Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Vice-prefeito: Destino partidário de Cid com seu grupo político pode mexer com coligação

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fQGbHQ5RGw8&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena (PMDB), avaliou com cautela, nesta quarta-feira, o clima de indefinição partidária que ronda o governador Cid Gomes (PSB) e seu grupo político. Cid está na iminência de deixar o PSB e possivelmente ingressar no PROS, sigla legalizada nessa noite de terça-feira pelo TSE e que integrará a base de apoio do Governo de Dilma Rousseff.

Gaudêncio Lucena vê certa influência na coligação, mas reitera que o melhor é aguardar. Ele, no entanto, deixa claro: no PMDB, há nome para disputar o Governo e esse nome é o senador Eunício Oliveira.

Rosembarg Cariry conquiista duas premiações no Festival de Cinema de Brasília

A noite de premiação do 46º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro coroou Exilados do Vulcão, de Paula Gaitán, como melhor filme do júri oficial. Foi o último filme exibido na mostra competitiva e contou a história de uma mulher que busca o homem que um dia amou, tendo como pistas apenas uma pilha de fotografias e um diário. Com linguagem nada comercial, o filme pouco se vale de diálogos durante as duas horas de exibição e isso dividiu a plateia.

Outros longas-metragens também se destacaram na premiação. Os Pobres Diabos, do cearense Rosemberg Cariry, arrebatou o Prêmio TV Brasil e o prêmio do júri popular. Os prêmios de melhor ator comprovaram a qualidade dos novos talentos do país. O adolescente Pedro Maia ganhou o de melhor ator por Depois da Chuva e o jovem Miguel Arraes, de 14 anos, faturou o troféu de melhor ator entre os curtas. O prêmio de melhor ator coadjuvante, no entanto, foi póstumo, para o veterano Carlos Reichenbach, de Avanti Popolo, que superou também fortes concorrentes.

(Com Agência Brasil)

Presidente da Câmara Municipal diz: Destino político de Cid gera expectativa no PMDB

169 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cCG9LXMx7fE[/youtube]

O quadro de indefinição envolvendo o governador Cid Gomes e seu grupo político causa muita expectativa entre lideranças dos partidos aliados. Cid pode sair do partido, o que influenciará no cenário eleitoral de 2014.

Nesta quarta-feira, o presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, Walter Cavalcante, disse que essa situação de Cid Gomes gera de fato expectativas, mas ele prefere apostar que, ao final, o governador saberá encontrar uma alternativa que garanta a manutenção da aliança com o PMDB.

Cid Gomes terá reuinão com seu grupo nesta 5ª feira para decidir o rumo partidário

160 7

O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, viajarão, nesta quarta-feira, a Brasília, onde participarão para reunião da executiva nacional do PSB. Eles vão informar à cúpula que o governador Cid Gomes tem intenção de continuar na sigla. O grupo quer permanecer no partido, mas apoiando a reeleição da presidente Dilma, em 2014.

O objetivo ali é saber da executiva nacional se tem interesse que o grupo cidista permaneça nessas condições.

Nesta quinta-feira, haverá uma reunião ampliada e decisiva com prefeitos e deputados para decidir sobre a permanência do grupo de Cid no PSB. Foi o que ficou acertado nas primeiras horas da madrugada desta quarta-feira, após reunião de Cid com seu grupo, na sede partidária.

Ontem, Cid havia dito para o Blog, após ter participado da Missa da Ressurreição de dona Lúcia Dummar, na Catedral, que seu destino estaria nas mãos do que resolvessem os deputados estaduais e federais, porque eles é que devem acertar o rumo pois disputarão mandato.

DETALHE – É provável que Zezinho Albuquerque e Roberto Cláudio embarquem de jatinho. No voo de Brasília desta madrugada, nada de seguirem nessa rota.

 

Lula garante: Cumprirá o papel que Dilma indicar em 2014

180 1

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que terá na campanha eleitoral do ano que vem o “papel que a Dilma quiser que seja”. E frisou: “Estou voltando, com muita vontade, com muita disposição – para felicidade de alguns, para desgraça de outros. É o seguinte: eu estou no jogo”, disse em entrevista a veículos mantidos por trabalhadores, nesta terça-feira, 24, no Instituto Lula.

Depois de afirmar que tem adotado algum cuidado para conversar com os partidos políticos, já que esses contatos devem ter o crivo de Dilma e do próprio PT, Lula disse que uma coisa que sabe fazer, e espera estar em boas condições de fazer em 2014, é pedir voto. “Eu me considero razoável de palanque, gosto, me sinto bem, agradeço a Deus todos os dias a relação de confiança que construí com o povo brasileiro. E tudo o que eu puder fazer para convencer as pessoas que confiam em mim a votar na Dilma, eu vou fazer”, disse.

Lula afirmou que “certamente” a presidente Dilma precisa menos do seu apoio hoje do que precisou em 2010, quando foi eleita. “Ela vai ser julgada pelo que está fazendo, não é mais uma desconhecida como era em 2010, mas farei o mesmo esforço para reelegê-la, pois a vitória da Dilma é a minha vitória e a derrota dela é a minha. O sucesso dela é o sucesso do povo brasileiro, das camadas mais pobres da população.” E destacou que muita gente fica incomodada com a ascensão dos mais pobres. “Quanto mais o pobre ascender de classe social, todos vão ganhar”, frisou.

Essa foi a primeira grande entrevista que Lula concedeu desde que deixou a Presidência da República. “Ainda estou aprendendo a ser ex-presidente”, falou para o grupo de jornalistas da Rede Brasil Atual, site, rádio e revista, da TVT e do jornal ABCD Maior, em 90 minutos de conversa. Ainda com relação às eleições de 2014, Lula disse que as previsões serão mais precisas em março do ano que vem, quando todos os nomes já estarão definidos. O ex-presidente afirmou que será um grande feito se PT e PSB, partidos, que estão se separando em diversos Estados e no governo federal, conseguirem manter um clima de não hostilidade em 2014.

Protestos

Sobre as manifestações de junho e julho, Lula considerou o acontecimento do ano, por terem questionado todos os governantes do País, em todos os níveis. Para ele, a reforma mais importante que o País pede é a política, por meio do fim dos recursos privados nas campanhas eleitorais, mas o ex-presidente reconheceu que o Congresso atual não tem condições de fazer uma mudança estrutural importante. “Uma reforma para valer não vai acontecer agora, vai ter de ser feita por meio de uma Constituinte Exclusiva, com ampla participação da sociedade.”

O ex-presidente também fez uma defesa enfática do programa Mais Médicos, mas ressaltou que o projeto é apenas parte da solução de um problema maior. “Quando rejeitaram a CPMF, tiraram R$ 40 bilhões por ano da saúde e prejudicaram o povo”, lembrou. “Se tem uma coisa que eu tenho vontade é de falar. Eu tenho cócegas na garganta para falar. E vocês ajudaram a quebrar um tabu, porque fazia tempo que eu não falava durante tanto tempo”, disse Lula durante a entrevista.”

(POVO Online com Agência Estado)

TSE aprova criação do Partido da Solidariedade

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em sessão na noite desta terça-feira (24), o registro eleitoral do Partido da Solidariedade ampliando para 31 o número de siglas eleitorais no Brasil.

O TSE entendeu que o partido conseguiu coletar as 492 mil assinaturas necessárias para obter o registro nacional.

DETALHE – O Partido da Solidariedade é simpático ao nome de Aécio Neves (PSDB) para candidato a presidente da República em 2014.

Alô, Cid Gomes! TSE aprova criação do PROS

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em sessão na noite desta terça-feira (24), por cinco votos a dois, o registro eleitoral do Pros (Partido Republicano da Ordem Social), ampliando para 31 o número de siglas eleitorais no Brasil. O tribunal entendeu que o partido conseguiu coletar as 492 mil assinaturas necessárias para obter o registro nacional.

Com o registro, o Pros pode disputar a eleição de 2014, na qual serão escolhidos o Presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais –distritais no caso do Distrito Federal.

Essa informação já chegou ao conhecimento do governador Cid Gomes, que está reunido, na sede do PSB, com seu bloco para decidir novo rumo político.

Cid Gomes: Decisão de sair é com os deputados do PSB

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0x2TsQkUddc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O governador Cid Gomes chegou para a reunião do PSB nesta noite de terça-feira, na sede partidária. Com ele, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, e o presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque. Cid, antes da reunião, esteve na Catedral, onde assistiu à Missa da Ressurreição de Lúcia Dummar, a matriarca da Família Dummar.

Mas ele falou com o Blog. Há expectativa é de que os parlamentares sejam acomodados em partidos da base aliada e o compromisso do PSB de Eduardo Campos de não questionar essa mudança.

Neguinho da Beia-Flor: De puxador de samba a puxador de votos

355 1

neguinho_da_beija_flor1

“A filiação do sambista Neguinho da Beija-Flor, puxador da Beija-flor de Nilópolis, ao PR alimenta expectativas do partido para a eleição de 2014. “Ele vai ser um fenômeno de votos na Baixada Fluminense”, diz o líder do partido na Câmara e pré-candidato ao governo estadual Anthony Garotinho.

Nivaldo Souza, que dá notícia no blog Poder Online acrescenta que Neguinho se filiou ao partido em agosto e, agora, bateu martelo para ser puxador de votos do partido como deputado federal.

“Ele é um bom nome por ser muito conhecido”, diz, Garotinho.”

Petista cobra respeito à trajetória política de Luizianne Lins

207 5

Com o título “Luiz, respeita Januário!”, eis artigo do vereador Ronivaldo Maia (PT). Ele pede espaço para responder críticas feitas neste Blog, no fim de semana, pelo candidato a presidente do PT de Fortaleza, Davi Barros. Davi qualificou de chantagem política fala da ex-prefeita Luizianne Lins ameaçando deixar o partido e ir para o PSB no caso de continuar aliado do governador Cid Gomes. Confira:

A trajetória da companheira Luizianne Lins, presidenta do PT Ceará, dirigente nacional do partido, duas vezes vereadora da capital, deputada estadual e duas vezes eleita prefeita de Fortaleza se confunde com a própria história do PT Fortaleza. Luizianne, desde a sua militância no movimento estudantil, passando pelas diversas instâncias de direção do PT (Secretaria Estadual de Juventude, secretaria Estadual de Mulheres, presidência do PT Fortaleza, presidente estadual do partido e direção nacional) sempre respeitou as deliberações do PT, mesmo, em muitas situações, discordando dos rumos do partido. Ela nunca fugiu do bom debate. Pelo contrário, Luizianne gosta do debate aberto, franco, sincero e muitas vezes duro, mas sempre leal. Como boa socialista revolucionária, ela tem a percepção dialética da história, que na maioria das vezes a coloca à frente do tempo da política. Enquanto alguns “quadros” do PT só conseguem enxergar um palmo na frente do nariz, no caso, esse palmo chama-se “real politik” (interesses imediatistas, somado ao mais sórdido pragmatismo), o principal quadro da esquerda cearense consegue vislumbrar o futuro, sem tirar os pés da realidade e sem cair no esquerdismo.

E é por estar sempre à frente do seu tempo que ela percebe que há uma lacuna na política cearense. O atual governo do Ceará é um fracasso completo. Fracasso na política de segurança, fracasso nas políticas sociais, fracasso na saúde. É um governo que nos oferece um escândalo por semana, como o gasto com buffet, o superfaturamento de shows, a queda da fachada do hospital de Sobral, a viagem da sogra do governador, a compra de helicópteros sem licitação e o show fechado de Plácido Domingo com dinheiro público. E ainda quer tirar o poder do Ministério Público, como citou o colunista Fábio Campos no último dia 22. Na história recente do nosso estado, nunca se concentrou tanto poder político nas mãos de uma mesma família. Mas como diz o ditado popular: quanto maior o tamanho, maior a queda. E isso Luizianne já percebeu.

O desgaste desse governo e do seu pupilo, o prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio, já é do conhecimento de todos. O povo cearense quer mudança. E Cid sabe que somente o PT e seus principais quadros, Dilma e Lula, devido à popularidade deles no Ceará, pode salvá-lo de uma derrota acachapante. A responsabilidade da reeleição da companheira Dilma é de todos nós e não pode ser usada como desculpa para interesses pessoais em detrimento do interesse do povo. Queremos um palanque forte para Dilma com aliados políticos e principalmente com o povo. O PT tem a chance de avançar no projeto popular no Ceará e não pode vacilar. Façamos o bom debate, com respeito às posições políticas e, principalmente, à trajetória de quem sempre construiu o PT.

* Ronivaldo Maia
Vereador – PT

Ilário Marques defende críticas de Davi Barros

Ilário Marques, ex-prefeito de Quixadá e que estava como deputado federal até bem pouco tempo, manda para o Blog uma resposta sobre nota enviada no fim de semana pelo candidato a presidente nacional do PT, deputado federal Paulo Teixeira (SP). O parlamentar respondia critica de Davi Barros, que postula comando do PT de Fortaleza e que qualificou postura de Luizianne Lins de ameaçar ir para o PSB como chantagem política. Confira:

Caro Eliomar de Lima,
Sobre o que falou o companheiro Paulo Teixeira acerca da posição do companheiro Davi Barros, nosso candidato a presidência do PT de Fortaleza, gostaria de manifestar minhas concordância e discordância.

Concordo que a nossa companheira, dirigente e líder Luizianne Lins possui um histórico de lutas e de construção politica que nos enche de orgulho enquanto petista. Discordo que o companheiro Davi tenha feito qualquer ataque a essa companheira. Pelo contrario, de forma responsável e correta cobrou coerência e postura ética exatamente por se tratar de Luizianne, presidente estadual do PT, e que está concorrendo às eleições internas para direção partidária.

É óbvio que não é ético disputar, participar, apoiar, influenciar de um processo de eleição do partido se está com dúvida sobre sua permanência na sigla, por mais justo que sejam os motivos dessa mesma dúvida.

Estranho, enfim, o companheiro Paulo Teixeira, na sua imensa responsabilidade de candidato a presidente nacional do PT, não se posicionar sobre o mérito da fala do companheiro Davi.

* Ilario Marques
Membro do DN e Executiva Regional do PT

Secretário de Segurança do Rio de Janeiro dará palestra em Fortaleza

beltrame

“O Ministério Público do Estado do Ceará vai realizar, na próxima sexta-feira, audiência pública para discutir o tema “Segurança pública estadual – desafios, prevenção social e repressão qualificada da violência”. O evento ocorrerá no auditório da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), das 9 às 13 horas. O destaque é para a participação do secretário de segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, que vai falar sobre a experiência das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

A iniciativa é do Centro de Apoio Operacional Criminal, da Execução Criminal e do Controle Externo da Atividade Policial do MP (Caocrim), coordenado pelo promotor de Justiça Iran Sírio. A realização da audiência também atende a uma demanda do movimento “Fortaleza Apavorada”, que protocolou um requerimento junto à PGJ, solicitando providências em relação aos índices de violência urbana registrados no Ceará.

A audiência será aberta pelo procurador-geral de Justiça, Ricardo Machado, e, em seguida, terá exposição do secretário de Segurança do Ceará, Servilho Paiva, que falará sobre os desafios e as metas do Executivo estadual. Depois será a vez de José Mariano Beltrame.

(Com MP-CE)

Comentário do Felipão – Ceará X Figueirense

194 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=YjgsMPJohks&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O jornalista Felipe Araújo comenta expectativas do jogo do Ceará contra o Figueirense, válido pela Série B, do Brasileirão. Mas ele aproveita para uma crítica a setores da mídia que adoram endeusar ou satanizar jogadores. Dependo das ocasiões.

O educador e a saudade de Dona Lúcia

Com o título “Dona Lúcia Dummar, minha amiga desde 1958”, eis artigo do educador Oto de Sá Cavalcante, que pode ser lido no O POVO desta terça-feira. Confira:

Em 1958, meus pais, Hildete e Ari, concluíram uma pequena casa com apenas três quartos e um banheiro, que seria o sítio da família, situado à margem da lagoa de Messejana. A partir daí, passamos a ser vizinhos das famílias de dona Lúcia e do dr. Pompeu Gurgel. Convivíamos muito. Messejana era composta de alguns sítios e se assemelhava, em diversos aspectos, a uma pequena cidade do interior.

O sítio de dona Lúcia era, como ainda é, muito grande e totalmente à beira da lagoa. Nele havia campo de futebol, quadra de futebol de salão, basquete e vôlei. Praticávamos muitos esportes no sítio. Eram ofertadas camisas para os times formados. O Demócrito não jogava bem futebol, mas era excelente na sinuca.

Não posso esquecer uma festa de São João promovida no sítio, onde estavam presentes a elite social da época e agricultores modestos, que trabalhavam nos diversos sítios dos arredores, convivendo harmonicamente.

Assim como meus pais, dona Lúcia não tinha o hábito de frequentar clubes sociais ou mesmo as grandes festas da sociedade, mas era incomparável na sua capacidade de receber bem em sua casa. O sítio, além da casa principal, área de esportes e plantações diversas, era dotado de um grande salão de jogos, um denominado por ela, apartamento, para hospedar amigos, e uma sala de aula para os filhos dos trabalhadores.

Aos 17 anos, fui homenageado pela dona Lúcia com um jantar, no gramado, em frente à casa principal, na véspera do meu vestibular para Engenharia Civil na Universidade Federal do Ceará. Na ocasião, foram convidados alguns amigos vizinhos. O jantar teve resultado – fui aprovado.

O último almoço que tive na grande mesa do sítio, com minha mulher Guida, estiveram presentes, além da família Dummar, Lúcio Brasileiro e Marcus Lage. Na ocasião, a anfitriã, aos 96 anos, tomou uma taça de champagne para celebrar a amizade.

A última vez que falei com dona Lúcia foi no mês de maio último, quando ela fez a gentileza de telefonar para me parabenizar pelo meu aniversário.

Fiquei impressionadíssimo com a lucidez de sua conversa do alto dos seus 96 anos. Nesta conversa, ela perguntava a respeito de cada um dos meus cinco filhos e pedia que sugerisse uma data para um almoço com toda minha família. Assim como o almoço prometido à jornalista Jacqueline Costa, o nosso almoço também não acontecerá, mas não posso esquecer as gentilezas de sempre.

Dona Lúcia era culta, brilhante, bem-humorada e, como disse muito bem Gilmar de Carvalho, sabia ouvir e sabia dizer.

* Oto de Sá Cavalcante

Empresário.

 

* DETALHE – Às 19h30min desta terça-feira, na Catedral Metropolitana de Fortaleza, será celebrada a Missa da Ressurreição por Dona Lúcia Dummar.

Tasso Jereissati: Quo vadis?

146 1

tassoj

Do presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, em clima de encontro regional tucano em Maceió (AL):

“No que depender do PSDB nacional, Tasso será candidato ao governo ou preferencialmente ao Senado”.

Tasso Jereissati não fala sobre o assunto.

Fortaleza será sede do V Congresso Cearense de Direito de Família

Tudo pronto para o V Congresso Cearense de Direito de Família. Terá início nesta quarta-feira e vai se estender até sexta-feira, no Hotel Oasis Atlântico, abortando como tema geral “Direitos Humanos das Famílias”. A promoção é Comissão de Direito de Família da Ordem dos Advogados do Brasil – regional do Ceará e do Instituto Brasileiro de Direito de Família – regional Ceará (IBDFAM-CE).

O encontro contará com conferências, debates e palestras realizados por renomados nomes do segmento no Brasil, dentre doutrinadores, juízes, advogados e empresários que abordarão temas como guarda compartilhada, o impacto do divórcio nas crianças, alienação parental, união estável e família homoafetiva.

Segundo Marcos Duarte, presidente da Comissão de Direito de Família da OAB-CE e do IBDFAM-CE, o congresso “constitui uma experiência de intercâmbio, de plena repercussão e de importantes debates para os advogados que atuam na área do direito de família, além de profissionais, docentes, psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais e estudantes de graduação, mestrado e doutorado das universidades brasileiras.”.

SERVIÇO

Inscrições através do site: http://ibdfamce.com.br

"O Alquimista" é o terceiro na lista dos mais vendidos

“Um fenômeno de longevidade, O Alquimista, de (é preciso mesmo dizer de quem?) Paulo Coelho, aparece nesta semana em terceiro lugar na lista dos mais vendidos de ficção (trade fiction paperback) no The New York Times.

À sua frente, 50 Tons de Cinza e Morte Súbita, novo livro de JK Rowling. O livro de E. L. James está há 79 semanas na lista; o de Rowling há oito e o de Coelho há 270 semanas.”

(Coluna Radar – Veja Online)

Inadimplência das empresas recua 3,5% em agosto

“A inadimplência das empresas recuou 3,5% em agosto, com relação a julho, de acordo com o índice divulgado hoje (24) pela empresa de consultoria Serasa Experian. Houve também uma queda de 0,7% na comparação de agosto deste ano com o mesmo mês de 2012. Porém, nos oito primeiros meses deste ano, foi registrado aumento de 1,4%, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Para os economistas da Serasa Experian, a queda da inadimplência entre as empresas brasileiras está diretamente relacionada ao recuo do índice entre os consumidores. Quando estes quitam suas dívidas de maneira mais efetiva, as empresas conseguem pagar as próprias.

Com relação aos cheques sem fundo, de acordo com a Serasa, entre janeiro e agosto deste ano, houve a maior alta, alcançando 10,0%, na comparação com ao mesmo período de 2012. Já em agosto ante julho, ficou praticamente estável, com queda de 0,1%. O valor médio da inadimplência dos cheques é R$ 2.461,93.

Em seguida, aparecem as dívidas não bancárias, como as de cartão de crédito e das contas de água, luz e telefone, com crescimento de 6,2% em oito meses sobre igual acumulado de 2012. O valor médio das dívidas é R$ 813,90. Em comparação ao mês anterior, houve recuo de 0,9%.”

(Agência Brasil)

Confiança do consumidor brasileiro volta a crescer

“O Índice de Confiança do Consumidor interrompeu uma sequência de quedas em setembro e chegou ao maior nível desde fevereiro, com 114,2 pontos, mas a alta de 1% não foi suficiente para ultrapassar a média dos últimos cinco anos, de 114,9 pontos, divulgou hoje (24) a Fundação Getulio Vargas (FGV) na Sondagem de Expectativas do consumidor. O índice começou o ano com 117,9 pontos, caiu para 116,2 em fevereiro e encerrou o primeiro trimestre com uma queda mais acentuada em março, para 113,9 pontos. Em abril, não houve variação, e, nos meses seguintes, o indicador continuou o recuo, para 113,4 pontos, em maio, 112,9 pontos, em junho, e para 108,3 pontos, em julho.

Em setembro do ano passado, o Índice de Confiança do Consumidor atingiu 122,1 pontos. O maior patamar em que o indicador chegou nos últimos cinco anos foi 128,7 pontos, em abril de 2012, e o menor foi 94,9, em dezembro de 2008, época atribulada pela crise financeira internacional. A alta do percentual se deve principalmente ao Índice da Situação Atual, que avançou 3,5%, recuperando boa parte das perdas de junho, julho e agosto. O Índice de Expectativas subiu 0,4%, para 110,8 pontos e continua acima da média dos últimos cinco anos, que é 108,1 pontos, enquanto o ISA mantém-se abaixo dos 127,8 pontos de média.

Em setembro, 17,3% dos consumidores avaliaram a situação econômica como boa, parcela 0,1 ponto percentual menor que a de agosto. Por outro lado, os que julgaram ruim caiu de 37,8% para 34,1%.”

(Agência Brasil)

João Pedro Stedile, da coordenação do MST, dará palestra e lançará livro em Fortaleza

298 1

stedile

João Pedro Stedile, um dos coordenadores do MST e da Via Campesina, cumprirá agenda em Fortaleza na próxima sexta-feira próxima.

Na data, ele dará palestra sobre o tema “A nova realidade agrária e o agronegócio”, a partir das 17 horas, na sede da ADUFC. Em seguida, Stedile ele lançará o oitavo volume que fecha a série “A questão agrária no Brasil”, de sua autoria.

A obra reúne textos e ensaios sobre as perspectivas da reforma agrária na década de 2000, recolocando o debate sobre sua natureza a partir da nova realidade agrária hegemonizada pelo agronegócio.

DETALHE – O evento é aberto, gratuito e conta com a realização da ADUFC, Residência Agrária da UFC e Laboratório da Questão Agrária da UFC.