Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Governistas já esperam queda de ministro dos Transportes

118 1

“O afastamento da cúpula do Ministério dos Transportes por causa de um suposto esquema de corrupção pela presidente Dilma Rousseff no final de semana deixou o ministro Alfredo Nascimento em posição insustentável no comando da pasta,de acordo com a avaliação de aliados do Governo, segundo o portal Estadão.com.br.  A queda do ministro é esperada em breve pelos governistas e a oposição já avalia apresentar um pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o caso.

A rapidez com que Dilma atuou no episódio levantou ressentimentos na base.  Eles sustentam que a presidente humilhou o PR, que comanda o Ministério dos Transportes, e fragilizou a confiança com a base pela forma com que agiu.

Nos bastidores, as desconfianças com a presidente vão além. Setores da base afirmam não ter dúvidas de que as informações sobre o suposto esquema foram repassadas à revista Veja, por integrantes do próprio governo.

Segundo a Veja, o suposto esquema é  baseado na cobrança de propinas de 4% das empreiteiras e de 5% das empresas de consultoria que elaboram os projetos de obras em rodovias e ferrovias.

Após a revelação, foram afastados pelo governo o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot, o presidente da Valec Engenharia, José Francisco das Neves, o chefe de gabinete do ministério, Mauro Barbosa Silva, e o assessor Luís Tito Bonvini. ” 

(Estadão)

Petista José Guimarães assume liderança do Governo

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=jVBU1K_n_Lk[/youtube]

Nesta semana em que o líder do Goerno na Câmara, Cândido Vacarezza, empreende viagem ao Exterior, quem está respondendo pela liderança é o deputado federal cearense José Nobre Guimarães. Nessa condição, ele conversou com o Blog e comenta atividades e também mais um escândalo na Era Dilma, no caso as denúncias de propina no âmbito do Ministério dos Transportes.

Quem cometer crime leve só será preso em último caso

122 3

“Vem aí uma grande mudança no sistema penal e carcerário brasileiro. Nesta segunda-feira (4), entra em vigor a Lei n. 12.403/2011, que altera 32 artigos do Código de Processo Penal, de 1941. Com a nova lei, pessoas que cometeram crimes leves – punidos com menos de quatro anos de prisão – e que nunca foram condenadas por outro delito só serão presas em último caso.

A legislação brasileira considera leves crimes como furto simples, porte ilegal de armas, homicídio culposo no trânsito – quando não há intenção de matar -, formação de quadrilha, apropriação indevida, dano a bem público, contrabando, cárcere privado, coação de testemunha durante o andamento do processo, falso testemunho, entre outros.

Hoje, só há duas possibilidades para as pessoas que cometem esses crimes: a prisão, se o juiz entender que elas podem oferecer riscos à sociedade ao longo do andamento do processo, ou a liberdade. Com a nova regra, haverá um leque de opções intermediárias, que poderão ser aplicadas e a prisão só poderá ser decretada em último caso – quando a pessoa já tiver sido condenada, em casos de violência doméstica, ou quando houver dúvida sobre a identidade do acusado.

Nove medidas poderão substituir a prisão antes do julgamento definitivo do acusado. As principais são: pagamento de fiança de um a 200 salários mínimos (que poderá ser estipulada pelo delegado de polícia, e não apenas pelo juiz), monitoramento eletrônico, recolhimento domiciliar no período noturno, proibição de viajar, frequentar alguns lugares e de ter contato com determinadas pessoas e suspensão do exercício de função pública ou de atividade econômica.

A nova lei permite também que as medidas alternativas sejam suspensas – e a prisão decretada – se houver descumprimento da pena.

A lei determina ainda que se a somatória das penas ultrapassar quatro anos, cabe a prisão preventiva.

Outra mudança importante no caso de prisão preventiva é a obrigação de separar as pessoas presas provisoriamente daquelas que já foram condenadas.”

(Agência Brasil)

Maquiagem infla gastos com saúde em R$ 12 bilhões

79 1

“Estados maquiaram seus investimentos em saúde pública nos últimos anos declarando quase R$ 12 bilhões gastos com reformas de presídios, aposentadorias de funcionários públicos e outras atividades como se tivessem sido aplicados no setor.

A emenda constitucional 29, aprovada pelo Congresso no ano 2000, determina que os Estados invistam no sistema público de saúde no mínimo 12% de suas receitas, mas a maioria não cumpre a legislação e tem inflado as prestações de contas entregues ao governo federal.

Despesas com ensino superior, obras de saneamento básico e financiamento habitacional também foram apresentadas como investimentos em saúde, de acordo com o Ministério da Saúde.

Os 27 Estados declararam gastos de R$ 115 bilhões com saúde de 2004 a 2008. Depois de examinar suas prestações de contas, o ministério concluiu que R$ 11,6 bilhões se referiam a despesas com outras áreas, que não poderiam ser usadas para cumprir a lei.

Esse dinheiro corresponde a 10% dos gastos informados pelos Estados nesses cinco anos e seria suficiente para manter por um ano 13 ambulâncias do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) em cada um dos 5,5 mil municípios do país.”

(Folha)

Gilberto Gil é atração em Sobral

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=PSNlwlfw6DY[/youtube]

Eis o cantor Gilberto Gil, que será atração nesta segunda-feira em Sobral, que comemora 238 anos de emancipação política. Aqui, o Governo do Estado uniu o útil ao agradável: um show de Gil festejando a cidade do governador Cid Gomes e, ao mesmo tempo, dentro do programa “Férias no Ceará”.

Denúncia contra ministro, RDC e correção da tabela do IR esquentam pauta antes do recesso parlamentar

“A penúltima semana antes do recesso parlamentar de meio de ano, o Congresso deve se dividir entre a análise de medidas provisórias e pedidos de investigação sobre denúncias contra integrantes do PR e do Ministério dos Transportes. Os parlamentares também terão de correr para acelerar a votação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que aguarda votação na Comissão Mista de Orçamento. Sem a análise da LDO, deputados e senadores não poderão entrar de recesso no dia 15.

Entre as medidas provisórias, pelo menos duas causam grande polêmica: a MP 528/11, que corrige a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, e a MP 527/11, que estabelece novas regras para licitações de obras da Copa do Mundo e das Olimpíadas. A MP 528 é o segundo item da pauta da Câmara. A MP 527 foi aprovada semana passada pelos deputados e precisa ser votada até o dia 15 pelos senadores, sob risco de perder sua validade.

A publicação de uma reportagem pela revista Veja que associa o PR a um esquema de cobrança de propina e superfaturamento no Ministério dos Transportes deve acalentar novo embate entre governo e oposição.

Integrantes da oposição cogitam pedir uma CPI para investigar as denúncias que resultaram no afastamento de quatro membros da cúpula do ministério e prometem fechar o cerco sobre o ministro Alfredo Nascimento.

Ministro pressionado

O líder dos tucanos no Senado, Alvaro Dias (PSDB-PR), já anunciou que vai apresentar um requerimento convocando o ministro a prestar esclarecimentos na Comissão de Infraestrutura. O paranaense também quer ouvir o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luis Antonio Pagot, um dos diretores afastados. Eles são suspeitos de cobrar propina de 4% para facilitar licitações e promover aditivos e superfaturamento de preços, segundo a revista Veja.

Apesar de ser apontado pela reportagem como um dos coordenadores do esquema, Nascimento não foi afastado. Em nota, negou ter envolvimento com o caso e prometeu apuração rigorosa. “O governo como sempre foi conivente. Não deu importância às denúncias, que não são novas. Transformaram o Brasil nos últimos anos no paraíso do superfaturamento”, disse Alvaro Dias.

Emenda 29 e Simples

Na Câmara, o primeiro item da pauta é o Projeto de Lei 1209/11, que cria o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que tramita em regime de urgência. Os líderes ainda vão se reunir para discutir que projetos devem ser votados antes do recesso parlamentar. Os mais cotados para serem submetidos ao voto hoje são o que regulamenta a Emenda Constitucional 29  (Projeto de Lei Complementar 306/08) e o que amplia o teto do Supersimples (Projeto de Lei Complementar 591/10).

A chamada Emenda 29 estipula que a União, os estados e os municípios devem aplicar percentuais mínimos de recursos dos impostos na área de saúde. A conclusão da votação dessa proposta depende da análise de um destaque  da oposição ao projeto. Esse destaque exclui a cobrança da Contribuição Social para a Saúde (CSS), tributo a ser criado para substituir a extinta CPMF, também conhecida como “imposto do cheque”.

A Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa promete aumentar a pressão sobre os líderes para incluir a proposta que aumenta as faixas de faturamento que permitem aos donos de negócios optarem pelo sistema simplificado de pagamento de tributos, o Simples, também conhecido como Supersimples. A proposta admite, ainda, outros beneficiários e cria um parcelamento automático das dívidas desses empresários.
Hoje, 4,7 milhões de empresas estão no Simples, que unifica oito impostos federais, estaduais e municipais e cobra apenas de 4% a 17,42% do faturamento do negócio. Para optar pelo sistema, as vendas não podem passar de R$ 2,4 milhões por ano, mas o projeto eleva esse valor em 50%, que passaria para R$ 3,6 milhões.
Mordida do Leão

Governo e oposição ainda buscam entendimento para votar a correção da tabela do IR. A MP 528 corrige a tabela em 4,5%, mesmo percentual utilizado pelo Executivo desde 2006, mas a oposição insiste na elevação desse índice para 5,9%. Pela proposta do governo, a faixa de renda isenta passa de R$ 1.499,15 para R$ 1.566,61 em 2011. Para a oposição, o aumento deve levar em conta a reposição da inflação do período, e não apenas a meta inflacionária buscada pelo governo.

Veja as outras MPs que trancam a pauta (isto é, têm prioridade nas sessões ordinárias) na Câmara:

– 529/11: reduz de 11% para 5% a alíquota de contribuição do microempreendedor individual para a Previdência Social;
– 530/11: institui o plano especial de recuperação da estrutura física de escolas públicas afetadas por desastres naturais nos estados e no Distrito Federal;
– 531/11: concede crédito extraordinário de R$ 74 milhões para a recuperação da rede física das escolas públicas, como previsto na MP 530/11;
– 532/11: submete o setor produtivo do etanol ao controle da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP);
– 533/11: autoriza a União a repassar recursos aos municípios e ao Distrito Federal para manter escolas públicas de educação infantil ainda não computadas no censo escolar. (Fonte: Agência Câmara)

Licitações para Copa

Governo e oposição devem intensificar no Senado as discussões sobre a MP 527/11. Mesmo com o recuo governista em alguns pontos, a proposta ainda enfrenta muita resistência. Aprovado na Câmara, o chamado Regime Diferenciado de Contratação (RDC) dá às construtoras toda a responsabilidade para entregar o projeto básico e a obra pronta em condições de uso, cria o “anteprojeto de engenharia”, considerado risco de sobrepreço por órgãos de fiscalização, põe em sigilo as estimativas de orçamento do governo e simplifica as concorrências reduzindo recursos e prazos.

A proposta deve ser votada até o dia 15 para não perder a validade, mas a base aliada no Senado quer aprová-la já na semana que vem. Como antecipou o Congresso em Foco, a Procuradoria-Geral da República já trabalha para questionar no Supremo Tribunal Federal (STF) a constitucionalidade da medida caso ela seja aprovada.”

(Congresso em Foco)

FHC destacar um Itamar Franco de espírito incorruptível

72 1

“Sucessor do ex-presidente Itamar Franco na Presidência da República e ex-ministro do governo dele, Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) disse que ficou abalado com a morte do senador, a quem chamou de “amigo”. Segundo Fernando Henrique, Itamar tinha como características marcantes a ética, o espírito incorruptível e a determinação.

“Itamar era caracterizado, primeiro, por ter um comportamento ético e irretocável e, segundo, por ser uma pessoa persistente. Quando tinha um objetivo, ele ia lá”, disse o ex-presidente, em entrevista coletiva concedida na casa dele, no bairro de Higienópolis, em São Paulo.

Fernando Henrique lembrou que se tornou chanceler e ministro da Fazenda de Itamar sem que ambos tivessem intimidade. “Fui ministro do Exterior [das Relações Exteriores] do Itamar, pois nos conhecemos no Senado, mas não tínhamos uma relação mais próxima no Senado, embora muito boa e cordial, e ele me surpreendeu me nomeando ministro do Exterior e mais tarde, da Fazenda. Nesta época se não fosse o apoio decisivo do Itamar não poderia ter feito o Plano Real, porque nenhum plano desta magnitude se faz sem apoio do presidente.”

Segundo Fernando Henrique, o Brasil deve muito a Itamar e ao exemplo deixado por ele.  “Itamar era um homem  digno, que não se deixava levar pelo fascínio do poder e não aceitava a corrupção”, disse ele.”
(Com Agência Brasil)

Senadora Kátia Abreu, líder da bancada ruralista, entre multados pelo Ibama

Parlamentares integrantes da bancada que critica o atual Código Florestal e defende mudanças para que os produtores rurais não sejam prejudicados por regras que não podem cumprir já foram autuados pelo Ibama.

Pelo menos seis parlamentares receberam multas no valor total de R$ 3 milhões. O maior devedor do órgão ambiental é o senador Ivo Cassol (PP-RO): R$ 1,6 milhão.

A presidente da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), senadora Kátia Abreu (DEM-TO), que lidera a pressão pela reforma do Código, também entrou na mira dos fiscais do meio ambiente. Uma fazenda da família dela foi autuada duas vezes por desmatamento ilegal em áreas protegidas.

Na Fazenda Aliança, localizada no município Aliança do Tocantins, 75 hectares de Floresta Amazônica foram destruídos em Áreas de Preservação Permanente (APP) e Reserva Legal. A propriedade, que a senadora costuma dizer que também é sua, está registrada no nome do filho de Kátia, o deputado federal Irajá Abreu (DEM-TO), que por isso recebeu multas que somam R$ 55 mil. As autuações estão sendo contestadas na Justiça.

(O Globo)

Show de Padre Reginaldo Manzotti abrirá festa do centenário de Juazeiro do Norte

177 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=KkH5cPYCS4c[/youtube]

“Juazeiro do Norte, a terra do Padre Cícero, celebra no próximo dia 22 seu centenário em meio a romaria pelos 77 anos da morte do sacerdote fundador do município cearense. Para comemorar os 100 anos a Prefeitura está organizando a Semana Centenária, que terá abertura no próximo dia 17, prosseguindo até 24, reunindo uma série de eventos.

O primeiro deles, na abertura oficial dos festejos, será um show do padre Reginaldo Manzotti, que está agendado para o parque de eventos Padre Cícero. A apresentação tem início previsto para às 19 horas do domingo, 17 de julho. A programação terá no dia 19, às 19 horas, o lançamento da coleção Centenário, composta por 20 livros que enfocam fatos históricos e inéditos da vida de Padre Cícero e da história do município caririense. A solenidade será no memorial Padre Cícero.

Coordenador Executivo da Comissão Organizadora do Centenário de Juazeiro, o secretário de Cultura, Turismo e Romarias, José Carlos dos Santos, lembra que a comemoração vai coincidir com o período de uma das maiores romarias que o município recebe.

O dia 20 de julho, data da morte de padre Cícero, atrai filhos do município que estão distantes e romeiros de todo o Brasil que chegam para louvar Padre Cícero pela data, o que ele avalia que será muito bom por esse momento histórico. Conforme diz, todos terão oportunidade de participar dos eventos que se realizarão em vários pontos do município.

Inaugurações

A semana vai contar com inaugurações de obras pela administração municipal. Para o dia 21, está agendada a reinauguração da estátua que homenageia Padre Cícero, principal símbolo da cidade do Cariri, que foi submetida a uma reforma.

Romeiros e juazeirenses também também poderão apreciar no decorrer do período a Exposição Padre Cícero e o Centenário de Juazeiro do Norte. O evento vai reunir fotos e objetos do sacerdote. O evento será dia 17 no Cariri Shopping.”

PT é o partido mais rico hoje no Brasil

234 5

“Em voo fretado, de São Paulo para Fortaleza, uma comitiva com seis representantes do PT nacional – entre eles, o presidente da sigla, Rui Falcão – desembarcou na capital cearense para visitar obras da Prefeitura, na última quinta-feira. Depois de percorrer a cidade, o grupo se reuniu no Marina Park Hotel, onde almoçou com a prefeita Luizianne Lins e outros petistas, e concedeu entrevista. De lá, no mesmo avião, a equipe viajaria para Teresina, Manaus, Belém e Macapá. Só depois, retornaria a São Paulo, onde fica um dos prédios que sediam a legenda.

O recorte da rápida passagem por Fortaleza reflete a rotina, tão intensa quanto cara, de um partido de grande porte. Por ser o que mais atraiu votos no último pleito, o PT é o primeiro na lista de siglas que mais receberão recursos do Fundo Partidário em 2011. Até junho, foram R$ 24,6 milhões, sem contar com a arrecadação com filiados e doadores externos – o que, segundo disse ao O POVO o secretário de Finanças do partido, João Vaccari Neto, ajudará o partido a fechar o montante anual em cerca de R$ 50 milhões.

Pelo menos 120 funcionários compõem a equipe do PT nacional. Ao contrário do que ocorre em boa parte das legendas, todos os membros da executiva, exceto os que têm mandato ou cargos no Governo, recebem salário – R$ 13 mil, segundo Vaccari. Fora isso, “todo dia tem emissão de bilhete aéreo. Diariamente tem gente visitando estado, se encontrando com fulano, se reunindo com lideranças”, descreveu.

Ceará

O instituto de pesquisa da sigla, Fundação Perseu Abramo, absorve 20% do fundo, enquanto outra porcentagem é repartida entre os estados. No ano passado, o PT do Ceará foi contemplado com R$ 402,4 mil, mais cerca de R$ 600 mil de outras fontes.

Muito dinheiro? O secretário de finanças Vaumik Ribeiro relativiza e até alega que várias demandas sociais – que são uma espécie de retorno dos partidos à população que banca o sistema partidário – precisam ser cortadas por falta de recurso. “Se vem um grupo propondo uma atividade política, uma formação, um congresso, a gente diz: olhe, o máximo que posso dar é isso. Corra atrás do resto”, explicou.

Questionado sobre a possibilidade de o partido cortar gastos supérfluos, rumo a uma maior economia dos recursos, o dirigente afirmou: “tudo é gasto. Qualquer pequeno evento requer transporte, alimentação, material. Não dá para fazer tudo””

(O POVO)

Corpo de Itamar será cremado em Minas

“O corpo do ex-presidente Itamar Franco, morto no sábado (02), saiu por volta de 7h30 deste domingo (3) do hospital Israelita Albert Einstein em direção ao aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Ele deixa a capital paulista, em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) rumo a Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde acontecerá o velório na Câmara Municipal da cidade.

O comboio é composto por quatro carros, sendo um da funerária (que carrega o caixão), um do cerimonial e dois disponíveis para a família. A escolta também é feita por motos da Polícia do Exército e da Polícia Militar, totalizando 20 veículos.

Na segunda-feira ele será transladado para Belo Horizonte, onde receberá honras fúnebres como ex-governador de Minas Gerais, no Palácio da Liberdade. Em seguida, o corpo de Itamar será cremado em cerimônia reservada à família.

O senador e ex-presidente Itamar Franco (PPS-MG) morreu por volta de 10h de sábado no Hospital Israelita Albert Einstein onde estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratamento de leucemia.

Desde o dia 21 de maio, o ex-presidente estava internado para tratamento da doença. Seu estado de saúde piorou na sexta (01), quando passou a respirar com a ajuda de aparelhos. A morte aconteceu em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC) seguido de coma.”

(Portal Uol)

Empresa do senador Eunício Oliveira assina contrato de R$ 57 milhões com a Petrobras

279 13

“A empresa do senador e ex-ministro das Comunicações do governo Lula, Eunício Oliveira (PMDB-CE), a Manchester Serviços LTDA, assinou oito contratos consecutivos e sem licitação com a Petrobras entre fevereiro de 2010 e junho deste ano, o que soma R$ 57 milhões, denunciou hoje o jornal O Estado de S. Paulo. Segundo o jornal, documentos da estatal mostram que todos os contratos, com duração de dois a três meses cada, foram assinados por meio de “dispensa de licitação”, sem concorrência pública. Só no ano passado, R$ 25 milhões de foram repassados à Manchester, e um contrato de R$ 8,7 milhões foi fechado a nove dias das eleições presidenciais.

A empresa tem sede em Brasília, mas abriu uma filial em Macaé, a poucas quadras da sede da estatal, e fornece mão de obra terceirizada à Petrobras. De acordo com o Estado, os diretores da Área Internacional da Petrobras, Jorge Zelada, e de Abastecimento, Paulo Roberto Costa, foram indicados pelo PMDB no último governo e mantidos pela governo Dilma. A Petrobras confirmou ao jornal os contratos sem disputa pública por “problemas no processo licitatório”.

O senador afirmou estar afastado das decisões da empresa e preferiu não falar. O sócio dele, Nelson Ribeiro Neves, afirmou ao jornal que o fato de Eunício ser senador não influenciou os contratos e que tudo foi feito dentro da lei. Ele disse que os contratos são uma continuidade de serviços fechados há anos, apesar de a Petrobras afirmar que os contratos são novos, somente enquanto não fecha processo de licitação. A Manchester é uma das empresas envolvidas no “mensalão do DEM” no Distrito Federal, em que aparece no relatório da Polícia Federal suspeita sobre pagamento de R$ 666 mil autorizado pelo governo do DF.”

(Portal Terra)

Morte de Itamar – Jabas Vasconcelos diz que perdeu um amigo

100 1

Da assessoria do senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), eis nota sobre a morte de Itamar Franco:

“Eu perdi um amigo, uma pessoa pela qual tinha grande respeito e admiração, por sua coerência, sua combatividade. Todas essas características ficaram evidentes nesses poucos meses em que Itamar esteve de volta ao Senado da República. O Brasil perdeu um grande homem público, alguém ao qual o País deve muito. Itamar assumiu a Presidência da República num momento difícil e se comportou com uma decência e uma honradez à toda prova. Foi um gigante. Não apenas assegurou a democracia, mas também legou o Plano Real. Itamar foi um dos pais da atual estabilidade política e econômica desfrutada por todos nós. Nesse momento no qual nem sempre a gente vê o exercício da política de forma positiva, Itamar vai fazer uma falta tremenda. Fica o seu legado, o seu exemplo pra todos nós, mas principalmente para os mais jovens.”
Senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE)

Ministra Gleisi lembra um Itamar nacionalista

“A  ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, lembrou hoje (2) que o ex-presidente e senador Itamar Franco (PPS-MG) travou ao longo da sua vida política várias lutas, como a resistência à ditadura militar (1964-1983) e a defesa pela causas nacionais. Ela disse que mesmo os embates “mais duros” que teve com Itamar foram marcados pelo respeito mútuo.
Na nota, a ministra assinala: “Itamar foi bom para Minas e para o Brasil. Graças à sua luta, a Cemig e Furnas não estão privatizadas. Foi grande na luta contra a ditadura militar. Convivi com ele no Senado, onde tivemos debates duros, porém respeitosos e a favor do que entendíamos ser melhor para o país”.
A presidente  Dilma Rousseff informou, por meio de nota, que participará do velório de Itamar amanhã (3) em Juiz de Fora (MG).”
(Agência Brasil)

Presidente do Cruzeiro assumirá vaga de Itamar Fanco

O presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, deve tomar posse no Senado no lugar de Itamar Franco, que faleceu na manhã deste sábado, vítima de uma pneumonia sofrida durante o tratamento de leucemia.

Perrela foi indicado como primeiro suplente de Itamar nas eleições de 2010. Ex-deputado federal, e ex-deputado estadual, Perrela é empresário do ramos de frigoríficos e pecuarista, com patrimônio declarado de R$ 490 mil.

Foi presidente do Sindicato das Indústrias de Carne e Derivados e de Frios de Minas Gerais (Sinduscarne) entre 1992 e 1997. Também foi diretor da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) entre 1998 e 2001. As principais regiões de atuação política do mineiro são a Central, Noroeste e Centro-Oeste.

Perrela foi eleito pelo PFL em 1998 para a Câmara dos Deputados, atingindo a segunda maior votação entre os candidatos em Minas Gerais. Ocupou o cargo por um único mandato (1999-2003).

Zezé assumiu a presidência do Cruzeiro pela primeira vez no biênio 1995/96, dando início à ”dinastia” da família Perrela no clube mineiro. Posteriormente, ele venceu duas eleições seguidas para os triênios 1997/98/99 e 2000/01/02.

Nesse período, o dirigente conquistou 14 títulos, sendo a Copa Libertadores de 1997 o mais importante deles. O irmão de Zezé, Alvimar de Oliveira Costa, sucedeu-o a partir de 2003 e comandou o Cruzeiro até 2008, em dois triênios.

No fim de 2008, Zezé Perrella voltou ao cargo maior do clube ao derrotar o candidato Márcio Rodrigues, representante único da oposição, por 375 votos a 49.

(Com Blog do Noblat)

Senador Eunício Oliveira destaca o Itamar "contestador"

O senador Eunício Oliveira, presidente da CCJ do Senado e do PMDB do Ceará, divulgou nota sobre a morte do ex-presidente Itamar Franco. Confira:

“O Brasil perde hoje um grande homem, que sempre esteve preocupado com a redemocratização do País e seu desenvolvimento econômico.  A sua atuação foi fundamental para a estabilidade econômica e política do Brasil.
No Senado, Itamar, sempre contestador, mas com muita experiência, soube emitir opinião e defesa daquilo que acreditava, deixando o estado de Minas Gerais com muito orgulho da sua atuação.
* Eunício Oliveira- Senador da República (PMDB-CE)

Tasso Jereissati exalta talento de Itamar Franco como homem público

Do ex-senador Tasso Jereissati, atual presidente do Instituto Teotônio Vilela (ITV), organismo do PSDB, recebemos nota acerca da morte do ex-presidente Itamar Franco:

“A morte do ex-presidente Itamar Franco é mais uma grande perda para o mundo político e administrativo do País. Em todas as posições políticas e públicas,  demonstrou o seu talento  e seu espírito ético, e não hesitava em agir de maneira enérgica quando havia indício ou suspeita de qualquer irregularidade. Ele nos deixa essa marca que deveria ser seguida por todos os governantes brasileiros.”
Bom lembrar que Tasso presidia o PSDB nacionalmente na Era Itamar e deu a sugestão para que o então presidente convocasse Ciro Gomes, governador do Ceará na ocasião, para ocupar o Ministério da Fazenda.