Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Cid isenta presidente do BNB do escândalo denunciado por Época

71 1

Do governador Cid Gomes (PSB), ao comentar o caso de um escândalo envolvendo o BNB num suposto esquema de desvio de recursos por meio de empresas laranjas, o que foi denunciado em reportagem da revista Época:

“O que eu vi o presidente Jurandir Santiago (BNB) já tinha me falado que tinha um sindicância no banco, então não há nada referente à atual direção. Isso é uma coisa de operações feitas no passado que tiveram problemas. Não sei até que ponto há cumplicidade de direção do banco ou se é uma coisa…o banco faz mil operações. Duas, três, quadro, vinte dão problema. Está dentro da margem. Isso deve ser investigado e ao que me consta o banco estava investigando. A Polícia Federal e a CGU agora investigam”.

Cid só espera que o BNB não sofra problemas e prossiga sua ação em favor do crescimento do Nordeste e,claro, do Ceará.

O atual presidente do BNB, Jurandir Santiago, é uma indicação política do governador, com aval também do presidente estadual do PMDB, senador Eunício Oliveira.

Dilma: Queda no desmatamento é resultado de “forte ação do governo” na fiscalização

“Ao comentar os dados divulgados na semana passada sobre preservação ambiental, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (11) que se orgulha da redução de 77% no desmatamento ilegal no país. “O Brasil, que já tem o privilégio de abrigar a maior área de florestas tropicais do mundo, pode se orgulhar também de conseguir protegê-las cada vez mais”, reforçou.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma avaliou que a queda do índice é resultado “da forte ação do governo” na fiscalização e do trabalho conjunto de órgãos como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), a Polícia Federal e as Forças Armadas.

“Também é importante dizer que temos oferecido alternativas de produção e renda para a população que vive em nossas florestas, para que esses trabalhadores possam produzir e garantir o seu sustento sem desmatar ou destruir o meio ambiente”, disse, ao destacar estratégias como o Bolsa Verde – benefício de R$ 300 pago a cada três meses para as famílias extremamente pobres que trabalham na coleta de frutos, na extração de látex ou na pesca artesanal, na Amazônia.”

(Agência Brasil)

Julgamento do Mensalão – Ex-ministro diz que imprensa “tomou partido”

50 5

Para o ex-ministro da Justiça, Marcio Thomaz Bastos, a imprensa “tomou partido” contra os réus do processo do mensalão. Ele diz que essa mesma imprensa tenta influenciar o resultado do julgamento no Supremo Tribunal Federal fazendo “publicidade opressiva” do caso. 

“Ela tomou um pouco de partido nessa questão”, disse Bastos na noite de sábado, em entrevista ao programa “Ponto a Ponto”, da BandNews, canal pago da TV Bandeirantes. “Elevou a um ponto muito forte o mensalão que vai ser julgado, deixando de lado os outros mensalões.”

Marcio Thomaz Bastos foi entrevistado por Mônica Bergamo e pelo sociólogo Antonio Lavareda, quando disse ver com preocupação a capacidade da imprensa de influenciar os juízes. “A vigilância da imprensa é fundamental”, afirmou. “Mas algumas vezes ela erra”.

Atualmente, Márcio é advogado do bnicheiro Carlinhos Cachoeira, entre outros clientes vips.

Cachoeira teria intermediado venda de casa de Marconi Perillo

Reportagem de O Globo desta segunda-feira informa que uma gravação da Polícia Federal, que envolve Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, e o ex-vereador de Goiânia Wladmir Garcez revela: o contraventor envolveu-sena venda da casa de Marconi Perillo (PSDB), governador de Goiás. De acordo ainda com a gravaçaõ, Cachoeira chega a ordenar que o dinheiro da venda seja levado para o governador no Palácio das Esmeraldas, sede do governo de Goiás.

No diálogo, interceptado às 8h23m do dia 12 de julho do ano passado, Garcez diz que irá se encontrar com o presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), Jayme Rincón. A escritura da venda do imóvel ocorreu um dia depois do telefonema.

Perillo, que depõe nesta terça-feira na CPI do Cachoeira, tem afirmado que a negociação se deu por intermédio de Garcez e que não recebeu dinheiro pela transação, mas três cheques, que foram depositados em sua conta. Os cheques foram assinados por um sobrinho de Cachoeira, mas o governador afirma que não sabia disso.

Na semana passada, o professor Walter Paulo Santiago, que se intitula administrador da Mestra Participações, em nome da qual está a casa, disse que pagou pela imóvel em dinheiro vivo, em pacotinhos de notas de R$ 50,00 e R$ 100,00.

Greve dos servidores federais vai se estender a outras categorias nesta semana

“A greve que já atinge 51 instituições federais de ensino deve arregimentar novos servidores a partir desta segunda-feira (11). É o que promete a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), que reúne 37 sindicatos em todo o país. Segundo a entidade, a greve irá crescer devido à falta de resultado nas negociações com o Executivo sobre reajuste salarial, recebimento de gratificações e reestruturação de carreiras.
A partir desta segunda-feira, entram em greve os trabalhadores técnico-administrativos em educação nas universidades federais e os funcionários federais do setor de geografia e estatística. Na quarta-feira (13), os servidores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União prometem cruzar os braços. Na mesma data, os servidores federais da educação básica, profissional e tecnológica também devem paralisar os trabalhos.

Segundo a Condsef, a greve geral dos servidores federais deve começar em 18 de junho e continuar por tempo indeterminado. A medida foi aprovada na última segunda-feira (4) por mais de 300 representantes sindicais de 20 unidades da federação, reunidos em Brasília. Servidores insatisfeitos marcharam na Esplanada dos Ministérios na terça-feira (5) e foram recebidos em reunião no Ministério do Planejamento, mas segundo os grevistas, não houve avanços nas negociações.

Além das questões salariais e da cobrança por reestruturação das carreiras antes da realização de novos concursos públicos, os servidores federais também protestam contra a Medida Provisória 568/12, em tramitação no Congresso Nacional. Caso aprovada, a norma muda o cálculo dos adicionais de insalubridade e de periculosidade, além de alterar a carga horária de médicos e outras categorias que possuem jornada estabelecida em lei.

Médicos da área federal paralisam na 3ª feira

“Médicos servidores públicos federais pretendem paralisar as atividades na próxima terça-feira (12) em protesto contra a Medida Provisória (MP) nº 568, de 2012, que trata da remuneração e da jornada de trabalho de profissionais de saúde.

De acordo com a Federação Nacional dos Médicos (Fenam), o texto prevê que profissionais que atualmente mantêm jornada de 20 horas semanais no serviço público, ao ingressar na carreira, tenham que cumprir 40 horas semanais e receber o mesmo valor – uma redução de 50% na remuneração.

“A medida é considerada pelo presidente da entidade, Cid Carvalhaes, como um enorme retrocesso em um país já tão castigado pela carência do Sistema Único de Saúde [SUS] e pela desvalorização dos profissionais de medicina”, informou a Fenam.

Também na próxima terça-feira, a Comissão Mista do Congresso Nacional deve votar a admissibilidade da MP 568. O objetivo da categoria é, por meio da paralisação, pressionar o Parlamento e abrir caminho para a primeira greve geral de médicos servidores federais no país.”

(Agência Brasil)

Confirmado. Chefe de gabinete do BNB é exonerado

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Jurandir Santiago, exonerou sábado o seu chefe de gabinete, Robério Gress do Vale. Atendeu a um pedido da presidente Dilma Rousseff. Vale é acusado de operar um esquema fraudulento que teria desviado R$ 100 milhões para o caixa 2 de campanhas eleitorais de petistas do Ceará. O esquema está sendo investigado pela Polícia Federal (PF) com base em auditorias do BNB e da Controladoria Geral da União (CGU) que encontraram indícios de fraude em 24 operações de crédito envolvendo petistas.

A auditoria concluiu que empresa dos cunhados de Vale recebeu R$ 12 milhões. O ex-chefe de gabinete do BNB foi, em 2010, o quarto maior doador, pessoa física, da campanha do deputado José Guimarães Nobre (PT-CE), irmão do ex-presidente do PT José Genoino. A denúncia foi publicada pela revista Época deste final de semana.

Em nota, Vale disse que está disposto a prestar todos os esclarecimentos à PF. “Como funcionário de carreira, técnico desta instituição, tendo exercido dentre outras funções a chefia de gabinete na gestão Roberto Smith e na atual, nunca me envolvi em defesa de quaisquer interesses de pessoas, parentes e afins, conforme insinua a referida matéria (publicada na revista)”, disse.

Mais adiante o ex-chefe de gabinete do BNB destaca: “Ao longo de minha trajetória nesta instituição, nas várias funções que exerci, sempre pautei minha vida pela ética, moralidade e a transparência”.

Em relação à acusação de que foi um dos principais doadores da campanha de José Nobre Guimarães, Vale admite que foi um dos contribuintes do petista, com um valor de R$ 10 mil. Nota do BNB diz que o banco passou, “espontaneamente” a interagir com a CGU e a Polícia Federal para esclarecer o caso.

(POVO Online e Estadão)

Câmara dos Deputados debaterá violência contra idosos

75 2
A Frente Parlamentar em Apoio ao Idoso promoverá, às 15 horas desta terça-feira, o debate “Quem maltrata o idoso não fere apenas o corpo, mas apaga toda a sua história”. O evento será realizado em parceria com a Secretaria Especial do Idoso do Distrito Federal, em alusão ao Dia Mundial de Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, comemorado em 15 de junho.
Na quinta-feira, a frente parlamentar realizará, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o seminário “Dez anos do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso”. Em discussão, a situação dos idosos no Brasil e os avanços e desafios das políticas públicas sobre o envelhecimento. Também:
– “O panorama dos dez anos do CNDI: avanços e desafios”, com a presidente do CNDI, Karla Cristina Giacomini;
– “A realidade do envelhecimento no Brasil a partir dos dados demográficos do Ipea”, com o técnico do Ipea Heverton Ellery Araújo;
– “Práticas institucionais de cuidado e violência contra idosos”, com a socióloga Lourdes Maria Bandeira;
– “Papel do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso e demais conselhos na elaboração de políticas públicas para o envelhecimento ativo”, com o professor Vicente de Paula Faleiros.
O presidente da frente parlamentar, deputado Vitor Paulo (PRB-RJ), disse que o debate servirá para conscientizar a população sobre o direitos da pessoa idosa e incentivar ações de combate à violência contra idosos. Entre os convidados estão a presidente da Frente Parlamentar Mista de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, deputada Flávia Morais (PDT-GO), e a secretária nacional dos Direitos Humanos, Maria do Rosário.
(Agência Câmara de Notícias)

Justiça de Brasilia libera ex-diretor da Delta

“O ex-diretor da Delta Construções no Centro Oeste, Cláudio Abreu, teve sua prisão revogada nesta tarde (8) pela 5ª Vara Criminal de Brasília. Ele foi preso no dia 25 de abril devido à Operação Saint-Michel, da Polícia Civil e do Ministério Público do Distrito Federal, que apurou desdobramentos da Operação Monte Carlo em esquemas de corrupção em Brasília.

A despeito do parecer do Ministério Público, que opinava pela manutenção da prisão, a juíza Ana Cláudia Barreto entendeu que Abreu deveria ser solto porque não é mais diretor da Delta e não apresenta risco à ordem pública. “Ainda que fosse [diretor], os crimes que lhe foram imputados são de conhecimento nacional, de maneira que dificilmente conseguiria praticar novas condutas semelhantes”, conclui a magistrada.

Embora possa responder ao processo em liberdade, Abreu terá que cumprir condições impostas pela juíza, sob pena de ser preso novamente. Ele deve entregar o passaporte, manter o endereço atualizado e comparecer na vara criminal todos os meses até sentença definitiva. Também não pode manter qualquer contato com os demais réus do processo ou outras pessoas citadas na denúncia, nem mesmo por recados.

A decisão da juíza atendeu a pedido da defesa, que alegava que Abreu é réu primário e possui endereço fixo. Os advogados do ex-diretor também ressaltaram que não há provas de que ele participava do esquema criminoso, “uma vez que não consta nas interceptações telefônicas qualquer gravação com sua voz”.

(Agência Brasil)

BNB sob estigma de demissões após denúncia da revista Época

66 4

Há informações de Brasília dando conta de que o chefe de gabinete do BNB, Roberto Grecco, fora demitido por determinação da presidente Dilma Rousseff. Ele está envolvido no escândalo denunciado pela revista Época de um suposto esquema de empresas laranjas e desvio de recursos para financiamento de campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores.

Sera o ínício de uma série de demissões na Instituição que, em nota, informou mais cedo que havia aberto sindicâncias para apurar o caso.

BNB manda nota sobre escândalo denunciado por Época

78 3

A Assessoria de Comunicação do Banco do Nordeste do Brasil mandou n ota par o Blog acerca das denúncias feitas pela Revista Época nesta sexta-feira sobre suposto envolvimento de empresas laranjas desviando verbas da Instituição para financiar campanhas do PT. Confira:

A respeito de recentes notícias publicadas na imprensa sobre operações de crédito irregulares no Banco do Nordeste do Brasil, no período compreendido entre o final de 2009 ao início de 2011, esclarecemos que esta Instituição, tão logo tomou conhecimento, ainda em julho de 2011, dos primeiros indícios de irregularidades, adotou imediatamente todas as providências que a situação reclamava.

No próprio mês de julho/2011 foi instaurado o primeiro de quatro procedimentos de sindicância que se encontram em andamento, por determinação da Diretoria do Banco, com o fim de apurar todos os fatos em questão e os que foram surgindo ao longo das investigações. Estas apurações já resultaram no afastamento e demissão de vários colaboradores. Além disso, o banco passou, espontaneamente, a interagir com os órgãos de controle externo – CGU, Ministério Público e Polícia Federal – a fim de que o assunto recebesse os encaminhamentos e apurações devidos, para além daqueles levados a curso no âmbito do próprio Banco do Nordeste.

As próprias informações divulgadas pela imprensa são provenientes de relatório de auditoria interna do Banco, o que confirma a adoção de providências tempestivas pela instituição já há quase um ano.

Importante observar que, nos anos de 2010 e 2011, o Banco do Nordeste contratou a quantidade de 5,8 milhões de operações de crédito, sendo que as irregularidades envolveram operações contratadas por 24 clientes deste universo. Inobstante, foram aprovados pela Diretoria, e imediatamente implementados, diversos aperfeiçoamentos nos processos de crédito, com vistas a mitigar os riscos da ocorrência de novos eventos da espécie.

Por fim, informamos que todas as decisões relacionadas à concessão de crédito no âmbito do Banco do Nordeste são tomadas, exclusivamente, por meio de critérios técnicos e de forma colegiada, existindo, para tanto, diversos comitês na estrutura de governança corporativa do Banco.

A Diretoria.

AFBNB cobra apuração rígida de escândalo no BNB

Este Blog recebeu, nesta sexta-feira, nota da Associação dos Funcionário do Banco do Nordfeste do Brasil sobre o caso do suposto uso de laranjas em desvio de recursos para financiar campanhas eleitorais do PT. Confira:

Escândalo no BNB: AFBNB exige apuração e punição dos responsáveis

A propósito da matéria veiculada na edição da revista Época (veja aqui) dessa semana, dando conta da investigação por parte da Polícia Federal quanto a irregularidades e desvio de recursos no Banco do Nordeste do Brasil S/A, a AFBNB, em primeiro lugar, vem a público prestar sua mais ampla e irrestrita solidariedade aos funcionários do Banco que trabalham com honestidade, ética, seriedade e dedicação ao cumprimento da missão social da instituição.

A Associação expressa esse sentimento por entender que a matéria não se aplica ao conjunto dos quadros de pessoal do Banco, mas a uma exceção mínima, que, conforme os resultados das investigações, se choca com o coletivo e atenta contra os princípios e valores da boa prática da administração pública estabelecidos na Constituição Federal.

Não é de hoje que a AFBNB se reporta a situações dessa natureza, quando as mesmas ocorrem ou vêm à tona, e o faz na condição de entidade constituída para lutar pelos direitos dos funcionários do Banco e também para defender o BNB enquanto instituição de fomento da região onde atua e com o nobre papel social a cumprir, como tem cumprido. Assim, a AFBNB se comporta não confundindo tal prerrogativa com o direito à defesa de interesses pessoais ou de grupos, no entendimento de que tais atos não devem se constituir em motivo para macular a imagem do Banco enquanto instituição imprescindível para o Nordeste e o norte de Minas Gerais e Espírito Santo ou de seus trabalhadores, que exercem diariamente as suas atividades com dignidade e merecem respeito por isso, mas de responsabilização das pessoas envolvidas com atos que têm a total reprovação da entidade.

Assim se comportou a AFBNB quando do processo que envolveu prepostos da gestão do ex-presidente Byron Queiroz, quando a Associação não só fez denúncias, como se manteve na linha de frente para a elucidação dos fatos, apuração e responsabilização dos culpados. A história é testemunha disso e todos sabem bem dos resultados.

Da mesma forma acontece agora. Por algumas vezes a AFBNB já se reportou a possíveis casos, como os que ora estão sendo veiculados. No ano passado, a partir de denúncias de funcionários foi encaminhado processo junto ao Ministério Público Federal (MPF), bem como divulgada matéria a respeito de atos danosos ao Banco, aos funcionários e à sociedade (relembre aqui).

Não é demais lembrar que quando da movimentação de um dos citados na matéria da revista, no caso o então Superintendente do Banco no Estado do Ceará, Isidro Siqueira, hoje diretor do Banco, a AFBNB divulgou matéria alertando sobre a temeridade que tal ato poderia representar, classificando a sua confirmação como um afronta aos funcionários (veja aqui). Com o mesmo intuito a Associação encaminhou ofícios ao presidente do Conselho de Administração do Banco, o qual foi entregue formalmente durante reunião em Fortaleza ao Ministério da Fazenda, ao TCU e ao gabinete da Presidência da república (relembre aqui).  Mesmo assim a nomeação foi confirmada.

A Associação já se pronunciou sobre a necessidade da auditoria interna do Banco ter toda a condição de executar suas atividades com autonomia e que os processos instruídos e as responsabilizações sejam encaminhadas pela Diretoria, sem tergiversações. Da mesma forma, a AFBNB tem pautado a discussão com a Ouvidoria e com o Conselho de Ética da instituição, para que as denúncias sejam pronunciadas e apuradas, doa a quem doer!

O que os trabalhadores do BNB por meio da AFBNB exigem é uma postura firme do Ministério da Fazenda e da Casa Civil da Presidência da República, no sentido de cobrar o imediato afastamento dos envolvidos, para que as investigações fluam em condições favoráveis à adequada elucidação dos fatos.

Além disso, é fundamental que tanto o Banco quanto Justiça deem irrestrito apoio e a devida segurança ao funcionário Fred Elias de Souza e a outros que tenham repassado informações, no sentido de garantir a vida, pessoal e profissional, dessas pessoas e de seus familiares e de outras que porventura tenham denúncias a realizar no âmbito das irregularidades nos processos do Banco.

O Banco do Nordeste não pode ser maculado por quem se acha no direito de praticar atos que venham a manchar o nome da instituição e colocar na lama a dignidade dos seus trabalhadores. Por isso, a AFBNB ressalta a importância de que os cargos de direção do Banco não sejam moeda de troca de barganhas políticas, e que seus gestores tenham perfil e compromisso ético, como está explícito na Carta Compromisso com o Desenvolvimento Regional, elaborada pela AFBNB, e entregue à presidenta Dilma.

Considerando todo o exposto, a Associação reafirma seu compromisso com os trabalhadores do BNB e por isso mesmo se comportará como sempre procedeu, acompanhando e cobrando resultados. Por oportuno, reafirma que é veementemente a favor de penalização aos responsáveis pelos desvios milionários. Quem tem responsabilidade que pague por elas e não a instituição e seus trabalhadores.

* Associação do Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil.

Festas do Pau da Bandeira segue em Barbalha

Bandas cabaçais, penitentes, reisados congo e de couro, sanfoneiros, incelências e grupos de danças são as manifestações culturais que vão marcar a Festa de Santo Antônio – também conhecida por Festa do Pau da Bandeira – nesta sexta-feira, em Barbalha, na região do Cariri cearense. Às 18 horas, no Parque da Cidade, cerca de 20 grupos folclóricos participam da Terreirada Cultural, um dos momentos mais bonitos da festividade, evidenciando a preservação e a valorização de manifestações centenárias características do nordeste brasileiro.

A Festa de Santo Antônio teve início no dia 3 de junho e continua até o dia 13, dia do santo que é o padroeiro de Barbalha. Diariamente, às 5h acontece a Alvorada.  Bandas cabaçais saem às ruas e se encontram no entorno da Igreja Matriz. Ao meio-dia, novo encontro, contando também com apresentação das Filarmônicas de São José e da Batuta do Rosário no pátio da Matriz.

No Parque da Cidade acontece a programação noturna, com shows a partir das 22h, recebendo milhares de pessoas. Nesta sexta-feira, o público poderá conferir duas atrações locais, grupos Vertaime, abrindo a festa, e BR-87, fechando a programação. É também atração na noite de sexta o reggae da banda maranhense Tribo de Jah.

A Festa do Pau da Bandeira de Barbalha é uma realização da Prefeitura Municipal de Barbalha e conta com o patrocínio do Banco do Nordeste, Chesf, Governo do Estado do Ceará e Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo e Ministério da Cultura, contemplado pela Lei Rouanet. Tem o apoio cultural da COELCE através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura.

BNB promete divulgar nota sobre escândalo estampado pela Época

A Presidência do Banco do Nordeste do Brasil promete divulgar nota oficial acerca das denúncias estampadas nesta sexta-feira pela Revista Época e que tratam de um esquema de desvios de recursos da Instituição. O suposto esquema envolveria empresas laranjas para liberar recursos que serviriam para custear campanhas eleitorais do Partido dos Trabalhadores.

Já o presidente do banco, Jurandi Santiago, evitou falar sobre o caso, adiantando apenas que mandou tomar providências sobre o fato e que teri uma conversa em brasília com o Ministério da Fazenda.

O caso ganhou dimensão e está estampado na maioria dos portais dos grandes jornais.

Hélio Rôla em nova exposição

126 1

Hélio Rôla, escultor, gravador, desenhista, ilustrador, pintor e médico cientista, está com exposição no Sobrado Dr. José Lourenço. Considerado um dos artistas mais representativos das artes visuais no Ceará, Rôla apresenta trabalhos em desenhos, colagens, esculturas, gravuras, mídias digitais e pinturas, desenvolvidos desde os anos 90 até hoje. A mostra vai até 5 de agosto próximo.

O artista combatente, que desafiou a cultura local na defesa da dita Escola Chico da Silva, nos anos 1970, é o mesmo que denunciou o perigo iminente do turismo sexual que se infiltraria na Praia de Iracema nos anos 80/90 e que não se calou com a poluição sonora “instalada” naquele bairro e que o fez, inclusive, deixar para trás sua morada de uma vida inteira. Hélio vive hoje num sítio na Lagoa Redonda e agora faz campanha contra a poluição sonora aeroviária.

SERVIÇO

De terça a sexta-feira, das 9 às 19 horas; sábado, das 10 às 19 horas; e domingo, das 10 às 14 horas.
Sobrado Dr. José Lourenço – Rua Major Facundo, 154 – Centro.

Vitória de Inácio abriria vaga no Senado para o PMDB de Eunício

145 8

Entre as vantagens que apresenta para obter o apoio político do PMDB, o senador Inácio Arruda, pré-candidato do PCdoB à Prefeitura de Fortaleza, incluiu um dado que considera interessante.

Se ele ganhar as eleições, automaticamente abrirá vaga no Senado para o PMDB presidido pelo também senador Eunício Oliveira.

O primeiro suplente de Inácio é o empresário Raimundo Noronha, que é irmão do deputado federal peemedebista Genecias Noronha.

CPMI do Cachoeira – Pagot quer abrir o bocão

“O ex-diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) Luiz Antonio Pagot disse hoje (8) que “está à disposição” da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira para prestar depoimento.

Existem pelo menos nove requerimentos para a sua convocação que ainda não foram apreciados pelo plenário da CPMI. Alguns deputados e senadores querem que esses requerimentos sejam pautados na próxima reunião administrativa da comissão, marcada para quinta-feira (14).

“Estou no interior, mas ao inteiro dispor da CPMI para prestar depoimento”, disse Pagot, em entrevista, por telefone, à Agência Brasil. Ele evitou falar sobre quem tem interesse em impedir seu depoimento. “Não quero falar sobre isso. Só quero mesmo dizer que estou inteiramente à disposição da CPMI para prestar esclarecimentos.”

(Agência Brasil)

Fortaleza terá XIII Parada Gay

Fortaleza assistirá, no próximo dia 24, na avenida Beira Mar, à XIII Parada pela Diversidade Sexual do Ceará, a conhecida “Parada gay”. Neste ano, estão programadas 65 paradas no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ALBGT). Ano passado, foram 160 (quase 100 a mais). Em 2009, mais que o triplo: 205 paradas pelo País.

O jornalista Emerson Maranhão, em sua coluna Cena G, do O POVO desta sexta-feira, analisa que essa redução do número de paradas tem suas causas. A principal delas é o esvaziamento do patrocínio público, que minguou (in)sensivelmente na gestão da presidente Dilma Rousseff (PT).