Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Analistas aguardam para esta semana corte de 0,75% ponto percentual na Selic

“Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) esperam mais uma redução da taxa básica de juros, a Selic, de 0,75 ponto percentual. O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC reúne-se amanhã e quarta-feira (18) para definir a Selic, que atualmente está em 9,75% ao ano.

Na reunião de março, o Copom reduziu a taxa em 0,75 ponto percentual. A expectativa é que depois do segundo corte em igual patamar, a Selic não seja mais reduzida este ano. Em janeiro, houve queda de 0,5 ponto percentual. Mas, em 2013, os analistas consultados pelo BC esperam aumento da taxa básica, que deve encerrar o período em 10% ao ano.

A previsão dos analistas para este ano leva em consideração a informação do BC de que a Selic ficará “ligeiramente acima dos mínimos históricos”. A menor taxa registrada foi 8,75% ao ano.

O Copom reduz a Selic quando considera que a inflação está sob controle e quer estimular a atividade econômica. No sentido oposto, a taxa é elevada quando a autoridade monetária avalia que a economia está muito aquecida, com alta dos preços. Então, o Copom sobe a taxa para incentivar a poupança, desestimular o consumo e segurar a inflação.

De acordo com as expectativas dos analistas, a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar, tanto neste ano quanto no próximo, acima do centro da meta de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. Para este ano, a previsão é 5,08%, ante 5,06% previstos no documento divulgado pelo BC, na segunda-feira passada. Para 2013, a projeção para o IPCA permanece em 5,5%.”

(Agência Brasil)

Mensalão – Principais crimes só vencem em 2015

79 1

Essa é do Informe JB – Luiz Orlando Carneiro, do JB Online:

Autor da denúncia do mensalão do PT, acolhida pelo Supremo Tribunal Federal em agosto de 2007, o ex-procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza considera infundados os comentários e declarações de políticos — e até de magistrados — sobre a possibilidade de muitos dos réus da ação penal serem beneficiados pela prescrição dos crimes de que são acusados, caso o processo não venha a ser julgado neste semestre. E até no próximo ano.

Ele lembra que os 22 dos 38 réus da AP 470 enquadrados no crime de quadrilha respondem, “necessariamente”, por outros delitos de penas bem mais elevadas, já que o artigo 288 do Código Penal descreve o crime de “quadrilha ou bando” como a associação de mais de três pessoas “para o fim de cometer crimes” (Pena de reclusão, de um a três anos).

Parlamentar cearense integra comissão que vai tratar do Novo Código Comercial

110 1

 

O deputado federal Antonio Balhmann (PSB) será membro titular da Comissão Especial criada na Câmara dos Deputados parar tratar do Novo Código Comercial do País. A comissão vai analisar o Projeto de Lei 1572/11 que institui a  novidade.

O objetivo é sistematizar e atualizar a legislação sobre as relações empresariais entre pessoas jurídicas, conforme Balhamnn. O texto a ser analisado tem 670 artigos e está dividido em cinco livros: parte geral sobre a companhia, sociedades empresariais, obrigações dos empresários, crise da empresa e disposições transitórias.

Conforme Antõnio Balhmann, a proposta do Novo Código Comercial trata ainda da denominação empresarial, de títulos eletrônicos e do comércio na internet. Um dos principais pontos destacados é a permissão para que toda a documentação empresarial seja mantida em meio eletrônico. Ou seja, dispensando o uso de papel.

Após passar pelo crivo da Comissão, o novo Código Comercial será enviado para votação no Plenário e, em seguida, irá à sanção presidencial, quando poderá ser aprovado integralmente ou em partes ou totalmente vetado.

Efeito estiagem – Agricultores familiares prejudicados poderão renegociar dívidas

“O Diário Oficial da União publica hoje (16) resoluções do Banco Central (BC) que prorrogaram por um ano o prazo de renegociação dos vencimentos das dívidas do crédito rural para os produtores rurais amparados pelo Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

As resoluções prorrogam para 2 de janeiro de 2013 o prazo de pagamento das parcelas vencidas e a vencer entre 1º de fevereiro de 2012 e 1º de janeiro de 2013, das operações de crédito rural em situação de adimplência em 31 de janeiro de 2012, desde que não amparadas pelo Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) ou por outra modalidade de seguro agropecuário.”

(Agência Brasil)

Prazo para entrega da Declaração Anual Simples Nacional termina nesta 2ª feira

“O prazo para entrega da Declaração Anual do Simples Nacional (DASN-2012), ano-calendário 2011, termina hoje (16) às 23h59 min. A entrega é feita apenas pela internet no Portal do Simples Nacional, disponível no site da Receita Federal.

As dúvidas sobre a declaração podem ser tiradas no próprio endereço do Simples Nacional na internet onde se encontra uma lista de perguntas e respostas sobre o regime especial unificado de arrecadação de tributos e contribuições de microempresas e empresas de pequeno porte.

O Simples Nacional é a forma encontrada pelo governo para simplificar a arrecadação de impostos federais e estaduais, entre os quais o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e o Imposto sobre Serviços (ISS), que é municipal.

O último balanço, divulgado pela Receita Federal na última quinta-feira (12), registrava a entrega de 2.165.203 declarações. O número equivale a 56,4% das quase 3,8 milhões de empresas obrigadas a declarar.

DETALHE – O prazo não se aplica ao Microempreendedor Individual (MEI), que deve entregar a declaração até o dia 31 de maio.”

(Agência Brasil)

LDO 2013 sai publicada no Diário Oficial da União

“O Diário Oficial da União publica hoje (16) a mensagem presidencial que encaminha ao Congresso Nacional o texto do projeto de lei que dispõe sobre as diretrizes para a elaboração e execução da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2013.

Os dados do projeto foram anunciados na sexta-feira (13) pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Pelo projeto, o governo prevê reajuste de 7,3% no salário mínimo, passando de R$ 622 para R$ 667,75 no próximo ano. O impacto sobre as despesas da Previdência Social chegará a R$ 17,2 bilhões.

Entre as prioridades estão o Plano Brasil Sem Miséria e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que abriga o Programa Minha Casa, Minha Vida. Segundo a ministra, o Brasil está entre os poucos países no mundo que crescerão em 2012 mais do que no ano passado. Esse crescimento se manterá em 2013, segundo ela, como resultado das políticas econômicas adotadas pelo governo.

O projeto da LDO 2013 prevê superávit primário nominal de R$ 155,9 bilhões, com manutenção da meta em 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB), como vem ocorrendo nos últimos anos. O objetivo do governo é reduzir a dívida líquida do setor público para 27,4% do PIB em 2015.”

(Agência Brasil)

Comissão do MST será recebida no Palácio da Abolição por grupo de secretários

Lideranças do MST vão ser recebidos, ainda nesta manhã de segunda-feira, em audiência no Palácio da Abolição. Hora de exporem suas reivindicações.

Os secretários Nelson Martins (Desenvolvimento Agrário), Izolda Cela (educação) e o Chefe da Casa Militar, Coronel Brasil, receberão as lideranças, já que o governador Cid Gomes seguiu, em viagem de caráter particular, para São Paulo, de acordo com sua assessoria.

O grupo, que chegou ao entorno do Palácio da Abolição por volta da 5 horas, quer celeridade nos processos de reforma agrária, apoio para aqueles que estão perdendo plantio por causa da seca e reforço nas ações da escolas instaladas em áreas de reforma agrária.

Essa mobiliação em Fortaleza faz parte de uma articulação do MST nacional que, em Brasília,  ocupou o prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário. Eles também lembram os 16 anos do Massacre de Eldorado de Carajás, no Pará.

DETALHE – Alguns membros do MST, que estão acampados nas proximidades do Palácio da Abolição, aproveitaram o espelho d’água que circunda o Palácio da Abolição, para tomar banho.

DETALHE 2 – O secretário das Cidades, Camilo Santana, chegou a ser convocado para a reunião com o MST, mas sua mulher, Onélia, ganhou bebê nesta madrugada de segunda-feira.

Cachoeira emagrece quase 15 quilos na prisão

104 1

Essa é da coluna de Mônica Bergamo, da Folha:

 O empresário Carlinhos Cachoeira emagreceu quase 15 quilos na prisão de segurança máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte, informa Mônica Bergamo, na sua coluna de hoje, da Folha de S.Paulo. Segundo ela, deprimido, Cachoeira não consegue se alimentar direito e chegou a passar mal há alguns dias, precisando de ajuda médica. Sua mulher, Andressa, que o visita uma vez por semana, tem feito relatos que preocupam amigos e familiares. No presídio, o cabelo de Cachoeira foi raspado. Ele fica trancafiado sozinho numa cela por 22 horas seguidas. Tem direito a duas horas de sol. Só lê publicações disponíveis na biblioteca do lugar e não vê quase ninguém. Pelas regras da penitenciária de Mossoró, Andressa, quando o visita, deve falar com ele p elo interfone. Os dois precisam ficar separados por uma parede de vidro.

Carlinhos Cachoeira detona sócio da Delta

75 1

Essa é do site Brasil 247:

Brasília vai amanhecer nervosa nesta segunda-feira. Na verdade, vai amanhecer fervendo. Por meio do jornalista Mino Pedrosa, que foi seu assessor e tem trabalhado como uma espécie de porta-voz informal, o bicheiro Carlos Cachoeira decidiu incendiar o circo.

Mino acaba de postar um vídeo no seu site Quidnovi, em que Fernando Cavendish, dono da Delta, aparece falando sobre o preço de um político. Detalhe: a Delta é a principal empreiteira do PAC e recebeu R$ 884 milhões do governo federal só em 2011.

No vídeo, Cavendish diz que não se interessa por “raia miúda”. Diz que seu negócio é botar R$ 30 milhões nas mãos de um político ou R$ 6 milhões nas mãos de um senador. Aí sim, diz ele, o empreiteiro é convidado para fazer “coisa pra caramba”.

É o fim da linha para a Delta – e o governo, especialmente o ministro da Corregedoria Geral da União, Jorge Hage, tem a obrigação moral de declarar a empresa inidônea, proibindo-a de participar de licitações públicas. Afinal, quando tomou esta providência em relação à Gautama, alvo da Operação Navalha, Hage declarou que sua medida exemplar visava proteger o PAC e inibir a repetição de atos de corrupção. Hoje, o PAC está nas mãos da Delta.”

Hillary Clinton está no Brasil para fechar parcerias

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, chegou ao Brasil na madrugada desta segunda-feira. Veio para ajudar a colocar em prática acordo sde cooperação bilateral acertados pelo Brasil e os EUA, após dois encontros mantidos por Dilm Rousseff com Barak Obama.

Hillary começa a semana reunindo-se com 150 empresários brasileiros e americanos na CNI (Confederação Nacional da Indústria). A expectativa do setor é que a secretária americana aborde a importância de parcerias público-privadas e do compartilhamento de projetos de inovação tecnológica entre os países.

(Com R7.com)

Para não cair na “Ficha Suja”, José Pimentel não deve recorrer, recomenda jurista

229 5

“Para não correr o risco de se tornar “ficha suja”, o senador José Pimentel (PT) não deve recorrer da decisão do juiz Wotton Ricardo Pinheiro da Silva, que o condenou a pagar indenização de R$ 30 mil por danos morais ao ex-governador Tasso Jereissati (PSDB). É o que diz o jurista Valmir Pontes, professor de Direito Constitucional da Universidade Federal do Ceará (UFC) e consultor jurídico.

Caso Pimentel recorra da decisão e o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE) confirme a condenação, o senador ficaria inelegível, de acordo com a Lei da Ficha Limpa, aprovada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em fevereiro deste ano. A Lei estabelece que ficam inelegíveis por oito anos aqueles com condenação por órgão colegiado da Justiça (com mais de um juiz). Mesmo que ainda exista a possibilidade de recurso da decisão.

Pimentel já foi anunciado pela prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), como uma opção do partido para concorrer à Prefeitura em caso de rompimento da aliança com o PSB, do governador Cid Gomes (PSB). Cenário que vem se mostrando provável, devido às tensões entre as cúpulas dos dois partidos em torno do candidato de uma possível aliança.

José Pimentel foi condenado devido a declarações dadas em 2001. Na ocasião, o senador, então deputado federal, era sub-relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apurava irregularidades na liberação de recursos do Fundo de Investimento do Nordeste (Finor) e acusou Tasso, então governador do Estado, de cometer crime de sonegação fiscal com emissão de notas fiscais “frias” por empresas de sua propriedade. As acusações do petista foram feitas na imprensa nacional e na Internet, antes mesmo da elaboração e votação do Relatório Final da CPI do Finor.

Após o sub-relatório de José Pimentel ter sido rejeitado pela Comissão, Tasso Jereissati, alegando que as informações se mostraram falsas, entrou com ação por danos morais requerendo o pagamento de R$ 500 mil, como forma de reparar as ofensas sofridas. Na sua defesa, Pimentel afirmou ter agido dentro da ética e da moralidade pública ao elaborar o relatório para a CPI. E que o aprofundamento das investigações seria de competência do Ministério Público.”

(O POVO)

Para Ciro, sonho de ser presidente ainda não acabou

144 13


“Sonho ser presidente da República. Minha hora melhor já passou. Isso não significa que não apareça uma outra oportunidade, mas a melhor hora já passou”, diz o ex-governador Ciro Gomes, numa entrevista para a Agência Estado. Ele afirma que não pensa mais em mudar de partido. “Não vou mais tentar construir em outro partido como fiz noutras ocasiões. O PSB é um partido de gente muito boa. E a ideia do socialismo democrático é a ideia que o mundo precisa praticar como saída para essas gravíssimas contradições. Eu vou continuar militando aí”.

Depois de se separar da atriz Patrícia Pilar e sem exercer nenhum cargo eletivo, o ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) diz que passa por um momento de “desintoxicação” na política, mas não descarta a possibilidade de ser candidato à Presidência da República novamente.

Mesmo longe da política, ele mostra que não deixou de acompanhar os assuntos nacionais. Questionado sobre o alcance dos escândalos envolvendo o contraventor Carlinhos Cachoeira, parlamentares e políticos de diversos partidos, inclusive alguns da base aliada do governo, Ciro defendeu a presidente Dilma Rousseff e elogiou suas atitudes. “Ela já demonstrou ao País que não tem compromisso com o erro. Até agora, todos os que fizeram xixi fora do penico ela pôs para fora”, comentou.

“Ela está obrigada a governar o dia a dia. Ela recebeu o pacote pronto, que é uma aliança comprometida no seu centro com a fisiologia e o patrimonialismo, quando não com a roubalheira.”

Deputado cearense participa de reunião do Conselho Agropecuário do Sul na Bolívia

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB), presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara Federal, integra a comitiva do Mmnistro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, que vista a Bolívia nesta segunda e terça-feira. O objetivo é participar da XXII Reunión Ordinaria Del Consejo Agropecuario Del Sur na cidade de Santa Cruz de la Sierra e que será aberta por Mendes Ribeiro e pela ministra do Desenvolvimento Rural da Bolívia, Nemesia Achocollo.

Entre os assuntos a serem discutidos no encontro: a cooperação técnica e as relações comerciais entre os países, diálogo com o setor privado, tarifas tributárias, a situação das negociações agrícolas na OMC, além da exposição dos ministros de Agricultura dos países presentes para a Rio +20, com foco para futuras ações regionais conjuntas.

Na terça-feira, está prevista coletiva de imprensa no Hotel Los Tajibos onde se realiza a reunião.

Delta aparece em gravações de operação da PF. Construtora tem obras do Ceará

Essa matéria é do site Contas Abertas

O principal “cliente” da Delta Construções no governo federal é Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), vinculado ao Ministério dos Transportes. Segundo a Controladoria Geral da União (CGU), entre os anos de 2007 e 2010, foram encontradas irregularidades em 60 contratos que somam R$ 632,3 milhões. As ações envolvem a conservação, recuperação, restauração e tapa-buracos em 31 rodovias do país. No período do levantamento, a construtora recebeu R$ 2,1 bilhões do Ministério dos Transportes.

As irregularidades estão localizadas em 17 estados. Os problemas ocorreram em Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rondônia, Sergipe, São Paulo e Tocantins. De acordo com a CGU, o levantamento não engloba todos os trabalhos realizados pela Controladoria, mas sim uma amostra das apurações realizadas, entre 2007 e 2010.

As maiores irregularidades do biênio 2007/2008 foram constatadas em Contratos de Reabilitação e Manutenção de Rodovias (Crema). No contrato da BR-316, no Maranhão, no valor de R$ 101,5 milhões houve atrasos na implantação dos postos de pesagem, ausência dos serviços de manutenção dos trechos e superposição de contratos. Nas BR’s 010 e 316, no Pará, que envolviam ações no valor de R$ 73,3 milhões, foram observadas falhas de desempenho referentes à existência d e buracos na pista e nos acostamentos, desníveis entre a pista e o acostamento, bem como depósitos de materiais em locais inadequados.

Entre 2009 e 2010, os maiores problemas descobertos foram pagamentos indevidos de R$ 2,2 milhões oriundos de sobrepreço na licitação em serviços de manutenção e recuperação no estado do Mato Grosso (BR-070/163/346/MT). Além disso, sobrepreço de R$ 6,8 milhões na licitação e contratação da obra. Ao todo, o contrato tinha valor de R$ 39,4 milhões.

Conforme o Contas Abertas publicou no último dia 12, se considerados os contratos da instituição com a administração federal direta ( xcluídas as empresas estatais) desde 1996, os valores recebidos pela Delta cresceram 193 vezes. Naquele ano, a construtora recebeu R$ 4,5 milhões da União. Em 2011, o valor chegou a R$ 884,5 milhões. O crescimento exponencial chamou atenção nesta semana, tendo em vista que a empresa foi citada em diversas gravações da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal.

Morre cineasta Paulo Cezar Saraceni

Vitima de disfunção múltipla dos órgão, morreu neste sábado, no Rio,o cineasta e roteirista Paulo Cezar Saraceni. Ele foi um dos fundadores do Cinema Novo e estava estava internado desde outubro do ano passado, quando sofreu um acidente vascular cerebral (AVC). O velório será realizado no Parque Lage, no Jardim Botânico, a partir das 14 horas deste domingo.

Carioca de 1933, Saraceni era considerado um prodígio pela classe artística brasileira desde sua estreia, em 1959, quando o curta-metragem “Arraial do Cabo” conquistou sete prêmios. Em mais de 50 anos de carreira, filmou 13 filmes, guardando especial apreço pelo título finalizado em 2011.

(Com Agências)

Ministra do Planejamento diz que mercado interno vai sustentar crescimento do País

“Apesar das incertezas em relação à economia internacional, o Brasil tem condições de manter a geração de emprego e renda, disse hoje (13) a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Segundo ela, o dinamismo do mercado interno garantirá crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,5% este ano e de 5,5% em 2013.

De acordo com a ministra, o aumento recorde do salário mínimo em 2012 e as medidas de expansão do crédito e de incentivo à indústria acelerarão o crescimento da economia. Os efeitos das medidas de estímulo, no entanto, só serão sentidos a partir de julho. “A partir do segundo semestre, o crescimento da economia voltará a acelerar e, em 2013, será maior que neste ano”. Apesar disso, ela admitiu que as estimativas, inclusive de crescimento econômico, podem ser revistas durante a tramitação do Orçamento-Geral da União no Congresso Nacional. “Em novembro, vamos fazer uma conferência e, se necessário, podemos ajustar os parâmetros”.

Segundo ela, a previsão de crescimento médio anual da economia até 2014 é 4,7%. “O Brasil está em condições de garantir uma trajetória de crescimento econômico sustentável”. Para Belchior, outras políticas econômicas asseguram que o país continuará crescendo em meio à crise econômica internacional. Além do fortalecimento do mercado interno, ela ressaltou que o país está menos dependente do exterior por causa do acúmulo de reservas internacionais e da diversificação de parceiros comerciais. Ela citou ainda a ampliação dos investimentos federais, principalmente do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa, Minha Vida.

Ela também destacou a solidez fiscal do país e reiterou que a meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) de R$ 139,8 bilhões em 2012 R$ e de 155,9 bilhões em 2013 serão integralmente cumpridas, apesar do mecanismo que permite o abatimento de até R$ 45,2 bilhões de investimentos do PAC.”

(Agência Brasil)

Governo que economizar R$ 156 bilhões em 2012 para pagar juros da dívida pública

“O governo federal assumiu o compromisso de cumprir a meta de superávit primário (economia para pagar os juros da dívida pública) de R$ 155,9 bilhões em 2013. O montante equivale a 3,1% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para o ano. Este ano, a previsão é economizar R$ 140 bilhões. Os dados fazem parte do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o 2013, encaminhado ao Congresso Nacional. “O crescimento real projetado da economia e a redução do custo da dívida pública permitirão a continuidade da trajetória de queda da dívida pública líquida do setor público não financeiro como proporção do PIB ao longo desse período”, diz o comunicado do Ministério do Planejamento.

O governo central será responsável por 2,15% (R$ 108,1 bilhões) do total da economia projetada, enquanto estados e municípios terão que poupar 0,95% (R$ 47,8 bilhões). A projeção visa à manutenção da trajetória de queda da dívida pública. O objetivo é que o percentual chegue a 27,4% em 2015, ante 36,41% de 2011.

Segundo o Planejamento, “essas metas confirmam o compromisso do governo com a responsabilidade fiscal, o que contribuirá para a estabilidade macroeconômica e para o crescimento sustentado com inclusão social”. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, informou que o governo mantém a possibilidade de abater os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da meta de superávit em até R$ 45,2 bilhões, que equivalem a 0,9% do PIB.”

(Agência Brasil)

Fortaleza terá lançamento do projeto “Tocava no Rádio”

168 1

Renato Barros, Aleandre Maia e Getúlio Cortes.

Fortaleza será palco nacional do lançamento do projeto “Tocava no Rádio”, iniciativa de Renato Barros (Renato e seus Blue Caps) e Getúlio Torres, um dos parceiros do cantor Roberto Carlos. O lançamento ocorrerá com show, a partir das 22 horas deste sábado, no BNB Clube.

Segundo o empresário artístico Alexandre Maia, o projeto vai trazer grandes nomes da música nacional hoje fora do circuito da grande mídia. Nomes, de acordo com ele, de peso e de sucessos inesquecíveis.

É conferir e reviver momentos inesquecíveis de nossas vidas, com certeza.

(Foto – Paulo MOska)

Salário mínimo de 2013 pode ficar em R$ 667,75

“O salário mínimo em 2013 poderá chegar a R$ 667,75, o que corresponde a um reajuste de 7,3% em relação ao atual. O valor consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), divulgado nesta sexta-feira (13) pelo Ministério do Planejamento. A equipe econômica projeta ainda mínimo de R$ 729,20 para 2014 e de R$ 803,93 para o ano seguinte – o que resulta em aumento de 29% acumulados até 2015.

A LDO apresenta os parâmetros que servirão de base para a elaboração do Orçamento-Geral da União do próximo ano. O projeto manteve as projeções oficiais para a inflação e para o crescimento econômico.

O crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) continuou estimado em 5,5% para 2013. A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) também não variou em relação aos números divulgados em fevereiro pela equipe econômica e ficou em 4,5%, um pouco menos que os 4,7% estimados para este ano.

O Planejamento estima taxa de câmbio média de R$ 1,84 para 2013, contra a taxa de R$ 1,76 em 2012. Os juros básicos da economia, de acordo com o projeto da LDO, deverão encerrar 2012 em 9,75% ao ano e atingir 8,5% ao ano no fim de 2013.”

(Agência Brasil)