Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Planos de saúde lideram ranking de queixas do Idec em 2012

Os planos de saúde lideram mais uma vez o ranking de queixas recebidas pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) no ano passado. Segundo o relatório anual do instituto, divulgado nesta segunda-feira (4), 20% dos atendimentos em 2012 foram relacionados a reclamações sobre planos de saúde, como negativa de cobertura, reajustes e descredenciamento de prestadores de serviço. De acordo com o Idec, os planos aparecem no topo da lista pela décima primeira vez.

“Há mais de uma década os planos de assistência médica lideram o relatório de atendimentos do Idec, e o principal motivo é justamente o crescimento dos planos coletivos, ou falsos coletivos (oferecidos a pequenos grupos de consumidores), já que há ausência de regulação da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) para esses tipos de contratos”, justifica o Idec, em nota.

O setor financeiro – bancos, cartões de crédito, crédito e consórcios – é o segundo colocado na lista do Idec. Cobranças indevidas de tarifas e de serviços não contratados estão entre as principais reclamações. Outras queixas dos consumidores são endividamento, taxa de juros, portabilidade de crédito e inscrição em cadastro de maus pagadores.

Em terceiro lugar, aparecem as reclamações sobre problemas com produtos, como celulares, eletroeletrônicos e eletrodomésticos da linha branca. Os consumidores queixam-se de defeitos, falha na garantia, falta de assistência técnica e descumprimento do prazo de entrega.

Telefonia é o quarto segmento com o maior número de queixas. Na telefonia móvel, a falta de sinal e a queda nas chamadas encabeçam as reclamações, enquanto na telefonia fixa são cobrança de minutos excedentes e por serviço não solicitado.

Os quatro setores que estão no topo da lista do Idec somam 59,1% dos atendimentos feitos por telefone, e-mail e pessoalmente. Em 2012, o Idec prestou 9.413 atendimentos, dos quais 5.413 sobre relações de consumo e 4 mil a respeito do andamento de ações judiciais. Para o Idec, grande parte dos problemas é decorrente de “fiscalização ineficiente” dos órgãos reguladores e falta de investimento das empresas.

(Agência Brasil)

Ministro Padilha anuncia nova medida para controle da cobertura dos planos de saúde

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, encontra-se na manhã desta terça-feira (5), em Brasília, com o ministro Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça.

Na audiência, Padilha apresentará a Barbosa nova resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que visa aumentar o controle sobre as autorizações de procedimentos médicos negados pelas operadoras de planos de saúde. A medida reflete uma das preocupações apresentadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Após a visita, o ministro Padilha, e o diretor-presidente da ANS, André Longo, detalham à imprensa a nova exigência. Cerca de 62 milhões de brasileiros são usuários de planos médicos e/ou odontológicos no país.

(Agência Saúde)

Presidente da Petrobras tem plano para recuperar desempenho da companhia

69 1

foster

Do site 247 Brasília:

Está nas mãos da presidente da Petrobras, Maria da Graça Foster, um plano que pode mudar, da água para o vinho, a percepção de investidores nacionais e internacionais em relação à companhia. Desde 2011, o desempenho da estatal vem sendo um dos principais pepinos do governo Dilma. Por mais que se atribua a culpa à gestão de José Sergio Gabrielli, o fato é que a produção de combustíveis no Brasil está em queda e a empresa perdeu cerca de R$ 180 bilhões em seu valor de mercado desde que, no fim de 2010, foi objeto de uma capitalização que colocou em seu ba lanço as reservas do pré-sal e diluiu os acionistas minoritários.

Na prática, o pedido dos investidores consiste em reverter a capitalização de 2010. As reservas do pré-sal sairiam do balanço da Petrobras, que não tem conseguido explorá-las, e passariam a constituir o ativo de uma nova empresa, que também seria controlada pelo governo federal. Esta nova empresa venderia suas ações no mercado acionário, mas antes convidaria empresas internacionais de petróleo a participar do esforço de exploração do pré-sal, como minoritários. Outro ponto importante é que, na “Petrobras do B”, os limites para ação política seriam mais restritos, ficando vedadas, por exemplo, nomeações com critérios políticos.

Retirar as reservas do pré-sal da atual Petrobras já melhoraria, na visão desses investidores, o balanço da Petrobras, que hoje é percebida como uma empresa com alto grau de endividamento e baixa capacidade de investimento – e que corre o risco de perder seu “grau de investimento”, que é a percepção de baixo risco conferida pelas agências.

Outro efeito colateral se daria em relação ao próprio governo Dilma, uma vez que o convite para que empresas internacionais participassem do esforço do pré-sal, participando do bloco acionário da “Petrobras do B”, apagaria o discurso dos que criticam um governo excessivamente intervencionista. Além disso, o lançamento de ações de uma empresa com as reservas do pré-sal animaria a Bovespa, que vem tendo desempenho anêmico nos últimos meses. Este plano já chegou às mãos do ex-presidente Lula, que viu e gostou. A tarefa, agora, é convencer Graça Foster e a presidente Dilma, mas o fato é que a Petrobras, com imagem ruim, fornecedores em crise e produção em queda, vem se transformando num argumento de campanha dos adversários do atual governo.

Carrefour é condenado por Justiça do Ceará por inclusão indevida de cliente no SPC

“O Carrefour Comércio e Indústria deve pagar indenização de R$ 33.900,00 à servidora pública M.L.S.M., que teve o nome inscrito indevidamente no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). A decisão é do juiz Onildo Antônio Pereira da Silva, titular da 4ª Vara Cível de Fortaleza. Segundo os autos (nº 1838- 84.2010. 8.06.0001/0), M.L.S.M. é cliente da empresa desde 2006 e utilizava o cartão carrefour para realizar compras regularmente. Em 11 novembro 2009, ela se dirigiu a uma das lojas para pagar o extrato mensal, no valor de R$ 391,58, que havia vencido no dia 5 daquele mês. O pagamento mínimo era de R$ 78,32. A servidora, no entanto, pagou a quantia de R$ 300,00.

No dia 17 daquele mesmo mês, a consumidora fez compras e, ao passar o cartão, o funcionário informou que não tinha sido autorizado por falta de pagamento. A cliente apresentou o comprovante de débito quitado na recepção e a atendente disse que o problema seria resolvido em dois dias. M.L.S.M. retornou seis depois, mas o problema ainda não havia sido solucionado. A funcionária afirmou que no sistema constava quitado apenas outubro. Disse também que aquele setor não podia se responsabilizar por falhas dos operadores de caixa e que iria registrar a ocorrência.

A consumidora entrou em contato com o escritório central da empresa por telefone e explicou o ocorrido. Em seguida, enviou a fatura, por fax, junto com o comprovante de débito pago e obteve a promessa de que o problema seria resolvido. No entanto, no mês seguinte, recebeu nova fatura do cartão e observou que o novembro ainda estava em aberto. Ligou novamente e lhe prometido que receberia outra fatura sem a cobrança, mas o combinado nunca foi descumprido.

Dias depois, ao tentar adquirir automóvel em concessionária, na Capital, foi informada de que o nome constava no SPC. Por conta disso, não pôde concluir a compra do carro. Inconformada, M.L.S.M.A ajuizou ação de indenização por danos morais contra o carrefour. Alegou que passou por constrangimentos devido à negligência da empresa. Na contestação, o Carrefour Comércio e Indústria afirmou que não negativou o nome da cliente. Sustentou ainda que não podia ser responsabilizado pelos atos do Banco Carrefour, que gerencia a linha de cartões de crédito.

Ao julgar o caso, o magistrado considerou ter havido negligência do Carrefour, tanto na prestação do serviço de atendimento, no momento que a cliente realizava o pagamento, como em solucionar o problema posteriormente.”

(Site do TJ/CE)

Cearense Pague Menos perde primeiro lugar no ranking das maiores redes de farmácia do País

96 1

deusmar

Deusmar Queiroz é o controlador do Grupo Pague Menos.

“A fusão da Drogaria Raia com a Drogasil elevou a nova empresa ao topo do ranking de faturamento e número de lojas do setor no Brasil em 2012, desbancando a rede cearense Pague Menos, líder no ano anterior.

Este dado consta de uma pesquisa inédita do setor feito pela FIA/USP para a Associação Brasileira de Redes de Farmácias (Abrafarma), que será divulgada no final do dia de hoje. A rede São Paulo, perdeu a segunda colocação em receitas em 2011, e é agora a terceira que mais fatura.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Edir Macedo entre os novos bilionários brasileiros

94 3

O empresário brasileiro Eike Batista despencou no ranking de bilionários da revista ‘Forbes’ e foi o ‘maior perdedor do ano’. Divulgou, nesta segunda-feira, a revista , adiantando que ele caiu 93 posições, passando de 7º homem mais rico do mundo para 100º, com uma fortuna avaliada em US$ 10,6 bilhões. Silvio Santos e Edir Macedo estão entre os novos bilionários brasileiros. O megaempresário perdeu US$ 19,4 bilhões –maior prejuízo do ano–, por causa da desvalorização das ações das suas empresas de mineração, energia, e construção naval.

De acordo com a pesquisa, o brasileiro mais rico agora é o empresário Jorge Paulo Lemann (33º), dono de empresas como Ambev e Burger King, por exemplo. Com uma fortuna estimada de US$ 17,8 bi, o brasileiro ‘rouba’ de Eike a liderança ocupada desde 2009. Outro brasileiro que estreia entre os bilionários do mundo é o bispo Edir Macedo, na 1268ª posição no ranking mundial (41º mais rico do país), com fortuna de US$ 1,1 bilhão. Segundo a revista, Macedo é o líder evangélico mais rico do país.

O banqueiro Joseph Safra é o 46º (com uma fortuna de US$ 15,9 bi); Antônio Ermírio de Moraes é o 74º (com US$ 12,7 bi); e a herdeira da Camargo Corrêa, Dirce Navarro de Camargo, aparece em 87º lugar, com US$ 11,5 bi. A lista da Forbes, em sua 27ª edição, é a maior que já houve, com 210 novos bilionários.

(Portal Uol)

Brasil não corre mais risco de ser "contaminado" por "espirro" no exterior, afirma Dilma Rousseff

75 2

A presidente Dilma Rousseff disse, nesta segunda-feira, durante cerimônia em João Pessoa (PB), para entrega de unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, e mais 22 retroescavadeiras, que o Brasil não corre mais riscos de ser “contaminado” por crises externas.

“Quando há um espirro no exterior, o Brasil não pega pneumonia”, afirmou a presidente, ao lado do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo(PT).  O Brasil vem mudando porque abriu as oportunidades de trabalho e reduziu o desemprego”, completou. Dilma defendeu a MP dos Portos e ampliação dos aeroportos:. “O Brasil só vai andar para frente se mexer naquelas questões que transformam a competitividade, por exemplo porto e aeroporto.”

Para a Paraíba Dilma anunciou ainda o repasse de R$ 70 milhões para um centro de convenções em João Pessoa e outros R$ 6 bilhões para investimento em saneamento básico.

(Com Agência Estado)

Ipea – Mercado de trabalho brasileiro teve ótimo desempenho em 2012

“O mercado de trabalho registrou um “ótimo desempenho” em 2012, segundo o boletim Mercado de Trabalho, Conjuntura e Análise divulgado hoje (4) pelo Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). De acordo com o órgão, a elevação do rendimento dos trabalhadores, combinada “aos níveis historicamente baixos” das taxas de desemprego e de informalidade “são fatores de destaque”. O resultado foi positivo apesar da “alta” taxa de atividade (que representa pessoas procurando emprego, de 57,3%). Em 2011, a taxa de atividade ficou em 57,1%.

Segundo Carlos Henrique Corseuil, um dos responsáveis pelo levantamento, chama atenção a desaceleração na queda do desemprego e da informalidade em dezembro do ano passado, contribuindo para um resultado positivo no fim de 2012.

Os dados do boletim apontam que a taxa de desocupação fechou dezembro em 4,6%, influenciando a média de 5,5% em 2012 – a menor média anual desde 2002.”

(Agência Brasil)

 

Copa 2014 – ONG puxa debate sobre impactos nos direitos das mulheres

O Centro de Pesquisa e Assessoria Esplar vai lançar nesta segunda-feira, às 18h30min, no auditório da reitoria da UFC, o informativo e o vídeo-documentário “Copa 2014 – O que as mulheres têm a ver com isso?”. Na ocasião, haverá debate e reflexão sobre os possíveis impactos que o megaevento trará, e já está causando, à população em geral e, principalmente, às mulheres que vivem nas cidades-sede abordadas nos materiais produzidos: Fortaleza, Natal e Salvador. Essas cidades estão entre as 12 capitais que sediarão a Copa do Mundo, em 2014.

Fortaleza e Salvador receberão ainda, em junho deste ano, a Copa das Confederações. Esses eventos são motivo de orgulho, principalmente para torcedores e amantes do futebol, mas têm sido também motivo de preocupação. O Esplar, ONG que atua, também, nos Movimentos de Mulheres no Ceará, quer alertar sobre esses possíveis impactos e violações aos direitos das mulheres.

O lançamento terá uma roda de conversa com Lívia Maria Xerez, coordenadora estadual do Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas; Tatiana Raulino, mestranda em Serviço Social, Trabalho e Questão Social, da UECE, e militante feminista; e Maria Ercília Mendonça, representante do Comitê Popular da Copa.

Inácio Arruda diz que "Fora Renan!" é uma ação da direita conservadora do País

76 23

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VVcF_5nYLWA[/youtube]

O senador Inácio Arruda (PCdoB) não perde tempo quando indagado sobre o movimento “Fora, Renan!”, que, nas redes sociais, já conseguiu mais de 1 milhão e 800 mil assinaturas.

Inácio diz que o peemedebista foi eleito presidente do Senado democraticamente e que acusações contra ele são requentadas. Vê a tentativa de derrubar Renan é mais uma ação da direita conservadora do País.

 

ITA anuncia projeto AeroBrasil 2013

Os próximos anos serão decisivos para o setor aeroportuário do Brasil e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) acaba de tomar uma iniciativa: vai criar um canal com a sociedade governamental e civil, conectando também o setor empresarial do país e do exterior. Dentro dessa meta, o ITA realizará o AEROBRASIL 2013, um megaevento destinado a apresentar soluções e tendências tecnológicas para o setor aeroportuário brasileiro. Além de dividir novidades internacionais, como as adquiridas durante a “Passenger Terminal – Expo 2013” em Genebra, na Suiça, o maior evento mundial nesse campo.

O AeroBrasil será realizado no auditório da Fecomercio, em São Paulo, no dia 27 de junho, e reunirá autoridades governamentais, especialistas internacionais, consultorias, além de operadores aeroportuários, construtores, gestores e administradores aeroportuários, assim como empresas de tecnologia e soluções, investidores e imprensa especializada.

Durante o AeroBrasil 2013, o ITA também vai comemorar 63 anos e divulgará seu plano estratégico e a expansão da atuação no desenvolvimento tecnológico do país, assim como a ampliação da Instituição e sua capacidade técnico-científica e acadêmica.

(Site do ITA)

Corrente petista lança Renato Simões para presidente nacional do partido

A corrente “Militância Socialista”, do PT, representada no Ceará pelo vereador Acrísio Sena, mandou para o Blog manifesto que divulgou, após reunião que fez em Brasília, recentemente, onde o processo de eleição direta no partido esteve em debate. O MS propõe a candidatura de Renato Simões à presidência nacional petista. Confira:

A Direção Nacional da Militância Socialista, reunida em Brasília, avaliou a conjuntura nacional em que ocorrerá o Congresso do PT e o PED de 2013 bem como o processo de discussão interna que ocorre no interior do Partido, e diante disto tudo se posicionou.

1º. Saudamos a convocação do V Congresso do PT, oportunidade de debate e de atualização programática do Partido ao final de 33 anos de vida e 10 anos de governo encabeçado pelo PT.

2º. O Congresso e o PED ocorrerão em uma conjuntura nacional marcada por uma crise internacional ampla e profunda do sistema capitalista, centrada nos países mais desenvolvidos e que impacta todas as economias do mundo, inclusive a brasileira. Governos dos países centrais se submetem à lógica do capital financeiro e impõem severas perdas de direitos e conquistas seculares dos trabalhadores e trabalhadoras. A classe trabalhadora resiste e novas lideranças e
partidos retomam bandeiras do socialismo.

3º. Os países emergentes como o Brasil sofrem com esta crise internacional, mas o Governo da Presidenta Dilma e os governos democráticos e populares da América Latina não se submetem à lógica neo-liberal e afirmam vigorosamente o papel do Estado, a preservação dos direitos e conquistas dos trabalhadores, a crença no desenvolvimento com distribuição de renda, e uma inserção independe no cenário político internacional. Contudo, nem tudo são flores, há espinhos nestas experiências e em particular em nosso governo de coalizão. As dificuldades de realizar as reformas democráticas e populares de nosso programa são evidências desses impasses.

4º. O debate sobre a sucessão presidencial é antecipado e os partidos de oposição se apressam a lançar candidatos a verberar a crítica ao Governo Dilma e aos 10 anos de governos petistas. Mesmo entre os partidos da base de apoio ao governo surgem possíveis candidaturas à presidência da República que tentam se declarar herdeiros do legado lulista e ao mesmo tempo tentam dissociar-se e até mesmo demonizar o PT.

5º. Neste contexto em que se debate o presente e se acena com as perspectivas futuras é urgente e necessária a presença vigorosa da Esquerda do PT com suas críticas, suas elaborações teóricas e posições ideológicas – enfim, com suas candidaturas a presidente do PT e as chapas aos seus diretórios.

6º. Tendo em vista o necessário debate programático que o V Congresso propiciará, não vemos sentido na proposta de um “Chapão” ao PED, que ao fim e ao cabo poderia colocar um freio na sensibilização e mobilização da militância petista. Resgatar, defender e fortalecer o petismo permitirá aumentar a autonomia e o protagonismo do PT em relação ao governo e aos movimentos sociais, avançando em um projeto comum de aprofundamento das transformações de nosso país.

7º. A MS considera que a esquerda partidária tem o que dizer neste debate e só ela poderá dizê-lo. O papel positivo das contribuições da Esquerda Socialista, campo que integramos desde o ultimo PED, às definições políticas do IV Congresso sobre as diretrizes gerais do Plano de Governo de Dilma Rousseff e sobre as definições estatutárias de sua segunda etapa nos instiga a continuar trilhando o caminho da unidade da esquerda e da propositura de uma reflexão crítica e
criativa sobre o Partido e os temas da agenda nacional do PT.

8º. A MS pretende contribuir com este esforço de elaboração programática do PT em 7 vertentes fundamentais, que serão objeto de seminários nacionais para os quais o conjunto das forças partidárias, em particular aquelas que conosco compõem a Esquerda Socialista, serão convidados a participar:

a. O Legado dos Governos Lula e Dilma e as reformas democráticas e populares; b.O lulismo e o petismo: balanço e perspectivas;

c. Partido, Governo e Movimentos Sociais: autonomia e agenda comum;

d. Dimensão ambiental de um projeto nacional de desenvolvimento;

e. O papel organizador e educador do PT frente aos segmentos que ascenderam socialmente nos governos Lula e Dilma;

f. O PT e as oligarquias regionais: perspectivas para o avanço da cultura política do país.

g. A perspectiva socialista na atualidade.

9º. A MS convida a Articulação de Esquerda e a Esquerda Popular Socialista, bem como outras correntes, agrupamentos regionais e filiados e filiadas que se identifiquem com as perspectivas aqui apresentadas, para um esforço de elaboração comum e de busca de unidade política para a disputa do PED 2013. Propomos como patamar
inicial deste debate uma candidatura e uma chapa única da Esquerda Socialista em nível nacional.

10º. A MS apresenta à Esquerda Socialista e ao conjunto do PT o nome do companheiro Renato Simões para a disputa da Presidência Nacional do PT.

Brasília, 24 de fevereiro de 2013.

* Direção Nacional da Militância Socialista.

Eduardo Campos une-se a sindicalistas contra a MP de Modernização dos Portos

eduarodcampos

“Decidido a engajar-se no debate contra a Medida Provisória nº 595, a MP dos Portos, o governador Eduardo Campos (PSB) recebe, hoje, na sede do Executivo estadual, o deputado federal Paulo Pereira dos Santos, conhecido como Paulinho da Força Sindical (PDT). Como presidente de uma das maiores entidades sindicais do País, o pedetista desembarca no Recife em busca de apoio contra a aprovação da medida proposta pelo governo federal para fixar novas regras ao setor portuário.

Além de colocá-lo em confronto direto com a presidente Dilma Rousseff (PT), a pauta aproxima Eduardo dos sindicalistas, que temem que a abertura dos portos à iniciativa privada, um dos pontos previstos na MP, termine por gerar desemprego entre trabalhadores avulsos. O governador, por outro lado, está incomodado com a perda de autonomia da administração de Suape para realizar as licitações de novos terminais e escolher as novas áreas a serem arrendadas pelo setor privado.

Segundo o texto da MP, o controle de ambos os processos ficará centralizado em Brasília, sob a responsabilidade da Agência Nacional de Transporte Aquaviários (Antaq) ou da Secretária dos Portos. “Do nosso ponto de vista, essa medida provisória privatiza e quebra nossos portos públicos. Estamos procurando o governador porque ele, de certa forma, também perde com isso por conta de Suape. É importante que ele, uma pessoa de prestígio, possa se pronunciar”, justificou, ontem, Paulinho ao JC.”

(Jornal do Commercio)

Cid aproveitará visita de Dilma para assinar convênio do Trecho Leste do Metrofor

cidgomess

O governador Cid Gomes (PSB) anunciou, durante reunião com o secretariado, nesta segunda-feira, no Palácio da Abolição, que assinará, dia 21 próximo, quando da visita da presidente Dilma Rousseff, convênio com o governo federal para a execução da Linha Leste do Projeto Metrofor. A ordem de serviço será dada em julho, quando da chegada das tuneladoras (máquinas que vão escavar 13 km de extensão subterrânea da linha)

Esse trecho ligará o Centro até o Fórum Clóvis Beviláqua (Bairro Edson Queiroz) e custará R$ 3,3 bilhões, sendo R$ 1 bilhão da União a fundo perdido, R$ 1 bilhão do FGTS e o restante do governo estadual.

Cid Gomes informou ainda que esse trecho do Metrofor deverá ser executado em sistema de consórcio ou no regime Parceria Público-Privada, o que ainda será avaliado.

Dilma, no dia 21, virá receber, para a Petrobras, terreno na área do Complexo industrial e Portuário do Pecém da no qual será instalada a futura Refinaria Premium II. Também, entregará a barragem do rio Maranguapinho.

cidmapp

 

Cid comandando reunião no Palácio da Abolição.

(Foto – Ana Aranha)

Copom deve manter taxa básica de juros em 7,25%, prevê mercado financeiro

“A taxa básica de juros, a Selic, deve ser mantida no atual patamar, 7,25% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, marcada para amanhã (5) e quarta-feira (6). Essa é a expectativa de analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) sobre os principais indicadores econômicos.

A mediana das expectativas das instituições financeiras é que a Selic seja mantida no atual patamar ao longo de 2012. Por essas projeções, a taxa só deve subir em 2013, encerrando o período em 8,25% ao ano.

O BC usa a Selic como instrumento para influenciar a atividade econômica e, por consequência, calibrar a inflação. Cabe ao BC perseguir a meta de inflação, que é 4,5%, com margem de dois pontos percentuais para mais ou para menos.”

(Agência Brasil)

Analistas de mercado prevêem crescimento menor da economia neste ano

“Analistas do mercado financeiro ajustaram para baixo a projeção de expansão da economia este ano e elevaram a estimativa para 2013. A projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, foi ajustada de 3,1% para 3,09%, em 2013, e de 3,6% para 3,65%, no próximo ano. As projeções são resultado de pesquisa do Banco Central (BC) a instituições financeiras. A estimativa para a expansão da produção industrial caiu de 3,1% para 2,86%, este ano, e subiu de 3,5% para 3,75%, em 2014.

Na última sexta-feira (1º), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 0,9% em 2012.

A projeção das instituições financeiras para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB foi mantida em 34,5%, neste ano, e ajustada de 33,2% para 33,23%, no próximo ano. A expectativa para a cotação do dólar foi mantida em R$ 2, para o final deste ano, e em R$ 2,05, ao fim de 2014.”

(Agência Brasil)

Lula terá conversa com Eduardo Campos

edulula

“Em conversas recentes com políticos de partidos aliados, Lula tem entrado sem cerimônia no tema “candidatura de Eduardo Campos a presidente”. Na semana passada, a um presidente de partido da base governista, chegou a dizer sem rodeios, num tom entre a preocupação e o bom humor:

– Você não vai com o Eduardo, não. Não vai abandonar a gente.

Enquanto usa uma das mãos para afastar Campos de qualquer apoio, com a outra vai tentar seduzi-lo: Lula tem conversa marcada com o governador de Pernambuco nesta terça-feira.”

(Coluna Radar -Veja Online)

Dilma promete investir R$ 30 bilhões para ampliar oferta de água na Região Nordeste

71 3

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (4) que o governo está investindo um total de R$ 30 bilhões na tentativa de ampliar a oferta de água na Região Nordeste até 2014 – R$ 24 bilhões em obras estruturantes, como barragens, adutoras, canais, estações de tratamento e redes de abastecimento, e R$ 5 bilhões aplicados no Água para Todos. No programa semanal Café com a Presidenta, ela destacou que já foram instaladas 260 mil cisternas em municípios e povoados do Semiárido brasileiro. A meta é entregar mais 240 mil até o final de 2013. Dilma citou também medidas emergenciais, como a contratação de 4.624 carros-pipas para distribuir água em 750 cidades atingidas pela seca este ano.

A presidenta falou sobre a visita que fará hoje ao Canal das Vertentes Litorâneas, na Paraíba. Segundo ela, a obra pretende levar as águas do Rio São Francisco a um total de 38 municípios. Outra obra citada por ela é o Eixão das Águas, no Ceará, que vai levar água do açude Castanhão até Fortaleza, percorrendo 260 quilômetros (km).

“Nas próximas semanas, vou a Alagoas ver o Canal do Sertão Alagoano, que vai levar as águas do São Francisco ao sertão por um canal que já tem 78 km em obras. Também vou a Pernambuco ver de perto a adutora que estamos construindo em pleno Sertão do Pajeú, um das regiões mais secas do nosso Nordeste”, disse.”

(Agência Brasil)

VAMOS NÓS – Lá vem mais promessa de investimento contra a seca. Isso nos faz lembrar o ex-presidente João Figueiredo. Numa ocasião quando falava que iria enfrentar o drama da estiagem, ele chegou a dizer, emocionado, a seguinte frase:  “O Brasil não será rico enquanto o Nordeste for pobre!”