Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Sobe para 239 número de mortos na boate Kiss

“A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul informou que morreu no final da noite deste domingo mais uma vítima do incêndio na boate Kiss, ocorrido na madrugada do dia 27 de janeiro em Santa Maria. O paciente, que não teve a identidade divulgada, estava internado no hospital Cristo Redentor, em Porto Alegre. Com isso, o número de mortos por causa da tragédia chega a 239.

Ao todo, 49 pacientes ainda seguem hospitalizados devido ao incêndio na Kiss.Deste total, 13 pacientes precisam de ventilação mecânica para respirar. Os feridos estão em hospitais de Porto Alegre, Caxias do Sul, Canoas e Santa Maria.”

(JB Online)

"Papudim" é contratado pela Globo

126 1

papudin

O humorista cearense Bené Barbosa, que faz personagem “Papudim”, acaba d ser contratado pela Globo – via Fausto Silva. Vai ser responsável, ao lado de Tirulipa, filho de Tiririca, de esquetes de humor aos domingos.

A reação do público à apresentação deles, neste domingo de Carnaval, foi das melhores. No perfil do Papudim no Facebook, não faltaram elogios ao show que os dois deram no programa do Faustão.

(Com Blog Gente de Mídia)

Projeção do Brasil na agenda internacional é tema de palestra nos Estados Unidos

95 1

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, está nesta segunda-feira (11), em Cambridge, nos Estados Unidos, para fazer uma palestra na Kennedy School of Government (instituto de relações internacionais da Universidade de Harvard). O tema da palestra de Patriota é a Projeção Global do Brasil: Uma Agenda Diplomática voltada para o desenvolvimento e para a paz. Em abril do ano passado, Dilma Rousseff fez palestra no mesmo local, quando mencionou os avanços econômicos do Brasil e o respeito aos preceitos democráticos no país.

Nesta terça-feira (12), o chanceler participa das discussões no Conselho de Segurança do Conselho das Nações Unidas (ONU). Patriota também se reúne com o ministro de Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul, Kim Sung-hwan, que preside o conselho até o final deste mês, e com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e com o presidente da Assembleia Geral das Nações Unidas, Vuk Jeremić.

No seu discurso no Conselho de Segurança, Patriota deverá cobrar da comunidade internacional, em Nova York, nos Estados Unidos, a chamada “responsabilidade ao proteger” – que é a exigência dos parceiros internacionais que garantam mecanismos de verificação sobre a execução de ações de ajuda humanitária e segurança aos civis nos conflitos armados.

Segundo analistas políticos, a participação de Patriota nas discussões do Conselho de Segurança é uma demonstração de que o governo brasileiro tem condições de ampliar a atuação no órgão e nas negociações internacionais. A presidenta Dilma Rousseff cobra a reforma do conselho para aumentar o número de assentos permanentes e rotativos e o direito de o Brasil participar do órgão como titular.

O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) é formado por 15 países – cinco permanentes e dez rotativos, que se revezam a cada dois anos. O órgão é responsável pela definição de medidas de segurança para as regiões em conflito. Os debates, na próxima semana, concentram-se em um tema único: a proteção de civis em áreas de confrontos armados.

(Agência Brasil)

Petição contra Renan alcança meta de assinaturas

102 2

renan senador

Será necessário talvez que o barulho do Carnaval passe para a grande maioria dos brasileiros se dar conta, mas o fato é que a petição pelo afastamento de Renan da presidência do Senado alcançou a meta de assinaturas estabelecida pelos autores da iniciativa. Ou seja, mais de 1% do eleitorado nacional – isto é, 1 milhão 360 mil pessoas – já assinou o documento que pede o impeachment do senador Renan Calheiro (PMDB-AL).

A mobilização digital contra a volta de Renan ao cargo ao qual ele renunciou, no final de 2007, abalado por várias denúncias graves, foi iniciada pela ONG Rio de Paz e teve imediata adesão de diversas entidades da sociedade civil. A ideia original era pressionar pela eleição de um político ficha limpa para presidir o Senado e, por conseguinte, o Congresso Nacional (o presidente do Senado acumula as duas funções). Eleito no último dia 1º com o voto de 56 dos 81 senadores, Renan é acusado de ter cometido três crimes pela Procuradoria-Geral da República.

(Congresso em Foco)

Dilma propõe pacto por carnaval sem violência no trânsito

A presidente Dilma Rousseff pediu nesta segunda-feira (11) que os foliões aproveitem o carnaval no país, mas tenham cuidado na hora de dirigir. “Não podemos deixar que essa alegria, muito contagiante, dê lugar à tragédia e à tristeza”, destacou.

No programa semanal Café com a Presidenta, ela comentou ainda as alterações que tornaram a chamada Lei Seca mais rigorosa. Segundo Dilma, de cada cinco acidentes registrados nas estradas de todo o país, um é provocado por motorista que estava sob o efeito do álcool. “Por isso, é tolerância zero para quem misturar bebida com direção de automóvel ou direção de moto.”

Sobre a negativa de muitos motoristas na hora de passar pelo bafômetro, a presidente lembrou que a legislação também prevê mudanças nesse aspecto. “Com a nova Lei Seca, a polícia e os agentes de trânsito passaram a ter outras maneiras de comprovar se a pessoa bebeu antes de dirigir”, disse, ao citar fotos, vídeos e depoimentos de testemunhas.

Para a presidente, a redução da violência no trânsito depende de fiscalização, mas sobretudo da conscientização dos motoristas. Segundo ela, boa parte das pessoas que estão ao volante precisa mudar o comportamento no trânsito, dirigindo com mais cautela, evitando o excesso de velocidade, as ultrapassagens perigosas e a desobediência à sinalização.

“Quero propor aos nossos foliões um pacto por um carnaval seguro. Aproveite bem, divirta-se, curta o carnaval, mas com cuidado e responsabilidade. Quem beber, não dirija, pegue um ônibus, um táxi, um metrô, peça carona a um amigo que não tenha bebido ou até não viaje – adie a viagem. O Carnaval termina na Quarta-feira de Cinzas, mas a vida de todo mundo continua.”

(Agência Brasil)

Santos perde e Neymar reclama de jogo neste domingo de Carnaval

85 1

O jogador Neymar apontou a chuva e o jogo, neste domingo de Carnaval, como fatores que atrapalharam o Santos na derrota para o Paulista por 3 a 1, no Pacaembu. “A gente tem de cutucar um pouco e falar sobre isso. Jogar domingo de Carnaval, dia de folga, fica difícil”, disse Neymar, ainda no campo.

Ao ser lembrando que a mudança foi pedida pela diretoria do Santos, o craque santista minimizou a crítica. “Não sei quem foi. Se foi diretoria ou federação paulista. Mas isso atrapalha nossa programação”, disse ele. O atacante santista ostentava oito jogos seguidos sem derrotas pelo Santos. Ao menos manteve a boa média de gols: sete em oito partidas.

Sobre a chuva, Neymar falou que o time sentiu o campo pesado e não conseguiu colocar em prática o estilo de jogo de outras exibições. “Nosso time gosta de tocar a bola. Com campo molhado e muitas poças de água ficou difícil. Gramado foi o que mais atrapalhou”, disse.

* Da Folha Online aqui.

Festival Jazz & Blues – Waldonys participará de dueto em homenagem a Luiz Gonzaga

waldonys

A segunda noite do Carnaval jazzístico cearense traz uma mistura animada de ritmos para homenagear grandes nomes da música brasileira. Quem foi à Serra de Guaramiranga neste domingo, vai conferir o sanfoneiro e cantor Waldonys dividindo o palco com o carioca Misael da Hora. Será um dueto no show “Baião Instrumental – Homenagem a Luiz Gonzaga”, a partir das 21h30min no palco da Cidade Jazz & Blues.

Seguindo o fluxo das homenagens, o cantor Marcos Lessa,preparou um Tributo a Wilson Simonal. Em sua apresentação, o aclamado como melhor intérprete no I Festival de Música da Assembleia Legislativa do Ceará, realizado em 2012, será acompanhado por um quinteto de músicos reconhecidos da cena cearense: Eduardo Holanda (violão) e Tito Freitas (piano), que assinam a direção musical, Thiago Rocha (sax), Miquéias dos Santos (baixo) e Adriano Azevedo (bateria).

Ensinos fundamental e médio poderão ter aulas de Filosofia e Sociologia

104 1

Proposta em tramitação na Câmara altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB – 9.394/96) para incluir nos currículos dos ensinos fundamental e médio as disciplinas de filosofia e sociologia. A medida está prevista no Projeto de Lei 4744/12, do Senado.

A proposta original, do senador Sérgio Souza (PMDB-PR), previa a criação, no ensino fundamental, da disciplina de “Cidadania Moral e Ética” e, no ensino médio, da disciplina de “Ética Social e Política”. Após alterações durante a tramitação no Senado, o texto que chega à Câmara torna obrigatório o ensino de filosofia e sociologia.

O senador cita um levantamento feito pelo Fórum Econômico Mundial, englobando 60 países, que colocou o Brasil na 11ª posição entre os países com maior estabilidade financeira. Por outro lado, o mesmo levantamento mostra o País entre os dez mais corruptos e entre os cinco com pior desempenho em termos de eficiência da Justiça.

“Não tenho dúvidas de que esses e outros problemas cruciais da nossa sociedade somente conseguirão ser superados de maneira definitiva pela implantação de uma política educacional cada vez mais voltada para a formação moral e ética das nossas crianças, refletindo positivamente na formação do caráter dos nossos jovens, preparando-os para o exercício responsável da cidadania”, argumenta.

(Agência Câmara de Notícias)

Telefônicas questionam lei que obriga cancelar multa contratual de desempregados

A Associação das Operadoras de Celulares (Acel) ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4908) contra a Lei 6.295/2012, do Estado do Rio de Janeiro, que obriga as operadoras de telefonia celular e fixa a cancelarem a multa de fidelidade quando o usuário comprovar que perdeu o emprego após a adesão do contrato. De acordo com a associação, “a lei está absolutamente maculada por vício de inconstitucionalidade”, uma vez que a competência para legislar sobre serviços de telecomunicações é privativa da União, conforme prevê o artigo 21, inciso XI, da Constituição Federal.

“A União é a única legitimada a definir as condições de exploração do serviço e a estabelecer obrigações das operadoras associadas”, afirmaram na ADI os advogados da Acel, ao destacarem que há um sistema nacional de telecomunicações que deve obedecer a um ordenamento jurídico uniforme em todo o território nacional, estabelecido a partir de disposições constitucionais e de leis federais.

A Acel alega ainda que a obrigação imposta pela lei compromete o equilíbrio econômico financeiro das autorizações concedidas às operadoras associadas, na medida em que possibilita ao usuário deixar de arcar com os valores da rescisão antecipada do contrato de prestação de serviços.

Pela lei estadual, as operadoras já estão impedidas de cobrar multa contratual dos que comprovarem a perda do emprego, pois o prazo de 90 dias para que as empresas se adequassem à nova regra terminou no dia 17 de outubro de 2012. Por essa razão, a associação pede liminar para suspender integralmente a eficácia da Lei 6.295/2012 até o julgamento definitivo da ação. No mérito, pedem que a norma seja declarada inconstitucional.

(STF)

Fifa divulga relação com 16 novos centros de treinamento para a Copa de 2014

A Federação Internacional de Futebol (Fifa) divulgou a segunda e penúltima lista de locais aptos a receber as 32 seleções – incluindo a brasileira – que vão disputar a Copa do Mundo de 2014.

A nova versão do Catálogo de Centros de Treinamento de Seleções (CTS) sugere 16 novas opções de lugares onde as equipes vão poder se hospedar e treinar, elevando para 70 o número de opções já aprovadas pela entidade em parceria com o Comitê Organizador Local (COL). A primeira lista, com 54 alternativas espalhadas por 43 cidades de todo o país, havia sido divulgada em 1 de agosto de 2012.

São as próprias seleções que, a partir das informações técnicas do catálogo, escolhem os lugares que servirão de base para os atletas se aclimatarem e se prepararem para o evento. Cada opção é composta por um hotel e um local de treinamento. A exigência da Fifa é de haja ao menos 64 pares de alternativas aprovadas. Assim, cada equipe tem ao menos duas opções de escolha. As seleções tem até janeiro de 2014 para dizer onde querem se hospedar e treinar.

Dos novos lugares desta segunda lista, nove ficam na região Sudeste (seis em São Paulo, dois no Rio de Janeiro e um em Minas Gerais). Outros cinco ficam na região Sul (dois no Rio Grande do Sul, dois em Santa Catarina e um no Paraná). Há ainda uma nova opção na região Nordeste, no Maranhão e uma na região Centro-Oeste, em Brasília. Na capital federal foi selecionada a Vila Olímpica do Corpo de Bombeiros como local de treino e o hotel Manhattan Plaza.

Dos 70 hotéis e centros de treinamento já aprovados pela Fifa, a maior parte (39) fica na região Sudeste, espalhados por cidades como, por exemplo, Belo Horizonte (MG), Barra do Piraí (RJ), Ipatinga (MG), Ribeirão Preto (SP), Santos (SP), São Paulo (SP) e Vitória (ES).

Em seguida vem a região Sul, com 19 locais em Bento Gonçalves (RS), Cascavel (PR), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS), Joinvile (SC), entre outros. A regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste dispõem de 4 opções cada.

(Agência Brasil)

Máscaras de "Mensaleiros" animam baile carnavalesco

109 2

sirin

A irreverência do bloco “Siri na Lata” não poupou, no tradicional Baile do Recife, gente condenada pelo Mensalão. Foi o toque irônico à classe política, que sempre marca a passagem desse bloco que, a cada ano, atrai mais participantes.

Máscaras de José Genoíno e José Dirceu e até do ministro Lewandowski (STF), que ganhou alcunha de “libertowski” por ter sido a favor dos mensaleiros em algumas ocasiões,  predominaram no salão.

(Foto – Portal Uol)

Projeto aumenta pena para quem matar agentes da área de segurança pública

128 1

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 4629/12, do deputado Alexandre Leite (DEM-SP), que prevê pena de até 30 anos de reclusão para quem matar agentes públicos da área de segurança, como policiais, agentes penitenciários, oficiais de justiça, bombeiros militares, guardas civis, promotores e juízes.

Atualmente, o crime de homicídio é punido pelo Código Penal com pena de reclusão de 6 a 20 anos.

“Os meios de comunicação têm mostrado a escalada da violência contra os funcionários públicos da segurança. A Nação tornou-se refém dos criminosos, de delinquentes, e o cidadão esconde-se, atemorizado, ameaçado, diminuído”, diz o deputado.

Conforme o projeto, cometer atentado contra qualquer autoridade da segurança pública, bem como contra repartição da área de segurança pública, é um crime punível com reclusão de 4 a 8 anos. Se o atentado resultar em morte de agente público, a pena passa a ser de reclusão de 15 a 30 anos.

Na mesma pena incorre quem cometer atentado contra o cônjuge, companheiro ou parente consanguíneo até terceiro grau de agente de segurança pública.

(Agência Câmara de Notícias)

Ministro dos Portos confere o "Galo da Madrugada"

103 2

leonidda

 

O secretário nacional dos Portos, ministro Leônidas Cristino, passa o Carnaval no Recife. Ali, teve direito a conferir o bloco “Galo da Madrugada”, como convidado do governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Canmpos. No grupo, também o ministro Fernando Bezerra, da Integração Nacional.

O governador Cid Gomes até que foi convidado, mas, por conta de crise de sinusite, acabou recolhido à sua chácara no município da Meruoca.

(Foto – Divulgação)

 

Rendimento da poupança não acompanha evolução dos preços, avalia especialista

Além de corroer o poder de compra da população, a inflação traz preocupações para quem guarda dinheiro na mais segura das aplicações financeiras. Influenciada pelos juros baixos e pela nova regra adotada no ano passado, a caderneta de poupança rende cada vez menos e não acompanha a evolução dos preços.

Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que a inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ficou em 0,86% em janeiro deste ano. Foi a maior variação mensal desde abril de 2005, quando a alta tinha somado 0,87%, e o maior percentual para o mês desde 2003.

A preocupação para quem fez depósitos em caderneta de poupança a partir de 4 maio de 2012 é que uma nova regra passou a valer para as cadernetas de poupança. A remuneração só será a Taxa Referencial (TR) mais 6% ao ano quando a taxa básica de juros (Selic) for superior a 8,5% ao ano. Caso fique abaixo, a remuneração passa a ser 70% da Selic mais a TR. Como a Selic está em 7,25% ao ano, neste momento vale a nova regra.

Mesmo antes do IBGE divulgar a inflação de janeiro, analistas de mercado, como o vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças Administração e Contabilidade (Anefac), Miguel José Ribeiro de Oliveira, já consideravam que as novas aplicações em poupança devem render menos que a inflação neste ano. “As aplicações tradicionais estão perdendo para a inflação. A inflação está corroendo parte da renda do brasileiro. Agora, se continuar, pode haver pressão por reajustes maiores de salário.”

O governo já sinalizou preocupação com a inflação se aproximando do teto da meta. Houve a redução dos preços da energia e o pedido para que as prefeituras não aumentem o preço dos transportes.

(Agência Brasil)

Projeto garante compensação por atraso na entrega de imóvel

Se o atraso na entrega de imóvel for superior a 180 dias, o incorporador deverá pagar ao comprador multa de 2% sobre o valor já pago e de 0,5% ao mês sobre o mesmo montante enquanto perdurar o atraso, sem prejuízo de outras indenizações, podendo tais valores serem compensados nas prestações devidas. É o que prevê o PLS 7/2013, que se encontra em tramitação inicial na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ).

Se o projeto for aprovado, a norma só terá validade para os contratos celebrados a partir do início de sua vigência, prevista em 90 dias a partir da publicação da lei. O PLS 7/2013 acrescenta o inciso III ao artigo 43 da Lei 4.591/1964, que dispõe sobre o condomínio em edificações e as Incorporações imobiliárias.

O autor do projeto, senador Gim Argello (PTB-DF) observa que o lançamento de alguns empreendimentos imobiliários pelas incorporadoras não tem seguido planejamento adequado. Ele lembra que a entrega de imóvel comercializado tem enfrentado atrasos, em virtude do ritmo das construções, acrescido de procedimentos burocráticos a cargo de incorporadoras, inclusive os relacionados aos cartórios de imóveis, além da falta de documentação necessária, como alvarás e licenciamentos indispensáveis à análise e aprovação das obras.

Embora a maioria dos contratos hoje contenha a previsão de tolerância de até 180 dias para a entrega dos imóveis, Gim Argello ressalta que a imprensa tem noticiado atrasos que desmoralizam o setor, na medida em que ultrapassam qualquer medida que se possa ter como razoável, com prejuízos ao cidadão comum que muitas vezes investe nesse empreendimento todas as suas economias.

Gim Argello ressalta que, com intervenção do Ministério Público e mediante acordos, o comprador tem recebido das empresas multa de 2% sobre o valor pago e de 0,5% ao mês sobre o mesmo montante, enquanto durar o atraso, podendo até obter o pagamento de aluguel de outro imóvel em substituição àquele que não foi ainda entregue.

Mesmo assim, observa Gim Argello, falta regra precisa que traga maior segurança ao consumidor quanto ao cumprimento dos prazos acordados e, concomitantemente, garanta confiabilidade ao setor da construção e venda imobiliária.

(Agência Senado)

Projeto tipifica como crime ‘bullying’ praticado pela internet

O senador Clésio Andrade (PMDB–MG) apresentou projeto de lei que criminaliza o bullying virtual. O PLS 21/2013 tipifica as agressões passíveis de penas, que vão até três anos de detenção, para esse tipo de ação que causa sofrimento psicológico e constrangimento mesmo que transitório. De acordo com o projeto, bullying virtual é considerado a ação de “violência emocional por meio da propagação de mensagem humilhante ou constrangedora via correio eletrônico, sítio da internet, redes sociais ou dispositivos da telefonia móvel”.

Segundo a proposta, qualquer ofensa relacionada à orientação sexual, etnia, religião, deficiência e a pessoas idosas poderá levar à detenção de três meses a um ano, além de multa. Discriminação por características pessoais como distúrbios motores ou de dicção também poderão deixar o agressor até três anos na cadeia.

Além disto, se for comprovada incidência de transtorno mental permanente, autoagressão ou agressão a terceiros por parte vítima, desencadeados pelo bullying, o autor poderá ser penalizado com detenção de seis meses a um ano, além de multa. Nesse caso, também se aplicaria pena específica relacionada à violência. Se o autor do bullying virtual for criança ou adolescente, deverão ser aplicadas medidas correcionais e socioeducativas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA- Lei 8.069 de 1990).

Clésio Andrade chama atenção para as particularidades e consequências do bullying virtual, que requer medidas detalhadas, segundo afirma.

– O espaço virtual é ilimitado, o poder de agressão se amplia e a vítima se sente mais acuada. Também, nesse tipo de agressão, o anonimato tende a aumentar a crueldade dos comentários e das ameaças, e os efeitos tendem a ser extremamente graves.  Muitas vezes, o bullying afeta tão violentamente o estado psicológico da vítima que resulta em transtornos irreversíveis, algumas vezes causadores até mesmo de suicídio.

(Agência Senado)

AFBNB divulga manifesto em defesa do Banco do Nordeste

Com o título “Instabilidade plantada. A quem interessa?”, eis manifesto divulgado, neste sábado, pela diretoria da Associação dos Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (AFBNB). Aborda as especulações em torno de uma possível queda do presidente do banco, Ary Joel. Confira:

Tem sido frequente a inserção de matérias na imprensa dando conta de possíveis mudanças na gestão do Banco do Nordeste do Brasil. A mais recente, da hora, que circula em redes sociais, indica que a próxima edição de uma revista traz a Decisão da Presidenta da República por demitir o Presidente do Banco, cuja ordem já havia sido expedida ao Ministério da Fazenda.

Consta da referida mensagem que o motivo seria a insatisfação dos governadores da região com a “indisposição” do Presidente em recebê-los, a redução das operações de infraestrutura e o fato de o mesmo ainda não ter fixado residência em Fortaleza (CE), sede da Instituição. É no mínimo estranha essa atitude, pois não se observou qualquer sinal de preocupação das citadas autoridades em situações realmente temerosas, por exemplo, quando foi indicado para o Banco em meados de 2011 um gestor que, diante dos fatos, tinha características de “ficha suja”, e que por isso foi obrigado a renunciar um ano depois; tampouco recentemente durante os casos de corrupção que levaram a Instituição mais uma vez às páginas policiais e que causaram alterações na cúpula do Banco.

Esse quadro de notinhas na imprensa parece mais um jogo de interesses, do tipo “coisa plantada”, por iniciativa de quem está sendo contrariado, de toda ordem, inclusive política. Assim, também não é descartada a possibilidade de chantagem política, haja vista a possível necessidade da montagem de um palanque em torno da reeleição à Presidência da República. Esse tipo de situação, também inescrupulosa, assim como os casos já referenciados, gera um quadro de instabilidade institucional desnecessário e de insegurança interna, além de incertezas para a sociedade, principalmente na área de atuação do BNB, tão sofrida e carente da ação creditícia do Banco. Isto não interessa aos trabalhadores e à sociedade. Então, a quem interessa?

A AFBNB mais uma vez vem a público para protestar veemente contra esse tipo de tratamento e desserviço ao Banco. Por oportuno enfatiza: É urgente que o Governo Federal se pronuncie sobre esses fatos. Não é admissível que pessoas ou segmentos organizados se utilizem do nome da Presidenta da República, e se valham dos governadores dos Estados para seus interesses mesquinhos.

O BNB não é e nem pode ser tratado como moeda de troca da barganha política de quem quer que seja. A sociedade nordestina e de toda a área de atuação do Banco, assim como os próprios trabalhadores do BNB, merecem e exigem respeito.

Pela Associação dos Funcionários do BNB

Rita Josina Feitosa da Silva.

Dilma Rousseff tem base infiel

“Um levantamento inédito feito pela consultoria Arko avaliou o comportamento dos partidos no Congresso durante a primeira metade do mandato de Dilma Rousseff — e mostrou que o apoio ao governo na Câmara diminuiu no ano passado.

Em 2011, o governo foi derrotado em apenas uma votação; em 2012, perdeu em oito.

Entre os partidos da base, o mais infiel ao Palácio do Planalto na Câmara foi o PR. Apoiou somente 35% dos projetos do governo. O PMDB foi o sexto mais fiel entre os aliados. Ficou ao lado do governo metade das vezes.”

(Coluna Radar  Veja Online)

Para Wellington Dias, oposição tenta criar falsa ideia de prejuízo na Petrobras

142 2

A “chuva de críticas” dirigidas pela oposição à Petrobras, desde que a empresa divulgou seu balanço, cria uma falsa impressão de que houve prejuízo, o que só beneficia especuladores e aumenta a pressão para abertura do capital da estatal. A avaliação é do líder do PT no Senado, Wellington Dias (PI), em pronunciamento nessa sexta-feira (8).

Segundo o parlamentar, os resultados da empresa de 2012 mostram redução de crescimento dos lucros, o que não pode ser tratado como prejuízo, uma vez que a Petrobras acumulou um lucro liquido de R$ 21 bilhões no último ano, “menor apenas que o verificado em 2010 e 2011”, como observou.

– A oposição fala em má gestão, em aparelhamento político, mas, hoje, a Petrobras tem um lucro dez vezes superior a período em que o país foi governado pela oposição – disse.

O senador lembrou que, em audiência pública no semestre passado, a presidente da Petrobras, Graça Foster, já apontava a possibilidade de queda na lucratividade da empresa, devido, entre outros fatores, a alterações no câmbio.

Para o parlamentar, os críticos tratam isoladamente da redução de lucros e ignoram resultados positivos.

– Os que fazem a crítica isolam a questão do lucro para ofuscar resultados relevantes. No último trimestre, o lucro líquido aumentou 39% em relação ao trimestre anterior, o que mostra que saímos, a partir de reajustes autorizados pela presidenta Dilma, para melhores resultados – frisou.

Ainda para exemplificar os resultados positivos obtidos pela empresa, o parlamentar apontou o cumprimento da meta de produção em 2012 e o crescimento dos investimentos, “mais de R$ 84 bilhões, para exploração e produção”.

– Analistas de mercado e especialistas detectam movimento, de alguma forma incentivado pela oposição, para tentar diminuir o valor e a imagem da Petrobras. Assim, outros lucrarão na compra das ações a preços mais baixos ou ainda para justificar uma maior abertura ao capital privado na exploração direta nos recursos do valioso pré-sal, o que é contra os interesses do Brasil – afirmou Wellington Dias.

(Agência Senado)