Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Adolescente morre em Tianguá vítima de descarta elétrica provocada por celular

O adolescente Iago Aguiar Mendes, de 16 anos, morreu enquanto utilizava o celular que estava recebendo carga. O fato ocorreu em Tianguá (Região da Ibiapaba) quando Iago foi atender uma ligação e recebeu uma descarga elétrica. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu. As informações foram confirmadas por um amigo do pai do garoto. O acidente se registrou na ultima quinta-feira, 7.

A escola em que Iago estudava lançou uma nota de pesar sobre o caso. “Iago esteve conosco desde os primeiros passos na escola até hoje”, diz o post na página do Facebook do Colégio Santa Maria. O estabelecimento deseja forças aos pais do garoto, Ana Paula e Antônio Aristides.

Casos registrados

Casos como o de Iago já aconteceram neste ano. Em fevereiro, uma adolescente do Piauí morreu vítima de uma descarga elétrica que recebeu do celular. Apesar da tensão elétrica de aparelhos celulares ser baixa, acidentes como estes podem acontecer. A recomendação de especialistas é não utilizar o celular durante o carregamento.

(Com O POVO Online/Foto – Facebook)

Qual o futuro de Ciro? E qual o futuro do PT?

407 1

Com o título “Silêncios, barulhos e os futuros incertos de Ciro e do PT”, eis artigo de Guálter George, editor de Política do O POVO. Ele analisa o cenário da disputa presidencial. Confira:

O pedetista Ciro Gomes e o PT já parecem ter traçado seus destinos eleitorais neste 2018 e eles não se entrelaçam pelo menos até 7 de outubro, quando acontece o primeiro turno. Há necessidade e uma delicada administração do momento, porque a ansiedade percebida em muitos representantes de ambos os campos partidários pode inviabilizar o reencontro futuro de quem já foi aliado um dia, como resultado natural daquelas conversas que marcam a passagem entre uma etapa e outra do processo eleitoral. Percebe-se uma beligerância meio injustificável dos dois lados.

Ciro, sabemos nós, tem suficiente “talento” para complicar estratégias com ações e palavras atabalhoadas. Errou, por exemplo, quando cobrado por ter sido o único dos pré-candidatos alinhados à esquerda que não esteve com Lula durante a vigília pré-prisão no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo, em abril. Na época, lembremos, saiu-se com a história de que não se sentia obrigado e tascou um desnecessário “não sou puxadinho do PT”.

Não é, de fato. Muito menos o PT precisa se sentir obrigado a definir seus passos considerando o que parece ser o melhor para Ciro. Este, na linha da esperteza, apressa os fatos para criar uma polarização conveniente com Jair Bolsonaro, exatamente para ocupar desde já um espaço que se poderá abrir com a provável ausência de Lula, a ser determinada em algum momento adiante pelas instâncias judiciais.

O político cearense passou a ser muito econômico com declarações de apoio real a Lula, pelo menos desde quando a situação agudizou-se e a ameaça de prisão contra ele, por exemplo, virou realidade.

Antes até se tinha um Ciro, ao melhor estilo Ciro, falando em radicalizar na estratégia em favor do líder petista levando-o para proteção de uma embaixada, “onde poderia se defender de forma isenta e plena” de uma eventual decisão judicial. Agora, prefere acompanhar a uma distância cômoda o sofrimento do amigo, recolhido às dependências da Polícia Federal em Curitiba.

De volta a Bolsonaro, o que chama atenção nos recentes ataques de Ciro, quando participava de uma sabatina em Brasília na última quarta-feira, é que eles vieram de graça, não havia pergunta envolvendo o nome do deputado para dar gancho à resposta na qual o pedetista compara o provável adversário a um “câncer que precisa ser extirpado” ou o define como “boçal despreparado”, Portanto, era roteiro previamente preparado por ele e seus pensadores de campanha, demonstrando que por alguma razão oportunista se entende que o espaço precisa ser ocupado imediatamente.

As pesquisas de até agora mostram que Lula permanece sendo, da extensa lista de pré-candidatos, o único que consegue disputar o voto do eleitor com Jair Bolsonaro, nome que amedronta por sua ideias esdrúxulas, quando não simplesmente erradas, mas também por um vazio de conteúdo assustador para um País que vive crise de proporções gigantescas. O petista, inclusive, o derrotaria até com certa folga, o que recomenda ainda mais cuidado no gerenciamento do momento atual. Mais à frente, caso sua candidatura tenha mesmo que ser descartada, o lado para onde pender pode ganhar peso decisivo. Ciro, com os silêncios errados e os barulhos inconvenientes, pode desperdiçar oportunidade que o destino até parece disposto a lhe oferecer mais uma vez.

Guálter George

gualter@opovo.com.br

Editor de Política do O POVO.

Receita libera consulta ao primeiro lote de restituições do IR

Foi liberada nesta sexta-feira a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018. O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017, informou a Receita Federal.

O crédito bancário para 2.482.638 contribuintes será feito no dia 15 de junho, totalizando R$ 4,8 bilhões. Terão prioridade para receber a restituição 228.921 idosos acima de 80 anos, 2.100.461 contribuintes entre 60 e 79 anos e 153.256 com alguma deficiência física ou mental ou doença grave.

SERVIÇO

*Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet ou ligar para o Receitafone 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento.

(Agência Brasil)

Você sabia que existe a CUT Socialista e Democrática?

261 1

Acontecendo nesta sexta e sábado, o Seminário Estadual da CSD Ceará. Trata-se da CUT Socialista e Democrática. O encontro ocorre na sede da Federação dos Trabalhadores, Empregados e Empregadas no Comércio e Serviços do Estado do Ceará (Fetraece), em Fortaleza.

O objetivo é atualizar o debate sobre a conjuntura política e econômica, construir estratégias que visam enfrentar os ataques ao movimento sindical e ampliar o crescimento no movimento sindical cutista.

A CSD, informam organizadores, tem crescido e participou recentemente da eleição do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Fortaleza, ficando em segundo lugar. Ganhou a eleição do Sindicato dos Comerciários de Sobral e Região.

A tendência da CSD é apoiar a reeleição da deputada federal Luizianne Lins e do deputado estadual Elmano de Freitas, ambos do PT.

(Foto – Divulgação)

General Theophilo cumpre agenda em Morada Nova, Quixeramobim e Quixadá

368 1

O general Theophilo, pré-candidato tucano ao Governo do Ceará, participará nesta sexta-feira, às 17 horas, de tradicional cavalgada e da Missa do Vaqueiro na cidade de Morada Nova (Vale do Jaguaribe).

Aliás, quando aluno do Colégio Militar de Fortaleza, o general integrou a cavalaria.

DETALHE – Neste sábado, ele terá programação em Quixeramobim e Quixadá. Reuniões com lideranças locais.

(Foto – Jarbas Oliveira)

Comissão aprova projeto de Eunício Oliveira que incentiva a dessalinização da água

797 1

A Comissão de Meio Ambiente do Senado aprovou o projeto de lei nº 259/15), de autoria do senador Eunício Oliveira (MDB-CE), que incentiva à dessalinização da água do mar e das águas salobras subterrâneas para o consumo humano no semiárido e em outros locais com escassez de recursos hídricos. A matéria foi aprovada em caráter terminativo e segue agora para análise da Câmara dos Deputados.

A dessalinização é o processo de remoção dos sais dissolvidos na água do mar ou nas águas salobras subterrâneas, produzindo água doce, que pode ser utilizada, principalmente, para consumo humano ou para aplicações industriais.

O texto foi apresentado por Eunício em razão da permanente preocupação em desenvolver ações e diretrizes que possam auxiliar o Ceará e o Nordeste a implantarem uma política de convivência com a seca.

A proposta estabelece o incentivo como diretriz e objetivo da Política Federal de Saneamento. Eunício argumenta ser fundamental que o país tenha à sua disposição todos os recursos para a garantia do abastecimento de água à população, tendo em vista os grandes prejuízos desencadeados pelos racionamentos. Ele lembra que no semiárido nordestino a água subterrânea disponível para muitas comunidades é salobra. E o elevado índice de salinidade a torna inadequada para o consumo humano. Daí a importância da dessalinização.

O texto também determina que a União deve priorizar o atendimento ao consumo humano no semiárido e em outras localidades com escassez de água quando decidir sobre a alocação de recursos para incentivar a adoção de tecnologias de dessalinização.

(Agência Senado)

Chico Lopes lança pré-candidatura à Câmara dos Deputados

331 1

O deputado federal Chico Lopes (PCdoB) lançou, nessa noite de quinta-feira, no Kukukaya, sua pré-candidatura à reeleição. Em seu discurso, fez um balanço de sua trajetória política que vem desde 1968, quando ingressou no comunismo.

Como vereador, deputado estadual e deputado federal, enumerou alguns projetos aprovados e lembrou também de denúncias feitas como parlamentar. Entre elas, a CPI do BEC, que, extinto, acabou beneficiando empresários amigos do então governador.

SERVIÇO

*O lançamento da pré-candidatura também reforçou a “vaquinha” para apoio a Chico Lopes – site https://doacaolegal.com.br/pcdob/chicolopes.

(Foto – Divulgação)

Candidato ao governo de São Paulo, Luiz Marinho dá R$ 1.000 em vaquinha pró-Lula

Vicente Cândido, coordenador da campanha de Luiz Marinho ao governo de São Paulo, anda pelo Congresso amuado com a falta de dinheiro para bancar a empreitada petista pelo Palácio dos Bandeirantes. Não deveria.

O candidato por quem ele trabalha não dá mostras de que está faltando recursos. Marinho, segundo a Coluna Radar, da Veja Online, entrou com R$ 1.000 (cota máxima) na vaquinha feita pelo partido na internet para patrocinar a futura campanha de Lula.

PT lança jingle para a campanha de Lula: “O Brasil feliz de novo!”

1522 15

O Partido dos Trabalhadores lançou, nessa quinta-feira, o jingle para campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula para presidente em 2018. “Chama, chama que o povo quer. Chama, chama que o homem dá jeito. É o Brasil feliz de novo”, diz trecho.

Nesta sexta-feira, o jingle será o mote principal para animar a militância petista durante ato que ocorrerá em Contagem (MG), onde o partido fará o lançamento da pré-candidatura lulista.

 

 

Ciro Gomes pode ganhar o apoio do DEM e do PP

O PP e DEM vão decidir seus rumos na eleição de olho em um dado pragmático: embora menos intuitiva, a aliança com Ciro Gomes (PDT) poderia ser mais estratégica. A informação é da Coluna Painel, da Folha de S.Paulo desta sexta-feira.

Se ele passar ao segundo turno, ótimo. Se for abatido por Geraldo Alckmin (PSDB), sem problema. Pelo perfil, o tucano seria obrigado a recorrer à centro-direita para governar. O pedetista, não. Ele tem a esquerda. Por isso, as siglas avaliam que fechar com Ciro agora pode reduzir as chances de acabarem na oposição em 2019.

A decisão, porém, não é simples. O DEM tem muito mais afinidade ideológica com os tucanos e alimenta uma relação com Alckmin há anos. Esses fatores estão na balança, mas a cúpula do partido já admite que avalia a sério a possibilidade de acabar fechando com o pedetista.

O fato de o PSDB ter exposto sua desconfiança quanto à viabilidade de Alckmin na corrida presidencial deu força à corrente do DEM que prega olhar para Ciro.

Apesar do nome de Benjamin Steinbruch (PP) ser cotado para formar a chapa do pedetista, internamente, aliados apostam que a primeira opção de Ciro é firmar aliança com o PSB –e aí esta sigla indicaria o vice.

(Foto – Fábio Lima)

Greve dos caminhoneiros reduz arrecadação estadual

243 2

Os 10 dias da greve dos caminhoneiros derrubaram a arrecadação estadual em maio no percentual de 3%, informa o secretário da Fazenda, João Marcos Maia. Ele até se diz aliviado, pois esperava maior impacto. Avalia que a celeridade do governo e da Prefeitura de Fortaleza na adoção medida contra desabastecimento nos postos contribuiu para evitar o pior. O arrecadado total ficou em R$ 926 milhões, com todos os dados já remetidos ao governador Camilo Santana (PT).

Sobre a redução do ICMS dos combustíveis, o secretário do Planejamento e Gestão, Maia Júnior, disse para a Coluna que estudos no sentido de verificar possibilidade de reduções já estão ocorrendo no âmbito do governo.

Ele não dá mais detalhes, mas reconhece que a greve dos caminhoneiros serviu para mostrar um fato: o cidadão, que paga muito imposto, continua sem o retorno justo dos serviços. “Esse fato não podemos deixar de reconhecer”, afirma. Nas entrelinhas, lamenta a falta de uma boa reforma tributária.

(Foto – Júlio Caesar)

Parque do Cocó completa um ano de regulamentação – O que falta fazer?

Com o título “Parque do Cocó: o que falta fazer”, eis o Editorial do O POVO desta sexta-feira:

Ainda que, à época, tenha desagradado a alguns setores do ambientalismo, a demarcação do Parque do Cocó pode ser creditado com uma das melhores realizações do governo Camilo Santana (PT).

É certo que as críticas, mesmo sendo respeitáveis – devido à não inclusão de algumas áreas na poligonal do parque -, vão se tornar detalhes no decorrer do tempo, frente ao grande benefício propiciado pela sua transformação em Unidade de Conservação, que vai permitir que o Cocó continue a ser desfrutado por gerações futuras.

No entanto, para que isso ocorra em toda a sua plenitude, alguns complementos ainda são necessários para garantir a plena viabilidade do parque, como demonstrou reportagem, assinada pela jornalista Luana Severo, publicada na edição de ontem.

Passado um ano da demarcação do Cocó, alguns procedimentos ainda estão em estágio embrionário. Um desses itens, o mais importante e obrigatório, é o plano de manejo (lei 9.985/2000 ), que ainda nem começou a ser elaborado. O plano de manejo estabelece um “conjunto de ações necessárias para a gestão e uso sustentável dos recursos naturais em qualquer atividade no interior e em áreas do entorno dela (da unidade de conservação) de modo a conciliar, de maneira adequada e em espaços apropriados, os diferentes tipos de usos com a conservação da biodiversidade” (Ministério do Meio Ambiente – ICMBio). Ou seja, o instrumento determina qual o uso se pode fazer do parque, preservando-lhe a integridade, e deve ser elaborado no prazo máximo de cinco anos, desde a criação da unidade de conservação. O secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno disse que brevemente o plano começará a ser encaminhado.

De pronto, o secretário pretende lançar o Pacto pelo Rio Cocó, reunindo diversos setores sociais e os quatro municípios por onde passa o rio: Pacatuba, Maracanaú, Itaitinga e Fortaleza. Segundo ele, o objetivo é recuperar o Cocó em todo o seu percurso de 50 quilômetros.

Outra questão a ser resolvida, na qual Bruno diz estar empenhado, é a regularização fundiária das construções dentro da unidade. Um levantamento vai determinar a quantidade de imóveis existentes e, segundo o secretário do Meio Ambiente, permanecerão apenas as famílias de comunidades consideradas tradicionais.

Artur Bruno, que esteve à frente da demarcação do Cocó, fez do parque uma das prioridades de sua pasta, conseguindo resultados bastante expressivos. Portanto há de se confiar que ele esteja encaminhando o assunto da melhor maneira possível. E é de se esperar que esse trabalho tenha continuidade no próximo governo.

Neymar vai sair jogando contra a Áustria

O Brasil da Copa do Mundo vai ser “apresentado” neste domingo no amistoso contra a Áustria, em Viena. Neymar vai ser titular e, com isso, o técnico Tite colocará em campo o time da estreia na Rússia. O craque entrará no lugar do volante Fernandinho e a alteração tornará a equipe mais ofensiva. Willian e Philippe Coutinho, assim como Gabriel Jesus, estão mantidos.

No entanto, Neymar não vai jogar toda a partida. Ele ainda não recuperou a forma física na plenitude e a tendência é que atue durante 60 ou 75 minutos.

“Com certeza ele tem condições de começar jogando. Jogar 90 minutos ou não depende de como ele vai sentir o jogo, se vai estar cansado ou não, mas com certeza vai jogar mais tempo do que na primeira partida”, disse o médico Rodrigo Lasmar.

No último domingo, Neymar atuou durante todo o segundo tempo da partida em que o Brasil venceu a Croácia por 2 a 0, em Liverpool, na Inglaterra, e ainda fez o primeiro gol do duelo. Ele não inicia uma partida desde 25 de fevereiro, dia em que sofreu a fratura no pé.

Com a entrada de Neymar e as manutenções de Willian, Gabriel Jesus e Philippe Coutinho, Tite escala a equipe considerada ideal para a Copa do Mundo pelo poder ofensivo e por fazer que os adversários, principalmente os considerados mais fracos, se retraiam. No entanto, o “plano B”, com Fernandinho entrando para ajudar o setor defensivo, não será abandonado por Tite e deverá ser utilizado em algumas ocasiões nas fases de mata-mata.

Philippe Coutinho jogará mais centralizado, “por dentro”, como define Tite. A principal estrela da seleção ocupará a faixa esquerda do campo. Willian permanecerá aberto pelo lado direito, com Gabriel Jesus à frente. Paulinho continuará incumbido da tarefa de jogar entre as duas áreas do campo.

Para o lateral-esquerdo Marcelo, a mudança em relação ao jogo contra a Croácia não traz grandes alterações para a seleção. “Não muda a tática, cada um sabe o seu posicionamento. Tite é o que mais sabe”, afirmou em entrevista coletiva. “Pode ser que seja um pouco mais ofensivo (o esquema), mas cada um sabe seu trabalho dentro de campo, onde tem de se posicionar e existe confiança no companheiro.”

A equipe será mais ofensiva, mas Tite não vai abrir mão de dois aspectos principais: marcação sob pressão na saída de bola do adversário e saídas eficientes de bola mesmo quando os times rivais reduzirem bastante os espaços.

A saída de bola, aliás, foi bastante treinada pela equipe. A determinação foi que os jogadores girassem a bola com rapidez e se movimentassem para dar opção ao companheiro e abrir espaço na marcação adversária. A dificuldade apresentada no amistoso contra a Croácia assustou o treinador.

Uso de canudos pode ser moderado por lei

Embalado por postagens nas redes sociais que condenam o uso de canudos plásticos descartáveis, o deputado Marcus Vicente (PP/ES) apresentou à Câmara um projeto de lei que quer proibir a produção e comercialização do produto em todo o Brasil. A informação é do O Globo.

No projeto, o deputado propõe que os canudos deixem de ser fabricados em até 48 meses e de parem de ser comercializados em 60 meses.

Em sua justificativa, ele cita um estudo da ONU, em que diz que em 2050 os oceanos terão mais plástico do que peixes.

Sindicato dos Jornalistas do Ceará comemora 65 anos homenageando o jurista Paulo Bonavides

A Assembleia Legislativa vai realizar, às 18 horas do próximo dia 20, sessão solene em alusão aos 65 anos de fundação do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce). O requerimento é de autoria da deputada Augusta Brito (PCdoB). Na ocasião, serão homenageados pela Casa jornalistas e entidades que contribuem com a defesa do jornalismo no Estado.

Além do próprio Sindijorce, receberão placas a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), a Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT/CE) e o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socieconômicos (Dieese).

Já as personalidades homenageadas são: Paulo Bonavides (jurista e jornalista, fundador do Sindjorce), Gérson Marques (procurador do Trabalho no Ceará) e Carlos Chagas (advogado trabalhista e assessor jurídico do sindicato).

Agência Reguladora do Ceará implementa em Jericoacoara projeto de combate ao esgoto clandestino

Com o objetivo de solucionar problemas relacionados ao esgotamento sanitário e ao uso indiscriminado dos recursos hídricos de Jijoca de Jericoacoara, a Agência Reguladora do Ceará (Arce) implementou, nesse município, o projeto “Abraço Jeri e Cuido do Meio Ambiente”. Nesse sentido, por toda esta quinta-feira, Alceu Galvão, analista da Arce coordena reuniões em Jericoacoara visando nivelar as informações, definir estratégias e dar início à execução das ações previamente programadas.

Além do representante da Arce, participam desses encontros integrantes do Ministério Público, da Prefeitura Municipal, Secretaria de Turismo de Jijoca de Jericoacoara, do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e da Associação Empresarial “Eu Amo Jeri”.

Nesta tarde, Galvão participa do Fórum Regional de Turismo do Extremo Oeste do Ceará que acontece na Câmara Municipal de Jijoca. Na oportunidade, ele apresenta as atividades do “Abraço Jeri” e fala sobre a importância da ação e seus respectivos impactos na vida dos moradores e visitantes, considerando que o uso incorreto da rede de esgoto pode contaminar o lençol freático da região e causar sérios danos à saúde.

(Foto – Divulgação)

Na Espanha, novo primeiro-ministro jura com mão sobre a Constituição e não sobre a Bíblia. Aprova?

371 2

Com o título “Um exemplo a ser seguido”, eis artigo de Plínio Bortolotti, jornalista do O POVO, que pode ser acessado também no jornal O POVO e no seu Blog no O POVO Online. Ele comenta o caso do novo primeiro-ministro espanhol que jurou com a mão posta sobre a Constituição e não sobre a Bíblia. Confira:

O novo primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) rompeu com uma tradição mantida desde a redemocratização do país (1975), ao fazer seu juramento como chefe do Executivo. Ele dispensou a Bíblia e o crucifixo e jurou com a mão posta sobre a Constituição espanhola: “Prometo por minha consciência e honra cumprir fielmente as obrigações do cargo de presidente do governo com lealdade ao rei e guardar a Constituição como norma fundamental do Estado”. Embora não seja obrigatório, nenhum outro primeiro-ministro dispensara os símbolos religiosos na cerimônia de posse.

Sendo a Espanha um dos dez países mais católicos do mundo, talvez seja esta mais uma vantagem do parlamentarismo: a possibilidade de reduzir a influência da religião na ocupação de cargos políticos. Será que os espanhóis elegeriam um presidente incréu, mesmo que fosse o mais preparado para governar?

Declarando-se ateu, em um país em que a nota na disciplina de Religião conta para a média final, Sánchez é contra o ensino religioso nas escolas, afirmando haver incompatibilidade da disciplina com um país laico. Mas, por aqui, o caso passou meio despercebido. Nem mesmo os fanáticos religiosos condenaram o gesto de Sánchez.

A Constituição brasileira invoca o Criador em seu preâmbulo, onde consta ter sido a Carta promulgada “sob a proteção de Deus”. No Brasil, 92% da população acredita em alguma divindade (IBGE 2010), com um percentual de 8% de “sem religião”. Parece pouco, mas somam mais de 15 milhões de brasileiros. Se esse grupo fosse considerado uma religião, seria a terceira maior do País, atrás de católicos e evangélicos.

No Brasil são comuns feriados católicos e a presença de símbolos religiosos – cristãos, nunca de outras confissões – distribuídos em prédios públicos, incluindo recintos que representam os três poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário.

Sendo um País laico, o melhor seria evitar a imposição de símbolos religiosos nas repartições do Estado, pois a República representa a todos os brasileiros e não apenas os crentes.

*Plínio Bortolotti

plinio.pab@gmail.com

Jornalista do O POVO.

Fortaleza teve em maio a quarta cesta básica mais cara do País

O custo da cesta básica aumentou em 18 capitais em maio, segundo dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores altas ocorreram em Campo Grande (5,22%), Florianópolis (3,49%), João Pessoa (3,17%) e Fortaleza (3,12%). Houve reduções em Manaus (-0,82%) e Belo Horizonte (-0,39%).

A cesta básica mais cara é do Rio de Janeiro (R$ 446,03), seguida por Florianópolis (R$ 441,62), São Paulo (R$ 441,16) e Porto Alegre (R$ 437,73). As menores foram encontradas em Salvador (R$ 327,56) e Recife (R$ 336,36). Os preços médios da cesta básica caíram em quase todas as capitais entre maio de 2017 e maio de 2018, com destaque para Recife (-11,34%), João Pessoa (-9,74%) e Belém (-8,74%).

As maiores altas foram registradas em Campo Grande (0,77%) e no Rio de Janeiro (0,78%).

Nos cinco primeiros meses do ano, a tendência de queda inverteu, com todas as capitais mostrando aumento acumulado, com variações entre 1,27%, em Recife, e 8,70%, em Campo Grande.

O custo da cesta de alimentos básicos na cidade de São Paulo foi de R$ 441,16 em maio, com alta de 1,46% em relação a abril. Em 12 meses, a variação anual foi de -3,87% e, nos cinco primeiros meses de 2018, de 3,96%.

(Agência Brasil)