Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Diretório Nacional do PPS tem dois cearenses em seus quadros

176 3

Dois cearenses integram o Diretório Nacional do PPS, que, reunido no último dia 14, em Brasília, renovou seus membros. São eles: o presidente estadual da legenda, Alexandre Pereira, e Raquel Dias. O evento contou com a presença de toda a cúpula do PPS, que confirmou apoio ao pré-candidato á presidência Eduardo Campos (PSB/REDE).

A eleição de Alexandre Pereira, segundo lideranças do seu partido, dissipa, segundo o secretário-geral do PPS cearense, Herbert Lobo, qualquer duvida sobre o alinhamento político entre a direção estadual do PPS e a nacional. Já Raquel Dias, ex-coordenadora nacional da Juventude do PPS, é a atual Coordenadora Estadual de Mulheres e co-fundadora do Movimento Nacional PPS Diversidade.

“A eleição de Raquel não fortalece apenas o PPS Ceara nacionalmente, mas os movimentos sociais organizados dentro do PPS em especial, Juventude, Mulheres e Diversidade (LGBTT) em um momento que o PPS busca uma reaproximação histórica com o campo das esquerdas democráticas e uma maior inserção junto sociedade,” destacou Herbert Lobo.

Ideli Salvati descarta proposta alternativa para emancipação de distritos

“A ministra da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, disse nesta terça-feira (18) que o governo descarta apresentar uma proposta própria alternativa ao projeto de criação de municípios. O projeto, vetado integralmente no ano passado pela presidenta Dilma Rousseff, foi aprovado com número de votos expressivo na Câmara e no Senado, é o primeiro item da pauta da sessão do Congresso Nacional marcada para esta noite.

Apesar do governo rejeitar a proposta que abre o caminho para a criação de mais de 180 municípios sob o argumento do impacto que medida traria para os cofres públicos, senadores da base estão empenhados em conseguir uma solução alternativa para o impasse.

O líder do PT no Senado, senador Humberto Costa (PT-PE), pretende ganhar apoio ao longo do dia do autor da proposta, senador Mozarildo Cavalcante (PTB-RR) para que o veto seja mantido com o compromisso de que um texto semelhante a proposta original seja apresentado posteriormente. O novo texto tornaria as regras mais flexíveis no Norte e no Centro-Oeste, um pouco mais rígidas no Sul e no Sudeste, e mais severas no Nordeste.

(Agência Brasil)

Com a derrubada de ação do PR, vice da Fiec espera que prefeito faça revisão do IPTU

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=HgooUerQypc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O STF derrubou ação direta de inconstitucionalidade em que o Partido da República questionava a  cobrança do IPTU de Fortaleza. O vice-presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Sérgio, falou sobre o assunto.

Ele diz que foi temendo esse tipo de atitude do STF que a Federação achou por bem buscar o diálogo com a Prefeitura, que promete revisão do IPTU ano que vem.

Receita perde na Justiça para empresas de tabaco

“A Receita Federal acaba de perder um round na batalha contra as empresas de tabaco acusadas de sonegação.

A fabricante de cigarros Phoenix, devedora de quase meio bilhão de reais em impostos, conseguiu reabrir as suas portas graças a uma decisão deste mês da 21ª Vara Federal de São Paulo. O Leão havia conseguido fechar as portas da empresa em 2013.

Agora, vai tentar novamente fechar as portas recorrendo judicialmente.”

(Coluna Radar, Veja Online)

PDT fecha questão pela aprovação do Plano Nacional de Educação

andrefigueiredo

O PDT já escolheu seu maior ponto de discórdia com o Governo Federal em 2014. O partido promete uma guerra em favor da aprovação, ainda neste primeiro semestre, do Plano Nacional de Educação (PNE), que voltou à Câmara depois de ter sido “desidratado” em suas metas de investimento, no Senado Federal. O novo líder da bancada, o gaúcho Vieira da Cunha, designou o seu antecessor, o deputado André Figueiredo, para integrar a Comissão Especial do PNE, que fará dupla com outro pedetista, o pernambucano Paulo Rubem Santiago.

André Figueiredo impôs duas derrotas amargas aos líderes do Governo no Congresso na última legislatura: Os royalties e o fundo social do Pré-sal para a educação, em 2013, e a derrubada do requerimento que tentou evitar a aprovação pela Câmara dos 10% do PIB para a educação, em 2012.

Vem guerra da base aliada por aí? Vamos aguardar.

Presidente da Fiec está preocupado com crise no setor energético do País

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=WUyPwOqdIYE&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&feature=c4-overview[/youtube]

O presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Roberto Macedo, avalia que 2014 será um ano de muito sacrifício para o setor produtivo. Ele teme agravamento da crise no setor de energia elétrica e, sobre o crescimento da economia, considera sonho que venha a crescer bem mais do que 2,5% neste ano.

Marco Civil da Internet – Debate só na próxima semana

“O debate sobre o projeto que cria o Marco Civil da Internet (PL 2126/11) não deve sequer ser retomado hoje (18) como previam alguns parlamentares. O texto que tramita em urgência a pedido do governo, está trancando a pauta de votações da Câmara desde outubro do ano passado. A última versão do projeto foi lida na última quinta-feira (12) pelo relator da proposta, deputado Alessandro Molon (PT-RJ), que voltou a se reunir com representantes de algumas bancadas para esclarecer pontos da proposta e tentar minimizar os impasses.

Mesmo com o esforço concentrado e o tom de otimismo de declarações feitas pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que chegou a afirmar que a votação ocorreria esta semana de qualquer forma, outras prioridades retardaram ainda mais a conclusão do projeto.

Alves recuou hoje e explicou que, desta vez, o debate ficará para depois em função da sessão do Congresso para apreciação de vetos presidenciais, marcada para as 19h, e o debate sobre a composição das comissões permanentes da Câmara que deve ser a prioridade dos líderes partidários durante o dia de hoje. Segundo ele, a votação do projeto pode começar amanhã, “mas se a discussão [sobre o marco civil] for muito acalorada pode ser que [a votação] fique para terça-feira [25] que vem”, afirmou.”

(Agência Brasil)

Por mudanças já na escolha de conselheiros de tribunais de contas

220 1

Com o título Escolha dos conselheiros dos tribunais de contas”, eis artigo do procurador do Ministério Público de Contas do Estado, Gleydson Alexandre. Ele aborda o absurdo de se escolher membro de um tribunal que vai fiscalizar ações de Governo via lista com aval do governador de plantão. Confira:

De acordo com a Constituição Federal (CF/88), os tribunais de contas estaduais são compostos por sete conselheiros. Destes sete julgadores, o Supremo Tribunal Federal (Súmula 653) entende que o governador escolherá três conselheiros enquanto a Assembleia Legislativa indicará os outros quatro conselheiros. Ainda conforme o STF, dentre os que devem ser escolhidos pelo chefe do poder Executivo, um deve ser escolhido entre os auditores, outro dentre os membros do Ministério Público de Contas, e um terceiro a sua livre escolha.

E sobre a escolha feita pelo poder Legislativo, quem a Assembleia Legislativa poderá indicar? Há de se ressaltar que o indicado para exercer a função de conselheiro não precisa ser deputado, podendo tal escolha recair sobre qualquer cidadão que preencha os requisitos da CF/88: idade entre 35 e 65 anos; idoneidade moral; reputação ilibada; notórios conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública; e mais de dez anos de exercício de função ou de efetiva atividade profissional que exija os conhecimentos mencionados.

É neste ponto que cabe tecer maiores comentários, já que se esta na iminência de uma nova escolha de conselheiro do TCE do Ceará por parte da Assembleia Legislativa. Sem entrar no mérito de quem será escolhido, o processo de escolha dos conselheiros precisa ser urgentemente alterado. A sociedade necessita participar da seleção, conhecendo os candidatos. Sim, é necessário que se tenham candidatos, e não uma pessoa já escolhida antes mesmo de qualquer processo.

Em disputas recentes ocorridas nos estados do Paraná e do Espírito Santo, houve mais de quinze candidatos da sociedade disputando a vaga de conselheiro, mesmo que após esse processo, as escolhas tenham recaído em um deputado. As entidades de classes (OAB, Crea, CRC, CRA, Corecon) também precisam indicar nomes para participar do certame, já que as carreiras profissionais que representam estão intimamente ligadas aos tribunais de contas.
Na verdade, é necessário que a escolha do novo conselheiro seja feita de forma técnica, abstraindo qualquer indicação política, pois não há sentido nos parlamentos escolherem deputados para a vaga de conselheiro dos tribunais de contas. Na prática, está demonstrado claramente que as indicações políticas são um terrível golpe no controle das contas públicas.

* Gleydson Alexandre

gleydson@tce.ce.gov.br
Procurador do Ministério Público de Contas do Estado do Ceará

Pesquisa CNT – Dilma tem 36,4% de aprovação e é reprovada por 24,8%

dilmano campo

Na marca do gol.

“O governo da presidenta Dilma Rousseff recebeu aprovação de 36,4% dos entrevistados na pesquisa divulgada hoje (7) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O índice é menor que o registrado na pesquisa anterior, de novembro de 2013, quando o governo teve avaliação positiva de 39% da população. O governo Dilma foi avaliado como negativo por 24,8% dos entrevistados. Na edição anterior, esse percentual chegou a 22,7%.

O desempenho pessoal da presidenta é aprovado por 55% dos entrevistados. O índice de desaprovação chega a 41%.

A pesquisa da CNT, encomendada ao instituto MDA, mostra que, no caso de candidatura nas eleições presidenciais de outubro, Dilma Rousseff tem 21,3% da intenção espontânea de voto. Em seguida, aparecem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (5,6%), o senador Aécio Neves (5,6%), Marina Silva (3,5%) e o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (1,6%). Na pesquisa espontânea, não são apresentados nomes de possíveis candidatos.

Na intenção de voto estimulada, quando são apresentadas opções de candidatos, Dilma Rousseff tem 43,7% da intenção de voto, Aécio Neves tem 17% e Eduardo Campos, 9,9%. Em um segundo cenário, no qual Marina Silva é candidata no lugar de Eduardo Campos, Dilma Rousseff tem 40,7% das intenções de voto, Marina Silva, 20,6% e Aécio Neves, 15,1%.

Nesta edição, foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 24 unidades da federação, entre os dias 9 a 14 de fevereiro. A margem de erro da pesquisa é 2,2 pontos percentuais.”

(Agência Brasil)

Aumenta em janeiro emissão do “cheque voador”

“O número de cheques sem fundos em janeiro aumentou 2,11%, na comparação com o mês anterior, aponta pesquisa da empresa de consultoria Serasa Experian. O resultado é o maior para o período desde 2010. O levantamento mostra que no primeiro mês de 2014 foram devolvidos 1.380.144 cheques e 65.446.235, compensados. Em relação a janeiro do ano passado, também houve acréscimo de 2,02%.

Os economistas da Serasa Experian avaliam que o aumento da inadimplência é reflexo da dificuldade do consumidor em honrar compromissos típicos desse mês, como festas do final de ano, férias e IPVA. A alta das taxas de juros também é um fator de influência no resultado.

Na análise regional, o maior avanço ocorreu na Região Norte, com alta de 4,39%. O Nordeste (3,95%) e o Centro-Oeste (3,02%) também ficaram acima da média do país. As regiões Sul (2,06%) e Sudeste (1,65%), por sua vez, apresentaram taxas inferiores.”

(Agência Brasil)

Deputado quer MPF apurando possível privatização do Parque de Jericoacoara

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=dSbXWm_1h7E[/youtube]

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) quer o Ministério Público Federal investigando a possível privatização do Parque Nacional de Jericoacoara. Na última semana, técnicos dos ministérios do Planejamento e do Meio Ambiente apresentarem, em Jijoca (Litoral Leste), uma proposta de Parceria Público-Privada para gerir o parque de Jericoacoara.

Raimundo Gomes teme uso político nessa investida do governo federal.

Cid define ataques a ônibus como “imitação grosseira do que acontec em São Paulo

cidix

“O governador Cid Gomes criticou duramente os atentados que têm ocorrido na Grande Fortaleza, desde a última sexta-feira. Na manhã de ontem, Cid disse ter determinado que todas as ações sejam rigorosamente apuradas pela Secretaria da Segurança Publica e Defesa Social (SSPDS).

“Minha determinação é que apure. Já havia acontecido um caso anteontem (sexta). É fundamental que a gente não permita que movimentos de violência sejam rotina na nossa Capital. Isso será aprofundado”, afirmou. As declarações ocorreram durante um seminário no Centro de Eventos. “Não vamos aceitar abusos. Muitas vezes são coisas orquestradas, uma imitação grosseira do que está acontecendo em São Paulo”, disse o governador.
Responsável pela investigação, o titular da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), delegado Raphael Villarinho, informou que a Polícia trabalha com duas possibilidades de motivação para os atentados. A primeira, e mais contundente, sugere que a ordem para os ataques tenha partido de um presídio, por conta da morte do traficante. Já a segunda hipótese considera que as ações ainda sejam uma retaliação ao suposto assassinato de um morador da Maraponga, na semana passada, que teria sido morto por policiais.

(Foto – Paulo MOska)

Roberto Carlos – Venda de ingressos no cartão tem início nesta 3ª feira

roberto carlos

Tem início, nesta terça-feira, a pré-venda de ingressos para o show do cantor Roberto Carlos para clientes da Credicard ou Diners. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site ingressorapido, por telefone (4003 1212) ou pela bilheteria virtual, até o próximo  sábado.

Segundo a Arte Produções, organizadora do evento, a venda para o público geral só começará na próxima segunda-feira. Os pontos de venda ainda estão sendo fechados. O limite é de quatro ingressos por pessoa. O show de Roberto Carlos ocorrerá no dia 5 de abril, mês do seu aniversário, na Arena Castelão.

Ingressos

Plateia Superior: R$ 80,00 (inteira) / R$ 40,00 (meia)
Plateia Superior Lateral: R$ 140,00 (inteira) / R$ 70,00 (meia)
Plateia Inferior: R$ 160,00 (inteira) / R$ 80,00 (meia)
Cadeiras Brancas: R$ 180,00 (inteira) / R$ 90,00 (meia)
Cadeiras Amarelas: R$ 340,00 (inteira) / R$ 170,00 (meia)
Cadeiras Azuis: R$ 580,00 (inteira) / R$ 290,00 (meia)
Camarote H2 para 25 pessoas: R$ 400,00 por pessoa
Camarote H3 para 20 pessoas: R$ 480,00 por pessoa
Camarote Emoções: R$ 420,00 por pessoa

SERVIÇO

Mais informações – (85)3033 1001.

Anvisa pode banir produto que teria efeitos semelhantes ao Esctasy e LSD

“A diretoria da Anvisa vai analisar hoje a possibilidade de retirar do mercado duas substâncias semelhantes ao LSD e ao ecstasy, vendidas livremente no Brasil. Conforme o Fantástico mostrou anteontem, uma brecha na lei permite a comercialização de Metilona, cujos efeitos se assemelham ao do Esctasy, e a 25I, a tal prima do LSD. Mas o problema pode ser quinze vezes maior do que já conhecido.

A agência tem conhecimento de outros 31 produtos, que, a exemplo de Metilona e 25I, podem ser considerados novas drogas ou apenas substâncias ultrapassadas, mas que ainda são usadas na composição de medicamentos. A Anvisa vai verificar a situação de cada um deles, potencial ofensivo e os efeitos causados no consumidor para bater o martelo sobre quais terão a venda proibida.

A lista é atualizada a partir informações coletadas por intermédio de diferentes fontes, entre eles Ministério da Saúde e Polícia Federal, como no caso de Metilona e 25I.”

(Coluna Radar, Veja Online)

Dedé Teixeira- Emancipação não é ratear pobreza

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=-Chxn251xcA&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Enquanto o deputado federal petista José Nobre Guimarães trabalha em busca de entendimento para revisar e adiar a votação do veto presidencial a emancipação de distritos, gente do seu partido faz o contrário.

É o caso do deputado estadual Dedé Teixeira. Ele viajou nesta madrugada de terça-feira para Brasília, engajado em grupo de parlamentares cearenses que, num lobby nacional, tentará derrubar o veto. Dedé Teixeira assegura que a matéria é boa para o País.

ANS vai suspender mais um plano de saúde

179 1

“A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai anunciar hoje (18) à tarde outro grupo de planos de saúde que terá a venda suspensa como punição por descumprimento de normas. Atualmente, 150 planos de 41 operadoras estão sob efeito dessa penalidade por terem descumprido prazos e negado cobertura obrigatória.

As operadoras de planos de saúde têm criticado os critérios usados pela ANS para aplicar as punições. No mais recente ciclo de monitoramento, o sétimo feito pela agência reguladora, a Federação Nacional de Saúde Suplementar (FenaSaúde) moveu ação no mesmo dia, alegando que identificou “equívocos no processo de monitoramento dos prazos de atendimento aos beneficiários de planos”.

O anúncio será feito pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro, e pelo diretor-presidente da agência, André Longo.”

(Agêncai Brasil)

Emancipação de distritos – Guimarães quer entendimento para revisar e adiar votação

136 1

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=-h9w5IeDyIY&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&feature=c4-overview[/youtube]

O deputado federal José Nobre Guimarães (PT) quer um novo texto acordado com todas as lideranças do partido no que diz respeito à emancipação de distritos. O veto presidencial a essa matéria está na pauta do Congresso e há lobbies de parlamentares de vários Estados, incluindo o Ceará, pela derrubada da matéria.

José Guimarães acredita no entendimento e vai tentar, com outras lideranças, adiar a votação.

Sobe sucessão 2014, José Guimarães voltou a dizer que o PT quer entendimento e manutenção da aliança pró-reeleição de Dilma Rousseff.

Dilma Rousseff cumpre agenda no Nordeste nesta 3ª feira

“Cumprindo agenda na Região Nordeste, a presidenta Dilma Rousseff inícia hoje (18) uma série de anúncios de investimentos em mobilidade urbana. Novos recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 para a área de transportes foram prometidos pelo governo no ano passado, após as manifestações que levaram milhões de pessoas às ruas de várias cidades brasileiras.

Em Teresina, o primeiro compromisso da presidenta é uma entrevista a emissoras locais de rádio e TV, às 10 horas. Uma hora depois, participa da cerimônia de anúncio dos investimentos na capital. Segundo o governo estadual, parte dos recursos a serem anunciados será utilizada em obras de melhoria e expansão do metrô da cidade.

Ao lado do governador Wilson Nunes Martins (PSB) e do prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), Dilma também vai entregar cinco máquinas motoniveladoras e 35 pás carregadeiras, com investimento de R$ 14 milhões. Nessa segunda-feira (17), ela participou da entrega das chaves de 92 máquinasa municípios mineiros em Governador Valadares (MG).

De Teresina, a presidenta segue para Maceió, onde também anuncia recursos para a mobilidade urbana e entrega veículos a prefeituras.”

(Agência Brasil)

Estiagem atípica vai afetar o agronegócio do Brasil neste ano

A estiagem prolongada e atípica, registrada no início deste ano, vai afetar algumas culturas agrícolas, que terão quebra de safra e de produção, avaliaram  nesta segunda-feira (17)  especialistas do setor, durante as comemorações dos 117 anos da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), no Rio de Janeiro.

O presidente do Conselho Superior do Agronegócio, da Federação das Indústrias de São Paulo (Cosag-Fiesp), João Sampaio, disse que são os casos de cana-de-açúcar, café, laranja, que deverão apresentar quebra.

“Mesmo a soja, que está indo muito bem, ainda, em Mato Grosso, nos estados onde a estiagem foi mais forte, como Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, vai quebrar  um pouco da safra”. A expectativa, segundo explicou Sampaio, é que a chuva se torne regular a partir de agora e minimize os estragos. “Se a chuva não vier, pode  ter um impacto grande na segunda safra de milho, porque com dificuldade de chuva, não se planta. Certamente, vai ter impacto”.

O presidente do Cosag-Fiesp não acredita, entretanto, que o Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio venha a ser afetado. O que normalmente ocorre, quando há quebra de safra, disse ele, é que os preços sobem e a receita bruta do agronegócio pode não ser impactada.

Vamos nós – Mais uma vez, nada falaram sobre a seca no Nordeste.