Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

O PT cearense virou apêndice dos Ferreira Gomes?

62 1

Com o título “O desaparecimento do PT no Ceará, eis tópico da Coluna Política do O POVO desta terça-feira, assinado pelo jornalista Érico Firmo. Ele expõe o que muito petista anda comentando: o partido, no Estado, virou sigla de caciques. Alguns aliados com Cid Gomes e outros, revoltados pela derrota, buscando oposição a todo custo. Confira:

A direção nacional do PT monitora com atenção cada passo do partido no Ceará. A ordem é identificar quaisquer movimentos dos dissidentes, que fazem oposição a Cid Gomes (PSB), e chama-los para conversar. Não à toa. Hoje, o governador do Ceará é o mais útil dos aliados do Palácio do Planalto, pela insistente crítica que tem feito à pretensão presidencial do dirigente de seu próprio partido, Eduardo Campos. Não há aliado no País, petista ou não, que sirva tanto aos interesses da presidente Dilma Rousseff (PT) quanto Cid. E a reeleição no Governo Federal é prioridade máxima para a sigla. O preço disso, desde que Luizianne Lins foi desalojada da Prefeitura da Capital, tem sido a gradual anulação do PT no âmbito estadual. Desde a fundação – já se vão lá mais de 30 anos – nunca se viu a legenda tão alheia a qualquer discussão ou decisão relativa à esfera pública no Estado. Transformou-se, no Ceará, na ocupação de quatro secretarias, ainda que todas absolutamente estratégicas – com desempenhos que variam do muito bom ao pavoroso.

A primazia da disputa federal é questão de lógica elementar, mas a forma como o PT deliberadamente se mantém à parte das formulações e da definição de rumos da política estadual contraria sua própria natureza. O partido se coloca como se algemado estivesse – e não por coerção, mas por pragmatismo.

Um petista graduado, que pede para não ser identificado, mostra-se particularmente preocupado até com as condições com que o PT entra na própria negociação de formação da chapa para 2014. “Você não se alia com cachorro doente”, lembra. Situação que pode gerar inconveniente para o próprio aliado que tentar desfrutar do apoio petista.

Cada vez mais sem inserção, relevância e diálogo com a sociedade, o partido dificilmente entregará a mercadoria eleitoral que o candidato a governador que Cid indicar esperaria receber.

Partido some no Ceará, Líderes crescem em Brasília

Curiosamente, a cada vez menor relevância petista no âmbito estadual coincide com momento ímpar de seus principais expoentes em Brasília. Atualmente, o nome mais forte do PT cearense, o deputado federal José Guimarães, é líder da bancada na Câmara dos Deputados. E o senador José Pimentel é líder do governo Dilma no Congresso Nacional. São as posições de maior destaque já ocupadas por membros da legenda no Ceará. Até pela inserção nas questões palacianas, a questão local fica minimizada.

Fortaleza é, evidentemente, caso particular. Na Capital, os vereadores até tentam se movimentar. Mas, evidentemente, com a cautela recomendável a quem se contrapõe a administração que acaba de entra no quinto mês. Além disso, é notória a falta de treino para fazer oposição, após tanto tempo desfrutando do banquete do poder.

Piora avaliação dos usuários sobre os serviços de telecomunicação

107 1

O índice de satisfação do usuário referente a 2012, divulgado nessa segunda-feira (6) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mostra uma piora na avaliação dos serviços prestados pelas concessionárias, em comparação com a última pesquisa feita em 2002. A nota dada pelos clientes ao serviço de telefonia celular pós pago foi 53,7 (em uma escala de 0 – muito insatisfeito – a 100 – muito satisfeito), ante a nota de 71,4 dada em 2002. Para o serviço de telefonia celular pré pago, a nota foi 60, na pequisa atual, e 77,5 em 2002. De acordo com a Anatel, a partir da nota 62,5 o usuário pode ser considerado satisfeito com o serviço.

Em relação à telefonia fixa residencial, a nota foi 58,9 contra 72,1 da em 2002. A telefonia fixa não residencial recebeu avaliação 60, ante a nota 77,5 dada pelos usuários há dez anos. O serviço de telefonia pública (orelhões) foi o pior avaliado: recebeu nota 19,4, muito abaixo da avaliação de 2002 (44,6). Já o serviço de TV por assinatura via satélite foi um dos melhores avaliados: obteve nota 72,2, melhor que na avaliação de 2002 (71,6). A TV por assinatura via rádio recebeu nota 60,7, ante 72 da pesquisa de 2002. A TV por assinatura a cabo foi avaliado com a nota 56,5 ante nota de 68,2 em 2002.

A pesquisa ainda trouxe a avaliação dos usuários de acordo com as concessionárias que oferecem os serviços. No entanto, não foi fornecido o comparativo com 2002. Na telefonia celular pós-paga a empresa melhor avaliada foi a Sercomtel, com 61,1, e a pior, a TIM, com nota 49,8. Na telefonia celular pré-paga, a Sercomtel também obteve a melhor avaliação, 63,8, e a TIM a pior, 58,6. Na telefonia fixa residencial, a GVT foi a melhor avaliada, com nota 67,1, e a Telefônica a pior, com 55,4. Na telefonia fixa não residencial, com 65,8,a Sercomtel recebeu maior nota. A Oi foi a pior. Ela obteve a nota 59. No serviço de telefonia pública (orelhões), a Sercomtel foi a melhor avaliada, 49,5, e a Embratel a pior, com 33,8.

No serviço de TV por assinatura via satélite, a NossaTV foi a melhor avaliada (75,89), e a CTBC, a pior. com 67,02. Na TV por assinatura via rádio, a GVT recebeu a maior nota (68,66) e a FlexTV NorTV obteve a pior, com 55,15. Na TV a cabo, a Jangadeiro recebeu a maior nota, 60,42, e a TV Nordeste a pior, com 49,75. A pesquisa foi feita com base em cerca de 200 mil entrevistas com usuários dos serviços de telecomunicação no país. As avaliações reunidas conforme os grupos empresarias proprietários das concessionárias serão divulgadas em breve, informou a Anatel.

(Agência Brasil)

Projeto obriga entidades sem fins lucrativos a divulgar dados na internet

O Projeto de Lei 4919/12 obriga as entidades sem fins lucrativos, mesmo aquelas que não são beneficentes, a publicar na internet informações sobre os serviços que prestam e os benefícios ou imunidades tributárias a que fazem jus.

De acordo com o autor, deputado Francisco Praciano (PT-AM), o objetivo da medida é exigir que essas instituições justifiquem os benefícios a elas concedidos.

Praciano argumenta que, apesar de os “inestimáveis serviços prestados pelas entidades sem fins lucrativos” em áreas como educação, saúde e assistência social, justificarem os benefícios que recebem, o cidadão tem o direito de ser informado sobre as atividades que desenvolvem.

(Agência Câmara de Notícias)

Afif Domingos agora é ministro de Dilma

afifff

A Secretaria de Imprensa do Palácio do Planalto distribuiu nota informando que a presidente Dilma Rousseff convidou Guilherme Afif Domingos para chefiar a Secretaria da Micro e Pequena Empresa. A nota lembra que a Secretaria – que tem status de ministério – formulará políticas de apoio às micro e pequenas empresas, “segmento fundamental para a geração de empregos e o desenvolvimento da economia brasileira”.

“Afif Domingos tem tido papel relevante em todos os processos que nos últimos anos resultaram no estímulo e na valorização das micro e pequenas empresas no País”, diz a nota do Planalto, acrescentando que a presidente Dilma (que se reuniu ontem em São Paulo com Afif Domingos) desejou sucesso a ele e “manifestou sua confiança no desempenho do novo ministro à frente da Pasta”. A posse está marcada para a próxima quinta-feira, 9, às 10 horas.

(Agência Estado)

Código Penal deve se ajustar à realidade, diz senador

Relator da comissão especial de reforma do Código Penal (PLS 236/2012), senador Pedro Taques (PDT-MT), em pronunciamento nessa segunda-feira (6), defendeu a atualização da legislação penal de modo a torná-la compatível com a Constituição de 1988 e atender à demanda da sociedade. Ele lembrou que a Parte Geral do Código Penal vigente é de 1984, e a Parte Especial, de 1940 – dois “períodos escuros da História”, referindo-se, respectivamente, ao regime militar (1964-1985) e ao Estado Novo (1937-1945).

– Nós estamos, sim, a precisar de um novo código que possa ser adaptável à realidade que nós vivemos – afirmou.

A Constituição, disse o senador, salienta a defesa de bens jurídicos sociais, o que o Código Penal precisar levar em conta. Ele criticou as penas que lhe parecem “pouco razoáveis”: em sua avaliação, não é justo que um homicídio simples acarrete pena de 6 anos, e um roubo qualificado, de 5 anos e 4 meses.

– Qual é a conduta que representa maior desvalor à sociedade? – indagou.

Pedro Taques também lamentou que as ações penais contra políticos “nunca cheguem ao fim” devido ao excesso de recursos. Ele espera que o novo Código Penal traga a certeza de que um criminoso será punido.

O senador informou que a comissão, presidida pelo senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu mais de 500 emendas ao projeto de reforma do Código Penal.

(Agência Senado)

Joaquim Barbosa encaminha recursos do mensalão para Ministério Público

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, encaminhou nessa segunda-feira (6) à Procuradoria-Geral da República (PGR) recursos dos réus condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão, do qual é relator. A Assessoria de Comunicação do Supremo não confirmou quantos recursos foram enviados, mas garantiu que o ministro considerou apenas os de caráter infringente, ou seja, que tentam modificar a decisão.

Assim como ocorreu com os réus, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, terá dez dias para apresentar os contra-argumentos. O prazo acaba no dia 16 de maio. Em seguida, Barbosa reunirá todo o material apresentado pelas defesas e pela acusação e irá preparar seu voto. Não há data para levar o processo para plenário.

Os recursos em questão são os embargos declaratórios. Eles são usados pelos advogados de defesa para pedir esclarecimentos de pontos contraditórios ou omissos do julgamento e raramente têm o poder de mudar uma decisão. O prazo final para apresentação dos embargos declaratórios terminou na última quinta-feira (2). Barbosa não estava em Brasília, pois participava de um evento da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) em San José na Costa Rica.

Todos os 25 réus condenados apresentaram embargos declaratórios, além do empresário Carlos Alberto Quaglia, que não chegou a ser julgado pelo STF. Ele pede que seu caso seja enviado para a Justiça de primeiro grau sem a acusação de formação de quadrilha. A maioria dos advogados pede a absolvição de seus clientes ou, alternativamente, a redução das penas.

Os réus que não têm prerrogativa de foro querem um novo julgamento, pois a Constituição garante duplo grau de jurisdição. Os advogados também argumentam que o acórdão está “capenga” e deve ser anulado, pois houve supressão de mais de mil falas dos ministros, o que prejudicou o entendimento do texto. Alguns advogados pedem a substituição de Barbosa na relatoria do processo.

(Agência Brasil)

Comissão debaterá critérios de correção das redações do Enem

A Comissão de Educação promoverá, na quinta-feira (9), audiência pública para discutir os critérios de correção das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. Na ocasião, alguns estudantes conquistaram nota máxima na prova discursiva apesar de terem cometido falhas graves de ortografia, pontuação e concordância verbal e nominal. A iniciativa do debate é do deputado Raul Henry (PMDB-PE).

Segundo reportagem do jornal O Globo, alguns textos que receberam a pontuação máxima (1 mil pontos) tinham erros de ortografia, como “rasoavel”, “enchergar” e “trousse”. Em uma das redações analisadas, o candidato errou duas vezes a concordância: “essas providências, no entanto, não deve (sic) ser expulsão” e “é fundamental que hajam (sic) debates”.

Em nota, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirmou ao periódico que uma redação nota máxima pode apresentar “eventuais” desvios nas competências avaliadas.

Miojo

Em outro caso noticiado pela imprensa, um estudante resolveu descrever como preparar um miojo no meio da redação de 2012, que tinha como tema o movimento imigratório para o Brasil no século 21, e recebeu 560 pontos.

O candidato escreveu dois parágrafos sobre o assunto proposto e, depois, dedicou um parágrafo inteiro ao preparo do macarrão instantâneo: “Para não ficar muito cansativo, vou agora ensinar a fazer um belo miojo: ferva trezentos ml’s (sic) de água em uma panela, quando estiver fervendo, coloque o miojo, espere cozinhar por três minutos, retire o miojo do fogão, misture bem e sirva”.

(Agência Câmara de Notícias)

Senador critica regime próprio de previdência para estados e municípios

O senador Ataídes Oliveira (PSDB – TO) criticou em Plenário nesta segunda-feira (6) a regulamentação, pelo governo federal, do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), que permite a estados, municípios, Distrito Federal e União terem seus próprios regimes de previdência. Para isso, basta criarem empresa pública para administrar esse regime de previdência próprio.

O RPPS foi regulamentado por meio da Lei 9.717/1998; da Emenda Constitucional 20/1998; da Emenda Constitucional 41/2003; e da Emenda Constitucional 47/2005, com o propósito de livrar o governo federal de uma profunda crise na previdência. Em sua avaliação, uma crise fruto de má gestão pública, entre outros fatores.

Atualmente, explicou o senador, existem mais de 2 mil entes federados com regime próprio de previdência social, com uma disponibilidade financeira superior a R$ 120 bilhões em caixa e cerca de 10 milhões de contribuintes.

Um dos cuidados exigidos desses regimes próprios, alertou Ataídes, são os investimentos feitos pelos fundos que os administram. De acordo com as normas de funcionamento desses RPPS, até 100% dos recursos podem ser investidos em renda fixa e títulos públicos, investimentos de baixo risco e também baixa rentabilidade.

Mas é possível investir até 30% dos recursos em renda variável – em fundos de ações, em bolsa de valores, em fundo de investimento de multimercado, em fundo de investimento em participações e em fundo de investimento imobiliário. E é nesta parcela que ocorrem os problemas, disse o senador, lembrando que foram feitos investimentos em aplicações em bancos falidos, sob intervenção e liquidação do Banco Central, como Banco Santos, Banco Cruzeiro do Sul, Banco BVA, Corretora Diferencial, entre outros.

– Aqui a vaca começa a ir para o brejo. Ou seja, essas aplicações em renda variável têm grau de risco alto e altíssimo. E esse dinheiro não pode nem deve correr riscos, uma vez que a sua finalidade é assegurar benefícios previdenciários aos seus contribuintes – reprovou o senador.

(Agência Senado)

José Guimarães diz que PT quer o Senado. Ele não descarta estar na disputa

92 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=TxGZBuo4jM0[/youtube]

O líder do PT n Câmara, Jose Nobre Guimarães, afirma que esta semana será importante para projetos do interesse do governo federal como, por exemplo, a votação da MP dos Portos. Guimarães informa que há ampla mobilização no sentido de aprovar a matéria nesta quarta-feira.

Guimarães também falou sobre a crise entre Congresso e o STF e, no que diz respeito às eleições de 2014, avisa que o PT terá candidato ao Senado. Ele não descarta seu nome na disputa.

Acredite. Prefeitos cassados devem devolver R$ 2,7 milhões aos cofres públicos

“Prefeitos eleitos desde 2008, cassados por compra de voto ou abuso de poder político, terão que devolver mais de R$ 2,7 milhões aos cofres públicos. A quantia é cobrada pela Advocacia-Geral da União (AGU) para cobrir os gastos com novas eleições para suprir os cargos vagos. A cobrança começou no ano passado, resultado de acordo entre a AGU e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para intercâmbio de informações sobre os políticos que tiveram o mandato cassado devido à prática de crimes. A AGU informa que foram ajuizadas 51 ações com pedido de ressarcimento, e outras 37 são preparadas.

Minas Gerais é o estado com o maior número de pedidos de ressarcimento: 21 casos tentam recuperar R$ 281,8 mil. No Pará está concentrado o maior volume financeiro, com ações que passam de R$ 500 mil. Outros seis acordos foram fechados – dois deles sem precisar de ação judicial –, somando R$ 104,8 mil.

A AGU considera as ações para cobrar gastos com eleições suplementares são uma medida pedagógica contra a corrupção. “Eles [os políticos] precisam estar cientes que terão que devolver aos cofres públicos todos os gastos com as novas eleições realizadas por causa de ato fraudulento cometido que, consequentemente, gerou a cassação”, observa o diretor do Departamento de Probidade Administrativa da AGU, Renato Dantas.”

(Agência Brasil)

Cine Ceará – Abertas as inscrições para a 23ª edição do festival

wolney

Wolney Oliveira, o organizador do evento.

O Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema mudou de data. Este ano, com a realização da Copa das Confederações, a 23ª edição será realizada de 7 a 14 de setembro, em Fortaleza, e em novo endereço: no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. O período de inscrições de longas e curtas-metragens para concorrer no 23º Cine Ceará, o festival do cinema do Estado, terá inicio nesta terça-feira e vai se estender até 7 de junho. O regulamento completo do festival, organizado pela Associação Cultural Cine Ceará, estará disponível no site http://www.cineceara.com também a partir desta terça-feira. Wolney Oliveira, organizador do evento, informa que o festival não ocorrerá em junho como era tradicional, mas de 7 a 14 de setembro. A mudança da data foi em razão da Copa das Confederações.

O 23° Cine Ceará, que ocupará espaços no Centro Dragão do Mar, é uma promoção da Universidade Federal do Ceará (UFC), através da Casa Amarela Eusélio Oliveira, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria da Cultura e do Ministério da Cultura, através da Secretaria do Audiovisual. A realização é da Associação Cultural Cine Ceará e conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A Oi patrocina o Cine Ceará, que ainda conta com o apoio cultural do Oi Futuro.

Os filmes concorrerão ao Troféu Mucuripe nas categorias longa-metragem (divididos em filme, direção, fotografia, edição, roteiro, som, trilha sonora original, direção de arte, ator, atriz e prêmio da crítica) e curta-metragem (filme, direção, roteiro, produção cearense e prêmio da crítica). Os prêmios da crítica para melhor curta e longa-metragem serão concedidos pela Abraccine, Associação Brasileira de Críticos de Cinema. Para o melhor longa, de acordo com o júri oficial, será concedido um prêmio especial no valor de US$ 10 mil. Haverá ainda a entrega do troféu Mucuripe de melhor curta da mostra Olhar do Ceará, para o qual haverá um júri de estudantes das universidades de Fortaleza.

Dilma anuncia redução da taxa de juros para microempreendedores

“A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje (6) que a taxa de juros para microempreendedores vai cair de 8% para 5% ao ano. A mudança no Programa de Microcrédito Produtivo e Orientado, o Crescer, está prevista para o fim deste mês. “A questão dos pequenos negócios é imprescindível para o futuro e presente do país”, destacou ao discursar no evento de posse do presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato, na capital paulista.

“Eu desconheço qualquer país do mundo que em tão pouco tempo realizou uma mobilização dessa envergadura para formalizar, por um lado, e apoiar dando crédito a esse conjunto de empreendedores. Nosso governo tem um compromisso inquestionável com os pequenos negócios”, declarou ao comentar os resultados do Microempreendedor Individual (MEI), que deve alcançar a marca de 3 milhões de cadastrados nos próximos dias.

A presidenta falou também sobre a importância da aprovação do Projeto de Lei (PL) 5.500/13, que destina exclusivamente para a educação as receitas provenientes dos royalties do petróleo. “Essa lei é essencial para o Brasil”, defendeu. Entre as ações no campo educacional, Dilma destacou o investimento em creches e a educação integral. Pelo projeto, os recursos destinados à educação serão receitas provenientes dos royalties e da participação especial, relativas aos contratos fechados a partir de 3 de dezembro de 2012, sob os regimes de concessão e de partilha de produção.”

(Agência Brasil)

Padre Reginaldo Manzotti ganha título de cidadão fortalezense em ato concorrido

479 5

walterrr

 

Walter e sua mulher, Francisca Cavalcante, e o padre Reginaldo Manzotti.

A Câmara Municipal de Fortaleza foi palco de uma sessão das mais concorridas neste ano. Foi nesta manhã de segunda-feira, durante a entrega do título de Cidadão de Fortaleza ao padre e cantor Reginaldo Manzotti. A iniciativa, do presidente da Casa, vereador Walter Cavalcante., reuniu vereadores, lideranças de movimentos e pastorais da Igreja Católica, além de lideranças comunitárias, empresários e admiradores do padre.

Walter Cavalcante se disse emocionado por homenagem Manzotti, um religioso hoje dos mais respeitados no País por sua pregação em favor da juventude. Manzotti se disse agradecido pelo amor do povo fortalezense.

UFC abre concurso para professor efetivo no ICA e no Labomar

Estão abertas, até dia 4 de junho, as inscrições para concurso de professor efetivo – classe “auxiliar” para o Instituto de Cultura e Arte (ICA) e Instituto de Ciências do Mar (Labomar) da Universidade Federal do Ceará em Sobral. Candidatos com diploma de graduação podem concorrer às seguintes vagas: no ICA, duas vagas no setor de estudo “Linguagem visual” e uma no setor de estudo “Produção publicitária em meios digitais”; no Labomar, uma vaga para o setor de estudo “Geociências”.

O regime de trabalho é de 40 horas semanais, com dedicação exclusiva. A taxa de inscrição é de R$ 201,00. Os candidatos aprovados terão direito a vencimento básico de R$ 3.594,57, acrescido de remuneração por titulação de pós-graduação, se houver.

SERVIÇO

Demais informações sobre os processos seletivos encontram-se no Edital nº 151/2013, disponível no site da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas da UFC (www.progep.ufc.br).

(Site da UFC)

Mercado mantém projeção de crescimento econômico do País em 3%

“A economia deve crescer 3% este ano, segundo a projeção de instituições financeiras consultadas todas as semanas pelo Banco Central (BC). A estimativa para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, é mantida nesse patamar há quatro semanas seguidas. Para 2014, também continua inalterada a estimativa de 3,5%, há oito semanas consecutivas.

A expectativa para o crescimento da produção industrial passou de 2,83% para 2,39%, este ano, e de 3,75% para 3,55%, em 2014. A projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB foi ajustada de 34,5% para 34,8%, em 2013, e de 33,9% para 34%, para o próximo ano. A expectativa para a cotação do dólar permanece em R$ 2, ao final deste ano, e em R$ 2,05, no fim de 2014. A previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) foi atualizada de US$ 10,25 bilhões para US$ 10 bilhões, em 2013, e de US$ 11,05 bilhões para US$ 10,8 bilhões, em 2014.

Para o déficit em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior), a estimativa foi mantida em US$ 70 bilhões, neste ano, e ajustada de US$ 73,3 bilhões para US$ 74,3 bilhões, em 2014. A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 60 bilhões, tanto para este ano quanto para 2014.”

(Agência Brasil)

Comécio varejista de remédios cresceu 18% em março, segundo Deusmar Queiroz

deusmarqueriz

O comércio varejista de remédios cresceu 18% em março, segundo Deusmar Queiroz, controlador do Grupo Pague Menos, a segunda maior rede de farmácias do País. Ele deixou claro que não há crise no setor, apesar de vários outros segmentos estarem reclamando queda nas vendas.

“Nosso setor está muito bem!”, observa Deusmar Queiroz, comemorando a inauguração de mais uma filia do Gruo Pague Menos. Foi na semana passada em Belenzinho, interior de São Paulo. Deusmar adianta que a meta, em matéria de filiais, é fechar neste ano em 700 pontos.

Tem rapariga aí? Um artigo sobre a estética das músicas do tal "forró de plástico"

117 4

O jornalista Felipe Araújo faz uma reflexão, em texto publicado no O POVO desta segunda-feira, sobre a estética das músicas das bandas do tal forró de plástico. Faz comparações e expectativas sobre o futuro da juventude embalada por essa baixaria, em se tratando de letras. Confira:

“Nos últimos dias, um texto do jornalista José Telles (A música dos valores perdidos) publicado em 2008 voltou a circular pelo universo das mídias sociais erroneamente creditado ao mestre Ariano Suassuna. Nele, Telles manifesta seu assombro com o conteúdo sexista/pornográfico de parte expressiva das canções do chamado “forró eletrônico”, cujos títulos são verdadeiras pérolas de truculência (pouparei aqui o leitor da relação alinhavada por ele; a íntegra do texto pode ser conferida em http://bit.ly/PQNJLQ). E cita o caso de um show numa cidade do agreste pernambucano em que um cantor, ao início da apresentação, saudou a plateia com um entusiasmado “tem rapariga aí?”; no que foi ovacionado pelo público, formado majoritariamente por moças.

“Quando o vocalista, em plena praça pública, com presença de autoridades (e suas respectivas patroas) pergunta se tem ‘rapariga na plateia’, alguma coisa está fora de ordem. Quando canta uma canção que tem como tema a transa de uma moça com dois rapazes (ao mesmo tempo) e o refrão é ‘E toma cano de ferro!’, alguma coisa está muito doente”, alarma-se Telles, que faz um paralelo entre esse imaginário e o turbofolk, subgênero musical que foi a trilha sonora do esfacelamento (político e moral) da Iugoslávia nas guerras étnicas produzidas pelo regime de Milosevic. Com suas facilidades estéticas e apelos sexistas, o turbofolk pegou em cheio “uma juventude que perdeu a crença nos políticos e nos valores morais de uma sociedade dominada pela máfia”. E crava: “Uma juventude cuja cabeça é feita por tal tipo de música é a que vai tomar as rédeas do poder daqui a alguns anos”.

Sem falso moralismo nem essencialismos, o que vemos hoje a embalar o tal forró eletrônico é lamentável. E, através do texto de Telles, me faz lembrar de Jacques Ranciére: “Temos de pensar na estética em sentido largo, como modos de percepção e sensibilidade, a maneira pela qual os indivíduos e grupos constroem o mundo”. Ao relativismo cínico à moda Regina Casé, prefiro parodiar Caetano: se essa juventude for, em política, o que é em estética, estamos perdidos!

* Felipe Araújo

felipearaujo@opovo.com.br
Editor-chefe do Núcleo de Cultura e Entretenimento do O POVO.

Presidente da Venezuela agenda visita ao Brasil

“O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, confirmou que fará uma visita aos países do Mercosul, com exceção do Paraguai, suspenso temporariamente do bloco. Maduro virá ao Brasil, à Argentina e ao Uruguai. No Brasil, o venezuelano estará na quinta-feira (9). “[O objetivo das visitas] é seguir completando a integração perfeita”, disse ele, lembrando que o esforço é pela “busca da igualdade social de todos os povos que estão no bloco [Mercosul]”.

É a primeira viagem de Maduro ao exterior desde sua eleição em abril. Em 28 de junho, a Venezuela assume a presidência pro tempore do Mercosul. Durante ato em homenagem ao presidente Hugo Chávez, que morreu há dois meses vítima de câncer, Maduro disse que a primeira visita será ao Uruguai. Depois, ele vai à Argentina e, em seguida, ao Brasil.

O Mercosul é formado pelo Brasil, a Argentina, o Uruguai, a Venezuela e o Paraguai – que está suspenso do bloco até abril de 2013. O Chile, o Equador, a Colômbia, o Peru e a Bolívia estão no grupo como países associados. Com os venezuelanos, que ingressaram no bloco em dezembro de 2012, o Mercosul passa a contar com um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 3,32 trilhões. O país tem 275 milhões de habitantes.”

(Agência Brasil)

População de Senador Pompeu reclama do fechamento de agência da Receita Federal

Da jornalista Tina Holanda, recebemos a seguinte nota, em tom de queixa e que diz respeito aos moradores de Senador Pompeu:

Caro Eliomar de Lima,

Desde 1º de março 2013 a população de oito municípios atendidos pela Agência da Receita Federal do município de Senador Pompeu, no sertão central do Ceará, tem agora que se deslocar há outras cidades para atendimento. O fechamento da agência foi tomado através da portaria 89 e publicada no Diário Oficial da União em 30 de Janeiro de 2013. A agência da Receita Federal em Senador funcionava desde 28 de Setembro de 1996, ou seja há 17 anos .

Agora os contribuintes desses municípios precisam se deslocar a cidades distantes, pagando passagens, perdendo tempo e enfrentando a má condição de transporte.

Os contribuintes dos municípios de Arneiroz, Deputado Irapuan Pinheiro, Mombaça e Piquet Carneiro têm que ir para Iguatu, cerca de 94 Km, da extinta agência. Já os contribuintes de Senador Pompeu, Milhã e Pedra Branca têm agora que procurar a agência de Quixeramobim, enquanto os contribuintes do município de Solonópole têm que ir para Quixadá.

A Receita Federal alegou contenção de despesas.

O detalhe é que agência de Senador Pompeu contava apenas com três funcionários (incluindo o de serviços gerais), prédio próprio e cerca de R$ 200 mil assegurados para a reforma do prédio.

Em nome dos meus conterrâneos,

* Tina Holanda,

Jornalista, produtora e locutora/rádio.

Padre Reginaldo Manzotti será cidadão de Fortaleza a partir desta 2ª feira

Padre Reginaldo Manzotti - entrevistaFoto: Mauri Melo, em 13/11/2009

O padre Reginaldo Manzotti receberá, às 11 horas desta segunda-feira, o título de Cidadão de Fortaleza. A sessão solene ocorrerá no Plenário da Casa e promete atrair vários leigos e religiosos, além de admiradores do padre, que também é cantor.

A iniciativa da concessão do título de cidadania ao padre Reginaldo Manzotti, que é paranaense, é do presidente da Câmara Municipal, Walter Cavalcante (PMDB).