Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dilma veta projeto que acabava com multa de 10% do FGTS

dilmarezando

A presidente Dilma Rousseff vetou integralmente projeto aprovado no Congresso que acabava com a multa adicional de 10% do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) paga pelos empregadores em caso de demissão sem justa causa. O veto saiu publicado na edição desta quinta-feira (25) do Diário Oficial da União.

O Congresso havia derrubado a multa extra no início deste mês, atendendo a uma pressão de empresários. A aprovação do projeto impôs uma derrota ao Governo, que não estava disposto a abrir mão da receita de cerca de R$ 3 bilhões anuais geradas pela taxa. Os empregadores já são obrigados a pagar uma multa de 40% sobre o saldo do FGTS aos trabalhadores em caso de demissão sem justa causa.

A taxa adicional de 10% foi criada em 2001 para ajudar a cobrir uma dívida bilionária do FGTS junto a trabalhadores lesados nos planos Verão e Collor 1.

(Com Folha Online)

Ciro e sua coleção de polêmicas

457 1

“Pouca gente se surpreendeu quando, na última terça-feira, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB) veio a público classificar como “maconheiros e burgueses” grupo que protestava contra viadutos próximos ao Parque do Cocó, em Fortaleza. Na última ação da “metralhadora giratória” do irmão do governador Cid Gomes (PSB), sobrou ainda para o Ministério Público Federal e até para o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), acusada de manter aliança “assentada na base da putaria”. O “estilo Ciro” se notabilizou por não poupar palavras ou alvos e já é velho conhecido de quem acompanha a vida política estadual e nacional.

A predileção pelo confronto o acompanha desde os primeiros passos na política. Em 1988, quando disputava a Prefeitura de Fortaleza, acusou de “picareta notório” e “ladrão” o deputado Franzé Moraes (PTB), que o acusava de abuso de poder econômico.

Em 1992, como governador do Ceará, ganhou projeção nacional ao ameaçar demitir professores e médicos em greve, acusar o Judiciário de tratar o dinheiro público como “casa da mãe Joana” e classificar denúncia do procurador da República Oscar Costa Filho contra sua gestão de “exibicionismo doentio”.

Se o estilo peculiar foi fundamental para projetá-lo a candidato à Presidência pelo PPS em 1998 e 2002, o pouco cuidado com as palavras também pesou contra o sonho presidencial. Em 2002, amargou sucessivas quedas nas pesquisas eleitorais após chamar ouvinte de “burro” durante programa de rádio. Depois, desentendeu-se com a opinião feminina após polêmica envolvendo a participação da então esposa, Patrícia Pillar, na campanha. “Minha companheira tem um dos papéis mais importantes, que é dormir comigo”.

Colecionadora de desafetos, a estratégia de ataque também foi útil na busca por aliados. Durante o estopim do escândalo do mensalão, em 2005, foram muitas as ocasiões em que o então ministro da Integração Nacional Ciro Gomes entrou em ação para livrar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) do olho do furacão da crise.

Assim, os mesmos ataques que fragilizaram a gestão petista de Luizianne Lins no ano passado serviram para levantar o partido em seu momento mais crítico, no âmbito federal. Hoje, em meio ao impasse da candidatura de Eduardo Campos (PSB) à sucessão de Dilma em 2014, o “estilo Ciro” também entrou em ação para reforçar apoio à petista.

Polemicas-de-ciro

(O POVO/Reportagem Carlos Mazza)

Lúcio Alcântara e um recado para Eunício Oliveira

lucioalcantara

O presidente regional do PR, ex-governador Lúcio Alcântara, participou ontem, no Recife, de mesa da SBPC. O foco foi o projeto Base Zero, de reposição ambiental de baixo custo, ainda dos tempos em que ele era senador.

Lúcio, em matéria de assuntos políticos, aproveitou para confirmar: disputará vaga de deputado federal em 2014. Sobre sucessão estadual 2014, aproveitava para dar um recado ao senador e presidente regional do PMDB, Eunício Oliveira:

“O Eunício, que quer disputar o Governo, que se cuide pra não ser enganado pelos Ferreira Gomes como eles enganaram a mim e ao Tasso.”

Lúcio foi derrotado por Cid quando postulou reeleição e Tasso, tentando ser reeleito senador, acabou vendo Cid, a quem apoiou para governador, dar apoio aos candidatos respaldados por Lula para o Senado, no caso Eunício e José Pimentel (PT).

DETALHE – O comentário de Lúcio ocorreu bem antes da divulgação da pesquisa do Ibope que colocou Tasso ganhando em todos os cenários no Ceará para o Governo e Senado.

José Genoíno faz cirurgia de urgência em São Paulo

175 1

O deputado federal José Genoíno (PT/SP)fez, nesta madrugada de quinta-feira, uma cirurgia de urgência no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. Boletim médico do nosocômio informou que foi diagnosticada “dissecção de aorta, o que obrigou a equipe médica a realizar a cirurgia de urgência para correção do problema.

O mensaleiro petista foi atendido pelas equipes dos médicos Roberto Kalil Filho e Fábio Jatene.

(Blog Thomáz Magalhães)

Projeto de iniciativa popular Saúde+10 será levado para o Congresso no dia 5 de agosto

arrudabastos

 

O Ceará participa com cerca de 100 mil assinaturas, num total de 1,6 milhão que entidades médicas e órgãos públicos de todo o País conseguiram colher, com apoio da CNBB e da OAB, para projeto de iniciativa popular que quer garantir mais recursos para a saúde.

A informação é do secretário estadual da Saúde, Arruda Bastos, acrescentando que a matéria propõe a aplicação da União em 10%, no mínimo, da receita corrente bruta na área. Isso representará cerca de R$ 45 bilhões a mais no orçamento do Ministério da Saúde.

Já está definido que, no próximo dia 5, em Brasília, esse projeto será entregue aos presidentes da Câmara e do Senado, ocasião que reunirá os dirigentes da CNBB, da OAB, de entidades médicas e todos os secretários municipais e estaduais de saúde do País.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Papa Francisco abençoará bandeiras olímpicas

“Personalidades do esporte brasileiro vão se reunir hoje (25), às 9 horas, com o papa Francisco. O encontro será no Palácio da Cidade, sede da prefeitura do Rio, em Botafogo, zona sul da capital fluminense. O papa abençoa as bandeiras olímpicas e paralímpicas. Ele será recebido pelo prefeito Eduardo Paes, que estará acompanhado da mulher e dos dois filhos. O santo padre receberá do prefeito as chaves da cidade.

Participam do encontro, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, o coordenador técnico da seleção brasileira de futebol, Carlos Alberto Parreira e o ex-jogador de basquete Oscar – único que vai com a família. O atleta trata um câncer e deve receber a bênção do papa. A líbero da seleção brasileira de vôlei Fabi, os ex-jogadores de futebol Zico e Pelé e a corredora Bárbara Leôncio também estarão presentes.

Os atletas devem chegar às 7h30. Entre os convidados estarão no local, servidores, crianças ligadas a projetos esportivos da prefeitura e secretários do governo municipal. Os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, a Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, devem ser levados para o local. É possível que eles acompanhem a tocha olímpica no passeio a diversos lugares até o início das Olimpíadas do Rio, em 2016.”

(Agência Brasil)

Mais Médicos conta com 115 municípios do Ceará inscritos

O Programa Mais Médicos registrou 115 municípios do Ceará inscritos até esta quarta-feira (24), o equivalente a 62,5% das cidades do Estado. Desse total, 88 estão nas regiões cearenses de maior vulnerabilidade social e consideradas prioritárias. As inscrições seguem abertas até as 23h50min e podem ser feitas pelo site www.saude.gov.br.

No Brasil, 2.552 municípios aderiram ao programa, o equivalente a 45,8% das cidades brasileiras. Do total, 887 (34%) estão em regiões de maior vulnerabilidade social. A região Nordeste registrou o maior número de inscrições, com 867 (34%) municípios participantes. O Sudeste contou com 652 municípios participantes e o Sul, 620. Norte e Centro-Oeste registraram 207 e 206, respectivamente.

“Com este programa estamos enfrentando um dos grandes desafios da saúde pública brasileira, que é levar mais médicos para perto da população, especialmente para as regiões onde faltam profissionais. Sabemos que um médico junto da população faz diferença. Além disso, estamos fortalecendo a atenção básica, que é capaz de resolver 80% dos problemas de saúde sem a necessidade de recorrer a um hospital”, esclarece o ministro, Alexandre Padilha.

Somente no Ceará, já foram investidos R$ 140 milhões para obras em 966 unidades de saúde e R$ 12,5 milhões para compra de equipamentos para 244 unidades. Também foram aplicados R$ 56 milhões para construção de 35 UPAs e R$ 29 milhões para reforma/construção de 46 hospitais.

(Agência Saúde)

IBGE – Indústria perde 120 mil postos de trabalho em junho

“O total de pessoas ocupadas na indústria caiu 3,3% de maio para junho deste ano. Segundo a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje (24) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram perdidos 120 mil postos de trabalho, dos quais mais da metade (63 mil) foram em São Paulo. “É um resultado que preocupa no sentido que neste momento agora a expectativa era que a indústria tivesse um avanço, como mostra a série histórica”, disse o coordenador da PME, Cimar Azeredo.

Junho é um mês em que a indústria começa a se preparar para as demandas dos consumidores no final de ano. Segundo Azeredo, como a indústria paulista é grande consumidora de serviços e produtos, a queda de emprego em São Paulo pode gerar impacto em outras atividades e regiões. A taxa de desemprego de junho de 2013 foi 6%, superior ao 5,9% de junho do ano passado. É a primeira vez, desde agosto de 2009, que o índice subiu na comparação com o mesmo período do ano anterior. Essa é a maior taxa desde abril de 2012, quando o índice também ficou em 6%.

A taxa vem subindo desde dezembro de 2012, quando registrou o menor patamar da série histórica (iniciada em 2002): 4,6%. A exceção dessa trajetória de alta foram os meses de abril e maio deste ano, que registraram taxa de 5,8%.”

(Agência Brasil)

Dominguinhos é velado em São Paulo

“O corpo do sanfoneiro, compositor e cantor Dominguinhos está sendo velado na Assembleia Legislativa de São Paulo, na região do Ibirapuera, na zona sul da capital, desde as 6h. Ele morreu ontem (23), aos 72 anos, em decorrência de complicações infecciosas e cardíacas. O cantor estava internado no Hospital Sírio-Libanês, desde o dia 13 de janeiro, quando foi transferido do Hospital Santa Joana, no Recife.

O corpo de Dominguinhos será velado em São Paulo até as 16h, e em seguida levado para o Recife de avião. Na capital pernambucana, o corpo do músico será velado na Assembleia Legislativa de Pernambuco. De acordo com a viúva, Guadalupe Mendonça, o enterro não deve ocorrer antes de sexta-feira (26). “O povo não vai deixar sepultar antes, porque o povo é louco por ele, há uma admiração e um amor muito grande do povo de lá por ele”. O voo que levará o corpo de Dominguinhos para o Recife parte às 23h10 do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos.

Guadalupe lembrou a dedicação do cantor à música.“Me aborreci certo momento na vida com ele por ser um marido ausente, mas quando eu descobri que ele nunca ia ser de ninguém e que era do povo, fomos mais felizes”.”

(Agência Brasil)

Pesquisa Ibope – Tasso lidera todos os cenários para Governo e Senado

222 22

tassojereissati

O ex-senador Tasso Jereissati (PSDB) lidera todos os cenários para governador e senador, conforme pesquisa divulgada pelo IBOPE. Entre os dias 13 e 16 de julho, o Instituto ouviu 812 eleitores do Ceará a fim de saber a intenção de voto da população para os cargos de governador e senador nas eleições de 2014.  Em um primeiro cenário, que contempla o nome de cinco pré-candidatos, Tasso Jereissati tem 45% das intenções de voto, ante 20% de Eunício Oliveira, 6% de Mauro Filho, 4% de Leônidas Cristino e 4% de Domingos Filho. Votos brancos e nulos somam 14% e os indecisos 7%.

No segundo cenário, com apenas três candidatos, os resultados são: Tasso Jereissati 49%, Eunício Oliveira 26% e Leônidas Cristino 4%. Votos brancos e nulos totalizam 14% e os que não sabem em quem votar ou não responderam, 7%. Já na disputa entre Tasso Jereissati, Eunício Oliveira e Mauro Filho, os percentuais de menções de voto são 50%, 25% e 6%, respectivamente. Nesse contexto, votos brancos e nulos chegam a 13% e indecisos somam 7%.

Em um quarto cenário, Tasso Jereissati atinge 51% das menções, enquanto  26% citam Eunício Oliveira e 4% Domingos Filho. Declaram intenção de votar em branco ou anular o voto, 13% dos cearenses e 6% não sabem em quem votar. O IBOPE também testou alguns cenários de embate direto entre alguns candidatos. Na primeira simulação, o Senador Eunício Oliveira aparece com 50% das menções e Leônidas Cristino com 10% das intenções de voto. Os que declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto somam 26% e os indecisos, 15%.

No cenário com Eunício Oliveira e Mauro Filho, o senador tem 47% das intenções de voto, enquanto o deputado aparece com 16% das menções. Aqueles que afirmam votar em branco ou anular o voto somam 23% e 13% não sabem ou preferem não responder a pergunta. No último cenário de embate direto, Eunício Oliveira obtém 50% das intenções de voto, contra 11% do vice-governador Domingos Filho. Os que não sabem ou preferem não responder são 26% e os declaram a intenção de votar em branco ou anular o voto totalizam 14%.

Na pesquisa estimulada para senador, o IBOPE testou dois cenários. No primeiro, Tasso Jereissati recebe 43% das intenções de voto, ante Inácio Arruda (19%), Heitor Ferrer (18%) e José Guimarães (5%). Votos brancos e nulos somam 10% e indecisos, 6%. No segundo cenário, Tasso Jereissati aparece com 44% menções, Inácio Arruda com 19%, Heitor Ferrer com 18% e Luizianne Lins com 4%. Aqueles que pretendem votar em branco ou anular o voto somam 10%, enquanto 6% não sabem ou preferem não responder a pergunta.

(Fonte: Site do IBOPE)

Programa Mais Médicos – Inscrição de municípios termina nesta 5ª feira

“Termina nesta quinta-feira (25) o prazo para inscrição de municípios no Programa Mais Médicos. No estado do Rio, até a última segunda-feira (22), 27 dos 92 municípios cadastraram-se no projeto – quatro deles prioritários, ou seja, com carência de profissionais da saúde. Em todo o Brasil, increveram-se, até agora, 1.874 cidades. Segundo o Ministério da Saúde, em todo o país, estão sendo investidos R$ 15 bilhões na infraestrutura da rede pública de saúde. Deste valor, R$ 7,4 bilhões serão usados na construção de 818 hospitais, 601 Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) e de 16 mil unidades básicas de saúde, R$5,5 bilhões na reforma e ampliação de unidades básicas e UPAs e R$ 2 bilhões em 14 hospitais universitários.

Nota do ministério informa que já foram investidos no estado do Rio R$ 160 milhões, para obras de reforma e ampliação em 655 unidades de saúde e R$ 6,5 milhões na compra de equipamentos para 276 unidades. Além disso, R$ 20,6 milhões foram gastos na construção de dez UPAs e R$164,6 milhões na reformas de 28 hospitais.

O Programa Mais Médicos criará cerca de 11,5 mil vagas para médicos e 12 mil para residentes, em todo o Brasil, diz a nota. O objetivo do projeto é fortalecer a atenção básica, resolvendo, assim, 80% dos problemas de saúde sem que as pessoas precisem recorrer a hospitais. “O que faz a diferença no atendimento à população é o médico presente na unidade básica de saúde perto de casa”, enfatizou, em nota, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.”

(Agência Brasil)

Refinaria – Cid discorda de Ciro e não vê cheiro de enrolação no projeto

156 1

citu

O governador Cid Gomes (PSB) afirmou, nesta quarta-feira, em conversa com internautas por meio do seu twitter, que o projeto da refinaria de petróleo para o Ceará não é enrolação. Reagiu assim ao ser indagado sobre a declaração do seu irmão, o ex-ministro Ciro Gomes (PSB), que, em entrevista à Rádio Verdes Mares nessa terça-feira, disse sentir “cheiro de enrolação” no que diz respeito à concretização do empreendimento. A refinaria é sonho acalentado por décadas pelos cearenses.

“Dilma está comprometida com isso. A credibilidade dela com o Cearávai depender disso. Ela tem feito muito e tem aberto uma agenda proativa”, acentuou Cid, adiantando que a Petrobras firmou com um grupo coreano voltado para vialibilizar o projeto e que tudo depende de prazos.

Cid disse esperar que as obras da refinaria comecem ainda na gestão de Dilma Rousseff.

Mais Médicos – Secretário diz estar seguro sobre viabilidade jurídica do programa

“Um dia antes do encerramento do primeiro ciclo de inscrições no Programa Mais Médicos, o secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde, Mozart Sales, reafirmou hoje (24) que a pasta está segura em relação à viabilidade jurídica da iniciativa. Ele disse que o governo ainda não foi notificado sobre a ação civil pública apresentada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) contra a União, pedindo a suspensão do programa. Ontem (23), em resposta à ação, a Justiça Federal estabeleceu um prazo de 72 horas para que a Advocacia-Geral da União (AGU) se manifeste a respeito do programa. De acordo com a assessoria da Seção Judiciária do Distrito Federal, o prazo passará a contar a partir da intimação da União, o que, segundo a AGU, ainda não ocorreu. Na última quinta-feira (18), o Supremo Tribunal Federal também deu prazo de dez dias para o Executivo explique a edição da Medida Provisória 621/2013, que institui o Programa Mais Médicos.

“Não fomos ainda notificados dessa ação judicial. Evidentemente, na medida em que a Justiça pede informações, a AGU e o governo vão prestar todas as informações necessárias. Temos a segurança de todo o arcabouço jurídico normativo construído para dar sustentação ao Mais Médicos”, disse ele, ao participar, nesta quarta-feira, do programa Brasil em Pauta, coordenado e produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços.

O secretário enfatizou que o Mais Médicos é “fundamental” para organizar e qualificar os níveis de atenção à saúde. Ele destacou que, na medida em que reforça e amplia a assistência básica, levando médicos generalistas para mais perto da população, a iniciativa também vai ajudar a desafogar o atendimento em hospitais e em centros especializados, pois os profissionais contratados poderão diagnosticar precocemente problemas de saúde e atuar de forma mais eficaz na prevenção.”

(Agência Brasil)

Secretaria do Desenvolvimento Agrário alerta sobre renovação de credenciamento no MDA

Esta é do site da Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará:

“As empresas cearenses de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) devem renovar o seu credenciamento no Sistema Informatizado de Assistência Técnica e Extensão Rural (SIATER), do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Segundo o secretário executivo do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (CEDR), Marcos Castro, o credenciamento das empresa de ATER no sistema tem validade de dois anos, devendo ser renovado assim que expirar o prazo. “A empresa que não renovar o credenciamento não poderá participar das chamadas públicas de ATER federais ou estaduais”, informou.

As empresas devem apresentar a documentação exigida pelo MDA e o credenciamento deve ser confirmado pelo CEDR. A renovação do cadastro é feita através do site http:\\sistemas.mda.gov.br.

Com relação à Elaboração de projetos financiados pelo Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf) A e A/C, as empresas interessadas devem solicitar através de Requerimento ao Presidente do CEDR a Renovação ou Credenciamento de acordo com a Portaria de Número 13, essa portaria do MDA é responsável pelo o Pronaf.

SERVIÇO

* Mais informações – (85) 3101.8144.

Deputado tucano endossa críticas de Ciro Gomes ao caso da refinaria do Ceará

joaojaimee

Do deputado estadual João Jaime (PSDB), eis comentário deixado neste Blog acerca da fala do ex-ministro Ciro Gomes afirmando que há cheiro de enrolação no que diz respeito ao projeto da refinaria de petróleo do Ceará. Confira:

Caro Eliomar de Lima,

Por varias vezes, denunciei, na tribuna da Assembleia Legislativa, e em artigos publicados no seu Blog, que a refinaria do Ceará era uma ENGANAÇAO. Fui acusado pelos que se usufruíam dela para tirar proveito eleitoral de ser contra o progresso do Estado.

Nunca a refinaria, sequer, esteve nos planos de investimento da Petrobras. O então presidente Lula, no seu último mês de governo, chegou a lançar a pedra fundamental sem que houvesse nada de concreto.

Agora, o ex-ministro Ciro está vendo que o PT do Lula e da DILMA enganou o Ceará esse tempo todo, ao chamar de “ENGANAÇAO a história da tal refinaria” . Disse o que o seu irmão como governador não pode dizer porque precisa das verbas federais.

E agora, o que faremos sabendo, oficialmente, que fomos enganados esse tempo todo? Por essas coisas é que o povo foi às ruas. Chega de papo furado! Chega de sermos enganados por um partido que só pensa em ganhar eleições!

* Deputado estadual

João Jaime.

Papa ensina: Conservar a esperança, deixar se surpreender por Deus e viver na alegria

497 1

papa francisco 130525

“Na primeira homília no Brasil, o Papa Francisco trouxe três mensagens aos milhares de fiéis que acompanham sua visita ao país. “Devemos seguir três simples posturas: conservar a esperança, deixar se surpreender por Deus e viver na alegria”, disse o pontífice que reza a missa em português. A leitura escolhida para a celebração foi a passagem em que Jesus faz o seu primeiro milagre, ao transformar água em vinho. A missa continua na Brasílica do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O pontífice destacou que diante das dificuldades enfrentadas é preciso seguir confiante da presença de Deus. Ele ressaltou ainda o fascínio que “o dinheiro, o poder, o sucesso e o prazer” exercem na vida, especialmente dos mais jovens. “Nossos jovens não precisam de coisas, mas, sobretudo, de valores imateriais, que são a memória de um povo, o coração de um povo”, declarou. O papa falou ainda da força da juventude como motor para a sociedade e para a Igreja.

O santo padre citou a passagem lida no evangelho e a história de Nossa Senhora Aparecida para destacar a importância de se deixar surpreender por Deus. Ele recebeu como presente a imagem da santa, que é padroeira do Brasil, antes da celebração. “A história desse santuário serve de exemplo. Aqui, em um lugar de pesca infrutífera, todos os brasileiros podem se sentir filhos de uma mesma Mãe. Deus sempre surpreende, como vinho novo. Sempre nos reserva o melhor. Ele pede que nos surpreendamos pelo seu amor”, disse.

Por fim, papa Francisco falou sobre a alegria que devem emanar os cristãos. “Os cristãos nunca devem estar tristes. Deus nos acompanha e temos uma Mãe que sempre intercede pela vida dos seus filhos. Se estivermos verdadeiramente próximos de Cristo e sentirmos o quanto Ele nos ama, isso contagiará quem estiver do nosso lado”, declarou.”

(Agência Brasil)

Um Papa que prefere gestos aos discursos

157 1

Com o título “Pode entrar, Francisco. A casa é sua”, eis artigo de Sérgio Machado, diretor do Sistema Maior de Comunicação. Exalta a importância dessa visita para o Brasil e destaca a figura de um Papa simples, carismático e que prefere muito mais os gestos e exemplos aos discursos. Confira:

Ao pisar em solo brasileiro, o Papa, carregando sua própria bagagem, nos dá mais uma vez seu testemunho de humildade, reiterado a cada gesto desde a escolha de seu nome: Francisco, aquele que preferiu os pobres. Assim é Jorge, o menino argentino de classe média que escolheu trilhar o caminho da santidade buscando as coisas do alto.

Com uma sensibilidade tão humana que se enche de santidade, Jorge Mario Bergoglio – hoje Francisco- encontrou na sua terra madre as sementes de sua formação humana e, como não poderia deixar de ser, política. Como arcebispo, não se limitou às ações sacerdotais em si, fez questão de transcender os muros da igreja e adentrar a realidade social de sua gente, vivenciando suas angústias e semeando a fé e da compaixão ao longo do seu caminho.

A Igreja vem, ao longo dos últimos papados, revelando sua face humana ao mundo com suas virtudes e falhas. Expondo suas fraquezas, fortalecendo-se na fé, a Igreja, que teve João Paulo II com sua resignação cumprindo seu pontificado até o último dia de vida e Bento XVI surpreendendo o mundo com sua honestidade em reconhecer suas limitações e coragem em renunciar, agora tem um líder que, para nós da América Latina, especialmente, mais do que nunca nos acolhe e inspira.

Francisco não precisa de discursos elaborados para nos tocar. Como bem disse na chegada ao Brasil, para ter acesso ao nosso povo é preciso entrar pela porta de seu imenso coração. E, com sua face plácida, seu sorriso afável, Francisco não precisou sequer bater à porta, já estava dentro e nos fazia sentir alegria assim, sem motivo, com sua chegada.

Contemplar o olhar cheio de verdade de Francisco nos transmite paz em meio a um cenário áspero, num momento em que acordamos e temos sede de paz e justiça social. O povo brasileiro que saiu e continua saindo às ruas está cansado de ser oprimido, cansado de desigualdade, tem consciência de seu valor e exige mudança.

Francisco sabe disso e, com sua sensibilidade, se aproxima dos jovens, que trazem em si toda a energia e a vontade de mudança porque sabe que “Cristo ‘bota fé’ nos jovens e confia-lhes o futuro de sua própria causa”. Atento a isso o Pontífice sabe que a Igreja precisa dialogar com os jovens, assim como o país, através de seus poderes, precisa dialogar com as massas. É daí que surgem as soluções, é daí que surge a mudança.

A Igreja pode sim ser mais humana sem abrir mão de seus valores. Nós somos a Igreja. Fomos feitos à imagem e semelhança de Deus, Seu próprio fôlego foi conosco compartilhado. Logo, somos criaturas divinas e, juntos, formamos o que chamamos Igreja, em comunhão com Ele.

É sim, um novo tempo para a igreja. Um tempo de esperança, tolerância, acolhimento. É também um novo tempo para o País. Tempo de despertar, de crescer e de assumir o desafio de ser uma nação mais justa e solidária para todos os brasileiros. Como disse Francisco, “Desde a Amazônia até os pampas, dos sertões até o Pantanal, dos vilarejos até as metrópoles, ninguém se sinta excluído do afeto do Papa”. E ninguém se sinta excluído de seu País. Ninguém se sinta menor por não ter acesso a saúde, educação e moradia, dentre outras necessidades básicas.

O papa é pop, sim. E é também político, porque tem o dom da sensibilidade, de sentir o outro, de dialogar com as religiões, por entender que as mesmas não devem nos separar uns dos outros, mas aproximar a todos de Deus na compaixão, na tolerância e na prática do bem.

Deixemos a mensagem de Francisco adentrar o nosso coração e nos guiar em nossa jornada diária. Recebamos o Cristo que Francisco nos traz, esse presente que vale muito mais do que ouro e prata, e sejamos, como na oração de São Francisco, “instrumento da vossa paz”.

* Sérgio Machado,

Diretor Sistema Maior de Comunicação – Quixeramobim. 

Servidores da Infraero de Fortaleza podem aderir à paralisação nacional

jorgeluisinfraero

Representante do Sindicato dos Funcionários da Infraero no Ceará, Jorge Luís, confirma: dia 31 tem paralisação da categoria. 

Ele avisa que o pessoal que opera no Aeroporto Internacional Pinto Martins deve aderir ao movimento, de caráter nacional.

A categoria luta por 6,5% de reposição da inflação mais 9,3% de produtividade.

As primeiras lições do Papa Francisco no Brasil

Com o título “Francisco bota fé no povo”, eis artigo do jornalista Elio Gaspari. Ele destaca o primeiro dia da viagem do Papa ao Brasil e os episódios do Rio. Confira:

No primeiro dia de sua visita Francisco lavou a alma do Brasil. Engarrafado na Presidente Vargas, num carro com a janela aberta, acariciou uma criança. Era apenas um homem que não tem medo do povo. Percorreu a muy leal cidade de São Sebastião em cenas inesquecíveis. Seu percurso não foi demarcado pelos batalhões de choque, mas por cordões de jovens voluntários, com camisetas amarelas (oh, que saudades da cor das Diretas-Já).

Pouco depois, o papa estava no jardim do Palácio Guanabara, num cenário cavernoso, com o prédio protegido pelo Batalhão de Choque. Submeteram-no a um protocolo redundante, obrigando-o a apertar as mãos de pessoas que já havia cumprimentado na Base Aérea. Havia hierarcas que ganhavam beijinho da doutora Dilma e ai daqueles que saíram só com o aperto de mão. (Noves fora o ministro Joaquim Barbosa, que passou batido pela chefe do Poder Executivo. Ele não faria isso com o prefeito de Miami.) No Guanabara estava a turma do andar de cima. Nela havia gente que, tendo ouro e prata, anda protegida por seguranças pagos pela patuleia da Presidente Vargas.

Até o momento em que Francisco chegou ao Rio o país viveu o clima neurastênico, no qual confundia-se uma peregrinação da fé com uma operação militar que, avaliada pela sua própria pretensão, foi uma catedral de inépcia. Vinte e cinco mil homens da polícia e das Forças Armadas para proteger o papa. De quem? Num dos momentos mais ridículos já ocorridos em visitas do gênero, um soldado foi fotografado verificando o nível de radioatividade do quarto de Francisco em Aparecida. Os sábios da demofobia planejaram tudo e, como sucede a milhares de cariocas, o papa acabou engarrafado na Presidente Vargas. Evidentemente, a prefeitura responsabilizou a Polícia Federal, e a Polícia Federal responsabilizou a prefeitura, mas isso não é novidade. Para alegria de quem estava na avenida, deu tudo errado e eles puderam ver o papa de perto.

Todos os detalhes da neurastenia foram conscientes, da divulgação do aparato de segurança à exposição de temores com manifestações. Nenhuma das duas iniciativas eram necessárias. A exaltação da máquina policial é uma indiscrição, a menos que seu objetivo seja apenas causar temor. Os distúrbios ocorridos nas cercanias do Palácio Guanabara faziam parte do cotidiano do governador Sérgio Cabral, não da rotina de Francisco. Nesse sentido, a janela aberta do carro, o papamóvel com as laterais livres e o cordão dos voluntários vinham da agenda da igreja, botando fé no povo e nos jovens.

Num discurso impróprio, a doutora Dilma referiu-se às “mudanças que iniciamos há dez anos”. Louvava a década de pontificado petista diante de um pastor cujo mandato começou há 2013 anos. Não entenderam nada.

O Brasil é uma democracia que passa por momentos de tensão. O hierarcas de Brasília e do Rio celebraram a suposta eficácia de geringonças eletrônicas (com contratos milionários) e, inexplicavelmente, ecoaram a demofobia e os rituais dos comissários poloneses durante a visita de João Paulo 2º a Varsóvia, em 1979. Onde havia fé, viram jogos de poder. Perderam uma santa oportunidade de celebrar a fé dos peregrinos baixar as tensões que envenenam a política nacional.