Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Ferrovia Transnordestina enfrenta greve de operários

“Trabalhadores da obra Transnordestina paralisaram as atividades na manhã desta segunda-feira, 5, no Lote I do município de Missão Velha, a 504,8 km de Fortaleza. No total, são 380 pessoas reivindicando melhorias, como reajuste salarial, cesta básica e plano de saúde estendido aos familiares.

A paralisação iniciou nesta segunda-feira, após assembleia realizada pelo sindicato da categoria em frente à obra. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção de Estradas, Pavimentação, Obras de Terraplanagens e Montagem Industrial (Sintepav), por unanimidade, os trabalhadores optaram por paralisação até que as reivindicações sejam atendidas.

Foi montada uma comissão de seis empregados para negociarem junto ao sindicato com representantes da empresa responsável pelo trecho – Odebrecht. O Sintepav diz que nesta tarde haverá uma reunião com encarregados, quando serão definidos os rumos da paralisação.”

(POVO Online)

Petrobras realiza debate sobre Pré-Sal em Fortaleza

A Petrobras vai realizar nesta terça-feira, a partir das 18h30min, no auditóro da Federação das Indústrias do Ceará (FIEC), o seminário “Pré-sal e o Futuro do Brasil”. O encontro, que contará com a participação de diretores da instituição, abrirá discussão sobre o novo marco regulatório do petróleo no país.

Segundo Raimundo Lutif, gerente de Estruturação do Negócio da Refinaria Premiun II, estarão em pauta na reunião temas como capacidade de exploração, legislação e royalties, dentre outros.

Lutif adianta que a Petrobras vem  realizando vários seminários do gênero pelo Brasil para compartilhar as perspectivas relacionadas ao potencial da camada do pré-sal, além de promover debate qualificado.

SERVIÇO

* Evento é gratuito e aberto aos interessados.

Ciro já aguarda a neta Maria Clara

159 1

Chama-se Maria Clara a neta que o ex-deputado federal Ciro Gomes (PSB) e a deputada estadual Patrícia Saboya (PDT) ganharão em março próximo.

Lívia Gomes e seu marido, Jorge Albuquerque, já fizeram o comunicado a Ciro Gomes, que  teria prometido entrar numa fase paz e amor  a partir de agora.

Aliás, na semana passada, Ciro evitou bater na gestão da prefeita Luizianne Lins (PT) e, mesmo defendendo a tese de que o PSB tem que ter candidato próprio à Prefeitura, lembrou: o pleito é de segundo turno e os aliados podem se reencontrar.

JN – De Fátima Bernardes para Patrícia Poeta

“Hoje, os últimos quinze minutos do JN servirão para a Globo apresentar aos telespectadores a transição de Fátima Bernardes para Patrícia Poeta . Nunca uma mudança de apresentadores do JN foi notícia antes no próprio JN.

Entre outras atrações, uma reportagem que mostrará a trajetória das duas apresentadoras, enfatizando os pontos em comum entre ambas.

Somente na quinta-feira Patrícia Poeta gravou o seu primeiro programa-piloto na bancada do Jornal Nacional. Ou seja, até o dia do anúncio oficial do troca-troca nenhum teste foi feito – até para tentar que a substituição não vazasse.

No sábado à tarde, Patrícia gravou mais um e ontem novamente foi ao estúdio do JN para um novo piloto. A direção do jornalismo da emissora aprovou o resultado – embora se não ficasse no ponto nada mais poderia ser feito, a escolha já fora anunciada.”

(Coluna Radar – Veja Online)

MS – 48 municípios sob risco da dengue

“Com a chegada do verão o risco de surtos de dengue no país aumenta. Hoje, 48 municípios estão em situação de risco para ocorrência de surto de dengue, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta segunda-feira (5). Entre as cidades em situação de risco estão três capitais: Cuiabá (MT), Rio Branco (AC) e Porto Velho (RO).

O ministério considera em situação de risco os municípios em que, a cada cem casas, mais de 3,9 apresentaram larvas do mosquito Aedes aegypti, que transmite a doença. O resultado foi obtido através do Liraa (Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti) em 653 municípios.

O maior número de casos ocorreu no Norte e Nordeste. Até o fim de novembro, foram notificados 742.364 casos suspeitos de dengue em todo o país. Se comparado ao mesmo período do ano passado, houve redução de 25% no número de casos.

A maior redução foi no Centro-Oeste, que teve 77% menos casos em 2011. Foram 211 mil casos em 2010 contra 48 mil neste ano.

De acordo com o secretario de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, é importante redobrar os cuidados nesse momento.

– Todo verão temos condições muito favoráveis para o mosquito. Precisamos agir agora para evitar que tenhamos surto grande no verão, já que as maiores transmissões são entre janeiro e maio, quando temos aumento da temperatura e da chuva também.

Os criadouros do mosquito são diferentes em cada região do país. No Norte e Sul, a maioria das larvas encontradas estavam em resíduos de lixo. Nos municípios do Norte 44% dos imóveis tinham larvas no lixo, por exemplo.

No Nordeste e Centro-Oeste os mosquitos encontrados estavam principalmente em reservatórios de água. No caso dos municípios do Nordeste, mais de 72% dos casos estavam em caixas de água, tambores e poços ligados ao abastecimento.

No Sudeste o problema da dengue está principalmente em depósitos domiciliares, ou seja,vasos, pratos, bromélias, ralos, lages e piscinas.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, lembrou que o Liraa dá uma fotografia da situação da dengue no país, que pode mudar rapidamente, já que o mosquito tem uma alta capacidade de adaptação.

– O risco de ter epidemia é sempre uma combinação entre ter mosquito e ter pessoas suscetíveis para ter ou não a doença. O levantamento é importante nesse momento porque é um alerta para intensificar o cuidado. Para ajudar na mobilização da comunidade e resolver o problema onde está o foco do mosquito.”

(R7.com)

Balança comercial inicia mês com superávit de US$ 319 milhões

“As exportações no total de US$ 1,785 bilhão foram maiores do que as importações de US$ 1,466 bilhão nos dois primeiros dias úteis deste mês. Com isso, o superávit comercial ficou em US$ 319 milhões, informou hoje (5) o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

De janeiro até o dia 2 de dezembro, o saldo comercial positivo chega a US$ 26,293 bilhões, um crescimento de 70,8% na comparação com o de igual período de 2010 (US$ 15,393 bilhões).

Nos 231 dias úteis deste ano, as exportações ficaram em US$ 235,697 bilhões, com média diária de US$ 1,02 bilhão, um crescimento de 28,3% em relação o registrado em igual período de 2010. As importações totalizaram US$ 209,404 bilhões, com média por dia útil de US$ 906,5 milhões, o que representa uma alta de 24,4%.”

(Agência Brasil)

Chico Anísio volta a ser internado

Chico Anysio voltou a ser internado no Hospital Bom Samaritano, no Rio de Janeiro. De acordo com as informações da assessoria de imprensa do humorista, ele teve febre na última quarta-feira (30) e foi levado ao hospital.

Diagnosticado com uma infecção urinária, Chico precisou ser internado para que os médicos pudessem investigar a causa da doença.

Após exames, descobriu-se que o humorista está com uma contaminação causada por fungos. Ele é tratado com antibióticos e ainda não tem previsão de alta.

No início do ano, Chico teve problemas cardiorrespiratórios e ficou no hospital por quase quatro meses. A última internação do humorista aconteceu no dia 11 de novembro, quando ele sentiu fortes dores nas costas.”

(Portal Terra) 

Número de pequenos empeendedores no Brasil aumenta 13% em oito anos

“A quantidade de pequenos empreendedores no Brasil aumentou 13% de 2001 a 2009. A informação está no Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2010/2011, divulgado hoje (5) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese ) em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

De acordo com a publicação, em 2001 o Brasil tinha 20,2 milhões de pequenos empreendedores. Em 2009, o número de proprietários de pequenos negócios chegou a 22,9 milhões, atingindo 22,7% da população economicamente ativa do país. Desses 22,9 milhões, 19 milhões são autônomos e 3,9 milhões são donos de pequenos negócios que empregam outras pessoas.

Na pesquisa consta ainda o índice de aumento salarial dos funcionários das micro e pequenas empresas no período de 2000 a 2010. Empregados dessas empresas tiveram aumento real de salário de 14,3% no período. Nas grandes e médias empresas, o aumento salarial foi 4,3%, três vezes menor.”

(Agência Brasil)

Eleições 2012 – PMDB marca para dia 17 encontro regional em Fortaleza

145 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iICUZpRcQlM[/youtube] 

O PMDB do Ceará marcou para o próximo dia 17, em Fortaleza, encontro regional. Segundo o deputado federal Danilo Forte, o objetivo é discutir as eleições 2012. O parlamentar espera que conste na pauta desse encontre a possibilidade de o PMDB ter candidato na Capital. Danilo Forte se inclui entre quadros do partido para a disputa.

Ceará desembarca sem dar entrevistas. Diretoria dará coletiva na 3º feira

169 2

O time do Ceará desembarcou, por volta das 8h30min desta manhã de segunda-feira, procedente de Salvador. A equipe, que perdeu por 2 a 1 para o Bahia e acabou rebaixada para a Série B, do Brasileirão, foi recebida pela imprensa, mas ninguém deu entrevista.

Nesta terça-feira, às 17 horas, numa entrevista coletiva,  Evandro Leitão deverá falar sobre o futuro dos jogadores, os próximos planos do clube e oficializar licença da presidência do clube que ficará sob a responsabilidade de Robinson de Castro.

Dilma: "Minha Casa, Minha Vida 2012" priorizará famílias com renda até $ 1,6 mil

81 1

“A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (5) que, a partir de 2012, 60% das moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida serão destinadas a famílias de baixa renda – que recebem até R$ 1,6 mil. A previsão do governo é que 1,2 milhão de unidades sejam entregues a essa faixa da população brasileira.

No programa semanal Café com a Presidenta, Dilma apresentou um balanço do Minha Casa, Minha Vida em 2011. Segundo ela, foram assinados 354 mil contratos para a construção de moradias. O levantamento indica ainda mais de 500 mil casas e apartamentos em fase de construção e mais de 400 mil obras concluídas este ano. Na primeira fase, o programa contabilizou 1,5 milhão de moradias.

Para a segunda fase do Minha Casa, Minha Vida, estão previstos investimentos de R$ 125,7 bilhões para a construção de 2 milhões de casas e apartamentos até 2014.

“Os investimentos na construção civil beneficiam a todos nós porque esse é um setor que gera muitos empregos. Ele ajuda a manter o mercado de trabalho aquecido, mesmo com a crise econômica internacional que está afetando os Estados Unidos e os países da Europa”, disse a presidenta. Segundo ela, mais de 309 mil postos de trabalho foram gerados este ano no setor.”

(Agência Brasil)

André Figueiredo: PDT deve continuar na base do Governo Dilma, apesar da queda de Lupi

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=tVPxwMZn-jg[/youtube]

O PDT nacional vai se reunir, nesta segunda-feira, ao meio-dia, em Brasília, para avaliar a saída do ministro Carlos Lupi da pasta do Trabalho e Emprego. A informação foi dada nesta madrugada de segunda-feira em Fortalea pelo presidente nacional interino, o deputado federal André Figueiredo.

O dirigente pedetista acrescentou que vai defender a tese de que o PDT não indique ninguém para a vaga, mas continue na base de apoio do Governo Dilma.

PT tentará evitar convocação de Pimentel

104 1

“A base de apoio ao Planalto minimizou a revelação sobre os ganhos de Pimentel. Para o líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), as consultorias dizem respeito à vida privada do ministro, pois ele não ocupava cargos públicos à época:

— Ele não era deputado, senador, prefeito, ministro. Não pode trabalhar? É um assunto entre ele e as empresas para as quais prestou serviços.

Vaccarezza adiantou que o governo vai trabalhar para derrubar tentativas de convocar o ministro para se explicar no Congresso. Para ele, a suspeita de tráfico de influência não faz sentido, pois, à época, Dilma não era candidata.

— Não acredito que o PSDB pedirá (a convocação). Tem de haver razoabilidade no debate político — comentou.

Um dos principais aliados do ministro em Minas Gerais, o deputado federal Reginaldo Lopes, presidente do PT-MG, garante que Pimentel vai prestar esclarecimentos nos próximos dias:

— Fernando vai falar sobre isso, é evidente. Mas adianto que quando ele foi chamado para ser ministro, paralisou suas consultorias. Não esperou nenhuma cobrança da sociedade.

Para Lopes, não há conflito de interesses na relação do ministro com construtoras que mantêm contrato com governos.

— Todas as grandes empresa que buscam consultores têm relação com diversos órgãos. Consultorias na qualidade da (mantida pelo) ex-prefeito têm relação com as maiores construtoras do Brasil — diz Reginaldo.

Já o líder da oposição na Assembleia de Minas, o deputado estadual Rogério Correia (PT) informou que as atividades da empresa de Pimentel serão discutidas na reunião da Executiva Estadual do partido, hoje.”

(O Globo)

Cearense é vice da Juventude Socialista Brasileira

O cearense Pedro Henrique da Silva foi eleito vice-presidente da Juventude Socialista Brasileira (JSB), organismo ligado ao Partido Socialista do Brasil. A indicação dele, em chapa única, ocorreu no fim de semana, em Brasília, durante o XII Congresso Nacional do PSB.

O amazonense Sérgio Cardoso é o novo presidente da Juventude Socialista Brasileira, enquanto o baiano Bruno da Mata ficou como secretário nacional do organismo.

Pedro Henrique da Silva contou com o apoio do deputado federal Domingos Neto, que foi cotado para ser secretário nacional.

Anvisa discute maior rigor no controle de produtos derivados do tabaco

“A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) promove hoje (6) duas audiências públicas para discutir a ampliação do rigor no controle de produtos derivados do tabaco.

Entre as propostas está a proibição de aromatizantes na composição de cigarros, que conferem sabor doce, mentolado ou de especiarias. O texto inclui qualquer produto – fumado, inalado ou mascado – que tenha na sua composição folhas de tabaco. Países como os Estados Unidos e o Canadá já proibiram o comércio de cigarros aromatizados.

Outro item em pauta trata da obrigatoriedade da impressão de imagens de advertências sanitárias nas embalagens de derivados do tabaco e da restrição da propaganda desses produtos em pontos de venda.

As duas audiências públicas estavam agendadas para outubro no Rio de Janeiro, mas foram suspensas por decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região em favor da ação judicial movida pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco. A entidade alegou que o local escolhido para o debate era pequeno para comportar os interessados e que a data não foi informada com antecedência.

Os encontros foram remarcados para às 9h e às 15h de amanhã no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília, com capacidade para 10 mil pessoas. A exigência judicial era que o local tivesse capacidade mínima de mil pessoas. Os avisos da nova data das audiências foram publicados no último dia 18 no Diário Oficial da União.”

(Agência Brasil)

Oposição quer Pimentel explicando sobre possível tráfico de influência

91 1

“Os partidos de oposição querem que o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, explique ao Congresso os contratos de sua empresa, a P-21 Consultorias e Projetos Ltda.

Como revelou O GLOBO ontem, o escritório de Pimentel faturou ao menos R$ 2 milhões em 2009 e 2010, período entre ele deixar a Prefeitura de Belo Horizonte e assumir o ministério, tendo atuado ainda como um dos homens-fortes da campanha da então candidata à Presidência Dilma Rousseff.

Para parlamentares, suas atividades de consultoria têm indícios de tráfico de influência, e Pimentel precisa dissipá-los.

No Palácio do Planalto, a avaliação foi que a atividade de consultor de Pimentel é de amplo conhecimento e foi empreendida quando ele não ocupava cargo público. As cifras também não foram consideradas “tão astronômicas assim”, não havendo razão para suspeitas.

Esta semana, o líder do DEM na Câmara, ACM Neto (BA), vai discutir com os demais líderes oposicionistas a apresentação de um pedido de convocação de Pimentel. O líder do PPS, Rubens Bueno (PR), disse que vai fazer um requerimento de informações ao ministro. Para ele, o caso sugere que a expectativa de nomeação de Pimentel servia como “cartão de visitas para arregimentar clientes”.

— O caso parece ter muita similitude com o do ex-ministro Palocci. Mostra que as pessoas do PT que teriam influência num eventual governo Dilma, enriqueceram e usaram dessa posição para isso — acusou ACM Neto, afastando a hipótese de investigação por improbidade administrativa, a exemplo do que ocorreu com Palocci, porque Pimentel não tinha cargo público à época das consultorias.”

(O Globo)

Por um turismo ligando o Nordeste ao Mundo. Sem escalas

Eis artigo do ex-secretário estadual do Turismo, Allan Aguiar, com o título “Sugestão para decolar o Ceará & Cia”. Para ele, uma forma de expandir o turismo é ligar o Nordeste ao Mundo sem escalas em São Paulo ou no Rio de Janeiro, por exemplo.

Quantas décadas levaremos para alcançar as médias atuais dos indicadores sociais do restante da Nação, considerando que as demais regiões não estão estacionadas? Como turbinar o crescimento econômico e indexá-lo a inclusão social? Resposta tradicional: Aumento da renda dos consumidores, investimento público e privado, o mais desconcentrado possível, isto tudo associado a programas de transferência de renda para as camadas mais pobres.

Mesmo com as condições macroeconômicas favoráveis, o investimento público é limitado pelos limitados orçamentos das esferas de Governo, o qual não é capaz isoladamente de promover o aumento da renda das pessoas. Assim, cabe ao desempenho global da economia o papel central de empurrar o capital privado para o investimento, criando postos de trabalho.

Não devemos esperar que a reversão do quadro de pobreza e violência aconteça pela capacidade de Investimento do Setor Público, muito menos pela eficiência dos serviços prestados. O Setor Público no Brasil continuará gravitando entre as órbitas da ineficiência e da baixa eficiência.

Precisamos reinaugurar o modelo mental que determina a dinâmica governante. Atualizar o sistema que roda na cabeça dos Planejadores e Orçamentadores dos Estados Nordestinos. Precisamos rever a hierarquia das prioridades das políticas, diretrizes e programas, incorporando no topo dessa hierarquia a indução da cadeia produtiva da Aviação, infra-estrutura fundamental para o desenvolvimento da Região.

Assim, proponho que conectemos o Nordeste do Brasil ao Mundo, e não apenas ao Brasil, oferecendo ao mundo a oportunidade de deslocar-se ao Nordeste diretamente, sem escalas em São Paulo ou Rio de Janeiro.

Considerando que a solução para essa conexão física não virá pela via de mercado, mesmo com toda a indução que uma nova regulação do setor aéreo traga ao contexto atual, apresento a proposta de inaugurarmos a NORDESTE Sky Brasil. Isso mesmo: Uma Estatal pertencente aos Estados dispostos a investir no estratégico, não no operacional, no futuro, não no superado. Uma Aérea Estatal dominada pelo profissionalismo e por critérios de governança corporativa que a permita uma atuação arrojada diante de um mercado impiedoso com a ineficiência. Uma Empresa blindada contra a ingerência política danosa que tente impor, por exemplo, vôos entre Irauçuba/CE e Salgueiro/PE

Inicialmente, uma Aérea com quatro aeronaves de grande porte para vôos internacionais para Europa, América do Norte e África e 15 aeronaves para vôos regionais ligando não apenas as capitais da região, mas as médias cidades situadas nesses 1,5 milhões de quilômetros quadrados que abraçam os nove Estados. Somos territorialmente maiores que, JUNTOS, Portugal (TAP), Espanha (Ibéria), Itália (Alitália), França (Air France), e Reino Unido (British Airways). Sem falar do Arquipélago de Cabo Verde (TACV – Cabo Verde Airlines).

Projeções do Plano de Negócios:

Investimento: U$ 540 Milhões

Exposição Máxima de Capital: U$380 Milhões (Uma cidade da Copa de Recife ou dois e meio aquários de Fortaleza)

Taxa Interna de Retorno: 14% a.a

Retorno do Capital Investido: 7,1 anos

Viabilidade econômica existe. Seria também o exemplo mais expressivo de efetiva Integração das políticas públicas sociais dos Estados do Nordeste. Falta apenas vontade e a decisão política integrada dos Governadores, alem do compromisso de construir uma Estatal alocando equity com viés de saída da gestão, não do controle societário e do comando do Conselho de Administração. Sabemos o quanto é difícil alinhar esses planetas, mas acontecendo a costura entre os Estados, o Nordeste teria outra cadência de seu ritmo de crescimento.

*Allan Aguiar foi Presidente da Fundação de Turismo Integrado do Nordeste (CTI – Nordeste)

BB entra forte no mercado imobiliário

“Com atuação recente no setor de financiamento habitacional, o Banco do Brasil (BB) vê, desde 2008, a sua carteira de crédito imobiliário crescer a passos largos, embora o setor como um todo tenha perdido um pouco o ritmo forte em 2010, disse à Agência Brasil o vice-presidente de Cartões e Novos Negócios do banco, Paulo Rogério Caffarelli.

Segundo ele, a carteira de crédito imobiliário do BB atingiu a marca de R$ 7,02 bilhões em financiamentos este ano, até sexta-feira da semana passada (25). Um crescimento de 105% em relação aos R$ 3 bilhões financiados em 2010. Os créditos para pessoa física somaram R$ 5,56 bilhões e para empresas R$ 1,46 bilhão.

A expectativa, segundo ele, é ultrapassar os R$ 7,5 bilhões ainda este ano e chegar a R$ 13,5 bilhões de financiamentos imobiliários em dezembro de 2012. A estratégia para o ano que vem já está montada, com atuação mais contundente na liberação de créditos para a compra de moradias e para atender as necessidades das construtoras.

“Queremos chegar ao fim de 2012 entre as três maiores financiadoras do setor imobiliário”, disse ele. Hoje, o mercado tem participação majoritária da Caixa Econômica Federal, seguida, de longe, pelos bancos Itaú, Santander e Bradesco.

Caffarelli informou que o BB já atua no financiamento de moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida para as faixas de renda familiar entre R$ 1,6 mil e R$ 5 mil, e a partir do dia 2 de janeiro o banco vai entrar também na faixa de menor renda, até R$ 1,6 mil, que tem atuação exclusiva da Caixa até agora. A previsão inicial, acrescentou, é financiar em torno de 97 mil unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida no ano que vem.”

(Agência Brasil)