Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

IPC encerra 2013 em alta

“O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) na cidade de São Paulo, encerrou o ano de 2013 em alta 3,88%, ante uma elevação de 5,10% em 2012. Quatro dos sete grupos pesquisados apresentaram variações acima da média, com destaque para educação (7,33%) e saúde (7,07%). Os preços dos alimentos subiram, em média, 5,42% e no grupo despesas pessoais, 5,58%. A menor variação acumulada no ano foi registrada em habitação, com avanço de 1,96%. Em vestuário foi constatado aumento de 3,02% e no grupo transporte, 2,33%.

Na última apuração do ano, os preços ganharam força, com elevação de 0,65% ante 0,46%, em novembro. O maior aumento ocorreu em transporte, que passou de uma variação negativa de 0,02%, em novembro, para 0,9%, no fechamento de dezembro.

Nos demais grupos foram constatadas as seguintes oscilações: habitação (de 0,44% para 0,56%); alimentação (de 0,8% para 0,65%); despesas pessoais (de 0,74% para 0,79%); saúde (de 0,49% para 0,35%); vestuário (de 0,34% para 0,83%) e educação (de 0,12% para 0,07%).”

(Agência Brasil)

Tudo pela Pátria

206 1

examme

Faça chuva ou faça sol, todos devem servir à Pátria.

Neste começo de segunda-feira, uma fila quilométrica de jovens se formou no setor de recrutamento do 23º BC, pela avenida dos Expedicionários. Hora de se submeter a exames médicos.

(Foto – Paulo MOska)

Dilma Rousseff faz balanço positivo sobre programas da área da educação

“A presidenta Dilma Rousseff fez hoje (6) um balanço das ações na área de educação. Segundo ela, o governo já entregou quase 1.300 creches e mais 3.100 unidades estão em construção. Já as escolas públicas em tempo integral, de acordo com a presidenta, devem chegar a 60 mil ainda este ano e 300 mil professores alfabetizadores estão fazendo cursos de formação. “Eu sempre digo que a educação é o nosso passaporte para o futuro”, avaliou.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma falou também sobre a reformulação do ensino médio e sobre iniciativas como o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e o Programa Ciência sem Fronteiras.

“Em 2014, vamos melhorar e ampliar ainda mais os programas educacionais que estamos executando nos últimos três anos do meu governo. Vamos trabalhar sem descanso para atingir novas metas e continuar esse processo de transformação do ensino no Brasil, que vai da creche à pós-graduação”, disse.”

(Agência Brasil)

Senador do PSOL já prepara candidatura presidencial

rfanolf

“Randolfe Rodrigues chegará em Brasília no sábado para tentar pôr sua candidatura à Presidência da República nos trilhos.

Nos dias 9 e 10, Randolfe vai se reunir com uma turma de sua confiança e começará a desenhar o programa de governo, que deverá ser coordenado por Cid Benjamin. No mesmo encontro, serão definidas as diretrizes do programa de televisão

O formato das inserções para apresentar Randolfe na TV ficará sob a responsabilidade do publicitário e cineasta Luiz Arnaldo Campos, que trabalhou em campanhas petistas nos anos 90 e é o preferido entre os candidatos do PSOL desde que Heloísa Helena concorreu ao Palácio do Planalto em 2006.

No plano político, Randolfe sonha com uma chapa puro sangue, tendo Luciana Genro como vice. Falta apenas combinar com o PSTU. O partido anda de olho na cadeira em troca do apoio a Randolfe.”

(Coluna Radar- Veja Online)

VAMOS NÓS – Pelo visto, a turma do vereador João Alfredo, que queria apostar no cearense Renato Roseno para candidato a presidente da República, terá que se contentar com a disputa por cargos proporcionais.

UFC abre inscrições para Casas de Cultura

Estarão abertas, no período de 9 a 19 deste mês, exclusivamente pela Internet, as inscrições para seleção de alunos para o primeiro semestre das Casas de Cultura Estrangeira da Universidade Federal do Ceará 2014.1. São ofertadas 484 vagas, distribuídas entre as Casas de Cultura Britânica (154), Alemã (22), Francesa (110), Hispânica (88), Italiana (66) e Portuguesa (22), além do curso de Esperanto (22).

Os candidatos precisam ter concluído pelo menos o ensino fundamental e devem realizar a inscrição no site da Coordenadoria de Concursos da UFC (www.ccv.ufc.br) até as 23h59min do dia 19 de janeiro (horário de Fortaleza). A taxa de inscrição é de R$ 60,00, com possibilidade de isenção.

A seleção constará de três provas em nível de ensino fundamental: língua portuguesa I (compreensão de textos), língua portuguesa II (gramática) e conhecimentos gerais, com 20 questões para cada uma. Os locais de prova serão divulgados no dia 30 de janeiro e os testes serão aplicados no dia 2 de fevereiro, das 9h às 13h. Pessoas com deficiência poderão solicitar condições especiais para realização das provas. O resultado final deverá ser divulgado no dia 7 de fevereiro.”

(Site da UFC)

Copa do Mundo – Hora do brasileiro pensar grande

160 1

Com o título “2014: uma Copa e uma Nação”, eis artigo do jornalista e sociólogo Demétrio Andrade. Ele aborda o certame mundial que terá Fortaleza entre subsedes e lamenta tantos que torcem contra o sucesso da Canarinho ou pelo fracasso da Copa. Confira:

Bem antes de nos tornarmos campeões mundiais pela primeira vez, após os fracassos das Copas de 1950 – quando o Brasil perdeu em casa com um Maracanã lotado – e 1954, a imprensa esportiva da época tinha como hobby desqualificar a seleção. Mais que isso, adotando o que o jornalista e teatrólogo Nélson Rodrigues costumava chamar de “complexo de vira-latas”, era comum ler matérias e opiniões falando sobre a plena incapacidade do nosso país de ganhar uma competição daquele porte. O comum era dizer que o que era bom vinha de fora. Não tínhamos organização. Não tínhamos time nem futebol. Não tínhamos povo. Não tínhamos nada que pudesse rivalizar com a “elevada capacidade” dos europeus.

Voz quase única a destoar do coro dos descontentes, Nélson Rodrigues, ao contrário, nunca teve dúvidas do sucesso do time de 1958, que tinha – dentre outros – Didi, Pelé e Garrinha. O que hoje é tida como uma das maiores seleções do mundo não convencia quase ninguém. Mas quando o capitão Bellini ergueu a taça, confirmou-se a tese do torcedor fanático do tricolor carioca: o Brasil superou a todos, sendo o primeiro país a tornar-se campeão fora de seu continente de origem.

Os tempos hoje são bem outros. O futebol mudou e os esquemas táticos e físicos tornaram o esporte um jogo de mais força e correria. O mapa político e econômico do mundo está alterado e fica difícil saber, inclusive, o que Nélson Rodrigues diria sobre as sucessivas viradas de mesa que mantiveram seu time do coração na série A. Mas numa coisa, aquela época guarda semelhanças com 2014. Mesmo vindo de uma conquista respeitável, a Copa das Confederações, o escrete ainda não convenceu plenamente. Os jornalistas, mesmo reconhecendo progressos, não colocam a mão no fogo pelos canarinhos. A própria FIFA criou um ranking no qual a nossa seleção figura num modesto 10º lugar, atrás de Colômbia, Suíça e Portugal. No meio dos clubes, o Atlético Mineiro, campeão da Taça Libertadores, sequer chegou à final com Bayern.

Inicio o ano de 2014 preocupado. Sempre achei a entidade “futebol brasileiro” incomparável. A mística da nossa formação quase ininterrupta de grandes jogadores, o medo imposto pela camisa amarela, a molecagem sadia que não teme ninguém parece perdida em meio a cobranças de maior organização e profissionalismo. Tais cobranças extrapolam os limites do campo. Muitos apostam no fracasso do evento e vêem os aportes financeiros como desnecessários. Alguns torcem contra. Paciência.

A realização da Copa no Brasil é uma vitória, assim como as Olimpíadas no Rio. O patrimônio material e imaterial derivados desta Copa é imensurável. Por mais que se apontem erros grotescos que resultaram em somas aviltantes e a vilania canhesta da FIFA que manda no que não é seu, não tenho dúvida que será um acontecimento memorável, que entrará para a história. Quem diz o inverso não sabe diferenciar gasto de investimento.

O Brasil mudou, e radicalmente, para melhor. Nossa vocação turística está o auge. As opções ofertadas pelo crescimento econômico experimentado nos últimos dez anos são muito maiores. Há uma ascensão evidente no crescimento de emprego e renda. A Copa será um exemplo de organização simplesmente porque grandes eventos já fazem parte do cotidiano do brasileiro. Há dez anos, quem falasse em shows de Paul McCartney, Beyoncé e Elton John, e apostassem num réveillon de mais de um milhão de pessoas seria motivo de chacota. E estes megaeventos ocorreram aqui, em Fortaleza.

Claro que vários ovos foram quebrados para que o omelete acontecesse. E claro que ainda falta arroz com feijão pra muita gente. Mas ninguém pode impedir a força dos grandes pensamentos e ideias. O Brasil é grande. O brasileiro é grande e que temos que nos acostumar a pensar grande também. Não só como país, mas como NAÇÃO. Prefiro crer que 2014 será um grande ano. Que faremos a maior Copa de todos os tempos. Quanto ao time, bem, o velho Nélson, mesmo triste, sempre apostou na alegria. É esse o segredo. Feliz Ano Novo, Brasil!

* Demétrio Andrade,

Jornalista e sociólogo.

Lira Neto fecha 2013 como maior vendedor de livros no Ceará

liraneto

O jornalista e escritor Lira Neto, que já foi ombudsman do O POVO,  foi o cearense campeão de vendas de livros em 2013 no Ceará.

A informação é do presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Livros do Estado (Sindilivros), Mileide Flores, em entrevista ontem ao programa O POVO Economia, da Rádio O POVO CBN (FM 95.5).

Lira vem obtendo sucesso com a venda de livro sobre Getúlio Vargas. Tata-se de uma trilogia que terá seu último livro lançado em 2015.

Balança comercial brasileira fecha 2013 com pior resultado desde 2001

“A balança comercial brasileira encerrou  o ano com superávit (exportações maiores que importações) de US$ 2,561 bilhões. Trata-se do pior resultado desde 2001, quando houve saldo positivo de US$ 2,684 bilhões.  Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Os números estão de acordo com a expectativa do governo, que vinha anunciando estimativa de superávit pequeno, em função da queda das exportações de petróleo.

O saldo positivo anual foi resultado de US$ 242,1 bilhões em exportações e US$ 239,6 bilhões em importações. A média diária das vendas externas, que corresponde ao volume financeiro vendido por dia útil, fechou o ano em US$ 957,2 milhões, patamar 1% inferior aos US$ 966,4 milhões registrados em 2012. As importações cresceram 6,5% segundo o critério da média diária, de US$ 889,2 milhões por dia útil em 2012 para US$ 947,1 milhões em 2013.

Em 2013, cresceram as vendas externas de produtos manufaturados (1,8%), enquanto caíram as de produtos semimanufaturados (-8,3%) e de básicos (-1,2%) na comparação com 2012. Nas importações, houve crescimento nos gastos com combustíveis e lubrificantes (+13,8%), matérias-primas e intermediários (+5,8%), bens de capital (+5,4%) e bens de consumo (+ 3,4%).”

(Agência Brasil)

Funceme promoverá seminário para divulgar prognóstico sobre chuvas

178 1

A Fundação Cearense de Meteorologia, Ciência e Tecnologia (Funceme) vai promover, no fim deste mês, um seminário internacional para definir o primeiro prognóstico sobre inverno no Estado.

Na ocasião, o evento contará com participação de especialistas do Brasil e de centros internacionais de meteorologia. A ordem é avaliar todos os estudos e projeções nessa área. É a partir desse primeiro prognóstico que o governo estadual inicia sua programação de olho na safra.

 

Congresso Nacional deve uma boa Reforma Política aos cidadãos, diz jurista

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=u4fatgUaitU[/youtube]

O jurista Djalma Pinto lança no mercado, ainda neste mês,  mais um livro. O título é “Comentários à Lei da Ficha Limpa.” A publicação faz parte do trabalho de cidadania que Djalma empreende contra a compra de votos e outros abusos.

Ele lamenta que mais um ano se passou e o Congresso Nacional não aprovou uma verdadeira reforma política.

Copa do Mundo – Hotéis manterão diárias nas alturas

“O aumento das tarifas dos hotéis durante a Copa do Mundo, que pode chegar a 100%, não será um fenômeno genuinamente brasileiro. Diárias em hotéis londrinos durante as Olimpíadas de 2012 e sul-africanos no Mundial da África do Sul, em 2010, também ficaram mais caras, embora a boa e velha lei de oferta e procura tenha normalizado as taxas durante os jogos.

Na África do Sul, a expectativa de que 450 000 visitantes desembarcariam por lá fez as tarifas na maioria dos hotéis até dobrarem, mas muitos cancelamentos de reservas e os frustrantes 250 000 turistas trouxeram as diárias de volta à realidade logo na primeira semana de Copa.

O reajuste também foi temporário em Londres, onde há um número elevado de leitos. Os jogos fizeram os turistas comuns evitarem a cidade olímpica e os preços, que aumentaram em média 75% antes das Olimpíadas, diminuíram a partir da metade do mês de competições.

No Brasil, ainda que navios ajudem a aumentar o número de leitos, os poucos hotéis cinco estrelas, que terão preços muito acima dos praticados normalmente, devem puxar a alta nos mais numerosos quatro e três estrelas. Tudo isso, é claro, se os turistas corresponderem às expectativas.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

Crateús ganhará novo bispo

dom ailton 

Crateús já se prepara para o ato de posse de seu novo bispo, dom Ailton Menegussi. Será no próximo sábado, 4, a partir das 18 horas, na Catedral do município. Ele celebrará missa para a comunidade.

Dom Ailton foi nomeado pelo papa Francisco no dia 6 de novembro último como bispo da vacante diocese de Crateús (CE). Ele nasceu no dia 5 de novembro de 1962, na comunidade do Córrego das Flores, em Nova Venécia. Estudou no Instituto de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Vitória e foi ordenado presbítero em 1998.

Deputado jovem do Ceará é destaque em pesquisa de jornal de Brasília

175 4

O jornal Correio Braziliense informa ter feito pesquisa com os maiores partidos brasileiros e identificou os “representantes jovens de destaque nos últimos anos e com boas perspectivas para 2014”. O Correio destacou um político cearense: o deputado estadual Danniel Oliveira (PMDB), 28 anos.

O jornal informa que em 2013 Danniel foi o parlamentar que “mais apresentou emendas ao Orçamento de 2014 no Ceará”. Foram apresentadas um total de 70 emendas, das quais 65 foram aprovadas. Na pesquisa, foram consultados PT, PSB, PMDB, PSDB, DEM e PDT.

Dentre os temas que foram foco do mandato do peemedebista Danniel em seu primeiro mandato estão: a defesa do Estatuto da Juventude; criação de órgãos específicos para executar políticas para jovens nos estados e nos municípios; ações de convivência com a seca no Ceará; e combate às drogas.

DETALHE – Danniel Oliveira é sobrinho do senador Eunício Oliveira e presidente do PMDB Jovem no Ceará.

VAMOS NÓS – Danniel Oliveira, por aqui, não tem esse destaque todo, segundo jornalistas consultados pelo Blog. Essa pesquisa deveria esmiuçar detalhes.

Crime passional pode entrar no rol dos crimes hediondos

“Tramita na Câmara dos Deputados um projeto de lei que inclui os crimes passionais na lista de crimes hediondos — aqueles que não podem ser objeto de anistia ou fiança e cuja pena deve ser cumprida em regime fechado. A proposta (PL 5.242/13), de autoria do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), define o crime passional como o cometido por amor, ciúme, ódio, emoção, vingança, inveja ou paixão, decorrente de ruptura da relação afetiva, traição ou qualquer outra provocação.

O autor diz que, até recentemente, “a classificação de um homicídio como crime passional era considerado excludente de criminalidade ou servia de condição atenuante para a fixação da pena”. Segundo ele, no Brasil ocorrem cerca de dez homicídios por motivos passionais por dia, em sua maioria de mulheres assassinadas por homens por causa de fim de relacionamento e denúncia de maus tratos.

Atualmente, o Judiciário tem considerado os crimes passionais como homicídio privilegiado — assim considerado aquele praticado sob emoção violenta ou desespero. Essa classificação é uma causa especial de diminuição de pena. O projeto de Bolsonaro altera a Lei dos Crimes Hediondos (Lei 8.072/90) e busca aumentar o rigor na punição de crimes passionais. A proposta ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário.”

(Agência Câmara)

Justiça do Ceará já se prepara para a Copa 2014

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=uTllLeT40WI[/youtube]

E não é só a Justiça que é lenta. O diretor do Fórum Clóvis Beviláqua, juiz Luciano Lima, garante que a reforma do prédio, iniciada na gestão passada, será concluída até abril. Só não precisa ao certo quanto já se gastou na obra.

O juiz Luciano Lima também falou sobre como a Justiça do Estado se prepara para a Copa 2014. O principal serviço será a entrada em operação de juizados especiais.

 

Inflação de 2013 fechou com alta de 5,63%

“O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) fechou o ano de 2013 com alta de 5,63% o que indica ligeira redução no ritmo de aumento de preços em comparação a 2012 quando a taxa havia atingido 5,74%. O levantamento foi feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV).

Os itens com elevação acima da média do IPC-S e que mais influenciaram a inflação no ano foram refeições em bares e restaurantes (alta de 9,41%), aluguel residencial (9,30%), plano e seguro de saúde (8,08%), gasolina (6,37%) e empregada doméstica mensalista (7,80%)

Os dados indicam ainda que, considerando-se apenas a última apuração de 2013, os preços tiveram leve elevação, de 0,69% em média ante 0,66%.”

(Agência Brasil)

Planos de Saúde – Aumento da cobertura já em vigor

“Entrou em vigor hoje (2) a ampliação da cobertura obrigatória para beneficiários de planos de saúde, que inclui 37 medicamentos orais para tratamento domiciliar de câncer, além de 50 novos procedimentos como exames, consultas e cirurgias. As mudanças foram anunciadas em outubro pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

É a primeira vez que os planos de saúde terão que cobrir os custos com medicamentos via oral para o tratamento do câncer em casa. Com essa inclusão, passam a ser ofertados remédios para o tratamento de tumores de grande prevalência na população como estômago, fígado, intestino, rim, testículo, mama, útero e ovário. De acordo com a ANS, a forma de distribuição desses medicamentos ficará a cargo de cada operadora de plano de saúde.

Entre as inclusões na cobertura dos planos estão 28 cirurgias por videolaparoscopia (que reduzem o risco para o paciente e o tempo de internação), a obrigatoriedade de fornecimento de bolsas coletoras intestinais e urinárias para pacientes ostomizados, o tratamento de dores crônicas nas costas utilizando radiofrequência e o tratamento de tumores neuroendócrinos por medicina nuclear.

A ANS também definiu 22 critérios para o uso adequado de tecnologias no rastreamento e tratamento de 29 doenças genéticas. A medida amplia a cobertura obrigatória, com exames mais complexos. A cobertura odontológica também foi ampliada com a inclusão de enxertos periodontais, teste de identificação da acidez da saliva e cirurgia de gengiva para facilitar a higienização dentária.”

(Agência Brasil)