Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Prefeito Roberto Cláudio conhece estratégias da campanha pró-reeleição de Dilma

roberto-cláudio

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros) viaja, nesta quinta-feira, para Brasília. Ele atende a um convite da coordenação nacional da campanha pró-reeleição da presidente Dilma Rousseff.

O encontro reunirá vários prefeitos de várias siglas, de todo o País, e discutirá ações e estratégias em favor da campanha dilmista.

O prefeito de Sobral, Clodoveu Arruda (PT), também convocado para o encontro, já seguiu, na madrugada desta quinta-feira, para Brasília.

PSB lamenta a morte do companheiro Ariano

arianosuassuna

Sobre a “viagem” de Ariano Suassuna, um registro do presidente regional do PSB, Sérgio Novais, deixado na barra de comentários deste Blog:

Prezado Eliomar de Lima,

O Partido Socialista Brasileiro do Ceará e de todo o Brasil perdeu uma de suas principais referencias.

Ariano Suassuna foi Secretário de Cultura de Pernambuco no Governo Arraes e, mais recentemente, do Governo Eduardo Campos. Foi eleito em 2011 o Presidente de Honra do PSB nacional.

O Brasil perde um ícone da nossa cultura. Sigamos com seus ensinamentos.

* Sergio Novais,

Presidente do PSB do Ceará e membro da Executiva Nacional do PSB.

BNB e BNDES retomam parceria em programa de incentivo à cultura

nelsonantoiion

Da Coluna Vertical, do O POVO desta quinta-feira:

Uma boa notícia para os agentes e produtores culturais nordestinos. O presidente do Banco do Nordeste, Nelson Antônio de Souza, acertou com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Luciano Coutinho, em reunião realizada no Rio de Janeiro, a retomada do Programa de Cultura Banco do Nordeste/BNDES de Cultura, ainda neste ano. A volta da parceria, suspensa no ano passado, vinha sendo aguardada por muitos que estavam com seus projetos engavetados. Isso quer dizer que virá verba das duas instituições para todos os segmentos das artes. Editais do programa virão logo após a assinatura do convênio, que deve ocorrer até setembro.

 

Charge do Clayton

784 1

arianooo

 

Elogiável o Caderno Especial do O POVO desta quinta-feira, que destaca a trajetória de Ariano Suassuna. Com depoimentos maravilhosos como os de Eleuda Carvalho e Gilmar de Carvalho, num trabalho primoroso no acabamento.

Cantor Byafra é atração no Dragão do Mar

biafra

O cantor e compositor Byafra é a atração desta sexta-feira, a partir das 22 horas, no Centro Dragão do Mar. O show sequencia o Projeto Duetos, comandado pela querida dupla Vevé e Tânia. Byafra cantará sucessos como Helena, Fantasia Real, Vinho Antigo, Aguardente, Seu Nome, Antes Que Eu te Esqueça e, principalmente, Sonho de Ícaro, que marcou gerações.

SERVIÇO 

Abertura Local: Ricardo Black

Horário: 21 horas.

Ingressos: R$ 30,00 (Inteira ) e R$ 15,00 (Meia)

Maiores Informações: (85) 3488.8602.

Supermercado Bompreço é condenado a indenizar funcionário obrigado a imitar macaco

“O Supermercado Bompreço terá que pagar indenização de R$ 50 mil a um ex-funcionário obrigado a imitar macaco, dançar e rebolar na frente dos colegas de trabalho. Os desembargadores da 1ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará consideraram que a empresa assediou o funcionário e deveria ser punida pelo dano moral provocado. A decisão reduz o valor determinado anteriormente pela 3ª vara do Cariri, que era de R$ 160 mil. De acordo com uma testemunha que também trabalha para a rede de supermercados na Região do Cariri, sempre que empregados se atrasavam para as reuniões diárias eram obrigados a “pagar osso”, ou seja, dançar, rebolar e imitar macaco.

Na primeira instância, o juiz do trabalho Carlos Leonardo Carneiro já havia destacado que, por sua repetição, a humilhação caracterizava-se como prática de assédio. “A exposição de seus empregados ao ridículo não se encontra dentre as permissões outorgadas pela legislação aos empregadores”, lembrou.

Além da humilhação, a Justiça do Trabalho também considerou na condenação o fato de a empresa ter perseguido o funcionário após ele depor em outro processo trabalhista movido contra a empresa. E-mails apresentados como prova demonstravam que esse teria sido um dos motivos de sua demissão. Da decisão, cabe recurso.”

(TRT-CE)

Saída de dólares do País supera US$ 4 bilhões em balanço parcial de julho

dolarrrr

“As saídas de dólares do país superaram as entradas em US$ 4,039 bilhões, neste mês, até o último dia 18, de acordo com dados do Banco Central (BC) divulgados hoje (23). Na semana passada, o saldo positivo em US$ 1,388 bilhão não foi suficiente para mudar o resultado negativo parcial do mês.

A maior parte do saldo negativo de julho, até o dia 18, veio do segmento financeiro (investimentos em títulos, remessas de lucros e dividendos ao exterior e investimentos estrangeiros diretos, entre outras operações), com registro de US$ 3,617 bilhões. Já o fluxo comercial (operações de câmbio relacionadas a exportações e importações) apresentou saldo negativo de US$ 422 milhões.

De janeiro até a semana passada, o fluxo cambial está positivo em US$ 108 milhões. Nesse período, o fluxo financeiro registrou saldo negativo de US$ 2,361 bilhões, e o comercial, positivo em US$ 2,468 bilhões.”

(Agência Brasil)

Ex-reitor da UFC e uma justa homenagem

777 2

robertoclaudiobezerr

O ex-reitor da Universidade Federal do Ceará, Roberto Cláudio Frota Bezerra, receberá nesta quarta-feira, à 19 horas, a Medalha Boticário Ferreira. A solenidade ocorrerá no plenário da Câmara Municipal. Entre várias mensagens destacando a figura do ex-reitor, selecionamos esta do professor João Arruda, da UFC, com título “Uma justa homenagem a um ilustre educador”. Confira:

A Câmara Municipal de Fortaleza, em sessão solene, homenageia hoje, com a
comenda Boticário Ferreira, o professor Roberto Cláudio Frota Bezerra,
ex-Reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), por duas gestões
sucessivas. Homenagem das mais justas, ela vem se juntar a mais de uma
dezena de comendas e honrarias já recebidas pelo homenageado, como a
Medalha do Mérito Legislativo da CMF (1995); Medalha da Ordem Nacional do
Mérito Educativo no Grau de Grande Oficial (2002); Troféu Sereia de Ouro
(2002); Medalha do Mérito Industrial da FIEC (2003), Medalha Guimarães
Duque outorgada de forma conjunta pela Associação dos Engenheiros
Agrônomos e CREA-CE ( 2013 ), dentre outras.

O professor Roberto Cláudio tem a sua trajetória profissional dedicada à
educação e à universidade brasileira. Filho do professor Prisco Bezerra,
um dos eméritos fundadores da Universidade Federal do Ceará, ele herdou do
pai o mesmo apego e o mesmo compromisso com a melhoria da qualidade da
educação superior brasileira. A sua história de vida se confunde com a
própria história da UFC, tendo participado de todas as grandes decisões
ali ocorridas, nas últimas quatro décadas.

Graduado em Agronomia em 1968, pela UFC, Roberto Cláudio é Especialista e
Mestre em Estatística pelo Instituto de Matemática e Estatística da
Universidade de São Paulo (IME-USP). Ingressou nos quadros docentes da
UFC, por concurso público, em 1970 e logo se sobressaiu entre os seus
pares. Por sua perspicaz capacidade de articulação, pelo seu grande poder
de liderança e por sua aguda visão de futuro, o professor Roberto Cláudio
logo foi convocado a participar dos destinos administrativos da UFC,
tendo sido nomeado Assessor de Planejamento da Pró-Reitoria de Pesquisa e
Pós-Graduação no quadriênio 1979-83, Pró-Reitor Adjunto de Assuntos
Estudantis no quadriênio 1983-87, Pró-Reitor de Planejamento no período de
1987-91 e eleito Reitor da UFC em dois mandatos sucessivos:
1995-1999/1999-2003.

Como reitor, o professor Roberto Cláudio consolidou na instituição a
cultura da avaliação e da busca continuada da qualidade do ensino e da
pesquisa. Em sua profícua gestão, ele praticamente dobrou o número do
alunato da graduação, partindo de uma base de 11 mil para 20 mil alunos e,
com determinação e ousadia, pois contava com uma notória carência de
recursos financeiros, iniciou a interiorização da UFC, criando, em
parceria com o Governo do Estado e as respectivas Prefeituras, os cursos
de Medicina de Sobral e de Barbalha, dando as bases para a posterior
criação dos campi de Sobral e o da Universidade Federal do Cariri.

Em sua intensa trajetória acadêmica, o professor Roberto Cláudio
participou de importantes missões junto às universidades estrangeiras,
dentre as quais destacamos: Newfoundland,( Canadá); New Hampshire,
Georgia , Harvard, e Arizona,( EUA); Viena,( Austria); Lumière II, em
Lyon, (França); Colônia e Aachen, (Alemanha); Politécnica, Complutense,
Autônoma de Madri, Salamanca e Valadollid, (Espanha); Técnica de Lisboa,
Clássica de Lisboa, Porto, e Minho, (Portugal). Também participou de
missões junto a diferentes instituições Internacionais de pesquisa e
bancos de desenvolvimento.

Membro do Conselho Nacional de Educação, o professor Roberto Cláudio foi
presidente da Câmara de Educação Superior por dois mandatos, tendo,
ainda, presidido o Conselho Nacional de Educação, no biênio 2004-2006,
quando encerrou suas atividades no setor público. Nos últimos anos, tem
proferido palestras no Brasil e no exterior, sobre a temática da educação
superior. Atualmente, dirige o Instituto Educar, respeitada instituição
de consultoria educacional.

Finalmente, não poderíamos omitir as qualidades humanas do homenageado.
Conhecido pela sua liderança, simplicidade, bom humor, irreverência e por
uma fina ironia, o professor Roberto Cláudio cativa a todos que o
conhecem.

* Professor João Arruda (UFC).

O joguinho de Aécio Neves

353 1

OPI-3001.eps

Charge de Amarildo

A turma da internet não perde uma piada. Com a denúncia de que o candidato a presidente da República pelo PSDB, Aécio Neves, estaria envolvido na construção de um aeroporto em uma propriedade da família, no que ele já rebateu, eis um joguinho apareceu nas redes sociais.

Sem perder a esportiva, e naquela de que o cearense adora uma molecagem, disponiblizamos o direito de qualquer um testar suas habilidades de jogador.

* Jogue no link: http://50.17.227.91/flapaecio/

UFC fecha parceria para oferecer curso de chinês

179 1

“A Universidade Federal do Ceará será a primeira universidade federal do Norte e Nordeste a abrigar um Instituto Confúcio, também chamado de Hanban, abreviatura coloquial que designa o Instituto Nacional da China para o ensino de chinês como língua estrangeira.
O acordo foi assinado em Brasília, no último dia 17 de julho, pelo reitor Jesualdo Pereira, e pela diretora-geral da sede do Instituto Confúcio em Pequim (China), Srª Xu Lin.

A assinatura do documento fez parte da cerimônia bilateral realizada no Salão Leste do Palácio do Planalto, durante a qual foram firmados cerca de 40 acordos nas áreas de ciência, tecnologia, educação e cultura entre Brasil e China, na presença da Presidenta Dilma Rousseff e do Presidente da China, Xi Jinping. Também esteve presente ao evento o Coordenador de Assuntos Internacionais, Tito Lívio Cruz Romão, que negociou, como representante da UFC, a presença de uma filial do Instituto Confúcio na Instituição.

A expectativa é que as atividades de ensino da língua e cultura chinesas na UFC tenha início em um ano. A partir de agora, a Coordenadoria de Assuntos Internacionais da UFC retomará as negociações para a escolha de uma universidade parceira chinesa, que participará da implantação do Instituto.

DETALHE – O Instituto Confúcio está presente em 450 unidades parceiras espalhadas por todos os continentes. No Brasil já são 10, sendo sete em pleno funcionamento.”

(Site da UFC)

Nem só de eleição vive Tasso Jereissati

168 2

tasso jereissati

Mesmo afastado dos negócios por estar disputando vaga de senador, Tasso Jereissati (PSDB) é sempre informado do que acontece nas empregas.

Já está prontinho, por exemplo, o projeto do shopping que a Jereissati Centros Comerciais, de Tasso Jereissati, construirá em Salvador (BA).

Terá 260 lojas e um investimento da ordem de R$ 200 milhões, segundo o diretor Gerardo Jereissati. O local, inclusive, é área onde operava o Aeroclube.

A saudade daquele que construiu o açude Orós

roosos

No artigo intitulado “Anastácio Maia e o açude Orós”, o engenheiro civil Cássio Borges, nome por demais ligado à luta pela revitalização do Dnocs, presta uma homenagem e faz um resgate histórico. Trata sobre aquele que foi o construtor do do Orós. Confira:

Faleceu, no último sábado, em Fortaleza, um dos engenheiros mais representativos da vitoriosa história do Departamento Nacional de Obras contra as Secas – Dnocs. Trata-se de José Anastácio Maia, o construtor do Açude Orós na década de 60. Esta imensa barragem é, sem dúvida, uma das obras da maior importância estratégica e econômica realizada pelo Dnocs nos seus 105 anos de existência. Na época, quando inicialmente foi projetada, era considerada como sendo uma das maiores barragens do mundo com quatro bilhões de metros cúbicos de água. Quem conhece o real drama das secas no Nordeste e no Ceará, em particular, compreende de imediato a importância estratégica desta represa, encravada em pleno coração da região mais seca do estado do Ceará.

Os primeiros estudos para construção do açude Orós datam de 1912 e, em 10 de outubro daquele ano, um grande incêndio nos escritórios do Dnocs, em Fortaleza, destruiu seu primeiro projeto e respectivos estudos. Em 1958, um ano das mais aterradoras secas na região nordestina, aproveitando a mão de obra dos flagelados, iniciou-se o preparo das fundações para a construção da grande obra, de sorte que as chuvas já as encontrassem prontas no início de 1959. À frente da equipe estava o engenheiro Anastácio Maia. Nascia, assim, mais uma comunidade no Ceará: o município de Orós.

Após o inverno de 1959, que foi regular no vale do rio Jaguaribe, o rio foi finalmente fechado. Chegou 1960 e, como sempre, a situação era de expectativa. Será seca? Desde 1950 o Nordeste atravessava um dos períodos mais secos de sua história. As águas do inverno de 1960 começaram a impor receios ainda nos primeiros dias de janeiro, face o imprevisível. Chuvas em todo o interior do Estado. Verdadeira massa humana a revezar-se com as máquinas, objetivando elevar mais alguns centímetros a barragem, a fim de aumentar sua capacidade e represar milhões de metros cúbicos de água ameaçadora que chegava. Homens, meninos de todas as idades entre a passagem de duas máquinas, de pá, picareta, enxada ou mesmo com as mãos trabalhavam incessantemente. No posto fluviométrico do Dnocs (instalado em 1911, provavelmente o primeiro da América do Sul), localizado em Iguatu, dizia-se da elevação sempre crescente do nível do rio.

Exatamente aos 17 minutos do dia 26 de janeiro começou a ocorrer o transbordamento. O reservatório continuava enchendo e, cerca de 30 minutos após, ouviu-se um estrondo tal qual gigantesca cachoeira. A água transbordava pelo meio da barragem e, logo em seguida, em toda a extensão dos seus 600 metros. Não houve o terrível rompimento da barragem. A erosão processou-se relativamente lenta no meio da barragem de terra. Estava praticamente definida a situação. Restavam 2/3 do maciço. Viu-se, então, a solidez da obra. O Orós comportou-se de maneira inédita. Uma vitória da engenharia do Dnocs.

Os técnicos daquele departamento tendo à frente Anastácio Maia e outros do mesmo gabarito técnico/profissional, já estavam com planos de construir, de imediato, os açudes Banabuiú, Castanheiro, no rio Salgado, em Lavras da Mangabeira, e de Boa Esperança no estado do Piauí, as maiores obras programadas após a conclusão do Orós. 

Cássio Borges

opiniao@opovo.com.br

Engenheiro Civil.

Prévia da confiança da indústria na economia indica queda de 3,2% em julho

“A prévia da Sondagem da Indústria de Transformação para o mês de julho indica queda de 3,2% do Índice de Confiança da Indústria, em relação ao resultado final de junho, considerando-se dados livres de influência sazonal. A prévia foi divulgada hoje (23), pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV). Caso o resultado venha a se confirmar, o índice atingirá 84,4 pontos, o menor desde os 82,2 pontos atingidos em abril de 2009, e manterá assim a trajetória de queda iniciada em janeiro passado.

Segundo o Ibre, o resultado reflete, pelo terceiro mês consecutivo, “a deterioração tanto das avaliações sobre o momento presente quanto das expectativas em relação aos meses seguintes”. Pelas projeções dos economistas do Ibre, o Índice da Situação Atual deverá recuar, em relação ao resultado final de junho, 4,4% atingindo em julho 86,1 pontos. O Índice de Expectativas deve cair 2%, ficando em 82,7 pontos.

Os dados preliminares da Sondagem da Indústria de Transformação de julho indicam ainda redução no Nível de Utilização da Capacidade Instalada, de 83,5% para 83,2%, entre um período e outro – o menor desde os 82,6% de outubro de 2009.”

(Agência Brasil)

Presidente de fundação peemedebista avalia desempenho de Eunício em pesquisa

102 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=BJHWdGQmypA[/youtube]

O presidente da Fundação Ulysses Guimarães no Ceará, Carlos Guálter, avaliou, nesta quarta-feira, o resultado da pesquisa Ibope/TV Verdes Mares sobre a disputa pelo Governo do Estado.

A fundação é ligada ao PMDB do senador Eunício Oliveira, que obteve 44% de preferência na corrida rumo ao Palácio da Abolição, contra 14% de Camilo Santana (PT/Pros), 6% de Eliane Novais (PSB) e 3% de Aílton Lopes(Psol).

Arrecadação de impostos federais supera os R$ 91 bilhões em junho

“A arrecadação de impostos e contribuições federais chegou a R$ 91,387 bilhões no mês de junho, em termos nominais. O valor representa alta de 0,13% em comparação ao mesmo período do ano passado, já corrigida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os números foram divulgados hoje (23) em Brasília. Nos primeiros seis meses do ano, a arrecadação ficou em R$ 578,594 bilhões – crescimento real de 0,28%.

Segundo a Receita Federal, o resultado foi influenciado pela arrecadação extraordinária, em maio de 2013, do Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) e do PIS/Cofins, que chegou a R$ 4 bilhões – o que não ocorreu este ano. Essa arrecadação extra é resultado de depósito judicial e venda de participação societária.

Pesaram ainda no resultado as reduções de impostos para estimular o setor produtivo diante da crise iniciada em 2008. Entre as iniciativas estão a desoneração da folha de pagamento, da cesta básica e redução no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na base de cálculo de PIS/Cofins-Importação.”

(Agência Brasil)

Governo estima queda no crescimento econômico do País

“A previsão oficial de crescimento para a economia brasileira neste ano caiu de 2,5% para 1,8%. A estimativa consta do Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado há pouco pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Além do menor crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país), a equipe econômica elevou a projeção da inflação oficial. Segundo o relatório, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deverá fechar o ano em 6,2%, contra 5,6% na previsão anterior.

Divulgado a cada dois meses, o documento traz as previsões oficiais para a economia brasileira que servem de base para projetar a evolução das receitas e das despesas e definir a execução do Orçamento Geral da União. Apesar de o relatório ser apresentado pelo Ministério do Planejamento, as estimativas para os parâmetros da economia são de autoria da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda.

Segundo o documento, as mudanças nas projeções para o PIB refletem os números trimestrais divulgados até agora pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A alta da inflação, justifica o relatório, está relacionada aos dados do IPCA observados até junho.”

(Agência Brasil)

Caixa de posto de gasolina também tem direito a adicional de periculosidade

“Quem trabalha perto de bombas de combustível em postos de gasolina, e não só o funcionário que manuseia, deve receber adicional por trabalhar em área de risco. Esse foi o entendimento da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (GO) ao condenar uma companhia a pagar adicional de periculosidade em favor de uma operadora de caixa da empresa. A Turma entendeu que o adicional é devido aos empregados que exercem quaisquer funções.

O pedido já havia sido aceito em primeira instância, mas a empresa alegava que a operadora nunca trabalhou em contato permanente com a área de risco ou com agente inflamável. O relator do caso no TRT-18, desembargador Platon Teixeira Filho, afirmou que o adicional está previsto no artigo 193 da CLT e a questão é tratada pela Norma Regulamentadora 16 do Ministério do Trabalho e Emprego.

A área de risco está compreendida nas distâncias de até 7,5 metros dos tanques armazenadores de líquidos inflamáveis, afirmou o magistrado. “Mediante a análise do croqui apresentado no laudo pericial, podemos perceber que todas as três cabines de caixa encontram-se a uma distância inferior a 7,5m dos tanques de armazenamento de gasolina e álcool. Portanto, todas se inserem na bacia de segurança, ou seja, dentro da área considerada de risco.” Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-18.”

(Consultor Jurídico)

Denunciar atraso de salário via Facebook não gera demissão por justa causa

“Reclamar no Facebook do patrão que atrasa o pagamento de salários não é motivo para justa causa. Foi o que decidiram os desembargadores da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Ceará ao julgar pedido de anulação da demissão feito por empregado da VIT Serviços Auxiliares de Transportes Aéreos. Com a decisão, a empresa terá que reverter a dispensa para imotivada e pagar ao funcionário verbas trabalhistas como aviso prévio e FGTS, com multa de 40%.

A companhia defendia que as mensagens publicadas pelo auxiliar de serviços operacionais no Facebook teriam ferido a honra e a boa imagem da empresa. Além disso, afirmava que o empregado mentiu sobre o atraso dos salários e usou palavras de “baixíssimo calão” para ofender o empregador.

“A meu juízo, não constitui ato atentatório à honra e à boa fama do patrão denunciar em rede social do facebook estado de insolvência salarial da empresa”, declarou o relator do processo, desembargador Cláudio Pires. Ele afirmou que a falta de pontualidade no pagamento dos salários retirou a credibilidade da empresa, permitindo o “desabafo” do empregado pelas redes sociais. O uso de palavras “chulas”, de acordo com o magistrado, foi apenas um protesto pelo atraso no pagamento da remuneração.

Além da empresa VIT Serviços Auxiliares de Transportes Aéreos, a condenação também se estende, subsidiariamente, à companhia aérea OceanAir, atual Avianca Brasil. Durante as escalas de aviões, a companhia aérea beneficiava-se dos serviços realizados pelo auxiliar de serviços operacionais. Da decisão, cabe recurso.”

(TRT/CE)

O telhado do apresentador Borys Casoy

boryss

Da Coluna Radar, da Veja Online:

Boris Casoy, apresentador da Band, anda numa guerra judicial com a loja Salão de Noivas, especializada em roupas de casamento. A batalha acaba de bater a porta dos ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Os donos do estabelecimento alugaram um imóvel de Boris Casoy em São Paulo. O contrato, assinado em 2007, vale por 54 meses. O problema começou por cima, no telhado.

Pelo acordo, os locatários se comprometiam a fazer uma obra no imóvel, quando descobriram uma infiltração no telhado. Os donos do Salão da Noiva e Boris Casoy não conseguem chegar a um acordo definitivo sobre quem assumirá o conserto e o valor da benfeitoria.

Os locatários acusam Casoy de nunca ter executado a obra que se comprometeu a fazer no passado. Sem conseguir abrir as portas da loja, os donos pedem indenização de 1,3 milhão de reais. Numa das petições, os advogados do Salão de Noiva provocam, usando o jargão do adversário:

– É uma vergonha o réu, pessoa esclarecida, jornalista conceituado, com muitos anos de profissão, deixar o imóvel em estado catastrófico, enrolar dia após dia a empresa autora.

A defesa de Casoy contra-argumenta que o cliente concedeu um desconto no aluguel superior ao valor do conserto e que tentou entregar as telhas diversas vezes, mas teria sido enrolado pelos donos do Salão da Noiva. Até agora, a Justiça não concordou com o montante pedido pelos locatários.

O Tribunal de Justiça de São Paulo manteve a decisão do juiz de primeira instância, que autorizou o Salão da Noiva a reparar o telhado, obrigando Boris Casoy a desembolsar indenização de 48 mil reais. O Salão de Noiva considera o valor baixo e acaba de recorrer ao STJ. Passado o recesso do judiciário, os ministros decidirão se o tema é da alçada do tribunal.