Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Atentado a Bolsonaro muda história da eleição. rivais esperam onda de comoção

O candidato, nos braços de apoiadores, trajando camisa que diz “Meu partido é o Brasil”, verde e amarela, é esfaqueado, cai e sai socorrido pelo povo. Coordenadores de todas as campanhas admitem, segundo a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira, que a cena trágica protagonizada por Jair Bolsonaro (PSL) mudou a história da eleição.

Ainda sob o impacto da notícia, rivais se preparam para uma forte onda de comoção. Depois, vão tentar redirecionar o debate. O atentado, dizem, só reforça que esta deve ser uma campanha contra a violência.

A preocupação de Bolsonaro com segurança era constante. Desde janeiro deste ano ele fazia algumas atividades com colete a prova de balas, armado e sempre com seguranças. Carro, só blindado. Nos últimos meses, começou a dizer a aliados que temia um atentado.

A tese de que poderia ser abatido por um desafeto político era, inclusive, um dos motivos que o presidenciável citava para andar de avião de carreira. Ele dizia que tinha medo de ser vítima de uma emboscada em aeronave particular.

Nos mínimos detalhes Bolsonaro evitava, inclusive, consumir água e alimentos cuja a procedência não conhecesse.

(Foto – Reprodução de TV)

Bolsonaro é transferido de Juiz de Fora para São Paulo

O candidato Jair Bolsonaro está sendo transferido, nesta sexta-feira, de Juiz de Fora (MG) para São Paulo, onde deve ficar internado no Hospital Albert Einstein. Ele foi atingido por uma facada no abdômen ontem (6) à tarde quando participava de ato de campanha no município mineiro. Após o episódio, ele foi levado para a Santa Casa de Juiz de Fora.

O autor do ataque a Bolsonaro foi preso pela Polícia Militar da cidade.

A Polícia Federal, responsável pela segurança do candidato, abriu inquérito para investigar o caso.

(Agência Brasil)

Suspeito do atentado contra Bolsonaro foi preso por um PM de folga à paisana

Adélio Bispo de Oliveira, suspeito do ataque contra o candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), foi preso por um policial militar mineiro que estava à paisana, adiantando que o agente estava de folga quando acompanhava o comício do deputado federal, no centro de Juiz de Fora. As informações são do Boletim de Ocorrência do incidente, e foram repassadas à BBC News Brasil pela sala de Imprensa da PM de Minas Gerais.

O PM responsável pela prisão levou Adélio até um prédio na rua Halfeld e o manteve em preso até a chegada de reforços, diz o B.O, já que os apoiadores de Jair Bolsonaro gritavam “vai morrer, vai morrer!” para Adélio. O nome deste agente que estava de folga não foi divulgado.

“Diante da situação, os militares se deslocaram para o local e se depararam com uma multidão gritando ‘vai morrer, vai morrer’ para uma pessoa que estava presa. Quando os PMS se aproximaram, foram informados de quem seria o autor, e de que ele estava contido no interior de um edifício da rua Halfeld”, diz um trecho do Boletim de Ocorrência.

(Foto – PM de Minas)

Camilo diz que atentado praticado contra Bolsonaro é “reprovável sob todos os aspectos”

322 4

O governador Camilo Santana (PT), que postula a reeleição, lamentou, nesta sexta-feira, o atentado a faca praticado contra o candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro.

“Um fato gravíssimo e reprovável sob todos os aspectos”, disse Camilo, acrescentando que a sociedade não pode “tolerar jamais” ações desse tipo.

“Democracia se faz com diálogo e repeito, jamais com violência”, concluiu Camilo Santana.

O atentado, a intolerância e a democracia

158 1

Da Coluna do Eliomar de Lima, no O POVO desta sexta-feira:

O atentado sofrido pelo candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), é algo inadmissível sob todos os aspectos. Expõe o clima de intolerância que, de alta temperatura nas redes sociais, ultrapassa a fronteira do virtual e chega à realidade.

Numa sociedade que vive sob o manto da democracia não deve haver espaço para extremismos. A paixão jamais pode superar a razão. O direito de se exercitar a política partidária e de se fazer a pregação ideológica precisa sempre ser defendido. A violência gera a violência, eis o que aprendemos desde cedo.

Que o episódio envolvendo um candidato a presidente seja esclarecido em toda sua plenitude. Tudo de forma aberta, transparente e sem qualquer tipo de aproveitamento político.

Nesse momento, toda solidariedade àquele que foi alvo do atentado. E toda confiança neste País que, apesar de tantas agruras e contradições, é a Pátria, acima de tudo, de todos.

(Foto – Reprodução de TV)

Uma violência inaceitável

Com o título “Violência inaceitável”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira:

A agressão a faca sofrida pelo candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem de ser condenada sem nenhum tipo de reticência por qualquer pessoa, partido ou organização que se considere comprometida com a democracia. Nesse sistema de convivência, as divergências políticas têm de ser resolvidas com diálogo, com respeito às instituições, e nas urnas.

Felizmente todos os candidatos à Presidência – alguns adversários ferrenhos de Bolsonaro – manifestaram-se contra o ataque. João Amoêdo (Novo) considerou o acontecimento “lamentável”; Geraldo Alckmin (PSDB) lembrou que política “se faz com diálogo e convencimento, jamais com ódio”; Guilherme Boulos (Psol), afirmou que “a violência não se justifica”; Ciro Gomes (PDT) disse repudiar a violência “como linguagem política”; Marina Silva (Rede), considerou o ataque “inadmissível”. Candidato a vice-presidente pelo PT, Fernando Haddad, também repudiou “totalmente qualquer ato de violência”.

Sem entrar no pântano das redes sociais, na qual os grupos de ódio se engalfinham, sem um mínimo de racionalidade, é preocupante observar que alguns políticos manifestaram-se de maneira desmedida. Parecem ter perdido a noção da responsabilidade e agiram como incendiários, no momento em que os bombeiros são mais do que necessários.

Nesse aspecto, inclui-se a declaração extemporânea da ex-presidente Dilma Rousseff, lamentando o episódio, mas afirmando que “o ódio que você planta, você colhe tempestade”, além de atitudes mais graves. O general Hamilton Mourão (vice de Bolsonaro), por exemplo, disse que o agressor seria “um militante do PT”, como forma de atingir o partido. O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, apelou para a linguagem belicosa, afirmando que “a guerra está declarada”.

No entanto, o mais provável é que o agressor, Adélio Bispo de Oliveira, tenha algum tipo de desequilíbrio mental. Segundo agentes da Polícia Federal, ao ser preso, ele dizia que o ataque fora ordenado por Deus.

Agressões desse tipo – como também foi o caso do ataque a tiros contra a caravana de Lula que percorria o sul do País, em março deste ano -, têm de ser repudiados de pronto. Não se pode compactuar com isso, sob pena de se pôr em risco a democracia, conquistada a duras penas.

É preciso, portanto, aproveitar o momento para apelar a partidos e candidatos que, porventura, ainda não perceberam que o ódio leva a mais ódio, para que tenham um mínimo de espírito democrático e façam de suas campanhas um debate de ideias e propostas; que rejeitem expressamente a violência física e verbal; que deixem de lado os apelos bélicos e a disseminação do ódio. Assim, talvez se possa tirar alguma lição de um episódio lastimável.

Bolsonaro diz em vídeo que nunca fez mal a ninguém

274 3

O presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) disse, em um vídeo gravado hospital de Juiz de Fora, que “nunca fez mal a ninguém” e que no momento em que foi esfaqueado sentiu o que parecia “apenas uma pancada”. A informação é da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Em sua primeira declaração após o ataque nesta quinta (6), ele comparou aquele momento com uma bolada em um jogo de futebol. “A dor era insuportável. E parecia que tinha algo mais grave acontecendo”, disse ele.

O vídeo foi feito no leito do hospital pelo senador Magno Malta (PR-ES), que foi visitá-lo junto com filhos do candidato a presidente. Falando com dificuldade, ele agradeceu à equipe de médicos e enfermeiros que, disse, impediu que o pior acontecesse.

“Eu me preparava para um momento como esse, porque você corre riscos”, disse. Bolsonaro lamentou ainda que não poderá comparecer a um desfile de Sete de Setembro, no Rio. Na gravação, Magno Malta aparece fazendo uma oração sobre o leito de Bolsonaro e pede a Deus pela recuperação do candidato.

(Foto – Reprodução de TV)

Veículos internacionais repercutem atentado contra Bolsonaro

Veículos portugueses foram os primeiros a noticiar o ataque contra Jair Bolsonaro, com o Diário de Notícias apontando que o presidenciável foi transportado para um hospital. Em seu site, o jornal também publicou um vídeo onde é possível ver o ataque sofrido pelo candidato.

Também em solo europeu, o britânico Guardian afirmou que Bolsonaro polarizou a opinião pública no Brasil com seus apelos por leis mais frouxas quanto ao armamento e com ataques a partidos de esquerda e elogios à ditadura militar.

Nos Estados Unidos, o New York Times disse que Bolsonaro lidera as pesquisas e, para apresentar o candidato aos leitores, afirmou que o presidenciável é “uma figura profundamente polarizadora” e que enfrenta acusações por “declarações depreciativas em relação a mulheres, negros e gays”, além de falar nostalgicamente sobre a ditadura militar no Brasil. Já o Washington Post publicou uma nota apontando o ocorrido e destacou que não há perigo à vida de Jair Bolsonaro.

(Foto – Reprodução de TV)

Kátia Abreu, candidata a vice de Ciro, cumpre agenda em Fortaleza nesta sexta-feira

A candidata a vice-presidente na chapa de Ciro Gomes, senadora Kátia Abreu, cumprirá agenda em Fortaleza, a partir das 16 horas desta sexta-feira, informa a assessoria de campanha do PDT.

Kátia Abreu será recepcionada pela primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, com quem visitará o Lar Casa de Jesus, coordenado pela Irmã Conceição Dias e pela Irmã Maria de Lourdes Rabelo e que acolhe, desde 1987, numa ação voluntária, crianças e adolescentes com câncer.

Enquanto a postulante a vice cumpre agenda na Capital, Ciro estará em carretas pelos municípios de Massapê e Sobral. O governador Camilo Santana divulgou agenda nesta sexta-feira incluindo Massapê.

SERVIÇO

*Lar Casa de Jesus – Rua Ildefonso Albano, 3052, no Bairro Joaquim Távora, na esquina com Rua Soriano Albuquerque.

(Foto – Agência Brasil)

Filho de Bolsonaro diz que agressão ao candidato já era temida

302 1

O deputado estadual Flávio Bolsonaro (RJ), filho mais velho de Jair Bolsonaro, disse que o risco de o pai sofrer agressão “era prevista por pessoas mais próximas” e avaliou que pode ser resultado do que o candidato defende na campanha. “Quem ainda não percebeu contra o que a gente está lutando acho que hoje foi mais uma prova. A gente sempre sabia que isso podia acontecer. A gente tem se prevenido e tem evitado muita coisa, mas quando acontece como aconteceu hoje é que a ficha cai”, afirmou..

Flávio Bolsonaro, que está a caminho de Juiz de Fora, onde seu pai foi esfaqueado, gravou uma mensagem de áudio dizendo que o candidato foi medicado e que o ataque “foi um susto”. Além de confirmar que seu pai foi ferido, ele agradeceu a preocupação das pessoas que têm se manifestado e pediu orações.

“É verdade que o meu pai sofreu um atentado em Juiz de Fora. Um vídeo bastante impactante. Uma pessoa no meio da multidão tenta dar uma facada no coração dele. Graças a Deus tinha um rapaz que percebeu a hora em que ele ia enfiar a faca e conseguiu desviar o braço do cara que tentou matar meu pai, mas está tudo bem com ele, que está em Juiz de Fora. Foi medicado lá. Foi só susto. Obrigado a preocupação de tudo mundo. Para tranquilizar vocês que está tudo bem com ele e pedir que intensifique as orações por nós”, afirmou.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução Redes Sociais)

Presidente do TSE divulga nota condenando ataque a Bolsonaro

128 1

A presidente do Tribunal Superior leitoral, ministra Rosa Weber, divulgou uma nota agora há pouco condenando o ataque ao candidato a presidente da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, registrado nesta tarde de quinta-feira, em Juiz de Fora. Bolsonaro foi atacado a faca quando em campanha pelas ruas dessa cidade mineira. Confira:

“O TSE repudia toda manifestação de violência, seja contra eleitores, seja candidatos ou em virtude do pleito. Inaceitável que atitudes extremadas maculem conquista tão importante quanto é a Democracia.”

Temer repudia atentado contra Jair Bolsonaro

O presidente Michel Temer definiu como “intolerável” o ataque sofrido nesta quinta-feira (6) pelo candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante evento de campanha em Juiz de Fora (MG). Bolsonaro foi atacado por um homem que se aproximou e desferiu uma facada, o que o levou à Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora. O suspeito está preso. A informação é do Portal G1.

“Isto revela algo que nós devemos nos conscientizar porque é intolerável exatamente a intolerância que tem havido na sociedade brasileira. É intolerável que as pessoas falseiem dados durante campanha eleitoral. É intolerável que nós vivamos num estado democrático de direito que não haja possibilidade de uma campanha tranquila, de uma campanha em que as pessoas vão e apresentem os seus projetos, porque ninguém vota em candidato”, disse Temer durante cerimônia no Palácio do Planalto.

Segundo Temer, o episódio é “triste” e “lamentável”. “Se Deus quiser o candidato Bolsonaro passará bem, temos certeza que não haverá nada mais grave, esperamos que não haja nada mais grave”.

“Que sirva de exemplo para que as pessoas que hoje estão fazendo campanha percebam que a tolerância é uma derivação da própria democracia, é a derivação do chamado estado de direito. Nós não temos estado de direito se houver intolerância. E intolerância muitas e muitas vezes deriva exata a precisamente da falta de cumprimento do texto legal, de falta de cumprimento da Constituição Brasileira”, complementou Michel  Temer.

(Foto – Agência Brasil)

Ciro repudia atentado e se solidariza com Bolsonaro

Ciro Gomes, postulante do PDT a presidente da República, repudiou, em suas redes sociais, o ato de violência praticado, nesta quinta-feira, contra Jair Bolsonaro, candidato a presidente da República pelo PSL.

Bolsonaro estava em campanha pelas ruas de Juiz de Fora (MG), quando foi atacado a faca. Eis o que ele disse:

Repudio a violência como linguagem politica, solidarizo-me com meu opositor e exijo que as autoridades identifiquem e punam o ou os responsáveis por esta barbárie.

Identificado autor do atentado contra Bolsonaro

A Polícia Militar identificou o suspeito de esfaquear o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL). Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos, confessou o crime, informou a PM ao Portal G1.

O homem é natural de Montes Claros, no Norte de Minas Gerais, e foi preso em flagrante logo após o incidente.

Bolsonaro participava de um ato de campanha em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais, e estava nos ombros de apoiadores quando foi atingido.

De acordo com a TV Integração, o suspeito foi levado para a delegacia da Polícia Federal na cidade. Um inquérito já foi aberto pela Polícia Federal.

(Foto – PM de Minas)

Captação da poupança chega a R$ 5,8 bi em agosto

Os depósitos na caderneta de poupança superaram os saques em R$ 5,862 bilhões em agosto, de acordo com relatório divulgado hoje (6) pelo Banco Central (BC). Esse é o maior resultado para agosto, na série histórica do BC, iniciada em 1995.

Foram depositados, ao longo do mês passado, R$ 198,6 bilhões, contra retiradas que somaram R$ 192,737 bilhões. É o sexto mês consecutivo de captação líquida, ou sejam depósitos superiores aos saques.

No acumulado dos oito meses deste ano, os depósitos na poupança superaram as retiradas em R$ 16,960 bilhões.

O saldo atualmente depositado na caderneta está em R$ 764,408 bilhões. Os rendimentos chegaram a R$ 2,862 bilhões, em agosto.

Pela legislação em vigor, o rendimento da poupança é calculado pela soma da Taxa Referencial (TR), definida pelo BC, mais 0,5% ao mês, sempre que a taxa básica de juros, a Selic, está acima de 8,5% ao ano.

Quando a Selic é igual ou inferior a 8,5% ao ano, como ocorre atualmente, a remuneração da poupança passa a ser a soma da TR com 70% da Selic. Atualmente a Selic está em 6,5% ao ano.

(Agência Brasil)

Bolsonaro interrompe ato de campanha após ser esfaqueado em Juiz de Fora, diz PM

Em campanha na cidade de Juiz de Fora (MG), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) foi atingido por uma pessoa com uma faca na mão, segundo a Polícia Militar. A informação é da Folha Online.

O candidato estava sendo carregado por apoiadores e foi retirado do ato.

“Não sabe a gravidade ainda ou o que está acontecendo”, disse o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidenciável em sua página no Facebook.

Há informações de que o responsável pelo ataque foi preso, mas a Polícia não deu mais detalhes. O candidato está na na Santa Casa de Juiz de Fora e o filho de Bolsonaro informa que ele está fora de perigo.

Ele levou seis pontos na região do abdômen, informou um dos seus filhos. Perdeu pouco sangue e se submete a cirurgia no hospital. Há suspeita de lesão n fígado.

*Confira vídeo da agressão aqui.

(Foto -Site Renova Mídia)

Agosto foi o melhor mês em produção de veículos dos últimos 4 anos

As montadoras de veículos instaladas no país ampliaram a produção em 18,6% no último mês de agosto sobre o mês anterior e 11,7% na comparação com igual período do ano passado, com um total de 291,4 mil unidades. Esse dinamismo foi puxado, principalmente, pelos licenciamentos de veículos novos, que representam o escoamento ao mercado interno, e que atingiram 248,6 mil veículos, com alta de 14,3% sobre julho último e 14,8% em relação ao mesmo mês de 2017, no melhor desempenho mensal desde janeiro de 2015 (253,8 mil) e o maior volume de produção desde outubro de 2014. No acumulado do ano, as vendas foram 14,9% maior em comparação ao período de janeiro a agosto do ano passado.

Ao anunciar os números, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale, comemorou o resultado, salientando que, tradicionalmente, agosto é um mês de bons resultados ficando atrás apenas de dezembro, e neste, em especial, o número de dias úteis (23) favoreceu os negócios.

As vendas externas alcançaram US$ 1,3 bilhão, 4,9% acima de julho e 7,8% maior do que de janeiro a agosto, porém teve um recuo de 11% sobre igual mês do ano passado. Em unidades, foram exportadas 56,1 mil, 9,2% maior do que em julho (51,3 mil em julho). Apesar dessa elevação, houve uma queda de 16,6% em relação a agosto de 2017 e de 4,6% no acumulado do ano.

Segundo o presidente da Anfavea, o volume financeiro das exportações em US$ 11,08 bilhões é um recorde e supera o valor anterior (U$ 8,6 bilhões), principalmente com o nosso principal parceiro, a Argentina”.

Ediçã

Confira o que vai funcionar no feriado do 7 de Setembro

Nesta sexta-feira, 7, é celebrado o Dia da Independência do Brasil. A data é feriado nacional e, por isso, alguns órgãos e estabelecimentos fecham as portas ou têm horário de funcionamento modificado.

Confira a lista provisória de o que abre e o que fecha

Postos de gasolina
Conforme o Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis Minerais do Estado do Ceará (Sindipostos), os postos de gasolina terão funcionamento normal. A recomendação do sindicato é que os estabelecimento abram às 6 horas e fechem às 22 horas. Alguns postos funcionam 24 horas.

Supermercados
Os supermercados funcionarão normalmente no feriado. A Associação Cearense de Supermercados (Acesu) afirma que não existe horário obrigatório de funcionamento, dependendo apenas do dono do estabelecimento.

Centro de Fortaleza
O Sindicato dos Lojistas do Comércio de Fortaleza informa que as lojas do Centro se encontrarão fechadas durante o 7 de setembro.

Bancos
As agências bancárias estarão fechadas no feriado, voltando a funcionar apenas na próxima segunda-feira, 10. Informação é do Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb/CE)

Dragão do Mar
O centro cultural abre em seu horário de feriado, das 8 às 23 horas. Museus, teatro, cafés e cinema funcionam normalmente. O cinema estará aberto das 14 às 22 horas; os museus, das 14 às 21 horas, sendo o acesso permitido até às 20h30min.

Correios
As agências dos Correios não terão expediente na próxima sexta-feira, 7. Algumas unidades franqueadas podem voltar a funcionar no sábado, 8, mas, no geral, o funcionamento será normalizado apenas na próxima segunda-feira, 10.

Enel
A companhia manterá equipes de plantão em pontos estratégicos em toda a cidade, a fim de agilizar o atendimento emergencial. Operadores de sistemas e subestações, eletricistas, técnicos e engenheiros estarão trabalhando durante o período para garantir o fornecimento de energia no município.

OFF Outlet
O OFF Outlet funcionará em seu horário de domingo, das 11 às 19 horas.

Shopping Aldeota
As lojas estarão fechadas. Cinema e praça de alimentação funcionarão normalmente, nos horários de 13 às 19 horas e 11 às 19 horas, respectivamente.

Shopping Del Paseo
Praça de alimentação, parques e games estarão abertos das 11 às 22 horas. As Lojas Americanas funcionarão das 12 às 21 horas. O cinema abre às 13 horas e funcionará de acordo com a programação. Lojas ficarão fechadas.

Shopping Iguatemi
Lojas e quiosques não funcionarão. Alguns serviços terão horário diferenciado:
Praças de alimentação e lazer – Funcionamento das 10 às 22 horas
Cinema – Funcionamento das 12h30min às 22h30min
Lojas Americanas – Funcionamento das 12 às 21 horas
Hipermercado Extra – Funcionamento normal, das 7 à meia-noite

North Shopping Fortaleza
A praça de alimentação e a parte de lazer do shopping ficará aberta das 10 às 22 horas. Lojas e quiosques estarão fechados.

North Shopping Jóquei
Lojas e quiosques não funcionarão. A praça de alimentação e a parte de lazer do shopping estará aberta das 10 às 22 horas.

Via Sul Shopping
Praça de alimentação e lazer funcionarão das 10 às 22 horas. Lojas e quiosques estarão fechados.

Shopping Parangaba
A praça de alimentação e opções de lazer do Shopping Parangaba funcionarão das 11 às 22 horas. As lojas e quiosques estarão fechados. O cinema UCI funcionará de acordo com os horários de suas sessões.

Shopping Benfica
Lojas, box e quiosques estarão fechados, além da Farmácia Pague Menos, do Laboratório Clementino Fraga e da Clínica do Shopping. Praça de alimentação, Lojas Americanas e Entretenimento (Benfica Play, Clubinho do Mar, Arena Play) estarão abertos das 11h30min às 21 horas. A bilheteria do cinema abre às 12h15min e a primeira sessão ocorre às 13 horas. O mercadinho São Luiz terá funcionamento normal, das 8 às 22 horas.

Riomar Fortaleza
Durante o feriado, lojas, quiosques e serviços públicos estarão fechados. Apenas as operações de alimentação, farmácias, supermercados, entretenimento e restaurantes funcionarão normalmente das 10 às 22 horas.

RioMar Kennedy
Lojas, quiosques e serviços públicos do shopping não funcionarão.Operações de alimentação, farmácias, supermercados, entretenimento e restaurantes estarão abertas das 10 às 22 horas.

(Com O POVO Online – Heloísa Vasconcelos)

Microempresas – O Motor da Economia

Com o título “Motor da economia”, eis artigo de Joaquim Cartaxo, arquiteto urbanista e superintendente estadual do Sebrae. Ele fala da força da micro e pequena empresa que gerar empregos neste País de arrocho. Confira:

Em tempos difíceis como o que o país vem enfrentando, os pequenos negócios continuam a ser o motor da economia. Os dados da última pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, do Ministério do Trabalho (Caged), divulgados pelo IBGE, comprovam mais uma vez o importante papel que os microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas desempenham na geração de emprego e renda no país. Segundo a pesquisa, no último mês de julho o saldo de empregos registrado pelas micro e pequenas empresas representou 72% do total de empregos gerados em todo o Brasil. Isto significa que de cada 10 novas vagas formalizadas no mês passado, sete estavam nos pequenos negócios.

Outro dado significativo é que os pequenos negócios registraram saldo positivo de emprego em todos os meses de 2018. No acumulado, de janeiro a julho de 2018, os pequenos negócios já respondem pela criação de 395,3 mil postos de trabalho, número 27% acima do saldo registrado por eles no mesmo período do ano passado e quase 10 vezes maior que o saldo computado pelas médias e grandes empresas no período (40,7 mil empregos). Ou seja, em momentos onde o desemprego cresceu no país, foram os pequenos negócios os responsáveis por impedir que o problema se agravasse ainda mais.

Não é à toa que os pequenos negócios hoje, respondem por mais de 54% dos empregos gerados no país, por mais de 44% da massa salarial e por cerca de um terço do Produto Interno Bruto brasileiro. Por isso, é inadmissível para todos aqueles que pensem em um projeto de nação, não terem em seu horizonte a priorização de políticas para os microempreendedores individuais, que já respondem por mais de 7 milhões de CNPJ e para as micro e pequenas empresas (4,9 milhões formalizados). Apoiar os pequenos negócios é contribuir para a construção de um país mais produtivo, com mais desenvolvimento regional, distribuição de renda e geração de empregos.

*Joaquim Cartaxo

Arquiteto urbanista e superintendente do Sebrae do Ceará.