Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Redução da tarifa – Petista rebate crítica do presidente da Fiec

72 5

Sobre a declaração do presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, que classificou de “eleitoreira” a redução da tarifa de energia elétrica anunciada pela presidente Dilma, o sociólogo Geraldo Accioly, que é também Coordenador de Projetos Especiais da Prefeitura, pede espaço para falar como militante petista.

– Eu sugiro ao líder empresarial que crie um movimento contra a diminuição do preço da energia e tome uma atitude firme não aceitando os benefícios em suas empresas.

Para Accioly, a declaração de Macedo traz embutido “o velho conceito de uma parte da elite que não aceita projeto popular no Brasil”.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Datafolha – Russomanno e Serra devem disputar segundo turno em São Paulo

84 1

Celso Russomanno, postulante do PRB, continua liderando a corrida pela Prefeitura de São Paulo, com 35% das intenções de voto e 14 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, José Serra (PSDB). É o que constata a pesquisa Datafolha concluída ontem e que está sendo divulgada nesta quinta-feira pela Folha.

O levantamento mostra também que Serra se descolou de Fernando Haddad (PT), com quem aparecia tecnicamente empatado. Se a eleição fosse hoje, Serra e Russomanno iriam para o segundo turno. O candidato tucano oscilou um ponto para cima e agora tem 21%. Haddad, que variou dois para baixo, agora tem 15%. Gabriel Chalita (PMDB) manteve os 8% da pesquisa anterior. Soninha (PPS) oscilou de 5% para 4%.

O Datafolha fez 1.802 entrevistas desta vez, mais do que nas pesquisas anteriores. A amostra maior reduz a margem de erro do novo levantamento para dois pontos, para mais ou para menos. Nas outras pesquisas, a margem de erro era de três pontos.

Sérgio Novais rebate quem define como “eleitoreira” a redução da tarifa de energia

122 5

Com o título “Energia mais barata é uma decisão acertada”, eis artigo que o ex-deputado federal e sindicalista Sérgio Novaes envia para o Blog. Ele destaca o caráter social e lamenta críticas que tentam desqualificar a redução da tarifa de energia anunciada pela presidente Dilma Rousseff. Essa decisão, aliás, foi classificada neste espaço pelo presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, de “eleitoreira”, em razão do momento de campanha e ganhou, inclusive, também neste Blog, o endosso do sociólogo Pedro Albuquerque. Confira:

A Medida Provisória no 579, de 12 de setembro de 2012, finalmente traz a redução do valor da energia elétrica para o setor industrial e para as residências brasileiras, depois de um longo período – pós-privatização – em que a população enfrenta tarifas exorbitantes que ano a ano têm aumentos acima da inflação. A redução só será possível devido a importante decisão do governo de diminuir os encargos cobrados no uso da energia. Vale lembrar que, hoje, cerca de 50% do que o consumidor paga em sua conta de energia corresponde a tributos.

A medida vem no sentido de enfrentarmos a crise econômica que contaminou os Estados Unidos e a Europa e que hoje já atinge todo o mundo. A redução da atividade econômica no primeiro semestre acendeu o sinal vermelho. Empregos, arrecadação, previdência e indústrias estão ameaçadas. A medida, portanto, é correta no seu tempo e bastante abrangente em seu conteúdo, ao contrário do que querem fazer crer articulistas que emitiram opiniões neste blog. A crítica do presidente da FIEC, além de superficial e aquém do esperado para sua posição, é omissa no que diz respeito às privatizações da distribuição da energia elétrica e às antigas reclamações da indústria têxtil sobre os exorbitantes gastos com energia.

Temos agora, outros desafios: reduzir o ICMS nas contas de energia, que hoje corresponde a 27,5% do valor cobrado (algo que já tem sido questionado nos tribunais superiores), e levar os pleitos do setor industrial ao Governador do Estado. Com a medida provisória do Governo Federal, os consumidores residenciais terão uma redução de 16,2% em suas contas de energia. Mas é possível avançar mais. Já se sabe que há uma intenção do Governo Federal de – assim como pretende fazer em relação à cesta básica – buscar apoio dos governos estaduais para obter uma redução ainda maior – que poderia chegar a pelo menos 3,8%, perfazendo um total de 20% de desconto nas tarifas residenciais.

Além disso, é preciso rever também a Contribuição de Iluminação Pública (CIP), de âmbito municipal. As prefeituras podem – mantendo a qualidade do serviço prestado – utilizar o excedente de recursos em favor da população, reduzindo o valor desta cobrança, consequentemente, diminuindo ainda mais o preço da tarifa de energia.

Medidas como redução de IPI, da energia elétrica e de encargos trabalhistas estão claramente vinculadas aos caminhos que o País tem buscado para enfrentar a crise econômica mundial. O uso eleitoral por um partido ou coligação faz parte da natureza do debate político. Basta ver o que já aconteceu em eleições passadas com iniciativas como o Plano Real e o Bolsa Família, e o que acontece hoje com o obras como o Centro de Eventos, as UPAs, a construção de hospitais, as reformas do Castelão e do PV, os Cucas, etc. O que não se pode, porém, é querer reduzir a decisão do Governo Federal de diminuir o valor das tarifas de energia a uma questão meramente eleitoreira. Fazer isso é não reconhecer a importância desta medida para a vida de tantos brasileiros e para a melhoria da competitividade do País frente a uma crise que ameaça nossa economia.

* Sergio Novais
Sindicalista.

Casa dos Relojoeiros ganha Prêmio Alshop Norte/Nordeste

A Casa dos Relojoeiros será homenageada nesta quarta-feira, às 19 horas, no Teatro do Via Sul Shopping, durante a realização do 1º Prêmio Alshop Lojista Norte & Nordeste. Vai receber prêmio na categoria “Acessórios Pessoais – Joalherias & Relojoarias”, diante da expressiva votação recebida por seu público consumidor. Para o empresário Jansen Araújo, da Casa dos Relojoeiros, esta premiação é “uma justa homenagem àqueles que se destacam entre tantas marcas qualificadas no varejo brasileiro.”

O Prêmio Alshop Lojista Norte & Nordeste é uma iniciativa da Associação Brasileira de Lojistas de Shopping – Alshop, e acontece há 14 anos em São Paulo. Em razão do grande sucesso, a premiação foi estendida para outras regiões do Brasil. A premiação vem num momento em que a Casa dos Relojoeiros promove um plano de expansão da empresa, com a auguração,tima segunda-feira, de mais uma loja na Paraíba, totalizando 29 unidades do grupo espalhadas pelos estados do Ceará, Paraíba e Maranhão.

Jansen Araújo adianta para o Blog que, como parte do plano de expansão da empresa, serão abertas mais quatro novas lojas no Ceará até 2013, além da loja de João Pessoa. As novas unidades serão instaladas nos futuros  Shopping Sobral, Shopping Juazeiro, Shopping Parangaba e Shopping Messejana.

Mensalão – Valdemar Costa Neto é condenado

Ao continuar seu voto sobre o capítulo VI do processo do Mensalão – que trata do chamado núcleo político -, o ministro relator Joaquim Barbosa condenou o ex-presidente do PR e atual deputado federal Valdemar Costa Neto por corrupção passiva. Esta é a 25ª sessão do julgamento do caso no Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo Barbosa, Waldemar Costa Neto recebeu R$ 10 milhões do PT. Ele ainda disse que há provas para condenar o ex-deputado Bispo Rodrigues (PR-RJ) e o ex-tesoureiro do partido Jacinto Lamas pelo mesmo crime.

Na sessão anterior do julgamento, nessa segunda (17), Barbosa também condenou integrabntes do PP, confirmando o pagamento de proprina em troca de apoio aos projetos do governo federal no Congresso.

(Com Agências)

Petrobras quer parceiros com maior experiência no refino

“A presidenta da Petrobras, Graça Foster, disse hoje (19) que a estatal procurará, nas próximas rodadas de negociação, sócios ou parceiros com maior experiência de refino, e citou como exemplo a Petróleos de Venezuela (PDVSA). “Lamento que ela ainda não esteja conosco”, acrescentou. A estatal venezuelana deverá ser sócia da Refinaria Abreu e Lima, a Refinaria do Nordeste (Rnest), que está sendo construída em Pernambuco.

“Com certeza, temos [despertado] o interesse de sócios e parceiros, mas isso [os nomes] é absolutamente confidencial. Precisamos conhecer o outro lado interessado, para que possamos definir nosso portfólio de projetos para a próxima rodada de negócios, que é muito bem-vinda”, disse a presidenta da estatal, após participar de audiência na Câmara dos Deputados. Ela também anunciou aos deputados federais que a previsão de investimentos da Petrobras para este ano é R$ 87,5 bilhões.

Graça Foster acrescentou que o pré-sal brasileiro tem apresentado “potencial acima do esperado” e que isso tem favorecido o cenário. “Estamos conseguindo desenvolver, como era esperado, a nossa produção e aprendido com isso. Vamos trazer investimentos a menores custos, conhecendo melhor nossos reservatórios, seu potencial e a forma de produção, tanto no pós como no pré-sal”.

Em agosto passado, a dirigente informou que a negociação com a PDVSA estava dependendo de a estatal venezuelana apresentar garantias bancárias junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Na Câmara dos Deputados, ela voltou a demonstrar interesse em contar com essa parceria.”

(Agência Brasil)

DETALHE – Dentro dessa orientação, o governador Cid Gomes esteve na Coreia do Sul na última semana em busca de parceiro para o projeto da Refinaria Premium II. Voltou otimista.

Sancionado projeto que cria Banco de Dados para Acompanhamento de Execução Penal

O governo federal vai criar um banco de dados para registrar as informações sobre os presos e as penas de condenados pela justiça. A lei teve como relator o senador Eunício Oliveira (PMDB) e foi publicada na segunda-feira no Diário Oficial da União. A nova lei determina que os diretores dos presídios serão responsáveis por informar os dias de trabalho ou estudo dos presos, atestar o comportamento e a ocorrência de faltas graves. O sistema deve entrar em vigor em um prazo de um ano.

Eunício afirma que essa iniciativa amenizará a superlotação carcerária e economizará recursos públicos. “Tal medida possibilitará a toda pessoa presa e submetida a medida de segurança o efetivo acesso à Justiça assegurando o direito à soltura e outros benefícios legais. A lentidão da Justiça criminal em razão do grande número de processos acaba por resultar no aumento desnecessário do gasto público com a manutenção de pessoas custodiadas que já cumpriram suas penas”, acentua.

QUADRO

O Brasil tem a quarta maior população carcerária do mundo, com aproximadamente 500 mil presos. O número de detentos mais do que dobrou nos últimos dez anos. E, segundo o Conselho Nacional de Justiça, cerca de 200 mil são presos provisórios, ou seja, não foram condenados pela Justiça. Já os presídios e cadeias sofrem com um déficit de mais de 150 mil vagas.

Senado fará esforço concentrado na terça e quarta-feira

“O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), decidiu convocar o esforço concentrado para terça-feira (25) e quarta-feira (26). O objetivo é apreciar as matérias ainda pendentes na pauta e a Medida Provisória 571 do Código Florestal, além da indicação do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Teori Zavascki para o lugar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Cezar Peluso. A decisão já comunicada à Secretaria da Mesa Diretora do Senado foi tomada no fim da manhã após uma consulta, por telefone, aos líderes partidários.

A MP do Código Florestal foi aprovada ontem (18) na Câmara dos Deputados. Caso não seja aprovado pelo Congresso até 8 de outubro, o texto perderá a validade. Entre os pontos considerados polêmicos, está o tamanho exigido na recomposição de áreas de preservação permanente (APPs) em cursos de água.

O texto aprovado pelos deputados prevê que em propriedades rurais com tamanho acima de 15 módulos fiscais, independentemente da largura do curso de água, a recomposição ficará entre 20 e 100 metros de área de preservação permanente (APP). O tamanho dessa área de proteção natural às margens do rio será definido em cada estado pelo Programa de Regulamentação Ambiental (PRA).”

(Agência Brasil)

Sociólogo endossa crítica do presidente da Fiec de que redução da energia é eleitoreira

135 3

Sobre a declaração do presidente da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), Roberto Macedo, classificando como “eleitoreira” a redução da tarifa de energia elétrica anunciada pela presidente Dilma Rousseff, eis o que deixou em nossa área de comentários o sociólogo Pedro Albuquerque:

Estou inteiramente de acordo com o Presidente da FIEC, Roberto Macedo. Acrescento ao que ele disse a seguinte observação crítica, sem nenhum viés oposicionista à prefeita e ao seu candidato, mas com o zelo da preocupação republicana.

Ontem a presidenta Dilma apareceu no horário da propaganda eleitoral ligando sua decisão de baixar o custo da energia com o PT e seu candidato. Um absurdo, pois a medida foi tomada a partir do uso de recursos renunciados pelo Estado a favor dessa medida. Recursos que pertencem ao povo brasileiro.

Foi uma medida de Estado e não de um partido político. É a privatização da República, é a pior política, a mais não republicana, a que recebe o nome de politicagem.

Se os partidos concorrentes entrarem com uma ação na Justiça Eleitoral para impedir a veiculação dessa propaganda indevida, tenho convicção de que o TRE recepcionará a ação.

Pedro Albuquerque,

Sociólogo.

UFC seleciona professores para a Capital e Interior

A Universidade Federal do Ceará acaba de lançar seis editais ofertando sete vagas de professor nas funções de substituto, temporário, adjunto e assistente para campi da Capital e Interior. As inscrições podem ser presenciais, por procuração ou via Correios. Conheça detalhes dos editais:

Edital Nº 305/2012 – Professor Substituto para o Departamento de Geografia, no Campus de Fortaleza. Setor de estudo: Cartografia (regime de 40 horas semanais, 1 vaga). O título exigido é diploma de graduação. Inscrições: 20, 21 e 24 de setembro de 2012, na secretaria do Departamento: Campus do Pici – Bloco 911 – CEP 60455-760 – Fone: (85) 3366.9855;

Edital Nº 332/2012 – Professor Substituto para o Campus da UFC no Cariri. Curso de Administração – Setor de estudo: Gestão de Serviços Públicos, Cidades e Territórios (regime de 40 horas semanais, 1 vaga). Inscrições: 21, 24, 25, 26 e 27 de setembro de 2012, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na Diretoria do Campus da UFC no Cariri, Rua Tenente Raimundo Rocha, s/n – Bairro Universitário – Juazeiro do Norte-CE – CEP 63040-360 – Fone/Fax: (88) 3572.7200/3572.7201;

Edital Nº 333/2012 – Professor Temporário para o Campus da UFC em Sobral. Curso de Odontologia – Setores de estudo: Clínica Odontológica / Prótese e Oclusão (20 horas; 1 vaga) e Odontopediatria / Ortodontia (20 horas; 1 vaga). Inscrições: 21, 24 e 25 de setembro de 2012, na secretaria do Curso: Rua Estanislau Frota, s/n – Centro – Sobral-CE – antiga fábrica de tecido, CEP 62010-560 – Sobral –CE – Fone: (88) 3613.2603;

Edital Nº 337/2012 – Professor Substituto para o Campus da UFC em Sobral. Curso de Psicologia – Setor de estudo: Psicologia do Desenvolvimento e Psicologia Escolar / Educacional (40 horas; 1 vaga). Inscrições: 21, 24 e 25 de setembro de 2012, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na secretaria do Curso: Av. Lúcia Saboia, 215 – Centro – Sobral-CE – CEP 62010-830 – Fone/Fax: (88) 3613.1663;

Edital Nº 338/2012 – Professor Assistente para o Campus da UFC em Quixadá. Setor de estudo: Banco de Dados (40 horas; Dedicação Exclusiva / 1 vaga). Inscrições: 19 de setembro a 18 de outubro de 2012, das 8h às 11h e das 14h às 17h, na secretaria do Campus (Av. José de Freitas Queiroz, 5003 – Cedro – Quixadá-CE, CEP 63900-000, Fone/Fax: (88) 3412.0919, e-mail: secretaria@quixada.ufc.br);

Edital Nº 339/2012 – Professor Adjunto para Campus da UFC em Fortaleza. Faculdade de Medicina, Departamento de Saúde Comunitária – Setor de estudo: Saúde Comunitária Epidemiologia e Diagnóstico de Saúde da Comunidade (40 horas; Dedicação Exclusiva / 1 vaga). Inscrições: 19 de setembro a 18 de outubro de 2012, na secretaria do Departamento: Rua Prof. Costa Mendes, 1608 – 5º andar – Rodolfo Teófilo – CEP 60430-140 – Fortaleza-CE.

SERVIÇO

Os editais completos e outras informações estão disponíveis no site da Superintendência de Recursos Humanos da UFC (www.srh.ufc.br).

(Site da UFC)

Prévia aponta aumento de 1,1% do Índice de Confiança da Indústria

“A prévia da Sondagem da Indústria mostra uma tendência de avanço de 1,1% do Índice de Confiança da Indústria em setembro deste ano, em relação ao resultado consolidado de agosto, ao registrar 105,2 pontos. Caso se confirme, será o índice mais alto desde junho do ano passado. Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), os dois subíndices que compõem o indicador tiveram aumento entre agosto e a prévia de setembro. O Índice de Expectativas, que avalia as perspectivas do setor industrial para os próximos meses, teve uma alta de 1,6% e chegou a 104,7 pontos.

Já o Índice da Situação Atual, que avalia a opinião só setor industrial sobre o momento presente, registrou aumento de 0,7% e chegou a 105,8 pontos. Os resultados dos dois subíndices são os maiores desde meados do ano passado. A sondagem também observou que o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) aumentou 0,1 ponto percentual e passou para 84,1%, retornando ao patamar de julho de 2011. A prévia da Sondagem da Indústria é feita com base na consulta a 804 empresas, feita entre os dias 3 e 14 deste mês. O resultado final da pesquisa sai no próximo dia 26.”

(Agência Brasil)

Mensalão – Julgamento será retomado na parte da conduta política dos réus

69 2

“O julgamento da Ação Penal 470, chamada de processo do mensalão, será retomado hoje (19), a partir das 14 horas, no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro-relator, Joaquim Barbosa, dá continuidade à leitura do voto sobre as acusações referentes ao Capítulo 6, que se refere aos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, envolvendo os partidos da base aliada do governo entre 2003 e 2004.

A previsão é que o relator leve dois dias na leitura do voto. Em seguida, será a vez do ministro-revisor, Ricardo Lewandowski, se manifestar, depois os demais ministros votam. A expectiva, segundo especialistas, é que esta fase do julgamento acabe apenas no começo do próximo mês. É considerada a etapa mais longa.

Nesta etapa, há denúncias sobre os réus ligados ao antigo Partido Liberal (PL), atual PR (Partido da República), como o deputado Valdemar Costa Neto (SP), o ex-deputado Bispo Rodrigues (RJ) e os assessores Jacinto Lamas e Antônio Lamas. O Ministério Público Federal (MPF) pediu a absolvição de Antônio Lamas por falta de provas.

José Genoíno diz que sofre hoje a “tortura da caneta”

251 6

Essa é do Site 247, de Brasília:

Serão os jornalistas os novos torturadores? Quem levanta a tese é o ex-presidente do PT, José Genoino. Ontem, pouco antes de passar por um cateterismo no InCor (Instituto do Coração), ele foi abordado pela jornalista Catia Seabra, da Folha. “O que estou vivendo hoje eu passei durante a ditadura. Os torturadores usavam pau de arara. A tortura hoje é a da caneta. É a ditadura da caneta”.

Ontem, a Folha noticiou que Genoino preparou uma procuração de plenos poderes para sua esposa, tornando-a apta a agir em seu nome – o que foi interpretado como uma preparação para a prisão. Assessor especial do Ministério da Defesa, ele deve ser demitido pela presidente Dilma Rousseff, caso seja condenado. “Quero que você esqueça que existo, que me esqueçam”, disse ele à jornalista.

Genoíno responde no STF pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha. Ele foi avalista de empréstimos dos bancos Rural e BMG, mas afirma, em sua defesa, que não tratava de assuntos financeiros da legenda.

Presidente da Fiec diz que redução de tarifa de energia é medida “eleitoreira”

151 4

“O presidente da Federação das Indústrias do Ceará (Fiec), Roberto Macedo, classificou de “eleitoreira” a redução da tarifa de energia elétrica dos setores industrial e residencial. A medida foi anunciada na semana passada como forma de aliviar o bolso dos cidadãos e do setor produtivo.

Para Macedo, essa medida é salutar, porque ajudará a reduzir despesas, mas observa que ainda está confusa pois prevê, por exemplo, redução da tarifa até 20% no setor industrial, sem definição mais clara de percentual e dos impactos do benefício.

Considerou eleitoreira porque veio justamente no momento de campanhas eleitorais, onde o PT vem perdendo terreno político em várias Capitais. Macedo elogiou a presidente, que aponta para desoneração de impostos, embora acentue que melhor seria uma reforma tributária.”

(Coluna Vertical, do O POVO)

CNN inscreve para concurso universitário de Jornalismo

“Falta pouco menos de um mês para que estudantes dos cursos de Rádio e TV e Jornalismo se inscrevam na 8ª edição do Concurso Universitário de Jornalismo CNN. Os interessados podem realizar as inscrições pelo site http://www.concursocnn.com.br/ até o dia 12 de outubro e terão como desafio preparar um vídeo com o tema “Pessoas que fazem a diferença no Brasil”. Com o objetivo de incentivar jovens talentos e premiá-los pelo desempenho na elaboração de matérias jornalísticas, a CNN International irá selecionar matérias em vídeo com duração máxima de dois minutos cada. O aluno vencedor e seu professor orientador conhecerão os estúdios da CNN em Atlanta, nos Estados Unidos, e ganharão um iPad 2. Já o aluno classificado em segundo lugar receberá um tablet Blackberry, assim como seu professor.

Cada participante deve enviar sua matéria em DVD ou inseri-la em sua conta pessoal nos sites YouTube (http://www.youtube.com/ ou http://www.youtube.com.br/) ou Vimeo (http://www.vimeo.com/). A URL do vídeo público (com a senha, no caso do vídeo protegido do site Vimeo) deve ser inserida no campo corres pondente em cada ficha de inscrição. Serão selecionadas três matérias finalistas, após comunicação prévia da Turner International do Brasil e de divulgação no site oficial do concurso.

Para decidir quais os melhores trabalhos da 8ª edição do concurso, os jurados terão como ferramenta as próprias experiências à frente de importantes telejornais diários. Os apresentadores Monica Waldvogel, Fabiana Scaranzi, Carlos Nascimento, Celso Freitas, uma equipe de âncoras da CNN International e a correspondente do Brasil, Shasta Darlington, fazem parte da comissão julgadora das matérias jornalísticas. A CNN International abriu ainda canais de comunicação para incentivar os estudantes a participar por meio das redes sociais Twitter (www.twitter.com/concursocnn2012) e Facebook (www.facebook.com/CNNIBrasil).

CNN International

Trata-se da única rede global a transmitir notícias 24 horas por dia, fazendo ampla cobertura jornalística por meio dos 34 escritórios editoriais mundiais da CNN Worldwide. Programada especificamente para uma audiência global, a CNN International possui cinco sinais separados de satélite para a América Latina, Europa/Oriente Médio/África, Ásia/Pacífico, Sudeste Asiático e Estados Unidos. A CNN International pode ser vista em mais de 265 milhões de residências em mais de 200 países e territórios ao redor do mundo, por meio de uma rede de 38 satélites.”

(Sindicato dos Jornalistas do Ceará)

Câmara aprova Novo Código Florestal

153 1

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nessa noite de terça-feira, o texto-base da Medida Provisória (MP) 571 do Código Florestal. Depois de superar obstrução de partidos da oposição, os deputados da base aliada, com apoio de parte da Frente Parlamentar da Agropecuária, conseguiram votar a MP em votação simbólica.

Com a aprovação da MP pela Câmara, cabe agora ao Senado convocar novo esforço concentrado para votar a matéria. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), já anunciou que convocará os senadores no dia 28 para votar a MP. O texto precisa ser aprovado até o dia 8 de outubro, quando a medida provisória perde a validade se não for aprovada pelo Congresso.

Editada pela presidenta Dilma Roussef em maio, a Medida Provisória 571 tem como objetivo preencher lacunas deixadas na Lei do Código Florestal depois dos vetos ao texto aprovado pelo Congresso. Durante a análise da matéria na comissão mista, houve acordo entre os membros do colegiado que, posteriormente, não teve chancela do Executivo. Com isso, criou-se impasse que dificultou a votação da MP.

(Com Agência Brasil)