Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Banco do Brasil é condenado a indenizar cliente por descontos indevidos na conta

“O Banco do Brasil deve pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 15 mil, ao cliente A.M.L., que teve descontos indevidos na conta corrente. A decisão é do juiz José Coutinho Tomaz Filho, da 3ª Vara Cível da Comarca de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza. Segundo os autos, o banco vinha realizando descontos mensais na conta de A.M.L. A cobrança era referente a empréstimo firmado em junho de 2010, no valor de R$ 3.200,00.

Alegando não haver assinado nenhum contrato com a instituição, A.M.L. ingressou na Justiça requerendo indenização por danos morais, bem como a devolução dos valores descontados. O banco foi citado, mas não apresentou contestação no prazo determinado. Ao analisar o caso, o juiz declarou inexistente o débito e condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 15 mil a título de reparação moral. Além disso, determinou o pagamento, em dobro, dos valores descontados indevidamente da conta do correntista.

De acordo com o magistrado, houve falha na prestação do serviço, “uma vez que o banco não dispensou esforços para assegurar que seus clientes não fossem abordados por terceiros suspeitos, sendo negligente quanto ao oferecimento do serviço”.

(Site do TJ-CE)

Mensalão – Maioria do STF condena Jefferson por lavagem de dinheiro

23 1

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) foi condenado pela maioria dos ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) pelo crime de lavagem de dinheiro, informa a Folha Online. O petebista, delator do mensalão, já havia sido condenado pela maioria por corrupção passiva. Para o ministro, Jefferson dissimulou “com astúcia” os cerca de R$ 4 milhões recebidos do PT. A Procuradoria Geral da República acusa os réus do mensalão de montar um esquema de compra de apoio parlamentar durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva.

A maioria veio com o voto do ministro Dias Toffoli. Ele condenou Jefferson também por corrupção passiva, crime pelo qual o ex-deputado já havia sido condenado pela maioria da Corte. “Entendo irrelevantes as alegações da defesa que era autorizada a doação entre partidos”, afirmou Toffoli, rechaçando os argumentos da defesa.

O magistrado também votou pela condenação do ex-deputado federal Romeu Queiroz (PTB-MG) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Entre os petebistas, Toffoli absolveu o ex-tesoureiro da sigla Emerson Palmieri, acusados pelos mesmos crimes que os outros réus do PTB.

Operária chamada de “sapatona” receberá R$ 30 mil

“Representante patronal que dirige expressões jocosas relacionadas a possível orientação sexual da trabalhadora e que dissemina, no âmbito da empresa, tais comentários, deve indenizá-la por lesão à honra e à dignidade. Sob este entendimento, a 3ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Sul manteve sentença que condenou uma distribuidora de ferros a pagar R$ 30 mil, a título de danos morais, a uma ex-operária, chamada de ‘‘sapatona’’, ‘‘machorra’’ e ‘‘mal-amada’’ pelo gerente.

Na primeira instância, o juiz Luiz Antônio Colussi, titular da 2ª Vara do Trabalho de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, disse que o empregador não pode se valer do poder econômico para expor os seus trabalhadores a situações humilhantes ou constrangedoras. A relação de emprego, observou na sentença, deve pautar-se pelo respeito mútuo entre empregado e empregador.

Ao analisar a situação fática, o juiz entendeu que houve lesão à honra e à imagem da trabalhadora. ‘‘É do empregador a responsabilidade pelas indenizações por danos morais resultantes de conduta ilícita por ele cometida, ou por suas chefias, contra o empregado. No caso dos autos, a reclamada (empresa) agiu com culpa na modalidade in eligendo (por ter escolhido mal o seu funcionário) e, portanto, deve arcar com sua má escolha e com as ações do seu preposto’’, decretou.

No segundo grau, o relator do recurso de apelação, desembargador Cláudio Antônio Cassou Barbosa, explicou que a indenização por dano moral decorre da lesão sofrida pela pessoa em sua esfera de valores eminentemente ideais, como a dignidade, a honra, a imagem e a intimidade, conforme preceitua o artigo 5º, inciso X, da Constituição Federal. No caso, pelos depoimentos acostados aos autos, ficou demonstrado o nexo de causalidade entre o dano ao bem jurídico protegido e o comportamento do agente. A responsabilidade civil foi imputada porque configurada a hipótese do artigo 927 do Código Civil: ‘‘Aquele que, por ato ilícito (artigos 186 e 187), causar dano a outrem, fica obrigado a repará-lo’’.

‘‘Portanto, ao contrário da tese da defesa, resta caracterizada a existência de dano à integridade da demandante (empregada), pela situação constrangedora sofrida no meio do ambiente laboral, o que justifica o deferimento de indenização por danos morais’’, concluiu o desembargador-relator. Considerando a gravidade da perseguição perpetrada pelo gerente e a humilhação sofrida pela autora, o relator manteve o quantum indenizatório em R$ 30 mil. O acórdão é do dia 13 de junho. Cabe recurso ao Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Apelidos e depressão
A autora, que trabalhou como técnica em Segurança do Trabalho, começou a sofrer chacotas por parte do chefe quando se separou do seu esposo. O chefe teria disseminado os qualificativos ‘‘sapatona’’, ‘‘machorra’’ e ‘‘mal-amada’’ no ambiente de trabalho, o que a deixou profundamente desgostosa. Além dos comentários desabonadores, ainda teve de conviver com o apelido de ‘‘playmobil’’, numa alusão fantasiosa ao seu uniforme de trabalho: botina, macacão amarelo e rádio de comunicação na cintura.

Num determinado dia, estressada com os deboches, foi acometida de mal súbito no ambiente de trabalho. Após o atendimento médico, teve diagnosticado um quadro de estresse. Quando retornou às atividades, os deboches continuaram. A gota d’água aconteceu durante a reunião para tratar da conduta do gerente que a perseguia. O gerente financeiro da empresa em São Paulo teria lhe perguntado na ocasião: ‘‘Tá, mas tu és ou não sapatona?’’. Poucos dias depois, acometida de depressão, pediu demissão do emprego e ‘‘trancou’’ a faculdade, já que não sentia mais ânimo.”

(Consultor Jurídico)

Policiais federais em greve confirmam que vão atuar durante as eleições

“O presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal, Jones Leal, informou que todos os servidores designados para atividade eleitoral irão cumprir a determinação da liminar concedida pelo Superior Tribunal de Justiça. Ela prevê o atendimento das demandas da Justiça Eleitoral nos dois turnos das eleições deste ano. A confirmação foi feita durante protesto na manhã dessa segunda-feira. O ato cívico dos servidores da Polícia Federal em Brasília, em greve há 56 dias, foi para dar visibilidade às reivindicações da categoria. Eles se reuniram em frente à sede da instituição na capital federal e hastearam a bandeira do movimento, intitulado SOS para a Polícia Federal, ao som do Hino Nacional.

Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Federais no Distrito Federal, Jones Leal, a mobilização substituiu o ato oficial que ocorre a cada início de mês nas unidades da polícia nos estados, com hasteamento da Bandeira Nacional. Para ele, a principal reivindicação da categoria, que inclui agentes, escrivães e papiloscopistas, é a reestruturação da carreira, com equiparação a servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), cujo salário inicial bruto é R$ 11 mil. Segundo o Sindipol (DF), o salário inicial bruto dos agente da Polícia é aproximadamente R$ 7,5 mil.

Entre os serviços afetados pela paralisação estão as operações, as investigações do serviço de inteligência e o controle de produtos químicos em postos e aeroportos, segundo o sindicato. Segundo o Ministério do Planejamento, como a categoria rejeitou a proposta de aumento de 15,8%, oferecida pelo governo, qualquer alteração na tabela de pagamentos só poderá ser incluída, via mesa de negociações, no Orçamento previsto para 2014.”

(Agência Brasil)

Prorrogadas as inscrições para o II Prêmio Sindiverde Jornalismo

Jornalistas e estudantes têm mais uma semana para participar do Prêmio Sindiverde de Jornalismo Ary Albuquerque. É que o Sindicato das Empresas de Reciclagem de Resíduos Sólidos Domésticos e Industriais do Estado do Ceará (Sindiverde), segundo sua assessoria de imprensa, prorrogou, até o dai 7 próximo, o prazo de inscrições para o II Prêmio Sindiverde de Jornalismo. A iniciativa busca destacar as melhores reportagens sobre reciclagem e transformação de material veiculadas na imprensa brasileira e irá distribuir R$ 21 mil em prêmios.

O eixo temático da edição 2012 do prêmio é “Reciclar, um bom negócio”. O tema abrange toda a cadeia produtiva da reciclagem, não havendo restrições em relação à abordagem das matérias concorrentes. Elas podem ser factuais ou temáticas, seja com enfoque técnico, mercadológico, social, político, ambiental ou outro. Poderão concorrer reportagens publicadas ou veiculadas no período de 1º de janeiro a 7 de outubro de 2012 e produzidas por profissionais com formação universitária ou estudantes de Comunicação Social, Jornalismo e Publicidade e Propaganda de todo o país. Cada autor pode concorrer em todas as categorias, com limite de até três trabalhos por categoria.

As categorias são Mídia Impressa (jornal e revista), Mídia Eletrônica (televisão) e Mídia Digital (internet).

SERVIÇO

* Inscrições pelo http://reciclanordeste.com.br/inscricao/.

* Acesso ao Regulamento neste mesmo endereço eletrônico.

Mensalão – Toffoli condena Waldemar Costa Neto

Nesta segunda-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli, votou pela condenação de três réus ligados ao ex-PL, atual PR. Ele considerou culpados por corrupção o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), Jacinto Lamas, ex-tesoureiro do PL, e o ex-deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ) por corrupção e lavagem de dinheiro, informou a Folha Online.

O ministro, no entanto, os inocentou do crime da acusação de formação de quadrilha. Seguindo o pedido do Ministério Público Federal, ele votou pela absolvição de Antonio Lamas, assessor do partido. A maioria do Supremo, porém, já condenou Valdemar, Jacinto e Rodrigues por corrupção e lavagem.

“Jacinto Lamas, na condição de tesoureiro do partido, recebeu dinheiro de forma totalmente irregular e não contabilizada das empresas de Marcos Valério”, disse Toffoli.

Nessa parte da denúncia, 13 réus ligados aos partidos PP, PL (atual PR), PTB e PMDB, aliados do PT no início do governo Lula, são acusados de crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Dnocs – Reestruturação já!

27 1

Com o título “Dnocs: A luta agora é a reestruturação”, eis artigo do deputado federal Eudes Xavier (PT) destacando o trabalho feito pela bancada federal em favor da manutenção de benefícios do pessoal do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas.  Para Eudes, a ordem agora é fortalecer o Dnocs com mais recursos e concurso público. Confira:

Durante cerca de seis meses, servidores, aposentados e pensionistas do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) viveram momentos difíceis. O motivo foi a perda da Vantagem Pessoal Nominalmente Identificada (VPNI) que, nos salários, causou corte de aproximadamente 30%. A vitória, após inúmeras batalhas, só foi sacramentada no último dia 24 de setembro com a publicação, no Diário Oficial da União, da sanção presidencial à Medida Provisória 565/12, que corrigiu a injustiça.

A lição desse episódio é a importância da união e da mobilização para se alcançar êxito. Os servidores do Dnocs são um grande exemplo de persistência e de determinação. Mobilizados com a nossa ajuda na Câmara Federal e com a ajuda do senador José Pimentel (PT-CE) no Senado, não arredaram pé até que a injustiça fosse corrigida.

Sabemos que no meio desse caminho os prejuízos foram muitos e algumas vidas foram abreviadas, tamanho o sofrimento. Mesmo assim, as lamentações foram deixadas de lado e deram lugar a audiências públicas, reuniões nos ministérios, debates e encontros com servidores em vários estados nordestinos para fortalecer a luta e fazer o governo compreender o tamanho do erro e voltar atrás na ação nociva da Controladoria Geral da União, responsável pelo corte da VPNI através de nota técnica. Felizmente, esse capítulo teve final vitorioso, apesar dos danos.

O importante é que a luta não acaba ai. Nossos esforços agora se concentram no fortalecimento e na valorização dessa instituição centenária. Estamos firmes na defesa de um Dnocs reestruturado para continuar cumprindo o seu importante papel no desenvolvimento da nação.

Nesses seus 103 anos de existência, o Dnocs construiu açudes, rodovias e pontes, acumulando patrimônio de 331 barragens e 15 estações de piscicultura, responsáveis pela produção de 100 milhões de alevinos ao ano, dentre outros.

O Dnocs ainda tem muito a fazer. Portanto, queremos a realização de concurso público para ampliar o reduzido quadro de servidores da instituição. Também defendemos a destinação de mais investimentos financeiros e humanos para a promoção de assistência técnica com tecnologias modernas e a extensão rural aos pequenos irrigantes que trabalham nos 37 perímetros públicos.

Enfim, precisamos de um Dnocs valorizado, moderno, capaz de cumprir o importante papel que se espera de uma instituição que tanto já realizou pelo Nordeste, pelo Brasil.

Eudes Xavier

dep.eudesxavier@camara.gov.br

Deputado federal (PT-CE) e titular da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

Felipão é agendado para lançar Programa Segundo Tempo

O secretário estadual dos Esportes, Gony Arruda, articula a vinda do ex-técnico da Seleção Brasileira, Luis Felipe Scolari, o “Felipão”, ao Ceará. Segundo Gony, para participar do ato de lançamento de mais uma etapa do Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes e em parceria com o governo do Estado.

O programa Segundo Tempo objetiva democratizar o acesso à prática esportiva nos estabelecimentos de ensino formal e não formal, efetivando o preceito constitucional que define o esporte como direito de cada um. Oferece atividades esportivas no contra-turno escolar, com finalidade de colaborar para a inclusão social, bem-estar físico, promoção à saúde e do desenvolvimento integral de crianças e adolescentes residentes em comunidades carentes do nosso estado.

VERBAS

O Segundo Tempo deve conceber no Estado do Ceará o maior projeto do Ministério do Esporte no ano de 2012. Serão abertos 466 núcleos nos 184 municípios do estado do Ceará, atendendo mais de 46.600 crianças e adolescentes.

DETALHE – Felipão, bom destacar, virou o coordenador do Programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes .

Mudanças no grupo empresarial de Eike Batista

Da Coluna Radar, de Lauro Jardim, na Veja Online:

A semana começa com duas novas baixas no alto escalão de executivos de Eike Batista. Andrea Pereira, diretora de Relações com Investidores da EBX Holding, e Leonardo Moretzsohn, CEO da CCX, pediram demissão.

A CCX foi criada há dois anos, saindo da costela da MPX. Surgiu para explorar uma jazidaa de carvão descoberta na Colômbia pelo grupo EBX. Abriu o capital este ano e desde maio suas ações são negociadas na Bovespa.

Hospitais querem redução na tarifa de energia elétrica

Se a desoneração de impostos na área não sai, que venha então a redução da conta de energia. Essa é a nova luta que a Federação Brasileira dos Hospitais está encampando junto ao governo federal.

Segundo o presidente da entidade, o cearense Aramicy Pinto, peso da despesa com energia para clínicas e hospitais chega a cerca de 30%.

“Nós queremos ter igual tratamento dado ao setor industrial e ao consumidor, porque o serviço que prestamos é fundamental”, explica Aramicyr. A federação quer incluir o benefício no debate aberto em torno da Medida Provisória 58, da redução de energia e que deve ser sancionada pela presidente Dilma em breve.

(Foto – Paulo MOska)

Massacre do Carandiru – Passados 20 anos, ninguém foi condenado

“Passados 20 anos, apenas uma pessoa foi condenada e, mais tarde, absolvida, pelo Massacre do Carandiru. O único acusado pelos resultados da tragédia que foi julgado até agora, coronel Ubiratan Guimarães, o comandante da Polícia Militar à época, foi inocentado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em fevereiro de 2006. O militar foi assassinado em setembro do mesmo ano, em crime do qual é acusada a então namorada.

Em 2001, o coronel Ubiratan, como era conhecido, tinha sido condenado a 632 anos de prisão pela morte de 102 dos 111 prisioneiros que foram vitimados na invasão do complexo penitenciário do Carandiru. Segundo documento de 2000, da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), órgão ligado à Organização dos Estados Americanos (OEA), havia superlotação no complexo.

O Carandiru tinha, à época, 7.257 prisioneiros, mais do que o dobro da capacidade comportada, sendo que 2.706 deles estavam recolhidos no Pavilhão 9, onde ocorreu a revolta. A ação dos policiais é considerada um dos mais violentos casos de repressão à rebelião em casas de detenção, segundo a própria CIDH. Até hoje, não houve a responsabilização de nenhuma autoridade.

Em 2000, a comissão concluiu que o caso caracterizou um “massacre, no qual o Estado violou os direitos à vida e à integridade pessoal” e pediu investigação dos fatos e consequente punição dos responsáveis, além de reparação às vítimas. Segundo o documento – o Relatório 34/00 – “o Estado violou os direitos à vida e à integridade pessoal e que, em suas sequelas, também foram violados os direitos ao devido processo e à proteção judicial”.

Em setembro do ano passado, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo negou recurso de defesa e decidiu manter a decisão de levar a júri popular mais de 75 policiais acusados pelo massacre. Na última quinta-feira (27), o juiz José Augusto Nardy Marzagão, da Vara do Júri de Santana, decidiu levar 28 desses policiais a júri popular que marcou para o dia 28 de janeiro do próximo ano. O processo será julgado em etapas, devido ao grande número de réus envolvidos.”

(Agência Brasil)

Analistas de mercado mantém em 1,57% projeção do crescimento econômico

“Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) mantiveram, pela segunda semana seguida, a projeção para o crescimento da economia, Produto Interno Bruto (PIB), em 1,57% para este ano. A informação consta do boletim Focus, publicação semanal do BC, elaborada com base em estimativas para os principais indicadores econômicos. Para 2013, a estimava permanece em 4%, há oito semanas.

Para a produção industrial, a estimativa de retração este ano passou de 1,82% para 1,92%. Para 2013, a expectativa é que haja recuperação, com a expectativa de crescimento ajustada de 4,25% para 4,1%. A projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB permanece em 35,5%, este ano, e passou de 34,15% para 34%, em 2013.

A expectativa para a cotação do dólar ao final do ano continua em R$ 2, tanto para o final deste ano quanto para 2013. A previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) foi ajustada de US$ 18,04 bilhões para US$ 18 bilhões, este ano, e de US$ 14,48 bilhões para US$ 14,2 bilhões, em 2013.

Para o déficit em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior), a estimativa foi mantida em US$ 57,75 bilhões, este ano, e em US$ 70 bilhões, em 2013. A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) subiu de US$ 56 bilhões para US$ 57 bilhões, em 2012, e de US$ 59,02 bilhões para US$ 60 bilhões, no próximo ano.”

(Agência Brasil)

Ex-BBB vem para a campanha de Renato Roseno

287 3

O PSOL traz nesta quarta-feira a Fortaleza o deputado federal Jean Willy (RJ). Ele vem reforçará a campanha do candidato Renato Roseno, atendendo a uma convocação da coordenação de campanha.

Jean atual militante naa defesa dos direitos do movimento LGBT.

DETALHE – Jean já foi um dos ganhadores do reality Big Brother Brasil, da Rede Globo.

Dilma – Governo quer incentivar brasileiro a mudar comportamento no trânsito

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (1º) que o governo pretende incentivar os brasileiros a mudar o comportamento no trânsito. Segundo ela, a campanha Pela Consciência no Trânsito, lançada no último dia 21, tem como objetivo reduzir o número de acidentes nas estradas e também dentro das cidades. No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma lembrou que 42 mil pessoas perdem a vida todos os anos em acidentes de trânsito no Brasil. “É um número devastador”, avaliou. O assunto, segundo ela, foi abordado durante conversa com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, na semana passada.

“A ONU lançou a Década Mundial de Ação pela Segurança no Trânsito. Sabe qual é o objetivo? É tentar reduzir pela metade as mortes no trânsito em todos os países até 2020. Aqui no Brasil, vamos participar desse esforço mundial pela redução das mortes no trânsito”, destacou. Para a presidenta, os acidentes de trânsito se tornaram uma epidemia e, no Brasil, metade das vítimas é formada por jovens com idade entre 15 e 39 anos. “São perdas irreparáveis para as famílias, para os amigos e para o país”, disse. “Temos que evitar que o motorista dirija em alta velocidade, pegue o volante depois de beber. Sempre lembrando também que todos precisam usar o cinto de segurança”, completou.

Segundo Dilma, o governo vai investir R$ 42 bilhões em obras de infraestrutura para melhorar a qualidade das rodovias no país. Ao todo, mais de 7,5 mil quilômetros (km) devem ser duplicados e modernizados. Também serão investidos quase R$ 40 bilhões em transporte coletivo nos grandes centros urbanos. Além disso, até o final do ano, o governo começa a distribuir 1 milhão de bafômetros para ajudar nas ações de fiscalização.”

(Agência Brasil)

UFC – Jesualdo Farias e Henri Campos assumem novo mandato nesta 3ª feira

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=MYZEN6636Y0&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=2&feature=plcp[/youtube]

O reitor Jesualdo Farias e o seu vice, Henry Campos, tomam posse às 11 horas desta terça-feira, em Brasília, em novo mandato. O ato ocorrerá na sede do Ministério da Educação, som comando do ministro Aloízio Mercadante. O vice-reitor Henry Campos faz um balanço da atual gestão e adianta planos futuros.

Mensalão – Julgamento tem agora como alvos José Dirceu, Genoíno e Delúbio

26 2

“O Supremo Tribunal Federal (STF) retoma amanhã (1º), a partir das 14h, o julgamento da Ação Penal 470, conhecida como processo do mensalão, com a conclusão do voto do ministro Antonio Dias Toffoli, interrompido no dia 27 para ele integrar a sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Depois de Toffoli, votarão os ministros Marco Aurélio Mello, Celso de Mello e o presidente do STF, Carlos Ayres Britto.

Após a conclusão desta fase de votação, o ministro-relator Joaquim Barbosa inicia a leitura do seu voto sobre a denúncia de corrupção ativa envolvendo o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) José Genoino e o ex-tesoureiro Delúbio Soares. No total, houve 29 sessões.

Apenas nesta estapa já há maioria de votos na Corte Suprema para condenar seis dos sete parlamentares dos partidos que compunham a base aliada do governo – Partido Progressista (PP), Partido Liberal (PL), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

Os parlamentares são acusados de corrupção passiva na ação. A fase de votações que será retomada amanhã refere-se à compra de apoio político entre 2003 e 2004. Os denunciados são acusados de terem recebido dinheiro das empresas do publicitário Marcos Valério para garantir apoio na  votação de matérias de interesse do governo.

Na semana passada, votaram os ministros Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia e Dias Toffoli começou sua leitura. Na quinta-feira (27), Toffoli iniciou a votação antes de Cármen Lúcia atendendo a pedido da ministra que também preside o TSE e deixou a sessão mais cedo para resolver questões relativas às eleições municipais do dia 7.”

(Agência Brasil)

Reitor do IFCE tenta liberar em Brasília emenda de bancada

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=JcruBw9Hb38&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=3&feature=plcp[/youtube]

O reitor do Instituto Federal de Ensino Tecnológico do Ceará (IFCE), Cláudio Ricardo, está em Brasília. Ele busca a liberação de emenda de bancada no valor de R$ 25,5 milhões. Essa verba será dividida entre o IFCE, UFC e Unilab e o objetivo do IFCE é aplicar cerca de R$ 8,5 milhões desse total na construção da nova diretoria da Instituição.

Cláudio Ricardo aproveita para conferir, nesta terça-feira, a posse de Jesualdo Farias em mais um mandato como reitor da Universidade Federal do Ceará.

Serasa inicia feira on-line para consumidor quitar dívidas

A Serasa Experian inicia, nesta segunda-feira, o feirão limpa nome on-line em todo o Brasil. O serviço, que objetiva reduzir a alta inadimplência usando como suporte a internet, funciona assim: o devedor receberá uma carta de negativação com uma senha. Com o código e o próprio CPF, ele entra no site e tem acesso a todas as suas dívidas com companhias que estiverem usando no sistema.

Se aceitar as condições de renegociação, poderá imprimir o boleto pela página e pagar no banco. Se não, deverá procurar a empresa e fazer uma contraproposta -ainda não é possível fazer isso on-line.

Hoje, o devedor recebe, na carta de negativação, em geral, o número de telefone do callcenter da empresa com a qual tem pendências e liga para tentar regularizar o seu pagamento. Inicialmente, quatro empresas -bancos e lojas de varejo- participam do serviço, mas a ideia é chegar a casa dos milhares de empresas, afirma Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian. No feirão on-line, as companhias poderão oferecer condições diferenciadas para o pagamento.”

* Da Folha, leia mais aqui.