Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Indaiá patrocina lutador cearense de MMA

reneeforte

O cearense Renée Forte vai buscar neste sábado, em Dallas, no Texas (EUA), a segunda vitória na maior organização de MMA do planeta, o Ultimate Fighter Championship. Será contra o mexicano Francisco Trevino, no UFC 171. Ex-participante da primeira edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil, da Globo, o cearense acumula um cartel de oito vitórias e três derrotas ao longo de sua carreira. A caminho de sua primeira luta em 2014, Renée Forte vai entrar no octógono de patrocinador novo: a Indaiá, maior envasadora de água mineral natural do Brasil.

Trevino é um páreo duro. O mexicano está invicto na carreira (11 vitórias). Renée aposta na preparação que fez para superar as qualidades do seu oponente. Aos 26 anos, Renée Forte iniciou no MMA profissional em 2006. Depois de emplacar uma sequência de sete vitórias e apenas uma derrota, conquistou o direito de entrar na casa do TUF Brasil 1 ao derrotar na fase eliminatória Fabio Bolinho.

Após a participação do reality show, ganhou a oportunidade de ingressar no UFC contra Serginho Moraes no UFC 153, disputado em outubro de 2012. Ambientado com os pesos leves (70kg) após duas lutas no UFC – estreou no novo peso com vitória sobre Terry Etim, no UFC on Fuel TV 7, em fevereiro de 2013.

Dilma agenda nova visita ao Ceará

165 4

dilmarcc

Dilma e o prefeito RC: Tudo a ver.

A presidente Dilma Rousseff pode visitar o Ceará na próxima semana e não no começo de abril como se divulga. Há uma reunião da área de comunicação da presidência da República com o pessoal do Palácio da Abolição. A data prevista é 19 próximo, Dia de São José.

Dilma, segundo roteiro em discussão, incluirá ida ao Interior. Sobral (Zona Norte), por exemplo, onde entregará um conjunto habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida. Uma ida ao projeto de transposição do Rio São Francisco, em Mauriti (Região do Cariri), ainda não seria certeza. Em Fortaleza, com Cid Gomes, entrega de máquinas agrícolas.

A última visita de Dilma ao Ceará foi para inaugurar a Linha Leste do Metrofor. Naquela época, ela, inclusive, voltou a trocar o nome do prefeito de Fortaleza. De Roberto Cláudio por “Antônio Carlos”.

 

Marco Feliciano – “Sem graça”

Esta é da Coluna Radar, da Veja Online:

De volta ao fundo do plenário, Marco Feliciano começa a dar sinais de que anda sentindo falta dos holofotes que o abandonaram no momento em que ele encerrou sua polêmica atuação na Comissão de Direitos Humanos. Feliciano, ainda integrante da CDH, estranhou a tranquilidade na abertura dos trabalhos do colegiado este ano e a ausência dos que lhe cobravam uma postura democrática como presidente.

Provoca Feliciano:

– Pensei que, já nas primeiras sessões, haveria gays me atacando, marcando presença. Não tinha nada. Está sem graça.

Mantega diz que mercado recebeu com otimismo medidas para setor elétrico

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considera que as novas medidas anunciadas para o setor elétrico foram bem recebidas pelo mercado financeiro. “Foi bem recebido”, disse Mantega ao deixar o prédio do Ministério da Fazenda, em Brasília. Ele seguiu nesta sexta-feira para São Paulo.

A presença do ministro, em Brasília, surpreendeu os jornalistas: a agenda de Mantega divulgada pelo Ministério da Fazenda informou que ele despacharia no edifício do Banco do Brasil, na Avenida Paulista, São Paulo.

Mantega não comentou o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período), divulgado hoje, que apresentou expansão de 1,26% em janeiro, comparado com o mês anterior.”

(Agência Brasil)

Modelo de Consórcio Público de Saúde de Cascavel vira modelo no IdeiaSUS

A experiência do Consórcio Público de Saúde da Região de Cascavel  (CPSRCAS), apresentado pelo diretor-executivo Bruno Eloy durante a segunda edição da Mostra Nacional de Experiências em Gestão Estratégica e Participativa no SUS – II EXpogep, em fevereiro deste ano, em Brasília, foi selecionada e incluída no Banco de Práticas e Soluções em Saúde e Ambiente (IdeiaSUS).

Coordenado pela Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da FIOCRUZ, o IdeiaSUS tem como finalidade a divulgação e consulta de práticas e soluções para o SUS, implantadas nos diversos territórios do País.

O trabalho será submetido a comitês de avaliação e, caso seja certificado, poderá ser credenciado para receber incentivos e investimentos por parte de agências de fomento parceiras da FIOCRUZ.

Zona Norte do Ceará em clima de “Zona Eleitoral”

216 1

eunicoliviefra

Eunício: Ser ou não ser candidato? Eis a dúvida cruel.

O governamentável Eunício Oliveira, senador e presidente regional do PMDB, vai puxar mais um encontro regional do seu partido. Será neste sábado, em Croatá (Zona Norte), onde se poderá ouvir, de novo, o corinho “Eunício governador!”.

cidzezinho

Cid com Zezinho em tudo que é evento. Só falta batizado.

Bem ali pertinho, em Sobral, estarão o governador Cid Gomes (Pros) e o presidente da Assembleia Legislativa,  Zezinho Albuquerque, um dos governamentáveis do Pros.

Eles vão conferir a tradicional cavalgada de São José.

* Mas todos, sem dúvida, de olho no altar chamado Palácio da Abolição.

Apoiado por 100% dos sindicatos, Beto Studart é eleito novo presidente da Fiec

295 3

betoto

Beto apregoa união de todos.

beto22

Prometeu não voltar à política partidária.

Em clima de festa, com auditório lotado, todos os delegados representantes dos 39 sindicatos filiados à Federação das Indústrias do Ceará (Fiec) foram às urnas nesta sexta-feira e endossaram o empresário Beto Studart como novo presidente da entidade. A chapa única foi aclamada e, após a votação, Beto Studart discursou apregoando “união de todos”.

Beto Studart elogiou a gestão do atual do presidente Roberto Macedo, observando que “ela (gestão) não se acabará em setembro – época em que vai toma posse, pois terá continuidade conosco”. Chegou a dizer: “A gestão de Roberto Macedo será eterna!”, no que foi bastante aplaudido.

Ele prometeu “tentar fazer na Fiec uma grande administração”, no que reiterou apelo: com apoio de todos os sindicatos. Disse mais: “Eu não nasci para o anonimato, mas continuarei sendo aquele homem simples, que entrou na Fiec há 26 anos”. Beto afirmou ainda que agora pode dizer que chegou o tempo certo de assumir o comando da entidade. O novo dirigente chegou a postular o comando da Fiec há 12 anos, mas perdeu para Jorge Parente, em disputa acirrada e cheia de dissidências.

Beto aproveitou para afastar também qualquer possibilidade de uma volta sua à vida político-partidária. Ele é filiado ao PSDB, mas não pensa em mandatos. Ele chegou a disputar como vice na chapa do ex-governador Lúcio Alcântara que, tentando reeleição, perdeu para o governador Cid Gomes.

Presenças bem notadas

Humberto Fontenele, que foi vice-presidente da Fiec nas gestões de Fernando Cirino e Jorge Parente; Fernando Cirino, ex-presidente da entidade; Chiquinho Feitosa, vice-presidente estadual do DEM; e o presidente da Fecomércio, Luiz Gastão.

Ausências bem notadas

Alexandre Pereira, que foi eleito como vice de Beto Studart; e Jorge Parente, que será representante da Fiec da gestão de Beto Studart junto à Confederação Nacional da Indústria.

(Fotos – Giovanni Santos)

Você, meu amigo de fé, meu irmão camarada…

Com o título “Fé, meu caro Émerson!”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele destaca qualidades de um amigo maratonista, que sofreu acidente, mas nunca perdeu a fé e sempre foi referência. Artigos como esse devem servir para nos lembrar de que precisamos sempre valorizar os amigos. Os verdadeiros. Confira:

O meu compadre Fábio Montenegro, professor da Matemática da UFC e companheiro eventual de corridas, me falou, após concluirmos a maratona do Rio de Janeiro ano passado: “Cara, não existe maratonista ateu!” Fui obrigado a concordar. Não por ser católico e ter o costume de rezar durante os treinos, mas por vários outros motivos. Lembro da chegada da minha primeira maratona: as lágrimas descendo em meio à emoção e o corpo todo dolorido do pescoço pra baixo, sem responder direito às ordens do cérebro. Quem pratica esportes de resistência, sabe que não basta preparação para completar o percurso. É preciso ter fé, é preciso acreditar, no seu íntimo, que você vai chegar lá.

Quando eu falo de fé, eu tento expressar um sentimento que vai além da esfera de uma religião específica: pode ser fé em Deus, fé num santo, fé na humanidade, fé nos astros, fé na natureza, fé em si mesmo. Ela é absolutamente necessária para vencer o cansaço, a dor e quaisquer dificuldades que apareçam no percurso.

No último domingo, dia 9, fui surpreendido com a notícia do acidente do advogado Émerson Damasceno, atropelado fazendo seu treino de bike, num trajeto que já fiz algumas dezenas de vezes. Quem, como eu, o conheceu antes de ele iniciar os treinamentos para o Iron Man, e acompanhou sua drástica mudança de vida – para melhor – se dedicando aos treinos, emagrecendo, parando de beber, dando um exemplo de força de vontade fora do comum, ficou, naturalmente chocado.

Frequentador assíduo das redes sociais, os novos hábitos do Émerson eram compartilhados com seus milhares de seguidores via twitter e facebook. Em meio a tanta porcaria veiculada nestas mídias, sempre me encantava com a possibilidade de aquilo ser uma influência positiva sobre as pessoas, pra que elas cuidassem mais de sua saúde, largassem vícios e posturas sedentárias.

Nós, seres humanos, temos a mania chata de procurar sentido em tudo. Quando um fato destes ocorre, nos vêm logo aquela inexorável pergunta: Por quê? Entregar ao acaso a explicação pode até servir à nossa racionalidade. Mas não para quem tem fé. Porque quem corre, pedala e nada grandes distâncias sabe que o prazer da vitória é chegar ao fim. E chegar ao fim significa nunca desistir. O derrotado não é o segundo, o terceiro ou o trigésimo colocado. O derrotado é aquele que não tem coragem de tentar. Ou não tem fé para cruzar a linha que vai lhe fazer explodir por dentro o grito: “eu consegui!”.

Meu caro Émerson, a primeira vitória você já obteve: está vivo, se recuperando e cercado das pessoas que de fato lhe amam. Isso por si só já é muito e não tem preço. O que você viverá agora é uma batalha muito mais nobre do que qualquer competição. E, como seu seguidor, me sentirei honrado em acompanhar cada momento de sua recuperação pelas redes sociais. E vibrarei com todas as vitórias que serão conquistadas, passo a passo, até seu pleno restabelecimento, que espero que seja breve.

Fé e força, meu caro! Acreditar que tudo vai dar certo, superar nossos limites, são coisas que já fazemos, conscientemente ou não. Tenho certeza que você vai vencer mais essa, ombro a ombro com quem torce e lhe manda boas energias. Você vai cruzar talvez a linha mais importante de sua vida!

* Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Temendo nova seca, avicultura cearense trabalha contra falta do milho

pintadinha

Para evitar problemas no abastecimento do milho diante de possível nova seca, o presidente da Associação Cearense da Avicultura, João Jorge Reis, já articula, no Ministério da Agricultura, oferta de 40 mil toneladas/mês do produto. Essa é a cota que atende o segmento.

Em matéria de abastecimento, diz João Jorge, o quadro é de estabilidade. O milho consumido pelo setor, vem do Piauí, Goiás e do Maranhão e está dando para evitar problemas. A ordem é trabalhar preventivamente contra possível falta do produto, num contexto onde exportação e outros mercados nacionais sempre acabam mais competitivos.

A produção da avicultura cearense também atinge números positivos: são 5 milhões de quilos de frango por semana e mais quatro milhões de ovos por dia.

Gilberto Carvalho: Mudanças ministeriais reduzirão tensões entre Governo e PMDB

“O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse hoje (14) que as mudanças ministeriais anunciadas ontem (13) pela presidenta Dilma Rousseff devem reduzir as tensões entre o governo e o PMDB, maior partido da base aliada.

Dilma definiu substituições para seis pastas: Desenvolvimento Agrário; Cidades; Pesca e Aquicultura; Ciência, Tecnologia e Inovação; Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e Turismo.

“Quando você toma uma definição, há pessoas felizes, outras menos felizes. Mas a tensão tende a baixar, eu espero que isso ocorra. Qualquer processo, quando se conclui, ajuda a dar um encaminhamento, a tensão é própria da definição”, avaliou, antes de participar da cerimônia de lançamento de edital para um programa de agroecologia no Palácio do Planalto.”

(Agência Brasil)

BC – Atividade econômica cresceu em janeiro

“A atividade econômica iniciou o ano com crescimento. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) apresentou expansão de 1,26% em janeiro, comparado com o mês anterior.

Na comparação com janeiro de 2013, o crescimento ficou em 0,93%, de acordo com dados sem ajustes, uma vez que a comparação é entre períodos iguais. Em 12 meses encerrados em janeiro, a expansão ficou em 2,29%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária.”

(Agência Brasil)

Parlamentar cearense ocupa tribuna para cobrar Reforma Tributária

mariofetisza

O deputado federal Mário Feitoza (PMDB), presidente da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara de Deputados (CFT), voltará a ocupar a tribuna do legislativo federal nesta sexta-feira, a partir das 11h30min, durante o grande expediente. Na ocasião, o parlamentar discursará sobre temas relacionados ao sistema financeiro e tributário, suas entidades, operações, mercados, seguros e atividades monetárias, que afetam o Brasil e repercutem na vida do povo brasileiro.

Mário destacará o crescimento da responsabilidade dos parlamentares de, neste ano, realizar as adequações das despesas, bem como seus impactos no OGU, PPA e LDO. O parlamentar vai ressaltar também que o sistema tributário brasileiro e o modelo de repartição das receitas e encargos entre os entes da Federação vêm se mostrando incapazes de atender aos anseios nacionais e defenderá velocidade nas reformas para a realização de um novo pacto federativo.

O peemedebista deixará na Casa a mensagem de que “sem prestigiar a produção, o crescimento da indústria, do agronegócio, com respeito ao meio ambiente, preconizando medidas autossustentáveis, o País estará fadado ao esquecimento, o que o relegará a um plano internacional de desimportância e indiferença.”

Para alcançar a harmonia no sistema econômico financeiro nacional, Mário alertará que o Congresso terá, dentre suas missões, buscar o equilíbrio na redução do custo Brasil, otimizar o custeio da máquina pública e ganhar a luta pelo controle da inflação, praticando ações e estímulos permanentes ao crescimento da economia.  Mário cobrará do Congresso a adoção de medidas maduras para colocar o Brasil no patamar de nação que ele sempre mereceu.

Cid Gomes e Eunício hoje juntinhos… até que a próxima eleição os separe?

Eunicio-e-Cid

Da Coluna Política de Érico Firmo, no O POVO desta sexta-feira:

É sempre arriscado apostar que algumas coisas são definitivas em política, mas praticamente ninguém mais com trânsito de um lado ou outro parece acreditar na possibilidade de entendimento entre Eunício Oliveira (PMDB) e Cid Gomes (Pros). Salvo um enorme cavalo de pau – daqueles que de vez em quando a política propicia – o rompimento é questão de tempo. Faz tempo que o peemedebista se prepara para a guerra, enquanto alimenta a crença numa paz cada vez mais improvável. De modo que talvez a interrogação maior sobre a eleição no Ceará seja como irá se portar a presidente Dilma Rousseff e o PT em relação ao palanque duplo no Estado. Gente do PMDB nacional já aceita que a presidente não irá ficar contra Cid em hipótese alguma. Uma das questões já negociadas em Brasília é a eventual neutralidade de Dilma – que ficaria distante do Estado. Algo sempre complicado para quem será candidata à reeleição. Outra possibilidade é a garantia de direitos iguais, com divisão de espaços entre os dois palanques. Essa história já foi sinalizada a Lúcio Alcântara, do PR, em 2010. Na prática, Dilma ficou com Cid. O ex-governador, irritado, aderiu à campanha de Geraldo Alckmin (PSDB) no segundo turno, movimento que não foi estrategicamente dos mais bem-sucedidos.

Se a situação de Dilma é complicada, mais ainda é a do PT. Tanto essa neutralidade como uma eventual candidatura própria não são sequer cogitadas na cúpula estadual. Mas sabe lá para que águas os acertos travados a partir de Brasília levarão o Ceará. Os movimentos para impedir o PT de estar na trincheira oposta ao PMDB no Estado inclui, obviamente, a vedação do eventual lançamento de um candidato a governador do PT com apoio de Cid. A hipótese do lançamento de um Camilo Santana ou outro petista da inteira confiança do governador passou a ser especulada como estratagema para amarrar a sigla e a presidente. Mas os peemedebistas, se não querem os petistas no palanque de um partido adversário, menos ainda admitem o lançamento de um candidato do próprio PT contra Eunício.

O nó não é fácil de desatar. Enquanto espera o desenrolar dos acontecimentos em Brasília, Cid Gomes se limita a tratar do assunto com interlocutores nacionais.

Prefeito RC aponta fracasso da gestão petista no Programa Minha Casa, Minha Vida

roberto-cláudio

Da Coluna Vertical do O POVO desta sexta-feira:

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (Pros), tratou ontem, em Brasília, no Ministério das Cidades, de “tocar de fato” o Programa Minha Casa, Minha Vida que, segundo diz, na gestão passada, não passou de mil unidades construídas pelo Município. Ele afirma que, no período da gestão petista, o déficit habitacional pouco foi enfrentado e que herdou o setor com 80 mil famílias – com renda até três salários mínimos, sonhando em receber com o benefício.

O prefeito esteve ainda na Caixa Econômica Federal, e acertou detalhes burocráticos para um pacote na área que prevê a construção de 25 mil unidades para famílias pobres.

Detalhe: em parceria com a gestão do governador Cid Gomes, então parceiro da ex-prefeita Luizianne Lins (PT).

Sucessão 2014 – Domingos Neto evita comentar pesquisa que coloca Eunício em primeiro

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=U8TCvg7qpbo&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal Domingos Neto (Pros) não quis comentar a pesquisa Vox Populi/CNT que coloca o senador Eunício Oliveira (PMDB) liderando a preferência para o Governo com 47%. O parlamentar preferiu dizer que aguarda a posição a ser tomada pelo governador Cid Gomes (Pros).

Sobre como seu pai, o vice-governador Domingos Filho (Pros), também governamentável, ê a pesquisa, Domingos Neto não se manifestou e reiterou que Cid Gomes será o grande comandante do processo.

Presidente nacional do PCdoB discute eleições em Fortaleza

435 1

Renato-PCdoB

O presidente nacional do PCdoB, Renato Rabelo, cumprirá agenda em Fortaleza, neste sábado. Ele vem participar  da terceira reunião do Comitê Estadual do Partido, que discutirá o cenário eleitoral no Estado. O encontro ocorrerá, a partir das 9 horas, no auditório da Casa Amarela Eusélio Oliveira, e terá a participação de dirigentes de Fortaleza e de outros municípios da Região Metropolitana, prefeitos, parlamentares e lideranças integrantes da legenda.

Renato Rabelo ainda concederá entrevista coletiva às 8h30, antes do evento e, em seguida, fará a abertura da reunião abordando temas como a conjuntura política nacional, o projeto eleitoral do PCdoB em 2014 e as lutas do povo brasileiro.

DETALHE – Na agenda de Rabelo – pelo menos o que está sendo divulgado, não consta uma conversa dele com o governador Cid Gomes (Pros). É que o PCdoB nacional fechou questão em querer a reeleição do senador Inácio Arruda.

Governo Dilma anuncia R$ 3,8 bilhões para obras de mobilidade urbana

“O governo anunciou hoje (13) que aplicará R$ 3,8 bilhões do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana em sete cidades brasileiras. Os investimentos vão financiar projetos em Brasília, Goiânia (GO), Palmas (TO), João Pessoa (PB), Campo Grande (MS), São Luís (MA) e Natal (RN).

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, disse que o dinheiro será transferido sem necessidade de complementação dos estados e municípios beneficiados. “Esses R$ 3,8 bilhões contam com 100% do OGU [Orçamento Geral da União] e de financiamentos, sem a necessidade de que o estado ou a prefeitura entre com contrapartida e comprometa ainda mais os caixas”, explicou.

O dinheiro pode ser investido em obras de construção de metrôs, monotrilhos, aeromóveis, trens urbanos, veículos leves sobre trilhos (VLT), BRTs (bus rapid transit), corredores de ônibus e teleféricos, entre outras. Entre as obras beneficiadas com os recursos anunciados hoje, estão os VLTs do Distrito Federal, de Goiânia e de Natal.”

(Agência Brasil)

Pesquisa do IBGE diz que Ceará é o segundo em cargos comissionados no País

822 3

A Pesquisa de Informações Básicas Estaduais (Estadic) 2013, divulgada nesta quinta-feira, no Rio, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), constatou: pelo menos um cargo comissionado, sem concurso público e boa parte por indicação política, é criada a cada dia pelos governadores. Nesse ranking, o Estado do Ceará aparece em segundo e só perde para o Amapá.

Segundo o IBGE, o crescimento neste estado foi de 199,9%, passando de 1.752 para 5.254 comissionados. O Ceará ficou em segundo lugar, com 115,7%, indo de 750 para 1.618. Em terceiro, aparece São Paulo com 90,1%. No ano passado, os comissionados no governo paulista chegaram a 14.731. Em 2012, foram 7.747.

Só no ano passado, foram contratadas 10.386 pessoas a mais para a função se comparado com 2012, média de 29 novos postos deste tipo de trabalho por dia. O crescimento é de 9,9%.

grafifif

(Com O Globo)

João Jaime critica Dilma por trocar o tema da seca por sucessão estadual

joao-jaime

Em clima de Assembleia Legislativa, eis uma estocada que o deputado estadual João Jaime (DEM) jogou contra os aliados do governador Cid Gomes na Casa:

“Enquanto a seca tá braba no Ceará, a presidente Dilma está mais preocupada em tirar o Eunício da disputa e abrir caminho para os Ferreira Gomes ganharem sem concorrente”.

O senador Eunício Oliveira é o pré-candidato do PMDB ao Governo e, por várias vezes, já rejeitou convite da presidente para assumir ministério, no que sairia do páreo da sucessão cidista. Na recente pesquisa Vox Populi/CNT, o senador lidera preferências com 47%.