Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

BNB – Empresariado quer ouvir novo presidente

O presidente do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (Ibef), no Ceará, Luís Eduardo Barros, informa que a entidade agendará encontro, ainda neste mês, com o novo presidente do BNB, Ary Joel. Na pauta, uma conversa com o empresariado local.

“Queremos conhecer as metas. Acreditamos que a escolha foi técnica e que isso dará novo impulso á Instituição”, afirma. Luís Eduardo diz que o Ibef e o empresariado não estão preocupados com o debate, na sua avaliação, bairrista, de que Ary Joel não é nordestino.

Para o empresariado, garante, o fundamental é reforçar as ações do BNB e projetá-lo para perspectivas de futuro, principalmente com o aumento de R$ 4 bilhões do capital social, que foi aprovado via MP pelo Congresso.

Juíza manda PF invadir jornal por causa de pesquisa

“Agentes da Polícia Federal invadiram o jornal Correio do Estado, na noite da última quarta-feira (29/8), para impedir a distribuição da edição de quinta-feira (30) por determinação da juíza da 36ª Zona Eleitoral, Elisabeth Rosa Baisch. A ordem judicial buscava impedir a publicação de uma pesquisa de intenções de voto. Ao determinar a invasão, a juíza “extrapolou”, afirmou o advogado do jornal, Laércio Guilhem.

Com duas medidas liminares concedidas pela juíza, policiais coagiram o editor-executivo do jornal, Ico Victório, a assiná-las. As medidas proibiam a divulgação de pesquisa de intenções de voto para prefeito de Campo Grande. A invasão ao prédio do Correio do Estado se deu devido à ação movida por dois candidatos a prefeito de Campo Grande: Alcides Bernal e Reinaldo Azambuja. A pesquisa, diz o advogado do jornal, nem mesmo existia, uma vez que seria finalizada somente na tarde do dia 30. Sendo assim, argumenta, a ação descabida.

Caso a pesquisa existisse na data em que o mandado foi expedido e fosse publicada em desrespeito à determinação da Justiça, o jornal deveria pagar multa de mais de R$ 100 mil por desobediência. Como receberam a notificação e estavam cientes da determinação de não-publicação, a invasão também não teria cabimento. O advogado do jornal ingressou com agravo de instrumento no Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso do Sul para obter cassação da liminar, permitindo assim a divulgação da pesquisa.

“Isso é agressão à liberdade de imprensa e violação ao jornal”, afirmou o diretor do Correio do Estado, ex-senador Antonio João Hugo Rodrigues. Ele informou que o jornal ingressará com representação contra a juíza Elisabeth Rosa Baish, da 36ª Zona Eleitoral.”

(Correio do Estado – MTS)

Como o governo deixa estragar 55 mil bolsas de sangue

92 1

Essa é da Revista IstoÉ:

A cada ano, o Ministério da Saúde gasta milhões em campanhas de incentivo à doação de sangue. Boa parte dessas doações é industrializada fora do País e retorna como hemoderivados, medicamentos essenciais no tratamento de hemofílicos. A matéria-prima desse processo é o plasma sanguíneo, um insumo tão cobiçado que um litro chega a custar US$ 120 no mercado internacional – tanto quanto um barril de petróleo. O Ministério da Saúde esconde em um depósito no Distrito Federal um carregamento de 55 mil bolsas de plasma humano, avaliado em US$ 1,6 milhão, mas cuja validade está vencida há pelo menos cinco anos.

O segredo, que pode causar estragos às pretensões políticas dos ex-ministros da Saúde Humberto Costa e José Gomes Temporão, além do atual ministro, Alexandre Padilha, está trancado a 50 graus negativos numa câmara frigorífica vigiada por seguranças armados.

* Leia a matéria aqui.

 

Eleições 2012 – TSE alerta sobre cumprimento da lei

“A uma semana das eleições municipais, a Justiça Eleitoral aumenta a fiscalização sobre o cumprimento da legislação que determina uma série de regras às vésperas da votação. Aproximadamente 140 milhões deverão ir às urnas para escolher prefeito e vereador.  De terça-feira (2) até o dia 9 nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, exceto em flagrante delito ou devido a sentença criminal condenatória por crime inafiançável e desrespeito a salvo-conduto.

Três dias antes das eleições, na quinta-feira (4), está fixado o limite para os candidatos fazerem campanhas de rua e comícios. Também a partir dessa data os juízes eleitorais poderão expedir salvo-conduto em favor de eleitor ameaçado de violência moral ou física que ponha em risco sua liberdade de votar. Na quinta-feira (4) será o último dia para a veiculação da propaganda eleitoral gratuita nas emissoras de  rádio e televisão, assim como em reuniões públicas ou comícios, com a utilização de aparelhagem de som.

Dois dias antes das eleições, na sexta-feira (5), será o último momento para a divulgação paga, na imprensa escrita e na internet, de jornal de propaganda eleitoral. A véspera da votação, no dia 6, é o último dia para o eleitor receber a segunda via do título. Também é a última oportunidade de fazer propaganda eleitoral usando alto-falantes e amplificadores de som.

As votações, no dia 7, ocorrem das 8h às 17 horas. Nesse dia, os eleitores podem manifestar publicamente suas preferências, usando camisas, bonés e adereços dos candidatos, mas é proibida a propaganda eleitoral por meio de grupos de pessoas e carros de som. A partir do fechamento das urnas, há a emissão dos boletins de urna e o início da apuração e da totalização dos resultados.”

(Agência Brasil)

TCU dá prazo para setor público substituir terceirizados em atividades-fim

“As empresas estatais terão até o dia 30 de novembro para apresentar plano de substituição de funcionários terceirizados que exerçam atividades-fim, segundo determinação do Tribunal de Contas da União (TCU), com o objetivo de evitar burlas a concursos públicos. Nesse plano, deverão constar quais são as atividades consideradas finalísticas, assim como plano de previsão da saída gradual de terceirizados e a contratação de concursados até 2016, quando expira o prazo de implementação do plano.

Caso os planos de substituição não sejam apresentados até a data, as estatais estarão sujeitas a multa de até R$ 30 mil, em parcela única. A regra vale para todas as cerca de 130 empresas públicas da administração indireta, sociedades de economia mista e subsidiárias sob a responsabilidade do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Dest) do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog). A determinação é uma reedição de um acórdão do tribunal de 2010, quando a decisão pela saída de terceirizados já havia sido tomada, mas as empresas não apresentaram plano de substituição dentro do prazo estipulado e as datas-limite foram estendidas.

O assessor Eugênio Vilela, em nome do ministro do TCU responsável pela determinação, Augusto Nardes, explicou à Agência Brasil que a terceirização de atividades finalísticas ou que constam nos planos de cargos das empresas estatais é ato ilegítimo e não encontra o amparo legal, segundo interpretação da Constituição – que aponta que a investidura em emprego público depende de aprovação prévia em concurso, exceto no caso de cargos em comissão.”

(Agência Brasil)

Andrea Bocelli fará show no Brasil. Não, não no Ceará

162 2

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=nVUHHW1tJYA&feature=artistob&playnext=1&list=TLzM4s6cwzYIw[/youtube]

Andrea Bocelli virá ao Brasil para um show no final do ano. Mas se você gosta do tenor italiano, nem pense em comprar ingresso: será um espetáculo privado para marcar a inauguração da fábrica da Eldorado Celulose, em Três Lagoas (MS), no 12 de dezembro.

(Coluna Radar – Veja Online)

VAMOS NÓS – Assistir a um show de Bocelli? Eis um dos nossos sonhos que, um dia, esperamos realizar.

Serra chora durante missa do Padre Marcelo Rossi

134 2

“Vinte e quatro horas após perder a dianteira na disputa pela Prefeitura de São Paulo – como mostrou a pesquisa Datafolha -, José Serra (PSDB) chorou ao participar de uma missa do padre Marcelo Rossi. O tucano foi convidado pelo sacerdote e acompanhou a cerimônia da primeira fila do altar. Chamada “missa de cura e libertação”, a celebração tem, tradicionalmente, forte conteúdo simbólico.

Marcelo Rossi falou a Serra sobre a missa há cerca de 20 dias, durante rápido encontro na Bienal do Livro. Na ocasião, ressaltou que a missa era transmitida pela Internet a “cerca de 500 mil pessoas”. Ontem, outras 15 mil acompanharam a cerimônia in loco. “Serra, você vai ver que missa emocionante é essa”, avisou Rossi, logo no início. O padre-cantor pregou sobre superação de adversidades. Durante a palavra, citou um versículo de Eclesiástico. “Não entregues tua alma à tristeza e não aflijas a ti mesmo com tuas preocupações”, disse, lendo o texto. “No mundo, querem nos derrubar com mentiras e inverdades. Aqui não”, falou em outro trecho.

Serra comungou. “Nada poderá me abalar. Nada poderá me derrotar”, dizia a música que embalou a ceia.No fim da missa, o tucano falou. Parabenizou o padre e dom Fernando Figueiredo pelo santuário que vão inaugurar. “Eles desconhecem os limites do impossível”, disse.  Depois, chorou ao lembrar que, já no fim da vida, sua mãe recebeu uma bênção de dom Fernando. “Isso me marcou muito”. Serra recebeu água benta e saiu. “A porta está aberta para todos,” disse padre Marcelo. “Mas amigo é amigo” concluiu.”

(POVO Online/Folhapres)

Mensalão e o tempo dos memoriais

“Defensores do Banco Rural, Márcio Thomaz Bastos e José Carlos Dias vão passar o fim de semana redigindo memoriais para os ministros.

Se não é possível conseguir a absolvição de seus clientes, que pelo menos eles caiam na gestão temerária, e não fraudulenta.

A pena, no caso da gestão temerária, vai de dois a oito anos, na fraudulenta, de três a doze.”

(Coluna Radar – Veja Online)

 

10ª Mostra Brasileira do Teatro Transcendental está baixando cortina

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=o-JCKFo_eSA&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

A 10ª Mostra Brasileira de Teatro Transcendental  será encerrada neste de fim de semana. Quem adianta a programação desses últimos dias é Luís Eduardo Girão, dirigente da ONG Estação da Luz, promotora do evento.

Aumento dos salários manteve expansão no consumo das famílias

“O aumento dos salários, “que estão crescendo mais que a inflação”, foi o principal motivo para o crescimento de 2,4% no consumo das famílias no segundo trimestre deste ano. Ainda assim, foi o pior resultado para os segundos trimestres desde 2003, segundo números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A avaliação foi feita hoje (31) à Agência Brasil pela economista Maria Beatriz David, do Departamento de Economia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Segundo o IBGE, o consumo das famílias, mesmo reduzindo o ritmo de crescimento, vem mostrando resultados positivos há 35 trimestres seguidos.

A economista advertiu, no entanto, que o ganho da massa salarial no Brasil tende a se reduzir com o aumento dos preços das commodities (produtos agrícolas e minerais comercializados no exterior). Por isso, avaliou que o consumo das famílias, daqui para frente, vai continuar positivo, mas com taxa decrescente. Maria Beatriz destacou que outro fator importante para a expansão do consumo das famílias foi o esforço da renúncia fiscal e do acesso ao crédito. “Isso tem impacto no consumo”. Acrescentou, porém, que as medidas do governo de renúncia fiscal tendem também a se esgotar.”

(Agência Brasil)

CNI espera redução de 15% no custo da energia elétrica para a indústria

“A expectativa do setor industrial é que a redução no custo da energia elétrica para a indústria, a ser anunciada pelo governo nos próximos dias, seja próxima de 15%. A informação é do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade. O conjunto de medidas para reduzir o custo da energia elétrica é esperado para ajudar a indústria a reverter o mau desempenho obtido no primeiro semestre deste ano. Dados divulgados hoje (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram uma queda de 2,5% no Produto Interno Bruto (PIB) da indústria no segundo trimestre de 2012, quando comparado com o trimestre anterior.

“O que esperamos agora, não só com a renovação das concessões [do setor de energia elétrica], mas principalmente com a desoneração de determinados encargos sobre a energia é que esse custo possa ser reduzido de maneira significativa e, por outro lado, esperamos que a redução do custo impacte de maneira diferente cada setor”, disse, hoje (31), o presidente da CNI após se reunir com a presidenta Dilma Rousseff. Ontem, a presidenta informou que as medidas para o setor elétrico serão anunciadas na próxima semana. Ela explicou que as ações serão baseadas na reversão de concessões depois de vencido o prazo dos contratos e que haverá também a redução de encargos.

As medidas para o setor elétrico integram um conjunto de iniciativas do governo para melhorar a infraestrutura e reduzir o custo de produção no país. O ciclo foi iniciado com a concessão de rodovias e ferrovias, no dia 15 de agosto. O pacote de medidas incluirá ainda a concessão de portos e aeroportos, prevista também para o mês de setembro.”

(Agência Brasil)

Dilma sanciona LDO e atende reivindicação da bancada do Nordeste

A presidente Dilma Rousseff sancionou, nesta sexta-feira, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e acatou pleito da bancada federal nordestina que assegura a capitalização do Banco do Nordeste. Ou seja, garante R$ 4 bilhões a mais para compor o patrimônio social do banco.

O efeito dessa medida é fundamental, pois permitirá ao BNB financiar grande projetos que eram barrados por conta do limites estabelecido por regras de mercado.

“Com essa medida, ganha o Nordeste, ganha o setor produtivo, ganha o setor industrial e de serviços. Esses segmentos são responsáveis pela geração de emprego e renda na região” , destaca o coordenador da bancada nordestina, o deputado federal petista José Guimarães.

Ministro autoriza retomada da obra da Transposição no Ceará

Nesta tarde de sexta-feira, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, assinou a ordem de serviço para retomada das obras do TrechomV, do projeto da transposição das águas do rio São Francisco. Esse trecho passa pelo Ceará, mais precisamente em Mauriti (Cariri). Estava parado desde que a Construtora Delta, que era responsável pela etapa, acabou envolvida no Escândalo do Cachoeira.

Agora a obra será tocada pela Serveng Engenharia, que já responde por obras como os futuros terminais de passageiros de Natal e Fortaleza, por exemplo.

(Foto – Divulgação)

PIB confirma recuperação gradual da economia no 1º semestre, diz Tombini

“O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado hoje (31), “confirma a recuperação gradual da atividade econômica no primeiro semestre”. A avaliação é do presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou hoje que o PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, cresceu 0,4% no segundo trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior. Na comparação com o segundo trimestre de 2011, o PIB cresceu 0,5%. No acumulado de 12 meses, a expansão foi 1,2 %. No primeiro semestre, o PIB apresentou aumento de 0,6%.

Para Tombini, o consumo interno tem estimulado a economia. “A demanda doméstica continuou sendo o principal suporte da economia, com o consumo das famílias sendo estimulado pela expansão moderada do crédito, pela geração de empregos e de renda”, disse, em nota. “Os sólidos fundamentos e um mercado interno robusto constituem um diferencial da economia brasileira. Dessa forma, mesmo diante do complexo ambiente internacional, as perspectivas apontam intensificação do ritmo de at ividade ao longo deste segundo semestre e do próximo ano”, acrescentou Tombini.”

(Agência Brasil)

Sarney diz que eleições não prejudicam tramitação do Orçamento 2013

“O Projeto de Lei Orçamentária Anual (Ploa) para 2013 começou a tramitar oficialmente hoje (31) no Congresso Nacional. O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), em sessão plenária, comunicou aos parlamentares os prazos para tramitação da matéria. Pelo calendário oficial, a proposta de Orçamento para o próximo ano terá de ser publicada no Diário Oficial da União e distribuída aos parlamentares até o dia 5 de setembro.

Mesmo com atrasos no calendário de votação em anos anteriores, Sarney prefere trabalhar com a apreciação da matéria até 22 de dezembro, quando o Congresso inicia o recesso de fim de ano. Ele acrescentou que as eleições municipais não serão um impedimento para votar a matéria nesse prazo.

O presidente do Senado ressaltou que os deputados e senadores já trabalhavam com o calendário das eleições municipais. “Não creio que as eleições serão impeditivos para votar o Orçamento [de 2013] na data prevista pelo calendário”, disse José Sarney.”

(Agência Brasil)

Economia cresce 1,2% do PIB nos últimos 12 meses

“O Produto Interno Bruto (PIB) do país ficou em 1,2% no acumulado dos últimos quatro trimestres, quando comparado com os quatro trimestres imediatamente anteriores. Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nos últimos 12 meses o setor de serviços foi o que apresentou melhor desempenho, com crescimento de 1,6%, seguido da atividade agropecuária (1,5%). A indústria fechou os últimos 12 meses em queda de menos 0,4%.

Pela ótica da demanda, a despesa de consumo das famílias cresceu 2,5%, seguida pela despesa de consumo da administração pública (2,2%). A formação bruta de capital fixo, por sua vez, variou negativamente em 0,3%. No âmbito do setor externo, tanto as exportações de bens e serviços quanto as importações apresentaram crescimento de 2,8% e 5,0%, respectivamente.”

(Agência Brasil)

BNB – Escolha de Dilma deixou mesmo a política em segundo plano?

104 4

Com o título “Coragem ou desprestígio’, eis artigo da jornalista Kamila Fernandes que pode ser conferido no O POVO desta sexta-feira. Ela aborda a nomeação do catarinense Ary Joel para presidente do BNB, o que continua gerando polêmica entre políticos nordestinos qeu se sentiriam desprestigiados por não ter um nome da região à frente do banco. Kamila destaca a coragem de Dilma em ir contra essa tese. Confira:

Poucos gestores públicos do Brasil foram tão corajosos como tem sido Dilma Rousseff à frente da Presidência da República. Ao contrário da tradição política em voga, na qual o gestor faz inúmeras concessões de cargos e poder para manter os aliados próximos, Dilma cobra eficiência e postura ética, ejá puniu quem se envolveu com suspeitas de desvio de dinheiro público.

O caso do BNB é o mais emblemático até aqui. Alvo de inúmeras denúncias de irregularidades na concessão de empréstimos, o banco passa por uma reestruturação radical com a entrada do catarinense Ary Joel Lanzarin na Presidência. Funcionário de carreira do Banco do Brasil, Lanzarin não tem qualquer vínculo com o Nordeste nem com políticos da Região. Pelo contrário, é um ilustre desconhecido que chega com a missão de resgatar a credibilidade da instituição. Decisão que Dilma toma mesmo que isso signifique que seus aliados Cid Gomes (PSB) e José Guimarães (PT) percam a prerrogativa de indicar alguém para o cargo, privilégio garantido a políticos do Nordeste (e cearenses, em especial) desde que o banco foi criado, na década de 1950.

A escolha de Dilma deixou a política em segundo plano, o que não significa que ela vá perder apoios e ter sua base reduzida. O capital político que a presidente conseguiu acumular até aqui, com uma aprovação popular altíssima pelos seus atos moralizadores, permite que ela se arrisque e tome as decisões certas, sem medo de cara feia.

Contudo, esse tipo de atitude também só é possível diante de uma certa falta de prestígio dos personagens políticos em jogo – no caso, Cid Gomes. O governador não conseguiu manter seu poder frente ao banco e não tem conseguido boas notícias em relação a demandas novas e antigas. A refinaria da Petrobras foi adiada, o Estado não entrou no pacotão de infraestrutura rodoviária e ferroviária anunciado pela presidente, grandes obras que garantiriam um enorme salto econômico, como a transposição do rio São Francisco e a ferrovia Transnordestina, estão paradas, sem qualquer pressão aparente do Governo Federal para que sejam retomadas. O maior problema é que o Ceará inteiro perde com isso – tomara que a escolha do novo presidente do BNB também não signifique perdas para o Estado.

Kamila Fernandes

kamila.fernandes@gmail.com
Editora adjunta do Núcleo de Negócios do O POVO.

DETALHE – Ary Joel toma posse dia 6 próximo, às 10 horas, em ato na sede do BNB. Com a presença do ministro Guido Mantega (Fazenda).

Especialista aborda Governança Corporativa para o IBEF-Ceará

146 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=xzWNSheC0uc&list=UU3PLF5T6g3ddE4BpeF0EhZg&index=1&feature=plcp[/youtube]

A superintendente-geral do Instituto Brasileira de Governança Corporativa (IBGC), Heloísa Bedicks, deu palestra nesta sexta-feira, durante café da manhã com debate, no auditório da Fa7.  Ela falou sobe “Sucessão Familiar” para membros do Instituto Brasileiro dos Executivos de Finanças (IBEF), do Ceará. Para o Blog, Heloísa Bedicks comentou o momento atual do setor empresarial e sucessões.

Hospital das Clínicas realiza milésimo transplante renal

“O Hospital Universitário Walter Cantídio, da Universidade Federal do Ceará, registrou, na madrugada desta sexta-feria, seu milésimo procedimento através do Serviço de Transplante Renal. Neste mês, a equipe comemora 36 anos de criação Centro de Pesquisas em Doenças Hepato-Renais do Ceará (CEPHRECE), que possibilitou o desenvolvimento dos transplantes nessas áreas em nosso Estado. A nefrologista e chefe do Serviço de Transplante Renal do HUWC, Paula Camurça Fernandes, ressalta a importância da marca de mil transplantes, uma conquista de toda a equipe do HUWC. “Nossa missão é levar esperança aos portadores de insuficiência renal crônica, reintegrar o indivíduo à sociedade, através da realização do transplante renal, que fornecerá melhor qualidade de vida àqueles que recebem um rim”, afirma.

O HUWC é referência nacional na área de transplantes. Conforme o Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), em 2011 o hospital realizou 258 transplantes, sendo 94 renais, 126 hepáticos, 19 de medula óssea, 18 de córnea e um de pâncreas, superando assim os 208 procedimentos realizados em 2010. Até o final deste ano, as expectativas são positivas.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Ceará, atualmente, é o 4° colocado em número de transplantes de órgãos no País, ficando atrás apenas de São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Em 2011, a Secretaria da Saúde do Estado registrou 1.295 transplantes de órgãos e tecidos. A meta para 2012 é superar 1.800.”

(Site da UFC)