Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Avenida Brasil – Quem matou Max?

Nesta sexta-feira, vai ao ar o último capítulo da novela Avenida Brasil, que bateu todos os recordes de audiência em sua categoria nos últimos anos. O mistério principal: Quem matou Max, o amante de Carminha? Será que foi Santiago, o pai de Carminha, que envenenou Nilo? Poderia ter sido algum político infeliz por não ter sido reeleito?

Haja emoção nesse drama.

Datafolha – Fernando Haddad abre vantagem de 17 pontos sobre Serra

46 1

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, abriu 17 pontos de vantagem em relação ao seu adversário, o tucano José Serra, a 17 dias das eleições deste segundo turno. Pesquisa Datafolha finalizada ontem mostra Haddad com 49% das intenções de voto totais contra 32% de Serra. Brancos e nulos somam 10%. Outros 9% dizem que não sabem em quem votar.

Na conta dos votos válidos (sem brancos e nulos), Haddad tem 60%; Serra, 40%, informa a Folha Online.

O levantamento mostra também que a rejeição ao nome de Serra disparou. Na última pesquisa feita pelo Datafolha antes do primeiro turno, nos dias 5 e 6 deste mês, 42% dos eleitores diziam que não votariam em Serra de jeito nenhum. Agora são 52%.

É a primeira vez que mais da metade do eleitorado rejeita o tucano. Desde 1992, só dois candidatos a prefeito de São Paulo chegaram ao final da disputa com um índice superior a este. Em 2008, Paulo Maluf (PP) era rejeitado por 59%. Em 2000, Fernando Collor (PRTB) alcançou 62%.

Oscar Niemeyer – Estado de saúde permanece inalterado

“Permanece inalterado o quadro de saúde do arquiteto Oscar Niemeyer, 104 anos, internado desde sábado passado (13), no Hospital Samaritano, em Botafogo, zona sul da capital fluminense, com um quadro de desidratação.

De acordo com a equipe médica, Niemeyer está lúcido, respira sem a ajuda de aparelhos e se alimenta normalmente. O boletim é assinado pelo clínico e médico intensivista Fernando Gjorup. Ele não indica quando o paciente terá alta do hospital.

Em maio último, Niemeyer esteve internado no mesmo hospital por mais de 15 dias com um quadro de desidratação e pneumonia. Em abril do ano passado, ele já havia passado 12 dias internado no Hospital Samaritano com infecção urinária.

Oscar Niemeyer, carioca do bairro de Laranjeiras, na zona sul, é reconhecido internacionalmente e pioneiro na exploração das possibilidades plásticas do concreto armado. Ele completará 105 anos em 15 de dezembro.”

(Agência Brasil)

Novo Código Florestal – DEM vai ao Supremo contra o decreto

“O DEM vai ingressar com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra o decreto da presidente Dilma Rousseff que modificou o texto aprovado pelo Congresso na Medida Provisória do Código Florestal.

Noutra frente, vai tentar aprovar um decreto Legislativo para restabelecer o texto aprovado pelos parlamentares.”

(Coluna Radar, da Veja Online)

DNOCS comemora 103 anos no próximo domingo

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) estará completando 103 anos de atividades no próximo domingo. Nesse período, suas ações estruturantes e de convivência com as secas e estiagens – sobretudo no desenvolvimento e aproveitamento racional dos recursos hídricos, permitiram a que o semiárido brasileiro se tornasse o mais populoso do mundo, restringindo as migrações e possibilitando sua sustentabilidade.

A despeito de carências de pessoal e da necessidade de uma reestruturação que permita sua modernização, o DNOCS, com o apoio do ministério da Integração Nacional , apresenta no exercício de 2012 uma boa musculatura orçamentária, sobretudo com recursos destinados a investimentos. Do seu orçamento geral, de R$ 1,125 bilhão, R$ 402 milhões estão dedicados a investimentos, com destaque para 14 obras do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC (R$ 335 milhões). Acrescente-se na cota de investimentos os destaques de R$ 259 milhões do programa “Brasil Sem Miséria”, onde estão o “Água Para Todos”, dedicado à instalação de 60.000 cisternas na região e pequena parte para o apoio à piscicultura.

Segundo o diretor-geral do órgão, Emerson Fernandes, mais R$ 220 milhões estão sendo disponibilizados pelo MIN para recuperação de 22 barragens de responsabilidade do DNOCS e que integram o sistema do Projeto de Integração do Rio São Francisco com as bacias do Nordeste Setentrional. Assim, os recursos para investimentos em 2012 se aproximam dos R$ 880 milhões elevando o orçamento para R$ 1,6 bilhão.

VAMOS NÓS – Pois é, mesmo sob alvo constante de extinção e esvaziamentos, o DNOCS velho de guerra sobrevive. Ainda bem.

Cadastro Positivo – Decreto sai n Diário Oficial da União

“O decreto de regulamentação do Cadastro Positivo, que lista os bons pagadores no país, foi publicado na edição de hoje (18) do Diário Oficial da UniãoO sistema poderá permitir que brasileiros que pagam suas contas em dia tomem crédito com juros mais baixos. A lei que criou o cadastro foi aprovada pelo Senado Federal em dezembro de 2010 e sancionada com vetos pela presidenta Dilma Rousseff em junho do ano passado. O decreto publicado hoje traz detalhes operacionais para o funcionamento do cadastro. Para criar uma empresa gestora de banco de dados, será necessário ter patrimônio líquido de R$ 20 milhões, o mesmo valor exigido para os bancos.

Pelo texto do Decreto nº 7.829, a inclusão dos nomes no Cadastro Positivo é opcional. Quem quiser participar do cadastro positivo terá que autorizar “em forma física ou eletrônica, diretamente à fonte ou ao gestor de banco de dados”, que serão criados por empresas responsáveis pela coleta, pelo armazenamento e pelo acesso de terceiros aos dados. Ou seja, o consumidor pode dar essa autorização por meio de uma loja onde pretende fazer uma compra financiada ou diretamente à empresa gestora de banco de dados.

O decreto determina que os gestores dos bancos de dados deverão “adotar as cautelas necessárias à preservação do sigilo das informações que lhes forem enviadas”, disponibilizar em seus sites, para verificação do consumidor, quem teve acesso ao seu histórico de crédito nos seis meses anteriores à solicitação e as fontes que encaminharam dados sobre o seu cadastrado, com endereço e telefone para contato.

Pelas regras, o consumidor poderá solicitar que suas informações não sejam acessíveis a empresas específicas ou por período determinado. O que não será permitido, segundo o decreto, é o pedido de exclusão parcial de informações registradas, a não ser em casos de erros. Entre os dados que ficarão disponíveis para consulta estão o saldo, a data e o valor da concessão de crédito, o histórico de pagamentos de dívidas e as parcelas não pagas. O consumidor pode pedir ao banco de dados que inclua a informação, por exemplo, que determinada parcela de financiamento ou dívida não foi paga porque está sendo questionada na Justiça.”

(Agência Brasil)

Mensalão – Julgamento é retomado no item sobre formação de quadrilha

61 1

“O Supremo Tribunal Federal (STF) retomou, nesta tarde de quinta-feira, o julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão, com a conclusão do voto do ministro-relator, Joaquim Barbosa, sobre o Capítulo 2, que trata do crime de formação de quadrilha.

Na sessão de ontem (17), Barbosa iniciou a leitura de seu voto e se dedicou a mostrar as relações entre o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o publicitário Marcos Valério. O ministro citou trechos da denúncia do Ministério Público Federal (MPF) e vários depoimentos – com destaque ao testemunho do ex-deputado federal Roberto Jefferson, que revelou o esquema.

Barbosa encaminha seu voto no sentido de colocar, novamente, Dirceu na posição de mandante do esquema do mensalão, como já fez no capítulo sobre corrupção ativa.

Além de José Dirceu e Valério, figuram nesse capítulo o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro da legenda Delúbio Soares, os réus do núcleo publicitário – Ramon Hollerbach, Cristiano Paz, Rogério Tolentino, Simone Vasconcelos e Geiza Dias; e os réus do núcleo financeiro – Kátia Rabello, José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório.”

(Agência Brasil)

Novo Código Florestal – Vetos já estão no Diário Oficial

“Os nove vetos presidenciais ao Código Florestal, aprovado pelo Congresso Nacional em setembro, foram publicados na edição de hoje (18) do Diário Oficial da União. O principal deles retira do texto a flexibilização para a recuperação de áreas de preservação permanente (APPs) nas margens de rios. A chamada regra da “escadinha”, que prevê obrigações de recuperação maiores para grandes proprietários rurais, foi devolvida à lei por decreto presidencial, publicado também na edição desta quinta-feira no Diário Oficial. Os produtores rurais terão que recompor entre 5 e 100 metros de vegetação nativa das APPs nas margens dos rios, dependendo do tamanho da propriedade e da largura dos rios que cortam os imóveis rurais.

O decreto publicado hoje também traz normas gerais aos Programas de Regularização Ambiental (PRA) e define como será o funcionamento do Cadastro Ambiental Rural (CAR), que suprem possíveis vácuos na lei deixados pelos vetos.

Pelo texto, o Cadastro Ambiental Rural é um registro eletrônico de abrangência nacional, que servirá para compor a base de dados do governo para “controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento”. Entre os dados que o integrarão estão informações do proprietário ou responsável pelo imóvel rural, planta do perímetro do imóvel, da localização dos remanescentes de vegetação nativa, das APPs, das Áreas de Uso Restrito, das áreas consolidadas e da localização das Reservas Legais.

Ontem (17), a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, disse que os vetos foram pontuais, apenas para recuperar os princípios que estavam na proposta original do governo, que significam “não anistiar, não estimular desmatamentos ilegais e assegurar a justiça social, a inclusão social no campo em torno dos direitos dos pequenos agricultores”.”

(Agência Brasil)

Aumenta na produção de frangos e ovos foi de 2.2% em 2011

“O número de galinhas, galos e frangos criados no país chegou a 1,27 bilhão em 2011, ou seja, um aumento de 2,2% em relação ao ano anterior. O Paraná concentra a maior parte, com 22,3% do total, segundo dados da Pesquisa de Produção Pecuária Municipal, divulgada hoje (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A produção de ovos teve aumento considerável (4,5%) nesse período, já que em 2011 foram produzidos 3,39 bilhões de dúzias. O preço do produto cresceu, 6,1%, chegando a R$ 1,87 em 2011.

São Paulo era o maior produtor, com 26% do total nacional, seguido pelo Paraná (11,5%) e por Minas Gerais (10,8%). Entre os municípios, os principais produtores de ovos foram Bastos (SP), com 6,7%, Santa Maria de Jetibá (ES), Itanhandu (MG) e Primavera do Leste (MT). Esses quatro locais detiveram, sozinhos, 15,5% da produção.

O número de codornas teve aumento de 19,8% entre 2010 e 2011, chegando a 15,6 milhões de cabeças. São Paulo concentrou 46,4% do total de codornas. Apenas os municípios paulistas de Bastos e Iacri detinham mais de um quarto (4,5 milhões ou 28,9%). A produção de ovos de codorna em 2011 foi 260,4 milhões de dúzias, ou seja, 12% a mais do que o registrado em 2010. São Paulo concentrou 60,4% do total da produção nacional.”

(Agência Brasil)

POR FALAR NISSO, a Associação Cearense de Avicultura fala, em termos deste ano, que não teve produção de frango e ovos crescendo. Principalmente neste semestre, por conta da crise no abastecimento do milho.

Projeto quer facilitar doação de livros no País

“O senador Clésio Andrade (PMDB/MG) apresentou, nesta semana, o projeto de lei isentando de tarifa postal o envio de livros doados a bibliotecas públicas. Pela proposta do senador mineiro, todos os interessados em doar livros podem simplesmente entregá-los a uma agência dos correios, com a indicação da biblioteca destinatária da doação.

Em sua justificativa, Clésio Andrade ressalta a importância da leitura para a formação cultural e técnica dos brasileiros, assim como aponta o número insuficiente de bibliotecas no país – 2,67 bibliotecas municipais por cem mil habitantes, segundo o 1º Censo Nacional das Bibliotecas Públicas Municipais, de 2010 – e a precariedade do acervo da maioria delas.

“ O objetivo do projeto é viabilizar as doações por meio da isenção de tarifa postal, de forma que o doador possa, simplesmente, encaminhar o material a uma agência dos Correios e indicar, entre as instituições previamente cadastradas, a que será beneficiária”, salientou Clésio Andrade.

Além do número reduzido de bibliotecas e da má distribuição desses equipamentos pelo território nacional, merece destaque a limitação de seus acervos. Em muitos casos, inauguram-se as instalações físicas de bibliotecas públicas sem que se disponha sequer de uma coleção para que a instituição exerça, de fato, seu papel de casa de cultura.

SERVIÇO

* Para conhecer a íntegra do projeto de incentivo às bibliotecas e à leitura do senador Clésio Andrade (PLS 369/2012), visite o site do Senado Federal: http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=107970.

Dilma e os “postes” eleitorais

100 5

“Dilma Rousseff só aceitou abrir exceção para ir a Campinas apoiar Márcio Pochmann depois de ter acesso às pesquisas que confirmam as chances reais do petista contra o socialista Jonas Donizete – no que seria uma das maiores zebras dessas eleições, afinal, Pochmann começou a campanha com 1% nas pesquisas.

Contou também a afinidade pessoal e ideológica: ambos passaram pela pós-graduação do Instituto de Economia da Unicamp, berço do chamado “neodesenvolvimentismo” (seja lá o que isso significa).

Aliás, no ambiente de euforia que tomou conta do PT de São Paulo circula a seguinte piada: “Se tem uma coisa que o Lula aprendeu com o Luz para Todos foi a arte de escolher postes”.

A propósito, Dilma um dia já foi poste.”

(Coluna Radar, Veja Online)

VAMOS NÓS – Por aqui, Elmano de Freitas ficou conhecido como “poste” da prefeita Luizianne Lins. Pelas pesquisas, mostrou estar ganhando iluminação.

Pesquisa vai avaliar a saúde do brasileiro

“A partir de 2013, o Ministério da Saúde iniciará pesquisa com o objetivo de avaliar a saúde da população. Cerca de 16 mil pessoas, de 1.600 municípios, vão passar por exames de sangue e urina, além de medir a pressão arterial. A Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) faz parte do Plano de Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis. A meta é colher dados sobre os hábitos de alimentação, tabagismo, uso de bebidas alcoólicas, da prática de atividade física e sobre fatores associados a comportamentos não saudáveis da população. De acordo com o Ministério da Saúde, as informações vão ser base de ações de combate às doenças crônicas não transmissíveis, responsáveis por 72% das mortes no Brasil.

O levantamento vai contar com  a parceria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para levar questionários a 80 mil residências. Ele pretende estimar a cobertura de exames preventivos de câncer de colo de útero e de mama e quer ainda investigar a atenção dada aos doentes diagnosticados com hipertensão, diabetes e depressão, incluindo o acesso a medicamentos, exames complementares de diagnóstico e continuidade nos cuidados. A PNS se propõe ainda a delinear o perfil lipídico da população e a dimensionar o acesso ao diagnóstico de alguns problemas crônicos, como a hipertensão e o diabetes.”

(Agência Brasil)

Serra cai e Haddad abre vantagem de 16 pontos

45 1

“O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, oscilou um ponto porcentual para cima, de 48% para 49%, na segunda pesquisa Ibope/TV Globo divulgada no segundo turno. Já o tucano José Serra caiu quatro pontos em uma semana, de 37% para 33%. Com isso, a distância entre os dois aumentou de 11 para 16 pontos. Em votos válidos – excluídos os entrevistados que pretendem votar nulo ou em branco -, Haddad venceria por 60% a 40% se a eleição fosse hoje. Há uma semana, quando o Ibope divulgou sua primeira pesquisa desde a primeira rodada da eleição, o placar estava em 56% a 44%.

Na pesquisa espontânea, aquela em que os eleitores manifestam sua preferência antes de ler os nomes dos candidatos, Haddad tem a preferência de 47% e Serra, de 32%. A pesquisa espontânea é a que revela o voto mais consolidado de cada candidato, e seus resultados estão bem próximos dos obtidos no levantamento estimulado. Como Haddad teve uma oscilação dentro da margem de erro da pesquisa, de três pontos porcentuais, não se pode dizer que ele cresceu. O fenômeno captado pela pesquisa é a transferência de eleitores de Serra para o campo dos que pretendem anular o voto ou votar em branco. Na pesquisa feita entre os dias 9 e 11 de outubro, 9% dos entrevistados afirmaram que pretendiam votar nulo ou em branco. No levantamento feito entre a tarde de segunda-feira e a manhã de ontem, a parcela dos dispostos a não votar em ninguém subiu para 13% – quatro pontos porcentuais a mais. Os indecisos passaram de 6% para 5% nesse período.
A divisão do eleitorado por regiões da cidade mostra que Haddad manteve sua vantagem nas áreas periféricas das regiões Sul e Leste, enquanto Serra perdeu espaço nas zonas Oeste e Sul 1 (veja mapa). Há uma semana, o tucano vencia nessas regiões, e agora há empate técnico com o petista. Na região Norte, o placar está favorável a Haddad (54% a 27%). A vantagem do petista, de 27 pontos porcentuais, era de 16 pontos na pesquisa anterior. Em um segundo turno marcado pela busca de apoio de líderes religiosos, o candidato do PSDB perdeu terreno entre o eleitorado evangélico, enquanto Haddad se manteve praticamente estável. Nesse segmento, o petista venceria por 52% a 28%, segundo o Ibope.”

(O POVO)

José Pimentel é o novo relator da Subcomissão do FGTS

103 2

O senador José Pimentel (PT) foi escolhido por unanimidade, nesta quarta-feira (17), o novo relator da Subcomissão Temporária do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

Pimentel foi designado para a relatoria da subomissão em razão da saída da senadora Marta Suplicy (PT-SP) que deixou a Casa no mês passado para assumir o cargo de ministra da Cultura, no lugar de Ana de Holanda.

Durante a sessão, os senadores Paulo Paim (PT-RS) e Ana Amélia (PP-RS) consideraram acertada a escolha de Pimentel para a função, destacando sua competência e experiência como ministro da Previdência Social.

Ao final da reunião, o presidente da subcomissão, senador Cyro Miranda (PSDB-GO), informou que o cronograma de trabalho de trabalho deverá ser definido na próxima reunião.

A subcomissão foi criada em março deste ano para examinar questões relativas às contas e à sustentabilidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

(Agência Senado)

Horário de verão evitará gasto de R$ 3 bilhões com construção de usinas térmicas

O horário de verão, que começa no próximo domingo (21), poderá evitar gastos estimados em R$ 3 bilhões na construção de novas usinas térmicas a gás, que seriam necessárias para garantir a segurança do suprimento de energia no horário de pico, se não houvesse a medida.

“Se não houvesse redução da demanda, o país teria que instalar usinas para atender às necessidades. Então, não instalando usinas, os investimentos deixam de ser feitos”, disse nesta quarta-feira (17) o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Ildo Grüdtner.

Segundo ele, a mudança de horário proporciona um ganho considerável para a segurança do sistema elétrico brasileiro. “Menor demanda implica maior segurança para o sistema, que não fica tão ‘estressado’. Há também maior flexibilidade operativa para liberar instalações para manutenção e redução da geração de energia térmica para atender a esse consumo”, explicou o secretário.

De acordo com expectativas do governo, com a adoção do horário de verão, será evitado um gasto de R$ 280 milhões com o acionamento de usinas térmicas neste ano para suprir a demanda no horário de pico. Segundo Grüdtner, a redução da demanda de energia no horário de pico neste ano deve ser de cerca de 4,5%, o que representa 2,2 mil megawatts. A redução total de consumo deverá ser de 0,5%.

(Agência Brasil)

Dilma vai lançar programa social para pescadores

73 1

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (17) que vai lançar um programa de distribuição de renda e inclusão produtiva para os pescadores, seguindo os moldes do programa voltado para a agricultura familiar. Dilma informou que o programa será lançado após as eleições municipais. No entanto, não adiantou detalhes da ação.

“Nós estamos esperando passar as eleições para lançar um projeto que tem muito sentido social, porque é um dos instrumentos de inclusão social e distribuição de renda e inclusão produtiva. Baseado em um programa de agricultura familiar, vamos fazer um programa para a pesca também”, disse a presidenta ao discursar na cerimônia de inauguração da Usina Hidrelétrica de Estreito, em Estreito (MA).

Dados do Ministério da Pesca e Aquicultura, de setembro de 2011, mostram que dos cerca de 970 mil pescadores registrados, 957 mil são artesanais. Na pesca industrial, 40 mil trabalhadores atuam somente no setor de captura, conforme dados da pasta. O programa voltado para a agricultura familiar, citado pela presidenta Dilma, é de responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Agrário e prevê ações, por exemplo, que parte dos recursos destinados à alimentação escolar seja usado na aquisição da produção de agricultores familiares.”

(Agência Brasil)

Festival UFC de Cultura apresenta nesta 4ª feira Flávio Venturini e Lô Borges

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=hP8FXYi7SHE&feature=related[/youtube]

A programação do V Festival UFC de Cultura, que traz o tema “Pão, Modernismo e outras Revoluções na Arte Brasileira”, continua nesta quarta-feira, a partir das 18h30min, na concha acústica da Reitoria. No palco, a música popular brasileira e as composições instrumentais.

O primeiro grupo a se apresentar é a banda Realejo Viramundo, que tem como foco música instrumental brasileira, em toda a sua pluralidade. Em seguida, a carioca Silvia Machete (RJ) apresenta o premiado show “Extravaganza”. A cantora utiliza tudo o que aprendeu nos tempos de artista de rua e na escola do circo, criando performance de palco única e arrebatadora com suas canções inteligentes e boa dosagem de humor.

O encerramento desta quarta-feira trará homenagem a um dos movimentos musicais mais relevantes do Brasil, o lendário “Clube da Esquina”. Surgido em Minas Gerais no início da década de 1970 e mundialmente reconhecido, esse movimento musical reuniu grandes nomes da música como Lô Borges, Flávio Venturini, Milton Nascimento, Beto Guedes e Fernando Brant. Lô e Flávio, ambos com carreiras de mais de 30 anos, apresentam no Festival o show “Lô Borges e Flávio Venturini + Acústico”, que traz canções consagradas na vida de várias gerações.

(Com UFC)