Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Entidades de defesa do consumidor cobram mais transparência da Anac e empresas aéreas

Aeroporto Pinto Matins

“A insatisfação dos usuários de transporte aéreo está associada principalmente a problemas de atrasos de voos, desvio ou extravio de bagagens, baixo índice de solução das queixas contra empresas aéreas e à falta de transparência de dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Os dados foram apresentados hoje (28), em audiência pública no Senado, por representantes de entidades de defesa do consumidor.

“Meu atraso a esta audiência se deve ao fato de eu ter vindo de avião”, disse a gerente jurídica do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Maria Elisa Novais, ao iniciar sua exposição. Segundo ela, “o consumidor não é bem atendido e não está contente com [o alto índice de] cancelamentos, atrasos, overbooking (venda de bilhetes acima do número de assentos disponíveis), furtos ou extravio de bagagens e com a falta de informações”.

A gerente do Idec disse ainda ter enviado, em meados de 2011, uma carta à Anac solicitando informações como número de atrasos de voos e índice de passageiros vítimas de problemas com bagagens. “Até hoje essa carta não foi respondida”, lembrou.

Ela acrescentou que “quem tem problema de furto ou extravio de bagagens simplesmente não consegue resolver a questão, porque a empresa simplesmente não tenta solucionar esse tipo de problema. Só consegue [algum tipo de solução] o passageiro que recorre à Justiça. Temos de evitar isso e resolver essa questão administrativamente”.

Na carta enviada à Anac, o Idec solicitou – e também não obteve resposta – informações simples, como o total de multas aplicadas e a quantia efetivamente recolhida pela entidade a partir das multas. “Falta transparência, falta fiscalização da Anac, punição eficaz às empresas aéreas e falta solução dos problemas. Além disso, são grandes as dificuldades do consumidor em fazer as reclamações de forma prática”. Segundo Maria Elisa, o índice de insatisfação com as empresas é bastante alto.

“O índice de atrasos não é tão grande. A senhora tirou esses números da sua cabeça”, rebateu o representante do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea), José Márcio Monsão Mollo. “Além disso, as comparações têm de ser feitas com países de perfil similar ao do Brasil”, acrescentou.  

Segundo ele, “apenas” 35% dos atrasos podem ser atribuídos às empresas . “O restante pode estar relacionados a fatores meteorológicos ou a problemas de infraestrutura”, disse. “E as punições da Anac vêm aumentando ano a ano”.

Tendo por base números apresentados pela Secretaria de Aviação Civil (SAC), Mollo disse que boa parte do valor das tarifas se deve aos gastos das empresas com combustível (32% do custo total das empresas) e aos encargos com pessoal (19%).”

(Agência Brasil)

Em comparação aos tigres asiáticos, Brasil vive crescimento de onça nordestina, diz Dilma

191 2

“De bom humor, a presidente Dilma Rousseff afirmou, nesta terça-feira, em discurso no Recife durante a inauguração do Habitacional Via Mangue II – um conjunto de moradias construído pela gestão municipal em parceria com o Governo Federal e Caixa Econômica Federal, que o Brasil vvie um crescimento de “onça nordestina”, em compoaração aos tigres asiáticos.

Antes da observação curiosa, Dilma atribuiu o crescimento diferenciado ao resultado do governo Lula e o dela mesma.

“No passado, o Brasil crescia só no Sul e no Sudeste. A partir de 2003, esta forma de crescimento mudou, não deixa mais pessoas e regiões de fora. Hoje, o crescimento do Nordeste muitas vezes é maior do que o Brasil. Não é um tigre asiático, nós temos uma onça nordestina”, falou”.”

(JC Online)

Montanhista cearense fala sobre expedições

O montanhista cearense Rosier Alexandre fará palestra nesta terça-feira, a partir das 19 horas, no auditório da Fiec, sobre o tema “Planejamento: os detalhes que fazem a diferença – Apresentação da Expedição ao Carstensz (4.884m), a maior montanha da Oceania.” Esta foi a quarta etapa do Projeto Sete Cumes.

Nesta expedição, Rosier sofreu três emboscadas pelos nativos da Papua, sendo que em uma delas foi tomado como refém e ficou durante 30 minutos sob a mira de armas. Mesmo assim, diz ele, conseguiu concluir a expedição com sucesso, chegou ao cume e cumpriu a meta estabelecida.

Na apresentação Rosier vai contar sua trajetória, como saiu da zona rural na caatinga sertaneja para o cume das maiores montanhas da terra. Vai relatar a expedição apresentando fotos e vídeos, além de detalhar o planejamento para enfrentar situações de risco e traçar um paralelo com o planejamento pessoal e empresarial.

Que o eleitor não caia na conversa eleitoreira

Com o título “Juízo, gente, juízo”, eis artigo da professora e jornalista Adísia Sá, que saiu publicado no O POVO desta terça-feria. Ela aborda as eleições e a verborragia agora ensaiada pelos pretensos candidatos. Confira:

Passou o Carnaval e, como o cearense – em tese – não é folião e gosta da tranquilidade de casa, não fugi à regra e tomei o caminho da Mansão Castelo. E é lá que. repouso, medito, converso, jogo rumikub com a amiga Lúcia Dummar e especulo sobre o que espera a nossa cidade das eleições que se aproximam.

Alguns candidatos já aparecem falando nos problemas da cidade e, o que é mais surpreendente, apontando solução para tudo. Digo “surpreendente” porque jamais pensei que tais criaturas sabiam de nossa existência e nos tomassem como “ouvidores” de suas sabedorias.

Graças a Deus sou uma pessoa mal-educada e não abro mão dessa “qualidade”. Quando os meus ouvidos não mais suportam o lenga-lenga que os saturam, coloco a boca no mundo e também dou “aulas” de Fortaleza.

Não sei se tais criaturas captam a mensagem: “gente, por favor, vai plantar batatas e me deixe em paz”. Mensagem cifrada, diga-se, pelo gestos de enfado e insistentes perguntas: “como foi que falou?” Mas, francamente, é aí que a paciência se faz necessária, porque é nesses momentos que os pretendentes a nossos votos se desnudam à nossa frente. Há os sabidos, os que pensam que somos beócios e saturam nossos ouvidos e paciência com o rosário de seus projetos, intenções, promessas.

Pois o que peço aos leitores é justamente o que o título do comentário anuncia: juízo, gente, juízo. Não reclame, não boceje; também não bajule, não dê corda – simplesmente ouça, como uma pessoa educada. Agora é a hora e a vez de “juízo, gente, juízo.” Ouça tudo e se fizerem chegar às suas mãos panfletos, receba, agradeça. Depois dê o destino que você acha que deve dar ao que lhe foi dado.

Esse é um momento privilegiado: os candidatos se desnudam à nossa frente. Aguente firme, juízo, juízo_ ouvir é uma arte, silenciar é sabedoria e agir é obra do Espírito Santo que desce sobre nós sob a forma de uma pombinha…

* Adísia Sá

adisiasa@gmail.com

Jornalista

Com entrada de Serra, PSDB admite adiar prévias

“O PSDB admite a possibilidade de adiar a prévia, marcada para o próximo domingo, para a escolha do candidato do partido a prefeito de São Paulo por causa da entrada do ex-governador José Serra na disputa, mesmo sem a concordância dos outros dois postulantes, o secretário estadual José Anibal e o deputado federal Ricardo Trípoli.

– Nós estamos tendo a entrada de uma pessoa que foi candidata a presidente, ex-governador, com uma história enorme no partido. Nós vamos avaliar amanhã se há (necessidade de adiar as prévias). Primeiro eu quero se franco que nós vamos trabalhar de todas as formas possíveis para não alterar a data, até a pedido dos dois pré-candidatos. Se houver qualquer necessidade, vamos ter que aprovar na Executiva e será uma mudança muito pequena de datas – afirmou o presidente do partido em São Paulo, Júlio Semeghini, antes da realização de um debate entre Anibal e Trípoli.

Como o governador Geraldo Alckmin já havia feito na véspera, nesta segunda-feira, Semeghini e o deputado federal Edson Aparecido procuraram os dois pré-candidatos novamente para convencê-los a aceitar o adiamento da prévia. Anibal e Trípoli rechaçaram o pedido mais uma vez.

– Eu disse a eles que é desnecessário adiar – afirmou Anibal.

– Não concordo (com adiamento)– disse Trípoli.”

(Globo)

Maconha ainda é a principal droga usada na América do Sul, diz relatório

“Relatório divulgado hoje (28) pela Junta Internacional de Fiscalização a Entorpecentes (Jife), órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), mostra que a maconha continua sendo a principal droga usada na América do Sul. A prevalência anual de abuso de maconha atingiu 3% da população da região entre 15 e 64 anos, ou seja, cerca de 7,6 milhões de pessoas, em 2009.

De acordo com o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc), cerca de 20% da maconha usada no Brasil têm origem doméstica e 80% entram no país pelo Paraguai. Em 2010, as autoridades brasileiras destruíram 2,8 milhões de plantas de cannabis, incluindo mudas, e apreenderam mais de 155 toneladas da erva.

A cocaína é a principal droga usada por pessoas que se submetem a tratamento por problemas com substâncias químicas na América do Sul. Segundo o relatório da Jife, em 2010, as apreensões de cocaína, tanto na forma de base quanto na de sal, diminuíram em vários países da região, incluindo a Argentina, Colômbia, o Equador, Uruguai e a Venezuela, se comparadas ao ano anterior.

A quantidade total de cocaína apreendida diminuiu de 253 para 211 toneladas na Colômbia, e de 65,1 para 15,5 toneladas no Equador. De 2009 a 2010, a quantidade total de cocaína apreendida  no Peru aumentou em quase 50%, indo de 20,7 para 30,8 toneladas. Em 2010, um aumento da quantidade de cocaína apreendida também foi relatado pela Bolívia (29,1 toneladas), pelo Brasil (27,1 toneladas), Chile (9,9 toneladas) e Paraguai (1,4 toneladas).

Em 2010, a área total de cultivo ilícito de arbusto de coca na América do Sul era 154,2 mil hectares,
6% menos do que em 2009. A área sob cultivo ilícito diminuiu significativamente na Colômbia e teve ligeiro aumento no Peru. No entanto, não houve mudança considerável no cultivo de coca na Bolívia.

De acordo com o relatório, a Interpol (organização internacional que ajuda na cooperação de polícias de vários países) e o Unodc estimam que o mercado ilícito global de cocaína valha mais de US$ 80 bilhões. Desde 1998, o mercado ilícito de cocaína na América do Norte, que corresponde a 40% do mercado, tem diminuído, enquanto a demanda por cocaína na Europa, responsável por 30% do mercado, tem aumentado.”

(Com Agência Brasil)

Em clima de “tapas e beijos”, a aliança Cid-Luizianne continua

Eis comentário de Erico Firmo, em sua Coluna Política no O POVO desta terça-feira. Ele aborda a visita de Dilma, em clima de bombeiro que veio para apaziguar a aliança política entre o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne lins (PT). Confira:

Dilma, os simbolismos e a aliança no Ceará

A frente governista no Ceará se mantém sempre aos trancos e barrancos, raramente tem paz e caminha sempre no fio da navalha. Mas há fortes laços que os mantêm unidos. Um deles é a percepção de que, separados, nenhum dos grupos detém sozinho a hegemonia total no Estado. O outro são os fiadores da aliança. O principal deles é o ex-presidente Lula. A lista também inclui Dilma Rousseff – menos pela sua força pessoal, mais pelo que representa: a Presidência da República. Até a noite de ontem, não havia vazado informação sobre tratativas políticas entre a presidente, o governador Cid Gomes (PSB) e a prefeita Luizianne Lins (PT). Ainda assim, a visita de ontem foi repleta de simbolismos. O principal deles, a presença de Cid e Luizianne juntos em toda a agenda, ao contrário do que estava previsto, segundo as respectivas assessorias. Em agosto do ano passado, na primeira visita presidencial de Dilma ao Ceará, a prefeita não participou dos compromissos, todos fora da Capital naquela oportunidade. Outro simbolismo foi a declaração da presidente em relação ao governador. Na última visita dela ao Ceará, há menos de um mês, os dois haviam se desentendido. Reservadamente, Dilma cobrou do governador sobre a demora nas desapropriações para as obras da Transnordestina. Colocou em xeque, assim, a competência administrativa da gestão estadual. Ontem, ela publicamente disse o contrário. Ressaltou sua competência e citou a formação de engenheiro que o capacita a resolver problemas de difícil resolução. Com isso, ela colocou uma pedra sobre o problema passado e restituiu a sempre positiva relação entre ambos – bem acima da média mantida com a maioria dos governadores. Além disso, Dilma demonstra toda sua deferência em relação a Cid. Assim, sinaliza ao PT que não aprova, de maneira alguma, a hipótese de rompimento.

O Ceará tem importância nacional na base de sustentação governista e a principal razão para isso é a presença política da família Ferreira Gomes. De Brasília, todos os esforços serão no sentido de manter a aliança. E, ontem ficou claro, a pressão recairá mais sobre o PT que sobre o governador. Cid até provocou a presidente a falar sobre o assunto, durante o almoço, conforme informam os repórteres Ranne Almeida, Lucinthya Gomes e Pedro Alves, no O POVO. Mas a presidente se esquivou e jogou a peteca para o presidente do PT, Rui Falcão. Não é o ofício dela adentrar pelos meandros da política. Mas o mero ritual cumprido ontem representou mensagem eloquente.

Como dizia, no O POVO de ontem, o deputado federal José Guimarães (PT): “Claro que ela não vai tratar dessa questão aqui, mas a presença dela demonstra que o PT precisa estar aliado ao PSB e vice-versa. Ela não vem tratar disso, mas a presença dela diz isso”.

Na visita de Dilma ao Ceará, Ciro fica com a língua de molho

98 2

 

O ex-ministro Ciro Gomes (PSB) não apareceu, ontem, nos atos cumpridos pela presidente Dilma Rousseff em sua agenda no Estado.

Preferiu recuo estratégico diante de um cenário onde a prefeita Luizianne Lins (PT), por exemplo, alvo de muitos dos seus torpedos, seria uma das estrelas.

Ciro integra o bloco no PSB que gostaria de ver a legenda com candidatura própria em Fortaleza. Ele, pelo visto, é integrante do bloco do “Fogo amigo”, que tanto reclama a prefeita de querer dar cabo na aliança PT-PSB.

Depósito milionário na conta de ex-vice do BB é investigado

“O ex-vice-presidente do Banco do Brasil Allan Toledo, que até dezembro ocupava uma das áreas mais importantes da instituição, está sendo investigado por ter recebido quase R$ 1 milhão numa conta bancária no ano passado, informa reportagem de Andreza Matais, publicada na Folha desta terça-feira.

Além de abrir uma sindicância interna para apurar o caso, o banco também notificou a Polícia Federal.

O executivo recebeu em sua conta depósitos mensais no valor de R$ 953 mil. O dinheiro foi transferido para a conta dele pela aposentada Liu Mara Fosca Zerey, de 70 anos.

OUTRO LADO

Toledo disse ser procurador da aposentada e que abriu a conta no banco para administrar o dinheiro dela.

Segundo ele, o valor é proveniente da venda de uma casa da aposentada, localizada no Novo Brooklin (São Paulo), para o empresário Wanderley Mantovani.

Certidão da Prefeitura de São Paulo, porém, mostra que a casa continua em nome de Liu Mara Fosca Zerey. Também não há registro em cartório de compra e venda do imóvel e a aposentada continua morando na casa um ano e dois meses após a transação alegada.”

(Folha)

CNJ de olho nas terceirizações do Judiciário cearense

“A corregedora-geral do Conselho Nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon, agendou visita ao Ceará para o próximo mês. A informação é do conselheiro do órgão, Jorge Hélio, acrescentando que ela estará à frente de comissão especial que, entre várias questões, vai promover audiência pública com setores da sociedade civil e também se inteirar sobre uma série de queixas no plano das terceirizações no Poder Judiciário.

“Há muitas denúncias sobre uso de prédios e servidores de prefeituras por parte de comarcas”, diz ele. Jorge Hélio considera esse tipo de situação “um absurdo” que acaba comprometendo a independência do Poder.

Não está confirmado ainda se, nessa agenda, vai conversar com o governador Cid Gomes, que andou cortando o orçamento do Judiciário, o que continua alvo de protesto dos servidores.

(Coluna Vertical, do O POVO)

Voo da TAM não pousa em Teresina por causa do mau tempo

102 1

O voo 3883, da TAM, que cumpre a rota Fortaleza-Teresina-Brasília, deixou a Capital cearense por volta das 3h20min desta terça-feira mas, por causa do mau tempo na Capital piauiense, acabou retornando para o Aeroporto Internacional Pinto Martins.

Os passageiros oriundos de Fortaleza desembarcaram da aeronave, ficando no voo quem estava com bilhete para Brasília. Veio a informação de que aqueles com destino a Teresina seriam acomodados em outro voo, o que ocorre neste começo de manhã.

Comando da Polícia Militar terá que explicar supostos abusos

O Comandante da PM do Estado do Piauí, Coronel Rubens Pereira, terá que explicar à comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, porque estudantes teriam sido atingidos com spray de pimenta quando estavam ao chão e, aparentemente, não ofereciam nenhum tipo de resistência.

As manifestações contra o aumento da passagem em Teresina foram deflagradas no início de janeiro deste ano. No movimento, várias denuncias de PMs agredindo manifestantes foram feitas, inclusive culminando no afastamento de alguns policiais.

(180graus.com)

Wikileaks: Compra de jatos seria a aposentadoria de Lula

139 4

“Um dos milhões de e-mails da empresa de inteligência e análise estratégica Stratfor que o site WikiLeaks começou a divulgar nesta segunda-feira diz respeito à compra de equipamento militar pelo Brasil durante o governo Lula.

Um funcionário do governo americano alocado no Brasil conversa sobre o negócio com um consultor da Stratfor chamado Marko Papic. Embora afirme não ter provas, ele é devastador no seu parecer: “A compra de submarinos é tão sem sentido que só pode ter a ver com propina. Lula provavelmente está cuidando do seu plano de aposentadoria. E veja só: a compra acontece ‘curiosamente’ no fim de seu mandato. O mesmo vale para os jatos. Nosso Departamento do Tesouro é vingativo quando se depara com subornos. Não podemos fazer nenhum negócio real num lugar corrupto como o Brasil. Os franceses não têm esses problemas”.

Marko Papic ainda acrescenta um comentário: “Não é que eu discorde, mas acredito que a França também tornou a propina ilegal”.

O servidor americano finaliza: “Desculpe-me não ter mais informações no que diz respeito à estratégia brasileira. A nossa avaliação é de que isso é puramente suborno. A única diferença é que agora o Brasil tem dinheiro, muito dinheiro, e pode de fato adquirir os equipamentos. Quero dizer, seria mera coincidência eles comprarem tanto equipamento militar da França? Os franceses sabem como realizar subornos”.

A mensagem faz parte de Os Arquivos de Inteligência Global, com mais de 5 milhões de e-mails da companhia Stratfor, no Texas, EUA, divulgados nesta segunda-feira pelo WikiLeaks. Os e-mails datam de julho de 2004 a dezembro de 2011. Entre os clientes da Stratfor estão o Departamento de Segurança Pública dos Estados Unidos, a Marinha americana e grandes empresas.”

(Veja Online)

De Fortaleza, Dilma cumprirá agenda no Recife

“A presidente Dilma Rousseff (PT) tem sua chegada no Recife prevista para a noite desta segunda-feira e seu primeiro compromisso é um jantar reservado na casa do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB).

O cardápio gourmet ainda não foi divulgado, mas o político já está mais que claro. Por mais que muitos protagonistas neguem, alegando que a presidente não vai interferir nas questões políticas do município, parece bem óbvio que a sucessão na capital pernambucana será entrada, prato principal e sobremesa na residência no bairro de Dois Irmãos.

O desenho de coligações que se faça este ano é fundamental para as articulações de 2014, quando Eduardo precisará garantir seu sucessor no comando do Estado.

A visita da presidente tem objetivo nítido de alavancar o nome do prefeito João da Costa (PT), afinal não se vê todo dia Dilma sair de Brasília apenas para inaugurar conjuntos habitacionais. Claro que a disputa em São Paulo também pode – e deve – entrar no cardápio. Agora que o ex-governador paulistano José Serra (PSDB) entrou na disputa, o PT precisa ter de maneira clara que o carinho existente entre o PSB e os tucanos não vai impedir o apoio dos socialistas ao candidato petista, Fernando Haddad.

As unidades que serão inauguradas no Recife estão localizadas no Pina, na Zona Sul, e abrigarão 480 famílias que sobreviviam em ocupações no caminho da Via Mangue, sistema viário que está sendo aberto para (tentar) garantir mobilidade na cada vez mais congestionada capital. A inauguração está prevista para a manhã de terça-feira (28).

Os dois habitacionais são feitos com verba federal: contam com investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na soma de R$ 34,2 milhões.”

(JC Online)

Eleições 2012 – TSE aprecia resolução sobre prestação de conta para candidatos

O ministro Gilson Dipp, do Tribunal Superior Eleitoral, devolverá, nesta terça-feira, ao plenário da Corte o julgamento da resolução que trata da prestação de conta para os candidatos das eleições deste ano.

Dipp havia pedido vista do processo depois que o relator do caso, ministro Arnaldo Versiani, propôs que só os políticos com contas apresentadas e aprovadas poderiam se candidatar.

Atualmente, basta apresentar a conta da última campanha para conseguir o registro e disputar as eleições.

(Poder Online)

Empresa não pode ter nome no Serasa por dívida fiscal

“Uma liminar proferida neste mês proíbiu a Secretaria da Fazendo do Estado de São Paulo de inscrever no Serasa o nome de uma empresa que está devendo ICMS. O nome da companhia consta no serviço de restrição ao crédito por conta de uma Ação de Execução Fiscal no valor de R$ 98 mil, distribuída em junho de 2009.

A companhia alega que “a prática do comércio por parte da empresa está praticamente inviabilizada” com a restrição ao crédito, que, se mantida, causaria prejuízos irreparáveis. O advogado da companhia afirma, na ação, que se trata de uma empresa familiar “cujos ganhos sustentam as pessoas de seus sócios e funcionários”.

A liminar foi publicada pela da 2ª Vara da Fazenda Pública de Osasco (SP) no dia 17 de fevereiro. A companhia também contesta o valor da própria cobrança que, segundo o advogado Alexandre Arnaut de Araújo, responsável pelo caso, deveria ser de R$ 44 mil e não de R$ 98 mil. Ele argumenta que este seria o valor constante na Certidão da Dívida Ativa da empresa, anexada à execução fiscal. No entanto, o pedido não foi deferido na liminar e deve ser apreciado no julgamento de mérito.

A defesa afirma também que, por um erro no preenchimento das guias de recolhimento do ICMS, R$ 28 mil pagos não foram abatidos da dívida. Apesar de reconhecer que o erro no preenchimento foi da própria companhia, a empresa pede que os valores sejam considerados, uma vez que foram direcionados ao caixa do estado.

“É de conhecimento da requerente que aquele que paga mal deve pagar duas vezes, segundo tradicional vocábulo jurídico, o que não deve, no entanto, motivar o enriquecimento ilícito por parte do Estado”, argumenta Araújo.

Além de reconhecer a dívida como sendo de R$ 44 mil dos quais já foram pagos R$ 28 mil, a defesa pede que seja afastada a incidência de multa e juros e que a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo seja condenada a pagar custas e honorários advocatícios de 20% do valor da causa, ou seja, de R$ 8,8 mil.”

(Consultor Jurídico)

Protestos contra o VLT marcam passagem de Dilma por Maracanaú

91 1

“Nem a forte chuva que caia sobre Maracanaú esfriou os ânimos dos manifestantes que protestavam contra a obra da linha do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT), durante a visita da presidente Dilma, na manhã desta segunda, 27.

Os integrantes do movimento direcionaram seu descontentamento principalmente contra o governador Cid Gomes (PSB), que foi recebido com gritos de “ditador! ditador!”. A obra afetará famílias de mais de 22 bairros, segundo os manifestantes.

O protesto foi reforçado por professores da rede pública estadual, que vaiaram o governador e pediram respeito à categoria, que segue em luta pela implantação do piso nacional.

As vaias se estenderam também à prefeita Luizianne Lins (PT), que a princípio não participaria do evento. A prefeita fez um pequeno discurso e teve que ouvir igualmente a indignação dos manifestantes.”

(POVO Online)

Inflação do aluguel fecha com queda de 0,06%

“A inflação do aluguel, medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), fechou fevereiro com deflação de 0,06%, informou a FGV (Fundação Getúlio Vargas) nesta segunda-feira (27). Em janeiro, o indicador, que também é utilizado para reajustar tarifas públicas, havia apresentado alta de 0,25%. No acumulado de 12 meses, o índice acumula alta de 3,43%e, no ano, 0,19%.

Já a inflação do mercado, medida pelo IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que também faz parte do cálculo do IGP-M, desacelerou 0,26%, intensificando baixa de 0,07% apurada em janeiro.

No segundo mês do ano, o custo de vida do brasileiro, medido pelo IPC (Índice de Preços ao Consumidor) subiu 0,27. Em janeiro, o indicador havia subido 0,97%. A maior contribuição para o resultado foi do grupo alimentação, cuja taxa passou de 1,47% para 0,05%.

Das 22 classes de despesas analisadas, 17 apontaram quedas nas taxas, com destaque para carnes bovinas (de 0,69% para -3,13%), hortaliças e legumes (de 8,43% para -1,66%), aves e ovos (de 1,17% para -1,54%), adoçantes (de -0,74% para -1,91%), massas e farinhas (de 0,35% para -1,09%) e pescados frescos (de 3,17% para -0,37%).

Também apresentaram desaceleração os preços relativos a educação, leitura e recreação (de 3,33% para 1,18%), transportes (de 0,76% para 0,29%), vestuário (de 0,04% para -0,22%) e saúde e cuidados pessoais (de 0,48% para 0,45%).

Em contrapartida, os preços praticados pelo grupo despesas diversas apresentaram alta. A taxa passou de 0,27% para 0,41%. Nesse grupo,  os preços cobrados por serviços de cartórios subiram de 2,65% para 3,55%.”

(R7.com)

Dilma anuncia R$ 2 bi para Linha Leste do Metrofor

319 2

A presidente Dilma Rousseff anunciou, nesta segunda-feira, a liberação de R$ 2 bilhões para a Linha Leste do Projeto Metrofor. Serão, segundo disse, durante solenidade em Maracanaú (Região Metropolitana de Fortaleza), assim divididos: R$ 1 bilhão, oriundo do Orçamento Geral da União, e mais R$ 1 bilhão via empréstimo a ser contraído pelo Governo do Estado.

Dilma, ao lado de Cid Gomes, da prefeita Luizianne Lins e parlamentares federais e ministros, voltou a defender a prioridade de se investir em metrô.

“Muitos acham que metrô é um luxo e não é isso. É uma realidade em grandes cidade”, disse. A presidente afirmou ter confiança de que Fortaleza será uma grande cidade e que, por isso, deve merecer investimentos na área do transporte coletivo, afirmou a presidente.

Ela aproveitou para agradecer os votos recebidos do povo cearense. “Por esses votos que vocês me deram e também por eu ter certeza no desenvolvimneto do Noreste, o Ceará tem que gerar empregos, ter empresas que exportem para o restante do País como a Bom Sinal (produz trens), de Barbalha”, disse, encerrando discurso.

Ainda nesta segunda-feira, Dilma visitará obras em Caucaia (ETA Oeste, da Cagece). Ela almoçará no Hotel San Pedro, em Aquiraz.

(Foto – Divulgação)