Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Copa 2014 – Cid e Roberto Cláudio tratam do certame com ministro das Cidades

metfo

O governador Cid Gomes e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, foram recebidos, nesta manhã de terça-feia, em Brasília, pelo ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. Na ocasião, as obras de mobilidade da Copa 2014 entraram na pauta.

Ambos tratam não somente do reforço financeiro do projeto, mas também de outras obras relacionadas à mobilidade durante eventos paralelos – shows e feiras, que integrarão o conjunto das atrações do certame.

(Foto – DF Express)

PT-PSB e um divórcio com data marcada: 2014

132 4

Com o título “O governador Eduardo Campos (PSB-PE) e a sua pré–candidatura presidencial”, eis artigo do sociólogo Luiz Cláudio Ferreira Barbosa. Para ele, o rompimento político do PSB com o PT é iminente. 

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, já não é governista de primeira hora, junto ao Planalto, como foi no período em que era Ministro da Ciência e Tecnologia, durante o mandato do ex–presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como também durante o seu primeiro mandato como chefe do executivo no seu estado natal. O PSB terá uma candidatura própria para à presidência da República, no pleito eleitoral de 2014.

O Partido dos Trabalhadores não tem dúvida do rompimento com os socialistas para a reeleição da presidente Dilma Rousseff. As críticas negativas do governador Eduardo Campos (PSB), em relação à polarização entre petistas e tucanos, devido às suas candidaturas presidenciais.

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, já não mais nutre nenhuma perspectiva de aliança político-eleitoral com o PSDB, no primeiro turno na eleição presidencial de 2014. O PSB poderá ser a primeira via oposicionista em relação à tentativa do PT em manter o comando do executivo do Governo federal, por mais quatro anos (2015 – 2018).

O senador Aécio Neves (PSDB) já começa a temer o crescimento da postulação do pré–candidato socialista nas fileiras do seu próprio partido, numa espécie de consenso tucano, para derrotar a todo custo o Partido dos Trabalhadores, no pleito eleitoral, para presidente da República. Os tucanos paulistas já teriam demonstrado, em alguns momentos, o interesse de esvaziamento da pré–candidatura do ex–governador mineiro Aécio Neves nas instâncias do partido, com o discurso de serem a favor da candidatura mais competitiva anti–Planalto. O beneficiado desta cisão nas fileiras tucanas sem dúvida será o governador Eduardo Campos.

* Luiz Cláudio Ferreira Barbosa,

Sociólogo.

Desemprego no País registra queda em janeiro

“A taxa de desemprego no país ficou em 5,4% em janeiro, o menor resultado para o mês desde o início da série histórica, em março de 2002. Os dados fazem parte da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), divulgada hoje (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O índice supera o registrado em dezembro do ano passado (4,6%). Na comparação com o resultado de janeiro de 2012 (5,5%), no entanto, a taxa ficou praticamente estável.

Os dados mostram também que a população desocupada, 1,3 milhão de pessoas, aumentou 17,2% na comparação com dezembro e ficou estável em relação a janeiro de 2012. O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado, 11,6 milhões, também não variou na comparação com dezembro. Em relação a janeiro do ano passado, houve alta de 4,1%, ou 459 mil novos postos de trabalho com carteira assinada em um ano.

Segundo o IBGE, o rendimento médio real habitual dos ocupados, R$ 1.820, ficou estável na comparação com dezembro e cresceu 2,4% ante janeiro de 2012. A PME é feita nas regiões metropolitanas do Recife, de Salvador, de Belo Horizonte, do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Porto Alegre. Assim como o IBGE, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos (Dieese) e a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) divulgam dados mensais sobre o desemprego no país.”

(Agência Brasil)

Homenagem a José Cândido, homenagem ao Dnocs

Co o título “Homenagem ao DNOCS”, eis artigo do professor e engenheiro Cássio Borges à memória do engenheiro José Cândido. O nome dele batiza a Inspetoria do CREA/CE de Sobral. Cássio destaca o espírito arrojado de Cândido e sua importância para a política hídrica do Estado. Confira:

A homenagem que o Conselho Regional da Agronomia-CREA-Ceará prestou ao insigne ex-diretor geral do DNOCS, José Cândido Castro Parente Pessoa, por extensão, entendo, também é prestada ao próprio DNOCS, instituição que ele engrandeceu e tornou conhecida em toda a comunidade técnico-científica mundial graças ao legado de um extraordinário acervo de obras em prol do desenvolvimento social e econômico do Nordeste brasileiro. Esta homenagem é, portanto, um preito de gratidão do todos os cearenses, porque não dizer de todos os nordestinos, àquele que, com inexcedível dedicação e competência escreveu uma das mais belas páginas da história contemporânea deste grandioso Departamento federal”

O doutor José Cândido, em suas últimas vindas a Fortaleza, convidava-me para jantarmos juntos. Quando da prolongada seca de 1991 a 1993 nós jantamos no Hotel Praia Centro. Como não poderia deixar de ser, conversamos longamente sobre a questão da seca que assolava naquela ocasião toda a região nordestina e de um eventual colapso de falta absoluta de água que ameaçava a Região Metropolitana de Fortaleza, de consequências imprevisíveis.

Todos nós sabemos que o Canal do Trabalhador, ou como muitos chamam de Canal do Ciro, foi projetado pelo doutor José Cândido e construído emergencial e corajosamente pelo então Governador Ciro Gomes. Tempo depois, em novo encontro, senti-me feliz em ouvir José Cândido dizer que a ideia que ele teve de trazer água do Açude Orós para Fortaleza foi inspirada na conversa que tínhamos tido, tempos atrás, no referido jantar”. 

O que seria hoje o Estado do Ceará na seca atual se não fossem os Açudes Orós, Banabuiú e Araras (atual Paulo Sarasate) para citar somente estes três construídos na operosa administração do DNOCS pelo doutor José Cândido? Graças a estes açudes, o Estado do Ceará possui cerca de 25.000 hectares de irrigação que têm mantido no sertão dezenas de milhares de famílias. Vejam o milagre que o Projeto do Baixo Acaraú tem produzido na cidade de Marco, aqui bem próxima de Sobral, uma cidade totalmente diferente da que era tempos atrás. 

Eis porque posso afirmar, sem contestação, que o doutor José Cândido Castro Parente Pessoa, filho ilustre de tradicionais famílias sobralenses, como é destacado em sua fértil e longa biografia publicada na Revista Conviver, editada pelo DNOCS e Banco do Nordeste, que tem como título “O Século do DNOCS”, excedeu as expectativas mais otimistas com seu raro talento, competência e conhecimento do semiárido nordestino e, sobretudo, o seu acendrado amor a esta Região, podendo, assim, ser considerado um dos mais brilhantes Diretores Gerais do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas-DNOCS desde o seu insigne criador Miguel Arrojado Lisboa”.

* Cássio Borges,

Engenheiro.

FGV – Confiança do consumidor cai pelo quinto mês consecutivo

“O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) teve em fevereiro deste ano a quinta queda consecutiva. O índice caiu 1,4%, ao passar de 117,9 pontos em janeiro para 116,2 pontos em fevereiro, e atingiu o menor nível desde janeiro do ano passado (106 pontos). O dado foi divulgado hoje (26) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Segundo a FGV, a queda da confiança vem sendo influenciada principalmente por uma piora na avaliação do momento, medida pelo Índice da Situação Atual, que diminuiu 2,3% de janeiro para fevereiro. A proporção de consumidores que avaliam a situação atual da economia como boa diminuiu de 22,2% para 21,1% no período. Já os que a julgam ruim aumentaram de 24,2% para 26,8%.

Já o Índice de Expectativas, que mede o otimismo em relação aos próximos meses, recuou 0,8% de janeiro para fevereiro. A parcela de consumidores que projetam melhora da situação econômica diminuiu de 28,4% em janeiro para 27,7% em fevereiro; enquanto os que preveem piora passaram de 16% para 19,2%.”

(Agência Brasil)

Líder do PSB no Senado diz que Ciro Gomes "é voz isolada no partido"

255 3

cirogoms

O senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), líder do partido no Senado, lamentou a fala do companheiro Ciro Gomes garantindo que Dilma Rousseff (PT) pode ganhar “por w.o” em 2014, porque Aécio Neves, Marina Silva e Eduardo Campos (PSB) não têm projeto para o Brasil.

Ele classificou como “presunçosas” e “infelizes” as declarações do ex-governador do Ceará. Segundo Rollemberg, Ciro Gomes “é uma voz isolada no partido” e estava afastado do processo político e, com isso, conseguiu retornar à mídia por alguns momentos.

“Ciro Gomes está querendo espaço para politizar, mas a influência disso no partido é nenhuma”, disse o senador, criticando o fato de Ciro Gomes ter “reaparecido” para “desqualificar quatro lideranças políticas nacionais que, concordem ou não, têm representatividade e respeito na vida do Brasil”. Ciro fez essas colocações durante entrevista ao programa de Evandro Nogueira, na Rádio Verdes Mares AM, sábado último.

(Com Agência Estado)

O dia em que o petista Eudes Xavier concordou com Ciro Gomes

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nyZ8_yBQl-A[/youtube]

O deputado federal Eudes Xavier (PT) endossou, nesta terça-feira, a declaração do ex-ministro Ciro Gomes (PSB) apontando para a falta de projetos dos possíveis adversários da presidente Dilma Rousseff na disputa de 2014.

Ciro disse que Dilma pode ganhar por w.0 porque pretensos postulantes como Eduardo Campos (PSB), Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (sem partido) não têm projeto para o Brasil.

Mesmo assim, ele considera cedo avaliar candidaturas de oposição. Ao PT, de acordo com Eudes Xavier, o que interessa é montar um forte arco de alianças. Sobre o retorno de Luizianne Lins ao comando do PT estadual, Eudes assegurou que será importante para fortalecer o petismo.

PAC das Cidades Históricas vai incluir restauração do Teatro São José

181 1

“Uma boa nova para a Prefeitura de Fortaleza, que vive clima de choro e ranger de dentes por verbas. O governo federal, através do PAC das Cidades Históricas, cujo objetivo é recuperar equipamentos culturais e históricos do País, deve aprovar algumas obras nessa área para o Município.

Já em avaliação a restauração completa do Teatro São José – com praça do entorno, que, de acordo com a Prefeitura, vai se transformar em teatro municipal – bem como as reformas do Casarão do Barão de Camocim (Centro) e da Praça da Faculdade de Direito da UFC, esta em clima de 110 anos de criação.

Ainda em março, o governo federal promete concluir a avaliação e acertar a verba.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

Prefeito e governador cumprem agenda em Brasília

160 3

ciddomimgo

Cid Gomes, Domingos Neto, Domingos Filho e RC.

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, encontra-se, nesta terça-feira,  em Brasília. Na agenda dele, reuniões políticas e, a partir das 15 horas, audiência com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Com o prefeito, a secretária municipal da Saúde, Socorro Martins.

Roberto Cláudio cobra ressarcimento dos R$ 31 milhões que o Ministério da Saúde antecipou em dezembro para a gestão petista. O dinheiro seria aplicado a partir de janeiro e deveria liquidar dívidas com prestadores de serviços da área da saúde.

Quem também está em Brasília é o governador Cid Gomes (PSB). Além de contatos ministeriais e políticos, o governador terá audiência, a partir da 15 horas, com a presidente Dilma Rousseff. Hora de tratar sobre Refinaria Premium e uma série de projetos de infraestrutura. Com Cid Gomes, o secretário estadual de Infraestrutura, Adail Fontnenele.

Cid trata também de vetos federais a recursos que viram para obras nas rodovias cearenses, Cinturão das águas e o Arco Metropolitano, que deverá desafogar o fluxo do trânsito pesado da Capital.

Fortaleza entra para o quadro dos municípios com incidência de dengue

534 1

dengue clayton

“O mês de janeiro registrou 267 municípios com risco de incidência de dengue em todo o país, entre eles as capitais do Tocantins, Palmas, e de Rondônia, Porto Velho. No mesmo período do ano passado, esse número era 146. Os dados constam do levantamento Índice Rápido de Infestação por Aedes Aegypti (Liraa) divulgado nessa segunda-feira (25) pelo Ministério da Saúde. O levantamento mostra ainda que também cresceu o número de municípios em situação de alerta para a incidência de doença. Eles passaram de 384 para 478. As cidades de Belém (PA), Fortaleza (CE) e do Rio de Janeiro (RJ) estão nessa lista.

A pesquisa é feita em 983 municípios com base nos os focos de reprodução do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, encontrados. “O Liraa permite que cada município tenha uma fotografia de onde está o mosquito e [deve] combinar isso com aquilo que pode salvar vidas”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

O Brasil, com 204.650 casos de dengue, registrou nas sete primeiras semanas de 2013 um índice de 105,5 casos da doença por 100 mil habitantes, enquanto no mesmo período de 2012 foram 36,3. A região brasileira com maior incidência da doença em 2013 é o Centro-Oeste, que apresentou 561,4 casos por 100 mil habitantes. A Região Nordeste, com 22 casos por 100 mil habitantes, foi a que teve a menor incidência. O levantamento constatou que a Região Sul não teve incidência de dengue autóctone, ou seja, casos em que a infecção ocorreu no próprio município.”

(Agência Brasil/Charge Clayton, do O POVO)

Cristovam: Dilma errou ao falar em 'superar' a miséria

155 3

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) criticou, nessa segunda-feira (25), o fato de a presidente da República, Dilma Rousseff, ter usado, na semana passada, o verbo “superar” ao se referir a 22 milhões de famílias que deixaram a situação de miséria extrema. Para Cristovam, a presidente empregou o verbo de forma errada, criando uma ilusão de que os pobres deixaram definitivamente a situação em que se encontravam.

Para o líder do PDT, embora tenha o mérito de aliviar a fome, o programa Bolsa Família ainda não fez as pessoas superarem a pobreza.

– Elas voltarão à pobreza, por exemplo, se a inflação continuar, e tudo indica que a inflação vai corroer as transferências de renda – afirmou.

A inflação, para Cristovam, é um grande problema que pode impedir a superação da pobreza. Ele afirmou que, se a inflação voltar a uma taxa de, por exemplo, 8% ao ano, em apenas quatro anos se perderão quase 50% do valor da transferência de renda do Bolsa Família.

Outra questão levantada pelo senador é a necessidade de medidas estruturais para alcançar de fato a superação da miséria.

– Mesmo com a renda beneficiada pela Bolsa Família, elas permanecem na mesma situação social, porque a situação social não é definida só por um aumento da renda, nem mesmo se fosse um aumento substancial. A posição social depende das condições de habitação, depende das condições de segurança, depende, fundamentalmente, da saúde e da escola onde essa pessoa está – observou.

Cristovam disse que, ao falar sobre superação da miséria, Dilma pode ter criado uma “grave ilusão”. Para o senador, em vez de superação da miséria, há no país uma “miséria da superação”.

– Nós empobrecemos o conceito de superar. O conceito de superar é aquele que diz que houve uma revolução, houve uma mudança, houve uma passagem. Não houve passagem. As famílias da Bolsa Família continuam no mesmo estágio de pobreza, apenas com um alívio, por exemplo, na questão da fome.

(Agência Senado)

Renan diz que se fosse jovem também protestaria

125 2

Em entrevista ontem a uma rádio de Maceió (AL), o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) afirmou que, se fosse estudante, também teria assinado manifesto pela saída dele da presidência do Senado.

Calheiros considerou natural a realização de manifestações em várias cidades, anteontem, contra a volta dele à Presidência do Congresso.

 

AFBNB faz reunião com Chico Lopes sobre reintegração de demitidos do banco

311 2

afbnbn

Entidade e Comissão se reúnem com autor do PL dos Demitidos (Foto: Artur Pires)

A diretoria da Associação dos Funcionários do BNB (AFBNB) e a Comissão dos Demitidos do Banco se reuniu, nesta segunda-feira, com o deputado federal Chico Lopes (PCdoB), autor do Projeto de Lei 343/2007, que versa sobre a reintegração dos trabalhadores demitidos do BNB no período de março de 1995 a fevereiro de 2003. No encontro, Ramon Galvão, assessor do senador Inácio Arruda (PCdoB), também autor de PL que trata sobre a reintegração dos demitidos do BNB (PLS 068/2007). A reunião foi no escritório político do deputado comunista em Fortaleza.

Segundo Chico Lopes, o momento agora é de aguardar a composição das comissões, tanto na Câmara como no Senado, o que deve ocorrer até meados de março. Ainda de acordo com o deputado, é importante que todos os interessados na readmissão dos trabalhadores ao BNB se articulem com a maior quantidade possível de parlamentares, para que a luta pela reintegração ganhe mais força. “A volta dos servidores para o Banco será ótima para a própria instituição”, defendeu o parlamentar.

Para a presidenta da AFBNB, Rita Josina, a questão é política e, como tal, deve ser tratada a partir de uma grande mobilização e da intensificação da luta. De acordo com Rita, a AFBNB vai continuar sua articulação no Congresso Nacional para garantir o direito dos demitidos, bem como continuará sua pressão junto ao Banco para que a atual gestão se sensibilize com a causa dos trabalhadores injustamente demitidos.

Eduardo Campos diz que críticas de Ciro não são novidade. Ele não virá para esta de Lula no Ceará

161 3

EDUARDO-CAMPOS-PREFEITOS-10

Sempre apontado como candidato à Presidência da República, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), evitou, nesta segunda-feira, polemizar com seu correligionário, ex-ministro Ciro Gomes, que afirmou, neste fim de semana, em Fortaleza, que o considera desprovido de visão e de projeto para o País.

“Discordo da opinião dele e essa não é a opinião do partido”, reagiu Campos, presidente nacional do PSDB, nesta segunda, depois de fazer palestra na abertura de seminário promovido pela revista Carta Capital, no Recife, com o tema “Nordeste: como enfrentar as dores do crescimento”. No evento, Campos defendeu que para crescer no século 21 de forma mais equilibrada – depois de por fim à inflação e aumentar a distribuição de renda -, o Brasil precisa reduzir as desigualdades regionais.

Ele destacou que as desigualdades – que não se limitam ao Nordeste, mas se estendem também pelo Sudeste e região de fronteiras – devem ser superadas como forma de “não reproduzir o mesmo padrão dos 500 anos de história do País, onde alguns vivem uma realidade que se assemelha aos melhores países da Europa e outros moram em situações que se assemelham às piores condições vividas no território africano”.

CIRO GOMES

“Isso não é nenhuma novidade, ele (Ciro) vem falando isso, só que desta vez ele falou em relação a Dilma, a Aécio, a Marina, a todos”, disse ao comentar que a crítica de Ciro referiu-se também à presidente – lançada à reeleição semana passada pelo ex-presidente Lula – e aos possíveis candidatos à Presidência Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva, que está criando um novo partido, o Rede Sustentabilidade.

Indagado se o caminho de Ciro será a saída do PSB, o governador observou que o PSB é um partido democrático, no qual as pessoas têm direito de ter suas opiniões. “Mas o debate sobre o que o partido vai fazer ou deixar de fazer deve ser travado no momento certo, nas instâncias certas”, afirmou.

Sobre uma eventual movimentação do governo federal para tirar o PSB do páreo na disputa presidencial em 2014 – com a eventual ajuda dos irmãos Ciro e Cid Gomes, governador do Ceará – Eduardo reiterou o discurso de que o partido não está pensando nisso. “É hora de juntar o Brasil, discutir o que interessa com a população”, disse, ao frisar “o tamanho do desafio que o País tem pela frente: vencer as desigualdades regionais”.

AUSÊNCIA

O governador disse que não irá comparecer ao encontro do PT em Fortaleza, dentro das comemorações dos 10 anos da legenda no governo federal – “o partido será representando pelo vice-presidente Roberto Amaral”.

(Com Agência Estado)

Ministro da Pesca cumprirá agenda na 5ª feira da visita de Lula ao Ceará

crivella

A visita do ex-presidente Lula mexeu também com  a agenda de alguns ministros do Governo Dilma Rousseff. Na próxima quinta-feira, desembarcará em Fortaleza o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivela. Na agenda dele, segundo o secretário estadual da Pesca e Aquicultura, Ricardo Campos, ele se deslocará às 9 horas para o Centro de Pesquisas do Labomar, no município do Eusébio. Depois, na cidade de Beberibe, ele vai inaugurar o Escritório de Apoio da SFPA/CE, quando entregará cestas básicas.

Já em Fortaleza, ao meio-dia, o ministro almoçará com o governador Cid Gomes, no Palácio da Aboli~~ao. Em seguida, às 14 horas, haverá a solenidade de divulgação dos convênios do Governo do Estado e Universidade Federal do Ceará. Crivela ainda lançará o Plano Safra da Pesca do Estado e assinará contratos e entregará de cheques referentes ao PSafra. Ainda entregará de carteiras de pescador.

Dengue – Número de casos triplica no País

“O Ministério da Saúde de divulgou hoje (25) que o número de casos de dengue quase triplicou, porém os mais graves e as mortes diminuíram, na comparação entre as sete primeiras semanas de 2012 com as de 2013. Neste ano, até 16 de fevereiro, o Brasil registrou 204.650 casos de dengue, ante 70.489 no ano passado. Para o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, o aumento se deu por causa do DENV-4, conhecido como tipo 4 da doença, que, desde 2011, circula no país e também por causa da grande incidência do mosquito.

“Toda vez que a gente tem um novo sorotipo em um lugar no qual nunca circulou ele encontra todo mundo suscetível. Em 2013, ele [tipo 4] atingiu municípios grandes e isso faz com que aumentasse o número de casos” explicou Barbosa. O DENV-4 corresponde a 52,6% das amostras encontradas no Brasil. O Ministério da Saúde acentua que a gravidade e os sintomas são iguais para os quatro tipos de vírus.

Mato Grosso do Sul, com o maior número de casos do Brasil, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso e Espírito Santo, com 173.072 registros, concentraram 84,6% dos casos nas sete primeiras semanas de 2013. Mato Grosso do Sul também tem a maior incidência da doença, 1.677,2 casos por 100 mil habitantes.”

(Agência Brasil)

Mauro Benevides torce por reeleição de Dilma com PMDB mantendo a vice

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=C_HhgHtsi4g[/youtube]

O deputado federal Mauro Benevides (PMDB) gostou do lançamento do nome da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição, o que partiu do ex-presidente Lula.

Mauro avalia que é importante para que Dilma continue sua luta contra a pobreza. Ele também acredita que seu partido deverá continuar na posição de vice de Dilma, o que setores do PSB começam a questionar.

MP dos Portos – José Guimarães comanda primeira reunião na 4ª feira

O petista José Nobre Guimarães (PT), que é também líder da bancada petista na Câmara dos Deputados e coordenador da banca nordestina, assumirá nova tarefa a partir de quarta-feira. Na data, ele comandará a primeira reunião da Comissão Especial da MP de Modernização dos Portos.

José Guimarães promete um debate amplo e transparente sobre a MP, observando que sua aprovação será fundamental para acelerar a economia do País em todos os sentidos.