Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

McDonald's é multado em R$ 3 milhões por venda casada de alimentos e brinquedos

“A Fundação Procon de São Paulo multou o McDonald’s, rede de lanchonetes de comida rápida (fast food), em R$ 3,192 milhões pela prática de venda de alimentos com brinquedos, no conjunto conhecido com McLanche Feliz. A multa partiu de denúncia do Projeto Criança e Consumo, do Instituto Alana, organização não governamental (ONG) que trata de consumo infantil.

A denúncia, segundo o Procon, foi feita em 2010. A ONG argumenta que a associação entre a venda de alimentos e brinquedos “cria uma lógica de consumo prejudicial e incentiva a formação de valores distorcidos, bem como a formação de hábitos alimentares prejudiciais à saúde”.

A estratégia da rede de fast food é juntar ao lanche um brinde com personagens conhecidos pelo público infantil. De acordo com o Procon, desde a denúncia, em 2010, mais de 18 campanhas dirigidas a crianças foram feitas pelo McDonald’s. Na atual, os brindes são personagens do filme O Gato de Botas.

O McDonald’s ainda pode recorrer da multa. Em nota, a assessoria de imprensa da multinacional informou que a empresa não comenta processos em andamento, mas “ respeita rigorosamente as diretrizes legais na comunicação com seus públicos”. O grupo argumenta ainda que segue um “rigoroso” código de autorregulamentação publicitária, além de compromissos voluntários de normas de conduta na comunicação.

“Quanto ao McLanche Feliz, a rede esclarece que os brinquedos podem ser adquiridos separadamente, ou seja, desvinculados da compra dos produtos. Portanto, a empresa tem convicção de respeitar todas as normas da legislação vigente tanto em relação à comunicação como em relação a práticas comerciais”, diz a nota.”

(Agência Brasil)

DEM quer ter candidato a presidente em 2014

“Parceiro do PSDB há 17 anos, o DEM se prepara para tentar ter candidato próprio à Presidência da República, em 2014. Um dos postulantes ao cargo é o senador Demostenes Torres (DEM-GO), que fez discurso de pré-candidato na convenção de hoje do DEM, que reelegeu o senador José Agripino Maia (DEM-RN) na presidência do partido até dezembro de 2014.

“É melhor ser cabeça de cachorro do que rabo de leão”, resumiu Demostenes, referindo-se à candidatura própria à Presidência da República. Ele citou entre as realizações do DEM, antigo PFL, a criação do Bolsa Família. “Foi o DEM que criou o Bolsa Família através de proposta do ex-senador Antonio Carlos Magalhães”, discursou Demostenes, numa alusão à emenda constitucional que instituiu o Fundo da Pobreza, idealizada pelo ex-senador.

Além da candidatura própria à Presidência, que não é consensual no partido, o DEM vai tentar aumentar de tamanho nas eleições municipais do ano que vem e em 2014, quando serão eleitos governadores e as bancadas do Congresso e das assembleias legislativas. O DEM foi o partido que mais perdeu filiados para o PSD do prefeito Gilberto Kassab. “Nós depuramos o partido, os que tinham conveniências pessoais deixaram o DEM”, disse Agripino Maia.

Outrora um dos maiores partidos do Brasil, o DEM de hoje coube numa sala de cerca de 50 metros quadrados nas dependências do Congresso, onde funciona a presidência do partido e onde foi realizada a convenção. Até o final do evento, que durou cerca de uma hora, apenas 70 convencionais haviam assinado a lista de presença.”

(Agência Estado)

Novo Código Florestal – Senado começa a discutir projeto

“O plenário do Senado começou a discutir o projeto de lei que trata do novo Código Florestal Brasileiro. O substitutivo apresentado pelo senador Jorge Viana (PT-AC), que já foi aprovado na Comissão de Meio Ambiente do Senado, está servindo de base para o debate no plenário.

Fruto de muita polêmica desde que começou a tramitar na Câmara dos Deputados, o texto de Viana tem o apoio do governo e da bancada ruralista nas duas Casas legislativas. Com isso, apesar da oposição de alguns senadores, é provável que a matéria seja aprovada por larga maioria ainda esta noite (6). Uma pequena manifestação ocorreu na área onde fica a chapelaria do Congresso Nacional, mas não houve tumulto e os manifestantes não chegaram a entrar no prédio do Senado.

Para colocar o projeto do Código Florestal em discussão, a maioria governista aprovou antes um requerimento de inversão de pauta que permitiu que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Desvinculação de Receitas da União (DRU) fosse discutida logo na abertura da ordem do dia. O trâmite era necessário porque a PEC da DRU precisa passar por cinco sessões de discussão antes de ser votada em primeiro turno.

Com a inversão de pauta, o projeto do código passou a ser analisado antes do projeto de regulamentação da Emenda Constitucional 29 que trata da distribuição de recursos para a saúde. A mudança na ordem de votação e discussão de matérias foi criticada pela oposição, que quer ver a regulamentação da emenda aprovada. Com apoio da maioria, no entanto, o projeto do Código Florestal pode ser colocado em discussão e poderá ser votado em seguida. Se aprovado, o texto ainda voltará para a Câmara dos Deputados que poderá aceitar ou não as alterações propostas pelo Senado.”

(Agência Brasil)

IBGE – PIB nacional estagnado no terceiro trimestre

“A economia brasileira ficou estagnada no terceiro trimestre em relação ao segundo trimestre deste ano, informou nesta terça-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação foi nula (0,0%), marcando estabilidade do Produto Interno Bruto (PIB, total de bens e serviços produzidos no país) em relação ao período imediatamente anterior. O resultado acumulado neste ano é 3,2% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado. Em valores correntes, o PIB brasileiro somou R$ 1,05 trilhão no 3º trimestre.

Grande parte dos analistas e o próprio governo esperavam por variação próxima de zero ou até queda. No segundo trimestre, o PIB tinha registrado alta de 0,7% em comparação aos três primeiros meses deste ano, o que mostra uma forte desaceleração no período de julho a setembro.

Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, o PIB brasileiro apresentou crescimento de 2,1%.

Pela ótica da oferta, o maior destaque coube ao setor de Agropecuária nas duas comparações. O segmento apresentou expansão de 3,2% em relação ao segundo trimestre deste ano. Já em comparação ao terceiro trimestre de 2010, o avanço foi de 6,9%. O maior destaque entre os produtos pesquisados coube, segundo o IBGE, ao crescimento da produção de mandioca. A produção de mandioca esperada para o acumulado do ano de 2011 é 7,3% maior do que a realizada em 2010. Para o feijão, a estimativa é de uma produção 6,1% maior do que a realizada no ano passado; e da laranja, 3,1%. Por outro lado, há queda na estimativa da produção do trigo (-14,1%), cana de açúcar (-9,4%) e café (-7,5%).

Já a indústria recuou 0,9% frente ao segundo trimestre de 2011 e registrou alta de 1,0% ante o mesmo período de 2010. E até mesmo Serviços, segmento que foi o grande destaque da última divulgação, recuou 0,3% e avançou 2,0%, respectivamente.

Já pela ótica da demanda, o consumo das famílias e a Formação Bruta de Capital Fixo, que sinaliza os investimentos, apresentaram retrações de 0,1% e 0,2%, respectivamente em relação ao segundo trimestre de 2011 e de 2,8% e 2,5% ante o mesmo período do ano passado.

O IBGE divulgou nesta terça-feira uma série de revisões, como tradicionalmente ocorre nas divulgações do PIB do terceiro trimestre. Agora, o PIB do segundo trimestre deste ano cresceu 0,7% e não 0,8% em relação ao período imediatamente anterior. No primeiro trimestre de 2011, a alta passou de 1,2% para 0,8%. No quarto trimestre de 2010, a alta foi mantida em 0,7%, na mesma base de comparação. No terceiro trimestre de 2010, o avanço passou de 0,4% para uma alta de 1,0% também neste tipo de comparação

Houve revisão também nas taxas de crescimento em comparação com o período equivalente do ano anterior. O PIB do segundo trimestre deste ano cresceu 3,3% em relação ao mesmo intervalo de 2010, sendo que antes foi estimado crescimento de 3,1%. O PIB do primeiro trimestre deste ano ficou com resultado 4,2% maior do que o mesmo período do ano passado. Houve mudanças também no resultado do quarto trimestre de 2010, que teve a taxa de crescimento alterada de 5,0% para 5,3% e no terceiro trimestre, de 6,7% para 6,9%.

A gerente da Coordenação de Contas Nacionais, Rebeca de Palis, explicou que o fato de a Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (Pnad) não ter sido incorporada aos dados do PIB na revisão das taxas contribuiu para que as alterações fossem pequenas em 2010. O PIB no ano passado foi mantido em 7,5%. Em 2010, ano de Censo, a Pnad não foi realizada.”

(Globo)

Mantega: Economia brasileira crescerá menos do que o previsto neste ano

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, admitiu hoje (6) que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil não chegará a 3,8% em 2011 como previa o governo. Pela manhã, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou que a economia brasileira não apresentou crescimento no terceiro trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior.

“Com esse resultado é difícil que tenhamos um crescimento de 3,8% como vínhamos projetando. Não só por causa do resultado do terceiro trimestre, mas porque o IBGE revisou o resultado dos dois primeiros trimestres do ano”, disse. “Esse resultado do PIB não muda as expectativas para 2012, quando teremos um crescimento maior. Vamos trabalhar para que haja um crescimento maior. O único instrumento que não mudará é a política fiscal”, completou.

O crescimento do PIB no primeiro trimestre deste ano, que havia sido anunciado como 1,2%, foi revisado para 0,8%. Já o do segundo trimestre passou de 0,8% para 0,7%.

O ministro ressaltou que o governo tem o controle da situação e reiterou que o Brasil está em situação bem diferente dos outros países ante a crise econômica internacional. Segundo Mantega, enquanto os outros países têm uma série de dificuldades, como a queda no consumo interno, o Brasil pode enfrentar os problemas com instrumentos para estimular o crédito e o consumo, como os anunciados na semana passada.”

(Agência Brasil)

Líder do Goveno retira urgência sobre Emenda 29

“Sem uma posição definida sobre a votação da Emenda 29, que repassa mais recursos para a área da saúde, o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), disse, nesta terça-feira, que pedirá a retirada da urgência da matéria. Com isso, não será fechado acordo com a oposição para condicionar a votação da Emenda 29 à aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que prorroga a Desvinculação de Receitas da União (DRU) até dezembro de 2015.

“Não haverá acordo. Vamos votar [a DRU] com a maioria”, disse Jucá à Agência Brasil. Na semana passada, o governo prometeu apresentar até esta sexta-feira uma proposta que viabilizasse a votação da Emenda 29. Contudo, segundo o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PT-PB), o Executivo, diante da ameaça do agravamento da crise internacional, não poderia vincular 10% de suas receitas a um setor específico.

“O governo considera que correr o risco de termos uma vinculação de 10% dos recursos brutos da União para uma área específica poderia tirar da mão do governo um instrumento importante para enfrentar a crise. Vamos retirar a urgência da Emenda 29, vamos abrir um debate sobre o financiamento da saúde para termos uma solução definitiva”, disse Costa.

Segundo ele, a ideia é formar uma comissão para, no ano que vem, apresentar uma alternativa para elevar os recursos da saúde. A decisão da base governista deve dificultar a votação da DRU. Com minoria na Casa, a oposição promete usar manobras regimentais, como a apresentação de emendas, para atrasar a aprovação da DRU. Pelo regimento do Senado, as emendas apresentadas devem ser analisadas pela Comissão de Constituição e Justiça.

Já o líder do PSDB, Álvaro dias (PR), disse que a oposição não está disposta a cooperar. “Na votação da DRU, se não houver deliberação da Emenda 29, não há razão para a oposição facilitar a vida do governo que quer um cheque em branco de R$ 62 bilhões com a DRU. Sabemos da nossas limitações, mas vamos obstruir o trabalho para dificultar a vida do governo.”

O governo considera a DRU uma prioridade para garantir o equilíbrio fiscal diante da crise econômica internacional. No entanto, o prazo para aprovar a PEC é curto porque o mecanismo atual perde a validade em 31 de dezembro. O Senado terá de discutir e votar a proposta, em dois turnos, até o final do ano legislativo, que termina em 22 de dezembro.”

(Agência Brasil)

Associação Caatinga abre vaga para técnico em educação ambiental

Aberta vaga para técnico em Educação Ambiental do projeto “No Clima da Caatinga”, da Associação Caatinga em Crateús/CE. O contratado deverá cumprir carga horária de 20 horas semanais, com remuneração de R$ 800,00 – contratação é autônomo (consultoria), durante 10 meses (com possibilidade de prorrogação).

O sinteressados deverão enviar currículo até o dia 13 de janeiro de 2012 para caatinga@acaatinga.org.br colocando no assunto “Vaga Técnico de Educação Ambiental” ou entregar no escritório da Associação Caatinga, na rua Instituto Santa Inês, 658, Centro, Crateús/CE. A contratação acontecerá em fevereiro do próximo ano.

REQUISITOS

• Graduação com Licenciatura em biologia, geografia, química, pedagogia, ou áreas afins;
• Experiência em projetos educativos;
• Dominar programas básicos de informática como Word, Excel, Power point, internet;
• Gostar de trabalhar com alunos (crianças e jovens) e educadores;
• Ser comunicativo e possuir boa comunicação oral e escrita;
• Ser comprometido com a causa ambiental e com a conservação da natureza;
• Ser criativo, dinâmico, pró-ativo;
• Trabalhar bem com metas e prazos e em equipe;
• Capacidade de liderar processos e de lidar com diversas tarefas;
• Dispor de forte senso de organização, planejamento  e capacidade de trabalhar sob supervisão mínima;
• Capacidade crítica e estratégica.

SERVIÇO

Coordenadoria de Educação Ambiental
Associação Caatinga
Fone/Fax: (85) 3241-0759
www.acaatinga.org.br

Ana Maria Machado será eleita presidente da ABL

Ana Maria Machado será a primeira mulher eleita para a presidência da Academia Brasileira de Letras, no próximo dia 8 de dezembro. Mas não a primeira mulher a ocupar o posto. Nélida Pinõn já dirigiu a ABL, nas licenças médicas do então presidente Antônio Houaiss.

Aliás, Ana Maria também exerceu a interinidade, como vice de Marcos Vilaça, desde 2010. “Sabemos no que estamos nos metendo”, diz sorrindo um eleitor da escritora.

(Ricardo Boechat – InstoÉ)

Prêmio Jovem Cientista terá presença de Dilma

“A presidenta Dilma Rousseff participa hoje (6), em Brasília, da entrega do 25º Prêmio Jovem Cientista. Será às 11 horas, no Palácio do Planalto.

Jovens do Rio de Janeiro, de São Paulo, da Paraíba, de Minas Gerais, do Tocantins e Distrito Federal estão entre os contemplados. O tema este ano foi Cidades Sustentáveis. Os vencedores desenvolveram trabalhos sobre o acesso ao saneamento básico, a integração entre geração de energias renováveis e mobilidade sustentável e embalagens ecológicas para mudas de plantas, entre outros temas

O prêmio, que completa 30 anos de existência, tem como objetivo incentivar os cientistas a utilizar seu conhecimento para responder a problemas sociais críticos e emergenciais do país.

Estarão presentes ao evento os presidentes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Glaucius Oliva, e da GE na América Latina, Reinaldo Garcia, a vice-presidente do Instituto Gerdau, Beatriz Gerdau Johannpeter, ministros e parlamentares.”

(Agência Brasil)

Dilma cobra fidelidade para aprovar a DRU até dia 22

“Para evitar novas surpresas que coloquem em risco a aprovação da Desvinculação das Receitas da União (DRU) até o próximo dia 22, a presidente Dilma Rousseff fez nesta segunda-feira uma reunião de coordenação ampliada para dar uma ordem unida: que líderes e ministros políticos monitorem e cobrem fidelidade dos seus partidos no Senado.

O monitoramento é especial em cima de oito senadores aliados que assinaram emendas da oposição ao texto original da DRU, mecanismo que permite ao governo mexer livremente em 20% de suas receitas e considerada fundamental pela presidente para enfrentar a crise econômica.

Se a oposição conseguir apoio de 27 senadores e apresentar emenda à DRU, a proposta volta para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), impedindo que a votação seja concluída dia 22. A emenda da oposição já chegou a ter 28 assinaturas, mas os senadores Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Paulo Davin (PV-RN) retiraram apoio, a pedido do governo.

Para não ficar só na cobrança, Dilma autorizou que ministros e líderes estudem o atendimento de pleitos pontuais dos aliados e alguma compensação na área de Saúde, para evitar a aprovação da Emenda 29, que aumenta de 7% para 10% da receita da União os gastos no setor. ”

(O Globo)

Ivete Sangalo está "lúcida e tranquila", dizem irmãos

“Internada desde a madrugada desta segunda-feira (5) no Hospital Aliança, em Salvador, Ivete Sangalo está “lúcida e tranquila”. A afirmação é de Ricardo e Jesus Sangalo, irmãos da cantora, que a visitaram durante o dia.

Segundo a assessoria de imprensa da cantora, Ivete está recebendo medicação intravenosa para fortalecer o corpo. No entanto, apesar da suspeita de meningite viral, os médicos passaram o dia realizando uma série de exames para confirmá-la. Um novo boletim deve ser divulgado pelo hospital na manhã desta terça (6) com os novos dados.

Conhecer o tipo de meningite é necessário para estabelecer exatamente qual tratamento será adotado, além de dar a ela uma estimativa do tempo que a internação irá durar.

O caso
Ivete começou a se sentir mal logo depois de voltar do CarNatal, realizado no domingo (4), no Rio Grande do Norte. Na madrugada desta segunda (5), queixou-se de fortes dores de cabeça e foi encaminhada ao hospital.

De acordo com o boletim médico divulgado no início da tarde, a doença não é contagiosa, o que anulou a possibilidade de ela ter contraído meningite meningocócica tipo C.

Seus próximos compromissos nesta semana – quarta-feira (7), em Recife (PE), e sábado (10), em São Bernardo do Campo (SP) – foram cancelados.”

(Portal Terra)

DETALHE – Ivete Sangalo é a principal atração do Réveillon de Fortaleza.

Cid participa de ciclo de debates em Salvador

O governador Cid Gomes (PSB) dará, nesta terça-feire, em Salvador, no evento “Diálogos Nordeste – Século XXI”. A prooção é da revista Carta Capital.

O governador Jacques Wagner abrirá o ciclo de palestras, que terá ainda o governador de Pernambuco, Eduardo Campos.

Cid Gomes falará durante o encontro sobre os investimentos que o Estado realiza em vários setores. Deve destacar principalmente siderúrgica, Centro de Eventos, Cinturão Digital e até o aquario.

Novo Código Florestal prejudica Nordeste, diz Balhmann

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=S2UCUXvvmhA[/youtube] 

O Novo Código Florestal, em tramitação no Senado, deve voltar para a Câmara. Essa é a previsão do deputado federal Antonio Balhmann. O parlamentar diz que o objetivo é restabelecer na Câmara conquistas do Nordeste que, no texto do Senado, sofre sérias restrições em matéria de produção de alimentos.

Fernando Pimentel receeu R$ 400 mil de empresa "pequeninha" para dar consultoria

58 2

“Uma “empresa de informática pequeninha”, nas palavras do próprio ministro da Indústria, Desenvolvimento e Comércio Exterior, Fernando Pimentel (PT), pagou R$ 400 mil pelos serviços da P-21 Consultoria e Projetos Ltda, empresa mantida pelo petista entre sua saída do comando da prefeitura de Belo Horizonte, em 2009, e a chegada ao governo federal, em 2011.

Firma especializada em “cabeamento estruturado para rede de computadores”, a QA Consulting Ltda pertence a Alexandre Allan, de 36 anos, e Gustavo Prado, de 35, filho de Otílio Prado, sócio minoritário de Pimentel na P-21 Consultoria.

O pagamento pela consultoria de Pimentel se deu em duas parcelas de R$ 200 mil. A primeira foi paga em 19 de fevereiro de 2011, dois dias antes de a QA Consulting receber R$ 230 mil da construtora HAP Engenharia para prestar serviços de “infraestrutura para soluções de rede”.

A título de tributação, o serviço foi declarado como de engenharia civil mas, segundo o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG), não há registro de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) referente ao serviço alegado pela empresa. A segunda parcela foi paga em maio de 2010.

A HAP é velha conhecida de Fernando Pimentel: em maio deste ano, o ex-prefeito de Belo Horizonte tornou-se réu em ação civil pública ao lado do dono da empresa, Roberto Senna. A construtora é acusada de superfaturar obra da prefeitura de Belo Horizonte em R$ 9,1 milhões e de desviar recursos para a campanha de Pimentel em 2004, quando o petista disputou a reeleição para a prefeitura da capital mineira.

Na época, Pimentel contratou sem licitação a Ação Social Arquidiocesana (ASA), da Arquidiocese de Belo Horizonte, para construir 1,5 mil casas. A entidade subcontratou a HAP, e o custo da obra passou de R$ 12,7 milhões para R$ 26,7 milhões. Segundo o Ministério Público, metade das casas não foi entregue. O processo corre na 4ª Vara da Fazenda Pública Municipal de Belo Horizonte.

A QA Consulting é a terceira maior cliente da consultoria de Pimentel, que em dois anos faturou R$ 2 milhões. Conforme mostrou O GLOBO no domingo, a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) pagou R$ 1 milhão por serviços ao ministro, e a construtora mineira Convap, outros R$ 514 mil, meses antes de abocanhar em consórcio R$ 95,3 milhões em contratos no governo do aliado de Pimentel, Márcio Lacerda (PSB).

A QA pagou R$ 400 mil pela consultoria de Pimentel, apesar da sua peculiar situação financeira: de acordo com a Junta Comercial de Minas Gerais, está enquadrada como microempresa (faturamento anual de, no máximo, R$ 360 mil, de acordo com a nova legislação).”

(Globo)

Professores fazem protesto no aeroporto contra mudança na Lei do Piso Nacional

91 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=OuuOS-SpyJA[/youtube]

Vestidos de palhaço e outros adereços, cerca de 50 professores mobiliados pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sindiute) realizaram, nesta madrugada de terça-feira, um protesto no setor de embarques do Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza.

O ato, que ocorre em outros aeroportos, segundo Gardênia Baima, do Sindiute, é uma pressão política contra mudança na forma de reajuste do piso nacional dos docentes, que sai do índice de custo/aluno para INPC.

Segundo Gardênia, a mudança foi feita pelo relator da matéria, no caso o vice-líder do PT na Câmara, José Nobre Guimarães, no que fez o Sindiute e outras entidades da categoria fazer um corpo a corpo junto a parlamentares federais para reverter essa situação.

Faixas e cartazes estampavam o protesto.

Parlamentares federais como João Ananias (CdoB), abordados, imediatamente diziam estar do lado dos professores. “Nós vamos nso inteirar dessa matéria em Brasília”, prometeu Ananias. Também os deputados federais Artur Bruno (PT) e Raimundo Gomes de Matos (PSDB) manifestaram solidariedade à luta dos docentes.

(Fotos – Paulo MOska)

Playboy entrevista Luís Fernando Veríssimo

284 1
Da Playboy, recebemos nota sobre exemplar mensal que está chegando às bancas nesta semana.

Luís Fernando Veríssimo é o entrevistado da Playboy deste mês. Ele fala, entre outros assuntos, sobre internet, política e o novo humor. Aparentemente “dono” de quatro contas no Twitter, ele afirma que nenhuma dela é verdadeira e que não está em nenhuma das redes sociais que ultimamente são febre entre os brasileiros. Outra situação polêmica na rede que envolve o escritor são seus textos: “De cada cinco textos atribuídos a mim na internet, ao menos quatro não fui eu que escrevi” conta.

Famoso por suas crônicas de humor, Verissimo afirma que vê as novas tecnologias como fatores que impulsionam o sucesso da nova geração de escritores e humoristas, mas revela “Não aprovo o vale-tudo no humor, mas o que não vale deve ser uma decisão pessoal. E o leitor ou espectador tem sempre a opção de não ler ou não ver aquilo que o ofende”, diz.

Verissimo comentou também que escreve para três grandes jornais do país e muitas vezes discorda da postura política desses veículos, mas diz: “O politicamente correto acabou com certos estereótipos, mas não podemos chegar ao ponto de chamar anão de ‘cidadão verticalmente prejudicado’ ”.

Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica acaba até 2014

“O governo decidiu acabar até 2014 com a principal declaração entregue hoje pelas empresas ao fisco, a do Imposto de Renda da Pessoa Jurídica, informa Lorenna Rodrigues em reportagem na Folha desta terça-feira.

Para atender a ordem de racionalizar o sistema tributário brasileiro, dada pela presidente Dilma Rousseff em seu discurso de posse, a Receita Federal também vai extinguir mais sete documentos e adotar medidas para simplificar o PIS/Cofins.

Em entrevista à Folha, o secretário da Receita, Carlos Barreto, disse que várias declarações não são mais necessárias porque o órgão já dispõe das mesmas informações por meio sistemas eletrônicos, notas fiscais eletrônicas e do Sped (Sistema Público de Escrituração Digital).

“Não justifica mais a gente exigir do contribuinte uma declaração sobre algo que já temos”, afirmou. A mudança pode ser feita apenas com uma instrução normativa. Segundo Barreto, nas próximas semanas, a Receita dará início à faxina com o fim da DIF-Bebidas, que traz informações sobre a produção de cervejas e refrigerantes.

  Editoria de Arte/Folhapress  

(Folha)

BNB faz confraternização com a imprensa

O presidente do Banco do Nordeste do Brasil, Jurandir Santiago, comanda nesta terça-feira, a partir das 19h30min, a festa de confraternização com a imprensa. O encontro ocorrerá no Fashion Gourmet Bistrô, situado na avenida Santos Dumont, 3.600, no bairro Aldeota.

Na ocasião, Jurandir deverá divulgará alguns dados que apontam para um fechamento em alta do BNB neste ano.