Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Datafolha – Pesquisa sobre efeito Eduardo-Marina sai do forno neste fim de semana

219 5

brasil-politica-marina-silva-jpg-300x168

“Está previsto para este fim de semana a publicação de uma nova pesquisa Datafolha, a primeira já com a nova configuração sucessória. Os nervos em Brasília estão à flor da pele.

O Palácio do Planalto supõe que o resultado pode ser bom para Dilma. Avalia-se que a união entre Marina Silva e Eduardo Campos ainda não virou um fato para o eleitor médio. Assim, no cenário sem Marina, Dilma tenderia a subir um pouco.”

(Coluna Radar- Veja Online)

Auditoria do MS detecta sumiço de equipamentos no Hospital de Sobral

260 3

“Uma auditoria do Ministério da Saúde apontou o sumiço de aparelhos médicos comprados pelo governo do Ceará para equipar um hospital em Sobral, no interior do Estado. A unidade ficou conhecida por ter sido inaugurada em janeiro com um show de Ivete Sangalo, pelo qual o governador Cid Gomes (Pros) pagou R$ 650 mil. Menos de um mês após a inauguração, uma estrutura da fachada desabou e feriu uma pessoa. Em vistoria feita em maio, técnicos do ministério não localizaram equipamentos orçados em R$ 819 mil, bancados com recursos federais. O relatório da auditoria pede a devolução do valor à União. 

A Secretaria da Saúde do Ceará e a administração do HRN (Hospital Regional Norte, nome oficial da unidade) negam problemas e dizem que todos os equipamentos estão no hospital. Os técnicos não localizaram 13 ventiladores pulmonares, dois aparelhos móveis de raio-X, um aparelho de anestesia e um foco cirúrgico (equipamento auxiliar para cirurgias). O relatório afirma que “os equipamentos adquiridos e identificados, em sua maioria, encontram-se sem uso” e aponta casos de aparelhos já quebrados.

A auditoria foi solicitada pelo Ministério Público Federal, que estuda entrar com ação de improbidade administrativa contra a gestão. “É grave a inauguração de um hospital sem condições de funcionamento”, disse o procurador Oscar Costa Filho. “Oficialmente esses equipamentos foram adquiridos e pagos, mas não foram localizados. De R$ 25 milhões em recursos federais aplicados no hospital [para compra de equipamentos], quase R$ 1 milhão sumiu”, afirmou. No caso dos 13 ventiladores pulmonares, os auditores inicialmente não encontraram comprovação do recebimento dos equipamentos.”

* Da Folha de São Paulo, leia aqui.

Mercado de trabalho mostra estabilidade em setembro

“O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), da Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou praticamente estável em setembro (variação de 0,1%), na comparação com o mês anterior. O índice busca antecipar tendências do mercado de trabalho para os próximos meses, com base em entrevistas com consumidores e empresários da indústria e do setor de serviços.

Entre os componentes usados para medir o indicador, a maior alta foi observada na perspectiva dos consumidores de encontrar emprego em sua própria região (4,3%). Por outro lado, os empresários de Serviços estão menos otimistas em relação a contratações futuras, pois o componente teve queda de 1,1%.

Outro índice da FGV, o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD), apontou para uma leve piora, de 0,5%, na percepção do consumidor sobre o mercado de trabalho atual. As piores avaliações ficaram com as duas faixas de renda mais baixa dentre as quatro analisadas pela FGV: a avaliação dos consumidores com renda abaixo de R$ 2,1 mil piorou 0,7%, enquanto a daqueles com renda entre R$ 2,1 mil e R$ 4,8 mil teve uma piora de 0,8%.”

(Agência Brasil)

Termina greve dos bancários

238 1

Acabou a greve dos bancários, que durava 23 dias. A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) e o Comando Nacional dos Bancários, coordenado pela Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro) chegaram a um acordo durante reunião em São Paulo, na madrugada desta sexta-feira. Os bancários aceitaram a proposta de reajuste de 8%. Haverá assembleias estaduais para aprovação do fim da greve até segunda-feira.

Ainda segundo o Comando, as partes concordaram em uma compensação de no máximo uma hora por dia até 15 de dezembro pelos dias de paralisação. A categoria afirma em nota que recebeu proposta de reajuste de 8% com ganho real de 1,82%, além de reajuste de 8,5% nos pisos, com ganho real de 2,29%. A categoria já havia rejeitado duas propostas de reajuste salarial, de 7,1% e 6,1%, e reivindicava 11,93%.

(Com Agências)

Lula critica a imprensa e diz que há preconceito em relação a políticas de renda

220 3

O ex-presidente Lula criticou, nesta quinta-feira, a imprensa por dar destaque a fraudes no Bolsa Família, mas disse que está acostumado a tomar “bordoada” e tem “casco de tartaruga”. Segundo o Globo, foi quando participou do encerramento da III Conferência Global de Combate ao Trabalho infantil. Lula saudou o ministro Manoel Dias (Trabalho), que acaba de enfrentar um escândalo de corrupção em sua pasta, como “companheiro de longa data”.

– Outro dia noticiaram a fraude em 80 carnês do Bolsa Família. Em vez de a manchete do jornal ser sobre quem clonou, foi uma crítica que tinha fraude no Bolsa Família. Se fosse um assalto a banco, a manchete ia ser: “Banco é assaltado”. Estamos acostumados a tomar bordoada, mas nós temos casco de tartaruga. Tereza (Campelo), fique com cara boa, porque essa luta nós já vencemos – disse Lula, dirigindo-se à ministra do Desenvolvimento Social.

Lula também criticou a imprensa por supostamente não dar atenção ao tema da conferência, o combate ao trabalho infantil, e se ater a temas “banais e secundários”, muitas vezes de forma “sensacionalista”:

– Quero confessar que eu tinha a impressão de que esse evento estava proibido para a imprensa porque um assunto dessa magnitude, com os resultados extraordinários conquistados por muitos países do mundo e pelo Brasil, mereceu menos atenção do que qualquer outro assunto banal do noticiário brasileiro. É uma pena que muitas vezes as coisas sérias não são tratadas com seriedade, é uma pena que as coisas banais, as coisas secundárias, sejam tratadas de forma quase sensacionalista.

Para uma plateia composta também por estrangeiros, o ex-presidente disse que, no Brasil, há preconceito em relação a políticas de transferência de renda:

– O que dá para os ricos é investimento, e para os pobres é gasto, a ponto de dizerem na minha cara que nós estávamos criando um exército de vagabundos.

O ex-presidente não quis dar entrevista:

– Minha filha, publica o que eu já falei (no discurso).

José Pimentel: Substituição tributária impede fortalecimento das microempresas

pimentell

A substituição tributária tem sido o principal entrave ao fortalecimento das micro e pequenas empresas instaladas no país. A avaliação do senador José Pimentel (PT) foi feita nesta quinta-feira, na Câmara dos Deputados, durante seminário nacional sobre alterações no Estatuto das Micro e Pequenas Empresas. As mudanças estão previstas no Projeto de Lei Complementar 237/2012, em tramitação no Congresso Nacional.

Segundo Pimentel, somente a partir da aprovação desse projeto será possível estabelecer novos parâmetros de mediação com o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), os municípios, os estados e o governo federal. “Precisamos enfrentar com muita firmeza a substituição tributária. Não podemos aceitar que os governos estaduais continuem premiando as grandes empresas com incentivos fiscais, enquanto penalizam os pequenos empreendedores, ao neutralizar os benefícios da lei do Simples Nacional”, disse.

Pimentel ressaltou que as micro e pequenas empresas geram mais empregos e têm sido responsáveis pelo aumento da arrecadação de ICMS nos estados. O bom desempenho do setor na geração de postos de trabalho se confirma em pesquisa do Sebrae, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego. O documento informa que, no mês de agosto, as micro e pequenas empresas geraram 127.439 empregos com carteira assinada, enquanto as médias e grandes foram responsáveis pela perda de 2.463 empregos.

O senador apontou os aspectos do Estatuto das Micro e Pequenas Empresas que devem ser alterados para beneficiar ainda mais o setor. Segundo Pimentel, o enquadramento do empreendedor individual e dos micro e pequenos empresários deve ser feito pelo faturamento. “Somente dessa forma deixaremos de excluir setores, como ocorre hoje” disse. A simplificação do processo de alteração estatutária e a baixa das empresas é outro ponto que precisa ser garantido, na avaliação de José Pimentel.

(Com Agência Senado)

Projeto isenta associações de moradores de pagar taxas

“A Câmara dos Deputados aprovou hoje (10), em votação simbólica, o Projeto de Lei 5.643/2009, que dispensa as associações de moradores do pagamento de taxas e emolumentos, para se adaptarem ao Código Civil e ao enquadramento como organizações da sociedade civil de interesse público (Oscips).

Apresentado em 2006 e aprovado em 2009 pelo Senado, o projeto de autoria da ex-senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) segue para a sanção presidencial. De acordo com a autora, a medida é necessária porque as associações “prestam relevante serviço de mobilização e organização social, com atuação na melhoria da qualidade de vida da população”.

“Além disso, as entidades necessitam fazer despesas cartorárias com alteração de seus atos constitutivos, para que possam pleitear o enquadramento como Oscips. Daí porque consideramos ser medida de inteira justiça isentar as entidades do ônus advindo das inovações legislativas”, explicou Slhessarenko.”

(Agência Brasil)

Lobão diz que aumento do preço da gasolina não está certo

“O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje (10) novamente que o governo não definiu se haverá reajuste no preço da gasolina neste ano. “Não sei nem se terá”, respondeu o ministro a jornalistas, ao ser perguntado se o aumento poderia ser de 6%, para completar o percentual solicitado pela Petrobras. No início do ano, o governo autorizou aumento de 6,6% da gasolina nas refinarias, para alinhar o preço do combustível ao mercado internacional. O reajuste solicitado pela Petrobras foi 13% para todo o ano.

Há duas semanas, Lobão disse que o assunto está sendo discutido pelo Conselho de Administração da Petrobras, presidido pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele sinalizou que o combustível poderá ter novo aumento até o fim do ano. “O presidente do conselho, ao aprovar o aumento em janeiro, disse que poderia haver até o fim do ano uma nova revisão dos preços. Quem decide isso é a diretoria e o Conselho de Administração da Petrobras”, disse Lobão, hoje.”

(Agência Brasil)

Fortaleza é sede de encontro nacional da Seicho-No-Ie

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=VZMI2xmNYm0&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Fortaleza será sede, neste sábado, no Hotel Oásis Atlântico, da Seicho-No-Ie. Será o 19º Encontro Nacional Pela Vida. O supervisor da Seicho-No-Ie no Estado, José Maria Ferreira, conversou com o Blog. Cerca de 500 participantes de vários pontos do País estão desembarcando na cidade. Entre eles, a presidente do encontro, Lilian Suzy Baffi,

* Sobre a Seicho-No-Ie saiba mais aqui.

Líder do PT comemora ter nome lembrado em pesquisa para o Senado

152 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=eEdsqSeQlLc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, gostou do seu nome aparecendo na pesquisa CNT/Vox Populi no item disputa para o Senado. O parlamentar agradeceu ser lembrado e comentou também a aprovação, após acordo, do governo federal com entidades da área médica, da Medida Provisória do Programa Mais Médicos

O POVO é finalista do Prêmio Jornalista & Cia/HSBC

O POVO é finalista do Prêmio Jornalistas & Cia / HSBC de Imprensa e Sustentabilidade com duas reportagens e uma foto: o especial Planeta Seca, que está concorrendo no segmento Imagem – Criação Gráfica, na categoria Mídia Nacional; uma reportagem do caderno Ciência & Saúde, na categoria Especial Água; e a imagem Reciclando vidas, na Fotografia. Planeta Seca tem o projeto gráfico e edição de Arte dos jornalistas Gil Dicelli e Amaurício Cortez, e o infográfico do jornalista Pedro Turano. Em 16 páginas, o especial do O POVO conta a história da estiagem de 2012 que tomou conta de 178 municípios cearenses.

“Entre a luz cortante que cega e sangra a paisagem, e os galhos da mata branca que espetam os olhos, o projeto gráfico do especial Planeta Seca faz seu traçado rasgando o papel. A tipografia, que remete às cicatrizes, marca as fotos, atravessando de forma violenta o deserto com seus seixos, carcaças e histórias de gente que quer vida. As colunas de texto, em contrastes de tamanhos, tremem os olhos feito vertigem de calor e desordenam intencionalmente a leitura. A simplicidade é complexa. O minimalismo deixa ao observador aquilo que resta. E não é pouco: é branco, é galho, é incômodo e por que não dizer é desesperador. Existe beleza, também”, disse Gil Dicelli.

Na categoria especial Água, as jornalistas Mariana Lazari e Luar Maria Brandão são finalistas com a reportagem “Água para os filhos dos nossos filhos”, publicada no caderno do O POVO, Ciência & Saúde. A matéria foi motivada pelo Ano Internacional de Cooperação pela Água, instituído pela Unesco. “O caderno chama a atenção para como todos nós somos responsáveis pela água do planeta e por garantir que ela esteja presente no futuro”, explicou Mariana Lazari.

 

Já na Fotografia, Edimar Soares concorre com a imagem intituladaReciclando vidas. O jornalista captou a imagem durante a Copa das Confederações em Fortaleza. A foto mostra torcedores despejando lixo em uma caçamba onde se encontra uma mulher catando material reciclável, na calçada da avenida Paulino Rocha, próximo à Arena Castelão. “Esse é o legado que a Copa das Confederações deixa para algumas pessoas, uma cena humilhante”, disse Edimar Soares.

Prêmio HSBC

Ao todo, são 173 jornalistas finalistas, sendo 76 inscritos e 97 nas equipes, responsáveis pelos 79 trabalhos selecionados. O prêmio recebeu ao todo 732 trabalhos, de 387 jornalistas. O anúncio dos vencedores será feito após o dia 28 deste mês e a festa de premiação acontecerá em 13 de novembro, em São Paulo.

(O POVO Online)

Ex-ministro dos Portos matará saudade de suas bases na Zona Norte

leomnidda
Leônidas Cristino: de volta ao seu aconchego. Por enquanto?
O ex-titular da Secretaria Nacional dos Portos, Leônidas Cristino, usou sua página pessoal na rede social Facebook para enviar uma mensagem aos amigos. Na foto escolhida por ele, uma homenagem póstuma a um de seus mais fieis seguidores na política sobralense: ‘Delaveiga, o Neguinho das Avoantes’. Diz Leônidas:
“Passei 33 meses em Brasília cuidando do Sistema Portuário Nacional, a missão foi cumprida e estou de volta para o meu Ceará. Deixei com a Presidenta Dilma o meu profundo sentimento de respeito, admiração e amizade. Manifestei aos amigos Cid e Ciro o meu mais sincero agradecimento pela confiança e o desafio que me lançaram.
Por conta do trabalho intenso descuidei-me dos amigos e das visitas periódicas que fazia aos companheiros das cidades do interior do Estado, vou me redimir, paletó na cruzeta, pé na estrada e novas tarefas.
Compartilho com os amigos uma frase do escritor Guimarães Rosa:” Todo animal satisfeito dorme”. Estou com os bugalhos grelados. Voltei!!!”
DETALHE – Leônidas Cristino estará em Sobral neste de quinta-feira. Nesta sexta-feira, as 8 horas, dará entrevista ao radialista Izaias Nicolau (Rádio Paraiso FM). Às 13 horas, entrevista para o radialista Paulo Roberto (Rádio Regional AM 1.320). Leônidas Cristino é sempre listado entre os preferidos do governador Cid Gomes (PROS) para sua sucessão. Por enquanto, cumpre agenda de quem sonha com a Câmara dos Deputados.
(Também com Blog Sobral em Revista)

Ambev lança concurso cultural

Vem aí concurso cultural da Ambev. Intitulado “Prêmio Jovem de Responsa”, ocorrerá em todo o País, com inscrições já abertas e se estendendo até 29 deste mês. As inscrições devem ser feitas no Facebook, na página “Na responsa”.

O concurso cultural envolve fotografias, vídeos, músicas e ilustrações e é dirigido a adolescentes de 13 a 17 anos, tendo como mote o combate ao uso do álcool entre menores. Para a Ambev, não interessa associar a sua imagem, cervejaria, a menores bebendo.

Na premiação, com resultado saindo dia 5 de novembro no próprio Facebook, viagem para São Paulo, cota de R$ 4 mil em compras, almoço com Sabrina Sato (“Pânico’, da Band) e câmeras digitais e de vídeo. O jogador Cafu e o cartunista Maurício de Souza apoiam esse concurso cultural. A entrega dos prêmios ocorrerá dia 20 de novembro, em São Paulo.

SERVIÇO

www.facebook.com/naresponsa

Marina Silva é o "Lula" do Eduardo Campos?

187 1

marinasilva

“A Marina é o Lula do Eduardo Campos.

A frase foi dita ontem por um ministro de Dilma Rousseff. Referia-se ao fato de que, se Campos não subir nas pesquisas, Marina Silva pode virar a candidata a presidente pelo PSB.

Assim como se Dilma cair abaixo de 30% nas pesquisas, Lula fatalmente entrará em campo em seu lugar.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Emprego na indústria recua pela quarta vez consecutiva

“O número de empregados na indústria caiu 0,6% entre julho e agosto deste ano. É a quarta queda consecutiva do emprego industrial, segundo dados divulgados hoje (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), na Pesquisa Industrial Mensal de Emprego e Salário (Pimes). Houve também reduções na folha de pagamento real, de 2,5%, e no número de horas pagas, de 0,7%.

Na comparação com agosto de 2012, o emprego caiu 1,3%, com recuos em 13 dos 14 locais pesquisados e destaque para a Região Nordeste (-4,9%). Entre os 18 setores pesquisados, 13 tiveram queda. Os principais impactos foram observados nos setores de de produtos de metal (-4,6%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (-4,3%), calçados e couro (-4,7%), máquinas e equipamentos (-2,9%) e produtos têxteis (-4,4%).”

(Agência Brasil)

Juros para pessoas físicas registram mais uma alta

“As taxas das operações de crédito subiram no mês de setembro, segundo pesquisa da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac). Para pessoa física, houve crescimento de 0,02 ponto percentual na taxa de juros, em relação a agosto deste ano. No mês de setembro, a taxa ficou em 5,53%, enquanto em agosto foi 5,51%.

Essa é a quinta alta registrada no ano pela pesquisa da Anefac. Na pesquisa anterior, a taxa de juros média para pessoa física no mês de agosto representou elevação de 0,03 ponto percentual em relação a julho, que havia tido média de 5,48%. A taxa de juros média geral para pessoa jurídica também apresentou elevação de 0,02 ponto percentual no mês de setembro, na comparação com agosto. A taxa ficou em 3,18% no mês passado, enquanto agosto registrou 3,16%.

Das seis linhas de crédito para pessoa física pesquisadas, apenas uma se manteve estável, a do rotativo do cartão de crédito, e o restante apresentou alta. No caso dos juros do comércio, houve elevação de 0,73%, passando de 4,11% ao mês (62,15% ao ano) em agosto, para 4,14% ao mês (62,71% ao ano) em setembro. O cheque especial teve elevação de 0,26%, passando de 7,81% ao mês (146,55% ao ano) em agosto, para 7,83% ao mês (147,1% ao ano) em setembro.”

(Agência Brasil)

Dilma usa Twitter para agradecer aprovação da MP do Mais Médicos

“A presidenta Dilma Rousseff agradeceu hoje (10) a aprovação, pela Câmara, da Medida Provisória 621, que cria o Programa Mais Médicos. Por meio de sua conta no Twitter, Dilma disse que o objetivo do programa é levar saúde a quem mais precisa, à população carente e ao interior do país. “Agradeço aos deputados federais pela aprovação da MP do Mais Médicos. Agora, a MP do Mais Médicos vai para o Senado.” A votação dos destaques e das emendas que pretendiam alterar o texto aprovado na madrugada de terça para quarta-feira foi concluída no fim da noite de ontem (9). Quando esteve no Congresso, na manhã de ontem, Dilma disse que ficou animada com a votação do texto principal que instituiu o Mais Médicos, autorizando a contratação de médicos estrangeiros para atuação na atenção básica de saúde e também mudando parâmetros da formação em medicina no Brasil.

Nas votações dos destaques e emendas, os deputados aprovaram uma emenda aglutinativa apresentada pelo PSDB para limitar a dispensa de revalidação do diploma do médico estrangeiro aos três primeiros anos do Programa Mais Médicos. O texto aprovado na madrugada previa quatro anos. A emenda dos tucanos também permite a participação do médico estrangeiro na prorrogação do programa por mais três anos somente se o profissional integrar carreira médica especifica. Ela cria, ainda, a carreira nacional de médicos.”

(Agência Brasil)

Inadimplência do consumidor registra queda de 2,8% em setembro

“A inadimplência do consumidor caiu 2,8% em setembro na comparação com o mês anterior, aponta levantamento divulgado hoje (10) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Essa é a quarta queda mensal consecutiva. Em relação a setembro do ano passado, a queda é maior, com taxa de 10,8%. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, no entanto, o indicador apresenta leve alta de 0,7%. Os economistas da Serasa avaliam que o resultado é decorrente das baixas taxas de desemprego, do recuo da inflação e de uma atitude mais cautelosa dos consumidores para contratação de novas operações de crédito.

A maior queda ocorreu nos títulos protestados, com variação negativa de 20%. O item, no entanto, contribuiu apenas 0,3 ponto percentual para o decréscimo do indicador. As maiores contribuições foram das dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços) e da inadimplência com os bancos, com taxas de -2,6% e -2,9%, respectivamente. Os cheques sem fundos, por sua vez, não apresentaram variação em setembro.”

(Agência Brasil)

Programa Mais Médicos – CFM deve falar sobre aprovação da MP

O presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Roberto Luiz d’Ávila, dará entrevista coletiva nesta quinta-feira, a partir de 11 horas, na sede da entidade, em Brasília. Ele vai esclarecer a posição do CFM com relação ao Programa Mais Médicos (proposto pelo Governo), cuja MP foi aprovado nessa quarta-feira pela Câmara dos Deputados.

Roberto Luiz falará sobre o entendimento firmado com o relator da MP 621/2013, que levou a “importantes mudanças no texto”. De acordo com o presidente do CFM, o diálogo estabelecido não implica em adesão ou apoio da entidade ao Programa Mais Médicos, o qual continua a merecer críticas pela forma como tem sido conduzido.