Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Governo investe mais em defesa do que em saúde e educação

166 1
O Ministério da Defesa Nacional investiu, entre 2001 e 2011, R$ 35,7 bilhões. O montante é mais do que o dobro dos investimentos realizados pelo Ministério da Saúde no período, que atingiram R$ 16,4 bilhões. A diferença também é significativa na comparação com o aplicado pelo Ministério da Educação que desembolsou R$ 22,9 bilhões. Os dados foram levantados pelo Contas Abertas e levaram em consideração os investimentos (obras e compra de equipamentos) dos respectivos órgãos nos últimos 11 anos. (veja tabela)

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) acredita que essa relação seja um “suicídio” porque a “verdadeira defesa de uma nação é determinada pelo conhecimento para produzir e utilizar as ciências e tecnologias disponíveis”. Para o parlamentar, mesmo que os projetos militares também desenvolvam cientistas, os beneficiados serão pequena minoria de jovens que conseguirão concluir formas básicas de ensino e chegar à mestrados e doutorados.

(Contas Abertas)

Dilma comemora sucesso de gestão com PT, mas não compartilha o poder

Da Coluna de Denise Rothenburg, do Correio Braziliense:

O governo está bombando perante o eleitorado, a presidente Dilma Rousseff segue lépida e fagueira, liderando sua equipe rumo àquilo que se propôs. O PT, então, é só felicidade, certo? Errado. Os petistas estão infelizes e não é de hoje. No plenário, não é raro ver os deputados em conversinhas meio de lado, com cara de quem não está muito contente. E isso tem motivo: Dilma simplesmente quer que eles compartilhem do seu sucesso, mas sem dividir o poder.

Ontem, eram o líder Jilmar Tatto e o deputado Ricardo Berzoini, ambos do PT paulista , falando sobre reuniões a respeito de vários assuntos. Uma aproximação da imprensa e as conversas cessam. Nenhum dos dois fala de um encontro entre o ministro da Fazenda, Guido Mantega; o presidente da Câmara, Marco Maia; e o líder do governo, Arlindo Chinaglia (PT-SP), para tratar do futuro do Banco do Brasil, juros ou poupança, tema que a presidente espera apoio total do PT. No BB, mudanças de diretores deixaram Maia irritado no passado e continuam incomodando.

Por conta dessas e outras troca de comando sem que os políticos sejam, ao menos, comunicados com antecedência, o PT nos bastidores se mostra tão infeliz quanto o PMDB ou outros partidos no que se refere à ocupação de espaços. Não se cansam de repeti r a frase que Dilma disse numa reunião logo na largada de seu governo e que eles simplesmente não levaram a sério: “Na área de bancos e de energia quem manda sou eu”. Esse é um dos motivos da infelicidade do PT.

Metrofor – Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara visita projetos nesta 6ª feira

Um grupo de parlamentares que integram a Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara visitará, nesta sexta-feira, as obras do Metrofor, o Trem Unidade Elétrica (TUE) e o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A visita é ciceroneada pelo presidente da comissão, o deputado federal cearense Domingso Neto (PSB). A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) organizou o trajeto, que terá também a presença de vereadores de Fortaleza e deputados estaduais
No roteiro, visita às obras de implantação da Linha Sul do Metrofor. Os parlamentares irão visitar a estação Virgílio Távora, em Maracanaú, a partir das 9h30min. O grupo irá embarcar no metrô (Trem Unidade Elétrica – TUE) e seguir até a estação Carlito Benevides, em Pacatuba. Eles irão trocar os TUEs por Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) para chegar ao Centro de Manutenção do Metrofor.

A visita às obras do Metrofor foi solicitada pelos parlamentares durante o o Seminário sobre Mobilidade Urbana, realizado no último dia 27 na Assembleia Legislativa do Ceará. O evento debateu a infraestrutura urbana para transportes, a aplicação da Lei de Mobilidade Urbana e os problemas de acessibilidade.

Ceará ganha mais cinco Varas do Trabalho

O Senado aprovou projeto de lei que amplia a Justiça do Trabalho do Ceará. O texto autoriza a criação de mais cinco varas do trabalho no interior do Estado e Região Metropolitana de Fortaleza, contratação de 40 servidores efetivos de nível superior, 20 de nível médio e cinco cargos em comissão. O documento segue agora para a sanção da presidente Dilma Rousseff.

As novas varas devem ser instaladas nos municípios de Aracati, Eusébio, Caucaia, Juazeiro do Norte e Sobral. Tanto a instalação das novas unidades quanto as nomeações estão condicionadas à aprovação de recursos na lei orçamentária anual.

A presidente tem o prazo de 15 dias para decidir sobre a sanção da lei que autoriza a ampliação.

(TRT-7)

Mantega diz que alta do dólar pode beneficiar setor industrial

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avalia que a recente alta do dólar, hoje em R$ 1,95, vai beneficiar a indústria brasileira e não é motivo de preocupação para o governo. Ele também não vê problema em relação ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de abril, que teve alta de 0,64%.

“Nós tivemos uma elevação em abril em relação ao mês anterior, porém foi inferior ao mesmo mês do ano passado. Continuamos com inflação bem menor em 2011. Existem razões, como a elevação do preço do cigarro, do feijão, [do salário da] empregada doméstica. Alguns itens que elevaram [o índice]”, disse.

Para o ministro, o resultado não preocupa pois ele acredita que a inflação continuará em uma trajetória menor do que no ano passado, quando registrou 6,5% [IPCA]. Segundo ele, o que mais preocupa o governo ainda é a situação internacional, principalmente no continente europeu.

“Estão [os europeus] se defrontando com o agravamento da crise que não conseguiram resolver. A estratégia de só fazer ajuste fiscal, com corte de gasto, demissão de pessoas e corte de salários, não funciona”, destacou. De acordo com Mantega, existe na zona do euro uma “dura realidade, que derrubou primeiros-ministros e presidentes”, sem mencionar diretamente o presidente Nicolas Sarkozy que, no último fim de semana, perdeu as eleições na França.”

(Agência Brasil)

CPMI do Cachoeira – Governador de Goiás pode acabar convocado a depor

“Após ouvir informações prestadas pelo delegado da Polícia Federal (PF), Matheus Mela Rodrigues, o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), defendeu a convocação urgente do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), para depor na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira.

Segundo o senador, os detalhes apresentados pelo delegado indicam loteamento de órgãos públicos e “participação direta” da organização criminosa no governo de Goiás. “Há participação direta da organização criminosa dentro da estrutura do governo de Goiás, inclusive no loteamento de cargos públicos no Detran”, disse o senador.

“A convocação do governador Marconi Perilo é urgente. No meu entender, um requerimento como esse não tem como não ser apreciado na próxima reunião administrativa e não tem condição de não ser aprovado. É urgente a presença dele na CPMI”, disse Randolfe Rodrigues.

O depoimento do delegado está sendo tomado a portas fechadas. De acordo com o senador, ele informou mais de 200 citações do nome de Perillo nas gravações telefônicas interceptadas pela Polícia Federal, além de ligações do próprio governador ao empresário goiano Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso desde fevereiro desse ano, quando a operação Monte Carlo foi deflagrada.

“Tem mais de 200 ligações citando o governador. Há ligações do próprio governador para Cachoeira para dar parabéns pelo aniversário”, disse o senador. O delegado informou, de acordo com o senador, que Perillo teve pelo menos dois encontros com Cachoeira identificados pela PF, entre eles, um jantar na casa do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO).”

(Agência Brasil)

Sérgio Machado deve deixar Transpetro neste mês

O ex-senador Sérgio Machado deve deixar a presidência da Transpetro neste mês. Ele é um dos poucos remanescentes da antiga diretoria da Petrobras ainda no cargo. Ligado ao PMDB e com bom trânsito entre os líderes do partido no Senado, Machado pode ser destituído logo após a entrega do navio João Cândido pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS), prevista para 25 de maio, segundo apurou o Valor.

A possibilidade de saída do executivo em um curto prazo ganhou força depois que a presidente da Petrobras, Graça Foster, mudou quase toda a diretoria da Petrobras. Ela manteve Almir Barbassa na diretoria financeira e ainda falta indicar um nome para substituir o diretor da área internacional, Jorge Zelada, que é uma indicação do PMDB, assim como Machado. Zelada está oficialmente de férias.

Há no meio político, porém, quem avalie que Machado pode ganhar sobrevida na Transpetro em função da necessidade do governo de manter a base aliada unida com o início dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga as relações de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, com agentes públicos e privados.

(Valor Econômico)

Indústria registra queda na produção. Ceará entre as baixas

“A produção industrial brasileira registrou em março queda em cinco dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com três estados apresentando uma queda acima da média nacional para o período (-0,5%). De acordo com os dados da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física-Regional, divulgados hoje (10), a queda na comparação com fevereiro foi de 1,3% na Bahia, 0,7% em Minas Gerais e 0,7% em Santa Catarina. No maior parque fabril do país, São Paulo, a taxa negativa foi 0,3%, inferior, portanto, à média nacional. Já no confronto com março de 2011, as perdas mais intensas foram verificadas em São Paulo (-6,2%) e Santa Catarina (-6%). Rio de Janeiro e Espírito Santo, ambos com uma queda de 2,4%, também registraram recuos maiores que a média nacional nesse tipo de comparação (-2,1%).
 
De fevereiro para março, os indicadores regionais da produção industrial assinalam resultados positivos no Paraná (9,8%), em Goiás (6,7%) e no Amazonas (6,5%). Os três estados haviam apresentado quedas expressivas de produção no mês anterior, chegando a 8% no Amazonas e a 7,4% no Paraná. Rio Grande do Sul (2,6%) e Rio de Janeiro (2,5%) também tiveram desempenho positivo mais acentuado em março. Na comparação com março de 2011, Goiás, com 24%, e Paraná (15%) apresentaram as expansões mais acentuadas. De acordo com o IBGE, esse crescimento ocorreu devido à maior produção do setor de produtos químicos, no primeiro estado, e de edição e impressão, no segundo.
  
QUEDA

No indicador acumulado para o primeiro trimestre de 2012, a queda na produção industrial ocorreu em oito dos 14 locais pesquisados pelo IBGE. Na média nacional, houve uma perda de 3%, mas quatro estados ficaram acima dessa taxa: Rio de Janeiro (-6,8%); São Paulo (-6,2%); Santa Catarina (-5,9%) e Ceará (-4,3%). Segundo o IBGE, o desempenho da indústria nos oito estados que registraram taxas negativas reflete a redução na fabricação de bens de consumo duráveis (automóveis, motos, aparelhos de ar condicionado, telefones celulares) e bens de capital (caminhões), além de uma menor produção também nos setores extrativo (minério de ferro), têxtil, vestuário e metalurgia básica.”

(Agência Brasil) 

Varejo – Inadimplência volta a crescer em abril

“A taxa de inadimplência do consumidor do varejo teve alta de 4,45% em abril, em relação ao mesmo mês do ano passado. Nos últimos 14 meses, o índice vem apresentando crescimento, à exceção de março, quando a taxa teve queda de 11,95% em relação a igual período de 2011. Segundo dados divulgados hoje (10) pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), entre abril e março deste ano, o índice de inadimplência teve recuo de 4,79% e no acumulado do ano houve queda de 1,5%.

As consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) em abril tiveram alta de 3,02% em relação ao mesmo mês de 2011, refletindo o nível de atividade do varejo.

As vendas nesse segmento nos últimos 12 meses tiveram crescimento de 4,28%, de acordo com a confederação. A quitação de débitos, que significa recuperação de crédito em favor do consumidor, ficou positiva em abril, com alta de 6,04% em relação ao mesmo mês de 2011. No acumulado do ano, a recuperação de crédito registrou alta de 2,15%.”

(Agência Brasil)

IBGE – safra de grãos tem queda de 0,5% em 2012

“O Brasil deve produzir este ano 159,3 milhões de toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas, segundo estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A projeção, referente ao mês de abril, indica uma queda de 0,5% em relação ao mesmo período do ano passado (160,1 milhões de toneladas) e um aumento de também 0,5% na comparação com março deste ano.

Os dados divulgados hoje (10) indicam que a área a ser colhida em 2012 totaliza 50,2 milhões de hectares, um aumento de 3,2% em relação à de 2011 e de 0,8% sobre a do mês de março. O arroz, o milho e a soja – que juntos representam 91,2% da produção nacional – vão responder por 84,3% da área a ser colhida. De acordo com o levantamento, em relação a 2011, a produção de arroz apresenta uma redução de 11,6% na área destinada à colheita. Já a produção do milho terá acréscimo de 14,1% e a da soja, de 3,1%.

Mato Grosso lidera a produção nacional de grãos, com uma participação de 23%, seguido do Paraná, com 19,3%, e Rio Grande do Sul, com 12,6%. Na comparação com a safra passada, a previsão do IBGE mostra que houve aumentos nas regiões Nordeste (2,6%), Sudeste (6,9%), Norte (4,6%) e Centro-Oeste (15,0%). Apenas no Sul foi verificado um decréscimo de 16,2%.”

(Agência Brasil)

Isenção de IR para compra de imóvel residencial pode ser ampliada para um ano

A isenção do Imposto de Renda sobre a venda de imóvel residencial pode ter o prazo ampliado de seis meses para um ano. O PLS 21/2009 foi aprovado na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, com voto favorável do senador José Pimentel (PT). 

Segundo Pimentel, a aprovação da matéria, que altera a Lei 11.196/2005, dá maior tranquilidade para as famílias encontrarem um imóvel compatível com as suas necessidades, sem que percam o benefício da isenção do imposto de renda.

O relator do projeto, senador Eduardo Suplicy (PT/SP), disse que a complexidade das operações de aquisição de imóveis é uma das principais razões para a mudança da lei. Segundo ele, o processo de compra envolve valores altos e muito rigor na tramitação dos documentos.

Outro fator que teve influência na aprovação da matéria foi o baixo impacto na arrecadação fiscal. O benefício já existe, apenas terá seu prazo ampliado. 

O projeto é de autoria do ex-senador Papaléo Paes (PSDB/Amapá) e foi aprovado em caráter terminativo na CAE. A proposta permanece na Mesa do Senado por cinco dias, aguardando recursos. Caso não ocorra, a matéria segue para apreciação da Câmara dos Deputados.

Fortaleza terá Marcha da Maconha

219 3

Fortaleza vai assistir a uma “Marcha da Maconha”. O evento ocorrerá, a partir das 14 horas do próximo sábado, com a concentração ao lado da Estátua de Iracema, no aterro.

De lá, a marcha sairá com destino a avenida Beira Mar, onde haverá um ato pedindo a legalização da maconha no País.

Organizadores divulga que a marcha foi  liberasdo pelo Supremo Tribunal Federal, mas que fumar maconha ainda é ilegal. 

SERVIÇO

* Para Mais Informações Acesse: https://www.facebook.com/events/235999129814516/

MP 564 – BNB vai defender aumento do capital social durante audiência pública

224 2

A Comissão Mista que analisa a MP 564- “Brasil Maior”, promove, nesta quinta-feira, em Brasilia, uma audiência pública com os presidentes do Banco do Nordeste, Banco da Amazônia e BNDES, além da CNI representando a indústria e DIEESE representando os trabalhadores.

A audiência é puxada pelo relator da MP, o deputado federal Danilo Forte, e objetiva discutir principalmente questões como a perda de exclusividae de gestão do FDNE, por parte do BNB. O presidente do Banco do Nordeste, Jurandir Santiago, já está em Brasília para participar do encontro.

Jurandir Santiago defende a manutenção da gestão exclusiva do FNDE para o BNB, mas diz que uama prioridade também é lutar pelo aumento do capital do banco. Hoje esse capital é de R$ 2,5 bilhões. “Queremos esse aumento!”, afirmou Jurandir, antes de embarcar nesta madrugada de uinta-feira para Brasília. Ele não estimou a pedido desse aumento.

CCJ aprova relatório de Eunício que isenta de ICMS CDs e DVDs de autores brasileiros

 

O senador Eunício Oliveira (PMDB) manteve voto favorável e conseguiu aprovação de seu relatório à Proposta de emenda à Constituição (PEC 12/11) que isenta de impostos CDs e DVDs com obras musicais de autores brasileiros. Houve resistência por parte de parlamentares e empresários do estado do Amnazonas, onde opera a Zona Franca de Manuas.

Mais conhecida como ‘PEC da Música’, a matéria foi aprovada nessa quarta-feira, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e tem como objetivo, reduzir o preço dos produtos ao consumidor e, assim, desestimular a venda de reproduções piratas.

A iniciativa, de autoria do deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ), livra de impostos CDs e DVDs produzidos no Brasil “contendo obras musicais ou literomusicais de autores brasileiros e/ou obras em geral interpretadas por artistas brasileiros, bem como os suportes materiais ou arquivos digitais que os contenham”. O benefício, no entanto, não alcança o processo de replicação industrial, que continuará a ser tributado.

Em seu voto favorável, Eunício lembrou que a isenção, se efetivada, irá assegurar ao setor fonográfico benefícios fiscais já concedidos a livros, revistas e jornais. Ele argumentou que além de reduzir a pirataria, a iniciativa busca democratizar o acesso da população às produções artística brasileira.

Embaixador do Senegal visita obras da Prefeitura

132 5

O Embaixador do Senegal, Abdoul Aziz, está em Fortaleza em ritmo de visita oficial. Entre alguns compromissos, ele fará visitas, nesta quinta-feira, a obras da Prefeitura.

No roteiro, segundo o coordenador de Projetos Especiais do Município, Geraldo Accioly, o uca da Barra do Ceará, o Hospital da Mulher e o Vila do Mar.

O embaixador Abdoul Aziz, do Senegal, trouxe para o Ceará um portfólio com produtos que interessam ao seu país importar do Brasil.

Cine Ceará 2012 – Marco Nanini será o homenageado

O ator global Marco Nanini será o grande homenageado durante o Cine Ceará 2012. O festival ocorrerá de 1º a 8 de junho, em Fortaleza. Ator de filmes como “Feliz Ano Velho”, “Carlota Joaquina, Princesa do Brasil” e “O Bem Amado”, Nanini se juntará ao time de atores como Patricia Pillar, Giulia Gam e Sonia Braga, que já receberam o troféu Eusélio Oliveira.

Marco Nanini já confirmou a presença na abertura do festival.

O ator afirmou que a 22ª edição do Cine Ceará atesta a contribuição desse festival para a produção do cinema brasileiro. “O Cine Ceará se firma como um dos mais importantes eventos da nossa área cinematográfica, divulgando filmes e prestigiando seus artistas. É com muita alegria, portanto, que recebo a homenagem desse festival, sentindo-me honrado por ter sido lembrado para receber o Troféu Eusélio Oliveira”, comentou Nanini.

Ceará tem desempenho recorde nas exportações do primeiro quadrimestre do ano

O Estado do Ceará registrou um desempenho recorde no seu comércio exterior no primeiro quadrimestre deste ano. O saldo da Balança Comercial ficou 71,23% acima do observado no mesmo período de 2011. No acumulado do ano – de janeiro a abril, o comércio exterior cearense manteve valores recordes tanto para as exportações como para as importações, com os maiores valores registrados para o período nos últimos 10 anos, de acordo com estudos do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (IPECE).

Os cinco principais produtos exportados pelo Ceará em abril de 2012 foram couros e peles (22,45%), calçados e partes (19,89%), castanha de caju (13,47%), preparações alimentícias diversas (7,15%) e combustíveis minerais (6,98%). Os EUA (24,06%), Nigéria (6,98%) e Hungria (6,47%) foram os principais destinos das exportações.

Quanto às importações, Máquinas e equipamentos elétricos (15,81%), Combustíveis minerais (13,00%), Produtos Químicos (11,62%), Trigo (11,05%) e têxteis (9,93%) foram os cinco principais produtos demandados pelo Estado de outros países. A China (19,16%), Argentina (17,35), Colômbia (16,26%), e Estados Unidos (8,74%) foram as principais origens das importações também nesse mês.

IBGE – Índice de inflação pode ter influenciado na alta do dólar

“A elevação “significativa” do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em abril pode ter refletido a alta do dólar, segundo avaliação da coordenadora de Índices de Preços do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Eulina Nunes dos Santos. De acordo com ela, o aumento nos preços dos artigos de limpeza, cuja taxa passou de 0,59% em março para 1,38% em abril, indica esse movimento.

A explicação é que muitos produtos usados na fabricação dos itens de limpeza são importados. Em abril, o IPCA ficou em 0,64% e registrou a maior taxa desde abril de 2011 (0,77%). “Neste mês de abril, há indícios de pressão decorrente do aumento do dólar. Em geral, o que se observa é que, quando a valorização do dólar começa a chegar aos preços ao consumidor, os primeiros itens que revelam esse efeito são justamente os artigos de limpeza”, explicou.

Eulina Nunes destacou ainda que a inflação em abril foi “um pouco mais dispersa”. As principais pressões partiram de itens como cigarros, com alta de 15,04%, salários dos empregados domésticos (1,86%) e remédios (1,58%), mas também houve contribuição de outros setores, com alta menor, como alimentos, vestuário e habitação.

No caso dos alimentos, que subiram de 0,25% em março para 0,51% em abril, a coordenadora do IBGE explicou que a alta foi impulsionada por problemas na safra do feijão. O feijão do tipo carioca, por exemplo, teve elevação de 12,66%. “O aumento no feijão ultrapassou a casa dos 10% em função da menor oferta. Trata-se de um item de ciclo curto, que vem sendo atingido por problemas climáticos que afetam tanto a qualidade como a quantidade. Além disso, a própria área plantada foi menor em função do desestímulo ao produto”, disse.”

(Agência Brasil)