Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Dilma terá encontro com presidente da Fifa

“A presidenta Dilma Rousseff vai receber o presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Joseph Blatter, na próxima sexta-feira (16). A reunião deverá servir para um desagravo da entidade ao governo brasileiro depois das polêmicas declarações do secretário-geral, Jérôme Valcke, sobre o andamento das obras para a Copa do Mundo de 2014.

No começo de março, Valcke disse que o Brasil estava mais preocupado em ganhar a Copa do que em organizá-la. Disse ainda, usando uma expressão em francês, que as autoridades brasileiras precisavam de “um chute no traseiro” para acelerar os preparativos para o Mundial.

A declaração foi seguida por uma série de cartas, pedidos de desculpas e a resposta do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, de que o Brasil não mais aceitaria Valcke como interlocutor da Fifa para tratar de assuntos da Copa de 2014. A questão ainda não está definida e deve ser um dos assuntos da reunião entre Dilma e Blatter.

Na sexta-feira (9), a Fifa anunciou o cancelamento da visita que Valcke faria ao Brasil esta semana. A federação informou que a visita só ocorreria após Blatter ser recebido por Dilma. A assessoria do Ministério do Esporte disse que a visita foi cancelada a pedido do ministro.”

(Agência Brasil)

Ex-senador Luiz Estêvão é denunciado por lavagem de dinheiro

O empresário e ex-senador Luiz Estevão de Oliveira Neto está sendo denunciado pelo Ministério Público Federal em Brasília por suposta lavagem de dinheiro. A informação está no Estadão desta quarta-feira e informa que o ex-parlamentar teria usado contas bancárias do clube de futebol Brasiliense para ocultar e dissimular a propriedade e a movimentação de dinheiro proveniente de atividades criminosas. Luiz Estevão é fundador do time.

Há um inquérito aberto desde 2005, depois de a Justiça ter decretado a indisponibilidade dos bens do empresário e de empresas dele por causa do desvio de R$ 169 milhões da obra do Fórum Trabalhista de São Paulo.

Novo ministro do Desenvolvimento Agrário toma posse nesta 4ª feira

Pepe Vargas, novo ministro do Desenvolvimento Agrário, toma posse hoje no Palácio do Planalto. Ele assume no lugar de Afonso Florence, que deixou o ministério depois de críticas da pasta ter apresentando baixo rendimento no primeiro ano do governo Dilma Rousseff.

A troca foi confirmada pelo governo na sexta-feira, 9. Em entrevista, Vargas disse que o governo não pode pensar só na quantidade de novos assentamentos de reforma agrária pelo país. Para ele, é preciso “assentar com qualidade”.

“Não adianta assentar 150 mil famílias, despejar esse pessoal na terra sem dar condições. Não só uma meta numérica. (Vamos pensar:) Assentamos de que forma?”

Mantega: Governo não vai mexer na caderneta de poupança

204 1

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, negou hoje (13) que o governo esteja planejando, no momento, fazer alterações nas cadernetas de poupança. Setores do mercado financeiro avaliam que, com as seguidas reduções da taxa de juros, em algum momento, muitos investidores podem migrar dos fundos de investimentos para as cadernetas de poupança.

A poupança passaria a ser mais vantajosa, porque não recolhe, como os fundos, Imposto de Renda e não paga taxa de administração às instituições financeiras. O problema é que os fundos são formados, na maioria, por títulos públicos que servem para o governo refinanciar sua dívida.

Na semana passada, o Secretário do Tesouro Nacional, Arno Augustin, já tinha destacado que não existe uma relação entre os investimentos em caderneta de poupança e a renegociação da dívida pública federal (DPF). Mesmo assim, o assunto continua sendo discutido no mercado financeiro.”

(Agência Brasil)

Guido Mantega diz que 2012 será ano de desafio para a economia

“O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou hoje (13), em audiência da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, que 2012 será um ano de desafios para a economia brasileira. Em sua apresentação, ele destacou que a crise internacional persiste e não foi solucionada, mas, mesmo assim, o Brasil tem condições de continuar enfrentando as turbulências, pois tem adotado medidas para enfrentar as condições adversas da economia.

“Foi complicado em 2011. Tivemos que enfrentar a inflação e a crise. Mas o crescimento da economia [2,7% em 2011] foi satisfatório e se deu com a elevação do nível do emprego. Nesse quesito, a população está sendo bem atendida”, disse. Para o ministro, ante a crise, o Brasil continua sendo um dos poucos países com o privilégio de crescer gerando empregos e elevando a massa salarial.

O ministro defendeu a política fiscal do governo com o controle dos gastos públicos e a manutenção da meta fiscal acima de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) como forma de enfrentar a crise. Mantega assegurou ainda o compromisso do governo em controlar a inflação e de manter a taxa básica de juros, a Selic, em apenas um dígito. “O Brasil caminha para ter taxa de juros em patamares que poderemos dizer, assim, normais, de um dígito”, disse.

Na semana passada, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) acelerou o ritmo de redução da Selic em 0,75 ponto percentual. A taxa baixou de 10,5% para 9,75% ao ano, diferentemente do que esperava a maioria dos analistas financeiros. Amanhã, serão conhecidos os motivos que levaram o Banco Central a acelerar a queda dos juros, quando será divulgada a ata da reunião do comitê em que se reduziu a taxa.

Respondendo à pergunta do senador Álvaro Dias (PSDB-PR) sobre denúncias de irregularidades na Casa da Moeda, Mantega disse que uma sindicância foi aberta para esclarecer a situação. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, publicada no final de janeiro, o então presidente da Casa da Moeda, Luiz Felipe Denucci, transferiu US$ 25 milhões para duas empresas no exterior registradas em nome dele e da filha. “Desafio alguém mostrar uma denúncia formal que não tenha sido investigada, e uma sindicância está em curso no Ministério da Fazenda”.

(Agência Brasil)

Sarney: Brasileiro foi “ousado” ao eleger uma mulher para a presidência da República

194 1

“Ao homenagear hoje (13) a presidenta Dilma Rousseff na entrega do Prêmio Diploma Mulher Cidadã Bertha Lutz, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), disse que, ao eleger uma mulher para a Presidência da República, o povo brasileiro adotou uma “posição ousada”.

“A presença da mulher na política é fundamental para o país, para que ele alcance seus ideais de Justiça. Quero homenagear a presidenta Dilma que rompe um paradigma ao ocupar a Presidência da República e é orgulho para todos os brasileiros e brasileiras que reconhecem no seu governo sua grande liderança”, disse Sarney no plenário do Senado.

No momento em que a presidenta atravessa um período conturbado na relação com a base aliada no Congresso, o presidente do Senado fez elogios à trajetória e a atuação de Dilma à frente do governo.

Sarney ressaltou também que “a causa das mulheres não está integralmente ganha”. “Continuamos longe do ideal no corpo social e no trabalho”, completou.

Com a entrega do Prêmio Bertha Lutz houve também sessão solene do Congresso Nacional em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 8.

O Prêmio Diploma Mulher Cidadã Bertha Lutz foi entregue pelo Senado a cinco mulheres que contribuíram para ampliar os direitos femininos na sociedade brasileira. A presidenta Dilma Rousseff foi uma das premiadas. Criado em 2001, a iniciativa leva o nome de uma das pioneiras do feminismo.”

(Agência Brasil)

Ceará entre estados com redução da produção industrial, segundo IBGE

“A produção industrial caiu em nove dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na passagem de dezembro de 2011 para janeiro deste ano. De acordo com dados divulgados hoje (13), as maiores perdas foram observadas no Pará (-13,4%) e no Paraná (-11,5%).

Também foram verificadas reduções na atividade industrial mais intensas do que a média nacional (-2,1%) no Rio de Janeiro (-5,9%) e no Ceará (-3,1%). Os outros locais onde a produção da indústria caiu foram São Paulo (-1,7%), Santa Catarina (-1,6%), Minas Gerais (-1,3%), Pernambuco (-1,0%) e o Espírito Santo (-0,4%).

Já a Bahia (12,6%), que havia acumulado perda de 11,4% nos meses de dezembro e novembro, a Região Nordeste (5,7%), Goiás (3,3%), o Rio Grande do Sul (0,5%) e o Amazonas (0,1%) tiveram aumento na produção de suas indústrias.

Ainda de acordo com o levantamento, na comparação com janeiro de 2011, o IBGE apurou queda em sete dos 14 locais pesquisados. O documento destaca que o mês de janeiro de 2012 teve um dia útil a mais do que janeiro de 2011.

Os locais que apresentaram quedas mais expressivas do que a média nacional, que nessa base de comparação ficou em –3,4%, foram Santa Catarina (-10,3%), o Rio de Janeiro (-9,2%), o Pará (-8,5%), o Ceará (-8,3%) e São Paulo (-6,3%).

As demais taxas negativas foram observadas no Espírito Santo (-2,8%) e em Minas Gerais (-2,4%).

Já Goiás (25,4%) assinalou o crescimento mais acentuado, refletindo, especialmente, a maior produção do setor de produtos químicos (medicamentos). Também com resultados positivos aparecem: Pernambuco (11,3%), Rio Grande do Sul (7,8%), Bahia (6,5%), Paraná (4,8%), Região Nordeste (3,8%) e Amazonas (1,7%).

No índice acumulado nos últimos 12 meses, na média nacional, houve queda de 0,2% em janeiro, o primeiro resultado negativo desde março de 2010 (-0,3%), mantendo a trajetória descendente iniciada em outubro de 2010 (11,8%).”

(Agência Brasil)

José Guimarães, líder do Governo na Câmara?

301 17

O nome do petista José Nobre Guimarães (PT) estaria cotado para assumir  liderança do Governo na Câmara, segundo informa O Globo nesta terça-feira. Ocuparia o lugar, no caso, de Carlos Vacarezza (PT-SP). Na disputa, estaria também o petista paulista Paulo Teixeira.

A questão é saber: dois cearenses ocupariam funções tão importantes no Congresso?

Bom lembrar que José Pimentel já é o líder do Governo no Congresso.

(Foto – Agência Câmara)

Ministério da Saúde libera verba para combater hepatite no Ceará e Piauí

“Portarias do Ministério da Saúde publicadas hoje (13) no Diário Oficial da União autorizam o repasse de recursos para ações de combate a hepatites virais em municípios do Ceará e do Piauí.

Ao todo, R$ 1,8 milhão serão liberados, destinados à composição do Piso Variável de Vigilância e Promoção da Saúde nos estados. De acordo com a publicação, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência dos recursos em parcelas quadrimestrais para o Fundo Municipal de Saúde.

A lista de cidades contempladas no Piauí inclui Teresina, Picos, São Raimundo Nonato, Parnaíba, Garibas, Piripiri, Bom Jesus, Floriano e Assunção do Piauí.

No Ceará, serão beneficiadas Caucaia, Crato, Fortaleza, Itapipoca, Juazeiro do Norte, Maracanaú, Maranguape e Sobral.”

(Agência Brasil)

TST manda BB substituir terceirizados por concursados

198 2

“O Banco do Brasil deve substituir funcionários terceirizados por candidatos aprovados em concurso público realizado em 2003. A determinação, da 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho, deve ser cumprida pela agência de São José dos Pinhais do banco. O Recurso de Revista do Ministério Público do Trabalho foi interposto contra decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR).

Confirmando a sentença, o TRT considerou que, a despeito do reconhecimento da ilicitude da terceirização praticada, bem como o fato de a intermediação de mão-de-obra ter se dado para o desenvolvimento de atividade-fim, ou seja, atribuições típicas de bancário, tal fato, por si só, não autoriza a imposição ao Banco do Brasil da obrigação de nomear aqueles candidatos que aguardavam a nomeação. Para o MPT, tal decisão contrariou o artigo 37, caput, da Constituição Federal.

Ao julgar o recurso, a 2ª Turma do TST destacou que a jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e do Supremo Tribunal Federal tem se firmado no sentido de que a expectativa de direito do aprovado em concurso público se converte em direito líquido e certo quando a Administração Pública, em inobservância aos princípios aos quais deve submissão, preterir indivíduos aprovados em concurso público em favor de empregados terceirizados. Especialmente, explicou a 2ª Turma, quando for reconhecida a necessidade de pessoal qualificado de acordo com as exigências especificadas no edital  do concurso.

Os ministros concluiram que a omissão do banco em não contratar os aprovados resultou em ofensa não só ao princípio do certame público, como também ao da  moralidade, tratado pelo artigo 37, caput, da Constituição.

(Consultor Jurídico)

Unesco avalia se Brasília deve manter título de Patrimônio Mundial

269 1

“Uma missão de monitoramento do Centro do Patrimônio Mundial da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (Icomos) realizam, de hoje (13) a sábado (17) em Brasília, trabalho de avaliação sobre o estado de conservação da cidade. O objetivo é verificar se há condições de a capital ser mantida na lista de Patrimônio Mundial.
    
Nas reuniões, os especialistas vão avaliar os projetos sobre as áreas tombadas, o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCub) e as ações de fiscalização na região central, além de políticas públicas. Para o governo do Distrito Federal (GDF), a preservação do título de Brasília como patrimônio da humanidade é considerada prioridade.

O GDF informou que no fim do ano passado o PPCub estava em fase de conclusão. Em 2012, foi instituído pelo governo local o Ano de Valorização de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade – título concedido em 1987. O PPCub envolve a preservação, o planejamento e a gestão do conjunto urbanístico de Brasília.

A missão da Unesco e do Icomos vai avaliar ainda se estão mantidas as características fundamentais das superquadras, que definem por exemplo a predominância de áreas livres arborizadas e equipamentos de uso comunitário, como os parquinhos para as crianças. Também vai observar se nos arredores do Lago Paranoá há áreas para recreação, lazer, cultura, esporte e turismo.”
    
(Agência Brasil/Foto – Governo DF)

Dilma recebe Prêmio Bertha Lutz

“Cinco mulheres recebem hoje (13), no Senado, o Prêmio Bertha Lutz 2012 por contribuir para ampliar os direitos femininos na sociedade brasileira. Uma delas é a presidenta Dilma Rousseff. A premiação ocorre às 10 horas, no plenário, em cerimônia com a presença dos presidentes do Senado, José Sarney, e da Câmara, Marco Maia. O Prêmio Bertha Lutz foi criado em 2001 e leva o nome de uma das pioneiras do feminismo, líder na luta pelo direito de voto das mulheres.

Esta é a primeira vez que a presidenta volta ao Congresso Nacional após a cerimônia de posse. A visita ocorre em um momento de tensão entre o governo e a base aliada. Na última semana, o Senado rejeitou, em votação no plenário, o nome indicado por Dilma para assumir a direção-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

As demais premiadas pelo Senado são Maria do Carmo Ribeiro, ex-mulher do dirigente comunista Luiz Carlos Prestes; a primeira senadora do Brasil, Eunice Michilles; a representante da Comissão Pastoral da Terra Rosali Scalabrin; e a professora Ana Alice Alcântara da Costa, do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres da Universidade Federal da Bahia.”

(Agência Brasil)

Acquario do Ceará e um custo de R$ 250 milhões. Que conta é essa?

230 16

Sobre o debate em torno do projeto Acquario do Ceará, aqui defendido pelo economista Pedro Carlos Alvares, o ex-vice-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), regional do Ceará, José Sales, mandou nota abordando o tema. Confira:

Há “Acquarios” e há Aquários e/ou Oceanários, embora aparentemente os mesmos sejam a mesma coisa, são fundamentalmente diferentes. Em geral, um aquário e/ou oceanário é museu vivo de biologia marinha, um equipamento de pesquisa e educação ambiental ligados aos conceitos de sustentabilidade que este temas traz consigo. Isto indica que o segmento do Turismo que o mesmo convalidará este equipamento entre nós, será desta tipologia: Turismo Científico, Cultural e de Educação Ambiental. Querem um bom exemplo: o Oceanário de Lisboa, que mostra os oceanos do nosso planeta Terra, como se dá a vida nos mesmos e por que a preservação desses ecossistemas é obrigatória no presente, para o futuro da própria humanidade. O espetáculo é então parte de um conceito: a educação ambiental das futuras gerações.

Só que nosso caso, em nenhum momento isto foi colocado em debate.Nem pelo propositor da proposta – a Secretaria do Turismo do Estado, nem pelo “cordão dos defensores do Acquário do Ceará”. Tudo fica nos números grandiosos e superfaturados “evidentemente” e nas loas e mais elogios sem nexo a um equipamento que bem que poderia fazer parte das políticas públicas da Cultura do Estado do Ceará.

Enquanto isso, o Centro Dragão do Mar agoniza, em estado de abandono “proposital”, sem manutenção, sem programas de animação de suas atividades e sem qualquer atenção por parte do Secretário da Cultura Professor Francisco Pinheiro como expôs a Coluna Vertical do O POVo nesta semana.

Ao lado, a Caixa Cultural, o novo centro cultural da Caixa Economica, que seria um equipamento da mesma cadeia de negócios da Cultura e do Turismo, se implanta a passos de tartaruga grávida. Mais adiante, o O Dragão do Mar do Bom Jardim, existe, mas não existe. E o próprio Arquivo Nirez, onde está a História de Fortaleza em fotografia, só agora entrou timidamente na pauta de apoio oficial.

E quais são as reflexões sobre tudo isso? O Acquario será mesmo este salvador da Praia de Iracema? Sei não, meus amigos.

PS: Uma observação: o Oceanário de Lisboa custou 50 milhões de euros(120 milhões de reais) e já se pagou, pois, até agora, recebeu 16 milhões de visitantes. O Aquário do Rio de Janeiro irá custar R$ 110 milhões. O Aquário do Pantanal irá custar 70 milhões de reais. O “magnífico”Acquario do Ceará irá começar a conta com R$ 250 milhões de reais. Que conta é esssa, tão estranha?

* José Sales, 
Arquiteto.

Carmélio diz que nada muda na CBF com saída de Ricardo Teixeira

“Mauro Carmélio esteve no Rio de Janeiro e acompanhou de perto a troca de poder na CBF. Para o presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF) a saída de Ricardo Teixeira não muda nada a gestão do esporte no País. “Só muda o estilo. Ele (Marin) é um cara mais político, mais aberto. No mais, a casa segue a mesma. Ricardo deixou tudo prontinho”, garantiu Carmélio, que disse saber da renúncia desde o último dia 29 de fevereiro. ”Na reunião que tivemos (todos os presidentes de federação) ele comentou comigo”.

O presidente da FCF reforçou que a saída de Teixeira foi sim por problemas de saúde. ”Ele tava muito cansado. Não acredito que tenha sido por causa das denúncias. Ele é bom de briga. Foi maais pela saúde mesmo”, completou Carmélio.

O dirigente comemorou o fato de a administração do futebol brasileiro seguir uma linha de continuidade. Mesmo com a mudança de comando, Mauro Carmélio acredita que a FCF segue bem posicionada e com uma cana direto com a CBF.

FERRUCCIO

A tranquilidade também foi o tom das declarações de Ferruccio Feitosa, titular da Secretaria Especial da Copa. Para ele, a mudança no COL não deve interferir na Copa do Mundo de 2014 . “Todos os eventos mais importantes já foram definidos no calendários da Fifa. Não vejo razão para temor algum”, disse. “A equipe é muito bem estruturada e não haverá prejuízos”, completou Ferruccio Feitosa.”

(O POVO)

Brizola Neto deve ocupar Ministério do Trabalho

209 2

Nesta terça-feira, em Brasília,  a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, pretende formalizar a escolha do deputado Brizola Neto (PDT-RJ) como ministro do Trabalho e Emprego.

Ela terá reunião com o líder pedetista na Câmara, André Figueiredo.

Brizola Neto faz política no Rio, mas nasceu no Rio Grande do Sul. Ele foi secretário do Trabalho do Governo de Sérgio Cabral.

(Com Agências/Foto – Agência Câmara)

Dilma troca Jucá por Eduardo Braga na liderança do governo no Senado

A presidente Dilma Rousseff resolveu trocar o senador Romero Jucá (PMDB-RR) da lidernaça do governo no Senado Federal. A informação foi confirmada pela assessoria do líder do PMDB na Casa, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), no início da noite dessa segunda-feira.

Dilma escolheu para o lugar ded Jucá o senador Eduardo Braga (PMDB-AM). A decisão da presidenta foi comunicada a Renan Calheiros em reunião que durou cerca de uma hora e quarenta minutos no começo da tarde. 

A assessoria do líder do PMDB informou que a principal função de Eduardo Braga na liderança do governo será unir o seu partido – a maior bancada do Senado – em favor das votações que interessam ao Planalto.

(Com Agências)

VAMOS NÓS – Pois é, aos poucos, Dilma vai limpando a casa literalmente.

Danilo Forte: Congresso emperrou por causa de MPs

A Câmara dos Deputados aprovou em 2011 trinta e sete medidas provisórias, o mesmo número de projetos de lei votados pelos parlamentares no ano passado. Porém, desses 37 projetos, cinco foram de autoria do Poder Executivo, dezoito de autoria do Poder Judiciário e apenas quatorze de Parlamentares. A Câmara, segundo levantamento feito pelo deputado federal Danilo Forte (PMDB), arquivou, no inicio dessa legislatura, 9.198 projetos de lei dos parlamentares que não foram votados.
De acordo com o parlamentar, na atual legislatura são 1.019 projetos de lei de iniciativa dos deputados prontos para a Ordem do Dia, ou seja, prontos para votação. O problema é que a Câmara, conforme Danilo Forte, está sendo “atropelada pelo Executivo”.

Ele lamenta essa situação e diz que  “há uma inversão de papeis, com o Executivo legislando mais que a Câmara dos Deputados e o Senado.” O peemedebista adiantou que por conta desse quadro, o Executivo vem executando pouco.

“O papel da administração está reduzido à missão de mover a máquina estatal”, acentuou Danilo, indagando: “Onde está o Estado indutor do desenvolvimento, aquele que, desde Getúlio Vargas lançava as bases para a construção de nossa nação?”

Juros para pessoa física com redução em fevereiro

“Pelo terceiro mês seguido, a taxa média de juros para pessoa física teve redução. Em fevereiro, o percentual foi 6,33%, uma queda de 1,09% sobre o resultado registrado em janeiro (6,4%). Isso equivale a uma taxa de 108,87% ao ano, a menor da série histórica, iniciada em 1995 pela Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Na avaliação do vice-presidente da entidade, Miguel José Ribeiro de Oliveira, entre os motivos da queda da taxa média de juros estão as medidas adotadas pelo governo brasileiro para manter o mercado interno aquecido, como a sequência de cortes na taxa básica de juros (Selic) e a queda do Imposto Sobre Operações Financeiras (IOF) nas operações de crédito.

Ele também atribuiu o recuo à tentativa do comércio em minimizar o impacto da queda nas vendas, causada pela maior concentração de compromissos financeiros nesse começo do ano, entre os quais o pagamento do Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), além dos gastos comuns nesta época com educação e vencimento de contas feitas no período do Natal.

Segundo o levantamento, das seis linhas de crédito pesquisadas apenas a do crédito rotativo dos cartões de crédito não caiu, permanecendo estável na média de 10,8% ao mês e 238,3% ao ano.

“A nossa expectativa é que as taxas de juros voltem a diminuir nos próximos meses por conta das prováveis reduções da taxa básica de juros (Selic), conforme sinalizações do Banco Central, bem como de todas as medidas que o Banco Central e o Ministério da Fazenda vêm promovendo para evitar uma desaceleração forte em nossa economia”, destacou Oliveira.”

(Agência Brasil)

OAB-CE debate piso dos professores

166 1

A Ordem dos Advogados do Brasil, regional do Ceará, vai debater, em audiência pública, o piso nacional dos professores. O vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da entidade, Cícero Percival Palmeira, comandarrá o encontro, que terá início às 15 horas desta segunda-feira.

Participarão da audiência sobre o piso representantes da Associação dos Prefeitos do Ceará (Aprece), da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce), membros do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindute) e do Sindicato Apeoc, além de técnicos da secretarias de Educação do Estado e do Município de Fortaleza. Parlamentares também fora convidados.

“O objetivo é discutir algo que interessa diretamente a uma profissão importantíssima para formação de outras carreiras. Nos próximos dias 14, 15 e 16 haverá um movimento nacional de paralisação para alertar a sociedade sobre esse problema. Estamos nos antecipando a isso tentando abrir um canal de diálogo com o governo em busca do cumprimento do piso”, explicou Percival Palmeira.

SERVIÇO

* Sede da OAB-CE – Rua Lívio Barreto, 668, bairro Dionísio Torres.