Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Intervenções do BC não seguram câmbio. Dólar fecha acima de R$ 2,25

“As intervenções do Banco Central (BC) não conseguiram impedir a alta da moeda norte-americana. O dólar comercial subiu 1,69%, encerrando a sessão a R$ 2,258 para venda. Foi o quinto dia seguido que o câmbio se desvalorizou e a maior cotação desde 1º de abril de 2009, quando o dólar tinha fechado em R$ 2,281 para venda.

Pela manhã, o BC injetou US$ 2,986 bilhões vendendo dólares no mercado futuro. No início da tarde, a autoridade monetária promoveu um leilão de até US$ 3 bilhões com compromisso de recompra. Os leilões não inverteram a valorização da moeda norte-americana. Por volta das 16 horas, o dólar comercial atingiu R$ 2,2725, na máxima do dia. Nos minutos seguintes, a cotação desacelerou.”

(Agência Brasil)

Militantes da CUT são agredidos e expulsos de passeata no Rio

138 2

Um grupo de cerca de 20 militantes da Central Única dos Trabalhadores foi expulso da concentração para o protesto contra o preço e a qualidade do transporte público, que ocorre nesta noite desta quinta-feira, no Centro do Rio de Janeiro. Eles foram encurralados na esquina da avenida Presidente Vargas com a praça Pio 10, onde levaram socos e empurrões.

Os manifestantes destruíram as bandeiras e todo o material do grupo vinculado à CUT e levaram os mastros como prêmio. O grupo, pressionados pela multidão que gritava “Sem partido”, deixou o local pela rua da Quitanda.

A CUT- Rio repudiou as agressões sofridas por seus membros na concentração da manifestação. “Não vamos aceitar o fascismo. Sem partido é fascismo. Quem agrediu nosso pessoal é uma milícia travestida de ato político”, disse Jadir Batista de Araújo, coordenador do setor naval da CUT. A rua é de todos.”

(Com Uol)

Seleção já viajou para Salvador. A turma da imprensa também

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=pLrHPxECcTc&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

E não foi a Seleção  Brasileira que deixou Fortaleza nesta quinta-feira com destino a Salvador, onde vai fechar a primeira etapa da Copa das Confederações jogando contra a Itália. A turma das redes nacionais de rádio e tevê também. Um deles conversou com o Blog: Luciano do Vale, da Rede Bandeirantes, que começou a gostar do desempenho da seleção.

Ministério da Saúde destaca apoio para governo estadual na luta contra o crack

145 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=IaIMPcVcA1E&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O governo estadual, por meio da Assessoria Especial de Políticas sobre Drogas, recebeu, nesta quinta-feira, durante solenidade no Palácio da Abolição, três unidades móveis de videomonitoramento na área do crack. O ato contou com representantes dos ministérios da Justiça e da Saúde, tendo a presença de Socorro França, a titular da assessoria estadual sobre drogas. Na ocasião também foi firmado apoio para prefeituras na luta contra o crack, como informa o secretário nacional de gestão e participação popular do Ministério da Saúde, Odorico Monteiro,

STF libera tramitação de projeto que inibe criação de partidos

‘Por placar de 7 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou hoje (20) a retomada da tramitação do projeto de lei que inibe a criação de partidos. De autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), o texto impede a destinação de valores extras do Fundo Partidário e de tempo maior de rádio e de televisão a legendas recém-criadas que afiliarem parlamentares de outros partidos. No momento, o ministro Celso de Mello está concluindo a leitura do seu voto. Até o final da sessão, os ministros podem mudar de opinião.

O andamento do projeto foi suspenso em abril por decisão provisória do relator, ministro Gilmar Mendes. Ele entendeu que o projeto era casuístico e ia de encontro ao que o STF decidiu no ano passado em processo que beneficiou o PSD. Segundo o ministro, a proposta objetiva excluir da disputa eleitoral do ano que vem a Rede Sustentabilidade, articulada pela ex-senadora Marina Silva. Com a decisão de hoje, o Senado poderá iniciar os debates sobre o projeto já aprovado na Câmara.

O julgamento foi retomado nesta tarde com o voto da ministra Cármen Lúcia. Ela aderiu à maioria formada nas últimas três sessões pelos ministros Teori Zavascki, Rosa Weber, Luiz Fux, Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello. Eles entendem que o Supremo não pode fazer controle prévio de projeto de lei por meio de mandado de segurança. Para Cármen Lúcia, esse controle só deve ser admitido em casos extremos. No mérito, ela também rejeitou os argumentos sobre possíveis inconstitucionalidades no texto. “O Congresso discutir livremente um tema que é de sua competência não é situação de insegurança jurídica”, ponderou.”

(Agência Brasil)

Nova manifestação em Fortaleza ocorrerá na Praça Portugal

foto eliomar 130620 manifestação pça portugal

Todas as lojas do entorno da Praça Portugal estão fechando por recomendação da Polícia Militar. No local, o movimento “Mais Pão e Menos Copa”, programa uma manifestação. O local, bom lembrar, é um dos gargalos do trânsito da área da Aldeota.

A manifestação quer redução da tarifa de ônibus, celeridade na emissão de carteiras estudantis e, claro, repudia gastos absurdos com a Copa de 2014.

Dilma cancela ida a Salvador e viagem do Japão

119 1

A presidente Dilma Rousseff não vai mais para Salvador, onde lançaria o Plano Safra do Nordeste e poderia ter encontro com a Seleção Brasileira. Ela também não vai mais viajar para o Japão. A Assessoria de Imprensa do Palácio do Planalto divulgou agora há pouco essa informação.

Dilma cancelou o Japão porque, segundo assessores, não quer estar longe o País, que vive onda de manifestações.

Dilma pode ter encontro com a Seleção

A presidente Dilma Rousseff deve aproveitar sua ida a Salvador, nesta sexta-feira, para se encontrar com o técnico Felipão e a Seleção. Neymar, Fred & Cia estão na cidade se preparando para o jogo de sábado, na Fonte Nova, contra a Itália.

A possibilidade é forte e está sendo articulada hoje na Presidência. José Maria Marin, claro, que não se entusiasme. Dilma continua sem querer papo com ele.

(Coluna Radar – Veja Online)

Adepol/CE diz que MP age com "muita soberba" em sua campanha contra a PEC 37

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=RsM_M2FSRa8&feature=c4-overview&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

Enquanto membros do Ministério Público Estadual fazem mobilização contra a aprovação da PEC 37, delegados federais e civis fazem pressão política para que a matéria seja aprovada.

O presidente da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Cear[a (Adepol), Milton Castelo, em conversa com o Blog, afirma que há “muita soberba”, por parte do Ministério Público, em sua campanha contra a PEC 37. Milton Castelo fala sobre essa matéria.

Calçadão da Beira Mar terá panfletaço contra a PEC 37

211 1

Nesta sexta-feira, a Associação Cearense do Ministério Público (ACMP) promoverá, das 16 às 21 horas, mais um panfletaço contra a PEC 37, emenda que quer limitar o poder de investigação de promotores e procuradores de justiça. A mobilização ocorrerá no calçadão da avenida Beira Mar, perto das barracas de venda de artesanato.

Durante o panfletaço, os membros do Ministério Público Estadual distribuirão gratuitamente os livretos explicativos que destacam os perigos da aprovação da PEC 37 não só para o MP como também para a população. A publicação foi elaborada pela associação.

 

Deputado diz que onda de manifestações ocorre mais pela cobertura exagerada da mídia

196 6

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=A7FZOsgG5uM&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg[/youtube]

O deputado federal Aníbal Gomes (PMDB) afirma que a onda de manifestações que se registra no País é turbinada pela imprensa. Para ele, há gente participando desses atos, que considera da democracia, sem saber o porquê da luta.

Aníbal fez crítica a ações que, em meio a manifestações, causam prejuízos ao patrimônio público.

Venda de material de construção cresce no País

“As vendas de materiais de construção da indústria para o comércio varejista atingiram, em maio, o segundo melhor resultado do ano com alta de 1,6% sobre abril. O maior movimento do ano foi registrado em março, quando o setor vendeu 13,8% acima do registrado em fevereiro. Na comparação com maio do ano passado, o faturamento do quinto mês deste ano foi 3,1% superior. No acumulado do ano, as vendas cresceram 4,4%, taxa que se aproxima da projeção do setor para o fechamento de 2013 (4,5%), segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

Por meio de nota, o presidente da entidade, Walter Cover, disse que o setor espera que o consumo seja estimulado, principalmente, em razão das obras de infraestrutura. “Com o mercado imobiliário crescendo menos será preciso acelerar as licitações e execução das obras da infraestrutura de transportes, portos e aeroportos”, defendeu.
O executivo também espera que tanto o governo federal quanto o governo estadual adotem medidas de incentivo por meio de desonerações de impostos.”

(Agência Brasil)

 

Taxa de desemprego no País permanece estável em maio

“A taxa de desemprego em maio ficou em 5,8%, mesmo índice registrado em abril, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em comparação a maio de 2012 (5,8%), a taxa também não apresentou variação.
Já o rendimento médio real teve uma queda de 0,3% em relação a abril, recuando de R$ 1.869,87 para R$ 1.863,60. Na comparação com o ano passado, o rendimento subiu 1,4% – em maio de 2012, o valor era R$ 1.838,20.

Nas seis regiões metropolitanas pesquisadas – Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre – não houve variação na taxa de desocupação na comparação maio-abril. Na análise anual (maio/2012 com maio/2011), a taxa também permaneceu estável com exceção da capital mineira que registrou índice de 5,1% em 2012 e 4,3% neste ano.

As taxas de desocupação nas regiões pesquisadas são: Porto Alegre (3,9%), Belo Horizonte (4,3%), Rio de Janeiro (5,2%), Recife (6,1%), São Paulo (6,3%) e Salvador (8,4%). A massa de rendimento real dos ocupados também foi considerada estável, passando de R$ 43,2 bilhões em abril para R$ 43,3 bilhões em maio. Comparada à massa de maio de 2012, houve crescimento de 1,5%.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 será a mais cara de toda a História

166 2

copa2014

Notas compiladas do Jornal do Commercio (PE), desta quinta-feira (20), sobre a Copa 2014:

* A Copa mais cara da história

A Copa de 2014 será a mais cara de toda a História, devendo custar perto de R$ 28 bilhões, 10% a mais que o previsto em abril. A estimativa é do Ministério dos Esportes. Até agora, a mais cara, por país, havia sido a da Alemanha (2006), que custou a bagatela de R$ 10,7 bi.

* Entre os 10 mais

Somente R$ 7,1 bilhões será o valor final gasto com a construção dos estádios. O Mané Garrincha, de Brasília, já é considerado, hoje, como um dos 10 mais caros de todo o mundo.

* Lucros da Fifa

Quantos aos lucros da Fifa, esta Copa também baterá recordes. A entidade já prevê faturar perto de U$ 4 bilhões. E o governo brasileiro ainda dará isenções de impostos que devem chegar a R$ 1 bilhão.

Tucano analisa mais um voo de galinha do governo petista

Com o título “Mais um voo de galinhas”, eis artigo do ex-presidente do PSDB de Fortaleza, o administrador Pedro Fiúza, publicado no O POVO desta quinta-feira. Ele se diz preocupado com a situação econômica do País que, no exterior, tem sido alvo de críticas e ironias. Confira:

Nas últimas duas décadas, o Brasil teve uma ascensão importante perante os países de economias mais desenvolvidas, atingindo seu ápice entre 2008 e 2009 quando, respectivamente, obteve rating de grau de investimento pelas principais agências de classificação de risco e foi destaque na criteriosa e respeitada revista britânica The Economist. A capa daquela edição estampava o Cristo Redentor “decolando”. Que o país decolou, não restam dúvidas, mas foi uma “decolagem sustentável” ou só mais um voo de galinha?

Há poucas semanas, ao participar de um evento com investidores estrangeiros de infraestrutura, tive a lamentável constatação de uma mudança significativa de comportamento. Estavam presentes fundos americanos, europeus e asiáticos, todos com importantes investimentos já realizados no país. Durante anos, o apetite dos estrangeiros por esse tipo de investimento era enorme, mas desta vez as reações foram bem diferentes: a maioria aponta que novos investimentos em projetos de infraestrutura estão em stand by. Voltamos a ficar em observação!

Na busca por entender o porquê desta mudança de postura, identifiquei como principais razões: mudanças nos marcos regulatórios dos setores de infraestrutura; estagnação nos investimentos prioritários; e falta de transparência nas contas públicas, fomentando a crise de confiança na política econômica em curso. Ainda depois deste episódio, outro sinal de alerta foi lançado: a possibilidade de o Brasil ter seu rating rebaixado por uma importante agência de classificação de risco.

Custou muito esforço, dedicação e tempo para que Brasil alcançasse a credibilidade internacional de que goza hoje. É preciso – urgentemente – que os nossos gestores públicos tenham visão a longo prazo e tomem decisões mais 
pragmáticas e coerentes.

Permitir um retrocesso neste momento é aceitar a condição (eterna) de país do futuro e reconhecer que a euforia que causamos no mundo, recentemente, não passou de mais um voo de galinha.

* Pedro Fiuza

pedrofiuza.bra@gmail.com
Administrador e ex-presidente do PSDB de Fortaleza.

BC injeta quase US$ 3 bi para conter alta do dólar

“Com a alta do dólar, o Banco Central (BC) iniciou o dia com intervenção no mercado de câmbio. Às 9h20min, o BC anunciou leilão de swap cambial tradicional, equivalente à venda de dólares no mercado futuro. O BC negociou todos os contratos ofertados no leilão. Foram 30 mil contratos com vencimento em 2 de setembro e outros 30 mil, em 1º de outubro. O valor total da primeira data de vencimento ficou em US$ 1,495 bilhão, e no segundo caso, US$ 1,491 bilhão.

Ontem (19), as indicações do Federal Reserve (Fed), Banco Central norte-americano, de que deverá reduzir o ritmo de ajuda monetária para a economia dos Estados Unidos fizeram o dólar fechar acima de R$ 2,20 pela primeira vez em quatro anos. O dólar comercial encerrou o dia em R$ 2,2205 para venda, com alta de 1,94% e na maior cotação desde 27 de abril de 2009.

Durante boa parte desta quarta-feira, o câmbio operou em queda, chegando a atingir R$ 2,1691 por volta das 15 horas, patamar mínimo do dia. Logo depois, no entanto, saiu o comunicado da reunião do Fed. A cotação então inverteu a tendência e subiu expressivamente no fim da tarde.”

(Agência Brasil)

José Guimarães defende a "importação" de médicos

201 4

Com o título “Médicos estrangeiros no Brasil”, eis artigo do líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, veiculado no O POVO desta quinta-feira. Ele defende a iniciativa do governo federal de abrir portas para médicos estrangeiros trabalharem no Interior do País. Confira:

Há décadas, o Brasil padece da falta de médicos nas regiões mais carentes, como periferias de grandes cidades e cerca de 500 municípios do Interior. Ao longo dos últimos dez anos, o número de postos de emprego formal criados para médicos ultrapassa em 54 mil o número de graduados no País. Segundo dados do Caged, de 2003 a 2011, surgiram 147 mil vagas na área, contra 93 mil profissionais formados. Nossas escolas não conseguem formar médicos na velocidade que o País precisa.

O Brasil tem poucos médicos e ainda mal distribuídos. Dos 371.788 médicos brasileiros, 260.251 estão nas regiões Sul e Sudeste. Temos 1,8 médico por mil habitantes, média inferior a países como Argentina (3,2), Cuba (6,7) e Espanha (4). Pior: 22 estados brasileiros têm média inferior à nacional, como Maranhão (0,58) e Pará (0,77). O Ministério da Saúde quer alcançar a meta de 2,7 médicos por mil habitantes, mesma do Reino Unido, onde, depois do Brasil, há o maior sistema público de saúde orientado pela atenção básica do mundo.

Estudo mostra que 58,1% das pessoas destacam a falta de médicos como principal problema do SUS. Na região Nordeste, apesar do resultado positivo do Provab (Programa de Valorização da Atenção Básica, que oferece bolsa de R$ 8 mil mensais), 41% dos municípios que solicitaram profissionais não conseguiram atrair médicos. Das 1.091 cidades nordestinas participantes do programa, 457 não receberam sequer um profissional.

Uma das soluções possíveis é a contratação de médicos estrangeiros para atuarem na Atenção Básica, submetidos a critérios de revalidação de diplomas conforme determina a legislação. Países desenvolvidos são abertos nesta área. Na Inglaterra, 40% dos médicos são estrangeiros; nos Estados Unidos, 25%; e no Canadá, 22%.

Infelizmente, move-se uma campanha contrária, com alvo preferencial em Cuba. A ilha é reconhecida internacionalmente por seus feitos na área médica, tem 6,7 médicos por mil habitantes e um dos melhores indicadores de saúde do mundo. O New England Journal of Medicine informa que “o sistema de saúde cubano parece irreal. Todo mundo tem um médico de família. Tudo é gratuito, totalmente gratuito. Seu sistema de saúde resolveu problemas que o nosso (dos EUA) não conseguiu resolver ainda”.

O Brasil precisa dar um salto de qualidade no SUS e na assistência médica em geral. Precisamos combater preconceitos, reações corporativistas e desinformação. A população brasileira não pode esperar.

* José Guimarães

Deputado federal (PT-CE) e líder do partido na Câmara.