Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Sai resultado do ProUni 2018

A lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni) do segundo semestre de 2018 foi divulgada hoje (2) pelo Ministério da Educação e já está disponível na página do programa. O prazo para os estudantes comparecerem às instituições de ensino e comprovarem as informações prestadas no momento da inscrição começa hoje e vai até o dia 10 de julho.

A pré-seleção assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Aquele que estiver na lista deverá comparecer à instituição de ensino para a qual foi selecionado e apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. A lista com a documentação necessária pode ser consultada na página do ProUni.

O candidato deve verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 16 de julho.

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições.

(Agência Brasil)

PSL do Ceará inicia ação para interiorizar campanha pró-Bolsonaro

814 5

O Partido Social Liberal (PSL) realizou, no fim de semana, ação com o objetivo de “fortalecer a direita no interior do estado”, segundo informa o seu presidente estadual, Heitor Freire.

No sábado (30), o pré-candidato ao Governo, Hélio Gois e o pré-candidato a deputado federal Heitor Freire estiveram em Pacatuba (RMF), onde o movimento de direita inaugurou um outdoor em homenagem ao presidenciável.

Já no domingo, a visita ocorreu em Iracema |(Vale do Jaguaribe). O PSL deve divulgar, nos próximos dias, seu nome para o Senado.

(Foto – PSL)

STF vai julgar ação sobre vaquejada

A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4983, que julga a prática da vaquejada, será discutida novamente no Supremo Tribunal Federal (STF) no próximo dia 9/8. A pauta tem sido alvo de polêmica após decisões contrastantes entre executivo e judiciário. Atualmente, a atividade é legalizada após a Emenda Constitucional 96 ser promulgada pelo Congresso Nacional, no ano passado.

Em outubro de 2016, o STF julgou como inconstitucional uma lei do estado do Ceará que reconhecia a vaquejada como esporte e patrimônio cultural. A ação de inconstitucionalidade foi movida pela Procuradoria Geral da República (PGR), que considerou a prática ilegal por submeter os animais a crueldade. Pouco depois disso, o andamento da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) foi agilizado no Congresso, por pressão de vaqueiros.

Em novembro do mesmo ano, foi sancionada sem vetos pela Presidência da República a Lei 13.364/2016, que elevou a vaquejada, o rodeio e expressões artístico-culturais similares à condição de patrimônio cultural imaterial do Brasil. Ficaram em trâmite no Senado ainda outros dois projetos (PLS 377/2016 e PLS 378/2016) que classificam a atividade como patrimônio cultural brasileiro, e uma proposta de emenda à Constituição (PEC 50/2016).

A PEC foi transformada na Emenda Constitucional 96/2017, promulgada em junho do ano passado pelo Congresso Nacional. A emenda acrescentou um parágrafo ao artigo 225 da Constituição Federal, determinando que as práticas desportivas e manifestações culturais com animais não são consideradas cruéis. Determinou, ainda, que a vaquejada seja registrada como “bem de natureza imaterial” e seja regulamentada por lei que garanta o bem-estar dos animais.

Em setembro do ano passado, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu que o STF concedesse uma medida cautelar para suspender a lei, por considerar que ela constradiz a decisão anterior do próprio órgão. Pediu, ainda, que a invalidade da legislação vigente fosse levada ao plenário para julgamento. A pauta foi marcada para discussão apenas agora.

Será julgada a matéria de inconstitucionalidade material da lei da vaquejada. O relator será o ministro Marcos Aurélio.

(Agência Brasil)

Procurador-geral do Ceará é o novo presidente do Fórum de Procuradores-Gerais do Nordeste

Juvêncio Viana, procurador-geral do Ceará, é o novo presidente do Fórum de Procuradores-Gerais dos Estados do Nordeste. Ele foi eleito durante reunião realizada em Fortaleza, no fim de semana. “É com muita honra que recebo mais esse desafio. Acredito que possamos buscar soluções para os problemas específicos da nossa região”, disse Juvêncio.

O Fórum dos Procuradores-Gerais do Nordeste é um espaço permanente criado no ano de 2015 pelos procuradores-gerais da região, que serve para debater temas específicos de interesses regionais e a defesa em juízo perante causas que envolvem, sobretudo, os estados nordestinos, como repasses na educação e na saúde, que são inferiores em relação a estados de outras regiões, entre outros problemas comuns aos Estados, intercâmbios e trocas de experiências.

(Foto – Divulgação)

Cabo Sabino e Capitão Wagner, ex-aliados, disputam palanque de Jair Bolsonaro no Ceará

Capitão Wagner e Cabo Sabino – Separados politicamente, mas unidos por Bolsonaro.

A passagem do pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) por Fortaleza não produziu apenas trocas de farpas com os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT) e Guilherme Boulos (Psol), que também visitava a capital cearense. Na cidade, dois ex-aliados, Capitão Wagner, hoje dirigente do Pros, e Cabo Sabino, presidente do Avante, entraram em rota de colisão na tentativa de tirar uma casquinha do militar.

E, nessa corrida, Wagner parece ter levado a melhor. Logo na recepção a Bolsonaro, na última quinta-feira, 28, o deputado estadual marcou presença no trio elétrico de onde Bolsonaro falou a centenas de apoiadores que foram até o saguão do Aeroporto Internacional Pinto Martins para recebê-lo.

Lá, fotografou-se ao lado do líder das pesquisas de intenção de voto na pré-campanha ao Palácio do Planalto – nos cenários em que o nome de Lula não é testado, o presidenciável aparece numericamente à frente de Marina (Rede), Ciro e Geraldo Alckmin (PSDB) nas sondagens feitas até aqui.

Na tarde do dia seguinte, o candidato a uma vaga na Câmara dos Deputados foi ao hotel onde Bolsonaro daria entrevista coletiva, mas não ficou até o final – o evento atrasou cerca de uma hora. “O voto do Bolsonaro é consolidado, são pessoas que dificilmente vão mudar de posição até o segundo turno. O objetivo dele é chegar ao segundo turno, sim”, disse Wagner.

Questionado se procurava associar-se à imagem do militar carioca, o cearense respondeu que “tudo que pudermos fazer para impulsionar a campanha do Bolsonaro, nós faremos” e que seu compromisso com o PSDB se limitava à candidatura de General Theophilo.

O deputado apoia o tucano ao Governo do Estado contra a reeleição de Camilo Santana (PT).

Cabo Sabino não teve a mesma sorte. Na recepção a Bolsonaro, por exemplo, tentou subir no trio, mas foi barrado pela segurança. Seguiu a pé com aliados e outros apoiadores do presidenciável. Também evitou aparecer ao lado de Bolsonaro no restante da agenda do candidato em Fortaleza.

No sábado, durante evento que marcou sua posse como presidente estadual do Avante, militantes do partido vestiam camisas com os nomes “Mito” e “Cabo” juntos, numa referência ao pré-candidato.

O parlamentar minimiza a saia-justa: “Fui o primeiro cearense a trazer Bolsonaro ao Estado em 2015 quando ninguém queria estar perto dele. Nenhum político queria se aproximar do Bolsonaro”, afirma. “Fico feliz que outros políticos estejam sinalizando às bandeiras do Bolsonaro no Ceará. Acredito que ele seja o melhor pré-candidato e será o próximo presidente”.

Deputado federal, Sabino vai disputar novo mandato na Câmara. Eleito na chapa de Wagner em 2014, afastou-se do deputado no fim do ano passado, quando passou a fazer elogios públicos a Camilo. A exemplo do ex-colega de oposição, a base do eleitorado de Sabino situa-se no segmento militar.

Perguntado se aderiu à base do governador, o presidente do Avante se declarou “independente” e disse que “é da base do povo”.

(O POVO – Repórter Henrique Araújo)

Cláudio Ferreira Lima – A saudade do planejador de sonhos

Com o título “O planejador que sonhava”, eis Editorial do O POVO desta segunda-feira. Destaca a figura do economista Cláudio Ferreira Lima, que nos deixou no fim de semana. Confira:

A perda é irreparável. Cláudio Ferreira Lima, que acaba de nos deixar, abre com sua ausência um vácuo expressivo no ambiente das discussões sobre o Ceará, especialmente na perspectiva em que se busca um olhar de futuro. Uma lacuna que pede tempo e paciência para ser reposta na sua dimensão plena.

Para os que desfrutavam de sua convivência mais de perto, parentes e amigos, a saudade será mais intensa pela falta de uma das mais agradáveis companhias que alguém pode desejar para dividir um ambiente cotidiano, familiar, de trabalho ou de convivência social ampla. Para nós, do Grupo de Comunicação O POVO, que o tínhamos como um parceiro permanente no entusiasmo com as coisas do Ceará, um vazio imenso se vê estabelecido e, temos crença, há de ser preenchido naturalmente com o tempo porque o exemplo que ele deixa estabelece um legado que garante a permanência do espírito agregador que deixou firmado.

Os vários relatos de parentes, amigos, autoridades e admiradores, publicados ontem no O POVO, apresentavam na sua essência mais clara o homem de exemplos que nos deixa aos 71 anos. Um planejador por excelência, um sonhador por paixão e um cearense por convicção, mais do que por naturalidade, cuja passagem por este plano de existência foi de tal forma intensa que demandará ainda um tempo para que seus pensamentos e impressões percam a força da presença.

Poucos pensaram o Ceará ao longo de uma vida com a mesma competência, força e entusiasmo. Haverá sua marca gravada nas prioridades e nos passos que demos ao longo das décadas recentes até chegarmos à realidade de hoje, ainda distante do que todos imaginamos ideal, mas que apresenta resultados animadores, claros e concretos, devido à persistência de um grupo de pessoas que o tempo todo manteve o foco nas dificuldades e nas potencialidades de um Estado marcado mesmo pelos desafios.

Cláudio Ferreira Lima esteve sempre ali, na crítica, no elogio, na orientação, compatibilizando o olho do economista, que por isso sabia enxergar os números, com a visão de um cidadão que entendia a importância de as melhorias chegarem de verdade à vida da população, especialmente no seu segmento mais humilde e necessitado. Sem Cláudio Ferreira Lima, agora, nos resta assumir a dura responsabilidade de manter vivos os seus sonhos. De onde está, certamente, disporemos de seu apoio para dar continuação à luta que travou toda a vida pela construção de um Ceará melhor, mais justo, mais humano, mais feliz.

MEC divulga nesta segunda-feira o resultado do ProUni

O Ministério da Educação (MEC) divulga hoje (2) o resultado do Programa Universidade para Todos (ProUni). A lista dos candidatos pré-selecionados na primeira chamada estará disponível na página do programa. De acordo com o MEC, a pré-seleção assegura ao candidato apenas a expectativa de direito à bolsa. Aquele que estiver na lista deverá comparecer à instituição de ensino para a qual foi selecionado e apresentar os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição.

O candidato deve verificar, na instituição, os horários e o local de comparecimento para a aferição das informações. A perda do prazo ou a não comprovação das informações implicará, automaticamente, a reprovação do candidato. O prazo para que isso seja feito começa hoje e vai até o dia 10 de julho. A lista com a documentação necessária pode ser consultada na página do ProUni.

O resultado da segunda chamada será divulgado no dia 16 de julho. Nos dias 30 e 31, aqueles que não foram selecionados poderão ainda participar da lista de espera, cujo resultado será divulgado no dia 2 de agosto.

ProUni

O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior. Ao todo, neste processo seletivo, serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 bolsas integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições. As bolsas são para o segundo semestre.

O programa deste semestre é voltado àqueles que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, alcançaram no mínimo 450 pontos e tiraram nota superior a zero na redação.

Além disso, só podem participar alunos brasileiros sem curso superior e que tenham feito o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada, na condição de bolsista, ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública também podem solicitar uma bolsa.

As bolsas integrais são voltadas àqueles com renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Aplicativo

Os candidatos podem baixar o aplicativo do ProUni, disponível na Google Play e App Store, para acompanhar o calendário do processo seletivo.

(Agência Brasil)

Padre Reginaldo Manzotti manda mensagem para o Blog divulgando o Evangelizar 2018

O Padre Reginaldo Manzotti lotou, nesse domingo, no Ginásio Paulo Sarasate, quando lançou ali, com show, o seu mais recente livro – Combate Espiritual. No Ato, ele aproveitou para divulgar o Evangelizar 2018 e mandou uma mensagem especial para este Blog.

Manzotti deverá, na tarde desta segunda-feira, estar em São Gonçalo do Amarante, (Região Metropolitana de Fortaleza). Ali, também lançará seu livro Combate Espiritual em clima festivo e de louvores.

Gilmar manda arquivar inquérito que apurava suposto envolvimento de Aécio no caso Furnas

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou arquivar o inquérito aberto para investigar o envolvimento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em supostas irregularidades cometidas em Furnas, subsidiária da Eletrobras em Minas Gerais que gera energia elétrica. A informação é do Portal G1.

A Procuradoria Geral da República havia pedido o envio do caso para a primeira instância, mas o ministro Gilmar Mendes decidiu pelo arquivamento do caso.

Após a decisão de Gilmar, o advogado de Aécio, Alberto Zacharias Toron, divulgou a seguinte nota: “A decisão do STF confirmou a conclusão que já havia sido alcançada pela Polícia Federal há mais de 10 meses, no sentido de que, passados mais de 2 anos de investigação e realização de inúmeras diligências, nenhuma ilegalidade envolvendo o senador Aécio Neves foi encontrada.”

A investigação sobre o parlamentar tucano era um desdobramento da Operação Lava Jato. Aécio foi considerado suspeito de ter recebido propinas, por intermédio do ex-diretor de Furnas Dimas Toledo a partir de dinheiro desviado em contratos com empresas terceirizadas.

Em sua delação premiada, o senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS) contou ao Ministério Público que Aécio foi beneficiário de um “grande esquema de corrupção” na estatal Furnas.

Esse esquema, segundo Delcício, era operacionalizado por Dimas Toledo, ex-diretor de Engenharia da empresa que teria “vínculo muito forte” com Aécio.

Na decisão, o ministro Gilmar Mendes informou que a Polícia Federal pediu arquivamento do caso “em vista da falta de prova da existência dos delitos”. Segundo ele, a Procuradoria ficou por dois meses com o caso para análise, e devolveu “sem manifestação conclusiva”. Provocada a dizer o que deveria ser feito com o inquérito, diz o ministro, a PGR pediu prorrogação do inquérito.

(Foto – Reprodução do Senado)

Balança comercial de serviços fechou 2017 com déficit de R$ 50, 5 bilhões

A balança comercial do setor de serviços fechou o ano de 2017 com um saldo negativo de R$ 50,5 bilhões (US$ 13,1 bilhões). Enquanto as exportações somaram R$ 114,88 bilhões (US$ 29,8 bilhões), as importações foram maiores e chegaram a R$ 165,39 bilhões (US$ 42,9 bilhões). As informações foram divulgadas hoje (29) pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

O deficit na balança comercial de serviços foi 47,6% menor do que o registrado em 2016, quando as importações superaram as exportações em R$ 96,38 bilhões (US$ 25 bilhões). Em 2015, essa diferença foi de R$ 102,93 bilhões (US$ 26,7 bilhões) e em 2014, de R$ 106,79 bilhões (US$ 27,7 bilhões).

Entre 2014 e 2017, as importações caíram de R$ 187 bilhões (US$ 48,5 bilhões) para R$ 165,39 bilhões (US$ 42,9 bilhões). No mesmo período, as exportações foram de R$ 80,27 bilhões (US$ 20,82 bilhões) para R$ 114,88 bilhões (US$ 29,8 bilhões).

O setor de serviços tem participação importante na economia. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), este segmento foi responsável por 70% do valor adicionado ao Produto Interno Bruto (PIB) em 2017. Ainda de acordo com o órgão, ele emprega 21 milhões de pessoas.

Áreas

No recorte por área, os serviços auxiliares ao setor financeiro tiveram maior participação nas exportações, com 32,5% das vendas para fora. Em seguida vêm os serviços profissionais (19,8%) e os de Tecnologia da Informação (7%).

Mercados

O principal mercado das exportações brasileiras em 2017 foi os Estados Unidos. As vendas ao país somaram R$ 61,3 bilhões (US$ 15,9 bilhões), o que corresponde a mais da metade (53,3%) do total exportado. No ranking dos principais consumidores de serviços brasileiros estão Holanda, com R$ 5,78 bilhões (US$ 1,5 bilhão), Alemanha, com R$ 4,51 bilhões (US$ 1,17 bilhão), Suíça, com R$ 4,43 bilhões (US$ 1,15 bilhão) e Reino Unido, com R$ 3,86 bilhões (US$ 1 bilhão).

Arrendamento

Segundo do secretário de comércio e serviços do MDIC, Douglas Finardi, na pauta de importações o peso principal é dos serviços de arrendamento mercantil, como aluguel de plataformas por empresas do setor de petróleo e gás. De acordo com Finardi, sem esses custos o saldo seria superavitário. Outros itens importantes no rol de importações são os serviços de transporte e armazenamento de mercadorias.

Na avaliação do secretário, um desafio para aumentar a exportação de serviços é fortalecer as atividades intensivas em conhecimento. “Esses serviços são maiores geradores de emprego de alto valor e que vão fazer diferença na arena global para que países possam ou não ter melhor inserção”, argumenta.

(Agência Brasil)

Prova do concurso para juiz do TJ do Ceará acontece neste domingo

Neste domingo (1º/07), será aplicada a primeira prova do concurso para juiz substituto do Tribunal de Justiça do Ceará. O certame, segundo a assessoria de imprensa do TJCE, oferece 50 vagas. Ao todo, 7.036 candidatos podem fazer o exame (questões objetivas), que ocorrerá em 178 salas de nove locais em Fortaleza, a partir das 8 horas (horário local), com cinco horas de duração.

O participante deverá comparecer ao local com antecedência mínima de uma hora do início do teste, levando caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, comprovante de inscrição e documento de identidade original.

É proibido utilizar, durante o teste, aparelhos eletrônicos, como calculadoras, agendas, celulares, smartphones, tablets, gravadores, pendrive, mp3 player ou similar, qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens, bipe, notebook, palmtop, walkman, máquina fotográfica e controle de alarme de carro. Também não serão permitidos relógios, óculos escuros, protetor auricular, lápis, lapiseira/grafite, marca-texto e/ou borracha, além de chapéu, boné, gorro e similares.

DETALHE – A seleção é executada pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O presidente da Comissão Examinadora é o desembargador Washington Araújo, vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado.

SERVIÇO

*Os endereços dos locais das provas aqui.

*O candidato precisa ler as instruções do Edital nº 1, de 16 de fevereiro de 2018, especialmente os itens 8 e 19. Das vagas, três são reservadas a pessoas com deficiência e dez a candidatos negros. Confira aqui.

Moro determina que José Dirceu use tornozeleira eletrônica

O juiz Sérgio Moro determinou, nesta sexta-feira (29), que o ex-ministro José Dirceu vá a Curitiba (PR) até 3 de julho para colocar tornozeleira eletrônica. A informação é do Portal G1.

Moro afirmou em despacho que, como a execução provisória foi suspensa, em razão de uma decisão liminar concedida pelo STF na terça-feira (26), retomam-se as medidas cautelares ao ex-ministro. Ele já está em casa, em Brasília.

Além da tornozeleira, Dirceu está proibido, por exemplo, de deixar o país e de se comunicar com outros acusados ou testemunhas.

Habeas corpus

Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu soltar o ex-ministro José Dirceu na terça-feira (26). Condenado a 30 anos e 9 meses de prisão por corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa na Operação Lava Jato, ele já havia começado a cumprir a pena neste ano.

A proposta de libertar José Dirceu partiu do ministro Dias Toffoli e foi seguida pelos ministros Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. O único a votar contra foi Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF. Celso de Mello estava ausente na sessão e não participou do julgamento.

 

Morre o massagista Manoelzinho, do Fortaleza

O massagista do Fortaleza, Manoel Almeida (67), o conhecido  Manoelzinho, morreu na manhã desta sexta-feira, 29, vítima de câncer de estômago. O velório acontece na sede do clube.

Personagem histórico do time do Pici durante os 42 anos em que defendeu as cores do Tricolor, ele esteve internado recentemente no Hospital Geral de Fortaleza (HGF) para tratar a doença e retornou para sua residência. Desde então, Manoelzinho travava luta contra o câncer e faleceu nesta sexta. O Leão decretou luto oficial de três dias e dará mais detalhes sobre homenagens e sepultamento no decorrer do dia.

Por meio das redes sociais, torcedores e dirigentes do Fortaleza lamentaram a perda do personagem icônico do Tricolor. Profissionais da imprensa esportiva também prestaram condolências ao massagista.

Homenagens

A Federação Cearense de Futebol (FCF) também emitiu Nota de Pesar em seu site e anunciou que Manuelzinho será o homenageado do troféu do Campeonato Cearense Sub-13, que levará o seu nome.

O presidente da FCF, Mauro Carmélio, solicitou ainda, junto a CBF, um minuto de silêncio na partida Paysandu x Fortaleza, neste sábado (30), em Belém, e também decretou a homenagem a Manuel Almeida nos jogos das categorias de base do Campeonato Cearense que serão realizados neste final de semana.

Confira a nota oficial emitida pelo Fortaleza

O Fortaleza Esporte Clube comunica o falecimento de Manuel Rodrigues Almeida, o Manoelzinho, de 67 anos, massagista do Tricolor de Aço há 42 anos. Decretado três dias de luto oficial.

O Fortaleza através de sua Diretoria, Conselho Deliberativo, Comissão Técnica, Atletas e Funcionários se solidariza e presta as condolências à família e amigos do Manoelzinho.

(O POVO Online -Repórter Neto Ribeiro)

Dívida Pública Federal ultrapassa R$ 3,7 trilhões

A elevada emissão de títulos prefixados e atrelados à Selic – juros básicos da economia – fez a Dívida Pública Federal (DPF) subir 1,59% em maio e ultrapassar a barreira de R$ 3,7 trilhões. Segundo o Tesouro Nacional, a DPF encerrou o mês passado em R$ 3,717 trilhões.

A Dívida Pública Mobiliária (em títulos) Interna (DPMFi), em circulação no mercado nacional, subiu 1,40%, passando de R$ 3,524 trilhões para R$ 3,574 trilhões. No mês passado, o Tesouro emitiu R$ 20,1 bilhões a mais do que resgatou. Além disso, o estoque subiu por causa da apropriação de juros, que somou R$ 29,48 bilhões.

A apropriação de juros representa o reconhecimento gradual das taxas que corrigem os juros da dívida pública. As taxas são incorporadas mês a mês ao estoque da dívida, conforme o indexador de cada papel.

A forte alta do dólar fez a Dívida Pública Externa subir 6,62% em maio. O estoque passou de R$ 134,09 bilhões para R$ 142,97 bilhões, motivado principalmente pela alta de 7,35% na moeda norte-americana ocorrida no mês passado.

Apesar da alta em maio, a DPF continua abaixo das previsões do Tesouro. De acordo com o Plano Anual de Financiamento, divulgado no fim de janeiro, a tendência é que o estoque da DPF encerre o ano entre R$ 3,78 trilhões e R$ 3,98 trilhões.

Por meio da dívida pública, o governo pega emprestado dos investidores recursos para honrar compromissos. Em troca, compromete-se a devolver o dinheiro com alguma correção, que pode ser definida com antecedência, no caso dos títulos prefixados, ou seguir a variação da taxa Selic, da inflação ou do câmbio.

(Agência Brasil)

Parque Adahil Barreto será entregue à população na próxima semana

A inauguração da requalificação do Parque Adahil Barreto, agora integrada ao Parque Estadual do Cocó, está marcada para as 15 horas da próxima terça-feira. O espaço de 10 hectares recebeu intervenções por meio de um projeto que contemplou a construção de uma via interna, quadras poliesportivas, cisternas, gramado com sistema de irrigação e novos espaços de lazer e diversão.

Segundo o secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, houve revitalização dos parquinhos. O local ganhará ainda uma academia de ginástica, teve aumentada a área para caminhadas e corridas e ainda contará com um campo de futebol, além da recuperação de um olho d’água que permitirá a contemplação de peixes e o plantio de mudas de espécies nativas.

“Este é o primeiro trecho inaugurado, após a regulamentação e criação definitiva do Parque do Cocó pelo governador Camilo Santana, um ano atrás. É uma área emblemática, um marco do histórico de luta pela preservação ambiental na nossa cidade. Foi em 1977, no então Parque Adail Barreto, onde se demarcou uma posição dos ambientalistas do Estado do Ceará pela criação do Parque”, lembra o secretário.

Greve dos caminhoneiros provoca queda de 16,7% no faturamento do setor industrial

O faturamento da indústria caiu 16,7% em maio na comparação com abril, na série livre de influências sazonais. Segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI), foi a maior queda mensal do indicador, e o resultado reverteu os ganhos registrados desde outubro de 2016. A informação é da pesquisa Indicadores Industriais, divulgada hoje (29) pela entidade. De acordo com o levantamento, a forte retração do faturamento foi provocada pela greve dos caminhoneiros nos últimos dias do mês passado.

O desabastecimento causado pela paralisação dos serviços de transporte agravou as dificuldades que a indústria atravessa para se recuperar da crise, como a baixa demanda, a alta ociosidade, dificuldades de financiamento e incertezas econômicas. Com isso, todos os indicadores registraram queda em maio.

A utilização da capacidade instalada caiu para 75,9%, o menor percentual desde 2003, quando começou a série histórica. Isso significa que o setor operou com uma ociosidade de 24,1% em maio. As horas trabalhadas na produção recuaram de 2,4% em maio frente a abril, na série com ajuste sazonal.

De acordo com a CNI, os indicadores de mercado de trabalho também pioraram. O emprego caiu 0,6% em maio na comparação com o mês anterior, na série dessazonalizada. Foi a primeira queda após sete meses de moderado crescimento e reverte toda a expansão registrada em 2018, segundo a entidade. A massa real de salários caiu 1,7% e o rendimento médio real do trabalhador da indústria recuou 1,4% em maio frente a abril, na série com ajuste sazonal.

A pesquisa completa está disponível na página de estatísticas da CNI.

(Agência Brasil/Foto – Fábio Lima)

Aceav divulga nota sobre fake news que trata sobre ovos de plástico

A Associação Cearense de Avicultura (Aceav) está divulgando nota alertando para fake news sobre ovos de plástico. Segundo a entidade, produtores de ovos brasileiros têm sido vítima de vídeos mentirosos mostrando uma fábrica chinesa de ovos de brinquedo feitos com “slime”. Basta procurar no Google o termo “Poached Egg Slime” para ver o que são.

No Brasil, esse vídeo circulou acompanhado de uma mensagem afirmando que era uma fábrica de ovos de plástico vendidos como ovos para consumo. Pegando carona na polêmica, alguns brasileiros postaram vídeos alegando ter comprado ovos feitos de plástico, importados da China.

Confira a nota