Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Congresso Nacional adere ao movimento "Outubro Rosa"

“O Congresso Nacional receberá iluminação especial na noite de hoje (5). A cor rosa, que alerta para o problema do câncer de mama no mundo, tomará conta do Senado e da Câmara dos Deputados. A iniciativa integra as ações do Outubro Rosa, movimento mundial de mobilização pela conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença.

O Outubro Rosa chegou ao Brasil em 2008 por iniciativa da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama). O movimento prevê ações durante todo o mês em várias cidades do país, entre elas a iluminação de prédios e monumentos históricos na cor rosa, como o Cristo Redentor e o Santuário Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro.

Em Brasília, além da iluminação do Congresso Nacional, a programação do Outubro Rosa inclui palestra nesta quinta-feira, às 9 horas, na Câmara dos Deputados, aberta a funcionários, congressistas e à comunidade em geral.”

(Agência Brasil)

Ministro da Integração Nacional cumprirá agenda no Ceará

“O ministro Fernando Bezerra (Integração Nacional) cumprirá agenda no Ceará, nesta quinta e sexta-feira. Segundo o diretor-geral do Dnocs, Elias Fernandes, ele fará reunião no órgão para acertar detalhes de obras que a presidente Dilma Rousseff vai inaugurar, ainda neste ano.

Entre elas, o açude Taquara (Zona Norte). Consta também visita ao perímetro irrigado de Tabuleiro de Russas.

Com o Governo do Estado, o ministro firmará convênio garantindo R$ 1,5 bilhão para a primeira fase do projeto “Cinturão das Águas”, que deve distribuir águas da transposição do rio São Francisco. Bezerra também deve conferir a entrega da Estação de Tratamento de Água (ETA) Oeste.”

(Coluna Vertical,do O POVO)

UFC entre as 100 melhores da América Latina

“A Universidade Federal do Ceará (UFC) é a 76ª entre as 100 melhores instituições de ensino superior da América Latina. O ranking foi elaborado por um instituto de pesquisa do Reino Unido chamado Quacquarelli Symonds (QS), que, desde 2004, anualmente elabora e divulga a classificação de universidades públicas e particulares de todo o mundo.

Pela primeira vez, foi feito um ranking exclusivo para a América Latina. Na listagem, divulgada ontem, há 31 universidades brasileiras. Entre as dez primeiras instituições com melhores notas, três são do Brasil.

O país é o primeiro em número de instituições bem avaliadas, e a Universidade de São Paulo (USP) é a melhor classificada pelo QS, conquistando a pontuação máxima (100). Entre os critérios de avaliação, o instituto considera a infraestrutura, a formação do corpo docente, as citações da universidade em trabalhos acadêmicos e na Internet, além da presença internacional da instituição.

Na avaliação do QS, a UFC é uma universidade de grande porte, com total abrangência nas áreas acadêmicas e alta intensidade de pesquisa, além de ser madura em relação ao tempo de existência. A UFC conquistou nota 39,5 a partir da soma de pontos desses critérios.

Para o reitor da UFC, professor Jesualdo Farias, a 76ª colocação é positiva. “Esse é um resultado do esforço de mais de cinco décadas para se projetar entre as melhores do País. De 2008 para cá, implantamos 20 cursos de doutorado, 27 de graduação”, afirma.

O pró-reitor de Graduação, Custódio Almeida, cita que grandes obras estão em execução para melhorar a infraestrutura da UFC. “E dos 1.850 docentes efetivos, cerca de 1,2 mil são doutores. Isso provocou crescimento na pesquisa”, diz.”

(O POVO)

Governo cria taxa de R$ 7,00 em aeroportos

“O governo criou uma tarifa de R$ 7 sobre os passageiros que farão conexão nos aeroportos de Guarulhos (SP), Brasília e Viracopos (Campinas), nos embarques doméstico e internacional. A nova taxa, segundo os editais de concessão que estão em consulta pública, será cobrada das companhias aéreas e, provavelmente, repassada para os preços das passagens.

De acordo com os editais, a finalidade da tarifa de conexão é cobrir os serviços que o novo concessionário prestará aos usuários nas pontes de embarque e desembarque. São exemplos uso de carrinhos para transporte de bagagens, inspeção de raios-X, ônibus e área de restituição de bagagem.”

(Globo)

Brasil é o país mais promissor na América Latina, diz pesquisa

69 1

“O Brasil é o país mais promissor para investimentos em ações da América Latina. É o que mostra pesquisa feita pelo Banco JP Morgan com 40 investidores norte-americanos e europeus que administram US$ 57,3 bilhões em papéis de empresas da região. De cada 10 entrevistados, 7 afirmaram que o Brasil é o país que vai oferecer as melhores oportunidades de negócios até, pelo menos, 2014, ano da Copa do Mundo. Entre os fatores citados para a preferência, estão a expansão da classe média e o peso maior do Brasil na economia mundial.

A Colômbia ocupa a segunda posição na preferência dos investidores (38%) e vem seguida de Chile e México empatados no terceiro lugar (25%). Na pesquisa, era possível mais de uma resposta. O JP Morgan perguntou ainda que países da América Latina têm as melhores práticas de relações com investidores e de governança corporativa. Nos dois casos, o Brasil apareceu em primeiro.

Segundo Ivan Peill, vice-presidente da área de relações com investidores do JP Morgan, a criação do Novo Mercado pela Bolsa levou a uma maior transparência. No entanto, o Brasil também foi o país mais mencionado quando o banco perguntou sobre as piores práticas de governança. Investidores disseram que as empresas fora do Novo Mercado não protegem adequadamente os acionistas minoritários.

A pesquisa foi feita durante os meses de junho e julho deste ano, pouco antes da forte deterioração da crise financeira global. Segundo Peill, mesmo que tivesse sido realizada depois, os resultados seriam parecidos.”

(Com Agências)

Jorge Parente abre IV Encontro de Responsabilidade Social do Ensino Superior

O Coordenador do Conselho de Responsabilidade Social da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e ex-presidente da Federação das Indústrias do Ceará, Jorge Parente, abrirá nesta quinta-feira, a partir das 8 horas, com palestra, o IV Encontro de Responsabilidade Social no Ensino Superior. O evento ocupará espaços na sede das Fiec.

Jorge Parente falará sobre o  tema “Sustentabilidade como Aprendizado”.

Durante o encontro, as universidades privadas terão a chance de expor o que andam fazendo no campo da responsabilidade social.

Bom lembrar que Responsabilidade Social não se trata de assistencialismo, mas diz respeito a ações concretas e permanentes de promoção do ser humano, a partir compromissos firmados por empresas.

(Foto- Paulo Moska)

Copa 2014 – Dilma, a heroina da Terceira Idade

Essa é do blog do Fernando Gabeira:

Nos anos 60, corria uma história engraçada nos bares frequentados por intelectuais Um garoto transou com um maduro diretor de teatral. Consumado o ato, como diria um escrivão, o garoto se dirigiu ao diretor e disse:

-Quero 100 cruzeiros

-Não, respondeu o diretor

-Quero 50 cruzeiros

-Não

-Quero 20 cruzeiros

-Não

-Tudo bem, me dá dez cruzeiros

-Não

O garoto olhou para a mesa, estendeu a mão e disse: então vou levar essa caixa de fósforos.

Essa história me vem à cabeça na relação do Brasil com a FIFA. O Brasil decidiu ceder em tudo. Mas vai preservar o direito dos idosos, que terão meia entrada

O Ministro Orlando Silva, do PC do B, não mencionou os estudantes. Como o partido dirige a UNE é possível que não haja protestos pela suspensão da meia entrada durante a Copa.

Os marqueteiros do Planalto vão convencer a todos que Dilma resistiu à FIFA e defendeu bravamente os idosos. Alguns jornalistas vão repassar essa imagem e Dilma, que já está nas alturas pela suposta faxina contra a corrupção, será a heroina da terceira idade.

Esse é o tempo que vivemos. Evidências são envenenenadas pelas versões e poucos se importam com isso; deixaram de ser a materia prima da avaliação , tornaram-se   página em branco , nas quais, a partir de alguns fragmentos tudo pode ser escrito.

Em Cuba já se pode comprar carro novo,  falou muito disso em setembro. Mas 563 pessoas foram presas por razões políticas, quase o triplo da média mensal; a notícia vai desaparecer, após uma discreta menção.

Ressaltar estas prisões, vale sempre uma enxurrada de protestos. Por que não falar de Guantanamo? Por que não reconhecer a importância da revolução cubana e mencionar apenas alguns detalhes negativos, como 573 pessoas presas ?

Por que não olhar para Gisele Bundchen, de biquini, tentando seduzir o marido numa propaganda da Hope?  Aí sim, vemos uma questão de direitos humanos que é preciso equacionar.

São tempos em que a maioria vai para um lado e é preciso coragem e bom humor para contestá-la. A pátria de chuteiras aceita tudo porque já cedeu o principal: a Lei Geral da  Copa do Mundo tem como objetivo máximo garantir os lucros da FIFA e ponto.

Durante anos, a pirataria foi regida por uma lei. As penas serao ampliadas na Lei da Copa. A pirataria não é mais apenas a apropriação dos direitos intelectuais de criadores ou da pesquisa das grandes marcas.

Ao chegar ao futebol, ameaçando os lucros da FIFA, a pirataria ganhou um novo e sério estatuto como crime. Tudo vai ser interpretado assim: Dilma heroina dos idosos é também a defensora máxima dos direitos intelectuais. E o PC do B ao promover a supressão de conquista dos estudantes na verdade é o seu supremo dirigente , pois está estimulando a emancipação da juventude.

Além de ser bonito e rico, o Brasil é um país muito engraçado.

Viva São Fanciscooooooo!!!

43 1

Neste Dia de São Francisco, uma homenagem a tantos fieis por meio desse poema do querido escritor e jornalista Barros Alves:.

SÃO FRANCISCO

Francisco, caminheiro peregrino,
Que carrega no peito mil paixões,
Paladino dos pobres, nordestino
Que distribui amor pelos sertões,

Ouve o queixume dessas multidões
De prófugos famintos sem destino.
No doce olhar profundas emoções,
Sentimento de santo e de divino.

Andarilho de Deus, santo e poeta,
Lembra o Cristo, o maior dos galileus,
Um rebelde de amor, alma inquieta…

Se fôssemos cristãos menos ateus
Cumpriríamos de Francisco a meta:
Amar ao outro como se ama a Deus.

Dilma visitará a Bulgará evitando ser usada por políticos em clima de eleições

“A presidente Dilma Rousseff desembarca esta noite em Sófia, capital da Bulgária, com o cuidado de não ser usada pelos políticos locais que concorrem a eleições daqui a duas semanas. Festejada como exemplo de uma “búlgara bem-sucedida”, ela é vista como cabo eleitoral ideal dos candidatos envolvidos na campanha.

A presidente encontrará uma sociedade em convulsão, vivendo até um conflito étnico. Já os seus familiares, descontentes com a disputa política, insistem em manter o encontro apenas como “assunto privado”.

Os políticos na Bulgária não escondem que seu objetivo é o de atrair investimentos brasileiros para a região, mergulhada na depressão econômica. O governo brasileiro não vê problemas em ser visto como esperança para o país, mas não pretende deixar que Dilma seja usada. “Será uma visita de Estado e estamos tentando manter o programa o mais institucional possível”, comentou uma fonte do governo. O Planalto chegou a pensar em adiar a viagem para 2012, quando a eleição já terá passado, mas a agenda foi mantida.

Ainda assim, Dilma desembarca em meio a um caos social e político, com 18 candidatos à presidência. O partido de direita, tido como favorito, tem como candidato Rosen Plevneliev, apoiado pelo atual primeiro-ministro, Boyko Borisov. Já o presidente búlgaro, o socialista Georgi Parvanov, quer eleger um sucessor de seu próprio partido.

Disputa. A briga para aparecer ao lado de Dilma é escancarada. Boika Bashelieva, assessora de imprensa da Presidência, garantiu ao Estado que a eleição não vai interferir na visita – e que os acordos serão assinado pelo presidente Parvanov.

O primeiro-ministro Borisov chegou a anunciar investimentos da Embraer, não confirmados, e vendeu a ideia que foi ele quem trouxe Dilma para Sófia.”

(Agência Estado)

Projeto da UFCA será discutido na Região do Cariri

86 1

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=iX7k8nBpNpo[/youtube]

Relator do projeto que cria a Universidade Federal do Cariri (UFCA) na Comissão de Trabalho e Seguridade Social, o deputado federal Eudes Xavier fala sobre a tramitação da matéria. Eudes adianta que, antes de entregar seu parecer, vai realizar audiência pública sobre a nova universidade na Região do Cariri.

Fundação Carlos Chagas fará concurso do TRE do Ceará

A Fundação Carlos Chagas vai realizar o concurso público do Tribunal Regional Eleitoral. O Pleno ratificou a decisão do presidente do TRE, desembargador Ademar Mendes Bezerra, que autorizou a contratação direta dessa entidade.

No último dia 12, a Corte do TRE havia aprovado, por unanimidade, a contratação do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (CESPE/UNB), que apresentou a menor proposta de preço, para realizar o concurso público para preenchimento de cargos vagos na Secretaria do TRE e nos Cartórios Eleitorais do Estado do Ceará.

Como a CESPE/UNB desistiu,entrou a Fundação Carlos Chagas que havia apresentado a segunda menor proposta. A ESAF declinou de participar da cotação. Nos próximos dias, o TRE e a Fundação Carlos Chagas assinarão o contrato e, posteriormente, será divulgado o cronograma para a realização do concurso público, que oferecerá 45 vagas (17 de analista judiciário e 28 de técnico judiciário).
 
(Com TRE-CE)

Plínio Bortolotti, o conterrâneo

121 2

O jornalista Plínio Bortolotti, diretor institucional do O POVO, vai receber, às 19 horas do próximo dia 10, no Plenário 13de Maio, da Assembleia Legislativa, título de cidadão cearense. A iniciativa, do ex-deputado Adahil Barreto, chega como um reconhecimento a um filho de Fernandópolis (SP) que adotou este Estado como parte importante de sua vida.

Plínio merece, pois, com sua pena jornalística, procura questionar nossa realidade, colocar luz em discussões polêmicas e, acima de tudo, exercitar a cidadania em todos os sentidos.

Parabéns, grande Plínio!

SERVIÇO

Além de assinar Blog no POVO Online, Plínio é também comentarista do programa “Revista O POVO/CBN”, da Rádio O POVO/CBN. Sempre de segunda a sexta-feira, às 16h40min.

Ministro faz proposta para apaziguar relação CNJ-STF

“O ministro Luiz Fux formulou um voto para tentar apaziguar os ânimos entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e possibilitar o julgamento, na quarta-feira, da ação direta de inconstitucionalidade (Adin), proposta pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e que retira poderes do Conselho.

O assunto está na pauta do plenário, mas os ministros tentam um consenso nos bastidores para não desgastar ainda mais a imagem do tribunal. Na semana passada, a polêmica era tanta que não houve clima para realizar a votação , embora o assunto já estivesse em pauta.

Antes de escrever o voto, Fux conversou com a ministra Eliana Calmon, corregedora nacional de Justiça, que teria concordado com a proposta. A sugestão de Fux é estabelecer um prazo para as corregedorias e, terminado o período, caso não tenha chegado a um resultado final, o CNJ teria o direito de pegar o caso.

No entanto, ainda há dúvida entre os ministros sobre o que fazer se a corregedoria local arquivar o processo. O CNJ reivindica para si o direito de desengavetar casos desse tipo.”

(O Globo)

Crise – Dilma defende união entre países e diz que Brasil quer ajudar europeus

85 2

“A presidenta Dilma Rousseff defendeu hoje (4), em Bruxelas (Bélgica)  que a comunidade internacional busque a união no combate aos impactos gerados pela crise econômica internacional. Segundo ela, a “associação é mais urgente” entre os países neste momento em que a situação se agrava. Dilma disse ainda que o Brasil está à disposição dos europeus para colaborar nas medidas que forem necessárias a fim de impedir uma piora na situação. Mas não mencionou valores nem a possibilidade de repasses financeiros.

No momento, vários países da zona do euro, como a Grécia e a Espanha, esforçam-se para evitar que a crise acentue os problemas internos de desemprego e alta de impostos e tarifas. “Essa associação é mais urgente”, alertou a presidenta durante a 5ª Cúpula Brasil-União Europeia. “Estamos agora diante do aumento do risco soberano. Acredito que é fundamental a coordenação política entre os países para fazer face [ao agravamento da crise]”, acrescentou ela.

Dilma se reuniu por cerca de duas horas, durante a cúpula, com os presidentes do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, e da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, além de ministros brasileiros. No encontro, os temas que dominaram os debates foram o agravamento da crise econômica internacional, a violência na Síria e os conflitos nos países árabes, além de acordos multilaterais.

“É necessário que se busque o combate ao desemprego para que as populações não percam a esperança no futuro. A recessão traz o aumento das desigualdades sociais”, disse a presidenta. Segundo ela, é possível conciliar o estímulo à geração de emprego com a responsabilidade fiscal. Dilma lembrou que há 20 dias a América Latina era “sinônimo de crise” e agora mostra que é capaz de superação.

Em seguida, Dilma acrescentou que é preciso “evitar sombrios desdobramentos políticos” e que “o Brasil está pronto para assumir suas responsabilidades”. “Somos parceiros da União Europeia e [os europeus] podem contar com o Brasil”, destacou.

Para a presidenta, a solução para a crise econômica internacional passa por uma reavaliação do sistema financeiro mundial. Segundo ela, classificado como um “sistema ineficaz”, que se comprovou com o fato de a crise ter se acentuado. Dilma disse também que é fundamental aliar políticas macroeconômicas com a geração de emprego e renda.

Dilma disse ainda que os ministros da Fazenda da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) vão se reunir nos próximos dias para coordenar ações para a Cúpula do G20 (que reúne as 20 maiores economias do mundo). O encontro ocorrerá nos dias 3 e 4 de novembro, em Cannes, no Sul da França. “As Nações Unidas precisam estar à altura de um mundo multipolar”, advertiu a presidenta.”

(Agência Brasil)

Greve na Rede Federal de Ensino Tecnológico ultrapassa os 60 dias sem acordo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bZAeEptODS8[/youtube]

A greve dos professores da Rede Federal de Institutos de Ciência e Tecnologia ultrapassa os 60 dias sem solução. O reitor do IFCE e presidente do Conselho Nacional dos Institutos Federais de Ensino Tecnológico , Cláudio Ricardo, avaliou o movimento. Ele reitera apelo para que a greve chegue ao fim e não prejudique os alunos com a perda total do semestre.

Pedro Simon – Denúncias de corrupção não podem ser genéricas

“O senador Pedro Simon (PMDB-RS) afirmou nesta segunda-feira (3) que os atos realizados recentemente contra a corrupção em Brasília, no Rio de Janeiro e em outras capitais do país precisam ter um objetivo específico para surtir efeito. “Os atos de combate à corrupção são fundamentais, mas não podem ter um objetivo genérico. Para mobilizar [a sociedade], é preciso ter uma bandeira mais definida. Vamos debater”.

Simon discutiu o tema durante palestra na sede carioca do IAB (Instituto dos Advogados do Brasil). O peemedebista ressaltou que os ativistas que protestam contra a corrupção devem buscar mais adesões ao movimento. O objetivo, disse, seria reunir diversos apoios em uma única causa.

“Durante a ditadura militar havia muita gente na oposição, mas cada um defendia uma coisa. Uma corrente defendia a luta armada, outra era contra. Quando decidimos que o primeiro objetivo seria lutar por eleições diretas, conseguimos unir grupos heterogêneos e a coisa fluiu. No impeachment do Collor foi a mesma coisa, havia um objetivo comum”.”

(R7.com)

Bancários decidem manter a greve por tempo indeterminado

62 1

“Bancários manterão greve por tempo indeterminado. É o que decidiu ontem a categoria em reunião, na capital São Paulo, uma vez que a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ainda não apresentou uma proposta, segundo o sindicato.

No sétimo dia de paralisação, agências bancárias públicas e privadas do Centro de Fortaleza amanheceram com filas e muita reclamação na hora de resolver pendências. Os transtornos são mais comuns entre pessoas que só recebem dinheiro no caixa e pensionistas que não conseguem retirar o dinheiro por problemas na senha de acesso.

A categoria está parada desde o dia 27 de setembro, após rejeitar proposta dos bancos de um aumento real de 0,56%. Foram realizadas cinco rodadas de negociação. Assim como o pedido de aumento, também não foram atendidas outras reivindicações feitas pelos bancários, como participação maior nos lucros e resultados (PLR).

“Os banqueiros, ao apresentar proposta insuficiente à categoria, apesar de acumularem lucros 20% maiores, levaram os trabalhadores à greve. Assim, são eles que têm a responsabilidade de colocar um fim à paralisação. Os bancos são um dos setores mais lucrativos do País, têm condições de apresentar proposta decente à categoria”, afirmou Juvandia Moreira, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, após a reunião. No encontro, também estiveram presentes representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará (Seeb-Ce).

O POVO entrou em contato com a assessoria da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) que disse não haver nenhuma novidade em relação às negociações com a categoria.”

(O POVO)

Governo e indústria estudam desoneração da folha

“Governo e indústria estão conversando para “calibrar” a desoneração das folhas de pagamento de alguns setores anunciada em agosto, afirmou nesta segunda-feira o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), Paulo Skaf.

O governo concedeu 20% de desoneração para as empresas dos setores calçadista, têxtil e de móveis, mas taxou em 1,5% o faturamento dessas companhias para compensar a perda de arrecadação. Skaf disse que essa troca acabou não se mostrando vantajosa e defendeu a redução da alíquota de 1,5% sobre o faturamento.

“É super saudável desonerar a folha. Por outro lado, não adianta trocar seis por meia dúzia. Em alguns casos, até aumentou o encargo”, disse.

Após almoço com empresários na sede da Fiesp, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que o governo está observando o funcionamento da medida e que vai aperfeiçoá-la.

Ele explicou que a intenção do governo é que a diferença entre a redução de impostos sobre os salários e a taxação do faturamento represente um terço de desoneração sobre a folha.

O ministro voltou a dizer que a intenção do governo é estender, no futuro, a desoneração para outros setores. Segundo ele, se a medida fosse estendida para toda a economia sem compensação de um novo tributo, a renúncia fiscal chegaria a R$ 95 bilhões, o que não é viável para o governo.

“Nós iniciamos uma processo de desoneração da folha, vai ser um caso experimental. Nossa idéia é generalizar a medida para os setores produtivos, começando pelo manufatureiro. Vamos discutir com o setor, vamos fazer cálculo junto”, afirmou.

Segundo Skaf, a desoneração da folha de pagamento é importante para a manutenção de emprego.

“No caso de uma dificuldade, a folha é um custo fixo que você tem. Quanto menor custo você tiver sobre a folha, estimula mais as empresas a evitar demissões”, disse.”

(Folha.com)