Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

MEC libera consulta e lista de aprovados para o Sisu do segundo semestre

O Ministério da Educação acaba de liberar a consulta do boletim de desempenho aos candidatos no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) para o segundo semestre de 2013 na manhã desta segunda-feira (17). A lista de aprovados também pode ser visualizada no site por meio de consulta.

VEJA ONDE CONFERIR A 1ª CHAMADA DO SISU 2013 DE INVERNO

Os convocados devem fazer a matrícula nos dias 21, 24 e 25 de junho.

(Com Portal Uol)

Inflação diminui com queda de preços de hortaliças e legumes

“O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve alta de 0,43%, na segunda prévia de junho, o que representa um recuo de 0,05 ponto percentual sobre o resultado da apuração anterior (0,48%). A pesquisa, feita pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), mostra que cinco dos oito grupos pesquisados indicaram queda no ritmo de correções.

O principal decréscimo foi registrado em alimentação (de 0,65% para 0,41%), que teve influência das hortaliças e dos legumes (de -0,78% para -3,01%). Também houve elevação média dos preços com taxa inferior à medição passada nos grupos vestuário (de 1,12% para 0,73%) com destaque para as roupas (de 1,23% para 0,82%); saúde e cuidados pessoais (de 0,60% para 0,53%) sob efeito dos medicamentos em geral (de 0,54% para 0,33%); educação, leitura e recreação (de 0,35% para 0,27%), com o impacto da redução no valor cobrado em ingressos para show musical (de 1,23% para -0,83%) e comunicação (de 0,27% para 0,20%), com os pacotes de telefonia fixa e internet (de 1,03% para 0,39%).

Nos demais grupos ocorreram avanços: transportes (de 0,01% para 0,19%), puxado pela tarifa de ônibus urbano (de -0,13% para 1,12%); habitação (de 0,59% para 0,63%), com a tarifa de eletricidade residencial (de -0,70% para -0,23%) e despesas diversas (de 0,01% para 0,05%), com o serviço religioso e funerário (de -0,71% para -0,15%). ”

(Agência Brasil)

O dia em que Cid se submeteu a um exame de sangue

357 4

O governador Cid Gomes (PSB) inaugurou a Unidade de Pronto Atendimento do Conjunto José Walter, no fim de semana, não somente com discurso. Ele experimentou, na prática, o serviço prestado por essa UPA. Cid se submeteu a um exame de sangue. Ficou meio desconfortável, mas considerou necessário.

cidexame

 

– Não se preocupe, dr. Cid, que é rapidinho.

cidexame2

– Uuiiiii! Você disse que não ia doer. Uiiiii!

cidexame3

 

– Ah, nojenta!!

(Fotos – Tiara Nogueira)

Site diz que vaias disparadas contra Dilma mostram deselegância da elite. Será?

95 5

O site 247 – Brasília afirma que as vaias disparadas pela torcida contra Dilma Rousseff, por ocasião da abertura da Copa das Confederações, no estádio Mané Garrincha, revelam apenas a deselegância da elite. Confira:

Nos próximos dias, grandes jornais e seus colunistas explorarão o tema ao máximo, para tentar provar que estão certos em suas críticas contra o governo Dilma; no entanto, o público presente no Mané Garrincha não era exatamente um retrato do povo brasileiro; ali, havia pessoas que se dispuseram a pagar R$ 280 pela entrada e outros tantos que receberam convites de patrocinadores e parceiros da festa; vaia começou contra Joseph Blatter, da Fifa, e depois atingiu a presidente por tabela, menos como retrato de alguma indignação social e mais como expressão de irreverência e até de falta de educação.

Mas quem estava realmente no Mané Garrincha? Não exatamente um retrato do povo brasileiro. Ali havia dois tipos de torcedores. Os que se dispuseram a pagar R$ 280 por uma entrada e aqueles que foram convidados por patrocinadores ou parceiros da festa, que adquiriram ingressos junto à Fifa e os distribuíram a convidados vip. Em ambos os casos, representantes da elite.

Não exatamente o povo que se incomoda com a chamada inflação dos alimentos ou a alta de vinte centavos nas passagens de ônibus.

A despeito da vaia, quem foi o Mané Garrincha também se deu conta de que, pela primeira vez, o Brasil dispõe de equipamentos esportivos comparáveis aos do invejado Primeiro Mundo. A arena de Brasília nada deve aos melhores estádios do mundo – e, em muitos aspectos, os supera. O trabalho dos voluntários, que demonstraram extrema cortesia, foi também exemplar.

Quem foi ao estádio também pôde presenciar o renascimento da seleção brasileira e saiu com a certeza de que, aos poucos, o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, faz brotar um time que tem tudo para ser vencedor.
oi o retrato da irreverência, da deselegância e até da falta de educação de boa parte da elite brasileira.

Paciência. Brasília deu a primeira demonstração de que, em 2014, o Brasil realizará uma das melhores Copas do Mundo de todos os tempos. E com uma equipe à altura.

Haja carga – Serviços importados são taxados em até 51% no Brasil

“Responsáveis por quase um quarto dos gastos da indústria brasileira, os serviços importados sentem o peso da carga tributária. Segundo levantamento da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a cada vez em que contrata consultores estrangeiros ou requisita suporte técnico para máquinas e equipamentos, a indústria paga de 41,08% a 51,26% em tributos. Para a entidade, esse nível de impostos e contribuições prejudica a competitividade da indústria nacional, à medida que aumenta custos, encarece o produto final e, muitas vezes, impede o acesso a novas tecnologias. “Toda e qualquer empresa em ramo tecnológico mais sofisticado precisa importar serviços. Se o Brasil quer indústria mais avançada, precisa reduzir os impostos sobre os serviços”, diz o diretor de Políticas e Estratégia da CNI, José Augusto Fernandes.

De acordo com o diretor da CNI, a carga tributária sobre a compra de serviços no exterior afeta principalmente dois tipos de empresas. O primeiro são as indústrias que desenvolvem produtos associados à prestação de serviços, como máquinas e aviões. A tributação aumenta as despesas com a manutenção desses bens, que costuma ser terceirizada no exterior. O segundo tipo de empresa afetado, diz o diretor da CNI, são as indústrias com cadeia de produção globalizada, com etapas de produção executadas em vários países. Nesse caso, inovações desenvolvidas em sistemas abertos, com contribuições de diversas partes do mundo, são prejudicadas por causa da taxação.

Atualmente, seis tributos são cobrados na compra de serviços no exterior: Imposto de Renda retido na Fonte (IRRF); Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), cobrada sobre remessas ao exterior; Programa de Integração Social (PIS); Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins); Imposto sobre Operação Financeira (IOF), cobrado nas operações de câmbio, e Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN).”

(Agência Brasil)

Cid terá agenda de Copa e Educação

cidmercadante

Cid e Mercadante e a hora do PAIC.

Nem só de Copa das Confederações viverá, nesta semana, o governador Cid Gomes (PSB). Além do jogo Brasil X México, quarta-feira, na Arena Castelão, dois atos foram agendados por Cid.

Na quinta-feira, o governador entregará 60 carros para municípios que se destacaram na campanha “Selo Unicef – Município Aprovado”, do Unicef.

Na sexta-feira, Cid Gomes divulgará resultados do Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC), com a presença do ministro Aloízio Mercadante (Educação). Sairá o ranking das gestões que investiram em educação e que ganharão aumento na cota de repasse do ICMS.

Receita Federal libera nesta 2ª feira dinheiro do primeiro lote de restituições do IR

“A Receita Federal libera nesta segunda-eira na rede bancária o dinheiro do primeiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física 2013. A consulta está disponível desde o último dia 10 no site do órgão. Em valor, o total do primeiro lote é recorde, informou a Receita. Também serão liberados lotes residuais de declarações dos últimos cinco anos, que estavam na malha fina. Para o exercício de 2013, serão creditadas restituições de um total de 1,9 milhão de contribuintes, no valor de R$ 2,7 bilhões, já corrigidas em 1,6%.

Em tempo de inflação e juros altos, o conselho para o contribuinte é quitar parte ou o total das dívidas e evitar desviar o dinheiro da restituição para o consumo. Segundo o presidente do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (Ibedec), Geraldo Tardin, o importante neste momento é colocar a vida financeira em dia. “A inadimplência não pára de aumentar. Os produtos que geram maior inadimplência são o cheque especial e o cartão de crédito. E o consumidor que está inadimplente deve aproveitar, correr ao banco e negociar”, orienta.

(Com Agência Brasil)

Jornalistas estrangeiros relatam problemas, mas aprovam organização

Jornalistas estrangeiros que participam da cobertura do jogo Itália e México no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, relataram à Agência Brasil problemas na Copa das Confederações 2013. Mas, em geral, repórteres internacionais ouvidos pela reportagem aprovam a organização do evento.

O jornalista espanhol José Julio Segador, que trabalha para uma emissora alemã, cobriu a reinauguração do Maracanã, no jogo do Brasil contra a Inglaterra, no início do mês, e a abertura da Copa das Confederações em Brasília, no sábado (15).

“Não encontrei problemas no Maracanã. E tive uma imagem positiva do estádio. Mas, em Brasília, encontrei alguns problemas. Tivemos dificuldade para nos locomover pelo estádio, havia pouca sinalização e quando queríamos nos deslocar de um lugar para outro, tínhamos que ficar perguntando para alguém. Além disso, o centro de mídia é muito longe do estádio, algo como quinze minutos a pé. E quando você tem que carregar equipamentos, isso não é muito bom”, disse.

O jornalista japonês Naoki Okumura, que já cobriu mundial de clubes da Federação Internacional de Futebol (Fifa) e a Copa do Mundo feminina sub-20, ambas no Japão, aprovou a organização da Copa no Brasil. “Para a Copa das Confederações, acho que está OK, porque o objetivo final é se preparar para a Copa do Mundo. Encontrei apenas pequenos problemas, como a checagem das credenciais, que eu acho que não está sendo muito exigente”, disse.

Stephan Wagner, de uma emissora de TV suíça, disse ter ficado positivamente surpreso com o estádio. “É difícil ter uma opinião muito aprofundada sobre isso, porque só estou aqui há dois dias. Mas, antes de vir, li muito nos jornais que haveria grandes problemas e que os estádios não estariam prontos. Até agora, tudo correu bem. Hoje, nós tivemos pequenos problemas na hora de checar as frequências para a transmissão da TV. Mas, de forma geral, tudo está OK”.

(Agência Brasil)

Lista dos selecionados no Sisu sai nesta segunda-feira

Os candidatos que se inscreveram para participar da edição do segundo semestre de 2013 do Sistema Seleção Unificada (Sisu) saberão, a partir desta segunda-feira (17), se foram ou não aprovados. A lista dos selecionados em primeira chamada será divulgada no próprio site do programa.

O prazo para inscrição terminou na sexta-feira (14), às 23h59. O Ministério da Educação (MEC) ainda não informou o balanço final de inscrições. Até as 18h de sexta, o sistema contabilizava 738 mil inscritos. Para o segundo semestre de 2013, o sistema ofereceu 39.724 vagas em 54 instituições públicas de ensino superior.

Os candidatos pré-selecionados em primeira chamada deverão comparecer às instituições de ensino nos dias 21, 24 e 25 de junho para efetuar a matrícula. Uma segunda chamada está prevista para ser divulgada em 1º de julho, com matrícula em 5, 8 e 9 de julho. Quem não for convocado em nenhuma das chamadas poderá aderir a uma lista de espera, no próprio site do Sisu, entre os dias 1º e 12 de julho.

O Sisu foi desenvolvido pelo MEC para selecionar os candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior a partir da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção é feita pelo sistema com base na nota obtida pelo candidato.

(Agência Brasil)

Advogado alerta que usuários da internet estão sujeitos às leis dos Estados Unidos

No universo da internet, estamos todos sujeitos às leis dos Estados Unidos. Essa é a conclusão do perito forense e advogado especializado em tecnologia da informação José Antônio Milagre sobre as denúncias de que órgãos de segurança norte-americanos têm acesso aos servidores de empresas de telefonia e de internet sediadas no país.

Para o especialista, se as denúncias forem confirmadas, a quebra da privacidade dos internautas pode configurar “uma absurda agressão a um direito humano internacionalmente reconhecido”.

A extensão dos grampos ainda é desconhecida. O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, já admitiu que o Congresso autorizou a execução do programa de vigilância das comunicações chamado Prism (em português, Métodos Sustentáveis de Integração de Projetos), mas alegou que “ninguém ouve” as chamadas telefônicas dos cidadãos norte-americanos.

“Sempre imaginamos a internet como um patrimônio mundial. Só que ela necessita de servidores que armazenem e suportem os serviços e as interações proporcionadas pela rede mundial de computadores. E basta mapearmos a estrutura física [da web] para constatarmos a grande dependência da infraestrutura norte-americana”, disse o advogado à Agência Brasil.

Na quarta-feira (12), ao revelar que o governo está preocupado com o tema, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, defendeu a necessidade de mudanças na legislação brasileira e a construção de centros de processamentos de dados (data centers) no país. Para o ministro, isso permitiria que as informações dos internautas brasileiros fossem armazenadas no país e ficassem submetidas à legislação brasileira.

(Agência Brasil)

Câmara rejeita regra para aumento do salário mínimo

A Comissão de Finanças e Tributação rejeitou o Projeto de Lei 6776/06, do ex-deputado Renildo Calheiros, que institui regras para o reajuste periódico do salário mínimo. A proposta já tinha sido rejeitada na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público. Como foi considera incompatível com as normas financeiras e orçamentárias, em parecer terminativo, será arquivada, a não ser que haja recurso contra a decisão.

O texto determina que o salário mínimo será reajustado anualmente pela variação nominal do Produto Interno Bruto (PIB) apurado no ano anterior ou pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), caso esse índice seja superior à variação do PIB. Além disso, o reajuste será acrescido do índice de aumento da produtividade média do trabalho total, se positivo, verificado também no ano anterior.

O relator, deputado José Guimarães (PT-CE), recomendou a rejeição do projeto. Ele ponderou que já está em vigor uma lei (Lei 12.382/11) que estabelece diretrizes para os reajustes até 2015. Essa lei determina que os reajustes para preservação do poder aquisitivo do salário mínimo corresponderão pela variação do INPC, enquanto o aumento em termos reais corresponderá à variação do PIB.

Guimarães aponta ainda que, se forem aplicados os critérios do projeto, o salário mínimo para 2013 seria de R$ 895 em vez dos R$ 678 atuais. Essa diferença de R$ 217 acarretaria um impacto de R$ 67 bilhões nas contas públicas em 2013. Esse impacto, segundo ele, não foi estimado pelo projeto, como obriga a Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/00) e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

(Agência Câmara de Notícias)

Mesmo na Justiça, valor principal de crédito consignado terá que ser pago

Clientes de instituições financeiras que entrarem na Justiça para questionar a cobrança de juros de empréstimos terão que continuar pagando o valor emprestado, ou seja, o principal da dívida. O juiz poderá conceder liminar suspendendo o pagamento dos juros em questionamento, mas o valor liberado pelo banco ao cliente terá que continuar a ser pago.

Essa regra foi incluída na Lei 12.810, decorrente da Medida Provisória 589, que trata do parcelamento de dívidas previdenciárias de estados, municípios e do Distrito Federal. A lei foi sancionada pela presidenta Dilma Rousseff, em maio.

Antes da lei, o juiz concedia liminar suspendendo todo o pagamento da dívida (encargos e o principal) ou determinando o depósito em juízo. Para o advogado Nicson Quirino, especialista em direito bancário e conselheiro da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Distrito Federal (OAB-DF), a mudança na lei evita que a Justiça seja utilizada para suspender pagamento de obrigações.

Um exemplo dessa situação era quando o cliente entrava na Justiça, questionando operação de crédito consignado (descontado em folha de pagamento), conseguia liminar para suspender o desconto das parcelas e liberava o contracheque. Com a margem liberada, o cliente podia pegar novo empréstimo consignado em outro banco.

“A lei traz maior rigor para evitar que a Justiça seja utilizada como forma de postergação de pagamento”, disse Quirino. De acordo com o advogado, agora não é mais possível que a margem seja liberada para novo empréstimo, porque o valor principal continuará registrado. O juiz poderá utilizar a lei para manter o pagamento do principal.

Para o Banco Central (BC), a nova regra “representa avanço significativo da legislação brasileira ao inibir a suspensão da devolução do principal emprestado em ações de contestação de juros e outros encargos”.

Em nota, o BC avaliou que “essa medida não acarreta qualquer prejuízo aos clientes bancários, pois continua sendo possível contestar quaisquer aspectos das operações de crédito”.

O banco informou ainda que a medida traz mais “racionalidade” e “segurança” na concessão de empréstimos e ajuda a reduzir custos que a instituições financeiras repassam para os clientes.

(Agência Brasil)

Preso no Rio o chefe do tráfico de Manguinhos

Uma operação conjunta da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na prisão do traficante Wallace Carlos de Conceição, de 26 anos, conhecido como Churrasquinho. Ele é apontado pelo disque-denúncia como gerente-geral do tráfico na comunidade do Mandela, no Complexo de Manguinhos, zona norte do Rio.

Ele era procurado por tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de armas de fogo de uso restrito, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Wallace Conceição também fez parte do grupo acusado de participar do resgate de Diogo de Souza Feitoza, o DG, na 25ª Delegacia de Polícia, do Engenho Novo, em julho do ano passado.

De acordo com a nota conjunta da PF e da PRF, a prisão ocorreu em fiscalização na Rodovia Presidente Dutra, no município de Barra Mansa, durante a Operação Cinturão Divisas, que ocorre por causa da Copa das Confederações. O traficante seguia para São Paulo, junto com a mulher e o motorista. O carro foi parado na fiscalização e os policiais desconfiaram da documentação apresentada. Ele foi autuado também por uso de documento falso e levado para a Polícia Federal no Rio de Janeiro.

O complexo de Manguinhos foi ocupado pelas forças de segurança em outubro do ano passado e recebeu uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) em janeiro.

(Agência Brasil)

Deputado dilmista diz que volta da inflação ajudará candidatos de oposição em 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ubOY4byGj9w[/youtube]

Quem pensa que a coisa anda fácil na base de apoio da presidente Dilma Rousseff (PT), pode tirar o cavalinho da chuva. Além de queda na popularidade, Dilma ainda foi vaiada na abertura da Copa das Confederações, nesse sábado, no estádio Mané Garrincha.

O deputado federal Genecias Noronha (PMDB), alado da presidente, reclamou para o Blog que Dilma não cumpriu as promessas sobre ações contra a seca. Diz ainda que ela caiu na popularidade por causa da inflação e abriu flanco para que candidatos de oposição possam crescer no páreo presidencial,

Cid Gomes terá audiência com a presidente da Petrobras nesta 2ª feira

O governador Cid Gomes confirmou que embarcará nesta segunda-feira para o Rio de Janeiro. Na agenda dele, audiência com a presidente da Petrobras, Graça Foster. O assunto é a busca de parceiro internacional que travará, mais uma vez, a partir de julho, na Coreia do Sul. Isso para que o sonho mais do que acalentando há décadas pelo cearense possa sair do papel: a refinaria premium II.

Bom lembrar que esse negócio da refinaria é coisa da época do Governo Virgílio Távora. De lá para cá, só serviu para eleger muita gente.

Dilma agenda viagem para o Japão

85 1

Dilma-cafe-presidenta

“A presidente Dilma Rousseff vai ao Japão no dia 27 acompanhada de uma comitiva de 30 grandes empresários brasileiros coordenada pela Confederação Nacional da Indústria. Na pauta dos encontros a abertura de mercado na terceira maior economia do Mundo para papel e celulose, minério de ferro e produtos do agronegócio, além da atração de investimentos.

Nos últimos dez anos o Brasil ficou de fora dos acordos de preferências comerciais assinados pelo Japão com 15 países. Os japoneses estão negociando acordos idênticos com outros 11 países e o Brasil quer entrar nesta lista de olho no mercado asiático.”

(ÉPOCA – Leonel Rocha)

Seleção Brasileira chega no fim desta tarde de domingo a Fortaleza

54 1

A Selação Brasileira chegará a Fortaleza no fim da tarde de hoje e já tem programação definida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A equipe de Felipão desembarcará por volta das 17h30min, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, mas não terão contato com o torcedor nem com a imprensa. Do desembarque ainda na pista, os jogadores seguirão direto para o Marina Park Hotel. O jantar da delegação no refeitório do Marina está previsto para 19 horas.

Na segunda-feira, alguns jogadores concederão entrevista coletiva a partir do meio-dia, no hotel. Os demais terão manhã livre. Às 15 horas, os jogadores vão para o primeiro treino coletivo, no estádio Presidente Vargas. Na terça-feira, a seleção conhecer a Arena Castelão, o palco do jogo do dia seguinte. O treino na Arena Castelão será realizado às 15h15min e servirá para os jogadores reconhecerem o gramado do estádio.

No dia da partida, os jogadores vão almoçar ao meio-dia e seguirão para a preleção no hotel. A saída para o estádio será às 14 horas. Batedores da polícia vão escoltar o ônibus até a Arena. O jogo com o México será às 16 horas. No dia seguinte ao jogo, eles darão nova entrevista aos jornalistas e embarcarão para Salvador, às 15h30min. Na capital baiana, vão encerrar a primeira fase do torneio enfrentando a Itália, dia 22 (sábado), na Arena Fonte Nova.

Protesto no Mané Garrincha termina com 29 detidos

69 1

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal informou que 29 pessoas foram detidas no protesto durante a abertura da Copa das Confederações, na tarde desse sábado (15). Do total de pessoas detidas, 19 eram adultos e dez adolescentes. Entre os adultos, 17 continuam detidos na 5ª Delegacia de Polícia Civil e dois foram liberados. Eles irão responder pelos crimes de desacato à autoridade, resistência à prisão e dano ao patrimônio público.

A secretaria avaliou que a ação policial foi correta para conter o protesto, mas manifestantes relatam que houve violência.

Os manifestantes protestaram contra o uso de dinheiro público na realização do evento esportivo. O ato começou de manhã na rodoviária de Brasília. Depois, os manifestantes seguiram para o Estádio Nacional Mané Garrincha, que sediou a partida de abertura, onde ficaram concentrados. Por volta das 14h15, houve tumulto e a polícia usou bombas de gás lacrimogêneo, de efeito moral, spray de pimenta e balas de borracha para dispersar o protesto.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar, a ação foi necessária porque os manifestantes ameaçaram invadir o estádio e era preciso garantir a ordem no local. “Não houve falha [na ação da polícia]. Foi um trabalho maravilhoso que garantiu a realização do evento”, disse em entrevista à imprensa, após a partida.

Perguntado se não houve excesso por parte da polícia, Avelar respondeu que “a polícia agiu com devido rigor”. “É um movimento interessado em prejudicar a imagem de Brasília e do país. A PM [Polícia Militar] tem uma situação de evitar que manifestantes impedissem a realização do evento”.

Avelar disse que a geografia onde fica o estádio facilitou que os manifestantes chegassem até o local. O Corpo de Bombeiros informou que fez 39 atendimentos de emergência (infarto, torção) durante o evento, sendo de três pessoas com ferimentos de bala de borracha. Segundo a PM, quatro policiais ficaram feridos.

Os manifestantes relataram que a polícia agiu com violência. Uma das manifestantes, que se identificou como Isadora, mostrou ferimento de bala de borracha na cabeça e disse que o movimento era pacífico. Muitos deles carregavam flores nas mãos para sinalizar o caráter pacífico do ato. “Eu estava acompanhando a manifestação, quando, de repente, a polícia começou a atirar. Fui atingida na cabeça e quase desmaiei”, disse à Agência Brasil.

Após o tumulto, o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, foi tentar dialogar com os manifestantes, mas sem sucesso. Eles disseram ao ministro que a ação policial foi truculenta e mostraram cartuchos das balas de borracha e das bombas de gás. O funcionário público Hamilton Neves entregou a Carvalho um cartucho e disse: “Isso é para o senhor ficar como lembrança do início da Copa das Confederações. Como o governo consegue conceber um estádio que custou R$ 1,4 bilhão e foi orçado em R$ 600 milhões. Esse é um gasto que poderia ser colocado na saúde e na educação”.

Para Carvalho, a polícia só começou a agir porque houve provocação por parte dos manifestantes. Ele argumentou ainda que o governo tem reduzido a desigualdade social no país.

(Agência Brasil)

Senado abre debates à participação popular

75 1

senado debates

Os cidadãos terão a oportunidade de participar nesta segunda-feira (17) de duas audiências públicas no Senado. Uma na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), com a finalidade de debater a possibilidade de redução da maioridade penal, e outra, na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), para discutir a regulamentação da emenda constitucional que garantiu mais direitos aos trabalhadores domésticos.

O Senado disponibilizará canais de comunicação para facilitar a interatividade.

A audiência pública da CDH será realizada, na sala 2 da ala Nilo Coelho, a partir das 9h e será transmitida ao vivo pelo portal e-Cidadania e pela TV Senado. O público pode participar com perguntas ou comentários diretamente aos senadores e convidados pelo link http://bit.ly/PECdasdomesticas. A interação também é possível pelo Facebook, pelo Twitter e pelo serviço telefônico Alô Senado (0800-612211).

No caso do debate da CCJ, que começa às 15h, a transmissão se dará igualmente ao vivo pelo portal e-Cidadania e pelo canal 2 da TV Senado na internet, já que nesse horário a emissora estará transmitindo a sessão plenária. Os cidadãos poderão igualmente participar pelo Facebook, pelo Twitter e pelo Alô Senado (0800-612211). Além disso, a audiência será transmitida, por meio de videoconferência, para todas as assembleias legislativas, e também por videostreaming, através do portal do Interlegis.

O link para específico para acesso ao debate da maioridade penal é http://bit.ly/audienciaRMP3 .

(Agência Senado)

Cotidiano dos idosos é administrar aposentadoria e aumento de despesas

85 1

O cotidiano dos idosos é baseado geralmente na administração dos benefícios da aposentadoria com os gastos e o aumento de despesas. Dos 22,3 milhões de brasileiros, com mais de 60 anos, 3,7 milhões voltaram a trabalhar – em empregos fixos ou temporários. Muitos se queixam das dificuldades, pois ajudam parentes e amigos. Pelo menos 15,8 milhões se dizem chefes de família. 

É o caso do marceneiro aposentado Manoel Lopes, de 61 anos. Lopes disse que sua sorte é ter casa própria, do contrário, sua vida seria mais difícil. “Eu gasto pouco e faço minhas economias, como não pago aluguel, dá pra viver. Não gasto com roupa, nada disso. Gasto muito pouco com medicamentos, coisinha de R$ 10 a R$ 15”, ressaltou.

Econômico, Lopes disse que sempre tenta ajudar um parente que esteja precisando de suporte financeiro. “De vez em quando ainda dá para ajudar um filho ou um neto que precise”, destacou o aposentado.

Lopes faz parte do perfil da pesquisa Idosos no Brasil, do Instituto DataPopular. O diretor do instituto, Renato Meirelles, fez o levantamento de dados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),e entrevistas nas principais cidades das cinco regiões do país, de outubro a dezembro de 2012.

“Para o idoso, trabalhar é um valor a ser respeitado. Mas a maioria volta a trabalhar porque a aposentadoria é insuficiente”, disse Meirelles. “Mas todos têm muito orgulho de dizer que, embora aposentados, ainda trabalham”, acrescentou. “Na prática, o que muitos ganham por ter experiência perdem pela baixa escolaridade, infelizmente.”

O funcionário público aposentado Benedito da Rocha, de 73 anos, reclama das dificuldades financeiras e das despesas que têm com a mulher, que é diabética e sofre de doença de Chagas, fazendo uso de uma série de medicamentos. “Tá tudo muito caro. A inflação subiu e o salário não foi corrigido de acordo com esse aumento. Minha mulher tem diabetes e Chagas [doença]. Ela precisa de uma boa alimentação. Verdura é caro”, disse.

Estudo da Secretaria de Assuntos Estratégicos (SAE) mostra que renda familiar inferior a R$ 291 indica classe baixa. Se a renda familiar fica entre R$ 291 e R$ 1.019 aponta para a classe média.

(Agência Brasil)