Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Infraero abre seleção para patrocínio de projetos

A Infraero recebe inscrições para processo seletivo que escolherá projetos interessados em receber apoio financeiro da empresa em 2011. As inscrições seguirão até o próximo dia 15. Serão contemplados para patrocínio projetos iniciados entre os períodos de 20/9 e 31/12/2011 nas áreas de aviação civil, cultural, social e ambiental. 

A estatal apoiará projetos de até R$ 50 mil nesta seleção. O número de projetos selecionados será definido de acordo com o orçamento, a distribuição pelo território nacional e o período de realização.

As inscrições de projetos serão realizadas exclusivamente via correio, sendo vedada a contratação de patrocínio por intermédio de agências de propaganda e a participação de pessoas físicas na seleção.

SERVIÇO

* Para esclarecimento de dúvidas, o e-mail para contato é patrocinio@infraero.gov.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

* O endereço para envio das inscrições segue abaixo: Infraero – Gerência de Relações Institucionais – Estrada do Aeroporto, Setor de Concessionárias, Lote 05 – Edifício Sede – CEP 71608-900 – Brasília/DF.

(Site da Infraero)

Governo vai gastar R$ 878 mil para polir o mármore branco do Palácio do Planalto

“O Palácio do Planalto foi reinaugurado em setembro do ano passado após uma reforma que custou mais de R$ 120 milhões . Depois disso, já passou por vários consertos e, agora, vai ter de gastar mais R$ 878 mil para contratar uma empresa para polir e limpar o mármore branco do piso. No total, 10 mil metros quadrados – o equivalente a um campo de futebol – terão que ser recuperados. A licitação deveria ter sido concluída, mas foi suspensa na segunda-feira.

A assessoria de imprensa da Secretaria Geral da Presidência informou que a suspensão ocorreu porque a Secretaria de Administração da Presidência, vinculada à Secretaria Geral e responsável pelo certame, quer reavaliar o serviço. De acordo com a assessoria, em dezembro do ano passado, três empresas foram classificadas para o serviço, mas, depois de dois meses de testes, a Secretaria as desqualificou por entender que a qualidade do trabalho não estava boa. O processo de contratação foi, então, reaberto, mas suspenso porque a Secretaria de Administração quer reavaliar o serviço.

A reforma no Palácio do Planalto foi polêmica. Inicialmente cotada a R$ 76 milhões, quando finalizada, um ano e meio depois e com quatro meses de atraso, a obra superou R$ 120 milhões e vive apresentando problemas – inclusive, com inundação de uma das garagens, vazamentos e acabamento mal feito.

Fotos oficiais

Também na segunda-feira foi aberta uma licitação para produção de mais fotos oficiais da presidente Dilma Rousseff. Serão pelo menos mais 32 mil cópias para distribuição no país, em dois tamanhos. As cópias serão afixadas em sedes dos governos federal, estaduais e municipais, além de escolas e empresas públicas. Já foram distribuídas 12 mil. Segundo o Planalto, a produção não foi “suficiente para atendimento da grande demanda”. O custo estimado da nova rodada será de R$ 13,7 mil.

(Globo Online)

Sarney será testemunha de coronel do Exército acusado de tortura e morte de jornalista

274 2

“O coronel reformado do Exército brasileiro Carlos Alberto Brilhante Ustra, acusado de tortura e morte do jornalista Luiz Eduardo Merlino, em julho de 1971, será confrontado com testemunhas em audiência marcada para esta quarta-feira, no Fórum João Mendes, em São Paulo.

Testemunhas que presenciaram a tortura e morte de Merlino, serão ouvidos o ex-ministro da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, Otacílio Cecchini, Eleonora Menicucci de Oliveira, Laurindo Junqueira Filho, Leane de Almeida e Ricardo Prata Soares, e o historiador e escritor Joel Rufino dos Santos. Todos são ex-militantes do Partido Operário Comunista (POC), organização na qual Merlino militava.

Dentre as testemunhas de defesa, que se manifestarão por carta, estão o presidente do Senado e ex-presidente da República, José Sarney, o ex-ministro Jarbas Passarinho, um coronel e três generais da reserva do Exército brasileiro.

Condenado em primeira instância, Ulstra já havia obtido a extinção do primeiro processo movido pela família do jornalista, em 2008, com um artifício jurídico acatado pelo Tribunal de Justiça. No segundo processo movido pela família, o juiz não aceitou o artifício. A ação por danos morais é movida pela irmã do jornalista, Regina Merlino Dias de Almeida, e por sua ex-companheira, Angela Mendes de Almeida.

O jornalista Luiz Eduardo Merlino trabalhou no Jornal da Tarde, na Folha da Tarde e no jornal alternativo de esquerda Amanhã. Era militante do POC e havia aderido à organização de esquerda Quarta Internacional pouco antes de sua morte, aos 23 anos.”

* Do Blog Radar Político

Servidores federais realizam Dia Nacional de Mobilização nesta 5ª feira

Servidores da Receita Federal e do Trabalho, da Advocacia Pública Federal e peritos e delegados da Polícia Federal articulam mobilização nacional para esta quinta-feira. É o Dia Nacional pelo Direito a um Serviço Público de Qualidade.

A mobilização nacional não se restringe à busca por melhores salários e objetiva chamar a atenção para as necessidades do serviço público. 

As carreiras da Fiscalização da Receita Federal e do Trabalho, da Advocacia Pública Federal, dos Peritos e Delegados de Polícia Federal atuam na arrecadação de impostos, no combate à sonegação, ao tráfico de drogas e ao trabalho escravo, na fiscalização e no acompanhamento de obras importantes como as do Programa de Acelaração do Crescimento (PAC) e para o sucesso dos megaeventos esportivos que serão realizados no Brasil nos próximo anos (Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de
2016).

Apesar da importância do trabalho desenvolvido por esses servidores públicos, os representantes classistas dessas categorias informam que não tiveram sucesso na negociação junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. As rodadas de encontros tiveram início em maio de 2011 e
buscam solução para temas que têm impacto direto na garantia de pleno funcionamento e aprimoramento das atividades das carreiras envolvidas:

1. Fim imediato dos cortes e contingenciamentos orçamentários na Receita Federal e do Trabalho, na Polícia Federal e na Advocacia-Geral da União;

2. Retomada dos concursos públicos e da reestruturação dessas carreiras e valorização profissional dos servidores;

3. Acabar com a terceirização nas atividades próprias dessas carreiras e valorizar as funções exercidas pelas carreiras de apoio administrativo;

Entidades que participam da mobilização

ADPF – Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
APCF – Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais
ANFIP – Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil
Fenadepol – Federação Nacional dos Delegados de Polícia Federal
UNAFE – União dos Advogados Federais Públicos do Brasil
Sindifisco Nacional – Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da
Receita Federal do Brasil
SINAIT – Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho.

(Assessoria de Imprensa das Entidades)

Assessor especial do MT é exonerado

“O Diário Oficial da União publicou nesta terça-feira (26) a exoneração de Wilson Wolter Filho do cargo de assessor especial do ministro dos Transportes. A demissão, assinada pela ministra chefe da Casa Civil da Presidência, Gleisi Hoffmann, é apontada como tendo sido realizada a pedido do servidor.

A crise instalada no Ministério dos Transportes no começo deste mês pelas denúncias de superfaturamento em obras tem como saldo até esta terça-feira (26) a demissão ou o afastamento de 18 funcionários da pasta. Na segunda-feira (25), a assessoria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) confirmou que o diretor-geral do órgão, Luiz Antônio Pagot, pediu demissão do cargo.

Segundo a assessoria, Pagot foi ao Dnit na manhã desta segunda, reuniu funcionários que trabalharam com ele, agradeceu pela dedicação e anunciou que havia pedido demissão. A saída de Pagot foi confirmada em nota pela assessoria do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. Pagot estava de férias desde 4 de julho e vai deixar o cargo quase um mês após o surgimento de denúncias de superfaturamento no Ministério dos Transportes.

Os cortes nos Transportes atingiram principalmente servidores que atuavam nas áreas de operações, administração e análise técnica e pessoas ligadas ao PR, partido do ex-ministro Alfredo Nascimento.

A reportagem de “Veja” relatou que representantes do PR, partido ao qual pertencem o ex-ministro Alfredo Nascimento e a maior parte da cúpula do ministério, funcionários da pasta e de órgãos vinculados teriam montado um esquema de superfaturamento de obras e recebimento de propina por meio de empreiteiras.

No dia 6 de julho, então ministro dos Transportes, Nascimento pediu demissão pressionado por suspeitas de que seu filho tenha enriquecido ilicitamente em razão do cargo de ministro. Ao assumir o posto, no dia 12 de julho, o novo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos afirmou que faria “ajustes” que envolveriam troca de pessoas e modificações em processos da pasta.

Principal foco das irregularidades, o Dnit sofreu seis cortes, a maioria deles em cargos de direção e coordenação. O diretor-executivo do órgão, José Henrique Sadok de Sá, que estava interinamente na direção-geral no lugar de Pagot, foi afastado da função.”

(Portal G1)

Campanha vai alertar consumidor sobre riscos do uso de sal em excesso

“O Ministério da Saúde, por meio da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) lançam nesta terça-feira, em Brasília, a campanha “Menos Sal. Sua Saúde Agradece!”. A proposta é conscientizar o consumidor sobre os problemas que o uso do sal em excesso pode causar à saúde.

Segundo a Anvisa, estimativas indicam que a população brasileira consome cerca de 12 gramas de sal por dia, mais do que o dobro recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é até 5 gramas diárias.

A campanha será lançada à tarde, durante a cerimônia oficial de abertura da 30ª Exposição e Encontro Centro-Oeste de Supermercados (ExpoEcos). A iniciativa começará com um projeto piloto nos supermercados de Brasília e de todo o Distrito Federal. Depois, deve ser estendida às demais unidades federativas.”

(Agência Brasil)

Copa 2014 – Sefaz-CE discute em Brasília isenção de IMS para obras

O secretário estadual da Fazenda, Mauro Filho, participa, nesta terça-feira, em Brasília, no Ministério do Esporte, de reunião que discute propostas de isenção do ICMs para as obras da Copa 2014. O encontro envolve demais secretários de Fazenda que, após esse encontro, discutirão o tema na próxima reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), com data a ser marcada.

Mauro Filho não deu muitos detalhes, mas adiantou que as obras da Copa no Ceará estão “rigorosamente em dia” e que a luta agora é para que Fortaleza possa ser sede da Copa das Confederações. Ele garantiu que há condições para isso, porque o Castelão é o mais avançado em obras de reforma de estádio no País.

O secretário disse ainda que a política de isenção de ICMS para obra da Copa faz parte da decisão do governo federal de apostar em PPPs, ou seja, parcerias público-privadas em algumas ações. A reunião dos secretarios de Fazenda acontcve durante toda esta terça-feria sob comando do mimnistro Orlando Silva (Esporte).

Marinha abre concurso para 778 vagas de nível técnico

“A Marinha do Brasil abriu concurso público para o preenchimento de 778 vagas no Corpo Auxiliar de Praças (CAP), para ambos os sexos de idades entre 18 e 24 anos. As provas serão realizadas em novembro.

Os candidatos devem ter nível técnico completo nas áreas de administração, administração hospitalar, contabilidade, desenho de arquitetura, desenho mecânico, estatística, edificações, eletrônica, eletrotécnica, enfermagem, estruturas navais, geodésia e cartografia, gráfica, higiene dental, metalurgia, meteorologia, mecânica, motores, nutrição e dietética, patologia clínica, processamento de dados, prótese dentária, química, radiologia médica, secretariado e telecomunicações.

A seleção é constituída da prova com cobrança de conhecimentos profissionais, redação, verificação do histórico de vida, avaliação médica e psicológica e teste de suficiência física. Após a aprovação no curso de formação, na graduação de cabo, o selecionado ganhará inicialmente R$ 2.200.

As inscrições estarão abertas entre 1० de agosto e 1০ de setembro pela internet ou nos postos de atendimento e têm valor de R$ 20. O edital se encontra no site da Marinha.”

(SOS Concurseiro)

Eleições 2012 – Lula nega que seja contra prévias no PT

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou na noite desta segunda-feira que esteja trabalhando para evitar a realização de prévias na escolha dos candidatos do PT para as eleições municipais de 2012. “Fui eu que propus a adoção de prévias no PT”, disse o ex-presidente.

O ex-presidente recebeu nesta segunda-feira o prêmio de personalidade do ano concedido pela revista “Vida Imobiliária”.Um dos patrocinadores do evento, realizado no tradicional clube Monte Líbano, em São Paulo, é o banco estatal Caixa Econômica Federal. Segundo o editor da revista, Luiz Sampaio, o custo total do evento foi de R$ 250 mil. Os outros patrocinadores do evento são empresas e entidades privadas.

A revista “Vida Imobiliária” foi fundada em Portugal há 16 anos. A edição brasileira existe há três anos. Essa é a primeira edição do prêmio. Lula foi escolhido pelo conselho editorial da revista, que é formado por 15 profissionais do setor imobiliário devido à criação do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

(Ig)

PAC – Planalto busca saída para destravar Transnordestina e Transposição

“A presidente Dilma Rousseff passou os últimos dias discutindo formas de tornar mais ágeis as principais obras de infraestrutura do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Nordeste, que estão com canteiros paralisados.

O Planalto teme que os projetos de transposição do Rio São Francisco e das ferrovias Transnordestina e Leste-Oeste, promessas de campanha em 2010, não sejam concluídos no atual governo.

Uma série de pedidos de aditivos contratuais por parte das construtoras, dificuldades de licenciamento ambiental e falta de empenho de parceiros estratégicos, como governadores e prefeitos, estão sendo analisados pelo governo. Os prejuízos podem ser percebidos bem antes de 2014, avaliam auxiliares da presidente.

Até agora, em quase sete meses no poder, ela não conseguiu aproveitar a máquina de viagens para o sertão que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou azeitada.

Como presidente, Dilma não fez visitas às cidades nordestinas que recebem as grandes obras. Ela esteve na região cinco vezes, para festas e solenidades fechadas.

A única visita a uma cidade sertaneja ocorreu em fevereiro. A presidente esteve em Irecê, no semiárido baiano, para visitar uma feira de produtores rurais e participar de um evento em homenagem às mulheres.

Os marqueteiros do Planalto estão assustados. Observam que, até agora, a presidente se sustentou com a versão de que não vai para os grotões porque não gosta de palanque. Os resultados das obras, neste caso, são negativos.

Na sexta-feira, Dilma teve longa conversa com a ministra do Planejamento, Mirian Belchior, para discutir as pressões dos empreiteiros que tocam as obras no São Francisco.”

(Estadão)

Com saída de Pagot, Dilma ai cobrar ficha limpa para preencher cargos do MT

“o diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, ligado ao Partido da República (PR), formalizou [ontem] seu pedido de demissão e a presidente Dilma Rousseff determinou que seja adotado um novo critério de contratação para blindar o Ministério dos Transportes contra interferência política no preenchimento dos cargos: a partir de agora, todas as indicações para cargos de segundo e terceiro escalões têm que ser avaliadas pelos critérios da Lei Ficha Limpa.

Ou seja, só assumirá cargo no governo quem não tiver condenação na Justiça. Essa condição será exigida, inclusive, para as substituições nas superintendências do Dnit.

A determinação foi dada pela própria Dilma ao ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos. A presidente também avisou que não aceitará indicações políticas para a pasta, seguindo a regra já adotada para o preenchimento de cargos em agências reguladoras.

A ordem foi dada para respaldar Passos, que vinha sofrendo nos bastidores pressão do PR para manter influência política no ministério.

Segundo um auxiliar direto, todas as nomeações terão que passar antes pela aprovação pessoal da presidente. Na prática, Dilma assumiu o comando dos Transportes e não vai permitir que o PR volte a ter influência em uma pasta considerada estratégica por ela. O ministro já comunicou essa decisão ao comando da legenda.

– O PR vai ser o único partido no governo que não vai ter nada no governo. Se for um tratamento uniforme, não tem problema. Pelo jeito, o partido não será ouvido para o preenchimento de novos cargos – disse o vice-líder do governo, deputado federal Luciano Castro (PR-RR).

Para neutralizar a pressão do PR, o Planalto já trabalha para enfraquecer e dividir o partido aliado.

Dentro dessa estratégia, o primeiro passo foi esvaziar o poder do secretário-geral do partido, deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), no governo. Depois de demitir os indicados de Valdemar nos Transportes, o Planalto tem dito a vários interlocutores do partido que ele não tem mais influência no governo.”

(Globo)

Campanha do Desarmamento recebeu mais de 10 mil pedidos de indenização

71 1
“Em pouco mais de dois meses, o Banco do Brasil (BB) já liberou cerca de R$ 1,1 milhão para pagar 10,4 mil pedidos de indenização a quem entregou armas nos postos de coleta da Campanha Nacional de Desarmamento. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela assessoria de imprensa do banco. As indenizações da campanha, este ano, estão sendo pagas de forma mais rápida, nos terminais de autoatendimento.
O anonimato é garantido aos cidadãos que entregaram armas em troca de valores que variam de R$ 100 a R$ 300.
Quem entrega uma arma para o Estado recebe um documento com números de protocolo e senha para sacar a indenização nos terminais de autoatendimento. Basta acionar qualquer tecla do terminal eletrônico, selecionar a opção “Campanha do Desarmamento”, preencher os campos próprios do protocolo, digitar a senha, aguardar a confirmação de valor e sacar o dinheiro.”

(Agência Brasil)

Dilma firma pacto com governadores do NE contra a miséria

“A presidenta Dilma Rousseff firmou, hoje (25), com os nove governadores da Região Nordeste, um pacto pela erradicação da miséria. O pacto formaliza o compromisso dos estados e municípios em cooperar com a execução das ações do Plano Brasil sem Miséria.

Junto dos governadores, no município de Arapiraca (AL), a presidenta Dilma Rousseff disse que, durante muitos anos, a miséria ficou fora da pauta política brasileira e que superar esse flagelo na Região Nordeste é, agora, uma prioridade.

A atenção especial à região se justifica, segundo Dilma, porque dos 16 milhões de brasileiros que vivem na extrema pobreza, 9,6 milhões estão nos estados nordestinos. “Sabemos que a miséria no Brasil não constava na pauta política ou era relegada a estudo e não era considerada uma questão legítima”, disse Dilma. “Não descansaremos enquanto não conseguirmos fazer com que o povo do Nordeste tenha perspectiva de sair da condição de miséria em que ainda se encontra”.

Como cabe aos municípios identificar as famílias aptas a participar do Brasil sem Miséria, a presidenta fez um apelo aos prefeitos e governadores de estado. “O Brasil sem Miséria tem nos prefeitos seus grandes protagonistas. E sem os governadores, esse programa não dará o salto que queremos até 2014. Vamos ter que enfrentar as características regionais da miséria se quisermos resolvê-las”, ressaltou Dilma.

Ao falar sobre a parceria entre o governo e a iniciativa privada para que os supermercados comprem os produtos de agricultores familiares extremamente pobres, Dilma disse que quer ver os produtos com a marca Brasil sem Miséria conhecidos nas gôndolas dos supermercados. “Os consumidores poderão participar usando seu poder de compra e privilegiando essa agricultura”. As primeiras aquisições serão de farinha de Alagoas, laranja de Sergipe e de geleias e doces produzidos na Bahia.

A visita de Dilma a Arapiraca também marcou o lançamento do Plano Brasil sem Miséria – Nordeste. A ministra do Desenvolvimento Social, Tereza Campello, explicou que o plano tem um olhar regional e que, assim como foi lançado hoje na Região Nordeste, também será lançado na demais regiões do país. “Vamos para as outras regiões reafirmar o compromisso do governo federal, inclusive, com o custeio”.

A presidenta Dilma ainda lançou o programa Água para Todos, que irá levar água às famílias extremamente pobres que vivem em áreas rurais no Semiárido Nordestino. Também foi anunciada a segunda chamada pública para a contratação de 204 técnicos rurais que vão atender a famílias de agricultores extremamente pobres do Nordeste.”

(Agência Brasil)

Parlamentar do PSOL carioca debaterá direitos humanos em Fortaleza

138 5

O deputado estadual Marcelo Freixo (PSOL/RJ) participará em Fortaleza, nesta terça e quarta-feira, de uma série de debates sobre direitos humanos. O parlamentar preside a Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) e é professor de História e militante pelos Direitos Humanos há 20 anos.

Freixo participou de projetos educativos no sistema penitenciário e foi membro do Conselho da Comunidade do Rio de Janeiro. Em 2007, assumiu o primeiro mandato como deputado estadual do PSOL, na Alerj. Ele ainda presidiu a CPI das Milícias, que investigou a ligação de parlamentares com grupos paramilitares, da qual resultou a indiciação de 225 envolvidos e a apresentação de 58 medidas concretas para acabar com essa máfia, ação que inspirou a realização do filme “Tropa de Elite 2”.

Em Fortaleza, Freixo discutirá direitos humanos, crime organizado, violência institucional, privatização das cidades no contexto da realização dos megaeventos, dentre outros temas. Confira as atividades.

Programação

Terça-feira

9h30min – Reunião com grupos e organizações que lutam pela efetivação dos Direitos Humanos.

18 horas – Cine debate com o filme Tropa de Elite II

Participação:

Marcelo Freixo – Deputado Estadual pelo PSOL, presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro;

Adelaide Gonçalves – Historiadora e professora da Universidade Federal do Ceará

MST

Local: Centro de Formação Frei Humberto (Rua Paulo Firmeza, 445. Bairro: São João do Tauape)

Qarta-feira

9 horas – Debate: Crime Organizado e Violência Institucional

Debatedores: Marcelo Freixo

Leonardo Sá – Coordenador do Laboratório de Estudos da Violência (LEV), vinculado à Universidade Federal do Ceará;

Renato Roseno – Militante de Direitos Humanos e integrante da Executiva Estadual do PSOL – CE;

Eliane Novaes – Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa.

Local: Assembleia Legislativa do Ceará

19 horas – Debate – Psol nas lutas: contra a criminalização da pobreza e na resistência à privatização da cidade

Marcelo Freixo

João Alfredo – Vereador pelo PSOL em Fortaleza

Soraya Tupinambá – Integrante da Executiva Estadual do PSOL

Local: Sede do PSOL – CE (Av. Imperador, 1397 – Centro).

Brasil registra superávit comercial de US$ 383 milhões na quarta semana de julho

“A quarta semana de julho registrou superávit comercial, saldo positivo de exportações menos importações, de US$ 383 milhões, segundo dados divulgados hoje (25) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

No período, as exportações somaram US$ 5,224 bilhões, com média por dia útil de US$ 1,044 bilhão. As importações ficaram em US$ 4,841 bilhões, com média diária de US$ 968,2 milhões.
No acumulado do mês até a quarta semana, o superávit comercial ficou em US$ 3,134 bilhões, com exportações de US$ 17,524 bilhões (média por dia útil de US$ 1,095 bilhão) e importações de US$ 14,390 bilhões (média diária de US$ 899,4 milhões).

De janeiro até a quarta semana de julho, o superávit comercial chegou a US$ 16,1 bilhões, contra US$ 9,371 bilhões registrados em igual período de 2010. Neste ano, até a semana passada, as exportações estão em US$ 135,827 bilhões, com média por dia útil de US$ 970,2 milhões. As importações totalizam US$ 119,727 bilhões (média por dia útil de US$ 855,2 milhões).”

(Agência Brasil)

Uma dupla nada caipira

Carlito e seu último CD – “Clara vida”

Dois cearenses talentosos resolveram unir voz e violâo e dar vida a um trabalho que promete. São eles Nonato Luiz e o cantor e compositor CarlitoMatos, que já estão produzindo o CD “Dança dos tempos”.

O novo trabalho, inclusive, vai virar show, que estará no palco do Theatro José de Alencar em setembro próximo.

(Foto – Paulo Moska)

Filarmônica Bachiana fará apresentações em Fortaleza

51 1

A Orquestra Filarmônica Bachiana, com regência do maestro João Carlos Martins, fará apresentação no Theatro José de Alencar, nos próximos dias 27 e 28. A primeira apresentação seá destinada aos portadores de doença renal acompanhados de suas familias e o segundo dia será aberto ao público.

A renda das apresentações será revertida para a Fundação do Rim no Ceará, que surgiu com o objetivo de desenvolver projetos e ações para prevenção da doença renal crônica.

SERVIÇO

* Os ingressos para o concerto estão sendo vendidos nas lojas Ibyte Computadores.

Eleições 2011 -Lula gira o Brasil para evitar prévias

65 1

“O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é contra a realização de prévias no PT para a escolha de candidatos às prefeituras, em 2012, e já trabalha para evitar a prática. Lula avalia que o modelo com voto dos filiados, tradicional no partido, deixa sequelas na disputa e mais atrapalha do que ajuda na atual temporada de costumes políticos pragmáticos. Em viagens pelo País, Lula já está articulando candidaturas e alianças.

Ele combinou com a presidente Dilma Rousseff que cuidaria da montagem dos palanques nas principais capitais e enquadraria o PT. Aliancista, Lula avalia que o PT só deve apresentar candidato onde tiver reais chances de ganhar. Caso contrário, recomenda ceder a cabeça da chapa para uma outra legenda. “Em determinadas situações, precisamos juntar todos os diferentes para enfrentar os antagônicos”, diz o ex-presidente.

Em São Paulo, Lula está disposto a bancar a candidatura do ministro da Educação, Fernando Haddad, à revelia do PT. Pouco afeito a gestões políticas, Haddad enfrenta resistências na seara petista. O ex-presidente avalia que é preciso um nome novo na praça para enfrentar a “máquina” da prefeitura, comandada por Gilberto Kassab (fundador do PSD), e também do governo, dirigido por Geraldo Alckmin (PSDB). Além disso, há o fator Gabriel Chalita, deputado que migrou do PSB para o PMDB e assusta os petistas.”

(Agência Estado)

Pressionado, irmão de Romero Jucá deixa Conab

“O diretor financeiro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Oscar Jucá Neto, pediu demissão na tarde desta quinta-feira ao ministro da Agricultura, Wagner Rossi. A solicitação foi feita após uma série de reuniões ao longo da semana com a cúpula do PMDB, inclusive com a presença do vice-presidente, Michel Temer. Oscar Jucá Neto é irmão do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Jucazinho não teve tempo nem de esquentar a cadeira: sua demissão ocorreu logo depois que ele completou um mês no cargo. E cinco dias após VEJA ter revelado que ele autorizou, por conta própria, o pagamento de uma dívida de 8 milhões de reais a uma empresa de armazenagem chamada Renascença. Havia, porém, um empecilho legal para pôr um ponto final no litígio: o dinheiro para saldar a dívida não existia no orçamento, o que levou a Conab a ter a área de um estacionamento penhorada pela Justiça como garantia de pagamento.

Pressa – Apenas duas semanas depois de assumir o cargo, Jucazinho aproveitou que o presidente da Conab, Evangevaldo Moreira, estava fora, numa reunião de trabalho com o ministro da Agricultura, e decidiu resolver o caso. Como diretor financeiro, ele tem a senha da conta da Conab. Sem avisar nada a ninguém, ele verificou que havia dinheiro em caixa e fez a transferência. Jucazinho tinha tanta pressa que não atentou para o fato de que estava sacando dinheiro de um fundo que só pode ser usado para comprar alimentos. Dois dias depois, o presidente da Conab descobriu a fraude e levou o assunto ao conhecimento do ministro Wagner Rossi.

Chamado a se explicar na frente do ministro, Jucazinho desafiou seus superiores. Disse que pagou porque era preciso pagar – e pronto. Não se deu ao trabalho de explicar o porquê da pressa, do descuido com os procedimentos administrativos, de ter feito tudo na surdina. Diante do enfrentamento, Rossi, um cacique menor se comparado ao senador Jucá, decidiu demitir Jucazinho.

Ao tomar conhecimento das intenções do ministro, o senador Jucá procurou Michel Temer para defender o irmão. O vice-presidente ficou numa situação delicada. De um lado, seu afilhado político, Wagner Rossi, que foi desautorizado. Do outro, Jucazão, o homem de confiança, artífice de todas as tarefas sujas do partido. Diante do impasse, Temer lavou as mãos – e combinou com os correligionários que o problema seria resolvido sem alarde para evitar desgastes. Em tempo: o agora milionário dono da Renascença integra uma lista de pessoas carentes candidatas a receber uma casa popular do governo.”

(Veja)