Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

País gera menos empregos em janeiro. Fortaleza lidera a redução

“O Brasil gerou 118.895 empregos com carteira assinada no mês de janeiro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, divulgado hoje (23). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando o saldo chegou a 152.091 vagas, houve queda de 21,82%.

O melhor resultado para meses de janeiro foi registrado em 2010, quando o saldo ficou em 181.419 empregos formais.

No mês passado, o total de pessoas admitidas chegou a 1,71 milhão e o de demitidas, a 1,59 milhão. O setor de serviços foi o que teve o melhor saldo de empregos, com a criação de 61.463 vagas. Em seguida, vêm a construção civil, com 42.199 postos de trabalho; e a indústria de transformação, com 37.462.

Já os setores que obtiveram o pior desempenho em janeiro foram comércio, com 36.354 postos de trabalho fechados, e a administração pública, com queda de 370 empregos.

O ano de 2011 terminou com um saldo de 1,94 milhão de novas vagas, abaixo da meta do governo de criar 2,4 milhões de postos de trabalho.”

Ainda segundo o cajed, no conjunto das nove Áreas Metropolitanas, o crescimento do emprego foi de 0,16% (+25.653 postos) em janeiro de 2012. O resultado é derivado da elevação do emprego em sete das nove regiões metropolitanas. As que mais se destacaram foram: São Paulo, com 8.760 postos ou (0,13%), Belo Horizonte (+7.360 postos ou +0,47%, o segundo melhor resultado para o mês) e Curitiba (+5.647 postos ou +0,56%). As Regiões Metropolitanas que reduziram o nível de emprego foram: Fortaleza (-1.652 postos ou -0,21%) e Rio de Janeiro (-1.633 postos ou – 0,06%).

(Com Agência Brasil)

Construção civil – Ritmo de alta dos preços diminui em fevereiro

224 1

“O Índice Nacional de Custo da Construção – Mercado (INCC-M), medido pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), encerrou fevereiro em 0,42% ante 0,67%, em janeiro. Esse decréscimo reflete, em parte, a diluição do efeito provocado pelos aumentos salariais em Belo Horizonte e Recife. No acumulado dos últimos 12 meses, a variação atingiu 7,93%.

Em materiais, equipamentos e serviços, houve ligeira elevação, de 0,35% para 0,4%. Já em mão de obra foi constatado um decréscimo (de 0,98% para 0,43%). Enquanto foi registrada redução na intensidade de alta em Belo Horizonte (de 4,4% para 1,45%) e Recife (de 0,31% para 0,27%), ocorreram acréscimos em Salvador (de 0,32% para 0,45%), Brasília (de 0,01% para 0,15%), no Rio de Janeiro (de 0,29% para 0,58%), em Porto Alegre (de 0,17% para 0,39%) e São Paulo (de 0,19% para 0,2%).”

(Agência Brasil)

FGV – Confiança na indústria fica estável em fevereiro

“A prévia do Índice de Confiança da Indústria (ICI) de fevereiro ficou estável em relação ao resultado final do mês anterior, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). De acordo com o resultado preliminar, divulgado hoje (23), ICI permaneceu em 102,3 pontos.

Essa pontuação, que mostra o nível de otimismo dos empresários do setor da indústria de transformação, é inferior à média histórica desde 2003, 103,8 pontos. Em fevereiro do ano passado, o índice havia alcançado 112,5, depois de registrar 112,8 pontos em janeiro de 2010.

De acordo com o levantamento, o Índice da Situação Atual (ISA), na prévia de fevereiro, aumentou pelo terceiro mês consecutivo, subindo 0,6% e atingindo 103,6 pontos. Já o Índice de Expectativas (IE) diminuiu em fevereiro na mesma proporção, para 101,1 pontos.

O documento também aponta que a prévia para o Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) ficou estável em 83,7% na prévia de fevereiro, patamar superior à média histórica desde 2003 (83,3%).

Para a prévia do ICI, calculado a partir de dados da Sondagem Conjuntural da Indústria da Transformação, foram consultadas 805 empresas, cerca de dois terços da amostra total da pesquisa. O resultado final do ICI será divulgado em 29 de fevereiro.”

(Agência Brasil)

Médium fará cirurgias espirituais em Fortaleza

João Berbel, médium espírita de Franca, interior de São Paulo, estará em Fortaleza no período de 27 a 29 deste mês. Ele vem dar palestra no I Seminário sobre Cirurgia Espiritual, uma promoção do Grupo Espírita Ana Amélia (GEAME).

Berbel falará às 18 horas do dia 26, no auditpório do GEAME, quando abordará o tema “Medicina do Além – A Cura Através dos Espíritos”. Ele também fará cirurgias espirituais.

SERVIÇO

Auditório do Grupo Espírita Ana Amélia Bezerra de Menezes (GEAME) – Avenida dos Expedicionários 9399 – Itaperi

Hora: das 18:30 às21:00h.

Ingresso: R$ 30,00 + 1 kg de alimento (destinados às obras assistenciais do GEAME)

Operação Carnaval – Polícia Rodoviária Federal divulga balanço nesta 5ª feira

“A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulga hoje (23) o balanço da Operação Carnaval. Os dados serão apresentados às 14 horas no site da PRF e em entrevista coletiva na sede do órgão em Contagem, Minas Gerais. A diretora-geral da Polícia Rodoviária, inspetora Maria Alice Nascimento Souza, e sua equipe vão mostrar as estatísticas rodoviárias correspondentes ao período de carnaval.

Um balanço parcial, divulgado segunda-feira (20) pela PRF, revelou que houve redução no número de acidentes e de mortes nos primeiros dias de Carnaval, em comparação ao mesmo período do ano passado. O número de acidentes de trânsito e de pessoas feridas apresentou redução de quase um terço nas rodovias federais, em relação aos primeiros dias da Operação Carnaval em 2011. O número de mortes nas ocorrências de trânsito também caiu: de 135 em 2011 para 122 em 2012.”

(Agência Brasil)

CNJ mira contracheques excepcionais de magistrados

121 4

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) quer saber quais índices de correção foram aplicados por Tribunais de Justiça estaduais e os períodos contemplados para calcular contracheques excepcionais concedidos a juízes e a desembargadores.

Se identificar pagamentos irregulares, o CNJ poderá propor sanção com base no estatuto do servidor público, que prevê desconto em folha daquela quantia indevidamente creditada na conta dos magistrados.

O artigo 46, parágrafo 1.º, do estatuto disciplina que reposições e indenizações serão previamente informadas ao servidor para pagamento no prazo máximo de 30 dias, podendo ser parceladas a pedido do interessado. O valor de cada parcela não poderá ser inferior a 10% da remuneração, provento ou pensão.

Oficialmente, a ministra Eliana Calmon, corregedora nacional de Justiça, não se manifestou sobre a busca aos índices de correção aplicados pelos tribunais. Mas é certo que o CNJ quer detalhes sobre a composição dos holerites especiais, quais benefícios foram incluídos na conta e, principalmente, se eles obedeceram ao prazo prescricional, cujo limite é de cinco anos.

Em dezembro, o CNJ havia iniciado investigação na folha salarial do TJ de São Paulo para identificar créditos extraordinários e o patrimônio dos juízes.”

* Do O Globo, leia em CNJ mira contracheques excepcionais de magistrados para pedir devoluções

Horário de Verão termina domingo

“Termina no próximo domingo, 26, o horário brasileiro de verão, que teve a maior temporada desde 1985. Os relógios devem ser atrasados em 1 hora em 10 Estados das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, além da Bahia e do Distrito Federal.
O período, iniciado em 15 outubro do ano passado, teve 133 dias, por conta da coincidência entre o dia previsto para o término do horário de verão e o domingo de carnaval, quando o encerramento deve ser no fim de semana seguinte. No caso, dia 26 de fevereiro de 2012. O objetivo é evitar que, no meio da folia, a população se esqueça de ajustar os relógios.

A estimativa do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) é a de que o horário de verão permita uma economia entre R$ 75 milhões e R$ 100 milhões para o País. A diminuição da demanda estimada de eletricidade é de 4,6%, ou o equivalente a 2.650 megawatts.

No Brasil, o horário de verão foi instituído pela primeira vez no verão de 1931/1932, pelo então Presidente Getúlio Vargas. Sua versão de estreia durou quase meio ano, vigorando de 3 de outubro de 1931 até 31 de março de 1932. No verão seguinte, foi reeditada a medida com a mesma duração da primeira versão.

Posteriormente, a adoção da medida foi retomada em períodos não consecutivos, nos anos de 1949 até 1953, de 1963 até 1968, e nos tempos atuais a partir de 1985. O período de vigência é bastante variado, mas a média nos últimos 20 anos está em torno de 120 dias de duração, no Brasil.

(Agência Brasil)

Governador de Pernambuco em alta com vitória da Unidos da Tijuca

179 2

Paulo Barros, da Unidos, ao lado de Eduardo Campos, em flash da Setur-PE.

“A maré de sorte do governador Eduardo campos (PSB) parece que não acabou. Nesta Quarta-Feira de Cinzas, o socialista colocou na sua galeria de vitórias mais uma com a escola de samba Unidos da Tijuca, anunciada agora há pouco como campeã do Carnaval do Rio.

Em 2008, o então prefeito do Recife,João Paulo (PT), teve menos sorte com o patrocínio da Mangueira. Apesar de investir R$ 3 milhões na escola carioca, choveu muito na hora do desfile e quase a tradicional escola foi rebaixada.”

(Blog da Folha de Pernambuco)

VAMOS NÓS – Eduardo Campos tem sonhos bem altos. Para ele, essa conquista da Unidos da Tijuca, com patrocínio de sua gestão, lhe garantiu mais espaço nacional e, claro, prestígio político. Ou seja, algo de deixar alguns companheiros de PSB com dor de cotovelo., não é mesmo?

CVM na mira de ex-presidente da Petrobras

77 1

“José Sergio Gabrielli saiu da Petrobras (ou, mais precisamente, foi saído), mas os problemas que lá deixou ainda não o permitem pensar 100% no seu novo projeto – eleger-se governador da Bahia.

Na terça-feira que vem, a CVM julga um processo de uma ”eventual ocorrência de irregularidades em negócios realizados no mercado de futuros da BM&F” em nome de fundos de investimentos geridos pela BBDTVM.

Gabrielli e Almir Barbassa, diretor financeiro da Petrobras, estão entre os acusados.”

(Radar Online)

CNBB lança Campanha da Fraternidade criticando orçamento da saúde

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=SlLMzSrFazY&feature=related[/youtube]

“Com o tema Fraternidade e Saúde Pública, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lançou hoje (22) a 49ª Campanha da Fraternidade, que pretende sensibilizar os fiéis sobre a situação das pessoas que enfrentam longas filas de atendimento e falta de vagas em hospitais públicos do país. Para o secretário-geral da CNBB, dom Leonardo Steiner, não é exagero dizer que a saúde pública no país não vai bem.

De acordo com ele, é preocupante a decisão do governo de cortar cerca de R$ 5 bilhões da área de saúde. “Os problemas verificados na área da saúde são reflexo do contexto mais amplo de nossa economia de mercado, que não tem, muitas vezes, como horizonte, os valores ético-morais e sociais”.

No texto-base da campanha, a CNBB expõe as grandes preocupações da Igreja com relação à saúde pública, como a humanização do atendimento aos pacientes e o financiamento da saúde pública, classificado pela confederação, como “problemático e insuficiente”. A entidade critica ainda a escassez de recursos destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS).

O texto da campanha compara os gastos da saúde no Brasil com o de alguns países em que 70% do que é dispendido na área vêm do governo e 30%, do contribuinte. Já no Brasil, em 2009, o governo foi o responsável por 47% (R$ 127 bilhões) dos recursos aplicados na saúde, enquanto as famílias gastaram 53% (R$ 143 bilhões).

No entanto, segundo dom Leonardo, a Igreja reconhece também alguns avanços na área, como a redução da mortalidade infantil, a erradicação de algumas doenças infecto-parasitárias e o aumento da eficiência da vacinação e do tratamento da aids. “São significativos os avanços verificados nas últimas décadas na área da saúde pública”.

De acordo com o ministro da saúde, Alexandre Padilha, que participou do evento, este ano a saúde terá orçamento 17% maior que em 2011, R$ 72 bilhões. “O aumento de R$ 13 bilhões é o maior aumento nominal que já existiu de recursos para a saúde de um ano para o outro, desde o ano 2000. O meu papel como ministro não é ficar esperando os recursos virem, mas, sobretudo, fazer mais com o que temos”.

Segundo ele, o debate sobre o financiamento da saúde continua e será mais amplo com o apoio da campanha da fraternidade. O ministro disse ainda que o contingenciamento de R$ 5 bilhões, com o corte do Orçamento anunciado pelo governo na semana passada, não afetará nenhum programa da pasta. “Tudo o que estava programado pelo Ministério da Saúde e foi encaminhado para o Congresso Nacional está absolutamente mantido”.

Segundo o membro do Conselho Nacional de Saúde Clóvis Boufleur, a campanha da fraternidade pretende efetivar a participação de conselhos estaduais e municipais de saúde. Entre os temas que serão debatidos nos conselhos, está a violência, a obesidade e a gravidez na adolescência. “A violência dentro de casa se transformou em um problema de saúde. A partir dos 4 anos de idade, os acidentes e a violência são as principais causas de mortes de crianças e jovens”.”

(Agência Brasil)

Alô, cineastas cearenses!!

Da Comissão Organizadora do I Festival Internacional de Cinema de Campos do Jordão, recebemos a seguinte nota:
Estão abertas as inscrições de filmes para a mostra competitiva do I Festival Internacional de Cinema de Campos do Jordão. Serão aceitos filmes do gênero comédia produzidos entre 2010 e 2012 e a inscrição dos trabalhos deve ser feita até 23 de março. Uma comissão indicada pelo Instituto São Paulo de Arte e Cultura e pela Prefeitura Municipal de Campos do Jordão selecionará 15 longas e 15 curtas-metragens brasileiros e estrangeiros que serão exibidos entre os dias 27 de abril e 5 de maio.
O festival terá também uma mostra paralela homenageando a história do cinema de comédia no Brasil e no mundo e ainda uma seleção de filmes para jovens e adolescentes, com longas, médias e curtas-metragens produzidos para cinema, TV e internet. A curadoria do evento está a cargo do cineasta André Sturm, diretor do MIS – Museu da Imagem e do Som.

SERVIÇO

Para se inscrever, os candidatos devem acessar o site do festival – www.cinemaemcamposdojordao.com.br – e preencher a ficha de inscrição. Assim que o documento estiver completo, ele deverá ser impresso e assinado em duas vias pelo responsável legal do filme no Brasil.

Um alerta e a pressão da bancada evangélica

92 6
Com o título “O Triunfo da religião?”, eis artigo da professora Sandra Helena, da Universidade de Fortaleza. Ela aborda as idas e vindas do governo federal diante de pressões da bancada evangélica. Confira:

“Seja realista, peça o impossível”. Volto mais uma vez à sugestiva frase dos muros do maio de 68 em Paris. Se considerarmos que o sentido de uma ação se esclarece a partir dos meios empregados para atingir um fim, a ação política contém uma ambiguidade peculiaríssima: seus fins são, via de regra, justificáveis ou não, do ponto de vista dos ideais, ideologicamente, como se costuma dizer, enquanto os meios o são instrumentalmente, a saber, do ponto de vista de sua capacidade de alcançar esses fins.

Sim é isso mesmo: os fins justificam meios. Se isso é discutível em termos da moralidade privada, é incontornável no âmbito do “ethos” da política. Creio que foi por isso que Aristóteles recusou o idealismo de Platão e sentenciou que ou o ideal é atingível para o comum dos homens, ou permanecerá apenas um ideal impossível. Considerar a política como arte do possível, entretanto, nem de longe significa cair no colo de um pragmatismo tosco, o tipo das “políticas do real” que amiúde vemos por aqui e por ali.

Indiscutivelmente, os governos Lula, e agora Dilma, reposicionaram um ideal até bem pouco tempo tomado como impossível: erradicação da fome e da miséria extrema em nosso País. A isso Dilma acrescentou o saudável ideal de País de classe média. É sobretudo em função desses fins supremos que se deve julgar a maior ou menor racionalidade das alianças, das estratégias político-administrativas e dos resultados. Ok.

O visível constrangimento do ministro Gilberto Carvalho pedindo “perdão”, pasmem, à bancada evangélica por declarações bastante razoáveis durante o Fórum Social em Porto Alegre, quando mencionou a necessidade de o Estado disputar ideologicamente a chamada nova classe C, (o que é que tem demais nisso?) não deve passar em branco. Aos poucos vemos um silencioso-ruidoso crescimento da intolerância religiosa mais obscurantista, alimentando-se justamente da laicização do Estado que os mesmos atores combatem.

Podemos estar criando corvos. Em plena aurora do século XXI, quando as clínicas de medicina reprodutiva fazem cotidianamente diagnóstico genético pré-implantação selecionando os melhores embriões para diminuir riscos na gravidez, uma ministra não pode nem mencionar a palavra aborto que um bispo a chama de “mal-amada”. Depois do STF julgar legítima a união homoafetiva, o belo vídeo do Ministério da Saúde tem que ser retirado do ar. Do perdão podemos passar à heresia.

O poder de barganha da bancada de Deus assombra o governo como um espectro. Até aqui os compromissos de segundo turno têm sido honrados. Mas é bom considerar que, quando a religião institucional triunfa, todos perdem. Exemplos não faltam. É tempo e hora de voltar a exigir o impossível, ampliando os fins, readequando os meios. É preciso não temer os religiosos. É sim preciso enfrentá-los no campo democrático, nos debates, nos referendos, nos plebiscitos, nos parlamentos. É hora de ver se o fim, nesse caso, realmente justifica o acovardado meio. Deus? Não temais. Ele não tem nada a ver com isso.

* Sandra Helena de Souza

sandraelena@uol.com.br

Professora de Filosofia e Ética da Unifor

Senai investirá R$ 3 bi em educação profissional até 2014

“O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) pretende investir R$ 3 bilhões até 2014 na expansão de sua rede de educação profissional, que oferece atualmente 3 mil cursos de aprendizagem, qualificação e aperfeiçoamento técnico nas 471 unidades fixas e 326 unidades móveis espalhadas pelo país. Metade do dinheiro sairá de empréstimo do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

O diretor-geral do Senai, Rafael Esmeraldo Lucchesi Ramacciotti, ex-secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia, adiantou que a maior parte do investimento será concentrada nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, em razão da nova geografia econômica do Brasil, provocada pela melhor distribuição territorial da indústria.

Exemplo disso, segundo ele, é a inversão de R$ 170 milhões que o Senai fará em Pernambuco, nos próximos três anos, em qualificação profissional para a indústria e na disseminação de inovação tecnológica. A medida foi dada na semana passada pelo presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, ao governador do estado, Eduardo Campos.

O investimento se justifica, de acordo com o dirigente do Senai, porque muito projetos industriais estão sendo implantados em Pernambuco, principalmente nos setores automotivo, farmacoquímico, naval e de petróleo, que vão gerar mais de 30 mil empregos, e falta mão de obra especializada para atender à demanda. O objetivo do Senai, segundo ele, é apoiar a competitividade da indústria no estado.

Rafael Lucchesi disse que a carência de mão de obra qualificada é muito grande no país, além de a pouca oferta de trabalhadores formados ser mal distribuída.Isso leva o Senai a investir em educação, que “tem efeito direto na melhoria da produtividade e na promoção de novas tecnologias”. E a inovação, acrescentou, é fundamental na conquista de vantagens como a diferenciação de produtos, incorporação de funcionalidades e até mesmo a concepção de novos produtos e modelos de negócios.

Esse é o tema de um trabalho desenvolvido desde 1942, ano de criação do Senai, adiantou Lucchesi. Segundo ele, em 70 anos de atuação a instituição investiu na competitividade das 28 áreas da indústria e  preparou, até o fim do ano passado, 55 milhões de profissionais.

O diretor lembrou que outro aspecto importante no desempenho do Senai é a atuação disseminada em quase metade dos 5.565 municípios do país. E essa capilaridade, acrescentou, deve aumentar, em virtude das necessidades geradas por uma economia em constante expansão e que deve investir quase US$ 650 bilhões  (R$ 1,114 trilhão a preços de hoje) no período 2011-2015.”

(Agência Brasil)

Senado vai debater emenda que amplia competências do CNJ

160 1

“A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza no dia 28 às 14 horas, audiência pública para orientar a votação de proposta de emenda à Constituição que explicita e amplia as competências do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Corregedoria Nacional de Justiça (PEC 97/2011). Embora o Supremo Tribunal Federal (STF) tenha reconhecido em julgamento recente a prerrogativa do CNJ para abrir investigação contra juízes sob suspeição, os senadores entendem que o assunto deve constar do texto constitucional – e de maneira mais abrangente.

Foi convidada para essa audiência pública a atual corregedora nacional de Justiça, Eliana Calmon. Ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ela está no centro do debate sobre o CNJ desde que entrou em conflito com associações de magistrados por defender o poder do conselho de agir independentemente de tribunais e suas corregedorias quanto à análise de denúncias e processos contra juízes.

Também foram convidados o ex-presidente do Supremo, Nelson Jobim e o juiz do trabalho Paulo Schimidt, vice-presidente da Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra).

De iniciativa do senador Demóstenes Torres (DEM-GO), a PEC 97/11 já conta com voto favorável do relator, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), que elaborou substitutivo Substitutivo é quando o relator de determinada proposta introduz mudanças a ponto de alterá-la integralmente, o Regimento Interno do Senado chama este novo texto de “substitutivo”. Quando é aprovado, o substitutivo precisa passar por “turno suplementar”, isto é, uma nova votação. condensando o texto da proposta e de emenda apresentada pelo senador Humberto Costa (PT-PE).”

(Agência Senado)

Se você tem picape Frontier, fique atento!

“A Nissan do Brasil convocou nesta quarta-feira (22) um recall de 35.280 unidades da picape Frontier produzidas desde 2007 (veja os números de chassis no fim da matéria). O motivo principal do chamado, segundo a montadora japonesa, é o “mau funcionamento na junção da coluna e da caixa de direção, que pode levar ao desgaste do encaixe estriado e, assim, diminuir a sua durabilidade com o uso em condições severas”.

– Em casos raros, pode ocorrer uma falha na mecânica da direção. Após a inspeção, se necessário, a Nissan trocará junta da coluna e a caixa de direção. O fabricante também informou que, além do possível problema na coluna de direção, o recall envolve a inspeção do parafuso da trava do capô.

– A Nissan identificou que não houve a aplicação do torque necessário em algumas unidades, o que, em alguns casos, pode ocasionar a abertura da peça com o carro em movimento e em velocidade de rodovias. A inspeção irá verificar se há necessidade de aplicação do torque correto ou se o parafuso deverá ser trocado por outro.

A marca informou que o problema foi identificado após relatos de clientes no Brasil e no exterior, mas que não houve acidentes no País. A eventual troca dos componentes será realizada sem custos em qualquer concessionária Nissan do Brasil. O serviço pode ser agendado a partir desta quarta-feira.

Para sanar dúvidas, a Nissan disponibiliza o Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), no telefone 0800 011 1090, ou ainda pelo site nissan.com.br. O recall da picape Frontier envolve os seguintes números de chassis.”

– Entre 94DVDUD409J030319 e 94DVCUD40CJ991448.
– Entre 94DVDUD409J030319 e 94DVCUD40CJ877692.
– Entre MNTVCUD4086000002 e MNTVCUD4086004932.

 (R7.com)

Simon pede a Dilma ficha limpa em altos cargos no Governo

Passado o Carnaval, o senador Pedro Simon (PMDB-RS) vai insistir na sugestão já feita à presidente Dilma Rousseff de que baixe um decreto exigindo que os indicados para cargos de confiança do Executivo tenham ficha limpa — com os mesmos requisitos da lei confirmada pelo Supremo Tribunal Federal para os candidatos às eleições em todos os níveis.

A informação é da coluna “Informe JB”, do Jornal do Brail Online, acrescentando que, de acordo com Simon, Dilma Rousseff poderá, a partir de agora, marcar um novo Brasil, “governando com osresponsáveis e com os mais dignos”.

O senador sugeriu à presidente da República que, “pelo amor de Deus”, adote por decreto a exigência de ficha limpa.

Carnaval do Rio – Apuração começa às 15h45

“A partir das 15h45 começa a apuração para definir a campeã do carnaval carioca de 2012. Os resultados do Grupo Especial serão divulgados na Praça da Apoteose, centro da cidade.

As duas últimas agremiações na lista de classificação serão rebaixadas para o Grupo de Acesso A. A primeira classificada desse rol será promovida ao Grupo Especial para os desfiles de 2013. Em 2011, não houve rebaixamento por causa do incêndio na Cidade do Samba, na zona portuária, que destruiu os barracões de três escolas.

Cada escola terá descartada a menor nota de cada quesito. O último quesito anunciado será o primeiro usado para o desempate entre mais agremiações que tenham conseguido o mesmo número de pontos.

O sorteio para definir a ordem de abertura dos envelopes dos dez quesitos ocorrerá por volta das 11 horas, na Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro.

No ano passado, a escola vencedora do Grupo Especial foi a Beija-Flor de Nilópolis com o enredo A Simplicidade de Um Rei, seguida da Unidos da Tijuca, com o enredo Esta Noite Levarei Sua Alma, e da Mangueira, com O Filho Fiel, Sempre Mangueira.”

(Agência Brasil)