou resultado insatisfatório no ensaio de aspecto, no qual foi constatada a presença de grumos e sedimentos depositados. A Anvisa determinou ainda que a empresa promova o recolhimento das unidades existentes no mercado relativas ao lote.

Por meio de nota, a empresa Mariol Industrial Ltda informou que, em alguns lotes do produto Mebendazol 20mg/ml, foi identificada uma suspensão não homogênea, com grumos e sedimentos depositados no fundo do frasco após agitação. Ainda segundo o fabricante, foi aberto processo de investigação e o medicamento teve sua produção temporariamente suspensa.”

(Agência Brasil)

 

CE-085 vai ser prolongada até Trairi

bismarckma

A Secretaria do Turismo do Estado fez mudança e lançou edital de licitação para o prolongamento da CE-085. A obra iria só até Paracuru, mas, agora, vai se estender até Trairi, município também situado no Litoral Oeste.

A informação é do secretário estadual do Turismo, Bismarck Maia. Ele não adiantou valores. Observou, no entanto, que essa medida, bem recebida por empresários que operam com hotéis e pousadas na região, deverá reforçar ainda mais a condição do Ceará nessa área do turismo nos planos regional e nacional.

Eduardo Campos e as muitas lições de sua partida

Com o título “As lições de uma comoção nacional”, eis o Editoral do O POVO desta segunda-feira. Aborda as muitas lições que podem ser tiradas da morte de Eduardo Campos. Confira: 

A comoção nacional gerada pela tragédia que ceifou a vida do ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência da República, Eduardo Campos, bem como de seus assessores, e de dois pilotos na queda de uma aeronave em Santos, são momentos únicos na história que deveriam servir para se tirar lições profundas. No caso específico, como se viu ontem por ocasião do velório e enterro de Campos, em Recife, o episódio mostrou a devoção popular por um político jovem, mas já tão admirado pelo povo do estado o qual governou por dois mandatos.

E qual a grande reflexão que pode ser feita disso, se não a possibilidade de ainda se acreditar na força dos bons propósitos no âmbito da política como instrumento de transformação social? Campos, nesse sentido, independente de se entrar no mérito de suas propostas para governar o país, possuía um lastro considerável de serviços prestados a Pernambuco, como atestaram as pesquisas de opinião. Não há como negar, portanto, suas qualidades de gestor público.

Em contraposição, o país vivencia o período de campanha eleitoral para a presidência da República, governadores de estados e casas legislativas, sem que a mesma tenha ainda conseguido empolgar o eleitorado. Não em vista dos candidatos individualmente, mas por profunda descrença dos eleitores em relação a classe política de um modo geral. O que se viu nos últimos dias pós morte de Eduardo Campos, mas ontem, principalmente, é que esse desinteresse não acontece em vista do eleitor. Muito ao contrário, este se mostra grato aos homens públicos, desde que estes lhes sejam confiáveis.

Por outro lado, os gestos de solidariedade e respeito externados por adversários políticos diante do caixão de Eduardo Campos, são simbólicos e reveladores de que as brigas entre grupos políticos pelo poder não passam de pequenos grãos de areia frente ao desejo maior dos que serão por estes governados. Resta esperar que os verdadeiros vocacionados para servir ao povo saibam tirar lições do episódio.

STJ nega pedido de habeas corpus ajuizado em favor de mexicanos

O ministro do Superior Tribunal de Justiça , Sebastião Reis Júnior, indeferiu o pedido de habeas corpus que havia sido ajuizado em favor dos mexicanos Sergio Israel Eguren Cornejo, Mateo Codinas Velten Rafael, Rafael Miguel Medina Pederzini e Angel Rimak Eguren Cornejo. Eles são acusados de espancar dois advogados em Fortaleza, no dia 29 de junho deste ano. A decisão do STJ data do último dia 7.

O magistrado argumentou inexistência de constrangimento ilegal na prisão deles e disse que o pedido liminar se confunde com o próprio mérito do caso. Ele afirmou ainda que a gravidade do delito, comprovada pelos laudos, é capaz de embasar a prisão preventiva para a garantia da ordem pública.

Nesta manhã de segunda-feira, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará estará julgando o mérito do habeas corpus. Cabe ressaltar que o juiz Antônio José de Norões Ramos já havia designado para a próxima sexta-feira (22) os interrogatórios dos réus e o julgamento do processo. A audiência está marcada para as 14 horas, na 2ª Vara Criminal, no Fórum Clóvis Beviláqua.

O MP, através do promotor de Justiça Pedro Olímpio Monteiro Filho, havia ingressado com uma denúncia-crime contra os quatro mexicanos no dia 9 de julho. Eles são acusados de lesão corporal grave, lesão corporal leve e constrangimento ilegal, violando os Artigos 69, 129 e 146 do Código Penal. Eles haviam sido presos em flagrante e, no dia 3 de julho, o MP formalizou o pedido de conversão da prisão em flagrante para prisão preventiva.

(Com STJ e MP-CE)

Mercado financeiro reduz novamente projeção do crescimento da economia neste ano

“Analistas do mercado financeiro esperam por crescimento da economia cada vez menor. Pela 12ª semana seguida, houve redução na estimativa para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país. Desta vez, a projeção passou de 0,81% para 0,79%. Essa é a mediana das expectativas (desconsidera os extremos nas projeções) de instituições financeiras consultadas todas as semanas pelo Banco Central (BC) sobre os principais indicadores econômicos.

Para 2015, a projeção para o crescimento do PIB segue em 1,2%. Para a produção industrial, a expectativa é de retração este ano, com projeção em 1,76%. Na semana passada, a estimativa de queda era 1,53%. No próximo ano, deve haver recuperação da produção industrial, com crescimento estimado em 1,7%.

Na última sexta-feira, o BC informou que a atividade econômica apresentou queda de 1,2% no segundo trimestre do ano, comparado com o período de janeiro a março deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) é uma forma de avaliar a tendência do desempenho econômico. No final deste mês, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vai divulgar o resultado do PIB do segundo trimestre do ano.”

(Agência Brasil)

Prêmio do Iphan vem para trabalho do Ceará

gilmarcde

O professor, jornalista e pesquisador Gilmar de Carvalho e o fotógrafo Francisco de Sousa acabam de ganhar o Prêmio Rodrigo Franco, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Eles venceram com o trabalho de pesquisa itinerante sobre rabequeiros do Nordeste e que teve início com o livro “Rabecas do Ceará”, lançado em 2009.

TCM recebe visita de técnicos do Pará e do Amapá

O Tribunal de Contas dos Municípios recebeu a visita de delegações técnicas dos tribunais de contas do Amapá e dos municípios do Pará. Aqui, vieram conhecer assuntos específicos, buscando, assim, melhorias em suas atribuições. Os técnicos do TCM-PA, Rogério Rivelino Machado Gomes, Felipe Fernandes de Souza, Marcus Antonio de Souza e Aristides Pinheiro Gomes, se reuniram com o diretor de fiscalização do TCM-CE, Zivaldo Junior, com a Ouvidora Telma Escóssio, e com a diretora de assistência técnica e planejamento, Danielle Jucá. O interesse principal foi conhecer o sistema de envio de contas municipais ao TCM-CE, processo que, a partir deste ano, passou a ser realizado apenas por meio eletrônico.

Na visita também receberam detalhes sobre o SIM- Sistema de Informações Municipais, desenvolvido pela corte de contas cearense. Foram apresentados o roteiro contábil, o layout do sistema de análise, a prestação de contas eletrônica e a metodologia de análise das contas. O sistema de prestação de contas da instituição paraense está em fase de estruturação.

O TCM-CE recebeu, ainda, a presidente do TCE-AP, Maria Elizabeth Cavalcante de Azevedo Picanço, o conselheiro substituto Pedro Aurélio, e o secretário geral, Damilton Barbosa, que se interessaram pela estrutura e funcionamento do Diário Eletrônico do TCM-CE, com vistas à implantação de algo semelhante no Estado que representam.

(Com TCM)

Caso André Vargas – Reunião do Conselho de Ética pode ser esvaziada

brasil-camara-deputado-andre-vargas-20140407-15-460x258

“Ricardo Izar está convicto de que André Vargas anda articulando como pode para não haver quórum na sessão de quarta-feira do Conselho de Ética, quando será votado o relatório de Julio Delgado pedindo a cassação do amigo de Alberto Youssef.

São necessários pelo menos onze deputados para haver votação. Até sexta-feira, apenas oito dos 21 integrantes do colegiado haviam confirmado presença: Julio Delgado, Marcos Rogério, Izalci, Rosane Ferreira, Cesar Colnago, Fábio Trad, Mendonça Filho e José Carlos Araújo.

Na quarta-feira dará para ter uma ideia de quem Vargas conseguiu convencer a não dar as caras.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

As eleições e o legado de Eduardo Campos

156 1

Com o título “Uma solidão coletiva”, eis artigo do publicitário e escritor Ricardo Alcântara. Ele analisa o cenário pós-morte de Eduardo Campos e o impacto para a Rede de Sustentabilidade.

Como costumava dizer Ulisses Guimarães, “sua excelência, os fatos”: nenhum governador se reelege com 82 por cento dos votos em um estado tão politizado e dividido como Pernambuco se não for ele um gestor muito acima da média. Tal confiança não foi construída com artifícios verbais, mas com a tessitura paciente de convergências sustentadas por atos que recuperaram a autoestima dos pernambucanos com conquistas acima da média nacional em vários aspectos. Exemplo mais expressivo: no estado mais violento do país, um programa de cooperação entre governo e comunidade reduziu em 40% as ocorrências, prova de que o terror social não é uma fatalidade com a qual devemos nos habituar.

A estupidez com que cessou sua trajetória política cobriu Pernambuco de um luto nunca visto e nos abalou muito, a nós que, na Rede Sustentabilidade e no PSB, nos organizávamos para apoiá-lo. Não está sendo nada fácil.

Estávamos conscientes das dificuldades que enfrentaríamos: um reduzido espaço de exposição na mídia eleitoral dificultaria a tarefa de desativar o potencial de polarização entre tucanos e petistas. Preparávamo-nos para uma batalha difícil. Mas ser a parte imponderável do cenário, antes de nos abater, nos dava a condição de atrair para nossa campanha uma atmosfera de descontração e generosidade que, acreditávamos, daria celeridade a um processo cativante de mobilização. Para nós, da Rede Sustentabilidade, perder Eduardo reabriu uma ferida que já cicatrizava: a anulação arbitrária de centenas de milhares de assinaturas que apoiavam a criação do nosso partido. Sentimo-nos, uma vez mais, desafiados.

Nesta noite (escrevo às 23h40 do dia posterior ao acidente fatídico), ainda não sabemos o rumo dado. É certo que decisões estão sendo tomadas, mas não há nada definido. O processo reclama uma pressa à qual o sentimento comum resiste. Organiza nossa determinação a consciência de que a dicotomia cultivada entre petistas e tucanos – que assume feição colérica nas redes sociais – já se descola do interesse mais amplo da sociedade brasileira. A nação não está cindida. Eles, sim.

O legado da candidatura de Eduardo Campos, o que sem dúvida permanecerá, é o desejo de dar materialidade a um esforço de convergência que releve conceitos arcaicos e supere ressentimentos. À nação, não interessa nenhum ajuste de contas. Avançar no resgate da enorme dívida social, qualificar a representatividade real da democracia brasileira, superar os impasses que comprometem o crescimento do país em bases sustentáveis, fazer o Brasil que sabemos possível: forte e pacífico. Era esta a mensagem central do discurso de Eduardo Campos e qualquer que seja a decisão tomada pela aliança partidária que ele construiu não se afastará disso. Ao contrário: na sua indesejada ausência, sua voz se fará ouvir com maior apreço.
________________________________________

* Ricardo Alcântara,

Escritor e publicitário, militante da Rede Sustentabilidade.

Equipe Master embarca para Olimpíada Nacional de História

339 1

vini

Vinicius, professor George Mota, Bismarck e Felipe.

A equipe do Colégio Master Bezerra – Vinicius França, Bismarck Bezerra e Felipe Bezerra, que obteve o primeiro lugar estadual na Olimpíada de História, embarcou, nesta madrugada de sexta-feira, para Campinas (SP).

Ali, ao lado de outras equipes classificadas, participará da etapa nacional da olimpíada na Unicamp.

No embarque deles, familiares e amigos, além de professores. A equipe aborda como tema um pouco da história do regime militar (1964) no País.

(Foto – Paulo MOska)

VAMOS NÓS – Entre os parentes, todo orgulhoso, este blogueiro. Pelo filho Vinicius França.

PV pede adiamento do horário eleitoral, mas TSE não acata

“O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Dias Toffoli, indeferiu pedido apresentado pelo Partido Verde (PV) e seu candidato a presidente, Eduardo Jorge, solicitando o adiamento por três dias da propaganda eleitoral no rádio e na TV, programada para começar na próxima terça-feira (19/8).

O candidato argumentava que o tribunal deveria, em razão do acidente aéreo que matou o candidato a presidente Eduardo Campos (PSB) e parte de sua equipe, conceder um período para que a família do presidenciável e das outras vítimas da tragédia pudessem se recuperar.

Toffoli negou o pedido alegando que o adiamento não pode ocorrer por vontade de um candidato.”

(Com informações do jornal O Globo)

Fortaleza viaja em clima de confiança para enfrentar o vice-líder Cuiabá

181 2

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=827TdKNUk6s[/youtube]

O time do Fortaleza embarcou, nesta manhã de sexta-feira, para enfrentar o Cuiabá, em partida válida pela Série C, do Brasileirão. A equipe, que tem escala em São Paulo, deverá fazer um alongamento ainda no hotel, de acordo com o técnico Marcelo Chamusca, satisfeito por não ter problemas para escalar o “Leão”.

O Fortaleza, líder em sua chave, até que tomou um pequeno susto: o lateral-esquerdo Fernandinho teve um probleminha já solucionado nessa noite de quinta-feira, como ele informou para o Blog, adiantando estar otimista quanto ao jogo em Cuiabá (MT).

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=DDJemnPiAuM[/youtube]

O técnico Marcelo Chamusca não quis dar entrevista. Ele chegou em cima da hora do voo e aproveitou para fazer um lanche rápido. Chamusca disse só define a escalação do time antes da partida, que terá Marcelinho Paraíba, outro que não deu entrevista. Quem também conversar com o Blog foi o zagueiro Genilson. 

O time do Fortaleza deve retornar à Capital cearense na tarde deste domingo. O grupo de jogadores e o técnico Chamusca fizeram questão de mostrar confiança como expõem estas fotos de Paulo MOska:

fiortaleza

Pose com torcedora ainda no aeroporto.

chamusca

Chamusca: A ordem é trazer resultado positivo.

Luizianne Lins vai ao Recife e se solidariza com família de Eduardo Campos

nne

A ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), esteve, na tarde desta quinta-feira, abraçando a família de Eduardo Campos no bairro Dois Unidos. Bastante emocionada, ela disse que o Brasil perdeu um líder em ascensão.

“Como o Brasil todo, estou extremamente chocada. Eduardo era uma pessoa encantadora, alegre. Fará uma grande falta ao País”, disse.

Luizianne acrescentou que se não fosse o acidente, um dia após a entrevista ao Jornal Nacional, onde, segundo ela, se saiu muito bem, sua tendência era crescer ao longo da campanha.

“Achei sua entrevista brilhante e no Ceará a tendência era do crescimento de sua candidatura, porque ele encarnava o sentimento do povo”, afirmou.

(Blog do Magno Martins)

DETALHE – Eduardo Campos chegou a convidar Luizianne para que se filiasse ao PSB e disputasse o Governo do Ceará. Ela preferiu  permanecer no PT, onde disputa cadeira de deputada federal.

Justiça vai julgar na 2ª feira pedido de habeas corpus de mexicanos

“A 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) realizará sessão extraordinária nesta segunda-feira. Na pauta de julgamentos estará o habeas corpus dos mexicanos Sérgio Israel Eguren Cornejo, Mateo Codinas Velten, Rafael Miguel Medina Pederzini e Angel Rimak Eguren Cornejo, presos sob a acusação de lesão corporal grave contra advogado em Fortaleza.

Os trabalhos terão início às 9h, no Palácio da Justiça, no bairro Cambeba. O órgão julgador é composto pelos desembargadores Francisco Pedrosa Teixeira (presidente), Paulo Camelo Timbó, Maria Edna Martins e Mário Parente Teófilo Neto. Além de habeas corpus, também serão apreciados apelações, recursos em sentido estrito, entre outros processos de pauta.”

(Site do TJ-CE)

Seminário discute avanço das terceirizações no setor público

“A flexibilização dos contratos de trabalho por meio da terceirização é o tema de um seminário que se estenderá até esta sexta-feira, no Ministério Público do Distrito Federal, e que reúne centrais sindicais, associações profissionais, integrantes do Poder Judiciário e a Universidade de Brasília. Os participantes avaliam como danosa a contratação de profissionais por meio de empresas terceirizadas e temem a ampliação desse tipo de vínculo trabalhista, o que está em discussão no Congresso Nacional e no Supremo Tribunal Federal.

O juiz da Corte Interamericana de Direitos Humanos, Roberto Caldas, citou práticas que têm sido verificadas, em casos de terceirizações, e avaliou que elas provocam violações de direitos. Ele apontou, por exemplo, que, no setor elétrico brasileiro, a cada 100 mil empregados contratados diretamente pelas empresas para as quais prestam serviço, 15 morrem. O número de mortos aumenta para 33, no caso de terceirizados. Eles também sofrem com maior rotatividade no emprego e menos incentivo à qualificação, de acordo com o juiz.

Caldas defende que a prática da terceirização fere o que está escrito na Declaração Universal dos Direitos Humanos, bem como em resoluções da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que estabelece o trabalho como direito. Para ele, esse tipo de contrato é uma estratégia de redução de custos de empresas. Ele também associou a prática à exploração do trabalho em regime similar ao da escravidão, conforme constataram operações do Ministério Público do Trabalho. “Nove em dez operações de resgate de trabalhadores nessas condições envolveram empresas que praticavam terceirizações”, disse.”

(Agência Brasil)