Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Desemprego no País fica estável em abril

“O desemprego em abril chegou a 5,8% (1,4 milhão de pessoas) nas seis regiões metropolitanas investigadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A Pesquisa Mensal de Emprego, divulgada hoje (23) aponta que houve estabilidade tanto em relação a março (5,7%) quanto a abril do ano passado (6%). A taxa de desocupação apresentou seu menor valor para um mês de abril desde 2003.

A população ocupada (22,906 milhões de pessoas) também não se alterou significativamente nas duas comparações. O número de trabalhadores com Carteira de Trabalho assinada no setor privado ficou praticamente estável (11,452 milhões de pessoas), ao registrar alta de 0,1% em relação a março passado. Em comparação com abril de 2012, o crescimento alcançou 3,1% – mais 342 mil postos de trabalho com carteira assinada em um ano.

Ainda segundo o IBGE, o rendimento médio real habitual dos trabalhadores (R$ 1.862,40) manteve-se sem variação significativa (-0,2%) na comparação com março e cresceu 1,6% na comparação com abril de 2012. Já a massa de rendimento médio real habitual dos ocupados (R$ 43 bilhões) não variou em abril e, na comparação com março, cresceu 2,4% em relação a abril do ano passado. A Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE é feita nas regiões metropolitanas de Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.”

(Agência Brasil)

UFC promove debate sobre internação compulsória de usuários de drogas

77 1

A Faculdade de Direito da UFC, através do seu Núcleo de Estudos em Ciências Criminais, promoverá nesta quinta-feira, a partir das 14 horas, em seu auditório, um debate sobre “Internação compulsória dos usuários de drogas”.

O encontro contará com a participação do presidente da Comissão de Políticas Públicas Sobre Drogas da OAB, Rossana Brasil Ferreira Kopf, do promotor de justiça Ionilton Pereira do Vale, do médico e professor Victor Hugo Medeiros Alencar (debatedores) e do professor Nestor Eduardo Araruna Santiago (presidente de mesa).

 

 

Dilma participará das comemorações dos 50 anos da União Africana

“A presidenta Dilma Rousseff embarca hoje (23), às 19h, para Adis Adeba, na Etiópia, onde participa das comemorações do aniversário de 50 anos da União Africana (que reúne 54 países), no próximo dia 25. A previsão é que ela esteja de volta ao Brasil até o dia 27. Dilma será a única chefe de Estado da América Latina nas celebrações. Os programas sociais e as conquistas econômicas do Brasil estão na pauta de discussões.

Segundo diplomatas, os avanços sociais associados ao crescimento econômico fazem do Brasil um dos convidados de honra das comemorações, ao lado da França e da União Europeia, além da China e Índia. A presidenta viaja acompanhada por uma comitiva de ministros, entre eles Antonio Patriota (Relações Exteriores) e Aloizio Mercadante (Educação), empresários e assessores.

A presidenta discursará no sábado (25) à tarde. Ela terá uma reunião bilateral com o primeiro-ministro da Etiópia, Hailemariam Desalegn, que tem interesse nos programas de desenvolvimento agrícola, de transferência de renda e de educação implementados no Brasil. O Brasil é o país latino-americano com o maior número de embaixadas na África. No total, são 37 representações. No Conselho de Segurança das Nações Unidas, apenas a China, os Estados Unidos e a Rússia têm mais embaixadas na África do que o país.”

(Agência Brasil)

Lei que estabelece prazo para início de tratamento de câncer pelo SUS entra em vigor

“A partir de hoje (23), pacientes com câncer deverão iniciar o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) até 60 dias após o registro da doença no prontuário médico. A determinação consta da Lei 12.732/12, sancionada pela presidenta Dilma Rousseff em novembro do ano passado, que entra em vigor nesta quinta-feira

Para ajudar estados e municípios a gerir os serviços oncológicos da rede pública, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou, há uma semana, a criação do Sistema de Informação do Câncer (Siscan). O software, disponibilizado gratuitamente para as secretarias de Saúde, vai reunir o histórico do paciente e do tratamento. A previsão do governo é que, a partir de agosto, todos os registros de novos casos de câncer no país sejam feitos pelo Siscan.

Na ocasião, o ministro alertou que estados e municípios que não implantarem o sistema até o fim do ano terão suspensos os repasses feitos para atendimento oncológico. Com o objetivo de acompanhar o processo de implantação do Siscan e a execução de planos regionais de oncologia, uma comissão de monitoramento, de caráter permanente, visitará hospitais que atendem pelo SUS. O grupo vai avaliar as condições de funcionamento e a capacidade de oferecer atendimento oncológico com agilidade.”

(Agência Brasil)

Um "Frankenstein" na Segurança Pública?

328 1

frankk

Eis trecho do comentário do jornalista Fábio Campos, no O POVO desta quinta-feira, onde ele analisa a presença de Ciro Gomes como uma espécie de assessor na área da segurança pública estadual:

No Ceará cansado de guerra, criou-se um Frankestein institucional. Um poderoso secretário, que não é secretário. Bem, prossigamos. A fala de Ciro Gomes era necessária? Será que se trata de uma avaliação correta feita pela pessoa errada? Ou se trata de um grandioso equívoco? O fato é que já foi dita e corre feito rastilho de pólvora. Pode haver bananas de dinamite no fim.

É bom que separemos as coisas. O confronto do Governo com o movimento de reivindicação dos PMs é um ponto do cenário. Outro ponto é a política de combate à violência. Duas questões que parecem não se relacionar, embora a fala de Ciro culpe o movimento pelo clima de terror vivenciado pela população.

De nossa parte, queremos ver o Governo tão empenhado em dar respostas à insegurança quanto se mostrou em enfrentar esse movimento que, sim, é legalmente questionável. Afinal, muitas cabeças já estão rolando. Cinco por dia. 150 por mês. 1.800 por ano.

Michel Temer vai á posse de Correa no Equador

“O vice-presidente da República, Michel Temer, representará o Brasil na cerimônia de posse do terceiro mandato do presidente do Equador, Rafael Correa, amanhã (24) em Quito. Temer estará interinamente no poder enquanto a presidenta Dilma Rousseff viaja para a Etiópia (África), onde participa das comemorações dos 50 anos da União Africana.

A solenidade de posse de Correa vai reunir pelo menos 14 chefes de Estado. Confirmaram presença os presidente Mahmoud Ahmadinejad (Irã), Nicolás Maduro (Venezuela), Laura Chinchilla (Costa Rica), Ollanta Humala (Peru) e Porfirio Lobo (Honduras).

Reeleito há três meses, Correa ficará no poderá até 2017, quando completa uma década no governo. O novo vice-presidente é Jorge Glas. Correa venceu o ex-banqueiro Guillermo Lasso. Para a campanha, ele se licenciou do cargo.”

(Agência Brasil)

Marta Supicy: Vale Cultura é o "bolsa para a alma"

bomdia

“O Vale Cultura é o Bolsa para a alma”, disse a ministra da Cultura, Marta Suplicy, ao ser entrevistada, nesta quinta-feira, pelo jornalista Roberto Maciel, dentro do CE TV -1ª Edição (TV Verdes Mares), numa alusão ao Programa Bola Família, que repassa recursos para famílias de baixa renda do País. Ela considera o programa importante para dar acesso ao teatro e ao cinema às pessoas pobres.

Marta Suplicy está visitando Fortaleza divulgando o Vale Cultura e acertando algumas parcerias. Nesta manhã ainda tem encontro com o empresariado, na sede da Fiec. Ela ainda almoçará com o governador Cid Gomes e o prefeito Roberto Cláudio, no Palácio da Abolição. A partir das 14h30min, na Câmara Municipal, Marta Suplicy vai expor o Vale Cultura numa audiência pública organizada pelo vereador Guilherme Sampaio (PT).

Vale Cultura

Permitirá que diversas empresas se credenciem para terem abatimento no seu imposto de renda em troca do repasse do valor de R$ 50,00 em um cartão para trabalhadores que recebem de um a cinco salários mínimos. A adesão é voluntária, tanto por parte da empresa como do funcionário. A empresa paga R$ 45,00 e o trabalhador R$ 5,00. O Vale Cultura funcionará como um cartão de débito, assim como são os cartões de vale-transporte. Todos os meses o cartão será abastecido com o valor citado, que pode ser acumulado.

(Foto – Reprodução da TV)

DETALHE – Marta estava com o cabelo impecável, bem armado mesmo. Será que fez algum cabeleireiro madrugar?

Lula – O Brasil precisa ser ator global para ter economia forte

71 1

lula fortaleza

“Para ter uma economia forte, o Brasil precisa ser ator global, disse, nessa quarta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.  O ex-presidente comentou a eleição do brasileiro Roberto Azevêdo, primeiro latino-americano eleito diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC) e recordou a escolha de um brasileiro para diretor-geral da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), referindo-se a José Graziano da Silva, eleito em 2011. “Quem diria que o Brasil teria a diretoria da OMC e da FAO? Em 2016, seremos a quinta economia do mundo, mas [o crescimento econômico] precisa estar umbilicalmente ligado ao desenvolvimento social”, disse.

Lula deu as declarações em apresentação a autoridades africanas e empresários brasileiros durante o seminário “As Relações do Brasil com a África – A Nova Fronteira do Desenvolvimento Global”, organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e pelo jornal Valor Econômico. O ex-presidente disse também que o país é privilegiado por estar inserido em uma região como a América Latina, na qual os países têm uma relação pacífica e que tem Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 4 trilhões. Segundo o ex-presidente, o fluxo comercial entre Brasil e Argentina cresceu na última década. No entanto, ele diz que as relações entre os países sul-americanos não são tão desenvolvidas quanto poderiam ser.”

(Agência Brasil)

Se carro comprado por leasing for roubado, cliente não precisa pagar

“Uma boa notícia para o consumidor que tiver comprado um carro por leasing e ainda não tiver quitado o produto: caso tenha o veículo roubado, não precisará continuar pagando as parcelas. A decisão é da 2ª vara Empresarial do Rio de Janeiro, e válida para todo o país. Ainda cabe recurso das empresas de leasing. No contrato de leasing, o carro é comprado pela instituição financeira, que o “aluga” para o consumidor. Assim, o cliente pode usar o veículo enquanto paga as parcelas –uma espécie de aluguel. O veículo fica no nome da empresa de leasing até o fim das prestações. Só após pagar todas as parcelas, o consumidor passa a ser dono do carro.

A Justiça considerou que, já que o banco é o real proprietário do veículo enquanto o consumidor paga as prestações do leasing, é a própria instituição financeira quem deve arcar com o prejuízo caso o carro seja roubado. A decisão foi tomada em uma ação movida pela Comissão de Defesa do Consumidor do Rio de Janeiro contra os maiores bancos que fazem financiamento e leasing de carros –entre eles, Bradesco, Itaú e Santander, além de bancos das próprias montadoras, como Fiat, Ford, Volkswagen e GMC.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Leasing (Abel), Osmar Roncolato, a decisão fere a essência econômica da natureza do contrato de leasing. “Se uma empresa adquire um veículo e o deixa sob a posse de alguém, é lógico que este alguém passa a ter responsabilidade sob a guarda”.
Roncolato esclarece que os contratos de leasing obrigam o cliente a repor o bem que foi furtado. “Um cenário em que, diante de um roubo, o cliente esteja desobrigado de repor o bem ou quitar as parcelas, representará um risco maior para os bancos, consequentemente, as operações de leasing terão um custo maior, que será repassado para os novos contratos”.

* Do Portal Uol aqui.

Chico Lopes fala, emocionado, em sessão que devolveu simbolicamente mandato de Prestes

263 1

chicolopes

“É um momento importante para o Congresso Nacional e o Brasil, neste momento em que nosso País busca se reconciliar com sua própria história, através da Comissão da Verdade”, afirmou, nesta quara-feira, em Brasília, o deputado federal Chico Lopes (PCdoB), ao participar, em tom emocionado, da sessão solene em que foi devolvido simbolicamente o mandato de senador a Luiz Carlos Prestes (1898/1990) e a seu suplente, Abel Chermont (1887/1962).

Chico Lopes destacou o legado de luta, coragem e nacionalismo e os inúmeros ensinamentos deixados por Prestes: “Além de reparar simbolicamente essa injustiça, este momento contribui para que mais brasileiros, das novas gerações, possam saber mais sobre a história e a importância de Luiz Carlos Prestes. E nós, cearenses, que temos orgulho de ter dado ao Brasil o primeiro senador comunista desde Prestes, com Inácio Arruda, ficamos especialmente honrados de participar dessa homenagem”, complementou.

Inácio Arruda foi o autor do requerimento dessa sessão que reuniu, além de parlamentares, também a viúva de Prestes, Maria do Carmo Ribeiro, as filhas Ermelinda e Zóia, o filho Luiz Carlos, a neta Ana Maria e o neto Eduardo. Representando Chermont participaram o neto Carlos e a bisneta Ana Paula. O presidente do Senado, Renan Calheiros, comandou a solenidade, ao lado dos senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Inácio Arruda e dos familiares, além do presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo. Também estiveram presentes à cerimônia representantes de entidades estudantis, como a UNE e a Ubes, além da União da Juventude Socialista (UJS).

Prestes foi eleito em 1945 pelo então Partido Comunista do Brasil (PCB) com a maior votação proporcional da história política brasileira até aquela época. Ele teve seu mandato cassado após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter cancelado o registro do partido, em 1947.

Presidente da Assembleia participa no Recife de encontro da Unale

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PSB), encontra-se no Recife. Ali, confere a XVII Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), aberta nesta quarta-feira e que congrega todos os presidentes das Assembleias Legislativas do País. A ordem é troca de experiências entre os gestores das casas legislativas estaduais.

Zezinho Albuquerque aproveita o encontro para discutir a situação da seca no Nordeste com presidentes de Assembleias Legislativas. Tratou do assunto com Guilherme Uchoa (PDT), de Pernambuco; e com Themístocles Filho (PMDB), do Piauí.

Nesta quinta-feira, a partir das 14 horas, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, que posa de presidenciável pelo PSB também de Zezinho Albuquerque, fará conferência sobre o tema “Equilíbrio federativo e desenvolvimento sustentável”.

 

Tasso Jereissati participa da nova plataforma digital do PSDB apregoando ética

112 6

tasso 130208

O ex-senador Tasso Jereissati, agora vice-presidente nacional do PSDB, estreou na nova plataforma digital do partido intitulada “Conversa com Brasileiros” (conversacombrasileiros.com.br). O espaço objetiva estimular o diálogo dos tucanos com os cidadãos por todo o Brasil. O portal reúne depoimentos e opiniões de lideranças e filiados do partido e tem seus conteúdos disponíveis para compartilhamento nas redes sociais e abertos para comentários.

 O “Conversa com Brasileiros reúne” também impressões, dados e notícias sobre as viagens que o presidente nacional do partido, senador Aécio Neves, fará por todas as regiões do país para discutir os principais problemas vividos pela população, trocando ideias e debatendo propostas para um Brasil melhor.

* Veja a fala de Tasso aqui.

Tylenol terá mais de 3 milhões de embalagens recolhidas por defeito no gotejador

“O Ministério da Justiça fez alerta para a necessidade de recolhimento de mais de 3 milhões de embalagens do medicamento Tylenol líquido, cujo princípio ativo é a substância paracetamol. As embalagens apresentam problemas no gotejador. A campanha de recall começa na segunda-feira (27) e abrange as embalagens de 200 mg/ml de Tylenol fabricado entre dezembro de 2011 e novembro de 2012. O risco é o gotejador se desprender total ou parcialmente do frasco e provocar superdosagem do medicamento. As embalagens a serem recolhidas são as com numeração de lote não sequencial compreendida entre os intervalos PPL055 a RJL123.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor substitua o produto defeituoso. Em caso de dificuldade, o Ministério da Justiça recomenda que os consumidor procure os órgãos de proteção e defesa do consumidor. A fabricante do produto, Janssen-Cilag Farmacêutica Ltda, informou que a superdosagem traz riscos de danos ao fígado, náusea, outros sintomas gastrointestinais e elevação das enzimas hepáticas.

SERVIÇO

Os contatos da empresa para informações são o telefone de número 0800 7286 767 e o site na internet. Detalhes sobre devolução do remédio estão no site do Ministério da Justiça.

(Agência Brasil)

Procuradora da República vai falar sobre combate ao tráfico de seres humanos na Aesp

nilcecunhaa

Com o tema “Policiais Estaduais no Combate ao Tráfico de Seres Humanos”, a procuradora da República no Ceará, Nilce Cunha, falará para agentes da segurança pública, a partir das 9 horas desta quinta-feira, no auditório da Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp). Segundo Nilce Cunha, que atende a um convite da Aesp, a grande dificuldade hoje é saber, em números exatos, quantos casos temos no Estado.

“Sabemos que existe o tráfico de seres humanos, temos casos na Justiça, mas reconhecer quantos casos realmente existem é o nosso grande gargalo hoje”, afirma. Em números, o que se tem conhecimento, são 475 casos confirmados no país entre 2005 e 2011.

A Procuradora ainda afirma que outro problema reconhecido no Brasil é a mudança do perfil do País nesse mercado. “Antes, sabíamos que o Brasil era exportador de seres humanos nesse tipo de tráfico, seja ele para crime sexual ou trabalho escravo. Hoje, temos casos de pessoas de outros países sendo traficadas para o Brasil, e isso preocupa”, alerta a procuradora, que integra o Comitê Interinstitucional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas do Estado do Ceará e responde pela Procuradora Regional dos Direitos do Cidadão no Estado do Ceará.

Ministro Leônidas firma parcerias na Flórida

content_id (3)

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, participou, nesta quarta-feira, na Flórida, da assinatura do Acordo Internacional de Portos Marítimo Irmãos firmado entre a Companhia Docas do Rio de Janeiro (CDRJ) e a Autoridade Portuária de Manatee. O acordo possibilitará o estabelecimento de linhas regulares de navegação entre os dois Portos, principalmente em função da grande importação de produtos brasileiros pela região. O documento foi assinado pelo Presidente da CDRJ, Jorge Mello e pelo Diretor Executivo do Porto de Manatee, Carlos Buqueras. A partir de agora, os portos deverão trocar informações livres e abertas, referentes à movimentação operacional de carga e de turismo, planejamento e pesquisas desenvolvidas. Será criado ainda um grupo de trabalho para dar o acompanhamento necessário e colocar em prática as intenções deste acordo.

O Porto de Manatee fica localizado na costa oeste da Flórida a cerca de uma hora de da Cidade de Orlando. A região tem grande afluência de brasileiros, o que contribui para aumento substancial da importação de produtos e carga brasileira, com possibilidade de geração de grande volume de negócios por intermédio do Porto de Manatee. Tal possibilidade é ainda potencializada pelo grande congestionamento dos portos de Miami e de Everglades, em razão do grande crescimento urbanos das Cidades.
A proximidade do Porto de Manatee com o Canal do Panamá também possibilita a redução dos custos de transporte, permitindo maior agilidade na entrega das mercadorias e fácil conexão entre portos americanos e brasileiros.

O Porto Organizado de Manatee, diferentemente dos principais Portos do Estado da Flórida, ainda dispõe de grandes áreas para expansão e inclui em seu planejamento a construção de plataformas logísticas, conhecidas nos Estados Unidos como Centros de Distribuição. Estas instalações, por estarem mais próximas dos grandes centros urbanos daquele Estado, possibilitam um grande crescimento do Porto. Nesse sentido, o Termo de Cooperação hoje firmado possibilita o aumento do comércio entre os dois Países, em uma região de grande afluência de brasileiros. Participaram também da reunião o Secretário de Gestão e Infraestrutura de Portos, Fernando Victor Castanheira de Carvalho, e o Assessor Internacional, José Newton Barbosa Gama.

(Com Site da SENAP)

Um artigo em tempo de debate sobre polícia cidadã e drogas

Com o título “Uma nova voz no debate sobre as drogas”, eis artigo publicado na Folha desta quarta-feira, que aborda o combate às drogas e que tem entre sues autores o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Confira:

Após mais de quatro décadas de guerra fracassada contra as drogas, as declarações pedindo mudanças profundas nessa estratégia aumentam a cada dia. Na América Latina, o debate engrenou. Chefes de Estado da Colômbia, Guatemala, México e Uruguai assumiram a liderança para transformar suas políticas nacionais de drogas, desencadeando forte dinâmica de mudança por toda a região e ao redor do mundo.

A discussão chegou aos Estados Unidos. Pela primeira vez, a maioria dos norte-americanos apoiam a regulação da maconha para uso adulto. Em nenhum outro lugar tal apoio é tão evidente como em Washington e Colorado, que aprovaram leis locais nesse sentido.

A mudança na opinião pública representa um desafio não apenas à lei federal dos EUA, mas também às convenções da ONU e ao regime internacional sobre drogas.

Desde 2011, a Comissão Global de Política sobre Drogas, formada a partir da mudança de paradigma apresentada pela Comissão Latino-Americana de Drogas e Democracia, tem insistido nesse caminho. Mais de 20 lideranças globais vêm expondo as consequências desastrosas de políticas repressivas.

Nosso relatório “Sobre a Guerra às Drogas” traz duas recomendações principais: substituir a criminalização do uso de drogas por uma abordagem de saúde pública e experimentar modelos de regulação legal de drogas ilícitas para reduzir o poder do crime organizado. Ao promover uma verdadeira conversa global sobre a reforma na política de drogas, nós quebramos um tabu que perdurava há mais de século.

Na semana passada, uma inesperada voz foi adicionada ao debate. O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, apresentou ao presidente Juan Manuel Santos, da Colômbia, uma resposta à demanda dos chefes de Estado americanos.

O estudo da OEA propõe quatro possíveis cenários e reflete um consenso emergente na América Latina. Felizmente, nenhum cenário insiste em manter o status quo. A maior parte dos especialistas subscreve aos três primeiros cenários –trocar a repressão por abordagens que privilegiem a segurança cidadã, experiências com diferentes formas de regular drogas ilícitas e o fortalecimento da resiliência comunitária. Obviamente, todos concordam que o quarto cenário –a ameaça da criação de narcoestados– deve ser evitado a qualquer custo.

Na prática, o relatório é o primeiro tratado de reforma de política de drogas proposto por uma organização multilateral. Indica caminhos complementares e não excludentes. Parte da premissa realista de que a demanda por substâncias psicoativas continuará a existir e que apenas uma pequena parte dos usuários se tornará dependente.

De fato, vários países e Estados já estão descriminalizando o uso de drogas, testando a regulação da maconha e implementando programas de redução de danos incluindo o fornecimento medicinal de drogas como a heroína. Essas políticas têm gerado resultados positivos e mensuráveis, e não o agravamento do consumo.

É tempo de permitir aos governos do mundo que, de forma responsável, experimentem modelos adequados às suas necessidades locais. A liderança demonstrada pelo presidente Santos e o secretário-geral da OEA é bem-vinda. Porém, o relatório é apenas um começo –autoridades do continente devem considerar seriamente as propostas de cenários e avaliar como suas políticas nacionais podem ser melhoradas. Assim, romperão com o ciclo vicioso de violência, corrupção e prisões superlotadas e priorizarão a saúde e a segurança das pessoas.

* FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, ex-presidente do Brasil, RICARDO LAGOS, ex-presidente do Chile, PAUL VOLCKER, ex-presidente do Federal Reserve,

Dilma é a segunda mulher mais poderosa do mundo, segundo a "Forbes"

A revisa “Forbes” definiu a presidente Dilma Rousseff como a segunda mulher mais poderosa do mundo, atrás apenas da chanceler alemã Angela Merkel. Dilma, que ficou na terceira posição por dois anos consecutivos, alcançou o segundo lugar após a saída de Hillary Clinton do posto de secretária de Estado americano, o que fez a ex-primeira dama dos Estados Unidos cair para o quinto lugar.

A lista deste ano a “Forbes”  foi divulgada nesta quarta-feira.

Senadores discutem penalidade para quem não acompanha vida escolar dos filhos

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte debate nesta quarta-feira (22) projeto do senador Cristovam Buarque (PDT-DF) que estabelece penalidades para os pais ou responsáveis que não comparecerem à escola dos filhos para acompanhar seu desempenho.

Conforme a proposta (PLS 189/2012), aqueles que passarem mais de dois meses sem ir à escola do filho poderão pagar multa no mesmo valor cobrado de quem não comparece às eleições. Para Cristovam Buarque, a educação de uma criança é direito e obrigação dos seus pais ou responsáveis legais. “Sem a participação deles, a educação fica órfã, porque a escola sozinha não consegue cumprir integralmente o papel de formadora”.

O relator da proposta na CE, senador João Capiberibe (PSB-AP), apresentou voto favorável ao projeto, com emendas de redação.

(Agência Senado)