Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Comentário do Felipão – "Te cuida, Evandro Leitão"

103 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZqxaXjuLbJM&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1[/youtube]

O jornalista Felipe Araújo comenta a derrota do time do Ceará para o Vitória – 2 X 0, em jogo realizado nessa noite de quinta-feira, no “PV”. Agora, para se classificar na Copa Nordeste, o alvinegro terá que vencer a equipe baiana no Barradão, em Salvador, pelo placar de três gols. Felipão chama a atenção para os velhos erros na gestão de Evandro Leitão.

Agropacto faz reunião na Assembleia para discutir Pacto das Secas

57 1

flaviosaboyua

A Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (Faec), que coordena o Agropacto no Estado, promoverá segunda-feira, no plenário da Assembléia Legislativa, um debate sobre o “Pacto das Secas”. O evento terá como debatedores as lideranças políticas do Estado, entre deputados federais e senadores. A ordem é discutir o velho e surrado tema das ações permanentes e de convivência com a estiagem.

Foram convidados os líderes de partidários e órgãos envolvidos com política agrícola no Estado como Secretaria do desenvolvimento Agrário, Agência de Desenvolvimento Econômico (Adece), Ematerce, Embrapa, Sebrae, Organização de Cooperativas do Brasil, sindicatos rurais, Fetraece, Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa,Associação dos Produtores de Caju (Ascaju), Associação dos Carcinicultores do Ceará e da Costa Negra, Associação dos Suinocultores, Associação dos Produtores de Leite, entre outras.

* Quem coordena esse encontro é o presidente da Faec, Flávio Saboya.

Queremos Deus espera 50 mil fiéis

Tudo pronto para o Queremos Deus 2013. Vai acontecer no dia 24 próximo, a partir das 14 horas, no Condomínio Espiritual Uirapuru (Bairro Dias Macedo). o evento reunirá principalmente a juventude, em clima de louvores, pregações e orações. Na ocasião, será divulgada a programação da Jornada Mundial da Juventude, que ocorrerá em junho no Rio de Janeiro.

O Queremos Deus chega à sua 26ª edição e terá entre as atrações a cantora Suely Façanha. A meta desta vez é atrair 50 mil fieis, pois há expectativa de participação de caravanas do Interior.

 

Seminário sobre Jornalismo Investigativo entra na agenda de março

Tudo pronto para o I Seminário Regional de Jornalismo Investigativo. O evento ocorrerá no dia 9 de março, na Universidade Anhembi-Morumbi, campus Vila Olímpia (SP), e tem o patrocínio da Souza Cruz. As inscrições são gratuitas para sócios da Associação Brasileira de Jornalistas Investigativos (Abraji) em dia com a anuidade, e custam R$ 75,00 para profissionais não sócios e R$ 50,00 para estudantes não sócios. Devem ser feitas via formulário on-line.

Entre convidados, o jornalista norte-americano Mark Hunter, autor do “Global Investigative Journalism Casebook”, publicação da UNESCO que reúne 20 grandes reportagens de diversos países e informações sobre como cada uma delas foi apurada. Hunter participará de um bate-papo com Ana Estela de Sousa Pinto, editora do caderno Mercado do jornal Folha de S.Paulo e diretora da Abraji.

Também estarão presentes os repórteres Leandro Colon, Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel, da Folha de S.Paulo, autores das reportagens que derrubaram Ricardo Teixeira da presidência da CBF depois de 23 anos. A série foi a ganhadora do Prêmio Esso de Jornalismo 2012. Os professores Eugenio Bucci (USP/ESPM) e Cleofe Monteiro (Anhembi Morumbi) dividem um painel sobre o ensino do jornalismo investigativo nas universidades, o limite do trabalho desses futuros repórteres e também as questões éticas envolvidas.

Programa

9h00-9h15

Abertura
Marcelo Moreira (TV Globo/Abraji)

9h15-10h30
Reportagem: O Jogo Suspeito e a Queda de Ricardo Teixeira
Filipe Coutinho, Julio Wiziack, Leandro Colon, Rodrigo Mattos e Sérgio Rangel (Folha)

10h30-11h00
Intervalo

11h00-12h30
Jornalismo Investigativo – ensinar e aprender
Eugenio Bucci (USP/ESPM/Estadão) e Cleofe Monteiro (Anhembi Morumbi)

12h30-14h00
Almoço

14h00-15h30
Reportagem: O Filho da Rua
Letícia Duarte (Zero Hora)

15h30-16h00
Intervalo

16h00-17h30
Lançamento do Manual Global de Jornalismo Investigativo e a experiência brasileira
Mark Hunter (INSEAD) e Ana Estela de Sousa Pinto (Folha/Abraji)

17h30-18h00
Encerramento
Marcelo Moreira (TV Globo/Abraji)

Serviço

Data: 9 de março de 2013, sábado, de 9h a 18h

Local: Universidade Anhembi Morumbi – Campus Vila Olímpia – Auditório (r. Casa do Ator, 275 – São Paulo)
Valor: GRÁTIS para associados da Abraji | R$ 75 para profissionais não sócios e R$ 50 para estudantes não sócios.
Incrições AQUI até: 01/03/2013 – 23h59

Receita deposita nesta 6ª feira restituições da malha fina

“A Receita Federal paga hoje (15) um lote residual de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física, que estavam retidas na malha fina. No lote constam declarações dos exercícios 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008. O dinheiro estará depositado para um total de 92.562 contribuintes. Em relação ao exercício 2012, serão creditadas restituições para um total de 64.289 contribuintes, com correção de 6,6%. Para o exercício 2011, serão creditadas restituições a um total de 12.546 contribuintes, corrigidas em 17,35%.

Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ligar para o Receitafone (146) ou utilizar um aplicativo para tablets e smartphones que permite, entre outras coisas, a consulta às restituições.”

(Agência Brasil)

Secretaria Nacional dos Portos fará concurso público

leonidascrstino

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, confirmou em Fortaleza: virá concurso público para 206 vagas de práticos. A ordem é melhorar procedimentos nos portos para modernizar transporte de cabotagem.

Leônidas, inclusive, adiantou que, dentro do objetivo de modernização, viajará na próxima semana para o Exterior. Dia 26, estará em Londres (Inglaterra); e dia 1º próximo desembarcará em Nova York. Vai divulgar para investidores internacionais o pacote de R$ 58,6 bilhões liberado pelo governo federal para o setor. É a busca por parcerias.

Rio avaliará plano da Jornada Mundial da Juvenude com presença de novo Papa

“A primeira preocupação da Igreja Católica no Brasil, nas horas seguintes ao comunicado de renúncia do papa Bento XVI, foi a de tranquilizar a comunidade cristã envolvida na organização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que acontecerá no Rio de Janeiro entre 23 e 28 de julho. Afinal, o ponto alto do evento era justamente a presença do sumo pontífice, algo que na manhã de segunda-feira havia se tornado uma grande interrogação para quem planejava viajar ao Rio.

Foi o próprio arcebispo do Rio, dom Orani Tempesta, quem se encarregou de, em seu pronunciamento, tranquilizar os fiéis. A jornada está mantida, e, como havia afirmado o próprio Joseph Ratzinger, a presença do papa no Rio sempre foi certa, independentemente de quem estivesse à frente da Igreja.

Dias depois do anúncio de Bento XVI, uma reavaliação dos efeitos da renúncia traz, para o Rio e a Igreja, uma nova perspectiva. A Jornada Mundial da Juventude não está apenas mantida e com presença confirmada do novo papa, mas também espera receber um público ainda maior que os 2 milhões de pessoas inicialmente aguardadas para os atos de celebração em solo carioca. “Esse é um dos itens de nossa ansiedade. Estávamos nos preparando para receber dois milhões de pessoas. Talvez, pela novidade do papa, esse número aumente. Certamente temos que estar preparados para essa possível mudança”, afirma dom Antônio, vice-presidente do Comitê Organizador Local da JMJ (COL), em entrevista ao site de VEJA.”

(Veja Online)

Inadimplência do consumidor brasileiro cresceu 11,8% em janeiro

“A inadimplência do consumidor cresceu 11,8% no primeiro mês de 2013, na comparação com janeiro do ano passado, informou hoje (14) a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). As vendas tiveram alta de 3,88% na comparação com o mesmo período. A confederação atribui o maior endividamento ao cenário favorável ao consumo em 2012.

A recuperação de crédito cresceu 5,92% em janeiro de 2013 ante o mesmo mês de 2012. O percentual é calculado em função da quantidade de CPFs que deixaram o cadastro do Serviço de Proteção ao Crédito, administrado pela CNDL.

Na avaliação do presidente da entidade, Roque Pellizaro Júnior, a alta da inadimplência preocupa. Para ele, caso o indicador permaneça elevado e haja pressão inflacionária, há risco de o governo aumentar a taxa básica de juros, a Selic, para inibir o consumo. A CNDL acredita que, embora houvesse liquidações pós-natalinas em janeiro, os consumidores compraram menos em função de despesas com material escolar e tributos, como o Imposto Predial e Territorial Urbano e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.”

Novo CPC: relator vai excluir permissão de penhora de salário de devedor

A possibilidade de penhora de parte dos salários de devedores para garantir o pagamento de dívidas será excluída do parecer ao projeto de lei do novo Código de Processo Civil (CPC – PL 8046/10). A informação foi antecipada pelo atual relator da matéria, deputado Paulo Teixeira (PT-SP).

A previsão de penhora constava no texto apresentado pelo relator anterior da proposta, o então deputado Sérgio Barradas Carneiro, suplente, que deixou o mandato com a volta do titular. O projeto do novo CPC foi criado por uma comissão de juristas e aprovado pelo Senado em 2010.

Na Câmara, o texto sofreu várias alterações, entre elas a possibilidade de penhora de 30% do salário de devedores que excedesse seis salários mínimos, calculados após os descontos obrigatórios, como Imposto de Renda, contribuição previdenciária e pensão. Isso daria hoje em torno de R$ 4 mil. O relatório de Barradas Carneiro, porém, não chegou a ser votado na comissão especial que analisa a proposta.

Segundo Teixeira, a retirada do polêmico dispositivo foi feita para facilitar a aprovação do texto. “Do ponto de vista político, comecei a perceber que havia resistência em diversos partidos. Então, retiramos a penhora do salário”, disse. O relator também destacou que seu parecer trará uma alternativa à penhora de bens de empresas com dificuldades financeiras. “Às vezes, ao penhorar o capital de uma empresa, você inviabiliza o seu funcionamento. Assim, estabelecemos uma forma que assegura que outros bens possam garantir aquela dívida e não exatamente o capital daquela companhia”, explicou.

(Agência Câmara de Notícias)

Empresas podem ter redução de IR para contratar pessoas com deficiência

A legislação do imposto de renda poderá ser modificada para incentivar a contratação de trabalhadores com deficiência. A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) já está pronta para votar substitutivo a projeto de lei (PLS 391/2012) do senador Mário Couto (PSDB-PA) que reduz a alíquota deste tributo para as empresas que destinarem pelo menos 10% de suas vagas a pessoas com deficiência.

Quem mantiver esse quantitativo mínimo terá a alíquota do IR reduzida em 2%. Na justificação do projeto, Mário Couto explica que resolveu propor esse benefício para facilitar o cumprimento da “reserva legal” de cargos para pessoas com deficiência estabelecido pela Lei nº 8.213/1991, que regula os planos de benefícios da Previdência Social.

Esta norma obriga as empresas com 100 ou mais empregados a preencher de 2% a 5% de suas vagas com profissionais reabilitados ou com deficiência. Cabe ao Ministério do Trabalho fiscalizar o cumprimento desta exigência.

“As empresas enfrentam dificuldades quase intransponíveis para seguir tal comando, ao passo que, caso a exigência legal fosse transformada em incentivos fiscais, o efeito de integração social seria obtido sem dar lugar aos diversos problemas que as empresas têm de enfrentar para cumprir as exigências da “lei de cotas”, considerou Mário Couto.

O relator da matéria, senador Paulo Paim (PT-RS), também reconheceu as dificuldades enfrentadas para a contratação de empregados com deficiência. Assim como o autor do PLS 391/2012, ele considera mais produtivo criar incentivos econômicos para estimular o ingresso desses profissionais no mercado de trabalho do que simplesmente punir as empresas que não estejam seguindo essa política de cotas.

Segundo observou Paim, a intenção é fazer com que o empresário cogite a empregabilidade desses profissionais como algo lucrativo, e não como uma constante fonte de multas aplicadas pela legislação trabalhista.

Após passar pela CDH, o PLS 391/2012 vai ser votado em decisão terminativa pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

(Agência Senado)

Comissão visitará Santa Maria e discutirá investigações do incêndio com autoridades

A comissão externa que acompanha as investigações sobre as causas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS), visitará a cidade gaúcha, nesta sexta-feira (15), para verificar o que já foi apurado sobre a tragédia.

O coordenador da comissão é o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) e o sub-relator é o deputado Nelson Marchezan Júnior (PSDB-RS). O deputado Pedro Uczai (PT-SC), que perdeu uma sobrinha de 24 anos no incêndio, também vai acompanhar a comissão, embora não faça parte oficialmente do colegiado.

Os deputados se encontrarão com o prefeito de Santa Maria, Cézar Schirmer; com o comandante do Corpo de Bombeiros, Guido Pedroso Melo; e com o delegado regional da cidade, Marcelo Arigony. Após autorização da delegacia, os parlamentares irão ao local do incêndio, o que restou da boate Kiss.

239 mortos

O incêndio ocorreu na madrugada de 27 de janeiro. Das centenas de pessoas que estavam na boate, 234 morreram no local e 145 foram internadas em hospitais. Entre os internados, cinco morreram posteriormente, 98 já tiveram alta e 42 continuam hospitalizadas.

(Agência Câmara de Notícias)

Luizianne Lins retomará atividades como presidente do partido no próximo dia 20

173 5

luizianne_lins

Na condição de presidente estadual do PT, a ex-prefeita Luizianne Lins retomará as atividades partidárias na manhã do próximo dia 20. Nessa data, ela participará, em São Paulo, de uma reunião com Rui Falcão, presidente nacional petista, para tratar da realização, em Fortaleza, do seminário sobre os 10 anos do Governo do PT e 33 anos de fundação da legenda. Esses dois eventos contarão com a presença do ex-presidente Lula, que virá dia 28 para o Ceará. Em Fortaleza, haverá também haverá reunião do Diretório Nacional nos dias 1º e 2 de março.

Luizianne, hoje morando no Rio, desembarcará na Capital cearense no dia 21 próximo, segundo a assessoria de imprensa petista.

Aloysio Nunes diz não acreditar em proposta de destituição de procurador-geral

O senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) disse nesta quinta-feira (14) duvidar que a presidente Dilma Rousseff seja capaz de propor a renúncia do procurador-geral da República Roberto Gurgel. Ao discursar da tribuna do Plenário, o senador saiu em defesa de Gurgel e criticou qualquer movimento em prol do impeachment do procurador.

– Na minha opinião e na opinião do PSDB, não há nada na atuação dele que mereça qualquer tipo de censura política por parte do Senado. Duvido que a presidente Dilma tome a iniciativa de propor a destituição de Gurgel. Ela é uma mulher de bom senso e não seria capaz de tamanho desatino, de tamanha loucura – afirmou.

Em aparte, o senador Pedro Taques (PDT-MT) concordou com o colega disse ter certeza de que a presidente não vai patrocinar “um descalabro desse”. Taques lembrou que na República ninguém está acima da lei e todos devem obediência à Constituição.

– Falar em impeachment, me parece um instrumento de ameaça – criticou.

Aloysio Nunes lembrou que o Ministério Público tem funções institucionais indispensáveis à vida democrática e, se existiu algum fato que desabone a conduta de Gurgel, este deve ser submetido às leis e às instâncias competentes.

(Agência Senado)

Marina usa vídeo na internet para convocar pró-formação de novo partido

115 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7KZea6TDVXo[/youtube]

Marina Silva está usando um vídeo de 1 minuto e 44 segundos para convocar simpatizantes a participarem de um encontro nacional da Rede Pró-Partido, que ocorrerá sábado, em Brasília. Ex-senadora e possível candidata à Presidência da República em 2014, ela quer fundar uma nova legenda que deverá se chamar Rede.

Transposição – Ministro descarta mais atrasos na obra

“O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, disse hoje (14) que as obras da transposição do Rio São Francisco não serão novamente atrasadas pelas suspeitas de inconformidade em cinco dos 14 trechos do projeto de integração da bacia. Depois de uma uma reunião de mais de uma hora com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, no final da manhã, Fernando Bezerra explicou que as empresas responsáveis pelos trechos ainda têm prazo para explicar o que estava sendo feito nesses locais da obra.

A transposição do Rio São Francisco é uma das prioridades do governo e deveria estar concluída no final do ano passado. Esses atrasos no cronograma foram apontados como uma das razões para as revisões do orçamento da obra. O projeto que prevê a distribuição de água para quase 12 milhões de pessoas em 390 municípios do Nordeste do país custaria, inicialmente, quase R$ 4 bilhões. Hoje o valor estimado supera R$ 8 bilhões.

Com as explicações das empresas, o governo e a Justiça vão avaliar quais punições devem ser aplicadas ou se é possível fazer ajustes para que as obras tenham continuidade, possibilidade que não foi descartada pelo ministro. Se as empresas não concluírem o contrato, total ou parcialmente, a Lei 8.666/93 prevê penalidades como advertência, multa, suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de firmar contratos com a administração pública por até dois anos.”

(Agência Brasil)

Projeto quer proibir eventos que incentivam o consumo exagerado de bebida

“A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 4772/12, de Vanderlei Macris (PSDB-SP), que proíbe a indução de pessoas ao “consumo exagerado ou irresponsável” de bebidas alcoólicas em eventos que ofereçam essas bebidas como prêmio ou que promovam atividades em que o álcool seja o principal atrativo. Em caso de descumprimento da regra, o evento será suspenso, e o infrator (pessoa física ou jurídica) sofrerá multa entre R$ 5 mil e R$ 100 mil, segundo sua capacidade econômica.

O deputado justifica sua proposta lembrando a divulgação de notícias sobre festas que promovem os chamados “drinking games”, jogos que estimulam o consumo excessivo de álcool. Essas festas geralmente reúnem um público pagante com idade entre 18 e 24 anos.

— Os promotores das festas chegam a reconhecer que os jovens gastam muito dinheiro e que é possível beber até desmaiar. A questão não é a disponibilidade da bebida e sim o estímulo inusitado, por parte do vendedor, para que as pessoas bebam mais do que deveriam e poderiam beber.”

(Agência Câmara)

Depois do Mensalão, STF abre luta contra a gripe

“Cuidando do mensalão, veto aos royalties, Fundo de Participação dos Estados, entre outros temas capazes de desagradar muita gente, todo o cuidado está sendo pouco no STF.

Para garantir a saúde de seus funcionários neste período de decisões difíceis, a Corte resolveu imunizar seu quadro de pessoal e abriu uma licitação para a compra de 2 000 vacinas contra gripe.

O Supremo está disposto a pagar até 47 940 reais para a imunização.”

(Coluna Radar – Veja Online)

A mídia conservadora e uma tentativa de enfraquecer a Petrobras

118 10

petroleo

Com o título “Oposição de direita continua trafegando na contramão”, eis artigo do jornalista e radialista Messias Pontes. Ele denúncia ações para enfraquecer a Petrobras. Confira:

Mais uma vez, o que não é nenhuma novidade, a oposição conservadora de direita e sua velha mídia conservadora, venal e golpista atenta contra a Petrobras. Essa posição contra a maior empresa estatal brasileira, orgulho do nosso povo, vem desde o seu nascedouro, em outubro de 1953, quando o presidente Getúlio Vargas a criou e estabeleceu o monopólio estatal do petróleo.

Antes, a velha mídia já havia vendido a alma às sete irmãs, tendo à frente a norte-americana Standard Oil, quando divulgou à exaustão o relatório do geólogo ianque Walter Link afirmando que no Brasil não havia petróleo. Isto depois de ter encontrado óleo de boa qualidade no recôncavo baiano. Segundo o jornalista e escritor Gondim da Fonseca, foi muita grana na mão do baronato da mídia e dos seus colonistas e demais radialistas e jornalistas amestrados.
O entreguismo da velha mídia e de seus sabujos era de tal ordem que Gondim da Fonseca enfatizou no seu livro O que sabe você sobre o petróleo, que “o mal de São Paulo, do Rio de Janeiro e do Brasil é o seu rádio e o seu jornal”. À época não havia televisão no País.

A serviço de interesses alienígenas, os neoliberais tucano-pefelistas (hoje demotucanos), capitaneados pelo Coisa Ruim (FHC), encetaram diuturnamente uma insólita campanha contra tudo o que era estatal, ou seja, patrimônio do povo, notadamente contra a Petrobras, apresentada como um “enorme elefante branco” que só prejuízos causava ao País por ser pessimamente gerida por “burocratas incompetentes”. Para o Coisa Ruim e demais traidores da pátria, as empresas estatais deveriam passar para a iniciativa privada, pois só esta tem competência.

Essa baboseira toda, a exemplo do que foi feito com o tristemente célebre “Relatório Link” na década de 1950, era repetida à exaustão, agora com a força da televisão. Os traidores neoliberais tramaram contra a Petrobras durante os oito anos de desgoverno tucano-pefelista-ppessista (1995-2002). Quem não lembra que praticamente quase todo mês a Petrobras era multada pelo Ibama por causa de vazamento de óleo de seus petroleiros, causando verdadeiros desastres ecológicos? Quantas vezes isso aconteceu nos últimos dez anos? Ficou muito claro que a sabotagem era para justificar a entrega da maior empresa estatal estratégica brasileira.

A questão de fundo é puramente ideológica. Todo o espaço editorializado da velha mídia repete a velha cantilena de que toda atividade econômica e financeira dever ficar nas mãos da iniciativa privada. Como maior partido de oposição do País, a velha mídia tenta incutir na opinião pública que o papel de uma empresa estatal estratégica como a Petrobras não pode nem deve ser instrumento de política econômica.

Até as pedras de Cococi sabem que os traidores da pátria sempre conspiraram contra a Petrobras, e que a “defesa” da empresa feita agora visa tão somente atingir o governo da presidenta Dilma Rousseff. Na realidade, essa gente ao se posicionar a favor do investidor privado defende o aumento do preço dos derivados de petróleo muito mais para que isto contribua para o crescimento da inflação, e com isso enfraquecer o governo Dilma, cimentando, assim, o caminho do tucano Aécio Neves rumo à sucessão presidencial.

Agora, na maior cara de pau, a oposição de direita e seus colonistas e demais amestrados dão uma de defensores da Petrobras, repetindo exaustivamente que “o intervencionismo do governo causou no ano passado prejuízos à estatal de 36%. Na realidade não houve prejuízo, pois a Petrobras lucrou R$ 21,2 bilhões. O que houve foi um lucro menor de 36%. Essa gente continua trafegando na contramão.

* Messias Pontes,

Jornalista e Radialista.

Demanda do consumidor por crédito registrou aumento em janeiro

“O número de consumidores em busca de crédito aumentou 2,2% em janeiro na comparação com dezembro e 12,3% na comparação com igual período do ano passado, segundo o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito. A maior procura em relação ao mês anterior ficou concentrada nas regiões Sul (6,9%); Centro-Oeste (4,3%) e Sudeste (1,9%). No Norte houve queda de 1% e no Nordeste, recuo de 1,4%.

O crescimento da demanda foi observado em todas as faixas de renda, mas com percentual de alta maior entre os que ganham mais de R$ 10 mil por mês (3,8%). Na faixa de renda de R$ 5 mil a R$ 10 mil foi constatada alta de 3,7%; entre os que ganham de R$ 2 mil a R$ 5 mil, alta de 3,2%; entre R$ 1 mil e R$ 2 mil (2,8%); entre R$ 500 e R$ 1 mil (1,5%) e até R$ 500 (0,5%).

Na análise dos economistas da Serasa Experian, um conjunto de situações tem levado a maior busca por crédito, entre elas, a regularização de dívidas atrasadas, o que reabilita o consumidor a solicitar novos empréstimos ou crediário. Além disso, na avaliação dos especialistas, o movimento foi estimulado pelos juros mais baixos, pelo aumento da concorrência entre as instituições financeiras e em razão do “bom momento vivido pelo mercado de trabalho”.”

(Agência Brasil)