Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Com câncer, Oscar Schmidt recebe bênção do Papa

oscar_schmidt

Em sua passagem pela prefeitura do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (25), o papa Francisco deu uma bênção especial em um dos maiores atletas do basquete brasileiro, Oscar Schmidt, que luta contra um câncer no cérebro.

Após cumprimentar esportistas como Zico (futebol), Torben Grael (vela) e Fabi (vôlei), o pontífice se deparou com o ex-jogador de basquete, que, muito emocionado, se ajoelhou. O papa tocou em sua cabeça e lhe abençoou. Oscar, campeão pan-americano com a seleção brasileira em 1987, não escondia sua felicidade. “Se não resolver desta vez, não resolve mais”, afirmou Oscar, segundo reportagem do G1. “A maior bênção que você pode ter é a bênção do Papa. Ele veio em um momento muito importante para o Brasil. O povo brasileiro é muito sofrido. A vinda dele é a cereja do bolo.”

(Revista Época)

CNI/Ibope: Avaliação negativa de Dilma vai a 49%

137 1

“A aprovação pessoal da presidente Dilma Rousseff caiu 26 pontos percentuais, segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (25) pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) em conjunto com o Ibope. Na última pesquisa, 71% aprovavam Dilma, contra 45% agora. A avaliação negativa superou a positiva pela primeira vez na série histórica da pesquisa e atingiu 49. De acordo com o instituto, 6% dos eleitores não sabem ou não responderam.

A aprovação do governo da petista caiu 24 pontos percentuais. Hoje, o governo Dilma é avaliado por ótimo ou bom por 31% dos entrevistados. Na avaliação anterior, divulgada em 19 de junho, a aprovação dos brasileiros ao governo de Dilma Rousseff era de 55%. O grupo de entrevistados que considera o governo Dilma regular subiu de 32% para 37% com relação à sondagem anterior. Já os que avaliam como ruim somam 13% ante 7% da pesquisa passada. Os entrevistados que não souberam ou não quiseram responder totalizaram 1%.”

(Portal UOL)

 

Centro Universitário Estácio FIC seleciona professores

O Centro Universitário Estácio FIC realiza, até segunda-feira próxima, processo de seleção para contratação de professores. São duas vagas para o curso Análise e Desenvolvimento de Sistemas e seis vagas para o curso de Arquitetura e Urbanismo.

Os interessados podem se inscrever na Unidade Moreira Campos, na rua Visconde de Mauá, 1940, das 9 às 20 horas, levando os seguintes documentos: Currículum Vitae (Plataforma Lates/CNPQ), cópias autenticadas do CPF, RG, do diploma de graduação e pós-graduação, da carteira de trabalho, comprovações acadêmicas em outras instituições de Ensino Superior, cópias de certificados que tiverem acima de 40 horas e de produções científicas dos últimos 3 anos.

SERVIÇO

* Para mais informações: site www.estacio.br, nos links UNIDADES – FORTALEZA – OPORTUNIDADES.

Papa Francisco manda recado para jovens: não se desiludam com a corrupção

208 3

papaop

“Em discurso durante visita à comunidade de Varginha, no Complexo de Manguinhos, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, o papa Francisco fez um apelo às autoridades públicas, aos mais ricos e à sociedade em geral para que não se cansem de trabalhar por um mundo mais justo e solidário. Ele pediu políticas nas áreas de educação, saúde e segurança e dignidade às pessoas.

O pontífice fez um pedido especial aos jovens para que não percam a confiança em um mundo melhor. “Vocês, jovens, têm uma sensibilidade especial frente às injustiças, mas muitas vezes se desiludem com notícias que falam da corrupção de pessoas que, em vez de buscar o bem comum, procuram seu próprio benefício. Nunca desanimem, nunca percam a confiança. Não deixem que se apague a esperança, a realidade pode mudar. O homem podem mudar. Procurem ser vocês os primeiros a procurar o bem”, disse.

O papa falou do esforço da sociedade brasileira em combater a fome e a miséria, e destacou que as pessoas não podem virar as costas para os mais pobres. “Nenhum esforço de pacificação será duradouro, não haverá harmonia e felicidade para uma sociedade que abandona na periferia parte de si mesma. Ela simplesmente empobrece. Não deixemos entrar em nossos corações a cultura do descartável, porque somos irmãos e ninguém é descartável”, disse.

O discurso foi pontuado por alguns momentos de descontração do papa. Em um trecho, ele disse que gostaria de bater à porta de cada casa brasileira para “dizer bom dia, pedir um copo de água fresca, beber um cafezinho. Não um copo de cachaça”, disse para risos da plateia que se aglomerou no campo de futebol, onde ocorreu o discurso. Em outro momento, o papa disse que o brasileiro é solidário e sempre busca compartilhar comida com quem tem fome. “Quando alguém que precisa comer bate à porta, vocês sempre dão um jeito de compartilhar a comida. Como diz o ditado: sempre se pode colocar mais água no feijão”, brincou o pontífice.”

(Agência Brasil/Reprodução de TV)

Programa Mais Médicos já tem 2.552 municípios inscritos. Maioria é do Nordeste

“Um total de 2.552 municípios estão inscritos no Programa Mais Médicos. O número representa cerca de 46% das cidades brasileiras, com maior concentração na Região Nordeste. O prazo para inscrição termina hoje (25) à meia-noite. Do total de municípios inscritos, 867 estão na Região Nordeste, 652 no Sudeste, 620 no Sul, 207 no Norte e 206 no Centro-Oeste. Os dados são do último balanço do Ministério da Saúde que contabiliza as inscrições feitas até ontem (24). Todos os municípios do país podem participar do programa indicando as unidades básicas de saúde de suas regiões em que há falta de médicos.

Lançado por medida provisória, o Programa Mais Médicos tem como meta levar médicos para atuar durante três anos na atenção básica à saúde em regiões pobres do Brasil. O Mais Médicos também prevê a possibilidade de contratar profissionais estrangeiros para trabalhar nessas regiões carentes. A ampliação do número de vagas em cursos de medicina e da residência médica também faz parte dos objetivos do programa.

Veja a tabela com a distribuição por estado dos municípios inscritos no programa:

Programa Mais Médicos*
Estado Municípios Inscritos Total de Municípios no Estado
Acre 17 22
Amapá 8 16
Amazonas 48 62
Alagoas 21 102
Bahia 233 417
Ceará 115 184
Espírito Santo 31 78
Goiás 109 246
Mato Grosso 60 141
Mato Grosso do Sul 37 78
Maranhão 91 217
Minas Gerais 372 853
Paraná 208 399
Pará 73 143
Paraíba 62 223
Pernambuco 90 185
Piauí 135 223
Rondônia 52 52
Roraima 7 15
Rio Grande do Norte 62 167
Rio Grande do Sul 294 496
São Paulo 215 645
Santa Catarina 118 293
Sergipe 31 75
Tocantins 43 139
Rio de Janeiro 34 92
O Distrito Federal também registrou inscrição no Mais Médicos
*As inscrições foram registradas até a última quarta-feira (24). Os dados são do último balanço do Ministério da Saúde.

(Agência Brasil)

Transposição do São Francisco – Até agora, só 4% do orçamento deste ano foi executado

transposiçao

Em um dos seus piores anos desde que começou a sair do papel, as obras de transposição das águas do Rio São Francisco receberam de janeiro passado até esta semana só 4,2% do orçado para 2013, R$ 1,246 bilhão. O fraco ritmo de pagamentos não aparece somente no desembolso efetivo do governo federal. Quando se considera o total de dinheiro empenhado, a “garantia formal” de que as construtoras serão pagas, o governo atingiu apenas 15,5% do orçamento. O ritmo de 2013 é melhor apenas do que 2007 e 2008, quando a transposição dava seus primeiros passos.

A transposição do São Francisco foi a grande promessa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e também serviu de plataforma política para a presidente Dilma Rousseff no Nordeste. A obra é composta por dois grandes canais que somam mais de 700 quilômetros e vão retirar água do São Francisco para beneficiar 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Paraíba, Ceará e Rio Grande do Norte. A construção começou em 2007, orçada em R$ 4,5 bilhões, mas a obra problemática começou a se arrastar entre erros básicos de engenharia (como iniciar a construção sem um planejamento adequado), atrasos (seria entregue ano passado, mas ficou para o final de 2015) e altas consecutivas de custo (já chegou a R$ 8,2 bilhões).

Mas este ano a lentidão piorou. Para se ter uma ideia da perda ainda maior de ritmo da transposição, é preciso lembrar que em 16 de dezembro de 2011, em visita às obras da transposição na cidade de Salgueiro, Sertão do Estado, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, afirmou que a obra teve ali seu pior ano, com uma execução física de 5,3%. O motivo era uma renegociação generalizada nos contratos de 14 lotes com a iniciativa privada, devido ao projeto básico deficiente da obra e a alta de preços no setor de construção.

Mesmo assim, naquele “pior ano” a transposição ainda recebeu R$ 621 milhões em pagamentos. É como se, para alcançar a mesma execução, considerando os custos da época, o ministério tivesse que multiplicar por seis tudo o que pagou até agora nos quase sete meses de 2013.

Dados compilados pelo JC a partir do Portal da Transparência, do governo federal, mostram que até a última terça-feira o Ministério da Integração Nacional empenhou apenas R$ 194,9 milhões para a obra. Desse valor, pagou só R$ 51,6 milhões. O ano em que a transposição teve maior execução financeira foi justamente o das eleições de 2010, quando foram pagos mais de R$ 1 bilhão, período anterior à sua primeira quebra de ritmo, no “pior ano” até então.

Naquela época, o Ministério da Integração começou a renegociar contratos depois que as empreiteiras fizeram pedidos de aditivos de até 32%, acima do limite legal de 25% estipulado pela Lei de Licitações. Como resultado, o governo criou aditivos contratuais que aumentaram o valor dos contratos até o limite legal, por um lado, e reduziram o volume de trabalho das empreiteiras, por outro.

A “sobra” desses contratos, associada à necessidade de complementos de obra adicionais não previstos nas licitações originais deram origem ao que o governo chama de “obras complementares”: seis lotes adicionais licitados este ano pelo governo para, enfim, poder concluir a obra. Um desses editais de obras complementares saiu em 2012 e os outros cinco foram publicados este ano, os dois últimos em maio.

* O Ministério da Integração Nacional foi procurado através da assessoria de imprensa, mas não deu retorno à reportagem.

(JC Online)

Seleção Brasileira de Futsal fará amistoso em Fortaleza contra a Seleção da Bélgica

A Seleção da Bélgica vai enfrentar a Seleção Brasileira no “Desafio Internacional de Futsal em Fortaleza no próximo dia 4, no Ginásio Paulo Sarasate. Antes, passará por São Luís (MA), no dia 1º de agosto, onde enfrentará a equipe brasileira também em clima de desafio. Na lista da equipe belga, alguns brasileiros naturalizados como os pivôs Betinho e Jaca.

Além deles, destaque para o jovem Omar Rahou, considerado uma das grandes promessas das quadras na Bélgica. Com apenas 21 anos, ele consegue aliar boa técnica com força física e defende o clube belga Futsal Chatelineau.

Na comissão técnica, o mineiro Rodrigo Zico é o auxiliar direto do treinador Alain Dopchie. Zico, como é conhecido, se naturalizou e chegou a defender a Seleção belga, inclusive contra o Brasil, no Grand Prix de 2007, em Joinville (SC). Na ocasião, os brasileiros levaram a melhor, goleando com 7 a 0 no placar.

 

Banco Central faz mais um leilão para conter subida do dólar

“O Banco Central (BC) fez hoje (25) mais um leilão para conter a alta do dólar e anunciou outra operação para amanhã (26). No leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro, de hoje, foram negociados 20 mil contratos, no total de US$ 993 milhões. O vencimento será em 2 de janeiro de 2014.

Na operação marcada para amanhã, as condições são iguais às de hoje, ou seja, 20 mil contratos, com vencimento no dia 2 de janeiro do próximo ano. As vendas de dólares ajudam a suavizar a alta da moeda estrangeira.”

(Agência Brasil)

Papa Francisco tem discurso sobre drogas destacado pela imprensa internacional

147 1

papaop

Papa visitou o Conjunto de Favelas de Manguinhos ganhou colar verde-amarelo.

“O discurso do papa Francisco ontem (24) condenando a liberalização do uso de drogas, durante a inauguração do Polo de Atendimento a Dependentes Químicos, do Hospital São Francisco, no bairro da Tijuca, zona norte do Rio, foi destaque na imprensa internacional.

O site do jornal inglês The Guardian ressaltou que o pontífice entrou em temas políticos com uma veemente condenação dos movimentos de legalização do uso de drogas. Segundo o jornal, os comentários do papa vão de encontro “ao movimento crescente na América Latina de liberalizar as vendas de maconha e outros narcóticos a reboque de décadas de violenta e ineficiente guerra contra as drogas na região.” O jornalista Jonathan Watts também destacou que o papa Francisco “lançou um rigoroso ataque contra os mercadores da morte que vendem drogas”.

O jornalista do periódico espanhol El País, Pablo Ordaz, informou que o pontífice fez um apelo “contra a praga do narcotráfico que favorece a violência e semeia dor e morte”. O jornal também destacou a primeira homilia do papa na Basílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. De acordo com o El País, o papa enfatizou que os católicos não podem ser pessimistas e que a Igreja Católica deve enfrentar as questões do mundo moderno “de forma positiva, sem medo, deixando para trás a ameaça constante do inferno e do fogo eterno”.

O correspondente do jornal norte-americano The New York Times, Simon Romero, por sua vez, ressaltou os erros na visita do papa, lembrando da chegada tumultuada no Rio de Janeiro, em que o carro que levava o pontífice foi cercado por fiéis. O jornal criticou a pane por duas horas do metrô carioca prejudicando milhares de passageiros, principalmente peregrinos que se dirigiam a Copacabana, onde ocorria a cerimônia de abertura da Jornada Mundial da Juventude. O jornalista também informou que as autoridades do Rio de Janeiro têm enfrentando críticas sobre a forma como têm lidado com as manifestações na cidade.

(Agência Brasil/Papa com reprodução de TV)

Palácio do Planalto vai comprar R$ 18 mil de pão de queijo

127 1

“O Palácio do Planalto vai gastar 60 000 reais para incrementar o lanche: pretende desembolsar cerca de 18 000 reais só na compra de 1,5 tonelada de pão de queijo, pequenos e grandes, com e sem alho. Cada saco de um quilo vai sair a dezoito reais.

Mas a lista elaborada para abastecer as copas do Palácio do Planalto tem queijo para todos os gostos: gouda (420 reais por dez quilos), roquefort (1 120 reais por vinte quilos), passando pela mussarela normal (meia tonelada a 9 900 reais) e light (6 492 reais por 256 quilos), grana padano (2 760 reais / quarenta quilos), coalho (580 reais / vinte quilos) e ricota (159 reais / dez quilos).

Há ainda 100 quilos de peito de peru defumado a 3 800 reais.

Para beber? Suquinho. A presidência também está em busca de cerca de 4 000 sacos (100 gramas) de polpa de frutas – morango, açaí, amora, cacau, cupuaçu e siriguela – por 7 000 reais aproximadamente.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Dilma veta projeto que acabava com multa de 10% do FGTS

dilmarezando

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente projeto aprovado no Congresso que acabava com a multa adicional de 10% do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) paga pelos empregadores em caso de demissão sem justa causa. O veto saiu publicado na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial da União.

O Congresso havia derrubado a multa extra no início deste mês, atendendo a uma pressão de empresários. A aprovação do projeto impôs uma derrota ao Governo, que não estava disposto a abrir mão da receita de cerca de R$ 3 bilhões anuais geradas pela taxa. Os empregadores já são obrigados a pagar uma multa de 40% sobre o saldo do FGTS aos trabalhadores em caso de demissão sem justa causa.

A taxa adicional de 10% foi criada em 2001 para ajudar a cobrir uma dívida bilionária do FGTS junto a trabalhadores lesados nos planos Verão e Collor 1.

(Com Folha Online)

Ciro e sua coleção de polêmicas

457 1

“Pouca gente se surpreendeu quando, na última terça-feira, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) veio a público classificar como “maconheiros e burgueses” grupo que protestava contra viadutos próximos ao Parque do Cocó, em Fortaleza. Na última ação da “metralhadora giratória” do irmão do governador Cid Gomes (PSB), sobrou ainda para o Ministério Público Federal e até para o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), acusada de manter aliança “assentada na base da putaria”. O “estilo Ciro” se notabilizou por não poupar palavras ou alvos e já é velho conhecido de quem acompanha a vida política estadual e nacional.

A predileção pelo confronto o acompanha desde os primeiros passos na política. Em 1988, quando disputava a Prefeitura de Fortaleza, acusou de “picareta notório” e “ladrão” o deputado Franzé Moraes (PTB), que o acusava de abuso de poder econômico.

Em 1992, como governador do Ceará, ganhou projeção nacional ao ameaçar demitir professores e médicos em greve, acusar o Judiciário de tratar o dinheiro público como “casa da mãe Joana” e classificar denúncia do procurador da República Oscar Costa Filho contra sua gestão de “exibicionismo doentio”.

Se o estilo peculiar foi fundamental para projetá-lo a candidato à Presidência pelo PPS em 1998 e 2002, o pouco cuidado com as palavras também pesou contra o sonho presidencial. Em 2002, amargou sucessivas quedas nas pesquisas eleitorais após chamar ouvinte de “burro” durante programa de rádio. Depois, desentendeu-se com a opinião feminina após polêmica envolvendo a participação da então esposa, Patrícia Pillar, na campanha. “Minha companheira tem um dos papéis mais importantes, que é dormir comigo”.

Colecionadora de desafetos, a estratégia de ataque também foi útil na busca por aliados. Durante o estopim do escândalo do mensalão, em 2005, foram muitas as ocasiões em que o então ministro da Integração Nacional Ciro Gomes entrou em ação para livrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do olho do furacão da crise.

Assim, os mesmos ataques que fragilizaram a gestão petista de Luizianne Lins no ano passado serviram para levantar o partido em seu momento mais crítico, no âmbito federal. Hoje, em meio ao impasse da candidatura de Eduardo Campos (PSB) à sucessão de Dilma em 2014, o “estilo Ciro” também entrou em ação para reforçar apoio à petista.

Polemicas-de-ciro

(O POVO/Reportagem Carlos Mazza)

Lúcio Alcântara e um recado para Eunício Oliveira

lucioalcantara

O presidente regional do PR, ex-governador Lúcio Alcântara, participou ontem, no Recife, de mesa da SBPC. O foco foi o projeto Base Zero, de reposição ambiental de baixo custo, ainda dos tempos em que ele era senador.

Lúcio, em matéria de assuntos políticos, aproveitou para confirmar: disputará vaga de deputado federal em 2014. Sobre sucessão estadual 2014, aproveitava para dar um recado ao senador e presidente regional do PMDB, Eunício Oliveira:

“O Eunício, que quer disputar o Governo, que se cuide pra não ser enganado pelos Ferreira Gomes como eles enganaram a mim e ao Tasso.”

Lúcio foi derrotado por Cid quando postulou reeleição e Tasso, tentando ser reeleito senador, acabou vendo Cid, a quem apoiou para governador, dar apoio aos candidatos respaldados por Lula para o Senado, no caso Eunício e José Pimentel (PT).

DETALHE – O comentário de Lúcio ocorreu bem antes da divulgação da pesquisa do Ibope que colocou Tasso ganhando em todos os cenários no Ceará para o Governo e Senado.

José Genoíno faz cirurgia de urgência em São Paulo

175 1

O deputado federal José Genoíno (PT/SP)fez, nesta madrugada de quinta-feira, uma cirurgia de urgência no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Boletim médico do nosocômio informou que foi diagnosticada “dissecção de aorta, o que obrigou a equipe médica a realizar a cirurgia de urgência para correção do problema.

O mensaleiro petista foi atendido pelas equipes dos médicos Roberto Kalil Filho e Fábio Jatene.

(Blog Thomáz Magalhães)

Projeto de iniciativa popular Saúde+10 será levado para o Congresso no dia 5 de agosto

arrudabastos

 

O Ceará participa com cerca de 100 mil assinaturas, num total de 1,6 milhão que entidades médicas e órgãos públicos de todo o País conseguiram colher, com apoio da CNBB e da OAB, para projeto de iniciativa popular que quer garantir mais recursos para a saúde.

A informação é do secretário estadual da Saúde, Arruda Bastos, acrescentando que a matéria propõe a aplicação da União em 10%, no mínimo, da receita corrente bruta na área. Isso representará cerca de R$ 45 bilhões a mais no orçamento do Ministério da Saúde.

Já está definido que, no próximo dia 5, em Brasília, esse projeto será entregue aos presidentes da Câmara e do Senado, ocasião que reunirá os dirigentes da CNBB, da OAB, de entidades médicas e todos os secretários municipais e estaduais de saúde do País.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Papa Francisco abençoará bandeiras olímpicas

“Personalidades do esporte brasileiro vão se reunir hoje (25), às 9 horas, com o papa Francisco. O encontro será no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio, em Botafogo, zona sul da capital fluminense. O papa abençoa as bandeiras olímpicas e paralímpicas. Ele será recebido pelo prefeito Eduardo Paes, que estará acompanhado da mulher e dos dois filhos. O santo padre receberá do prefeito as chaves da cidade.

Participam do encontro, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, o coordenador técnico da seleção brasileira de futebol, Carlos Alberto Parreira e o ex-jogador de basquete Oscar – único que vai com a família. O atleta trata um câncer e deve receber a bênção do papa. A líbero da seleção brasileira de vôlei Fabi, os ex-jogadores de futebol Zico e Pelé e a corredora Bárbara Leôncio também estarão presentes.

Os atletas devem chegar às 7h30. Entre os convidados estarão no local, servidores, crianças ligadas a projetos esportivos da prefeitura e secretários do governo municipal. Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, devem ser levados para o local. É possível que eles acompanhem a tocha olímpica no passeio a diversos lugares até o início das Olimpíadas do Rio, em 2016.”

(Agência Brasil)

Mais Médicos conta com 115 municípios do Ceará inscritos

O Programa Mais Médicos registrou 115 municípios do Ceará inscritos até esta quarta-feira (24), o equivalente a 62,5% das cidades do Estado. Desse total, 88 estão nas regiões cearenses de maior vulnerabilidade social e consideradas prioritárias. As inscrições seguem abertas até as 23h50min e podem ser feitas pelo site www.saude.gov.br.

No Brasil, 2.552 municípios aderiram ao programa, o equivalente a 45,8% das cidades brasileiras. Do total, 887 (34%) estão em regiões de maior vulnerabilidade social. A região Nordeste registrou o maior número de inscrições, com 867 (34%) municípios participantes. O Sudeste contou com 652 municípios participantes e o Sul, 620. Norte e Centro-Oeste registraram 207 e 206, respectivamente.

“Com este programa estamos enfrentando um dos grandes desafios da saúde pública brasileira, que é levar mais médicos para perto da população, especialmente para as regiões onde faltam profissionais. Sabemos que um médico junto da população faz diferença. Além disso, estamos fortalecendo a atenção básica, que é capaz de resolver 80% dos problemas de saúde sem a necessidade de recorrer a um hospital”, esclarece o ministro, Alexandre Padilha.

Somente no Ceará, já foram investidos R$ 140 milhões para obras em 966 unidades de saúde e R$ 12,5 milhões para compra de equipamentos para 244 unidades. Também foram aplicados R$ 56 milhões para construção de 35 UPAs e R$ 29 milhões para reforma/construção de 46 hospitais.

(Agência Saúde)

IBGE – Indústria perde 120 mil postos de trabalho em junho

“O total de pessoas ocupadas na indústria caiu 3,3% de maio para junho deste ano. Segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram perdidos 120 mil postos de trabalho, dos quais mais da metade (63 mil) foram em São Paulo. “É um resultado que preocupa no sentido que neste momento agora a expectativa era que a indústria tivesse um avanço, como mostra a série histórica”, disse o coordenador da PME, Cimar Azeredo.

Junho é um mês em que a indústria começa a se preparar para as demandas dos consumidores no final de ano. Segundo Azeredo, como a indústria paulista é grande consumidora de serviços e produtos, a queda de emprego em São Paulo pode gerar impacto em outras atividades e regiões. A taxa de desemprego de junho de 2013 foi 6%, superior ao 5,9% de junho do ano passado. É a primeira vez, desde agosto de 2009, que o índice subiu na comparação com o mesmo período do ano anterior. Essa é a maior taxa desde abril de 2012, quando o índice também ficou em 6%.

A taxa vem subindo desde dezembro de 2012, quando registrou o menor patamar da série histórica (iniciada em 2002): 4,6%. A exceção dessa trajetória de alta foram os meses de abril e maio deste ano, que registraram taxa de 5,8%.”

(Agência Brasil)

Dominguinhos é velado em São Paulo

“O corpo do sanfoneiro, compositor e cantor Dominguinhos está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na região do Ibirapuera, na zona sul da capital, desde as 6h. Ele morreu ontem (23), aos 72 anos, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. O cantor estava internado no Hospital Sírio-Libanês, desde o dia 13 de janeiro, quando foi transferido do Hospital Santa Joana, no Recife.

O corpo de Dominguinhos será velado em São Paulo até as 16h, e em seguida levado para o Recife de avião. Na capital pernambucana, o corpo do músico será velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco. De acordo com a viúva, Guadalupe Mendonça, o enterro não deve ocorrer antes de sexta-feira (26). “O povo não vai deixar sepultar antes, porque o povo é louco por ele, há uma admiração e um amor muito grande do povo de lá por ele”. O voo que levará o corpo de Dominguinhos para o Recife parte às 23h10 do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

Guadalupe lembrou a dedicação do cantor à música.“Me aborreci certo momento na vida com ele por ser um marido ausente, mas quando eu descobri que ele nunca ia ser de ninguém e que era do povo, fomos mais felizes”.”

(Agência Brasil)

Pesquisa Ibope – Tasso lidera todos os cenários para Governo e Senado

220 22

tassojereissati

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) lidera todos os cenários para governador e senador, conforme pesquisa divulgada pelo IBOPE. Entre os dias 13 e 16 de julho, o Instituto ouviu 812 eleitores do Ceará a fim de saber a intenção de voto da população para os cargos de governador e senador nas eleições de 2014.  Em um primeiro cenário, que contempla o nome de cinco pré-candidatos, Tasso Jereissati tem 45% das intenções de voto, ante 20% de Eunício Oliveira, 6% de Mauro Filho, 4% de Leônidas Cristino e 4% de Domingos Filho. Votos brancos e nulos somam 14% e os indecisos 7%.

No segundo cenário, com apenas três candidatos, os resultados são: Tasso Jereissati 49%, Eunício Oliveira 26% e Leônidas Cristino 4%. Votos brancos e nulos totalizam 14% e os que não sabem em quem votar ou não responderam, 7%. Já na disputa entre Tasso Jereissati, Eunício Oliveira e Mauro Filho, os percentuais de menções de voto são 50%, 25% e 6%, respectivamente. Nesse contexto, votos brancos e nulos chegam a 13% e indecisos somam 7%.

Em um quarto cenário, Tasso Jereissati atinge 51% das menções, enquanto  26% citam Eunício Oliveira e 4% Domingos Filho. Declaram intenção de votar em branco ou anular o voto, 13% dos cearenses e 6% não sabem em quem votar. O IBOPE também testou alguns cenários de embate direto entre alguns candidatos. Na primeira simulação, o Senador Eunício Oliveira aparece com 50% das menções e Leônidas Cristino com 10% das intenções de voto. Os que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 26% e os indecisos, 15%.

No cenário com Eunício Oliveira e Mauro Filho, o senador tem 47% das intenções de voto, enquanto o deputado aparece com 16% das menções. Aqueles que afirmam votar em branco ou anular o voto somam 23% e 13% não sabem ou preferem não responder a pergunta. No último cenário de embate direto, Eunício Oliveira obtém 50% das intenções de voto, contra 11% do vice-governador Domingos Filho. Os que não sabem ou preferem não responder são 26% e os declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto totalizam 14%.

Na pesquisa estimulada para senador, o IBOPE testou dois cenários. No primeiro, Tasso Jereissati recebe 43% das intenções de voto, ante Inácio Arruda (19%), Heitor Ferrer (18%) e José Guimarães (5%). Votos brancos e nulos somam 10% e indecisos, 6%. No segundo cenário, Tasso Jereissati aparece com 44% menções, Inácio Arruda com 19%, Heitor Ferrer com 18% e Luizianne Lins com 4%. Aqueles que pretendem votar em branco ou anular o voto somam 10%, enquanto 6% não sabem ou preferem não responder a pergunta.

(Fonte: Site do IBOPE)