Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Professores entregam contraproposta para a Presidência e pedem diálogo

“Um grupo de representantes do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) foi recebido agora há pouco, no Palácio do Planalto, por funcionários da Secretaria-Geral da Presidência da República. Eles vieram protocolar uma contraproposta dos professores e pedir a reabertura das negociações, encerradas desde o dia 3 de agosto pelo governo, que assinou acordo com o Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes), entidade que representa a minoria dos docentes. As entidades de classe que reúnem a maioria, o Andes-SN e o Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe), rejeitaram a proposta governamental de reajuste de 20% a 45%.

Ontem (23), a presidenta do Andes-SN, Marinalva de Oliveira, também esteve no Ministério do Planejamento para protocolar a contraproposta e informou, na ocasião, que a categoria abre mão de aumento e dá preferência à reestruturação da carreira.”

(Agência Brasil)

Um presidente do BNB pra nordestino não chamar de seu

118 3

Em artigo intitulado “Presidência do Banco do Nordeste: infeliz escolha”, veiculado no O POVO desta sexta-feira, o jurista Valmir Pontes Filho não poupa críticas à forma como o catarinense Ary Joel foi escolhido para comandar o BNB. Para ele, o banco merecia ser presidido por quem com a Região Nordeste mantém “uma relação histórico-afetiva”.  

Dantes considerado, além de enorme celeiro de competentes técnicos, instrumento imprescindível ao desenvolvimento seguro e continuado do Nordeste, o Banco do Nordeste (BNB), lamentavelmente, desde a época em que prevaleceu a ótica do esvaziamento do Estado, sofreu imenso desgaste estrutural e em suas atribuições e recursos. Até mesmo seu quadro funcional foi alvo, em dada época, de uma perseguição intolerável.

Perguntou-se, enfim, se em tal cruel linha privatizante, de domínio absoluto do “mercado”, o BNB seria mesmo necessário. A resposta, porém (para desgosto de muitos) só poderia ser positiva na exata medida em que apenas o interesse pelo lucro (desmedido, muitas vezes) não poderia servir jamais de farol para a execução dos superiores desígnios constitucionais, notadamente o erradicação da pobreza e o da redução das desigualdades sociais e regionais (Constituição Federal, art. 3º, III).

Mas o que se viu foi algo surpreendentemente negativo: superado, parcialmente, o neoliberalismo desenfreado, eis que a nova linha político-governativa não tratou de corrigir alguns equívocos cometidos: salvo por recente aumento do capital, o BNB, patrimônio inegociável dos nordestinos, perdeu muito em importância e em capacidade de atuação, sem embargo do esforço heróico de seus funcionários e de alguns de seus últimos abnegados dirigentes.

O BNB há de ser, induvidosamente, ágil, enxuto e competentemente dirigido. Mas para atender adequadamente aos seus superiores propósitos, principiologicamente definidos na Carta da República, haveria, como haverá, de ser comandado por quem conheça bem a nossa região, dela sendo oriundo e com ela a manter relação histórico-afetiva.

Se me fosse indagado, hoje, quem poderia exercer esse relevante papel, dentre muitos outros nomes respeitabilíssimos, citaria Firmo Fernandes de Castro, integrante (aposentado, embora) dos quadros do BNB e cuja formação técnica, intelectual e moral é inquestionável. Não bastasse isto, com ligações formais com um partido (foi ele deputado constituinte) que integra a base de sustentação política do Governo Federal.

Nada tenho, nem poderia ter, contra o catarinense nomeado presidente do BNB. Invejável curriculum certamente tem e, receptivos como somos os nordestinos, será ele amavelmente recebido. Mas é inegável o desprestígio, com essa escolha presidencial, tanto da classe política quanto da empresarial nordestinas, esta última, em especial, a merecer imenso respeito e admiração pelo seu fantástico desempenho em ambientes não raro desfavoráveis.

Valmir Pontes Filho

pontesfilho@uol.com.br

Advogado e professor.

Documento para rescisão de contrato de trabalho com novo modelo em novembro

“Os documentos para a rescisão de contratos de trabalho deverão seguir um novo modelo a partir de novembro. O Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho (TRCT) deverá especificar detalhadamente as verbas rescisórias devidas ao trabalhador e as deduções. Se o documento não estiver de acordo com o novo modelo, não será autorizado o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), nas agências da Caixa Econômica Federal. O modelo vale também para a rescisão de contratos de trabalhadores domésticos.

Os empregadores têm até 31 de outubro para se adequar à regra. O novo modelo está disponível na página do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na internet e já pode ser usado.

No documento devem constar adicional noturno, de insalubridade e de periculosidade, horas-extras, férias vencidas, aviso prévio indenizado, décimo-terceiro salário, gorjetas, gratificações, salário família, comissões e multas. Também deverão ser discriminados valores de adiantamentos, pensões, contribuição à Previdência e Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF). De acordo com o governo, o objetivo é facilitar a conferência dos valores pagos e devidos ao trabalhador.”

(Agência Brasil)

PT do Nordeste preocupado com eleitorado que não reconhece Lula careca

1448 5

Quem informa é Leandro Mazzini, na sua Coluna Esplanada:

Um ministro do governo confidenciou que estão desesperados candidatos a prefeitos e vereadores de partidos aliados do PT no Nordeste. Pesquisas das legendas, não registradas, indicam que os eleitores dos rincões – e muitos das capitais – não reconhecem o ex-presidente Lula careca e sem barba nas fotos dos candidatos em placas e santinhos distribuídos.

Sem a esperada associação da imagem, há políticos na Bahia jogando o material no lixo. A pergunta que mais se ouve nas ruas é ‘Quem é o careca?’.

Campanha que atualiza caderneta de vacinação termina nesta 6ª feira

“Cerca de 34 mil postos de saúde em todo o país abrem hoje (24) para o último dia da campanha de atualização da caderneta de vacinação infantil. Crianças menores de 5 anos devem comparecer a um ponto de imunização para verificar se o esquema vacinal está completo ou se há necessidade de atualização. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, mais de 3 milhões de crianças já compareceram aos postos de saúde, mas a expectativa do governo é que mais de 14 milhões  passem pelas unidades de imunização. O objetivo da ação é ampliar a cobertura vacinal e reduzir o risco de transmissão de doenças.

Estão disponíveis todas as vacinas do calendário básico infantil, incluindo a pentavalente e a Vacina Inativada Oral contra a Poliomielite (VOP), lançadas este ano. A primeira reúne em uma única aplicação a tetravalente (que protege contra a difteria, o tétano, a coqueluche e meningite) e a dose contra a hepatite B. Já a VOP é indicada para crianças que nunca foram imunizadas contra a poliomielite  Durante a campanha, menores de 5 anos que vivem nas regiões Norte e Nordeste, no Vale do Jequitinhonha e no Vale do Mucuri, ambos em Minas Gerais, também vão receber suplemento de vitamina A.”

(Agência Brasil)

Programa Saúde da Família – Do Ceará para a Nigéria

282 3

“O Programa Agentes de Saúde, criado no Ceará no primeiro governo Tasso Jereissati, vai ser implantado no estado africano de Lagos, na Nigéria. Atendendo a convite do Unicef, o médico sanitarista Carlile Lavor e sua mulher, a também médica Míria Lavor, iniciaram ali um processo de discussão para implementar o programa.

Carlile, idealizador da estratégia no Ceará no final da década de 1980, acompanhou a sua expansão no Brasil como “Programa Saúde da Família” como também a implementação em Angola. Em Lagos, a mortalidade atual apresenta os mesmos índices verificados no Ceará dos anos 80 (superior a 130 por mil).

DETALHE – Os agentes de saúde foram reconhecidos pelo Unicef (Prêmio Maurice Pate) e pelo Banco Mundial como programa exitoso na luta contra mortalidade infantil.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Fortaleza tem o 3º maior número de analfabetos do País

244 4

“Fortaleza é a terceira cidade do Brasil em quantidade de analfabetos: são 130 mil pessoas com mais de 15 anos que não sabem ler ou escrever, o que representa 6,85% da população. Em números relativos, a capital cearense ocupa a sétima posição no ranking nacional e a sexta colocação no Nordeste.  Os dados foram divulgados ontem pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), que elaborou o documento “Perfil Municipal de Fortaleza – Tema V: Aspectos Educacionais”.

A faixa etária com o maior volume de analfabetos é a das pessoas com 65 anos ou mais (21,5%). Em seguida, vem o grupo de crianças de sete a dez anos, com 11,85% de taxa de analfabetismo. “Com as crianças alfabetizadas, a taxa de analfabetismo tenderia a reduzir com a morte das pessoas de idade mais avançada”, reflete o professor do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Ceará (UFC), André Haguette.

Para ele, é preciso melhorar a qualidade do ensino, agora que a universalização da educação foi praticamente alcançada. “O Brasil tem tentado eliminar o analfabetismo. O problema é que a qualidade da educação melhora lentamente. Estamos produzindo analfabetos escolarizados ”, avalia. Entre 2000 e 2010, o número de analfabetos em Fortaleza diminuiu em 24 mil pessoas. “Apesar de termos uma redução importante no analfabetismo, o que preocupa é que ela foi insuficiente para que a gente saia dessa situação desconfortável. Entre as grandes capitais, só estamos melhor do que Recife”, afirma o diretor-geral do Ipece, Flávio Ataliba.

Escolaridade

Em relação à escolaridade, a maior parte dos fortalezenses (com mais de 24 anos) não possui instrução ou tem ensino fundamental incompleto: são 543.390 pessoas (36,89%) com esse perfil. O restante da população fica dividida da seguinte maneira: fundamental completo ou médio incompleto, com 16,28%; médio completo ou superior incompleto, com 32,93%; e superior completo, com 13,55%.

Houve queda da população em idade escolar (de quatro a 17 anos) que frequenta o colégio entre 2000 e 2010: passou de 542.873 para 512.133 (92,54%). Desse total, 39,06% estão na rede privada e 60,94%, na pública. O número de matriculados nas públicas também caiu no período: de 338 mil para 312 mil alunos. Na avaliação de Flávio Ataliba, o cenário pode apontar para troca da escola pública pela particular, “incentivado pelo aumento de renda”.”

(O POVO)

Agnelo pagou policial que fez ameaça

“O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), pagou R$ 7,5 mil ao policial militar João Dias Ferreira na mesma época em que o PM ameaçava delatar suposto esquema de desvio de recursos em convênios do Ministério do Esporte, quando o órgão era comandado por Agnelo (entre 2003 e 2006). Os pagamentos – três cheques de R$ 2,5 mil, com intervalo de cerca de 30 dias entre cada um – constam dos extratos bancários de Agnelo remetidos pelo Banco de Brasília (BRB) à CPI do Cachoeira.

Os cheques foram descontados por João Dias nos dias 1º de fevereiro, 4 de março e 31 de março de 2008. Agnelo diz que os pagamentos eram referentes a parcelas da compra de um carro usado – negócio nunca concluído, segundo o governador. O advogado do policial disse que ele só se manifestaria após ser formalmente comunicado do teor dos extratos.

O início da insatisfação de João Dias e da ameaça de delação ocorreu a partir da conclusão de auditoria do Ministério do Esporte, em janeiro de 2008, em que foram constatadas irregularidades nos convênios com ONGs do policial. À época, a pasta era comandada por Orlando Silva.

O Ministério chegou a relatar as irregularidades à Polícia, mas depois voltou atrás. João Dias disse que o recuo do ministério só ocorreu porque ele ameaçou falar sobre as irregularidades na pasta.”

(Folhapress)

Justiça Federal do RS proíbe desconto salarial dos policiais federais em greve

112 1

“O juiz Altair Antonio Gregório, da 6ª Vara da Justiça Federal de Porto Alegre, concedeu liminar que impede a União de efetuar qualquer desconto salarial dos policiais federais em greve no estado. Em seu despacho, o magistrado aponta que os servidores têm direito constitucional à greve, desde que mantenham os serviços essenciais prestados pelo órgão. “A não interrupção da totalidade do serviço oferecido à população pela categoria dos policiais federais é fator condicionante ao reconhecimento da legalidade do movimento”, diz trecho da decisão judicial, assinada anteontem (21).

“A decisão proferida pelo governo federal no sentido de determinar a suspensão do pagamento dos salários dos servidores que aderiram ao movimento grevista não se coaduna [incorpora] com o Estado de Direito, tendo-se em conta que o movimento deflagrado seguiu os trâmites legais previstos”, prossegue o magistrado. “Os salários dos servidores constituem-se verba alimentar.”

Procurada pela Agência Brasil, a Advocacia-Geral da União (AGU) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que pediu hoje (23) a suspensão da liminar ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre. Os policiais federais em greve reivindicam reestruturação salarial e da carreira dos agentes, escrivães e papiloscopistas. O salário inicial dos três cargos é R$ 7,5 mil, o equivalente a 56,2% da remuneração dos delegados, cujo vencimento de início de carreira é R$ 13,4 mil. A greve ocorre desde o dia 7.”

(Agência Brasil)

Economista do Ipea diz que “indústria está patinando”

108 1

“A indústria é o problema que impede maior crescimento do  Produto Interno Bruto (PIB) – soma das riquezas e bens produzidos no país – este ano, segundo disse à Agência Brasil o economista do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Roberto Messenberg. Ele coordena o Grupo de Análise e Previsões da Diretoria de Estudos e Políticas Macroeconômicas (Dimac) do instituto. “A indústria está patinando”, afirmou.

Por conta do baixo nível da atividade industrial, o Ipea vai rever a previsão para o PIB de 2012 em setembro próximo, segundo adiantou o economista. Hoje (23), o instituto divulgou o boletim Conjuntura em Foco de agosto, que traz dados relativos a PIB, inflação, emprego, entre outros temas.

Segundo o economista, os números da produção industrial e da indústria de transformação são fracos. “Isso faz com que não venha a se cumprir o cenário esperado de recuperação gradual, embora com mais força, a partir do segundo semestre”.  Ele reforçou que esse já não é mais um cenário factível.

Messenberg disse que  a ocorrência de taxas de crescimento elevadas no segundo semestre não permitirão reverter a tendência de redução do PIB. “As indicações são que a taxa de crescimento dessazonalizada nos dois primeiros trimestres ficou aquém das expectativas de todos”. Com isso, Messenberg  analisou que a média do ano “não será boa”. Segundo frisou, “estamos com um viés de baixa”. Não quis, porém, arriscar número.”

(Agência Brasil)

Lewandowski absolve Cunha também de peculato

“O ministro do Supremo Tribunal Federal revisor do processo do mensalão, Ricardo Lewandowski, votou pela absolvição do deputado federal João Paulo Cunha (PT-SP) da acusação de peculato por ter autorizado à agência SMP&B a subcontratar quase a integralidade dos serviços de publicidade durante sua gestão como presidente da Câmara.

Antes Lewandowski defendeu a absolvição do deputado do crime de corrupção passiva. Resta ainda a análise do crime de lavagem de dinheiro e de outro peculato, pela subcontratação da empresa de um funcionário que prestaria serviço exclusivo a João Paulo. Na semana passada, o relator, Joaquim Barbosa, votou pela condenação do deputado em todos esses crimes. O petista é o único dos 37 réus que é candidato nas próximas eleições. Ele disputa a prefeitura de Osasco (SP).

Para Lewandowski, João Paulo, apesar de presidente, não era o detentor dos recursos da Câmara relativos ao contrato com a agência SMP&B, de Marcos Valério. Na visão do ministro, a decisão sobre as liberações cabiam ao diretor-geral e ao diretor de Comunicação da Casa. “Tendo em conta que somente o diretor-geral e o diretor da Secom poderiam liberar pagamentos para a SMP&B, concluo que o réu não tinha posse direta ou indireta dos recursos, não tendo condições, portanto, de ter cometido a conduta de peculato”.

O revisor continuou a análise defendendo ainda as subcontratações realizadas pela agência de Marcos Valério. Segundo o Ministério Público, 99,9% dos R$ 10,4 milhões pagos referiam-se a subcontratações. Lewandowski refutou esse porcentual e destacou acórdão do Tribunal de Contas da União (TCU) que estimou em 88% a subcontratação. Para o ministro, este alto porcentual é “normal” porque inclui gastos com veiculação em jornais, rádios e televisões, o que teria gerado despesas de 65% do contrato.

Ele rebateu ainda trecho do voto de Barbosa que destacava a subcontratação de serviços de arquitetura. Lewandowski observou que os serviços eram para a construção de cenários para a TV Câmara e estariam previstos no contrato.

O revisor enfatizou afirmação do TCU e de um laudo da Polícia Federal de que os serviços “foram efetivamente prestados”. Destacou que a agência contratada na gestão de Aécio Neves (PSDB-MG) como presidente da Câmara recebia, assim como a SMP&B, apenas remuneração por comissão, não prestando serviços diretos. Para Lewandowski, essa prática é comum no mercado publicitário e não constitui crime.”

(O POVO ONline/Agência Estado)

Reitores da UFC e Unilab recebem comunicado sobre fim da greve

“Os ofícios que comunicam sobre o fim da greve dos professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) já foram entregues aos gabinete do reitores das duas instituições.

Segundo nota publicada no site da UFC, o documento redigido pela diretoria do Sindicato dos Docentes das Universidades Federais do Ceará (Adufc Sindicato) chegou ao gabinete do Reitor na tarde desta quarta-feira, 22, após a assembleia tumultuada ocorrida pela manhã.

Ainda de acordo com a nota, a UFC deve tomar as medidas para a retomada do semestre letivo interrompido no dia 12 de junho, quando a greve foi iniciada.

A Unilab publicou uma reprodução do ofício em seu site.

Veja o texto entregue ao reitor da UFC:
“Of. Nº 025/ADUFC-Sindicato/2012
Fortaleza-CE, 22 de agosto de 2012.

Ao Prof. Dr. Jesualdo Pereira Farias
Magnífico Reitor da Universidade Federal do Ceará – UFC.

Magnífico Reitor
A Diretoria da ADUFC-Sindicato, comunica a Vossa Magnificência que os professores das Universidades Federais do Estado do Ceará, reunidos em Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia 22 de agosto, decidiram encerrar, nesta data, o movimento grevista desencadeado em 12 de junho passado.

Atenciosamente,
Professor Ricardo Silva Thé Pontes
Vice-Presidente da ADUFC-Sindicato”

(POVO Online)

Déficit nas contas externas fica em US$ 3,7 bi em julho

“O déficit em transações correntes, saldo negativo das compras e vendas de mercadorias e serviços do país, chegou a US$ 3,766 bilhões, em julho, e acumulou US$ 29,108 bilhões nos sete meses do ano. Os dados foram divulgados hoje (23) pelo Banco Central (BC). Nos mesmos períodos do ano passado, o resultado negativo estava em US$ 3,558 bilhões e US$ 29,592 bilhões, respectivamente. O resultado do mês passado ficou abaixo do esperado pelo BC, que previa US$ 4,5 bilhões.

Um dos itens da conta-corrente é a balança de serviços (viagens internacionais, transportes, aluguel de equipamentos, seguros e outros), que registrou déficit de US$ 3,463 bilhões, em julho, e de US$ 23,142 bilhões, nos sete meses do ano. A balança de serviços foi a que mais contribuiu para o resultado negativo das transações correntes.

A conta de rendas (remessas de lucros e dividendos, pagamentos de juros e salários) apresentou resultado negativo de US$ 3,442 bilhões, no mês passado, e US$ 17,62 bilhões, de janeiro a julho deste ano. A balança comercial, formada por exportações e importações, por sua vez, contribuiu para compensar o resultado negativo dos outros itens da conta-corrente. No mês passado, o saldo positivo ficou em US$ 2,877 bilhões. Nos sete meses do ano, o superávit comercial chegou a US$ 9,946 bilhões.”

(Agência Brasil)

Campanha que atualiza caderneta de vacinação infantil termina nesta 6º feira

“A campanha de atualização da caderneta de vacinação infantil termina amanhã (24) em todo o país. De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, mais de 3 milhões de crianças menores de 5 anos já compareceram aos postos de saúde. Desse contingente, 845.455 mil foram vacinadas contra doenças como a poliomielite, o sarampo, a rubéola, caxumba, coqueluche e meningite. O número representa 28% do total de crianças que visitaram os postos de vacinação, sendo que nem todas precisaram tomar alguma vacina porque já estavam com a caderneta em dia.

O objetivo da ação, segundo o governo, é reduzir as taxas de abandono do esquema vacinal e, consequentemente, diminuir o risco de transmissão de doenças que podem ser prevenidas.

Estão disponíveis todas as vacinas do calendário básico infantil, incluindo a pentavalente e a Vacina Inativada Oral contra a Poliomielite (VOP), lançadas este ano. A primeira reúne em uma única aplicação a tetravalente (que protege contra a difteria, o tétano, a coqueluche e meningite) e a dose contra a hepatite B. Já a VOP é indicada para crianças que nunca foram imunizadas contra a pólio.”

(Agência Brasil)

Amarílio Macedo integra conselho estratégico da Fiesp

O empresário Amarílio Macêdo, do Grupo J. Macedo, agora é membro do Conselho Estratégico da Federação das Industrias do São Paulo (Fiesp).

O organismo discute políticas econômicas do País e propõe alternativas. Amarílio é o segundo cearense a integrar esse Conselho, onde o ex-governador Tasso Jereissati tem assento desde o ano passado.

A primeira reunião do ano do organismo ocorrerá dia 12.

C.A. de Direito da UFC recebe perguntas para debate com “Prefeituráveis”

“O Centro Acadêmico Clóvis Beviláqua (CACB), da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, está recebendo perguntas do público a serem feitas para os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, durante debate no próximo dia 5 de setembro. As perguntas devem ser enviadas ao e-mail eventoscacbpensareagir@gmail.com. Nos dias 3 e 4 de setembro, o CACB fará o credenciamento de alunos, professores e técnico-administrativos interessados em assistir ao debate, que começará às 19h, no Auditório Reitor Antônio Martins Filho, localizado na Faculdade de Direito (Campus do Benfica).

As pessoas credenciadas deverão levar documento que comprove vínculo com a UFC e, se possível, 1 kg de alimento para doação. Por conta da limitação de lugares no Auditório, ficou acordado que cada candidato terá direito a 13 credenciais (dez para correligionários, uma para o candidato a vice-prefeito e duas para assessores).

Deverão participar do debate os candidatos cujos partidos têm representação na Câmara dos Deputados. A medida é permitida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Assim, dos 10 prefeituráveis foram convidados oito: Elmano de Freitas (PT), Heitor Férrer (PDT), Inácio Arruda (PCdoB), Marcos Cals (PSDB), Moroni Torgan (DEM), Renato Roseno (PSOL), Roberto Cláudio (PSB) e Valdeci Cunha (PRTB).
As regras do debate foram acordadas em reunião no dia 31 de julho, da qual participaram representantes do CACB e assessores dos candidatos convidados. O debate, com duração prevista de 1 hora e 45 minutos, terá como mediador um jornalista, professor do Curso de Comunicação Social da UFC.”

(Site da UFC)

Secretário da Segurança fala sobre “Inteligência Policial” no Recife

183 3

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Bezerra, dará palestra, nesta quinta-feira, no Recife, sobre “Inteligência Policial e Operações Integradas em Divisas”. Será durante a 34ª Reunião Ordinária do Conselho de Segurança Pública do Nordeste (Consene), que acontece até o fim desta sexta-feira.

Com Bezerra, participam do evento o comandante da Polícia Militar, coronel Werisleik Pontes Matias, o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Joaquim dos Santos Neto, e o delegado-geral de Polícia Civil, Luiz Carlos Dantas. Representantes das Polícias Federal e Rodoviária Federal de cada estado da região também têm assento no Consene.

INTELIGÊNCIA POLICIAL

Nesta reunião, dentre outras discussões de interesse comum à Segurança Pública dos estados da Região, será apresentado o resultado do evento que reuniu em Fortaleza os chefes de Inteligência Policial dos nove estados nordestinos em maio passado. Naquela ocasião, os chefes das áreas de Inteligência Policial dos estados nordestinos trocaram experiências e elaboraram documento com propostas aos membros do Consene (secretários de Segurança, comandantes das PMs e dos Bombeiros e delegados gerais de Polícia Civil de cada Estado e representantes das polícias Federal e Rodoviária Federal). Esse documento será detalhado na reunião.

O encontro do pessoal de inteligência havia sido proposto pelo Secretário de Segurança do Ceará, Francisco Bezerra, durante a reunião do Consene, ocorrida dezembro do ano passado, em São Luís (MA).