Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Acert comemora com palestra os 90 anos do rádio

A Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert) comemora, a partir das 19 horas desta terça-feira, no auditório da Federação das Indústrias do Estado, os 90 anos do rádio no Brasil.

O ato será marcado com palestra da professora, jornalista e ombudsman emérita do O POVO, Adísia Sá, que abordará a trajetória do rádio no País. em seguida, haverá coquetel de confraternização.

* Sobre a História do Rádio no Brasil aqui.

Desonerações de impostos federais geram renúncia de R$ 1,7 bi na arrecadação de agosto

“As desonerações tributárias concedidas pelo governo representaram renúncia de R$ 1,7 bilhão na arrecadação do mês de agosto, informou hoje (25) a Receita Federal. O montante refere-se à redução das alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente nos automóveis, do Imposto sobre Operações de Crédito, Câmbio e Seguros (IOF) para pessoa física e da Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide) sobre os combustíveis. De acordo com a secretária adjunta da Receita, Zayda Manatta, além das desonerações, outro fator que contribuiu para crescimento pouco expressivo da arrecadação no mês passado foi a queda na lucratividade das empresas, com consequente redução de R$ 1,045 bilhão no Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Em agosto, foram arrecadados R$ 77 bilhões, 1,84% mais do que o recolhimento de igual mês de 2011, aplicada a correção do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). No acumulado do ano, a arrecadação da Receita ficou em R$ 673,5 bilhões, 1,45% superior à registrada de janeiro a agosto de 2011, também com a correção do IPCA. A evolução dos percentuais de crescimento de janeiro para cá mostra que a arrecadação vem perdendo fôlego. No início deste ano, eles eram mais expressivos – em janeiro, por exemplo, houve alta de 6,04% no recolhimento de tributos. O cenário de encolhimento fez a Receita reduzir a previsão de alta da arrecadação para o ano, de 3,5% a 4% para 1,5% a 2%.”

(Agência Brasil)

Caixa reduz juros do Construcard e lança cartão para móveis e eletrodomésticos

“A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (25) novas condições para o Construcard, cartão destinado à aquisição de materiais de construção. As regras são válidas para clientes com renda individual mensal de até R$ 1,6 mil. De acordo com a Caixa, após recentes modificações feitas no cartão, que teve prazo ampliado de 60 para 96 meses e taxas de juros reduzidas, o banco cria agora nova faixa de financiamento para o produto.

As novas condições permitem juros de 0,9% ao mês mais Taxa Referencial (TR) e prazo de até 72 meses para pagar, atendendo à parcela da população com menor renda. A taxa de juros passa a valer a partir de 1º de outubro. Para usar o cartão, é preciso ir a uma loja credenciada. De acordo com a Caixa, atualmente são mais 65 mil estabelecimentos. Nos últimos cinco anos, o Construcard atendeu cerca de 1,2 milhão de famílias, financiando um total de R$ 15 bilhões.

Para ter acesso ao cartão Construcard é preciso apresentar documentos pessoais (RG, CPF, comprovante de endereço e de renda) em uma agência do banco, solicitando uma avaliação cadastral. O valor máximo do financiamento depende da capacidade de pagamento mensal do cliente, que tem até seis meses para utilizar o limite e começar a amortizar o crédito. O Construcard é utilizado por meio de cartão magnético exclusivo para a aquisição de material de construção e móveis embutidos, nas lojas credenciadas.

Hoje, a Caixa também anunciou a criação do Moveiscard, cartão para financiamento de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos. O novo cartão será comercializado a partir do dia 1º de outubro. A expectativa é que o Moveiscard atenda 1,6 milhão de famílias até o final de 2013. Com o cartão pode ser financiado até 100% do bem, com prazo de até 60 meses, sendo dois meses de utilização e 58 meses de amortização, com taxas de juros que variam de 0,9% a 1,8% ao mês.”

(Agência Brasil)

No Recife, petista Humberto Costa perde até para tucano

Essa é do colunista Ilmar Franco, do O Globo

O PSB pode ganhar no primeiro turno, mas em Recife a grande sensação das eleições é o candidato tucano Daniel Coelho. Ele ultrapassou o petista Humberto Costa e está em segundo lugar fazendo uma campanha diferente. Ele tem 35% das intenções de voto entre os jovens de 16 a 24 anos. Usa sandálias, veste-se como riponga, prega o fim do caciquismo e tem grande apoio da comunidade GLS.

Ele é a única estrela do programa de TV de sua campanha, em que não aparece qualquer dos figurões do partido, como o ex-presidente Fernando Henrique, o senador Aécio Neves (MG) ou o presidente nacional do PSDB, o deputado Sérgio Guerra (PE).

BC – Sobe gasto dos brasileiros em viagens internacionais

“Os gastos de brasileiros no exterior chegaram, em agosto, a US$ 1,923 bilhão, maior do que o resultado de igual mês do ano passado (US$ 1,913 bilhão), informou hoje (25) o Banco Central (BC). Nos oito meses do ano, os gastos de turistas brasileiros em viagens internacionais ficaram em US$ 14,635 bilhões, acima dos US$ 14,39 bilhões de janeiro a agosto de 2011.

Em agosto, as despesas de estrangeiros no Brasil chegaram a US$ 542 milhões, ante US$ 586 milhões do mesmo mês do ano. De janeiro a agosto, foram registrados US$ 4,559 bilhões, contra US$ 4,335 bilhões nos oito meses do ano passado.
Com esses resultados das despesas de brasileiros no exterior e das receitas de estrangeiro no Brasil, o déficit na conta de viagens internacionais ficou em US$ 10,076 bilhões, de janeiro a agosto. A projeção do BC para o resultado negativo este ano passou de US$ 13 bilhões para US$ 13,5 bilhões.

A conta de viagens internacionais é um dos itens que mais influenciam o resultado negativo da balança de serviços (viagens, transportes, aluguel de equipamentos e demais serviços). Outro item dessa conta é aluguel de equipamentos, que teve a estimativa de saldo negativo em 2012 mantida em US$ 19 bilhões. De janeiro a agosto, o saldo negativo dessa conta ficou em US$ 12,154 bilhões. No caso de transportes, a estimativa também foi mantida, em US$ 8,5 bilhões, este ano. Nos oito meses do ano, o saldo negativo ficou em US$ 5,665 bilhões.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 – BNB fecha 12 financiamentos priorizando setor de hotelaria

O Banco do Nordeste informa, através de sua assessoria de comunicação, que realizou, neste ano, 12 financiamentos a projetos ligados à Copa do Mundo de 2014. o total liberado foi de R$ 230 milhões em novos investimentos. Contratados com as linhas FNE-Proatur e FNE -MPE Turismo, os créditos beneficiaram empreendimentos no Ceará, Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

Somados os valores contratados nos últimos anos, o BNB acumula em projetos de apoio financeiro à Copa do Mundo 27 financiamentos, contemplando recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) de R$ 834 milhões e viabilizando investimentos totais de R$ 1,9 bilhão.

Segundo o diretor de Negócios do banco, Paulo Ferraro, os financiamentos são importantes para o BNB não apenas pelo volume financeiro contratado, mas para a consolidação da imagem do Banco como principal agente financeiro do Governo Federal em sua área de atuação. Os recursos liberados neste ano contemplam implantação, modernização e ampliação de empresas, sobretudo, do ramo hoteleiro.

 

Técnicos preparam relatório sobre apagão no Norte e Nordeste

“Técnicos do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), da Eletronorte e de distribuidoras de energia das regiões Norte e Nordeste estão reunidos hoje (25), a portas fechadas, na sede do ONS, para elaboração do Relatório de Análise de Perturbação. O documento vai indicar as causas do apagão que afetou 11 estados das duas regiões e deixou, pelo menos, seis milhões de pessoas sem luz por cerca de uma hora no último sábado (22).

De acordo com a assessoria de imprensa do NOS, o relatório deve estar pronto em 20 dias, para ser entregue à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No documento, os técnicos vão indicar a temporalidade dos fatos, os prejuízos causados à população, indústria, agropecuária, serviços e comércio, e também as medidas corretivas adotadas para restabelecer a conexão com o Sistema Interligado Nacional (SIN).

Após reunião, o Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) informou ontem (24) que o problema começou na Subestação de Imperatriz, no sul do Maranhão, e que a proteção local não teria funcionado da forma esperada. Com isso, um esquema de emergência foi acionado, desconectando as regiões Norte e Nordeste do resto do SIN.”

(Agência Brasil)

Eleições municipais despudoradas

Com o título “Eleições municipais despudoradas”, eis artigo do professor e médico Marcelo Gurgel sobre o cenário eleitoral do momento no País onde o verbo gastar valores absurdos em busca de mandato, se transformou em prática normal, mas, no mínimo, estranha. Confira:

O exercício do voto é salutar ao processo de construção da cidadania. No entanto, no Brasil, pelos gastos desenfreados na disputa, que levam uma parcela dos postulantes a desembolsar valores mais altos do que o montante a ser auferido durante o mandato, e isso, se for eleito, configura-se uma situação, no mínimo, estranha, sendo difícil acreditar em tanto altruísmo, individual ou coletivo.

Bem certo estava o nosso tão admirado Dom Aloísio Lorscheider, ao anunciar que gastos exorbitantes de campanhas eleitorais se associavam à “roubo” pretérito, já experimentado, para alguns, ou ao indicativo de apropriação indevida futura de quem, por acaso, viesse a conquistar os mandatos perseguidos.

Uma eleição, a cada dois anos, cria um verdadeiro paraíso para os marketeiros e para os administradores dos veículos de comunicação, que veem o seu faturamento engordar, garantindo polpudos rendimentos.

Como é costume acontecer em anos pares, no Brasil, há coincidência de um processo eleitoral em curso. Na previsão orçamentária do ano anterior, consignam-se maiores dotações para a rubrica propaganda governamental, e, quando isso é julgado insuficiente, verbas são remanejadas para reforçar os gastos publicitários, no intuito de trazer rendimentos eleitorais ao governo, beneficiando os candidatos ligados à sua base de apoio.

Presentemente, os principais cruzamentos de nossas avenidas e ruas de Fortaleza, em horários de pique, especialmente, ficam apinhados de pessoas, desfraldando bandeiras, com as cores partidárias, mas despojadas de ideias ou dos ideais de cada agremiação, e apenas voltadas para os nomes ou as meras imagens dos concorrentes aos cargos majoritários, como se cultuando a personalidade dos pretensos condutores dos destinos da cidade.

Até mesmo partidos que contavam com o esforço voluntário de sua militância renderam-se ao caráter negocial do pleito, recrutando a mão-de-obra desempregada ou subempregada, contratando-a, informal e temporariamente, para a atividade de panfletagem.

Essa transitória repartição de recursos, desconcentrando rendas, em favor das classes sociais desprivilegiadas, seria bem recebida, se advinda de boa estirpe e se isenta da mácula do interesse pelo vil metal; contudo, a provável origem escusa de parte dos valores aportados nessas campanhas aflora o tácito entendimento de que a sociedade arcará com essa conta, direta ou indiretamente. Proh pudor!

* Marcelo Gurgel Carlos da Silva
Professor titular da UECE

UFC – Inscrição para revalidar diploma médico no exterior vai até 1º de outubro

Médicos brasileiros ou estrangeiros residentes no Brasil que obtiveram diploma de graduação em instituições estrangeiras reconhecidas no país de origem já podem se inscrever, até 1º de outubro de 2012, para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos (Revalida), do Ministério da Educação (MEC). As inscrições só podem ser feitas pela Internet (revalida.inep.gov.br/revalida/inscricao), e os interessados deverão indicar a universidade pública brasileira em que pretendem revalidar os diplomas. A Universidade Federal do Ceará é instituição participante do processo.

Como no ano passado, o Revalida 2012 compreenderá duas etapas: a primeira é escrita e a outra, de habilidades técnicas, ambas de caráter eliminatório. A taxa de inscrição na primeira etapa é de R$ 100,00 e, caso o candidato seja aprovado nessa fase, precisará pagar outra taxa de R$ 300,00 para participar da segunda etapa.

Para inscrição no Revalida, é preciso fornecer o número de CPF emitido pela Receita Federal do Brasil, pois o candidato só poderá participar do Exame caso seja brasileiro ou estrangeiro em situação legal de residência no Brasil. Além disso, o diploma médico expedido por instituição de ensino superior estrangeira, reconhecida no país de origem pelo respectivo ministério de Educação ou órgão equivalente, deverá ser autenticado pela autoridade consular brasileira. Se o interessado for natural de país cuja língua oficial não é o português, precisará também apresentar o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras), no nível intermediário-superior.

(Site da UFC)

Bancários e Fenaban têm nova rodada de negociação

“Os bancários em greve e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) têm hoje, às 16 horas, mais uma reunião. A nova rodada de negociações será feita após uma semana de greve, iniciada no último dia 18. Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf), ontem (24) estavam fechadas 9.386 agências e centros administrativos nos 26 estados e no Distrito Federal. Na sexta-feira (21), haviam paralisado as atividades os funcionários de 9.092 unidades no país. Antes da greve, a Fenaban propôs reajuste salarial de 6% (0,58% de aumento real), mas os trabalhadores rejeitaram a proposta.

Os bancários reivindicam reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5%), piso salarial de R$ 2.416,38 (atualmente é R$ 1,4 mil), participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 4.961,25 fixos, plano de cargos e salários, elevação para R$ 622 nos valores do auxílio-refeição, da cesta-alimentação, do auxílio-creche/babá e da décima terceira cesta-alimentação, além da criação do décimo terceiro auxílio-refeição.”

(Agência Brasil)

 

O que dirá Falcão sobre o apagão que atingiu sete estados do Nordeste?

108 1

Essa é da Coluna Radar, da Veja Online:

Primeiro foi Marco Maia que acusou Joaquim Barbosa e o STF de estarem produzindo uma “falácia” no julgamento do mensalão. Depois, constrangidos partidos da base aliada assinaram uma nota, elaborada por Rui Falcão a mando de Lula, para combater uma certa “ação golpista” da oposição contra o próprio Lula e o PT.

Diante de tanta imaginação e do desejo petista em desafiar a inteligência alheia, espera-se agora a próxima manifestação criativa do PT para explicar o apagão no Nordeste, que deixou sete estados no escuro (os conterrâneos de Lula, inclusive), no sábado, e jogou por terra o discurso governista de excelência no setor elétrico.

O que dirá Falcão? O apagão que deixou seis milhões de brasileiros sem luz foi mais uma ação das “forças conservadoras”  para “confundir a opinião pública” durante o julgamento do mensalão e “golpear a democracia”? Diz aí Falcão!

Ex-presidente da Fiec elogia redução da tarifa de energia

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bDJVUynZzz8&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

A Confederação Nacional da Indústria inicia, nesta terça-feira, em Brasília, uma discussão para mudar o Mapa Estratégico do Setor Industrial. Jorge Parente, diretor da Fiecf, participa do encontro.

Ele também elogia a redução da tarifa de energia elétrica que a presidente Dilma Rousseff anunciou na semana passada para consumidores e a área industrial.

Dilma discursará na ONU contra o “tsunami monetário”

A presidente Dilma Rousseff vai discursar, nesta terça-feira, quando da abertura da 67ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. Ela fará críticas ao “tsunami monetário”, numa referência à falta de controle da guerra cambial, prejudicial às exportações dos emergentes.

Dilma já havia feito críticas ao câmbio e ao protecionismo dos países industrializados ano passado. A abertura da sessão está prevista para as 10 horas (horário de Brasília). Outro ponto que será alvo de críticas será a expansão do crédito nos Estados Unidos, na Comunidade Europeia e no Japão, com a injeção de recursos na economia pelos respectivos bancos centrais, o que impacta no comércio com os países emergentes.

* Confira a fala de Dilma aqui.

Petrobras é denunciada por crime ambiental

“A Petrobras foi denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, por derramamento de óleo da Refinaria Duque de Caxias (Reduc), no Rio Iguaçu, na Baía de Guanabara e nos manguezais em seu entorno. O MPF também denunciou dois gerentes da Reduc por dificultarem a fiscalização dos órgãos ambientais e por se omitirem diante do fato.

Segundo o autor da denúncia, o procurador da República Renato Machado, os funcionários da refinaria trancaram um portão que dá acesso ao manguezal e colocaram um cavalete para impedir a passagem dos fiscais. “Constatamos que os gerentes tinham noção de toda essa situação, e sabiam que a estação de tratamento não estava funcionando da forma inadequada e nada fizeram para impedir isso”, disse.

Machado declarou que, entre dezembro de 2010 e dezembro de 2011, em todas as amostras coletadas na calha de efluentes lançados no rio foram constatadas substâncias poluentes em níveis não permitidos pela legislação, como fósforo, graxas, óleos e nitrogênio amoniacal, que causam deterioração da flora, morte dos animais e prejuízo à saúde humana. Procurada pela Agência Brasil, a Petrobras não se manifestou sobre a denúncia do MPF.”

(Agência Brasil)

Caixa libera empréstimo para cozinha industrial na futura siderúrgica do Pecém

102 1

Durante a assinatura de convênio entre a Caixa Econômica Federal e a Federação das Indústrias do Ceará (Fioec), nessa segunda-feira, duas empresas pegaram empréstimo.

Foram elas a Aço Cearense, que fechou R$ 50 milhões para a compra de equipamentos, e a Serlares, que acertou empréstimo da ordem de R$ 1,8 milhão para instalar uma cozinha industrial na Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).

 

Refinaria Premium II – Petrobras não virá para reunião

“A Petrobras informou que não tem representante previsto para participar da reunião marcada pelo governador Cid Gomes com a diretoria da GS Caltex, dia 30 (domingo). O encontro é para negociar a possível entrada da empresa sul-coreana no projeto da Refinaria Premium II, a ser construída no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

“No momento, a Petrobras não tem agenda confirmada para a citada reunião”, informou a estatal por meio de nota.

A empresa ratificou a capacidade prevista de 300 mil barris de petróleo por dia para o projeto da Premium II. “Está entre os projetos em avaliação pela Petrobras, o que significa que estão sendo realizados estudos e trabalhos para adequação do empreendimento aos parâmetros internacionais de preço, prazo e uso de tecnologia padronizada. Conforme o Plano de Negócios 2012/2016, as obras não serão concluídas antes de 2017”, disse em nota.”

(O POVO)

MP do Código Florestal é prioridade na pauta do Senado

A Medida Provisória do Código Florestal (MP 571/2012) será o primeiro item da pauta da sessão deliberativa marcada para esta terça-feira no Senado. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), decidiu interromper o recesso informal pelo qual o Senado passa nesse período eleitoral para tentar votar a matéria até 8 de outubro.

Trata-se do segundo texto sobre a matéria encaminhado pelo Executivo, enviado ao Congresso pela presidenta Dilma Rousseff e que sofreu uma série de alterações por parte dos parlamentares. Desde o início da tramitação, ainda na comissão especial mista, a MP teve que ser negociado com a Frente Parlamentar da Agropecuária para tentar garantir a aprovação na Câmara e no Senado.

Depois de longa negociação, os representantes dos ambientalistas conseguiram manter no texto a necessidade de recomposição das áreas de preservação permanentes (APPs) em áreas consolidadas de nascentes e olhos d’água em raio de 15 metros. A emenda, do senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), substituiu uma espécie de escala estabelecida na MP original que definia o tamanho da recomposição de acordo com a dimensão da propriedade.

(Com Agência Brasil)

Em SP, Russomanno continua liderando; Serra e Haddad empatam no 2º lugar

A pesquisa Vox Populi/Band feita em São Paulo colocou o candidato do PT, Fernando Haddad, empatado com o candidato do PSDB, José Serra, na disputa pelo segundo lugar. Celso Russomanno (PRB) lider com 34%. Haddad tem 17%, o que também marcou José Serra.

O candidato do PMDB, Gabriel Chalita, aparece em quarto lugar, com 5% das intenções de voto. Soninha Francine (PPS) vem com 2%. Paulinho da Força (PDT) caiu de 2% para 1% e Levy Fidelix (PRTB) passou de 0% para 1%. Carlos Giannazi (PSOL), Ana Luiza (PSTU), Anaí Caproni (PCO), Eymael (PSDC) e Miguel Manso (PPL) não alcançaram 1% dos votos.

O percentual de votos brancos e nulos ficou em 10%.

* Confira mais aqui.