Blog do Eliomar

Categorias para Brasil

Povão contradiz Judiciário – Lula lidera pesquisas

Com o título “Povão contradiz Judiciário”, eis artigo de José Nilton Mariano Saraiva, economista pela UFC e aposentado do BNB. Ele aborda o cenário eleitoral, as manobras contra a candidatura de Lula e o golpe que, para ele ainda não foi encerrado. Confira:

Expirado o prazo regulamentar, foram registradas, por parte dos diversos partidos políticos, as candidaturas dos respectivos representantes que concorrerão à Presidência da República nas eleições do próximo dia 07.10.2018. Tabuleiro pronto e cartas na mesa, os dois principais institutos de pesquisa, DataFolha e Ibope, imediatamente foram a campo auscultar a população brasileira sobre qual o candidato da sua preferência visando retirar o Brasil do atoleiro em que se encontra, por conta da quadrilha que tomou de assalto o poder, via golpe midiático-jurídico-parlamentar.

E aí, a completa contradição do povo com o nosso “poder judiciário”: é que, sábio como o é, e reconhecendo o muito que foi feito até recentemente (quando éramos felizes e sabíamos disso, sim), a população, em seus mais diversos segmentos e regiões (classe social, raça, cor, idade e por aí vai), resolve ignorar as manobras, achismos e convicções que o juiz Sérgio Moro (de Curitiba) e os componentes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (Porto Alegre) usaram para condenar sem provas e isolar numa solitária das masmorras de Curitiba o ex-Presidente da República Lula da Silva e o escolhe como o seu candidato favorito, e que venceria fácil ainda no primeiro turno.

Como, entretanto, o “golpe” ainda não foi concluso, porquanto pelas regras vigentes Lula da Silva ainda pode fazer um último e “legal” apelo ao tal Supremo Tribunal Federal (que até aqui tem sido partícipe ativo do quadro atual) para que a Constituição Federal e a Lei das Eleições se sobreponham à ordinária Lei da Ficha Limpa, a expectativa é que os prolixos, preguiçosos e medrosos integrantes daquela corte, ante o contundente e avassalador rolo compressor manifestado pela população através das pesquisas, “acordem” de vez dessa letargia que ameaça jogar o Brasil num abismo sem fundo e, num átimo de constitucionalidade que ainda lhes restem (torçamos por isso), permitam que o ex-presidente (embora preso, injustamente) participe das eleições em igualdade de condições com os demais concorrentes.

Enfim, deixe que a população brasileira escolha livremente e sem amarras aquele que ela acredita seja capaz de tornar o país altivo e soberano, como o foi até pouco tempo atrás.

*José Nilton Mariano Saraiva,

Economista pela UFC e aposentado do BNB.

Cross Urbano Caixa – Inscrições já estão abertas

Depois de passar pelos estádios Mineirão, em Belo Horizonte, e Mané Garrincha, em Brasília, desembarca na Arena Castelão no próximo dia 6 de outubro, a etapa cearense do Cross Urbano Caixa. Trata-se do maior circuito de corridas em estádios do Brasil. O desafio proposto aos atletas é o de percorrer um cenário que poucos tiveram a chance de conhecer por dentro. Serão seis quilômetros entre túneis, passarelas, rampas, arquibancadas, subsolo, estacionamento e o gramado onde já atuaram os principais craques do futebol mundial.

Essa será a terceira vez que o Cross Urbano Caixa é disputado em Fortaleza e a previsão é que 1.800 pessoas participem da prova, número recorde para a etapa cearense. A prova será noturna, com largada em ondas, de acordo com a faixa etária, a partir das 19 horas. “ Teremos novamente um evento diferenciado, com atrações como boa música e efeitos de luzes animando a largada e o evento, além de toda uma infraestrutura especial, com food trucks para quem for acompanhar a prova”, disse Freddy Carvalho, da Oprea Marketing, idealizador do evento.

Inscrições

As inscrições estão abertas e prosseguem até dia 28 de setembro pelos sites www.ativo.com.br e www.crossurbanocaixa.com.br. Mas há um desconto especial para economiários e correntistas da Caixa. Quem se inscrever até o próximo dia 6 paga somente R$ 66 mais taxa de serviço. Será preciso comprovar vinculo a CAIXA na entrega dos kits mediante a apresentação do cartão do banco ou crachá de trabalho.
Para o público em geral a taxa de inscrição é de R$ 83,50 mais taxa de comodidade. O kit de participação é composto de número de peito, camisa manga longa Premium, sacola em tecido PET com botão de pressão. Quem completar o percurso ganha a medalha de participação, frutas premium e suco.

A temporada 2018 do Cross Urbano Caixa começou no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF), no dia 14 de abril. Depois seguiu para o estádio Mineirão, dia 16 de junho. Após a disputa em Fortaleza (CE), o circuito segue para a Arena Pernambuco, no Recife, com prova marcada para dia 13 de novembro.

Horário das largadas

19hs – 55 a 59 anos, 60 a 64 anos e acima de 65 anos (masculino e feminino)
19h15 – 50 a 54 anos (masculino e feminino)
19h25 – 45 a 49 anos (masculino e feminino)
19h35 – 40 a 44 anos (masculino e feminino)
19h45 – 35 a 39 anos (masculino e feminino)
19h55 – 30 a 34 anos (masculino e feminino)
20h05 – 16 a 24 anos e 25 a 29 anos (masculino e feminino)
20h55 – Premiação

SERVIÇO

*Local: Castelão, a partir das 19 horas
*Inscrições: www.ativo.com.br/www.crossurbanocaixa.com.br
*Taxas: R$ 83,50 (público geral) e R$ 66(Economiários e correntistas Caixa)

Entrega de kits:

Lojas CENTAURO
Shopping Iguatemi
Dia 5/10 das 12 às 21h30min (sexta-feira) e dia 6/10 (sábado) das 10 às 15 horas.

(Foto – Divulgação)

Campanha de vacinação contra pólio e sarampo é prorrogada até 14 de setembro

O Ministério da Saúde prorrogou até 14 de setembro a Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e Sarampo. Pelos dados preliminares, a média de vacinação está em 88%. Em apenas sete estados a meta de vacinar pelo menos 95% do público-alvo foi atingida.

Estados e municípios que não atingiram a meta devem manter a campanha por mais 15 dias. Devem ser vacinadas contra a poliomielite o sarampo crianças de 1 ano a 4 anos e 11 meses.

Até o momento, mais de 1,3 milhão de crianças não recebeu o reforço dessas vacinas. A recomendação é que estados e municípios façam busca ativa para garantir que o público-alvo da campanha seja vacinado.

Dados

Os estados que atingiram a meta de vacinação são Amapá, Santa Catarina, Pernambuco, Rondônia, Espírito Santo, Sergipe e Maranhão.

O Rio de Janeiro continua com o menor índice de vacinação, seguido por Roraima, Pará, Piauí, Distrito Federal, Acre, Bahia, Rio Grande do Sul, São Paulo, Alagoas, Rio Grande do Norte e Amazonas.

Em todo o país, foram aplicadas mais de 19,7 milhões de doses das vacinas (cerca de 9,8 milhões de cada).

(Agência Brasil)

UNESCO já alertava sobre situação do Museu Nacional em 2015

A UNESCO no Brasil divulgou nota sobre o incêndio que atingiu o Museu Nacional no Rio de Janeiro. Eis um trecho da nota: “Em novembro de 2015, com o apoio do Brasil, a 38ª sessão da Conferência Geral da UNESCO aprovou a Recomendação à Proteção e Promoção de Museus e Coleções, sua Diversidade e seu Papel na Sociedade, amplamente divulgada no país.” Confira:

A UNESCO no Brasil lamenta a perda incalculável para a cultura, a ciência e a história natural em decorrência do incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, na noite de ontem (02/09/2018).

Uma das instituições científicas e antropológicas mais importantes da América Latina, com mais de 20 milhões de itens, essa perda significa a maior tragédia para a cultura brasileira nos últimos tempos e expõe a fragilidade dos mecanismos nacionais de preservação de seus bens culturais. A tragédia se soma a outras perdas expressivas em museus brasileiros como foram recentemente os casos do Instituto Butantã (2010), do Memorial da América Latina (2013), do Museu da Língua Portuguesa (2015) e da Cinemateca (2016).

Em novembro de 2015, com o apoio do Brasil, a 38ª sessão da Conferência Geral da UNESCO aprovou a Recomendação à Proteção e Promoção de Museus e Coleções, sua Diversidade e seu Papel na Sociedade, amplamente divulgada no país. Foi um movimento pela proteção dos museus em todo o mundo, como “instituições que buscam representar a diversidade cultural e natural da humanidade, assumindo papel essencial na proteção, na preservação e na transmissão do patrimônio”.

“É fundamental que tais recomendações sejam implementadas imediatamente para evitar que tais tragédias ocorram, comprometendo a cultura e a memória nacional de forma irreparável”, lamenta a Diretora e Representante da UNESCO no Brasil, Marlova Jovchelovitch Noleto.

O Brasil sofreu um dano irreversível em um de seus patrimônios mais valiosos, um equipamento não apenas cultural, mas também dedicado ao ensino e à pesquisa. Além disso, a edificação do Museu é um monumento histórico, que foi residência da Família Real Portuguesa quando de sua chegada ao país.

A UNESCO no Brasil expressa sua solidariedade à nação brasileira, às comunidades científica e cultural, e aos funcionários e pesquisadores do Museu Nacional pela dramática perda. Ao mesmo tempo, a Representação se coloca integralmente à disposição das autoridades brasileiras para, com sua expertise, minimizar os efeitos dessa perda e contribuir para consolidar uma política de proteção aos museus e às coleções.

*UNESCO no Brasil.

Bolsonaro lidera arrecadação na internet e chega perto de R$ 1 milhão

Jair Bolsonaro (PSL), entre os principais candidatos à Presidência da República, lidera a arrecadação de recursos para a campanha nas vaquinhas virtuais. Segundo o site que controla o financiamento coletivo do deputado, ele havia juntado R$ 962 mil em contribuições até sexta (31), informa a Folha de S.Paulo.

Em segundo lugar, aparece o PT. As doações para o ex-presidente Lula, que teve o registro de sua candidatura barrado pelo TSE, chegaram a R$ 746 mil.

Marina Silva (Rede) obteve R$ 263 mil. Ciro Gomes (PDT), R$ 112 mil. O sistema usado por Geraldo Alckmin (PSDB) não exibe o total arrecadado pelo tucano.

(Foto – Agência Brasil)

Energia elétrica – A vilã da inflação no Brasil

Com o título “O preço da energia e a luz no fim do túnel”, eis artigo do jornalista Raone Saraiva, que pode ser conferido no O POVO desta segunda-feira. Ele aborda o pesado preço da conta de luz no orçamento do brasileiro. Confira:

A energia elétrica continua sendo a vilã da inflação no Brasil em 2018 e deverá manter este título até o fim do ano. Até mesmo quem tenta economizar, mudando alguns hábitos dentro de casa, não tem conseguido fugir dos valores elevados, embora o consumo consciente seja o principal caminho para minimizar os impactos no bolso.

Mesmo com a inflação sob controle, depois do susto com o colapso nos preços de alimentos e combustíveis em razão da greve dos caminhoneiros há cerca de três meses, a conta de luz, já cheia de encargos tributários, está pesando mais no orçamento das famílias.

Quando olhamos para os gastos com habitação, a energia elétrica se destaca em relação a outros itens, como aluguel, gás de cozinha, água e artigos de limpeza. De janeiro a agosto, a luz do brasileiro já acumula aumento de quase 13%, segundo a última prévia da inflação divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Fortaleza, o avanço é de 8%.

A situação continuará difícil nos próximos meses. Devido às condições hidrológicas desfavoráveis e à redução no nível de armazenamento dos principais reservatórios do País, a bandeira tarifária, que está no patamar vermelho 2 desde junho, quando o consumidor paga R$ 0,05 a mais por cada quilowatt utilizado, vai permanecer assim nos próximos meses.

Não bastasse o cenário já complicado, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) poderá autorizar, em breve, aumento de 4,25% na Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), fundo que concede descontos a consumidores de baixa renda, paga indenizações a empresas e custeia parte do combustível utilizado pelas termelétricas. Caso o reajuste seja aprovado, o rombo no setor será de R$ 1,4 bilhão e, como sempre, custeado pelos brasileiros.

Está na hora de o Governo Federal rever essa política de subsídios, que só prejudica o contribuinte, e encontrar outras alternativas para atender às famílias mais carentes. Por outro lado, também precisa incentivar a entrada de consumidores residenciais no mercado livre de energia elétrica, para aumentar a competitividade do setor e baratear os preços. Além disso, olhar mais para as fontes renováveis é fundamental para mudar a matriz energética do Brasil. Talvez assim, haja luz no fim do túnel.

*Raone Saraiva

raonesaraiva@opovo.com.br

Jornalista do O POVO.

Ciro Gomes cresce e ultrapassa Marina num cenário sem Lula, diz pesquisa FSB

887 1

Saiu nova pesquisa do instituto FSB, encomendada a pedido do banco BTG Pactual. Segue mostrando o deputado Jair Bolsonaro (PSL) em primeiro lugar (26% das intenções de voto) no cenário sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), cuja candidatura foi rejeitada pelo Tribunal Superior Eleitoral. O presidenciável Ciro Gomes (PDT) cresceu, passando 8% para 12% em comparação com o levantamento anterior, da semana passada.

Marina Silva, da Rede, vem em terceiro, empatada dentro da margem de erro, com 11%. A ex-senadora caiu em relação ao último levantamento, quando aparecia com 15%. Na sequência aparecem Geraldo Alckmin (PSDB) com 8%, Fernando Haddad (PT) com 6%, João Amoêdo (Novo) com 4% e Alvaro Dias (Podemos) com 3%. Henrique Meirelles (MDB), Guilherme Boulos (Psol) e Cabo Daciolo (Patriota) têm 1%. Os demais não alcançaram esse patamar. Brancos, nulos e indecisos são 28%.

O resultado da pesquisa espontânea, quando os eleitores não são submetidos a uma lista de candidatos, mostra uma queda da citação livre do ex-presidente Lula, que passou de 26% para 21%. Por outro lado, o petista, citado como candidato, passou de 35% para 37%.

Nessa simulação, Bolsonaro aparece com 22%, Ciro com 7%, Alckmin com 6%, Marina com 5%, Amoêdo com 4% e Alvaro Dias com 3%. Meirelles, Boulos e Daciolo seguem com 1% e os demais não pontuam. Brancos, nulos e indecisos seriam 13%.

Transferência

Segundo o levantamento, os eleitores de Lula se dividiriam, sem o ex-presidente na disputa, em três grandes grupos. Marina, Haddad e Ciro herdariam, cada um, 15% dos votos do petista. Bolsonaro e Alckmin, 8%. Alvaro, Meirelles e Boulos, 1%.

Dos eleitores do ex-presidente, 36% dizem que votariam em nulo, em branco ou em nenhum candidato caso o petista esteja fora da disputa. Nas pesquisas eleitorais registradas a partir de sábado 1º, os institutos não poderão mais incluir o nome de Lula, em virtude da decisão do TSE sobre a candidatura.

(Veja Online)

Ministro do TSE manda suspender propaganda do PT no rádio com Lula

O ministro Luis Felipe Salomão, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aceitou o pedido do Partido Novo e mandou suspender a propaganda eleitoral do PT na rádio, em que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula como candidato, como o próprio ministro descreve. A informação é da Agência Estado.

“De fato, o programa expressamente faz referência a Lula como candidato a presidente frontal oposição ao que foi deliberado pela Corte”, assinala Salomão.

De acordo com o ministro, o programa de rádio não deixa “margem a dúvidas” de que e deliberações do TSE. Em sessão que acabou na madrugada deste sábado, a Corte Ele candidatura à presidência do petista e o proibiu de aparecer como candidato no horário.

“Há urgência para a decisão, porquanto se persistir a prática do descumprimento pode c pleito, além de prejuízos inegáveis aos demais candidatos”, observa o ministro, que na sua decisão, aplica multa no valor de R mil para cada propaganda eleitoral veiculada no
a decisão do plenário do TSE.

Salomão é um dos relatores de três pedidos apresentados pelo Partido Novo no domingo. Além da ação contrária ao programa da rádio, a sigla ajuizou representação para suspender. Observa o ministro que, na hipótese de descumprimento de sua decisão, deve ser aplicada multa para cada propaganda eleitoral veiculada no rádio em desconformidade com a decisão do plenário do TSE.

(Foto – Reprodução de TV)

Zé Airton diz que votará contra reajuste do Judiciário

O deputado federal José Airton (PT) avisa: votará contra o aumento salarial de 16,38% que o governo Michel temer vai propor, em mensagem, para membros do Judiciário, procuradores, o que deve gerar efeito cascata até pró-Congresso.

O parlamentar é mais um que se engaja, nesta segunda e terça-feira, ao esforço concentrado convocado pelo presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (MDB).

Polícia Federal vai conduzir investigações sobre incêndio no Museu Nacional

Controlado o incêndio no Museu Nacional do Rio de Janeiro, a previsão é que equipes de bombeiros entrem no prédio para avaliar as condições da estrutura. O trabalho de perícia e de investigação será conduzido por agentes da Polícia Federal da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio. Não há previsão para o início da avaliação das condições do prédio nem da perícia, pois há locais ainda com focos de incêndio.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo foi controlado por volta das 3h de hoje (3), e os militares fazem o trabalho de rescaldo em pequenos focos de incêndio que ainda persistem, na tentativa de evitar o reinício das chamas.

Pela manhã, foi possível verificar parte da extensão da tragédia. A fachada foi atingida pelo fogo, desabou o teto e o interior do edifício foi praticamente destruído.

O incêndio começou por volta das 19h30min de ontem (2). Os bombeiros tiveram dificuldades em controlar o fogo porque os hidrantes não funcionaram. Foi necessário recorrer à companhia de águas e saneamento do Rio e ainda buscar água no lago do parque nacional onde está o museu.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução da TV)

Mercado financeiro reduz projeção da inflação e crescimento da economia

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) reduziram a estimativa de crescimento da economia e da inflação neste ano. A informação consta do boletim Focus, publicado semanalmente pelo BC, com projeções dessas instituições para os principais indicadores econômicos. A estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 4,17% para 4,16%, neste ano. Para 2019, a projeção caiu de 4,12% para 4,11%. Para 2020 e 2021, a estimativa permanece em 4% e 3,92%, respectivamente.

Para 2018 e 2019, as estimativas estão abaixo do centro da meta que deve ser perseguida pelo BC neste ano, de 4,5%, com limite inferior de 3% e superior de 6%. Para 2019, a meta é 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%. Para 2020, a meta é 4% e 2021, 3,75%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para os dois anos (2,5% a 5,5% e 2,25% a 5,25%, respectivamente).

Para alcançar a meta de inflação, o BC usa como instrumento a taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 6,5% ao ano. De acordo com as instituições financeiras, a Selic deve permanecer em 6,5% ao ano até o final de 2018. Para 2019, a expectativa é de aumento da taxa básica, terminando o período em 8% ao ano e permanecendo nesse patamar em 2020 e 2021.

Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) aumenta a Selic, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança. Quando o Copom diminui a Selic, a tendência é de que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação.

A manutenção da taxa básica de juros, como prevê o mercado financeiro neste ano, indica que o Copom considera as alterações anteriores suficientes para chegar à meta de inflação.

Atividade econômica

A projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – foi reduzida de 1,47% para 1,44% neste ano. Para 2019, 2020 e 2021, a estimativa para o crescimento do PIB continua em 2,5%.

A previsão do mercado financeiro para a cotação do dólar subiu de R$ 3,75 para R$ 3,80 no final deste ano e permanece em R$ 3,70 no fim de 2019. Para 2020, a estimativa cai para R$ 3,67 e, no final de 2021, se mantém em R$ 3,75.

(Agência Brasil)

Cantora Paula Fernandes é atração no Teatro RioMar Papicu

A cantora Paula Fernandes vai se apresentar em Fortaleza com o show “Voz e Violão” na próxima sexta-feira, 7 de setembro, no Teatro RioMar Papicu. Vem com uma turnê mais intimista e cheia de grandes sucessos, tanto autorais quanto canções que fazem parte de sua playlist.

Paula Fernandes apresentará no repertório também sucessos de Nando Reis, Kansas, Skank, Victor e Léo, Almir Sater, entre outros.

(Foto – Divulgação)

Candidato ao Senado, Pastor Pedro Ribeiro diz que Bolsonaro é um “homem de Deus”

595 1

O candidato ao Senado pelo PSL de Jair Bolsonaro, o pastor Pedro Ribeiro, seguiu, nesta segunda-feira para Brasília, onde tem reuniões de campanha. Ele não adiantou a pauta, mas deve também manter encontro com membros de igrejas evangélicas como a Assembleia de Deus.

No Ceará, essa corrente evangélica está dividida: uma ala apoia Bolsonaro e outra está com Henrique Meirelles, presidenciável do MDB.

Pedro Ribeiro deixa claro que se for eleito senador vai trabalhar pelo Estado, independente de quem seja eleitor para o Governo. Aproveitou para adianta que voltou à política – já foi deputado federal, porque acredita nas propostas de Bolsonaro, a quem qualifica de um homem de Deus.

Túlio Gadêlha, namorado de Fátima Bernardes, busca doações no Rio para sua campanha

Túlio Gadêlha, namorado da global Fátima Bernardes e candidato em Pernambuco a uma vaga na Câmara pelo PDT, escolheu uma churrascaria do Rio para jantar de arrecadação de fundos destinados à sua campanha.

Segundo a Coluna Painel, da Folha de S.Paulo, o jantar vai acontecer nesta segunda (3). Uma doação mínima de R$ 150 garante lugar à mesa.

A jornalista Fátima Bernardes, distribuiu o convite a amigos e chamou todos para conhecer as ideias de Gadêlha.

(Foto – Instagram de Túlio)

Passagem de Alckmin pelo Ceará foi positiva, avalia Danilo Forte

224 6

Os parlamentares federais cearenses foram convocados para um esforço concentrado no Congresso. Alguns já estão seguindo para Brasília, como é o caso de Danilo Forte (PSDB), que, em conversa com o Blog, adiantou que a pauta inclui algumas Medidas Provisórias que barram os trabalhos no legislativo.

Também consta a apreciação do veto presidencial ao reajuste salarial dos agentes comunitários de saúde de todo o País. Para o deputado tucano, essa matéria deve ser derrubada.

Danilo aproveitou para avaliar a passagem, no fim de semana, pelo Ceará, do candidato a presidente da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin.

“O dano é irreparável”, diz diretor do Museu Nacional

O diretor de Preservação do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, João Carlos Nara, afirmou à Agência Brasil que o incêndio causa um “dano irreparável” ao acervo e às pesquisa nacionais. Ele acompanha de perto o trabalho dos bombeiros no local e disse que “pouco restará”, após o controle das chamas. “Infelizmente a reserva técnica, que esperávamos que seria preservada, também foi atingida. Teremos de esperar o fim do trabalho dos bombeiros para verificar realmente a dimensão de tudo”, afirmou o arquiteto e historiador.

De acordo com João Carlos Nara, a equipe de administração do Museu Nacional aguardava o fim do período eleitoral para iniciar as obras de preservação da infraestrutura do prédio.

“É tudo muito antigo. O sistema de água e o material, tudo tem muitos anos. Havia uma trinca nas laterais. Isso é ameaça constante”, disse o diretor.

Chamas destroem Museu Nacional , na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão
Chamas destroem Museu Nacional na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão – Tânia Rego/Agência Brasil

Inconformado com o incêndio, João Carlos Nara lamentou que os investimentos sejam destinados a outras causas no país. “Gastam milhões em outros projetos”, reagiu.

Investimentos
Em junho, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) assinou contrato de financiamento no valor de R$ 21,7 milhões para apoio à restauração e requalificação do Museu Nacional. Os recursos compõem a terceira fase do Plano de Investimento para a revitalização do Museu Nacional, num total de R$ 28,5 milhões.

O objetivo é aplicar os recursos na recuperação física do prédio histórico; a recuperação de acervos — de modo a garantir mais segurança às coleções e otimizar o trabalho dos pesquisadores —; a recuperação de espaços expositivos — estimulando maior atração de público e promoção de políticas educacionais vinculadas a seus acervos —; a revitalização do entorno do museu; e o fortalecimento da instituição gestora.

História

O Museu Nacional é a instituição científica mais antiga do Brasil. É um dos museus de ciência de referência no mundo. Foi fundado em 1818.

Inicialmente instalado no Campo de Santana, o Museu foi posteriormente transferido para o Palácio de São Cristóvão, monumento tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e situado na Quinta da Boa Vista, um dos mais importantes parques urbanos do Rio. Antes de abrigar o Museu Nacional, o Palácio de São Cristóvão foi residência das famílias real portuguesa e imperial brasileira.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução de TV)

Caminhoneiros anunciam manifestações para depois do 7 de Setembro

A União dos Caminhoneiros do Brasil divugou, em nota, que os caminhoneiros da entidade farão uma mobilização em todo o País após o feriado de 7 de Setembro e por tempo indeterminado. A UDC acusa o governo de não ter cumprido o prometido em relação ao preço do diesel, que na última sexta-feira (31) teve reajuste de 13%. A lei que estabeleceu a nova política de frete prevê revisão dos pisos mínimos caso o combustível tenha oscilação superior a 10%, para acomodar o aumento de custos dos caminhoneiros.

A entidade reclama da falta de fiscalização nas estradas pelaANTT. A UDC pede mais fiscais e postos de fiscalização que obriguem às transportadoras a cumprirem a tabela mínima do frete. “Pedimos imediatamente as seguintes providências afim de que a população brasileira não sofra os danos de uma nova paralisação”, afirma a nota.

Os caminhoneiros da UDC também reclamam da atuação da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e pedem a dissolução da diretoria da entidade. A possibilidade de uma manifestação perto das eleições, no entanto, já era ventilada dias após a paralisação de onze dias em maio, como forma de pressão política.

A categoria diz que se a ANTT não se posicionar até o dia 7 ou 8 de setembro, é grande o risco de haver novas paralisações.

Outra entidade

Na última sexta-feira (31), a Abcam, entidade que reúne os motoristas autônomos, afirmou que pretende se reunir com o governo para discutir o tema e que “fará o possível para evitar nova paralisação” da categoria.

A Abcam confirma ter detectado focos de insatisfação por aplicativos de trocas de mensagem, mas diz ainda não ver mobilização suficiente para nova paralisação.

Incêndio no Museu Nacional – Problema no hidrante contribuiu para o alastramento do fogo

O comandante do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, coronel Roberto Robadey, afirmou que um problema no funcionamento dos hidrantes contribuiu para o fogo se alastrar na região do parque, na Quinta da Boa Vista onde está o Museu Nacional.

Segundo o coronel, foi preciso pedir apoio à Companhia de Águas e Esgotos do Rio (Cedae) para ceder carros-pipa. Também foi utilizada água do lago da Quinta da Boa Vista.

“Pedimos apoio a eles [da Cedae] de carros-pipa e também trouxemos os nossos carros da Baixada Fluminense. Os dois hidrantes mais próximos estavam sem carga”, disse o militar.

Ele lembrou que, ao chegar ao local do incêndio, o fogo estava de média para grande proporção. O comandante não confirmou as primeiras informações de que o fogo teria começado no primeiro andar.

Operação

De acordo com o comandante, a operação contou com 80 militares e 21 viaturas de 12 quartéis da capital e de municípios vizinhos. Robadey descartou a possibilidade de desabamento.

“As paredes são muito grossas. O prédio é muito antigo. Os pavimentos internos desabaram”, disse o militar.

(Agência Brasil/Foto – Reprodução de TV)

Morre o professor e escritor Horácio Dídimo

711 4

Morreu, nessa noite de domingo, em Fortaleza o escritor Horácio Dídimo (83). A família informa que o velório acontece na Comunidade Católica Face de Cristo (Rua Dr. edmilsom Barros Oliveira, 191 – Dionísio Torres). Uma missa de corpo presente será celebrada às 13 horas nesse local. Em seguida, às 16 horas, o enterro no Cemitério São João Batista.

Professor do Departamento de Literatura da Universidade Federal do Ceará. Formado em Direito (UERJ) e Letras (UFC), Mestre em Literatura Brasileira (UFPB) e Doutor em Literatura Comparada (UFMG), Horácio Dídimo escreveu vários livros no campo de poesia, ensaio e literatura infantil, entre os quais se destacam Tempo de Chuva, Tijolo de Barro, A palavra e a Palavra (Amor – palavra que muda de cor), A nave de Prata, A Estrela Azul e o Almofariz (poesia).

Horácio Dídimo era também membro da Academia Cearense de Letras, da Academia Cearense da Língua Portuguesa, da Academia Brasileira de Hagiologia e membro correspondente da Academia de Letras e Artes Mater Salvatoris (Salvador-Bahia).