Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

"Vou de táxi" no tempo do "Vou de Bonde"

350 4

angelicaeeu

Nós não conseguimos resistir. Esse clique antigo aí em cima foi feito por Marlene Bezerra Reis. Ela é ouvinte do jornalista e radialista Nonato Albuquerque desde os tempos em que o moço usava óculos e tinha os cabelos pretinhos.

No clique, Nonato com a menina Angélica, que, há quase 25 anos, esteve em Fortaleza divulgando, na AM do POVO – “A Companheira”, o seu primeiro disco (é o novo mesmo!), que troava com a música “Vou de táxi”. Ainda fazia sucesso na Rede Manchete com programa infantil – que eu assisti, depois que Xuxa foi contratada pela Globo.

(Com Blog Gente de Mídia)

Essa é para quem vai passar o Carnaval no Rio

“A Polícia Militar vai atuar com 14.454 homens para garantir a segurança dos foliões neste ano, quase 2,5 mil a mais do que no carnaval do ano passado. A partir de amanhã (8), quando oficialmente começa a festa na cidade, o patrulhamento ostensivo estará reforçado, com um total de 2.162 viaturas nas ruas.

Somente na capital, onde são esperados 357 blocos, além do desfile das escolas de samba na Marquês de Sapucaí, haverá 7,6 mil policiais militares de serviço diariamente. O reforço vai até o sábado do desfile das escolas de samba campeãs. O policiamento especial de carnaval vai contar ainda com o plantão de unidades especiais da PM, como o Batalhão de Operações Especiais (Bope) e o Batalhão de Choque, que terão 500 policiais de plantão por dia para atuar em situações de emergência.

Os turistas que visitam a cidade também receberão atenção especial. Equipes do Batalhão Especial de Atendimento ao Turista (Bptur) estarão de plantão principalmente nas áreas de maior movimentação de visitantes. Cada grupo de plantão terá pelo menos um policial bilíngue para facilitar o atendimento. O policiamento nos pontos mais visitados da cidade também será reforçado. Nos nove dias de patrulhamento especial, dois helicópteros da PM e duas embarcações estarão de prontidão para serem acionados caso necessário.”

(Agência Brasil)

Presidente da Câmara Municipal quer Hospital da Mulher com nome de Zilda Arns

192 5

walter-cavalcante

O presidente da Câmara Municipal, Walter Cavalcante (PMDB), apresentou, nesta quinta-feira, projeto de lei nª 020/13 dando ao Hospital da Mulher o nome da médica Zilda Arns Neumann. O peemedebista considera oportuna a proposição por tratar-se de um equipamento público importante para o atendimento de saúde da população feminina, bem como por entender justa a homenagem ao trabalho e dedicação da médica pediatra e sanitarista à saúde dos mais necessitados.

Zilda Arns iniciou a carreira como voluntária na maternidade do Hospital Nossa Senhora das Graças em Curitiba, passando para o ambulatório e enfermaria de crianças menores de um ano no Hospital Cezar Pernetta, no Paraná. Atuou como Diretora da entidade filantrópica APMI Saza Lattes e da Divisão de Proteção Social do Departamento Estadual da Criança. Além de Conselheira do Conselho Nacional de Saúde, foi Fundadora e Coordenadora da Pastoral da Criança e da Pastoral da Pessoa Idosa, órgãos de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

BOM LEMBRAR que essa ideia surgiu a partir de artigo do médico e professor Marcelo Gurgel, em artigo no O POVO e neste Blog.

MEC divulga valor de bolsas do Programa Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

“O Ministério da Educação (MEC) divulgou hoje (7), em portaria publicada no Diário Oficial da União, o valor máximo das bolsas para os profissionais da educação participantes da formação continuada de professores alfabetizadores no âmbito do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. As redes municipais e estaduais têm que aderir ao programa para receber recursos e o apoio técnico do Ministério da Educação.

O pacto – coordenado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão do MEC – é um acordo formal assumido pelos governos federal, do Distrito Federal, dos estados e municípios para a alfabetização de crianças até os 8 anos de idade. A iniciativa foi lançada em novembro passado pela presidenta Dilma Rousseff.

Os valores são R$ 200,00 mensais para o professor alfabetizador; R$ 765,00 para o orientador de estudo; R$ 765,00 para o coordenador das ações do pacto nos estados, Distrito Federal e municípios; R$ 1.100,00 para o formador da instituição de ensino superior; R$ 1.200,00 para o supervisor da instituição de ensino superior; R$ 1.400,00 para o coordenador adjunto da instituição de ensino superior; e R$ 2.000,00 para o coordenador-geral da instituição de ensino superior.”

(Agência Brasil)

Adiada audiência de Cid com Dilma Rousseff

53 1

Adiada a audiência que o governador Cid Gomes (PSB) teria, nesta tarde de quinta-feira, em Brasília, com a presidente Dilma Rousseff. Segundo a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, porque o governador está com crise de sinusite e foi recomendado pelo médico a não viajar.

A assessoria de imprensa do Palácio adiantou para o Blog que o encontro de Cid com Dilma só ocorrerá depois do Carnaval. O Palácio do Planalto informou que Dilma deverá vir ao Ceará no começo do próximo mês para cumprir agenda de inaugurações de obras feitas com verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

 

Conab comemora safra recorde de grãos, mas não libera milho solicitado pelo Ceará

92 1

milhho

“A safra de grãos deverá atingir a marca de 185 milhões de toneladas, batendo novo recorde de produção no Brasil. É o que aponta o quinto levantamento de grãos da Safra 2012/2013, divulgado hoje (7) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Se confirmada a estimativa, a produção de grãos será 11,3% maior do que a registrada na safra anterior. De acordo com a entidade, esses não são números consolidados, podendo ocorrer variações caso haja alterações climáticas.

Em termos de crescimento, o destaque ficou com a soja (25,7%), que deve registrar uma produção de 83,42 milhões de toneladas. O milho segunda safra deve passar de 39,1 milhões de toneladas para 40,9 milhões – crescimento de 4,6% em relação à safra anterior. A Conab ressalta ser esta a maior safra do produto, superando inclusive a produção do milho primeira safra, estimada em 35,1 milhões de toneladas.

O levantamento aponta também aumento em relação à área plantada nas duas culturas. No caso da soja, de 10,4% – passando de 25 milhões de hectares para 27,6 milhões. O milho segunda safra ampliou em 8,5% a área plantada (de 7,6 milhões de hectares para 8,3 milhões). Registraram crescimento também as áreas destinadas ao cultivo de outros produtos, como o amendoim primeira safra, aveia, canola, cevada e triticale (cereal obtido por meio do cruzamento de trigo com centelho). O levantamento tem por base estudos feitos por mais de 60 técnicos, entre os dias 21 a 26 de janeiro.”

(Agência Brasil)

VAMOS NÓS -A Conab comemora a safra recorde de milho, mas o Ceará, por exemplo, ainda encontra dificuldades para obter o produto. Segundo o presidente da Federação da Agricultura do Estado, Flávio Saboya, o Estado quer consumir 30 mil toneladas, mas a Conab só manda 8 mil toneladas. Há uma briga por aumento de cota.

Falências cresceram 42,4% em janeiro

“As falências decretadas no país aumentaram 42,4%, em janeiro, comparadas às de igual mês do ano passado, com um total de 47 processos. Desses, 34 foram de micro e pequenas empresas, 12 de médias e um de grande empresa. O número é maior dos últimos dois anos, segundo o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações, calculado pela empresa de consultoria Serasa Experian. Em janeiro de 2012, foram decretadas 33 falências e no mesmo mês de 2011, 41.

Já as falências requeridas, nesse período, atingiram 167. Desse total, 112 foram solicitadas por micro e pequenas empresas, 36 por médias e 19 por grandes empresas.

Na avaliação dos economistas da Serasa Esperian, o aumento de falências em janeiro foi provocado pelo desaquecimento da economia e pela elevação da inadimplência dos consumidores. Para eles, no entanto, o quadro deve se inverter à medida que a economia brasileira retomar o crescimento.”

(Agência Brasil)

 

Inflação de janeiro é a maior para o mês desde 2003

70 1

“O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial de inflação no país, registrou aceleração de 0,86% em janeiro, alta de 0,07 ponto porcentual ante dezembro (0,79%), de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se da maior alta mensal desde abril de 2005, quando o indicador acelerou 0,87%. O índece de janeiro é também o maior para o mês desde 2003, quando a taxa de inflação ficou em 2,25%.

O grande vilão da inflação no mês passado foi o grupo alimentação e bebidas, cujos preços aceleraram a 1,99% ante alta de 1,03% em dezembro. Só esse item contribuiu para elevar em 0,48 ponto porcentual o índice. Assim, o grupo foi responsável por 56% do IPCA em janeiro.

No acumulado de 12 meses até janeiro, o IPCA avançou 6,15% na comparação aos 12 meses encerrados em dezembro (5,84%). Analistas esperavam alta de 0,84% da inflação no mês passado.”

(Com Veja Online e Agência Reuters)

Primeira prévia do IGP-M prevê inflação de 0,41% em fevereiro

“A primeira prévia de fevereiro do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), indicador usado no reajuste de contratos de aluguel, registrou uma inflação de 0,41%. A taxa é a mesma observada na primeira prévia de janeiro, informou hoje (7) a Fundação Getulio Vargas (FGV). Entre os três subíndices que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) e o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) tiveram queda na inflação entre a primeira prévia de janeiro e a prévia de fevereiro.

O IPA, que mede a variação de preços no atacado, teve taxa de 0,37% em fevereiro ante 0,46% de janeiro. Já o IPC, que mede a variação de preços no varejo, passou de 0,4% em janeiro para 0,2% em fevereiro.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta na inflação, que passou de 0,08% para 1,15%. A primeira prévia de fevereiro foi calculada com base em preços coletados entre 21 e 31 de janeiro.”

(Agência Brasil)

Caso Enem – AGU quer afastar Oscar Costa Filho, que vê ato como retrocesso

330 5

oscarcostafilhoo

O procurador da República Oscar Costa Filho considerou um “retrocesso” a decisão da Advocacia Geral da União de entrar com representação junto ao Conselho Nacional do Ministério Público  (CNMP) pedindo seu afastamento de todos os processos relacionados ao Exame Nacional do ensino Médio (Enem). A AGU fez o pedido na última terça-feira. Desde 2010, Oscar questiona o Enem. Ele é autor de 11 ações contra a prova, todas derrubadas pela Justiça Federal, mas em grau de recurso.

“Eles dizem que estou perseguindo o Enem. Ninguém persegue Instituição, mas pessoas”, afirmou, considerado que o seu afastamento do caso “seria um retrocesso sem precedentes” e falta de respeito à independência funcional. Oscar Costa Filho deu essas declarações na madrugada desta quinta-feira, antes de embarcar para o Recife, que abriga a sede do TRF-5ª Região onde correm ações relacionadas ao exame. O procurador disse que ali só trataria de “assuntos particulares”.

Para Oscar, o Enem não resiste a um choque de transparência, o que o fez questionar a prova de redação, por exemplo, que não dá acesso ao aluno após correções. Deixou claro que age nesse âmbito porque é sua obrigação como fiscal da lei. Reiterou que a representação da AGU é um “retrocesso sem precedente” e que vai de encontro às prerrogativas de um procurador que atua com o objetivo de assegurar as regras constitucionais.

Senador diz que ECA entrou em vigor quando “menores não eram tão perigosos”

308 4

O senador Sérgio Souza (PMDB-PR) defendeu nesta quarta-feira (6) punições mais rigorosas a menores reincidentes em infrações graves. Ele defendeu o projeto de sua autoria (PLS 190/2012) que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para possibilitar a aplicação de pena prevista no Código Penal para o adolescente no caso de reincidência na prática de infração grave. Atualmente, menores infratores são punidos apenas com base no ECA.

– Temos visto, com grande frequência, adolescentes cometendo infrações graves, invadindo a vida de milhares de brasileiros, empunhando armas, suprimindo vidas, destruindo famílias inteiras, e tudo isso embalados pelo falso entendimento de que há no ECA uma velada promessa de impunidade. Afinal, após completarem 18 anos estarão livres da internação e, mais ainda, sem registro nos arquivos policiais – afirmou.

O senador disse que o ECA (Lei 8.069/1990) entrou em vigor quando os adolescentes menores não eram tão perigosos e não cometiam crimes tão graves quanto os menores dos dias de hoje. Para “atender ao clamor da sociedade”, Sérgio Souza disse ter apresentado essa proposta, que propõe punição mais rigorosa para os menores que “cometem infrações equiparadas a crimes graves”, mas sem implicar redução da maioridade penal.

Ele explicou que sua proposta mantém as garantias processuais previstas no ECA, como medidas socioeducativas e internação. Mas, caso o menor reincida em infrações graves, o tratamento seria diferente, aplicando-se penas previstas no Código Penal, “para crime de mesma natureza e gravidade da infração cometida”.

Em aparte, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP), relator do PLS 190/2012 na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), informou que apresentará seu parecer nas próximas semanas. Ele informou que está dialogando com autoridades do Ministério da Justiça e assessores do Senado para entender a viabilidade ou não da proposta. Caso seja aprovado na CDH, o projeto segue para decisão terminativa da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

(Agência Senado)

Economista acredita em recuperação da Petrobras em três anos

74 1

É perfeitamente compreensível e realista a opinião manifestada pela presidenta da Petrobras, Graça Foster, de que a estatal ainda terá um ano de 2013 bastante ruim antes de retomar o processo de recuperação da companhia, o que só deverá ocorrer dentro de três ou quatro anos – ainda assim se o acionista majoritário, no caso o governo, ajudar.

A opinião foi manifestada à Agência Brasil pelo economista Adriano Pires, sócio-fundador e diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura, para quem a boa nova surgida por ocasião da divulgação do Balanço Financeiro da Petrobras relativo a 2012 – cujo lucro líquido foi R$ 21,1 bilhões, resultado 36% menor do que o de 2011 e o pior desde 2004 – foi exatamente a sinceridade de sua presidenta.  

Na avaliação de Pires, doutor em Economia pela Universidade de Paris e especialista na área de energia, a situação pode piorar ainda mais porque o reajuste da gasolina concedido pelo governo na semana passada não foi suficiente para fazer frente à defasagem dos derivados em relação ao preço do barril de petróleo no mercado externo e pelo fato do mercado não acreditar em um novo reajuste ainda este ano.

Segundo Pires, o principal motivo para o péssimo desempenho da Petrobras em 2012 foi o controle dos preços dos combustíveis imposto pelo governo, que se mantiveram fortemente defasados em relação ao mercado internacional. “E isso aconteceu em um momento de forte crescimento da demanda, quando a empresa se viu obrigada a elevar substancialmente as suas importações de gasolina e diesel, ocasionando um prejuízo de R$ 34,2 bilhões na área de abastecimento. Com isto, o prejuízo na área de abastecimento cresceu 136% em relação ao ano de 2011 e o  resultado de 2012 só não foi pior devido a R$ 2,6 bilhões em receitas financeiras”, disse.

Para piorar ainda mais o cenário para a empresa, Pires lembra que o preço do barril do petróleo no mercado externo deve ficar mais caro em 2013, porque a economia americana está voltando a crescer e com isto aumenta o preço do barril do petróleo. Pires entende que, não havendo novos reajustes de preços, o custo do barril de petróleo subindo no exterior e as importações de gasolina crescendo este ano em torno de 22%, como admitiu o diretor Financeiro da companhia, Almir Barbassa, o cenário que se aproxima é de aprofundamento ainda maior das perdas na área internacional.

“A empresa está numa encruzilhada e, no caso da Petrobras, eu diria que é a Escolha de Sofia: se a empresa aumenta o preço explode com a inflação que já volta a dar sinais de que está saindo do controle; mas por outro lado, se não aumenta, explode a própria empresa. A verdade é que o governo deixou as coisas chegarem em um ponto que vai ser difícil  de retomar a fase e a trajetória de eficiência e de lucratividade que teve em um passado recente”.

Na avaliação do economista, o cenário é complicado e a recuperação só deverá ocorrer em um horizonte de três anos. “O que está assustando o mercado é que as captações continuarão para que a empresa consiga manter o padrão de investimento. Com a piora da geração de caixa da empresa e o efeito da desvalorização cambial sobre a dívida, a relação dívida líquida/Ebitda [Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização] elevou-se para 2,77 [em 2011, a relação era 1,66] e tendência é que aumente ainda mais, fato que pode provocar um futuro rebaixamento da classificação de risco da empresa, o que dificultaria e encareceria o custo da captação”.

(Agência Brasil)

AGU pede afastamento de Oscar Costa Filho por agir contra o Enem

82 1

Uma manifestação da Advocacia Geral da União deu entrada, na terça-feira última, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) para que o órgão apure a conduta do procurador da República, Oscar Costa Filho, e o afaste de ações relacionadas à educação. O pedido é referente a 11 ações protocoladas contra o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nos últimos três anos.

Em nota, a AGU por meio da Procuradoria-Geral Federal (PGF) e da Procuradoria-Geral da União (PGU), alega que além de ter entrado com diversas ações contra o Enem desde 2010, o representante do Ministério Público Federal concentrou as demandas judiciais sobre o assunto.

O órgão também afirma que Oscar Costa Filho descumpriu o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a União e o MPF a respeito de recursos contra a correção do Exame.

Procurador rebate

Procurado pela reportagem, o procurador Oscar Costa Filho, informou que as matérias alegadas pela AGU, ainda estão sob apreciação da Justiça. “Dessas 11 ações, algumas estão em segunda instância e a maioria foi julgada a nosso favor em primeira instância”. Conforme o procurador, as ações relativas ao Enem são demandas do MPF-CE, devido a ação ter sido iniciada no Ceará. “O debate à respeito do Enem, começou aqui em 2010, então o resto é só uma continuação”.

Procurador defende independência funcional do MPF Foto: José Leomar

Oscar Costa Filho esclareceu que o Ministério Público tem independência funcional para propor ações judiciais. “Eles não estão gostando de serem incomodados. Nós temos a independência funcional para isso”. O procurador explicou que após a instauração do processo, deve ser notificado para ser ouvido pelo Conselho Nacional do Ministério Público.”

(Com Agências)

CNI divulga balanço e define 2012 como ano "perdido" para a indústria brasileira

84 1

“A Confederação Nacional da Indústria (CNI) avalia que 2012 foi um ano “perdido” para a industrial de transformação. Apesar de o faturamento ter registrado alta de 2,4%, na comparação com o ano anterior, os indicadores industriais divulgados nesta quarta-feira, 6, pela entidade, apontam queda de 1,5% nas horas trabalhadas e recuo de 0,9 pontos percentuais na utilização da capacidade instalada.

Em 2012, a massa real de salários apresentou aumento de 5,1%, e o rendimento médio real subiu 5,3%. Este último inclui, além do salário, abonos, participação nos lucros e demais ganhos do trabalhador. Segundo a CNI, em 12 dos 19 setores pesquisados o faturamento apresentou crescimento, sendo o da indústria de papel e celulose o que apresentou maior aumento (28,2%), na comparação com 2011. O setor outros equipamentos de transporte (que abrange carrocerias, aviões, navios e reboques) apresentou a maior queda com 14,5%.

Este mesmo setor foi o que apresentou maior queda, também, na capacidade instalada, em comparação com o ano anterior, caindo 8,1 pontos percentuais. Ao todo 13 setores apresentaram queda nesse indicador. O maior aumento foi registrado no setor de madeira com 3,9 pontos. Os indicadores econômicos apontam queda no emprego em 11 dos 19 setores pesquisados, sendo o de indústria de produtos de metal o que apresentou maior recuo, de 6,8% em 2012, na comparação com 2011. O setor apresentou queda de 2,7% no faturamento real; de 5,9% nas horas trabalhadas; e de 1,1 ponto percentual na utilização da capacidade instalada.

Na comparação entre os meses de novembro e dezembro de 2012, a utilização da capacidade instalada caiu 0,5 ponto percentual, passando de 81,4 para 80,9 pontos (dados dessazonalizados). Na mesma comparação, o faturamento real cresceu 3,1%, e as horas trabalhadas na produção cresceram 0,8%.”

(Agência Brasil)

Acredite. Descoberta quadrilha que dava golpe em parlamentares

123 4

“A Polícia do Senado desbaratou uma quadrilha que aplicava golpes em senadores e deputados. Os estelionatários ligavam para os políticos de telefones dos estados de Alagoas e Sergipe, pedindo dinheiro com o argumento de que estavam em dificuldades e se passando por pessoas próximas de outros parlamentares. De acordo com o diretor da Polícia do Senado, Pedro Ricardo de Araújo, cerca de dez parlamentares, entre deputados e senadores, prestaram queixa sobre o golpe. Ele estima que a quadrilha extorquiu, apenas nos últimos dois meses, cerca de R$ 20 mil.

Segundo ele, quatro jovens foram identificados como autores do golpe e poderão ser indiciados pelos crimes de formação de quadrilha e estelionato. Eles foram ouvidos por agentes da Polícia do Senado que estiveram nos dois estados. “Vamos encaminhar o inquérito para o Ministério Público que vai decidir se oferece a denúncia. Mas, com as provas que colhemos, estamos certos de que eles serão indiciados”, disse Araújo.

O senador Benedito de Lira (PP-AL) disse que os estelionatários usaram o seu nome para aplicar o golpe em senadores. Segundo ele, a senadora Ana Amélia (PP-RS) depositou R$ 1,2 mil para uma pessoas que se passou por amigo dele. “Ela disse que um cara ligou em meu nome contanto que estava no meio de uma estrada com o carro quebrado e não conseguia falar comigo. Mas nunca autorizei ninguém a pedir nada em meu nome”, disse o senador.

O senador alagoano acredita que esse tipo de golpe se tornou comum no país porque, segundo ele, não há a devida punição. “Eles não diferenciam mais ninguém, quem é político de outros cidadãos. Está virando uma anarquia”, disse. Assessores da senadora Ana Amélia negaram que ela tenha sido vítima da quadrilha. Segundo eles, um funcionário do gabinete atendeu uma ligação dos estelionatários que pediam dinheiro, em nome do senador Benedito de Lira, para concerto de um carro que estava quebrado em uma estrada.”

(Agência Brasil)

North Shopping e Cameron Construtora fecham parceria em Sobral

sergigomes

O Grupo North Empreendimentos Brasil (GNEB) abre uma nova frente de atuação no Ceará, marcando sua entrada no interior do Estado. Acaba de compor mais uma parceria. Agora com o Sobral Shopping, localizado na cidade de Sobral (Zona norte), que será inaugurado no dia 25 de abril e passará a se chamar North Shopping Sobral. Nessa operação, o GNEB tornou-se sócio da Cameron Construtora, responsável pelas obras do novo empreendimento, que integra um conjunto comercial que conta ainda com uma torre empresarial e uma torre hotel.

“A previsão é de que o empreendimento receba 500 mil clientes/mês e de que as vendas cheguem aos R$ 200 milhões no primeiro ano de operação. O novo shopping, durante seu funcionamento, gerará cerca de 1.500 empregos diretos e 2.500 indiretos”, informa Sérgio Gomes de Freitas, do Grupo North Empreendimentos Brasil.

Situado no bairro Dom Expedito (Av. Monsenhor Aloísio Pinto, 300), o North Shopping Sobral tem ABL (área bruta locável) de 17.717,89 m2, com cinco lojas-âncora, três mega-lojas e 133 lojas-satélite. São 771 vagas rotativas para carros e 240 para motos, além de quatro elevadores e duas escadas rolantes. A área de lazer e entretenimento – com boliche, área de games e área infantil – tem o total de 734,60m2. O complexo de cinemas, conta com cinco salas (sendo uma 3D) e compreende uma área de 1.878,60 m2 .

Com 21 anos de atuação no mercado de shopping centers, o GNEB também é integrado pelo North Shopping Fortaleza, North Shopping Maracanaú, Via Sul Shopping e North Shopping Parangaba – este último com inauguração marcada para 31 de outubro deste ano. Segundo Antônio Câmara, presidente da Cameron Construtora, além do North Shopping Sobral, a construção das torres comercial e de hotelaria tem o objetivo de suprir as necessidades de hospedagem e de aluguel de salas comerciais em Sobral, apontada como a quarta economia do Estado e a 11ª do interior nordestino.

“Sobral possui uma grande população itinerante e pouca estrutura hoteleira e os hotéis que existem não têm estrutura para hospedar grandes empresários. O Gran Hotel certamente será um grande passo para a cidade. Já o Cameron Tower vem suprir a falta de salas comerciais e de espaço para realização de eventos”, acrescenta Fabiano César, da Cameron Engenharia.