Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Posse de Dilma já conta com 47 autoridades confirmadas

Dilma durante uma coletiva em Fortaleza.

“Às vésperas da posse da presidenta eleita, Dilma Rousseff, as autoridades estrangeiras ainda confirmam as presenças nas cerimônias em Brasília, no dia 1º. Até ontem (27), o Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty, contabilizava 47 confirmações de autoridades estrangeiras – a maioria de países latino-americanos e africanos. A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, enviará como seu representante o chanceler Héctor Timerman.

Os presidentes do Uruguai, da Costa Rica, de El Salvador, da Guatemala, da Venezuela, da Bolívia e do Paraguai, entre outros, além da secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, o príncipe das Astúrias Felipe da Espanha e o primeiro-ministro da Coreia do Sul, Chung Un-chan, confirmarão que virão para a solenidade em Brasília. Representantes de países africanos e europeus também já enviaram comunicados.

Os últimos detalhes para as três cerimônias – no Congresso Nacional, no Palácio do Planalto e no Itamaraty – estão em fase final. Para a recepção aos convidados, no Itamaraty, será servido um coquetel. O vinho escolhido é da vinícola gaúcha Casa Valduga, que venceu a licitação feita pelo Ministério das Relações Exteriores. A empresa é sediada em Bento Gonçalves, a 120 quilômetros da capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

As solenidades de posse começam às 14h30, do próximo sábado, com um desfile em carro aberto ou fechado – que será a opção em caso de chuva. A presidenta eleita e o vice-presidente eleito, Michel Temer, desfilarão pelas ruas de Brasília. Dilma passará pelo Congresso, o Palácio do Planalto e, por último recepcionará os convidados brasileiros e estrangeiros no Itamaraty. A previsão inicial é que as festas acabem por volta das 21 horas.”

(Agência Brasil/Foto – Paulo Moska)

Escola de samba faz enredo sobre nordestino e vira alvo de preconceito

110 6

O presidente da Acadêmicos do Tucuruvi, Hussein Abdol El Selam, o Seo Jamil, prestou queixa nesta semana à polícia sobre mais e-mail discriminando nordestinos e protestando contra o samba-enredo ‘São Paulo, capital do Nordeste’. ‘É coisa de gente ignorante e preconceituosa. E assina ainda como Paulistano com Orgulho.’

A onda discriminatória começou no último dia 10, com um e-mail para a SP Turis. ‘Dizia que os nordestinos são nojentos e a escola estaria discriminando os próprios paulistas. ‘Respondemos que não há nada no samba da Academicos do Tucuruvi que denigra a integridade do paulistano. Pelo contrário’, conta o diretor de turismo da SPTuris, Luiz Sales.

Seo Jamil explica que outros e-mails foram ignorados pela escola. Mas dois deles, enviados nos dias 13 e 14 de dezembro, exigiram uma posição mais firme. No dia 17, a diretoria jurídica da Tucuruvi prestou queixa na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância. ‘Agora vamos de novo à delegacia’, disse. O caso virou inquérito.

(Com Agências)

VAMOS NÓS – No que deu mesmo o caso do preconceito contra o Nordeste, que deu vitória para Dilma Rousseff?

Alckimin manda vender jato usado por Serra

“Em mais uma demonstração de discordância com o modelo do antecessor José Serra (PSDB), o governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, vai colocar à venda o avião do Estado. O jato chegou a ser vendido em 2006, último ano do governo Alckmin, no processo de privatização da Cteep (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista). Serra, assim que eleito, determinou a anulação da venda da aeronave.

Depois de duas tentativas de venda em leilão, o jato foi incorporado ao patrimônio da Cteep, privatizada em junho de 2006. Eleito naquele ano, Serra pediu que o avião fosse devolvido ao Estado, oferecendo em troca uma linha de transmissão que interessava à compradora da Cteep.

Agora, Alckmin retomou o plano de venda, por considerar “mais econômico” alugar um jato quando necessário. ”

(Folha Online)

José Alencar com nova hemorragia

“O vice-presidente José Alencar voltou a apresentar hemorragia na região abdominal entre ontem e hoje e permanece internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). De acordo com a assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês, Alencar deve ser submetido a um novo procedimento ainda hoje, após as 14h. O vice passará por uma asteriografia, que examina os órgãos internos para localizar o ponto do sangramento.

O médico oncologista Paulo Hoff informou nesta terça-feira (28) que Alencar tem pequenas hemorragias intestinais não contínuas, que persistem. “O sangramento não é de grande monta, como foi no dia que ele foi internado (na quarta-feira), mas, infelizmente, está bastante claro que esse sangramento persiste. Ele para e recomeça. Obviamente, não é uma situação ideal. Estamos trabalhando para que a interrupção desses sangramentos seja permanente”, afirmou.

O médico oncologista afirmou ainda que o exame é feito num equipamento especial, muito parecido com o de cateterismo cardíaco. “Ele engloba tanto um procedimento invasivo nas artérias, como de imagem. Não chega a ser uma cirurgia, mas é invasivo”, disse.

Hoff negou que o procedimento seja arriscado e disse que o último sangramento no vice-presidente foi diagnosticado na manhã de hoje. O médico disse também que ele receberá hoje mais uma transfusão de sangue e que não há previsão para saída da UTI. “Nem sempre se consegue localizar o ponto exato do sangramento, mas, se isso for possível, há possibilidade de se fazer um procedimento para estancá-lo, imediatamente”, relatou.

Hoff disse que não há previsão de Alencar deixar a UTI e explicou que a equipe decidiu fazer o exame “num momento seguro”. Segundo ele, o vice está bem, está lúcido e está conversando. Assim como outros médicos da equipe, Hoff disse que, no momento, Alencar não tem condições de participar da posse da presidente eleita Dilma Rousseff e do vice-presidente Michel Temer, no sábado. O médico, contudo, não excluiu a hipótese.

“Eu disse, anteriormente, que vamos fazer uma avaliação até o último minuto, pelo desejo muito grande do vice-presidente de participar da posse. Mas, nesse momento, ele não tem condições”, reforçou. Ontem, Alencar passou por hemodiálise e seu estado era considerado estável, mas delicado. Ele está internado na UTI desde a última quarta-feira (22), onde se recupera de uma cirurgia de emergência para corrigir uma hemorragia digestiva grave.

O procedimento cirúrgico, o 17º ao qual Alencar foi submetido na luta que trava há mais de 13 anos contra um câncer na região abdominal, não conseguiu estancar a hemorragia, controlada por meio de remédios. Na sexta-feira (24), o vice apresentou um novo sangramento, que foi tratado. As equipes médicas que acompanham o vice-presidente são coordenadas pelos professores doutores Paulo Hoff, Raul Cutait, Ademar Lopes, Roberto Kalil Filho, Paulo Ayroza Galvão, Yana Novis, David Uip e Miguel Srougi.”

(R7.com)

Rendimento da poupança no ano é o pior desde 1967, segundo consultoria

“Mais popular aplicação do país, a caderneta de poupança registrou rendimento de 6,9% ao longo de 2010, o que representa o pior resultado desde 1967.

Até então, o menor rendimento foi o registrado no ano passado, quando o poupador obteve ganho de 7,05%. Os dados são da consultoria Economatica, que realizou um levantamento sobre o desempenho da poupança desde 1967.

A queda do rendimento da aplicação vem ocorrendo nos últimos anos. Dos cinco piores resultados, além dos de 2010 e 2009, estão: 2007 (7,77%), 2008 (7,9%) e 2004 (8,1%).

Considerando o ganho real da poupança (aquele que desconta a inflação acumulada no ano), 2010.”

(Folha Online)

Posse de Dilma vira "réveillon" em Brasília

“Sem tradições de receber turistas para o Reveillón, a posse da presidente eleita Dilma Rousseff, no próximo sábado (1º de janeiro), promete agitar Brasília neste fim de ano. A procura por hospedagem na cidade já cresceu 10%. Quem ainda não faz reservas deve se apressar.

Na posse da nova presidente, são esperadas cerca de 70 mil pessoas, o mesmo público que acompanhou a posse de Luiz Inácio Lula da Silva em 2003.”

(R7.com)

Na despedida de Lula, haja publicidade!

69 1

“Quando Luiz Inácio Lula da Silva tomou posse, em janeiro de 2003, apenas 499 veículos de comunicação recebiam verbas de publicidade do governo federal. Agora, o número foi para 8.094. Esses jornais, revistas, emissoras de rádio, de TV e “outros” estão espalhados por 2.733 cidades. Em 2003, eram só 182 municípios. Só neste ano eleitoral de 2010, o dinheiro para publicidade de Lula passou a ser distribuído para 1.047 novos veículos de comunicação. A categoria “outros” inclui portais de internet, blogs, comerciais em cinemas, carros de som, barcos e publicidade estática, como outdoors ou painéis em aeroportos.

Chama a atenção o aumento do número de “outros”. Em 2003, eram apenas 11. Agora, são 2.512. A informação do governo é que a maioria é composta por sites e blogs na internet.Lula e sua equipe de comunicação não escondem a simpatia pelo novo meio digital. O presidente foi o primeiro a conceder uma entrevista exclusiva dentro do Planalto para o que a administração petista chama de “blogs progressistas”. Lula da Silva avançou na transparência em relação ao governo do tucano Fernando Henrique Cardoso.

Nunca existiu esse tipo de estatística até 2003. Ainda assim, há buracos negros no processo. Não se sabe quais são os veículos que recebem verba de publicidade estatal nem quanto cada um ganha.O valor total gasto nos dois mandatos de Lula, até outubro deste ano, foi R$ 9,325 bilhões. Dá uma média anual de R$ 1,2 bilhão.Essa cifra não inclui três itens importantes: custo de produção dos comerciais, publicidade legal (os balanços de empresas estatais) e patrocínio -dinheiro para financiar projetos esportivos e culturais, entre outros.

Produção e publicidade legal consomem cerca de R$ 200 milhões por ano. No caso de patrocínio, o governo gastou uma média anual de R$ 910 milhões de 2007 a 2009. Tudo somado, Lula gasta R$ 2,310 bilhões por ano com propaganda. Os valores são semelhantes aos do governo FHC, embora inexistam estatísticas precisas à disposição.A diferença do petista para o tucano foi a dispersão do dinheiro entre os atuais 8.094 jornais, revistas, emissoras de rádio, de TV e sites na web. Um espetáculo de 1.522% de crescimento de veículos atendidos.”

(Folha Online)

Lula é aguardado nesta 3º feira à noite em Fortaleza

198 1

O presidente Lula estará em Fortaleza nesta noite de terça-feira. Antes, ele cumprirá agenda durante todo este dia no Recife, onde lançará a pedra fundamental de uma fábrica da Fiat.

Lula desembarcará por volta das 21 horas na Base Aérea de Fortaleza, acompahado de uma comitiva de parlamentares federais e do governador Cid Gomes (PSB). Pernoitará em hotel da Beira Mar.

Na quarta-feira, às 10 horas, Lula e Cid vão se deslocar para o Complexo Portuário e Industrial do Pecém, em São Gonçalo do Amarante (Região Metropolitana de Fortaleza), onde está previsto o lançamento da pedra fundamental da futura refinaria Premium do Estado. Esse projeto ainda apresenta problemas por resolver pois em área dos índios Anacê. O projeto ainda não tem licença ambiental.

Cristina Kirchner não virá para a posse de Dilma

“A presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, não assistirá no sábado à posse da presidente eleita, Dilma Rousseff. Ela será representada pelo chanceler, Héctor Timerman. As fontes consultadas pela agência Efe evitaram falar sobre os motivos que levaram Cristina a descartar vir à posse de Dilma, mas ressaltaram que a Argentina estará presente através de seu chanceler, que viajará acompanhado pelo secretário de Política Latino-Americana, Diego Tettamanti.

O anúncio de Cristina causou surpresa na imprensa argentina pela relação de proximidade que ela sempre manteve com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Após a vitória de Dilma no segundo turno das eleições presidenciais em outubro, Cristina a felicitou.

Os chefes de Estado de Bolívia, Guatemala, Paraguai, Uruguai e Venezuela, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e o Príncipe Felipe da Espanha foram alguns dos que confirmaram presença na posse de Dilma.”

(Folha.com)

Dilma fará um réveillon para familiares e amigos próximos

Às vésperas da sua posse como presidenta, Dilma Rousseff fará um réveillon apenas para a família e amigos mais íntimos na Granja do Torto. O presidente Lula e sua mulher, Marisa, foram convidados, mas ainda não confirmaram presença. Além de Lula e Marisa, Dilma pretende passar o Ano Novo com sua família: a mãe, também Dilma, a tia Arilda, sua filha Paula (com o marido, Rafael), e o neto da presidenta, Gabriel.

No dia seguinte, 1º de janeiro de 2011, Dilma tomará posse. Os organizadores esperam a presença de 20 mil pessoas na festa. Na Catedral de Brasília, Dilma embarcará no Rolls Royce Silver Wraith, de 1953, um carro só utilizado em ocasiões especiais. No carro conversível, Dilma desfilará pela Esplanada dos Ministérios, acompanhada de dois caveleiros da guarda dos Dragões da Independência, até o Congresso Nacional, onde será empossada presidenta pelo congresso Nacional. O vice-presidente Michel Temer seguirá em outro veículo, atrás de Dilma.”

(Com Agências)

"Transformaram a Câmara em churrascaria", diz Aldo criticando rodízio de comando

“O deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP) fez, nesta segunda-feira, sua crítica mais dura ao acordo de rodízio entre o PT e o PMDB para presidir a Câmara dos Deputados nos próximos quatro anos. “Transformaram a Câmara em churrascaria. Esse rodízio só serve a dois senhores: o PT e o PMDB”, disse o comunista ao iG. Cotado como candidato pelos colegas, ele nega.

Apesar de negar sua candidatura ao comando da Casa, Aldo é visto como o principal articulador do lançamento de um nome da base aliada ao governo para disputar a presidência da Câmara contra Marco Maia (PT-RS). O deputado comunista disse também ao iG que já tratou do assunto com a presidenta eleita Dilma Rousseff.

A conversa ocorreu na semana passada quando Aldo participou de um jantar realizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio da Alvorada para os ex-ministros – Aldo foi ministro da Articulação Política (2004-2005). Segundo ele, o próprio Lula e futuro chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, participaram da conversa sobre a disputa na Câmara.

“Eles vêem com preocupação a disputa na Câmara”, disse. O deputado contou que não foi questionado ou convencido a desistir da ideia. “Mas não me perguntaram nada. Fui eu que disse a eles. Falei que (a base governista) pode ter duas candidaturas”, completou Rebelo, que conversou com o iG por telefone nesta segunda pela manhã.

Aldo Rebelo foi presidente da Câmara entre setembro de 2005 e janeiro de 2007, depois que o então deputado Severino Cavalcanti (PP-PE) renunciou ao posto e ao mandato após sofrer denúncias de cobrança de propina do dono do restaurante da Casa. Ele tentou a reeleição em fevereiro de 2007, mas acabou derrotado por Arlindo Chinaglia (PT-SP) que ganhou o apoio do PMDB na época.

Aldo nega que seja candidato contra Marco Maia, deputado escolhido pela bancada do PT para disputar o cargo. Na semana passada, o petista conseguiu o apoio dos líderes de oposição (DEM e PSDB). Aldo, no entanto, afirma que há um grande número de deputados insatisfeitos por terem sido excluídos da decisão sobre o nome de Maia.

“Não sou candidato. Decidimos que vamos fazer um amplo processo de consulta com todos os deputados. Vamos apresentar um projeto. Sabemos que há uma grande insatisfação”, disse Aldo. “Agora, é um processo precoce. A situação é muito difícil porque a candidatura do PT é muito forte. Ele também conseguiu o apoio da oposição”, completou.

Aldo disse não ter nada contra Maia. “É um bom nome. Não estamos discutindo isso. O problema é que esse rodízio (com o PMDB). Presidência da Câmara não é ato de nomeação. É eleição”, disse. “Não podemos excluir 360 deputados de um processo de escolha”, completou, referindo-se ao número de deputado que não é do PT ou do PMDB.”

(iG)

Sempre cabe mais um…

85 3

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BkPfO_RwK8s[/youtube]

Bem que o novo secretariado do governador Cid Gomes (PSB), divulgado nesta segunda-feira, nos lembrou o velho Rexona, aquele desodorante cujo mote era “Sempre cabe mais um”. Chegfa de saudade. Eis um comercial desse produto que, pelo visto, nunca sai da moda. Nem na política.

Alencar não deve ir à posse de Dilma, recomenda médico

“O médico Roberto Kalil Filho disse hoje que não recomenda que o vice-presidente José Alencar vá à cerimônia de posse da presidenta eleita Dilma Rousseff e do vice-presidente eleito Michel Temer, no sábado, em Brasília.

Kalil Filho, que trabalha no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, e faz parte da equipe que trata Alencar, disse que, na opinião dele, o vice-presidente não tem condições, no momento atual, de comparecer à solenidade.

O vice-presidente está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) desde quarta-feira, quando passou por uma cirurgia de emergência por causa de hemorragia digestiva grave. Novo boletim médico divulgado pelo hospital informa que Alencar passará por uma nova hemodiálise nesta segunda-feira. De acordo com o comunicado do Sírio-Libanês, o quadro do vice é considerado “estável”.

Alencar passou a madrugada de hoje sem sobressaltos e alimentou-se bem de manhã. Ele recebeu hoje a visita da mulher, Mariza Gomes da Silva, que não deu declarações à imprensa. Kalil Filho informou que deve ser divulgado hoje à tarde um boletim médico.”

(iG)

Lula já fala na reeleição de Dilma

32 1

“O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na manhã desta segunda-feira que a presidente eleita, Dilma Rousseff, é sua candidata à reeleição em 2014. Para Lula, no entanto, é um desatino pensar na sucessão presidencial de 2014 antes mesmo da posse que ocorrerá no próximo sábado.

– Eu trabalho com a ideia fixa de que a Dilma será candidata à reeleição. É justo, é legitimo que quem estiver no governo dispute a reeleição. A Dilma só não será candidata se não quiser. Ela é minha candidata, ela sabe disso – disse Lula, reforçando: – É um desatino pensar em 2014 se ela nem tomou posse.

Em entrevistas recentes, o presidente deixou em aberto a possibilidade de ser candidato na próxima eleição presidencial.”

(Globo)

Lula passa mais de um ano de mandato fora do Brasil

161 2

“Durante oito anos à frente da Presidência da República, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não poupou viagens sob o argumento de tornar mais conhecido o nome do Brasil. Os esforços deram resultado, tanto que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, chegou a dizer, no ano passado, que Lula era o político mais popular do mundo. Popularidade que o presidente conquistou viajando pelo mundo afora. Ao longo de oito anos de mandato, Lula passou um ano, três meses e 15 dias longe do Brasil, em viagens oficiais a diversos países, exatamente, 470 dias.

Talvez embalado pela compra do Airbus A319 CJ, o “aerolula”, em 2005, o presidente deixará o posto de chefe da nação com a marca de o presidente que mais fez viagens internacionais. O antecessor, Fernando Henrique Cardoso, esteve fora do país por 347 dias, ou seja, quase um ano.

Neste ano, Lula passou 50 dias no exterior, um dos menores dígitos registrados ao longo de oito anos. A abertura da agenda internacional em 2010 foi em Cancún, no México, onde Lula jantou com o presidente Felipe Calderón, em 21 de fevereiro. Logo depois, participou da cerimônia de abertura da XXI Cúpula do Grupo do Rio e da II Cúpula da América Latina e do Caribe (CALC). De lá, Lula embarcou para Havana, em Cuba, onde se encontrou com Fidel Castro e participou da cerimônia de encerramento do grupo de trabalho Brasil-Cuba para Assuntos Econômicos e Comerciais.

Aproveitando a proximidade, o presidente foi a Porto Príncipe, no Haiti, e sobrevoou de helicóptero a cidade. Lula cumpriu agenda oficial ao participar da cerimônia de formatura das tropas brasileiras da Minustah, a missão de paz naquele país. O presidente também passou por San Salvador, em El Savador, e jantou com o presidente Maurício Funes. A expedição para a América Central e Caribe acabou em 26 de fevereiro, com a chegada de Lula no Brasil no dia seguinte, ao fim dos compromissos oficiais (veja aqui detalhes da viagem).

Já em março, após 15 horas de voo, Lula chegou a Tel Aviv, em Israel. Com o ato, se tornou o primeiro presidente brasileiro a visitar o oriente médio. Lula também visitou a Palestina e a Jordânia. Em maio, esteve na Ásia e na Europa, passando pela Rússia, Catar, Irã, Espanha e Portugal. E, em novembro, foi a Moçambique e Coreia do Sul, com tempo de voo estimado em 25h30 na volta para o Brasil, incluindo as paradas para abastecer o avião.

A maior incidência de viagens internacionais da era Lula ocorreu no ano passado, quando o presidente esteve o equivalente a três meses longe do Brasil (91 dias). Em 2008, foram 75. Em 2007, Lula viajou o equivalente a 61 dias. No ano de 2006, quando disputava a reeleição, o presidente esteve fora do país apenas durante 34 dias, a menor marca registrada da era Lula. Em 2005, foram 52 dias. Já em 2004, 40. No primeiro ano do mandato do presidente foram contabilizados 67 dias no exterior. A média anual de dias longe do Brasil do presidente Lula é de 59. Já a média de viagens ao exterior de FHC é bem próxima, chega a 20 dias por ano.

No último mês, ao discursar na posse da nova diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Lula aconselhou a entidade a procurar a presidente eleita Dilma Rousseff para, juntos, definirem um calendário de viagens pelo mundo afora para vender os produtos brasileiros. “Não existe outra hipótese de a gente ganhar competitividade se a gente ficar aqui esperando”, disse. Ou seja, novas viagens estão por vir.”

(Contas Abertas)

Lula diz que governar o Brasil foi "gostoso demais"

91 1

“Em seu último programa semanal de rádio Café com o Presidente, na manhã desta segunda-feira, Luiz Inácio Lula da Silva agradeceu ao povo brasileiro pelo voto de confiança e disse que não foi difícil governar o país. “Eu quebrei um tabu, porque todo mundo dizia que era difícil governar o Brasil. Eu não achei nada complicado, achei até gostoso demais”, declarou Lula. Ele disse que tem compromissos a cumprir e que vai trabalhar até a próxima quinta-feira (30).

O presidente também pediu aos brasileiros para apoiar a presidente eleita, Dilma Rousseff, que tomará posse no sábado (1º). “O Brasil está vivendo uma fase importante de crescimento econômico que pode nos levar a ser, dentro de cinco ou seis anos, a quinta economia mundial. Serão quatro anos de intensivo trabalho. Dilma vai precisar de todo o apoio. E é isso que eu queria pedir para vocês”, disse.

Lula também falou sobre o “Café com o Presidente” e sugeriu que Dilma utilize o programa como um de seus canais de comunicação. “Penso que é justo que a nova presidente continue esse programa. Muitas das coisas que nós falamos aqui repercutem, as pessoas ficam sabendo pela televisão. Acho que a nossa presidente tem que utilizar o máximo possível esse espaço”, disse Lula.”

(Com Agências)

Sindicalistas detém 42,8% dos cargos de confiança

62 1

“Ao receber a faixa das mãos do presidente Lula, no próximo dia 1º, Dilma Rousseff herdará a máquina federal com quase a metade da cúpula dos cargos de confiança, sem concurso público, tomada por sindicalistas, informa reportagem de Silvio Navarro, publicada na edição desta segunda-feira da Folha.

Sem vínculo umbilical com o sindicalismo, ao contrário do antecessor, Dilma terá de administrar a pressão das centrais sindicais para manter e ampliar a cota desses cargos, os chamados DAS 5 a 6 (Direção e Assessoramento Superiores) e NES (Natureza Especial).

De acordo com dados do Ministério do Planejamento, há hoje 1.305 cargos dessa natureza. A remuneração chega a R$ 22 mil mensais.

Segundo estudo da cientista política Maria Celina D’Araújo, da PUC-RJ, autora de “A Elite Dirigente do Governo Lula”, quase metade (42,8%) dos ocupantes desses cargos atualmente são filiados a sindicatos. Desse total, 84,3% são petistas.

Os principais ramos que conseguiram cargos são os bancários, a área dos professores e os petroleiros. Ao todo, o governo federal tem cerca de 22 mil cargos de confiança, mas esses 1.305 são a elite do batalhão de comissionados.”

(Folha Online)

Virose atinge Blog

60 7

Caros leitores, estamos em casa acometidos de uma virose. Nossas postagens não terão o mesmo ritmo dos dias normais. Fomos trabalhar nesta madrguada, mas acabamos desistindo para nos recuperarmos melhor. Já acionamos amigos do POVO Online para colaborar.

Mas vamos ficar atentos ao novo secretariado do governador Cid Gomes.

Saúde!